WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa


:: ‘Solar Ambiental’

Trânsito lento tem ocasionado atraso na coleta de lixo em Ilhéus

O transporte em caminhões compactadores de resíduos sólidos para o Aterro do Itariri, em Ilhéus, que em outros períodos do ano dura cerca de 40 minutos para ser realizado, passou a durar 120 minutos, em média. O secretário municipal de Serviços Urbanos (Secsurb), Jorge Cunha, atribui o atraso ao grande fluxo de veículos circulando nas principais ruas da cidade, o que dificulta a agilidade na conclusão do serviço.

Por este motivo, informa Cunha, em alguns pontos da cidade está havendo um atraso na coleta. Regiões como a Avenida Ubaitaba e Conquista, são algumas onde está sendo registrado período de atraso. O município conta hoje com 11 compactadores que fazem a coleta na sede e na zona rural. Segundo Jorge Cunha todas as áreas que estão sem coleta dos resíduos sólidos serão atendidas o mais rápido possível.

*Informações da Prefeitura Municipal de Ilhéus.

Sindicalista fecham porta de empresa e impedem coleta de lixo

Na manhã desta sexta-feira, sindicalista impedem a saída de carro de lixos da empresa Solar Ambiental, responsável pela coleta de resíduos sólidos de Ilhéus.

Com isso a coleta esta suspensa, e só deve ser normalizada após o termino do ato, que protesta contra as reformas do governo federal.

Mutirão da Solar Ambiental chega a Zona Sul de Ilhéus

No ultimo final de semana a Zona Sul de Ilhéus recebeu o mutirão da empresa Solar Ambiental onde foram retirados mais de 300 metros cúbicos de lixo dos logradouros. Segundo a empresa, o objetivo é retirar os lixões, e deixar a cidade limpa para alta estação que tem início neste final de ano, quando o município recebe grandes números de turistas e duplica os números de habitantes.

A empresa disponibilizou um telefone (73) 3633-2713, para que o cidadão informe aonde há lixões, e logo uma equipe da empresa fará a retirada e limpeza do local.

Na semana passada o mutirão aconteceu na Zona Norte e foram tirados 200 metros cúbicos de lixo.

Ilhéus contará com caixas estacionárias de resíduos sólidos

A máquina possui capacidade para compactar até 17 metros cúbicos de resíduos sólidos.

A máquina possui capacidade para compactar até 17 metros cúbicos de resíduos sólidos.

A Secretaria de Serviços Urbanos (Secsurb) de Ilhéus vai implantar, até o fim deste mês, dois equipamentos de última geração para dar mais eficiência ao serviço diário de coleta de lixo em dois pontos estratégicos da cidade, o centro comercial e a Central de Abastecimento do Malhado. A aquisição das caixas foi autorizada pelo governo municipal, através da empresa Solar Ambiental, concessionária do serviço de limpeza pública, e inclui um caminhão roll on roll off e dois compactadores estacionários de resíduos sólidos.

De acordo com o secretário municipal de Serviços Urbanos, César Benevides, os compactadores estacionários substituirão, nesses dois pontos, as velhas caixas coletoras abertas. “Por serem fechados, os compactadores eliminarão diversos inconvenientes, como a presença de animais e os odores desagradáveis, combatendo, por via de consequência, a própria questão da poluição”, enfatiza o titular da Secsurb, acrescentando que, em toda a Bahia, apenas os municípios de Salvador e Feira de Santana já utilizam os equipamentos.

Os equipamentos, que substituirão as velhas caixas coletoras abertas, serão instalados no centro da cidade, nas proximidades do Sindicato Rural de Ilhéus, e na Central de Abastecimento do Malhado.

Os equipamentos, que substituirão as velhas caixas coletoras abertas, serão instalados no centro da cidade, nas proximidades do Sindicato Rural de Ilhéus, e na Central de Abastecimento do Malhado.

Antônio Cavalcante, diretor da Solar Ambiental, empresa responsável pela coleta domiciliar de resíduos sólidos em Ilhéus, reitera que as máquinas serão instaladas no centro da cidade, nas proximidades do Sindicato Rural de Ilhéus, e na Central de Abastecimento do Malhado. Segundo ele, cada compactador estacionário será operado por um servidor da Prefeitura.

“O processo é bastante simples. O comerciante deposita o lixo na máquina que, imediatamente, faz a compactação. No final do dia, o caminhão roll on roll off faz a acoplagem com o compactador estacionário e leva todo o material para o Aterro de Itariri, na rodovia Ilhéus-Uruçuca. É importante ressaltar que cada máquina possui capacidade para compactar até 17 metros cúbicos de resíduos sólidos”, esclarece Antônio Cavalcante. :: LEIA MAIS »

Solar Ambiental é responsável por manutenção de caixa coletora

Ontem (26), divulgamos uma matéria mostrando o esforço da comunidade na rua Santa Inês para reformar uma caixa coletora de lixo, depois de muito esperar pela prefeitura de Ilhéus.

Em contato com o Blog, a assessoria de comunicação da empresa Solar Ambiental, responsável pela coleta de resíduos sólidos domiciliar, afirmou que já estava agendada a troca da caixa coletora e pediu desculpas a comunidade pela demora em atender ao pedido.

“A empresa Solar Ambiental é responsável pelas trocas e manutenção das caixas coletoras. Já relacionamos as que precisam de manutenção e algumas já foram recolhidas para reforma”, explicou ascom da empresa.

Jabes dá continuidade ao governo Newton

transicão-foto-Mary-melgaço

Ontem (quarta, 10), na sessão especial na câmara de vereadores para discutir o trânsito de Ilhéus, o secretário de desenvolvimento urbano, Isaac Albagli, confirmou que o governo prolongou o contrato com a empresa GCT – Gerenciamento e Controle de Trânsito com a possibilidade de se prorrogar por até 60 meses, e com ele mais 30 novos pardais espalhados pelos quatro cantos da cidade.

A empresa foi trazida pelo ex-prefeito Newton Lima para cuidar do trânsito de Ilhéus. Na cidade, pessoas ligadas à empresa se espalharam por outros negócios em diversos setores públicos do município, fechando contratos milionários.

Entre 2009 e 2012 foram movimentados pela empresa mais de 7 milhões de reais, dinheiro originado das multas.

Além da GCT, o governo Jabista também deu carta branca para a Solar Ambiental, que hoje vem fazendo um péssimo serviço na coleta do lixo na zona norte da cidade.

No ano passado, denunciamos aqui que a empresa alugava os caminhões em Palmas, Tocantins, e sublocava seus serviços ao município de Ilhéus, tudo com o aval dos operadores do governo de Newton. Hoje tem carta branca do governo Jabista !

Estranho hein !

A Solar Ambiental, responsável pela limpeza pública na cidade de Ilhéus, soltou uma matéria afirmando que nos próximos dias poderá ser instaurado um caos no sistema público, porque os seus trabalhadores estão abandonando o serviço, para se cadastrar em uma empresa que prestará serviço ao novo governo.

A equipe de transição do novo governo afirmou que a Solar tenta de maneira inusitada se desvencilhar da responsabilidade da deficiência da coleta. Na nota, a equipe explica que não há definição alguma sobre a empresa que realizará o serviço de coleta domiciliar a partir de janeiro. “Quatro empresas foram solicitadas a apresentar cotação de preços, inclusive a Solar Ambiental, que já enviou sua proposta. Falta apenas a entrega de uma proposta”, assegura a equipe.

O estranho mesmo é que as proposta encaminhadas não tem validade, já que Jabes Ribeiro não tomou posse, e os documentos não passaram pelo setor de licitação, mesmo que o contrato seja emergencial.

Segundo informações, um vereador anda feliz da vida, motivado pelo lixo da cidade. Estamos de olho!

mega turbonet

janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia