WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
transporte ilegal
Aguarde as próximas enquetes...

:: ‘Uesc’

UESC abre vagas em Mestrado em Educação Matemática – PPGEM

Com inscrições abertas entre os dias 29/09 a 30/10/2017, a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) abre vagas para o Mestrado em Educação Matemática – PPGEM.  A seleção objetiva o preenchimento de 8 (oito) vagas do programa acima citado na linha de pesquisa “Concepções, processos e práticas de ensino e aprendizagem”.

Podem candidatar-se ao mestrado acadêmico em Educação Matemática os portadores de Diploma ou de Certificado de Conclusão ou que sejam concluintes de cursos de graduação plena em Matemática, reconhecidos pelo MEC.

O processo de seleção será realizado por uma comissão, e constará das seguintes etapas: Prova escrita de conhecimentos específicos; entrevista; análise do pré-projeto de pesquisa; e análise do Curriculum vitae.

Para mais detalhes, acesse aqui: http://www.uesc.br/publicacoes/editais/09.2017/147.pdf

UESC realiza Seminário Leitura e Escrita na Educação Infantil: Como Assim?

O projeto de extensão Fortalecimento e Articulação da Educação Infantil do Departamento de Ciências da Educação em parceria com o Fórum Baiano de Educação Infantil (FBEI – Polo Sul) e secretarias municipais de educação do Sul da Bahia promove o Seminário Leitura e Escrita na Educação Infantil: Como assim? O evento será realizado no auditório Paulo Souto, na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), das 8h30min às 17horas, segunda-feira(25).

Segundo a Prof.ª Dr.ª Emilia Peixoto Vieira, “diante do momento de grandes desafios na educação brasileira, principalmente para a Educação Infantil. Dentre os desafios, se destaca a discussão da Leitura e da Escrita nesta etapa.” A professora entende que “o contexto exige reflexão, aprofundamento e discussões teóricas sobre o tema da leitura e da escrita na Educação Infantil, igualmente a construção de práticas pedagógicas comprometidas com a qualidade do atendimento nessa etapa da Educação Básica. Além disso, temos em debate a 3ª versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o reflexo para formação de professores/as que atuam na Educação Infantil.”

O público alvo do Seminário são professores, gestores, coordenadores, Secretários e representantes dos municípios, conselhos municipais de educação, sindicatos, estudantes de Pedagogia. “Este Seminário pretende trazer estas reflexões e aprofundamento sobre o trabalho pedagógico com a Leitura e Escrita na Educação Infantil, bem como analisar políticas para a formação de professores/as que atuam nessa etapa,” frisa Prof.ª Dr.ª Rosenaide Pereira Ramos acrescentando que “este debate é urgente e necessário e precisa envolver, em diálogo, os gestores municipais e demais profissionais da educação”.

Amurc investe em fóruns para atendimento municipal

Com a proposta de criar um espaço para discussão e atendimento as demandas municipais, a Amurc, em parceria com a Pró-reitoria de Extensão da Uesc revitalizou nesta terça-feira, 29, o Fórum Municipal de Secretários de Saúde. A ação integra o Programa de Apoio Gerencial Institucional às Prefeituras da Região Litoral Sul e envolve ainda atividades nas áreas de educação, administração, assistência social, procuradoria geral, comunicação, agricultura e meio ambiente, planejamento e finanças.

De acordo com o secretário executivo da Amurc, Luciano Veiga, o objetivo dos Fóruns é propiciar meios para qualificar e aperfeiçoar os gestores públicos municipais nas áreas estratégicas para o desenvolvimento local, “com vistas a aumentar a eficiência e eficácia na execução de políticas públicas e na condução de sua implementação”.

Para o secretário de saúde de Arataca, eleito presidente do fórum, Alarcon Brito, o diálogo permanente entre os secretários e técnicos municipais sobre as demandas locais será a chave para sanar problemas em comuns. “O maior problema que a gente tem é a regulação dos serviços de saúde, principalmente dos municípios menores. Então, o Fórum vem para juntar a força e o diálogo de todos os gestores da área de saúde em busca de uma solução”.

O encontro foi também de apresentação do modelo de Consórcio Público de Saúde do Governo do Estado da Bahia para a região. A iniciativa foi aprovada pelos prefeitos, que se comprometeram em aprovar a Lei do Consórcio na Câmara de Vereadores dos municípios, durante uma reunião com o governador do Estado, Rui Costa, no mês passado. :: LEIA MAIS »

Inovação: Pesquisador da UESC anuncia possibilidade de fabricação de pneus a partir da fibra de coco

O pesquisador, professor/Dr. Celso Carlino Maria Fornari Junior.

A tecnologia desenvolvida na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), no Laboratório de Polímeros e Sistemas (LAPOS), revelou uma excelente utilização da casca do coco-da-bahia. A pesquisa direciona para o uso de fibras vegetais de coco na formação de materiais compósitos, o que equivale  dizer que é possível fazer pneu rodoviário composto com material natural e biodegradável, com propriedades maiores que 500% comparando-se com os materiais atuais.

Esse caminho inovador está sendo percorrido pelo professor/Dr. Celso Carlino Maria Fornari Junior, do Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas (DCET), da Universidade. As pesquisas iniciadas em 2010 vinham sendo desenvolvidas em sigilo, demonstram que a cadeia polimérica da celulose da fibra do coco, pode formar quimicamente uma ligação estável com as macromoléculas de borracha. Desta forma, a fibra de coco, tratada e acondicionada, pode substituir produtos de altíssimo valor agregado na construção de materiais tecnológicos.

“A fibra da casca do coco pode substituir o negro de fumo (carbono em dispersão muito fina, obtido por combustão incompleta de gás natural “do petróleo”. Muito empregado na indústria, principalmente da borracha, como carga reforçadora e como pigmento preto), o qual é amplamente aplicado nos mais diferentes produtos entre eles pneus de automóvel, caminhão e aviões. Além disso, a importância do negro de fumo na engenharia de materiais é tão significativa que o seu valor é cotado em dólar, atingindo entre US$ 1,05 a 1,50 por quilo do produto. Isso significa dizer, em outras palavras, que a fibra de coco pode atingir valores em reais em torno de aproximadamente R$ 4 mil a tonelada,” assinala o professor Fornari. :: LEIA MAIS »

Professor da UESC tem artigo inserido em livro sobre ciência e poder legislativo no Brasil, da SBPC

O professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Bahia) diretor técnico do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (FORTEC), Gesil Sampaio, participa do livro “A Ciência e o Poder Legislativo – Relatos e Experiências”, publicado pela SBPC – Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. O livro foi lançado no Café Literário, durante a 69ª Reunião Anual da instituição.

Gesil Sampaio, em seu artigo “O Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação e a aproximação dos segmentos”, relata sobre o processo que resultou na Emenda Constitucional 85/2015 e na Lei 13.243/2016, apelidada de Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação (MLCTI), foi importante por uma série de razões, além dos próprios mecanismos implantados ou aperfeiçoados e da expectativa que criaram para a modernização dos setores envolvidos. Duas dessas razões certamente merecem destaque: a primeira é o fortalecimento da relação entre as diversas entidades do macrossetor de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), que envolvem representações da academia, do empresariado, dos ambientes especializados em inovação (incubadoras, parques e outros), do Governo (segmentos civil e militar) e o terceiro setor. A segunda envolve uma alteração na relação desse macrossetor de CT&I com os poderes do Estado, em particular, com o Congresso Nacional. :: LEIA MAIS »

Fórum apresenta demandas e soluções regionais na Assistência Social

Secretários de Assistência Social e técnicos dos municípios associados a Amurc foram orientados, nesta quarta-feira, 3, na sede da entidade, sobre capacitações, projetos e programas do Governo Federal contemplados na área de Assistência Social. A proposta do fórum é oferecer aos servidores, mecanismos eficazes para o atendimento às demandas de cada localidade.

Nesse sentido foi debatido sobre os instrumentos necessários para a realização do diagnóstico no Território Litoral Sul, a partir Sistema Nacional de Informação do Sistema Único de Assistência Social (Rede SUAS). A ideia é realizar um diagnóstico, visando tratar especificamente das ações em cada município.

Além disso, foi apresentada uma proposta de educação formal e permanente para os servidores das SAS, com o objetivo de esclarecer as temáticas, os programas e conceitos que estão em constante evolução. Na mesma pauta, foi discutido o processo de capacitação do programa federal “Criança Feliz”, em parceria com o Estado e os municípios.

A ação foi parabenizada pelo técnico da SAS de Pau Brasil, Luis Pierre, que vê no fórum, a oportunidade de unir as necessidades de cada município, para encontrar as soluções do Território na área de Assistência Social. “É a minha primeira participação na reunião do fórum, e fiquei muito contente com a ideia de reunir os profissionais que atuam nas SAS, pois acredito na união de todos para fortalecer as ações em nossa região”

Para a titular da secretária de Assistência Social de Itabuna e presidente do Fras, Sandra Neilma Ramos Costa, a iniciativa do fórum, através da Amurc e Uesc “vem somar o objetivo maior de reunir os gestores de Assistência Social da região, que compartilham da mesma realidade, além de buscar o fortalecimento da política de Assistência Social à nível de Território”.

Professores da UESC criam impressora 3D de baixo custo

Ao lado do vice-reitor Evandro Sena e do professor Renato Monteiro, coordenador do Colegiado de Engenharia Mecânica, sob a chuva de inverno que molha as britas da área ao lado do Pavilhão dos Cursos de Ciências Exatas e Tecnológicas no Campus da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), de repente captamos o odor do plástico queimado e um zumbido semelhante ao de moscas voando em sincronia; uma porta se abre e os olhos captam movimentos coordenados de engrenagens coloridas, enquanto a máquina cria estruturas sobre uma superfície espelhada.

A cena parece ter saído de um filme de ficção científica, mas é vida real e acontece no Laboratório de Projetos Mecânicos e Tribologia, do curso de Engenharia Mecânica, da UESC ,em Ilhéus. Os professores Victor Hugo Martins de Almeida, Erickson Fabiano Moura Sousa Silva, Renato Reis Monteiro e o Discente Tiago Santa Fé, informam que o objeto estranho é uma impressora 3D de baixo custo, fabricada por eles e para o uso comum das atividades acadêmicas da Universidade.

O aparato foi montado a partir do conceito Faça Você Mesmo (Do it Yourself), o colaborador externo Jonata Dahlke especialista em impressoras 3D imprimiu e enviou algumas peças que fazem parte da estrutura da impressora. Toda estrutura e softwares utilizados são de código aberto (Open source). No mercado, o artefato custa entre R$ 10 a R$15 mil, mas a que está na nossa frente tem um custo final em torno de R$ 1,5 mil. “A ideia é que a gente possa fazer outras impressoras iguais a essa usando só ela como ferramenta,” informa o professor Erickson Moura.

De fato, o trabalho abre possibilidades para novas pesquisas e a futura impressão de peças e equipamentos. Aliás, os professores deixam escapar que o TCC do discente Tiago Santa Fé será uma prótese de mão. Os professores Victor Hugo e Erickson Moura sonham na possibilidade de atuar na biomecânica, em principio no curso de Veterinária, com próteses para animais mutilados. Mas, a partir do final deste ano já podem montar impressoras  iguais  para os demais  cursos da Universidade, gerando economia financeira e disseminando conhecimento entre os demais discentes. :: LEIA MAIS »

Mais Futuro realiza pagamento do auxílio permanência para mais de três mil estudantes

O Programa Mais Futuro, do Governo do Estado, fez nesta quinta-feira (13) o pagamento do auxílio permanência para 3.206 estudantes inscritos no programa. Até o final do mês de julho será feito o pagamento de outros jovens que ainda estão com pendências de documentação junto às universidades. O pagamento é feito diretamente ao estudante, através de cartão, em conta bancária criada exclusivamente para esta finalidade.

Quatro mil estudantes de universidades estaduais integram o programa Mais Futuro. A iniciativa do Governo do Estado oferece auxílio financeiro para os jovens em condições de vulnerabilidade socioeconômica, participantes do CadÚnico, além de oportunidades de estágio no setor público. O incentivo garante a permanência desses estudantes nas salas de aula e a conclusão dos cursos de graduação

Os jovens que recebem auxílio permanência têm uma bolsa no valor de R$ 300, para quem estuda a até 100 quilômetros de onde mora, e de R$ 600, para os que vivem a uma distância maior. O benefício pode ser concedido desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso. No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado.

O programa é voltado para os estudantes das universidades Estadual de Feira de Santana (Uefs), de Santa Cruz (Uesc), do Sudoeste da Bahia (Uesb) e para a Universidade do Estado da Bahia, (Uneb). Ao todo, se inscreveram no programa mais de 5,7 mil jovens e 4 mil deles foram selecionados nesta primeira etapa. Entre eles, 3.600 receberão o auxílio financeiro, chamado auxílio permanência, e os 400 estudantes restantes terão a oportunidade de estagiar em órgãos do governo baiano. Estes são os primeiros quatro mil estudantes do programa que vai investir R$ 50 milhões até 2018, apostando na educação dos jovens baianos.

Entidades debatem ações para a educação regional

Representantes da Amurc, Uesc, do Instituto Natura e dos Consórcios Litoral Sul e da Mata Atlântica, estiveram reunidos nesta segunda-feira, 10, na sede da Amurc para discutir ações voltadas a educação nos municípios da região. A proposta é institucionalizar as Câmaras Temáticas de Educação, existentes nos consórcios, visando desenvolver um Plano de Ações para a Educação Regional.

O coordenador da Rede de Apoio a Educação – RAE, André Lopes declarou que as ações serão implementadas no âmbito das Câmaras Técnicas do Território de abrangência de cada Consórcio. “Nós estamos levando a proposta às Câmaras Temáticas dos Consórcios, com o objetivo de criar uma rotina de encontros com os secretários municipais de educação”.

A iniciativa é desenvolvida a partir do Fórum de Secretários de Educação – Forsec, e de acordo com o secretário executivo da Amurc e do CDS-LS, Luciano Veiga, vem reforçar a política da Associação, que destaca no seu novo regimento, a recepção de todos os consórcios dentro do seu Território de Identidade e o apoio nas diversas áreas, com o objetivo maior de fortalecer os consórcios. :: LEIA MAIS »

Amurc e Uesc revitalizam o fórum de secretários de Assistência Social

Com o objetivo de fortalecer as secretarias municipais de Assistência Social e promover o atendimento às demandas locais, a Amurc, em parceria com a Pró-reitora de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz – Uesc revitalizou nesta quarta-feira, 28, o fórum com a participação de secretários municipais. A iniciativa existe desde 2013 e integra o Programa de Apoio Gerencial e Institucional às Prefeituras do Território Litoral Sul – Agir-LS.

O encontro reuniu representantes de 18 municípios da região assim como a secretária de Camacan, Ana Clébia Teixeira Bastos que saiu da reunião com grande expectativa de interagir com outros secretários da mesma pasta para o atendimento às principais demandas do setor de Assistência Social, que segundo ela são grandes.

Segundo a representante da SAS de Itabuna, Sara França Spínola, o Fórum tem relevância fundamental para o desenvolvimento de políticas públicas para a região. “E, com a participação institucional da Amurc e Uesc, a expectativa é positiva, de alcançar muitas conquistas”.

O coordenador executivo da Amurc, Luciano Veiga destacou a importância do Fórum para o desenvolvimento da pessoa humana e para o fortalecimento das secretarias com os entes federados. “A ideia é fortalecer a área social para utilizar experiências positivas e fazer com que haja sincronismo e o desenvolvimento de políticas territoriais”. :: LEIA MAIS »

Segundo o MEC a UESC está entre as melhores universidades do país

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), em Ilhéus (BA), está entre as melhores instituições de ensino superior do país. O Ministério da Educação (MEC) divulgou um ranking que incluem universidades, faculdades, centros universitários, IFETs (Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia) e CEFETs (Centros Federais de Educação Tecnológica).

De acordo com o ranking, a UESC atinge conceito 4, de Índice Geral de Cursos (IGC), numa escala de 1 a 5, ficando atrás apenas da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

A UESC é a primeira entre as quatro universidades estaduais da Bahia e figura entre as 64 melhores do Brasil. A UESC teve 25 cursos avaliados e obteve IGC contínuo 3,15. A UFBA ficou com 3,56 e a melhor do país, a UNICAMP, com IGC contínuo de 4,37 e conceito 5.

O IGC é um indicador de qualidade construído com base na média ponderada das notas dos cursos de graduação e pós-graduação de cada instituição. Divulgado anualmente, o resultado final do IGC é expresso em valores contínuos (que vão de 0 a 500) e em faixas (de 1 a 5). Notas 1 e 2 são consideradas insatisfatórias. :: LEIA MAIS »

UESC recebe um dos maiores especialistas do Brasil em patentes e informação tecnológica

“Inovação, Patentes & Informações Tecnológicas: O que todo mundo deveria saber”. Este é o tema de mais uma edição do Programa Ideação e Empreendedorismo, promovido pelo Núcleo de Inovação Tecnológica da UESC, em parceria com a Broto Incubadora de Biotecnologia.

O palestrante é um dos maiores especialistas brasileiros nesse assunto, o Dr. Henry Suzuki, que promoverá palestra gratuita para a comunidade acadêmica, na quarta-feira, 14 de junho, às 14h no auditório do pavilhão DCET.

Com 90 minutos de duração, a palestra tem como objetivo disseminar conhecimentos sobre propriedade intelectual e esclarecer aos participantes sobre a utilização de informações contidas em patentes de forma estratégica em projetos de pesquisa, inovação e em negócios. Para além de um mero registro, as bases de patentes são importantes ferramentas de prospecção tecnológica usadas na identificação de oportunidades e setores tecnológicos emergentes. :: LEIA MAIS »

UFSB e UESC preparam evento nacional em Ilhéus

A cidade de Ilhéus vai sediar o I Colóquio O Homem e seu Entorno – Karl Marx no século XXI, que deve ocorrer no campus da Universidade Estadual de Santa Cruz, em Ilhéus. O evento vai reunir estudantes e professores universitários do Brasil, e em específico, da rede pública e privada do estado da Bahia. As atividades estão marcadas para os dias 4, 5 e 6 de outubro de 2017.

O I Colóquio busca aproveitar a ocasião comemorativa dos 150 anos da publicação do livro O Capital, a principal obra de Karl Marx, para debater e refletir sobre o aumento do interesse pelo pensamento marxista para interpretar o atual momento de crise mundial.

O evento recebe trabalhos para apresentação, e é possível submeter resumos até o prazo final de 1º de setembro. A titulação mínima exigida é graduando/a para submeter e apresentar trabalhos.  Também é possível a inscrição na modalidade ouvinte até 4 de outubro. Os procedimentos de inscrição e as normas para os resumos podem ser conferidos neste link (http://bit.ly/marxsec21).

O I Colóquio vai contar com a participação de palestrantes convidados: Mauro Castelo Branco (UFBA), Ademar Bogo (FASB), Jorge Grespan (USP), Ricardo Tassinari (UNESP) e Rafael Siqueira Guimarães (UFSB). Apresentações de trabalhos, conferências, mesas-redondas e minicursos compõem a programação.

A iniciativa conjunta é uma promoção do Instituto de Artes, Humanidades e Ciências (IHAC) do Campus Jorge Amado da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas (DFCH) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), do grupo de pesquisas Avançadas em Materialidades, Ambiências e Tecnologias, do Laboratório de Estudos em Teorias e Escritas da História (LETEH), e do grupo de pesquisa Marx no Século XXI. O evento tem o apoio da UFSB, da UESC e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Site do evento: https://coloquiomarxsec21.wixsite.com/marxsec21

Abertas inscrições para minicursos do Laboratório de Ecologia

Estão abertas as inscrições para o Minicurso “Escalando o topo das árvores: técnicas de acesso”, que será promovido pelo Laboratório de Ecologia, do Departamento de Ciências Biológicas (DCB), da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). De acordo com a professora de Ecologia, Talita Fontoura, só serão aceitas inscrições para os dois dias do minicurso.

Dia 25 de maio, (segunda feira), com inicio às 8h30min e termino às 16h30min e no dia 30 de maio, (terça-feira), das 8 às 11 horas. Basta o interessado escrever para: < lab_ecologia@uesc.br >, até o dia 24-maio, indicando “minicurso de maio”, idade, escolaridade e se é aluno da UESC. Estão disponíveis vagas para 12 alunos.

A professora Talita explica que “o Laboratório de Ecologia (EcoLab) continua a oferecer minicursos com o objetivo de mostrar como o trabalho do biólogo pode ser encontrado em vários lugares além da atividade mais conhecida que é a sala de aula. Nesta segunda edição, o LabEco vai mostrar como biólogos podem subir no topo das árvores para coletar sementes, observar outras plantas que só sobrevivem no topo das árvores e observar pássaros e insetos.”

“O mais incrível é que as técnicas que são utilizadas para chegar ao topo das árvores, são quase as mesmas técnicas usadas no alpinismo. É uma experiência única conquistar o topo das árvores, tocar orquídeas e gravatás que sobrevivem somente lá em cima,” frisa Talita Fontoura.

Os minicursos serão ministrados por professores da UESC, um mestrando do EcoLab e um técnico, tem como alvo estudantes e o público em geral para ver as diferentes aplicações das atividades do biólogo. “Além disso, poderão experimentar como pode ser um dia de trabalho do biólogo,” conclui a professora.

setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia