WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




:: ‘Uesc’

Pesquisadores chineses farão palestras na UESC

Entre dos dias 8 e 11 de agosto, a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) vai receber os professores chineses Dra. Xiaoe Yang, pesquisadora da Zhejiang University, e o Dr. Zhenli He ,da University of Florida, (USA). O objetivo das visitas dos professores chineses é prospectar colaboração científica e acadêmica e conhecer a região sul da Bahia.

O Dr. Zhenli He é um cientista com larga experiência, trabalhando com Biogeoquimica de nutrientes e contaminantes em sistemas solo-planta-agua. Além das atividades de professor e pesquisador, exerceu também o cargo de diretor de centro de pesquisa da Zhejiang University. O professor Zhenli He vai ministrar a palestra “Nanotechnology application in agriculture and environment”, no Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular, na UESC. :: LEIA MAIS »

Cacá Colchões propõe cota regional no sistema de ingresso para UESC e UFSB

Cacá Colchões (PP)

O pré-candidato a deputado estadual, Cacá Colchões (PP), definiu algumas de suas propostas como representante da região na Assembleia Legislativa. A modificação na forma de ingresso nas universidades públicas do sistema vestibular para o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem, fez com que a concorrência aumentasse e, com isso, estudantes de diversas partes do Brasil concorram às vagas ofertadas por nossas universidades.

Somente como exemplo, no curso de medicina da UESC, no último ano, ingressaram 40 alunos, sendo que apenas três são oriundos da região. “Os alunos se formam numa universidade de excelência, mas ao receber o diploma voltam para sua região de origem” – destacou Cacá. Vale salientar que a maior parte das universidades federais e estaduais do país já usam o Enem como único processo seletivo.

Nesse sentido, o pré-candidato pretende propor à UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz – e a UFSB – Universidade Federal do Sul da Bahia – a implantação do Sistema de Cotas Regionais, em que o aluno receberá bônus de “20%” sobre a nota do ENEM. Dessa forma, candidatos que cursaram o ensino médio em escolas com distância de até 150 km do Campus da UESC e UFSB, possuirão uma “vantagem” em relação aos demais. “Esta é uma forma das universidades regionais atuarem decisivamente na formação dos nossos jovens e consequentemente da nossa região”, acrescentou o candidato, lembrando que esse sistema proposto “já é uma realidade em muitas universidades do país”.

Faculdade Madre Thais e UESC, criam Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Envelhecimento

As coordenações dos cursos de Fisioterapia e Enfermagem da Faculdade Madre Thaís (FMT), em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), através da Professora MSc. Carla Daiane, do Núcleo de Educação em Enfermagem (NEENF) criaram nesse semestre o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre o Envelhecimento – GREPE.

O GREPE, a partir da integração de discentes e docentes voluntários dos cursos de Fisioterapia e Enfermagem da FMT e UESC, tem como objetivo discutir quinzenalmente temas relacionados ao processo de envelhecimento, como forma de subsidiar novas pesquisas na área.

Só nesse semestre o Grupo ofereceu aos voluntários um curso de metodologia científica, especialmente na elaboração de problema de pesquisa e busca em fontes de dados. O curso ministrado pela professora MSc. Carla Daiane (UESC) aconteceu em três encontros, com carga horária total de 12 horas, que será certificado pelo NEENF (UESC).

Segundo a coordenadora do curso de Fisioterapia Dra. Karla Gresik, “essa parceria é de fundamental importância para o fortalecimento da Iniciação Científica da FMT, principalmente pelos resultados alcançados até o momento. Já foram desenvolvidos cinco projetos de pesquisas que será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos – CEP, para posterior execução.”

50 alunos concluem curso de policiamento e fiscalização da Mata Atlântica

A defesa da Mata Atlântica, em especial nas regiões Sul, Baixo Sul e Extremo Sul da Bahia, ganhou reforço com a certificação de 44 policiais militares e 6 profissionais que atuam na defesa do meio ambiente. Eles participaram na noite da última sexta-feira, dia 8, da solenidade de conclusão do Curso de Policiamento e Fiscalização na Mata Atlântica, realizada no auditório da Universidade Estadual Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus. A capacitação foi fruto de uma parceria entre o Ministério Público do Estado da Bahia, Polícia Militar e a universidade, com o apoio da Fundação José Silveira.

O curso, de acordo com a promotora de Justiça Regional Ambiental de Ilhéus, Aline Salvador, foi um pedido de qualificação apresentado pela PM ao Ministério Público para que a tropa pudesse servir à população e trabalhar na defesa do meio ambiente com mais eficiência, eficácia e efetividade. Ele teve início em maio de 2017 e abordou conteúdos teóricos como direito ambiental e penal ambiental, cartografia básica e uso de GPS, licenciamento ambiental, noções de ecologia, plano de contingência, identificação macroscópica de madeira, fiscalização de recursos pesqueiros, hídricos e minerais, patrulhamento rural, fiscalização e proteção à fauna e manejo e contenção de animais, dentre outros. Os alunos também participaram de atividades práticas realizadas nos municípios de Ilhéus, Itabuna, Porto Seguro e no distrito de Posto da Mata, município de Nova Viçosa.

A procuradora-geral de Justiça Adjunta, Sara Mandra Rusciolelli, participou da entrega dos certificados aos concluintes, oportunidade em que destacou o trabalho desenvolvido pela promotora de Justiça Aline Salvador e desejou que os policiais e civis que participaram do curso tornem-se multiplicadores do que aprenderam para a defesa do meio ambiente. Também participaram da entrega de certificados e da mesa solene a reitora da Uesc, Adélia Pinheiro, o comandante de Policiamento Especializado, coronel Humberto Sturaro, o comandante da CIPPA-Porto Seguro, major Cleber Silva, o representante da Fundação José Silveira, Reuter Silveira, a secretária-geral Adjunta do MP, promotora de Justiça Flávia Sampaio e o prefeito de Itacaré, Antônio Damasceno.

VII Corrida Uesc acontece no dia 16 de junho

Acontecerá no sábado, 16 de junho, a partir das 8h, a VII Corrida Uesc. O evento tem vagas limitadas. As inscrições custam R$ 30,00 (para os primeiros 50 inscritos) seguem até o dia 10 e podem ser feitas pelo site www.doity.com.br/7corridauesc. Maiores informações podem ser adquiridas através do telefone (73) 98176-2006 e pelo e-mail 7corridauesc@gmail.com

Festa Literária de Ilhéus começa nesta quarta-feira com a participação da atriz Elisa Lucinda

A abertura oficial da Festa Literária de Ilhéus acontece nesta quarta-feira, 16 de maio, às 17 horas, no Teatro Municipal, com a participação da escritora e atriz capixaba Elisa Lucinda, e apresentação musical dos grupos Dilazenze Malungo e Mulheres em Domínio Público. Mas hoje, 15, já haverá atividades ligadas ao evento, com o lançamento coletivo de 27 livros publicados pela Editus – Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), às 18h30min, no auditório da Torre Administrativa, no campus universitário, com a presença dos autores.

A Festa Literária de Ilhéus segue até o dia 18, sexta-feira, com uma programação diversificada, com a abordagem do tema “Leitura democráticas: juventudes, livros e zaps”. No lançamento coletivo, na UESC, haverá um bate-papo literário especial com as professoras e escritoras Luzia de Maria (UFF) e Maria Luiza Nora (UESC). :: LEIA MAIS »

Abertura oficial da Festa Literária de Ilhéus

Confirmada a atriz e escritora Elisa Lucinda na abertura da Festa Literária de Ilhéus

 

A arte marca a abertura oficial da Festa Literária de Ilhéus. O evento contará com a participação da escritora e atriz de peças, filmes e telenovelas da Rede Globo, Elisa Lucinda. A atriz participará de um bate-papo literário com a professora de Sociologia da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Flávia Alessandra de Souza. Será na próxima terça-feira (16), às 17h30, no Teatro Municipal de Ilhéus.

A escritora e professora da UESC, Maria de Lourdes Netto Simões (Tica Simões) é a homenageada desta edição da Festa Literária. O nome escolhido pela comissão organizadora levou em consideração a carreira de Tica Simões, sempre voltada para a pesquisa, leitura e literatura.

Ainda nesta cerimônia, haverá a premiação dos vencedores do III Prêmio Sosígenes Costa de Poesia e o lançamento da Campanha “Memórias de Leitura”, da Fundação Pedro Calmon (FPC). O público ainda vai poder curtir apresentações musicais, com os grupos locais Dilazenze e Mulheres em Domínio Público.

  :: LEIA MAIS »

Fóruns apresentaram demandas da Gestão Pública no evento do Programa AGIR

Com o objetivo de planejar as ações da Gestão Pública Municipal, secretários, técnicos e agentes municipais de 22 municípios do Território Litoral Sul estiveram reunidos nesta terça-feira, 24, na Uesc, no Seminário Anual de Planejamento dos Fóruns do Programa AGIR MAIS. O evento foi realizado pela Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc e a Pró-reitoria de Extensão da Uesc.

Os fóruns municipais existem desde 2011, e, atualmente, contemplam 10 secretarias da Administração Pública. Ao longo do ano, são realizadas reuniões mensais para debater a aplicação de políticas públicas nas áreas de Educação, Saúde, Assistência Social, Comunicação, Administração, Finanças, Agricultura e Meio Ambiente, Cultura e Turismo.

O encontro culminou com a sistematização de demandas e ideias, no qual cada fórum apresentou as necessidades de suas secretarias ou departamentos. A metodologia foi conduzida pela professora adjunta do Departamento de Ciências Administrativas e Contábeis – DCAC da Uesc, Luiza Reis Teixeira, que apresentou conceitos de planejamento e estratégia para serem aplicadas na Administração Pública. :: LEIA MAIS »

Festa Literária de Ilhéus será lançada na próxima semana

Com o tema “Leituras democráticas: juventudes, livros e zaps”, a Festa Literária de Ilhéus será lançada na próxima terça-feira (17), às 19h, no Teatro Municipal. O evento é um convite ao público para refletir sobre as múltiplas formas de leitura e difusão do conhecimento.

A Festa Literária é uma realização da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC (por meio da Editus – Editora da UESC), Secretaria de Cultura de Ilhéus (Secult), Fundação Pedro Calmon (órgão vinculado à Secretaria Estadual de Cultura) e Academia de Letras de Ilhéus (ALI) e integra em uma única programação dois eventos literários já consagrados, a 6ª Feira do Livro da UESC e o III Festival Literário de Ilhéus.

“A intenção é reunir forças para viabilizar uma ação de maior abrangência, que proporcione reflexões e projetos que contribuam com a transformação social por meio do livro e da leitura, em diferentes suportes e linguagens”, reforça a diretora da Editus, Rita Virginia Argollo. :: LEIA MAIS »

Aluno e professores da UESC fabricam próteses mecânicas de baixo custo

Imagine-se dormindo e sonhando que, com uma de suas mãos, você acaricia o seu rosto. Ao acordar você toca o seu rosto, mas não consegue sentir os dedos, o que lhe causa uma sensação estranha. Não existem dedos, não há mãos, restam apenas as marcas de uma cirurgia de amputação na altura do pulso.

E assim criar a possibilidade e o desejo de recuperar de alguma forma o membro perdido, motivou à execução desse projeto, a fabricação de uma prótese mecânica. Essa prótese foi resultante do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do discente Tiago Santa Fé, que teve como orientadores os professores Me. Erickson Fabiano Moura Sousa Silva e Me. Victor Hugo Martins de Almeida, do curso de Engenharia Mecânica, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Ilhéus (BA).

A ideia foi colocada em prática graças à impressora 3D de baixo custo, montada pelos professores para o uso comum das atividades acadêmicas da Universidade, no ambiente do Laboratório de Projetos Mecânicos e Tribologia (LAPMET), do curso de Engenharia Mecânica, da UESC, em Ilhéus. Inicialmente, aluno e professores imaginavam um projeto que pudesse beneficiar animais amputados, e após conversarem com a professora Dra. Elisângela Barboza da Silva, do curso de medicina veterinária, passaram a enxergar além do que imaginavam, não somente a criação de próteses para os animais, mas também para pessoas. :: LEIA MAIS »

Escolas adotam livros da Editus para o ano letivo de 2018

O ano letivo começou com novidades para professores e estudantes do Colégio da Polícia Militar (CPM), Escola Arco Íris (ambos de Itabuna); Colégio Vitória, de Ilhéus, e Colégio Madre Savina Petrilli, de Itapetinga. As escolas adotaram livros da Editus – Editora da UESC como materiais didáticos e paradidáticos no período de 2018.

O CPM vai trabalhar o livro “O conto em vinte e cinco baianos”, organizado por Cyro de Mattos, além dos títulos “Intercambiando com Demetrius e Felipa” e “As viagens de Carola Migrista: migrante ou turista?”, escritos pela Prof.ª Maria Luiza Santos. O colégio desenvolverá um projeto de leitura, discussão e escrita sobre migrações, identidade, território, acolhimento e alteridade que terá como base os livros da autora.

Os livros da Profª Maria Luiza também serão utilizados como reforço pela Escola Arco Íris. Além dos títulos “Intercambiando com Demetrius e Felipa” e “As viagens de Carola Migrista: migrante ou turista?”, a escola escolheu o livro “Tonico descobre que é de todo lugar”, também da autora, e “A casinha que anda”, escrito por Tica Simões. :: LEIA MAIS »

Uesc recebe Exposição Itinerante Castro Alves e Hansen Bahia

Foto: Secult/BA

Após um período em cartaz no Teatro Municipal de Ilhéus, no sul do estado, a ‘Exposição Itinerante Navio Negreiro Castro Alves e Hansen Bahia’, será levada, nesta sexta-feira (6), à Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), na mesma região. Idealizada pelo Centro de Memória da Bahia (CMB), unidade da Fundação Pedro Calmon (FPC), que é vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (Secult), a mostra poderá ser visitada até o dia 16 deste mês, no Foyer do auditório Paulo Souto da instituição.

“O objetivo da exposição é para que nunca esqueçamos o quanto foi, e é perverso e desumano, o sistema colonial-escravista. Ver Hansen e ler Castro Alves é um exercício ético e estético absolutamente necessário e contemporâneo” afirma o curador da exposição, Ayrson Heráclito.

Contemplando a mostra, o artista plástico Zimaldo Baptista realiza a oficina de xilogravura nos dias 12, com turmas pela manhã e tarde, e no dia 13, com turma pela tarde. Formado em Artes Visuais, pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), ele foi um dos participantes da XI Bienal do Recôncavo da Bahia.

A mostra já visitou dez cidades, e, após Itabuna, mais dois municípios baianos poderão apreciar as obras de Hansen e o poema de Castro Alves. “A história precisa ser pensada e discutida nos dias de hoje. Por isso, a exposição itinerante levará para as cidades oficinas, debates e discussões sobre o que foi a escravidão”, ressalta o diretor do Centro de Memória, Rafael Fontes.

O Centro de Memória da Bahia (CMB) tem o objetivo de promover a difusão da história da Bahia, por meio da preservação e ordenação de arquivos privados e personalidades pública, além da realização de exposições, seminários e cursos de formação gratuitos. Entre suas funções, é responsável pelo Memorial dos Governadores Republicanos da Bahia (MGRB), localizado no Palácio Rio Branco, no Centro Histórico de Salvador.



agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia