WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
faculdade de ilheus




:: ‘violência’

Ilhéus: Moto é tomada de assalto em Vila Cachoeira

Moto modelo Honda CG 150, placa policial OZL 0270, ano 2014/2015.

Uma moto foi tomada de assalto no distrito de Vila Cachoeira, que fica as margens da rodovia BR 415, próximo ao IFBA – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia – Campus Ilhéus.

A moto modelo Honda CG 150, placa policial OZL 0270, ano 2014/2015, era a fonte de renda da vítima.

A comunidade de Vila Cachoeira vem sofrendo com a violência. Segundo informações de populares, um ex – presidiário recém-liberado do presídio Ariston Cardoso, vêm juntamente com meliantes de Itabuna, colocando o terror na comunidade.

Projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor” foi apresentado à imprensa

Foto: Rodrigo Macedo

A APPI/APLB e entidades parceiras receberam profissionais de imprensa, hoje, às 8h30, para um café, na sede do sindicato, no bairro do Malhado, em Ilhéus. Jornalistas e radialistas conheceram os objetivos e o calendário da 5ª. edição do projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor”. A secretária intermunicipal da APPI e coordenadora do projeto, Enilda Mendonça, explicou aos presentes todos os objetivos e calendário do projeto que este ano traz o tema “Por uma Ilhéus com menos conflitos: Fortalecendo a corrente do bem”.

Abordando questões atuais como o bullying, drogas, suicídio, abuso sexual, pedofilia, feminicídio, racismo, homofobia, intolerância religiosa e outros tipos de violência frequentes nos ambientes escolares, o projeto terá ações como concurso de redação e desenho, para alunos, sobre boas práticas nas escolas. “Cada escola trabalhará com os temas que definir como mais importantes em seu cotidiano. Em algumas, o problema do bullying é mais grave. Em outras, a questão das drogas pede uma discussão mais urgente”, explica a coordenadora.

A programação dos meses de setembro e outubro, inclui ainda palestras, seminários, passeios de bicicleta, entrega das redações com premiações aos melhores trabalhos e Grande Passeata pela Paz. :: LEIA MAIS »

Pai e filho foram executados em Itabuna

Pai e filho foram assassinados

Adeilton Cardoso dos Santos era conhecido e Alan Oliveira Santos, pai e filho,  foram surpreendidos em casa, na madrugada desta quinta-feira, 13, no bairro Daniel Gomes, em Itabuna, e executados com vários tiros. “Cudeu”, como Adeilton era conhecido, 38 anos, tinha ligações com o crime; Alan, 15 anos, era estudante e não tinha ligações criminosas segundo familiares.

Pai e filho, segundo a polícia, dormiam (um no quarto e outro na sala) quando os criminosos chegaram atirando. Fizeram mais de 10 disparos. Vítima de tentativa de homicídio, anos atrás, por conta da guerra do tráfico, “Cudeu” se tornou cadeirante em função dos tiros que levou na ocasião.

A Polícia Civil faz investigações em busca de pistas para esclarecer o caso. O corpos foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica.

*Informações do Site Plantão Itabuna.

“Número de homicídios na Bahia pode ser ainda maior do que o oficial”, denuncia Zé Ronaldo

Zé Ronaldo.

Que a Bahia atualmente é o estado mais violento do país, todo mundo já sabe. O que pouca gente sabe é que o número de homicídios praticados no estado pode ser ainda maior do que o oficialmente divulgado pelo governo, é o que aponta o Atlas da Violência 2018, produzido pelo Ipea e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

“O governo da Bahia vem registrando homicídios como mortes violentas por causa indeterminada (MVCI) e isso acaba maquiando os dados sobre homicídios”, explica o candidato Zé Ronaldo, da Coligação Coragem para mudar a Bahia, com base nas informações do Atlas. “Isso é muito grave para um estado que já lidera o número de homicídios no Brasil. Estamos vivendo uma verdadeira guerra civil e o atual governo permanece omisso.

De acordo com o estudo, as taxas por 100 mil habitantes de mortes violentas por causa indeterminada atingiram níveis preocupantes em nove estados em 2016, o que pode contribuir para ocultar uma maior taxa de homicídios nessas localidades. “O caso mais grave se refere ao estado da Bahia, cuja taxa de MVCI é de 9,7, seguido por Pernambuco (9,1), Rio de Janeiro (7,9), Minas Gerais (7,4), Ceará (6,7), Espírito Santo (6,0), Roraima (5,8), Rio Grande do Norte (5,6) e São Paulo (5,1)”, diz o Atlas da violência. :: LEIA MAIS »

Brasil bate recorde de mortes violentas em 2017

Ilustração

Apenas em 2017, o Brasil registrou 63.880 mortes violentas, o maior número de homicídios da história recente do país. Os dados indicam que foram assassinadas 175 pessoas por dia, registrando elevação de 2,9% em comparação a 2016. A taxa é de 30,8 mortes para cada 100 mil habitantes.

Os dados fazem parte do 12º Anuário de Segurança Pública divulgado nesta quinta-feira (9), em São Paulo, durante o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O Rio Grande do Norte (68) registrou a maior taxa de mortes violentas por 100 mil habitantes, seguido por Acre (63,9) e Ceará (59,1).

As menores taxas estão em São Paulo (10,7), seguida de Santa Catarina (16,5) e Distrito Federal (18,2).

De acordo com o levantamento, o número de homicídios dolosos cresceu 2,1%, ao atingir os 55.900. As lesões corporais seguidas de morte totalizaram 955, com crescimento de 12,3%. Já os latrocínios caíram 8,2% e foram 2.460.

Violência policial

O número de policiais mortos reduziu 4,9%, chegando a 367. Na contramão, o número de pessoas mortas em intervenções policiais registrou aumento de 20%, com 5.144 casos em 2017. :: LEIA MAIS »

Briga entre facções criminosas deixa uma pessoa morta e duas feridas em festa popular ; e eleva alerta policial em Ilhéus

Eric foi executado no circuito da festa Viva Ilhéus.

A Polícia em Ilhéus está em alerta total depois da morte Eric Souza dos Santos, 22 anos, durante o show de comemoração do dia da cidade, na avenida Soares Lopes, na noite desta quinta-feira (28).

Eric era filho do suposto chefe da facção criminosa Terceiro (Tudo 3), Ireneu dos Santos. Os números de homicídios em Ilhéus vêm crescendo devido a uma guerra entre facções pelo comando do tráfico de drogas em diversos bairros de Ilhéus.

Segundo informações policiais, Eric foi morto por disparos de arma de fogo por volta das 23:20h no circuito da festa Viva Ilhéus, quando estava em companhia de amigos e de sua companheira. Durante o atentado contra Eric, duas pessoas foram alvejadas, sendo um policial militar da 71 CIPM, que estava de folga, e outro um homem de 33 anos foi atingido na perna. Ambos foram socorridos pelo Samu e levados para o Hospital Costa do Cacau.

A Polícia Militar prendeu em flagrante dois indivíduos, Samuel Pólvora Vieira, 24 anos, e Igor Jesus da Silva, 21 anos. Os dois meliantes foram reconhecidos por testemunhas, entre elas a esposa da vítima e o policial militar ferido, como os autores dos disparos que vitimaram Erick.

Samuel e Igor foram apresentados no plantão Extraordinário da Festa com base na Unidade da DELTUR/ Ilhéus.

Cinco das dez cidades mais violentas do país estão na Bahia

Imagem Ilustrativa.

Metade dos homicídios registrados em 2016 ocorreram em apenas 123 cidades brasileiras, aponta o Atlas da Violência 2018 – Políticas Públicas e Retratos dos Municípios Brasileiros, do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) e Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Juntos, esses municípios representam apenas 2,2% do total de cidades brasileiras. Apesar de pequenos, os números são superiores aos de 2015, quando 109 localidades respondiam por metade das mortes violentas no país. Fato que, para os pesquisadores, indica a propagação da criminalidade para cidades menores, processo que vem sendo observado por especialistas desde meados dos anos 2000.

Entre as cidades com mais de 100 mil habitantes, as mais violentas se concentram nas regiões Norte e Nordeste. No entanto, o ranking dos 309 municípios com maior taxa de mortalidade é encabeçado por Queimados, no Rio de Janeiro, com 134,9 homicídios por grupo de 100 mil pessoas.

As quatro cidades seguintes com os maiores índices de letalidade ficam na Bahia. Com uma taxa de 124,3 homicídios por grupo de 100 mil habitantes em 2016, Eunápolis ocupa o segundo lugar entre as mais violentas. Em seguida vem Simões Filho (107,7 homicídios/100 mil habitantes); Porto Seguro (101,7 homicídios/100 mil habitantes) e Lauro de Freitas, com 99,2 homicídios/100 mil habitantes.

Já a relação das cidades com a menor taxa média de homicídios em 2016 começa com Brusque (SC), onde foi registrada uma taxa média de 4,8 homicídios por 100 mil habitantes. Logo em seguida ficaram Atibaia (SP) (5,1); Jaraguá do Sul (SC) (5,4); Tatuí (SP) (5,9) e Varginha (SP) (6,7).

Capitais

:: LEIA MAIS »

Ilhéus: PM apreende 70 bananas de dinamite

Equipes da 69ª CIPM encontraram 70 bananas de dinamite, após denúncia anônima.

A Polícia Militar apreendeu, na noite de sábado (2), 70 bananas de dinamite, na cidade de Ilhéus. Equipes da 69ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Ilhéus) chegaram até a residência, utilizada para esconder os artefatos explosivos, após denúncia anônima.

A informação inicial falava sobre homens armados em uma casa, no bairro Caminho 05 do Ilhéus II. Os militares, quando chegaram no imóvel, perceberam que um grupo correu, deixando a casa com as portas abertas. Dentro dela os PMs encontraram, além das 70 bananas de dinamite, 1,9 tonelada de uma substância da cor branco, 21 espoletas para detonação e quatro garrafas com um tipo de material químico.

“As equipes estão, na região, colhendo informações e fazendo varreduras. Obviamente que o material pertence a uma quadrilha especializada em roubos a banco. Conseguimos evitar alguns ataques com esta grande apreensão”, declarou o comandante de Operações da PM, coronel Paulo Uzêda.

Corpo é encontrado em matagal na Zona Sul de Ilhéus

Antônio Matheus Nogueira Oliveira, que estava desaparecido desde a última terça-feira (29).

Populares encontraram na quinta-feira (31), um corpo parcialmente enterrado na rodovia Ilhéus-Buerarema, em um matagal, próximo ao condomínio Sol e Mar.

Segundo informações policiais, o corpo foi identificado por familiares como sendo Antônio Matheus Nogueira Oliveira, que estava desaparecido desde a última terça-feira (29).

A vítima apresentava ferimentos, afundamento do crânio, e partes posteriores provocados provavelmente por instrumento cortante.

O corpo foi removido para exames pertinentes, e a Núcleo de Homicídio sobre o comando da delegada Andrea Oliveira investiga o caso. A suspeita é que Antônio Matheus tenha sido vítima devido à mudança de facção criminosa.

À redação do Blog Agravo, a delegada Andrea Oliveira disse que já está ouvindo os suspeitos da autoria do crime, todos envolvidos com tráfico de drogas.

A delegada salientou que a família esteve na delegacia anteontem, informando o desaparecimento, com a foto da vítima já morta e enterrada.

Preso suspeito de matar assessor de vereador ouvido no caso Marielle

Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro, foi assassinada no dia 14 de Março.

A Polícia Civil prendeu, na tarde de terça-feira (29), um homem apontado como autor da morte de um assessor do vereador Marcello Siciliano (PHS). O parlamentar foi ouvido como testemunha no caso dos assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes. As informações foram divulgadas em nota, nesta quarta-feira (30), pela assessoria da Polícia Civil.

Agentes da Delegacia de Homicídios (DH) da capital, prenderam Thiago Bruno Mendonça, conhecido como Thiago Macaco, dentro de uma loja de um shopping, em Del Castilho, zona norte. Segundo a polícia, ele é acusado de matar Carlos Alexandre Pereira Maria, o Cabeça, colaborador do vereador Siciliano. Carlos Alexandre foi morto no dia 8 de abril deste ano, quando estava em um bar, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio.

Pelo mesmo crime, os policiais haviam prendido Rondinele de Jesus Da Silva, o Roni. De acordo com a nota, os policiais estão à procura de Ruy Ribeiro Bastos, apontado como mais um dos executores do homicídio. “As investigações seguem para confirmar a motivação e apurar eventual autoria de um quarto autor como mandante do crime”, completou a nota.

Operação em Canavieiras desarticula bando e elucida homicídios

Foto divulgação PC/BA.

Uma operação deflagrada pela Delegacia Territorial (DT), de Canavieiras, resultou na apreensão de mais de 300 buchas de maconha e 248 pedras de crack e 231 pinos de cocaína, além da prisão de quatro integrantes de uma quadrilha responsável por tráfico de drogas e homicídios nos distritos de Hermelândia, Estreito e Deus Dará, zona rural de Canavieiras.

Foram presos Joalisson Souza de Oliveira, o Sinho, de 23 anos, que responderá por tráfico e associação para o tráfico, Liliane Teles da Silva, 26, autuada por tráfico e associação, Marcos Oliveira da Silva, o Bred, 29, que vai responder por associação e homicídio, e Bartolomeu Nascimento Pereira, o Kaite, que estava com a prisão preventiva decretada por homicídio.

De acordo com o delegado Renato Fernandes Ribeiro, titular da DT/Canavieiras com as prisões dos quatro criminosos a polícia coseguiu elucidar as mortes de Almir Souza Santos, em 22 de novembro de 2017, no Povoado de Deus Dará, Cosmiro de Jesus da Silva, o Coi, ocorrido em maio de 2018, na localidade de Ramal de Barreiras, Renato Silva Carvalho, o Renato da Embasa, em julho de 2017, Jorge Soa Santos, o Jorge Balaio, em novembro de 2017, também em Ramal, e de José Wilton Pereira, em fevereiro de 2017, na localidade de Sarampo.

A operação capturou os criminosos na Fazenda Santa Rosa, onde apreendeu as drogas. Uma balança de precisão e munições para calibres 32 e 380, também foram encontradas no local. Durante o cerco à propriedade, três traficantes conseguiram fugir. Outros três integrantes da quadrilha já foram identificados e todos estão sendo procurados pela polícia, que solicitou suas prisões à polícia. “A quadrilha tem ramificações na zona urbana de Canavieiras, Santa Luzia, Puxim e na cidade de Una”, salientou o delegado Renato Ribeiro.

Vídeo:Policial reage a assalto e mata bandido

Mãe policial reage a assalto e mata ladrão em frente a escola.

Uma policial militar de folga, que tinha ido participar de uma comemoração de Dia das Mães na escola onde a filha estuda, em Suzano (SP), baleou um bandido em frente a unidade. De acordo com a Polícia Militar, o meliante, de 21 anos, estava com um revólver calibre 38 e já tinha abordado outras mães que aguardavam a abertura do portão, além de ter revistado o segurança da escola para ver se ele estava armado.

Ainda de acordo com a PM, a policial viu a movimentação e ouviu uma mulher dizendo que era assalto. Neste momento, a policial foi se afastando, sacou a arma e disparou três vezes contra o suspeito.

A polícia disse ainda que o suspeito, que já tinha feito um disparo que não acertou ninguém, fez um segundo disparo, que falhou. Foi quando a policial conseguiu se aproximar do suspeito. O suspeito foi socorrido para a Santa Casa de Suzano, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A ocorrência foi em frente ao Colégio Ferreira Master, unidade particular, que fica no bairro Cidade Cruzeiro do Sul, em Suzano. De acordo com funcionários da escola, mesmo após o ocorrido a comemoração de Dia das Mães foi realizada e que, somente após o término das atividades a direção irá se pronunciar.

Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra o momento em que o bandido se aproxima de um grupo de mulheres e crianças e aponta o revólver para várias pessoas.

Confira o Vídeo : 

faculdade madre thais

novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia