WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura de ilheus faculdade de ilheus




:: ‘Uesc’

Lamentável a situação partidária da UESC

Editorial

Uma das instituições educacionais mais respeitáveis da Bahia, à Universidade Estadual de Santa Cruz virou local de intolerância política e perseguição ao direito do cidadão. Em menos de 72 horas três casos na UESC viralizaram nas redes sociais, e mostraram realmente quem veste a camisa da intolerância, quem não aceitam as decisões de opiniões divergentes, e tentam ganhar no grito.

Uma foto com estudantes apoiadores de Bolsonaro na UESC, em um reduto esquerdista, gerou a revolta de militantes pró-Lula, e recebeu a conivência da diretoria da instituição, que soltou uma nota afirmando que iria apurar o caso e que “as medidas legais pertinentes serão adotadas”.

Só que na mesma UESC, antes mesmo dos atos dos militantes de Bolsonaro, outros estudantes, dessa vez com ideologias esquerdistas aparecem em fotos dentro da instituição promovendo atos políticos. Cadê a nota da reitoria da UESC sobre o assunto? Dois pesos e duas medidas?

Infelizmente há outro relato; uma estudante foi massacrada com palavrões, passou por humilhação pública, apenas porque estava usando uma camisa com Brasão do Brasil e o nome de Bolsonaro. Quem são os intolerantes e violentos?

O que vemos é uma tentativa explícita de perseguição implacável à linha política.

Não são só estudantes que estão na mira dos intolerantes. No município de Ilhéus, comerciantes que apoiam o candidato do PSL, são listados nas redes sociais e tem uma campanha de boicote comercial.

Que democracia estamos vivendo, do Brasil ou da Venezuela?

A liberdade de expressão, sobretudo sobre política e questões públicas é o suporte vital de qualquer democracia e não podem ser sufocadas por uma minoria raivosa com a conivência de instituição pública.

VII Encontro Nacional de Pesquisa e Extensão em Direitos da Uesc: Abertura de inscrições à comunidade na Uesc

A Reitoria da UESC, através da Pró-Reitoria de Extensão, do Departamento de Ciências Jurídicas e dos Coordenadores do Programa Extensionista em Direitos Humanos e Fundamentais do Curso de Direito da UESC convida a comunidade jurídica, acadêmica e demais interessados a participar da 7ª edição do Encontro Nacional de Pesquisa e Extensão em Direitos (ENPEX-UESC), que ocorrerá durante o dia 19 de novembro de 2018 no Pavilhão do Juizado Modelo na Universidade, situada na Rodovia Jorge Amado, km. 17, campus Soane Nazaré de Andrade – no Salobrinho, em Ilhéus, Bahia.

Como ação já consagrada nos últimos anos, através da produção de Anais e da troca de saberes entre diversos pesquisadores, extensionistas, docentes e acadêmicos de, praticamente, todo o país, este ano o Evento conta com a presença de treze Grupos de Trabalhos (GT’s) que desenvolverão inúmeros assuntos no campo dos direitos humanos e fundamentais e, também, em áreas sensíveis às humanidades na contemporaneidade brasileira, com dezenas de propostas de artigos já apresentadas neste Evento.

O evento presente possui o apoio, por parte da divulgação e mobilização nos diversos GT’s, das Faculdades Privadas e Universidades Públicas da região Sul, Sudoeste e Extremo-Sul da Bahia e conta com o patrocínio da Bahia Gás e a divulgação ampla por órgãos de classe como a Ordem dos Advogados do Brasil – das Subseções de Ilhéus e Itabuna.

As inscrições para ouvintes nestes GT’s estarão abertas à comunidade a partir do dia 08 de outubro – e elas serão somente feitas pela internet, com vagas limitadas, até o dia 15 deste mês. Assim, basta acessar o site https://enpex2018uesc.eventbrite.com.br e se inteirar, mais a fundo, na programação definitiva do evento e nos variados temas a se apresentar durante o dia 19 de outubro.

UESC terá VI Feira de Profissões

UESC convida estudantes para VI Feira de Profissões

A UESC realiza, nos dias 19 e 20 de outubro, a VI Feira das Profissões.  Em novo formato de Universidade Aberta, a UESC convida os estudantes do 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas e particulares, para conhecerem a universidade e seus cursos de graduação. Neste novo formato, não será necessário inscrição, portanto, o interessado só precisa se programar e participar.

XIX Semana Jurídica da Uesc: Democracia, Direitos Humanos e Desenvolvimento Sustentável: Uma homenagem ao governador Waldir Pires – Inscrições abertas

XIX Semana Jurídica da UESC fará homenagem ao ex-governador Waldir Pires

A Reitoria da UESC, através da Pró-Reitoria de Extensão, do Departamento de Ciências Jurídicas e dos Coordenadores do Programa Extensionista em Direitos Humanos e Fundamentais do Curso de Direito da UESC convida a comunidade jurídica, acadêmica e demais interessados a participar da 19ª edição da XIX SEMANA JURÍDICA DA UESC: DEMOCRACIA, DIREITOS HUMANOS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: UMA HOMENAGEM AO GOVERNADOR WALDIR PIRES – que ocorrerá durante o dia 19 de novembro de 2018 no Pavilhão do Juizado Modelo na Universidade, situada na Rodovia Jorge Amado, km. 17, campus Soane Nazaré de Andrade – no Salobrinho, em Ilhéus, Bahia.

Dentre os três dias de eventos – entre os dias 17 a 19 de outubro de 2018 em, praticamente, todos os turnos – haverá a realização de inúmeras palestras, minicursos e oficinas e uma imensa variedade de atividades profissionalizantes, acadêmicas e comunitárias. Destaques importantes, como a presença do ex-Ministro de Estado da Justiça Dr. José Eduardo Cardozo (2011-2016), do Dr. Manoel Carlos de Almeida Neto (Membro Efetivo da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais da OAB Nacional e professor da USP-SP), do Dr. e do Prof. Dr. Claudio Amato (professor italiano convidado pela UNILASSALE-Canoas/RS), dentre outros ilustríssimos de elevado quilate dentro e fora do Estado da Bahia, estarão presentes com suas conferências e reflexões sociojurídicas com a plateia presente na ocasião. :: LEIA MAIS »

Estudantes da região Sul da Bahia apresentam projetos de iniciação científica na UESC

Estudantes apresentam trabalho na UESC

Estudantes da rede estadual de ensino estão apresentando projetos de iniciação científica no II Encontro de Ciência, Leitura e Criatividade (ENCILEC), que começou nesta quinta-feira (13) e segue até sábado (15), no auditório da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), em Ilhéus. As pesquisas estudantis foram desenvolvidas no âmbito do Projeto Ciência na Escola, ação estruturante da Secretaria da Educação do Estado para fomentar o estudo das ciências em sala de aula. A atividade envolve 145 estudantes de escolas estaduais localizadas nas cidades de Itabuna, Ilhéus, Itajuípe, Arataca, Ibicaraí, Almadina, Uruçuca e Gandu.

A estudante Laís Ramos, 17 anos, do 3º ano do Centro Integrado Oscar Marinho Falcão (CIOMF), localizado na cidade de Itabuna (455 Km de Salvador), está apresentando seu projeto ‘A utilização de óleo residual na produção de sabão: uma alternativa viável para as donas de casa e o meio ambiente 2.0’. Ela fala sobre a participação no ENCILEC. “O projeto do sabão ecológico e empreendedorismo na escola consiste no reaproveitamento do óleo de cozinha que, após o seu uso, é descartado de maneira incorreta, podendo causar vários danos. E com a fabricação do sabão, ele pode ser comercializado, sendo uma de fonte renda e uma forma de empreendedorismo. Estou feliz de estar aqui para apresentar meu projeto, poder ensinar e aprender muita coisa”, revela.

Seu colega, Leonardo Gomes, 15, 1º ano, também do CIOMF, montou um banner para apresentar sua pesquisa sobre o ‘Buraco Negro’, que é uma região do espaço da qual nada, nem mesmo partículas que se movam na velocidade da luz, podem escapar. “Sempre tive curiosidade para saber e estudar sobre o Buraco Negro e, assim que tive a oportunidade na escola, apostei nas pesquisas. Está sendo uma boa experiência e um grande momento de valorização dos nossos estudos que quero aproveitar para passar da melhor forma as explicações sobre minha pesquisa, conhecer novos projetos científicos e saber mais sobre ciência”, contou. :: LEIA MAIS »

Setembro amarelo: UESC desenvolve ações para estimular prevenção ao suicídio

UESC desenvolve ações para estimular prevenção ao suicídio

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), através do Departamento de Ciências da Saúde (DCS), em parceria com o CDRH e apoio da PROEX, ADUSC, DCE, AFUSC, UNATI, está promovendo ações de prevenção ao suicídio. Ação é uma referência ao Movimento Mundial Setembro Amarelo que estimula a prevenção do suicídio.

Durante este mês serão realizadas diversas atividades com o objetivo de discutir formas de prevenir o suicídio, que tem se constituído em um problema cada vez mais comum em nossa sociedade. Desde 2015, a partir de uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida, Conselho Federal de Medicina e Associação Brasileira de Psiquiatria, o mês de setembro é voltado para discussão desse assunto tão delicado, que provoca marcas profundas tanto nas pessoas mais próximas a quem tenta ou comete o suicídio, quanto em quem não está envolvido diretamente.

Segundo o professor Cristiano Bahia, diretor do DCS “o suicídio é considerado um problema de saúde pública e mata um brasileiro a cada 45 minutos e uma pessoa a cada 45 segundos em todo o mundo. Pelos números oficiais, são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. Pelo menos o triplo de pessoas tentaram tirar a própria vida e outras chegaram a pensar em suicídio. Apesar de números tão alarmantes, o assunto ainda é tratado como tabu. Evita-se o assunto, o que só colabora para o aumento dos casos, pois as pessoas muitas vezes não sabem que podem procurar ajuda,” alerta o professor.

Pesquisadores chineses farão palestras na UESC

Entre dos dias 8 e 11 de agosto, a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) vai receber os professores chineses Dra. Xiaoe Yang, pesquisadora da Zhejiang University, e o Dr. Zhenli He ,da University of Florida, (USA). O objetivo das visitas dos professores chineses é prospectar colaboração científica e acadêmica e conhecer a região sul da Bahia.

O Dr. Zhenli He é um cientista com larga experiência, trabalhando com Biogeoquimica de nutrientes e contaminantes em sistemas solo-planta-agua. Além das atividades de professor e pesquisador, exerceu também o cargo de diretor de centro de pesquisa da Zhejiang University. O professor Zhenli He vai ministrar a palestra “Nanotechnology application in agriculture and environment”, no Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular, na UESC. :: LEIA MAIS »

Cacá Colchões propõe cota regional no sistema de ingresso para UESC e UFSB

Cacá Colchões (PP)

O pré-candidato a deputado estadual, Cacá Colchões (PP), definiu algumas de suas propostas como representante da região na Assembleia Legislativa. A modificação na forma de ingresso nas universidades públicas do sistema vestibular para o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, fez com que a concorrência aumentasse e, com isso, estudantes de diversas partes do Brasil concorram às vagas ofertadas por nossas universidades.

Somente como exemplo, no curso de medicina da UESC, no último ano, ingressaram 40 alunos, sendo que apenas três são oriundos da região. “Os alunos se formam numa universidade de excelência, mas ao receber o diploma voltam para sua região de origem” – destacou Cacá. Vale salientar que a maior parte das universidades federais e estaduais do país já usam o Enem como único processo seletivo.

Nesse sentido, o pré-candidato pretende propor à UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz – e a UFSB – Universidade Federal do Sul da Bahia – a implantação do Sistema de Cotas Regionais, em que o aluno receberá bônus de “20%” sobre a nota do ENEM. Dessa forma, candidatos que cursaram o ensino médio em escolas com distância de até 150 km do Campus da UESC e UFSB, possuirão uma “vantagem” em relação aos demais. “Esta é uma forma das universidades regionais atuarem decisivamente na formação dos nossos jovens e consequentemente da nossa região”, acrescentou o candidato, lembrando que esse sistema proposto “já é uma realidade em muitas universidades do país”.

Faculdade Madre Thais e UESC, criam Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Envelhecimento

As coordenações dos cursos de Fisioterapia e Enfermagem da Faculdade Madre Thaís (FMT), em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), através da Professora MSc. Carla Daiane, do Núcleo de Educação em Enfermagem (NEENF) criaram nesse semestre o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre o Envelhecimento – GREPE.

O GREPE, a partir da integração de discentes e docentes voluntários dos cursos de Fisioterapia e Enfermagem da FMT e UESC, tem como objetivo discutir quinzenalmente temas relacionados ao processo de envelhecimento, como forma de subsidiar novas pesquisas na área.

Só nesse semestre o Grupo ofereceu aos voluntários um curso de metodologia científica, especialmente na elaboração de problema de pesquisa e busca em fontes de dados. O curso ministrado pela professora MSc. Carla Daiane (UESC) aconteceu em três encontros, com carga horária total de 12 horas, que será certificado pelo NEENF (UESC).

Segundo a coordenadora do curso de Fisioterapia Dra. Karla Gresik, “essa parceria é de fundamental importância para o fortalecimento da Iniciação Científica da FMT, principalmente pelos resultados alcançados até o momento. Já foram desenvolvidos cinco projetos de pesquisas que será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos – CEP, para posterior execução.”

50 alunos concluem curso de policiamento e fiscalização da Mata Atlântica

A defesa da Mata Atlântica, em especial nas regiões Sul, Baixo Sul e Extremo Sul da Bahia, ganhou reforço com a certificação de 44 policiais militares e 6 profissionais que atuam na defesa do meio ambiente. Eles participaram na noite da última sexta-feira, dia 8, da solenidade de conclusão do Curso de Policiamento e Fiscalização na Mata Atlântica, realizada no auditório da Universidade Estadual Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus. A capacitação foi fruto de uma parceria entre o Ministério Público do Estado da Bahia, Polícia Militar e a universidade, com o apoio da Fundação José Silveira.

O curso, de acordo com a promotora de Justiça Regional Ambiental de Ilhéus, Aline Salvador, foi um pedido de qualificação apresentado pela PM ao Ministério Público para que a tropa pudesse servir à população e trabalhar na defesa do meio ambiente com mais eficiência, eficácia e efetividade. Ele teve início em maio de 2017 e abordou conteúdos teóricos como direito ambiental e penal ambiental, cartografia básica e uso de GPS, licenciamento ambiental, noções de ecologia, plano de contingência, identificação macroscópica de madeira, fiscalização de recursos pesqueiros, hídricos e minerais, patrulhamento rural, fiscalização e proteção à fauna e manejo e contenção de animais, dentre outros. Os alunos também participaram de atividades práticas realizadas nos municípios de Ilhéus, Itabuna, Porto Seguro e no distrito de Posto da Mata, município de Nova Viçosa.

A procuradora-geral de Justiça Adjunta, Sara Mandra Rusciolelli, participou da entrega dos certificados aos concluintes, oportunidade em que destacou o trabalho desenvolvido pela promotora de Justiça Aline Salvador e desejou que os policiais e civis que participaram do curso tornem-se multiplicadores do que aprenderam para a defesa do meio ambiente. Também participaram da entrega de certificados e da mesa solene a reitora da Uesc, Adélia Pinheiro, o comandante de Policiamento Especializado, coronel Humberto Sturaro, o comandante da CIPPA-Porto Seguro, major Cleber Silva, o representante da Fundação José Silveira, Reuter Silveira, a secretária-geral Adjunta do MP, promotora de Justiça Flávia Sampaio e o prefeito de Itacaré, Antônio Damasceno.

VII Corrida Uesc acontece no dia 16 de junho

Acontecerá no sábado, 16 de junho, a partir das 8h, a VII Corrida Uesc. O evento tem vagas limitadas. As inscrições custam R$ 30,00 (para os primeiros 50 inscritos) seguem até o dia 10 e podem ser feitas pelo site www.doity.com.br/7corridauesc. Maiores informações podem ser adquiridas através do telefone (73) 98176-2006 e pelo e-mail 7corridauesc@gmail.com

Festa Literária de Ilhéus começa nesta quarta-feira com a participação da atriz Elisa Lucinda

A abertura oficial da Festa Literária de Ilhéus acontece nesta quarta-feira, 16 de maio, às 17 horas, no Teatro Municipal, com a participação da escritora e atriz capixaba Elisa Lucinda, e apresentação musical dos grupos Dilazenze Malungo e Mulheres em Domínio Público. Mas hoje, 15, já haverá atividades ligadas ao evento, com o lançamento coletivo de 27 livros publicados pela Editus – Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), às 18h30min, no auditório da Torre Administrativa, no campus universitário, com a presença dos autores.

A Festa Literária de Ilhéus segue até o dia 18, sexta-feira, com uma programação diversificada, com a abordagem do tema “Leitura democráticas: juventudes, livros e zaps”. No lançamento coletivo, na UESC, haverá um bate-papo literário especial com as professoras e escritoras Luzia de Maria (UFF) e Maria Luiza Nora (UESC). :: LEIA MAIS »



outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia