WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Saúde’

Saúde cardiovascular: 10 alimentos do dia-a-dia que podem auxiliar na saúde do coração

E para seguir uma dieta balanceada não é preciso abrir mão de uma refeição saborosa.

Incluir uma alimentação equilibrada, e ainda por cima saborosa, na dieta ajuda a prevenir o surgimento de doenças cardiovasculares. Fique atento!

Segundo os resultados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada pelo Ministério da Saúde, 56,9% dos brasileiros com 18 anos ou mais estão acima do peso, o que representa 82 milhões de pessoas. No estudo divulgado no ano passado, o alto número de pessoas que não estão com o peso ideal é fruto de mudanças na alimentação e do menor tempo destinado à prática de atividades físicas.

O dado é preocupante pelo excesso de peso ser um fator de risco para doenças crônicas não transmissíveis, como as doenças do coração.“Uma boa alimentação influencia diretamente na prevenção e controle de doenças cardiovasculares, equilibrando o bem-estar do coração”, explica Dra. Bianca Chimenti Naves, nutricionista sócia e proprietária da NutriOffice. O mais importante, segundo Bianca, é manter um cardápio variado, com alimentos que contribuem para o bom funcionamento do organismo.

E para seguir uma dieta balanceada não é preciso abrir mão de uma refeição saborosa. Anote 10 alimentos que podem auxiliar na saúde do seu coração e tornam sua hora de comer muito mais prazerosa: :: LEIA MAIS »

O retrato da perversidade

Por Alisson Gonçalves

Imagem do Pronto Atendimento criado pela prefeitura de Ilhéus.

Imagem do Pronto Atendimento criado pela prefeitura de Ilhéus.

Perversidade: palavra que deriva do latim PERVERSITATE, que traduzida para o português pode significar; Maldade, Crueldade, Ato Perverso, Carácter desumano e cruel, Satisfação no exercício da maldade.

Nos últimos três anos do atual governo do prefeito Jabes Ribeiro eu pensei que os ilheenses já tinham visto todo o seu  pacote de maldades. Aumento abusivo do IPTU, escola municipal funcionando em BAR, servidores púbicos perseguidos e sem reajuste salarial, ameaças de demissões, postos de saúde fechados sem médicos e medicamentos, aumento da tarifa de transporte e tantos outros… Ledo engano!

Fiquei perplexo nos últimos dois dias ao passar pelo recém-inaugurado PA da dengue que funciona calamitosamente na Rua Major Homem Del Rey , Nº 100 no bairro da Cidade Nova. Lá pude ver crianças no colo de suas mães, idosos, jovens e adultos expostos ao sol forte do meio dia, todos em uma humilhante fila do lado de fora aguardando atendimento. Enquanto lá dentro apenas dois médicos atendiam aos que ali estavam em busca de um alivio para suas muitas dores, febre e todos os sintomas provocados pela Dengue, Zika Vírus e Chikungunya. Como se a humilhação da fila, do sol e de ter que esperarem em pé e na rua não fosse o bastante, o perverso governo Jabes Ribeiro providenciou no dia seguinte fechar a rua, colocar um toldo e espalhou  cadeiras oficializando a rua como local para cuidar dos doentes da nossa terra.

O governo Jabes Ribeiro em sua previsão orçamentaria para o ano de 2015 previa gastar com a saúde municipal o montante de R$ 89.195.103, 73 (oitenta e nove milhões, cento e noventa e cinco mil cento e três reais e setenta e três centavos) dos quais declara que foram gastos R$ 79.188.468,84 (setenta e nove milhões, cento e oitenta e oito mil, quatrocentos e sessenta e oito reais e oitenta e quatro centavos) segundo publicado no Portal da Transparência da própria prefeitura.

A pergunta é, onde foi gasto esse dinheiro? De que forma? Discutido com quem para definir as quais prioridades? E por que o governo não se preparou para enfrentar a epidemia do mosquito aedes aegypti e os vírus que ele transmite?

Tenho certeza que não é por falta de dinheiro que o PA da dengue esta funcionando de forma perversa e desumana em um local fora do eixo central da cidade, de difícil acesso onde não circulam todas as linhas de ônibus. Mas, por falta de capacidade, planejamento e gestão do governo Jabes Ribeiro e seu exercito, somado a isto sua perversidade cega, seu desprezo pelas pessoas e sua satisfação no exercício da maldade.

Espero que o Ministério Público tome providencias no sentido de determinar ao prefeito Jabes Ribeiro que retire dali as pessoas e passe a dar a elas um tratamento digno e respeitoso, cuidando melhor de cada uma delas a fim de preservar suas vidas. É no município que os cidadãos precisam ter saúde de qualidade, moradia, segurança e um enumerado de outros direitos, pois é no município que a vida acontece e é do gestor municipal a responsabilidade por cada uma delas.

No mais, rogo a Deus pela vida e pela saúde de todos os ilheenses e que Ele possa sensibilizar os endurecidos corações dos que deviam ter humanidade, empatia e carinho pelas pessoas, mas, ao invés disso têm predileção pela perversidade.

Alisson

 

*Alisson Gonçalves é estudante de Sociologia e assessor parlamentar

Forças Armadas entram na luta contra o mosquito Aedes aegypti

Defesa amplia atuação de militares no combate ao mosquito Aedes aegypti

Ministério da Defesa amplia atuação de militares no combate ao mosquito Aedes aegypti

No próximo dia 13, 220 mil militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica irão às ruas para distribuir material impresso com orientações para a população sobre como manter a casa livre dos criadouros do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e do Zika vírus.

Para a distribuição do efetivo das Forças Armadas nessa fase de mobilização, foram considerados os municípios com maior incidência das doenças transmitidas pelo mosquito e os que contam com organizações militares instaladas.

Entre as cidades prioritárias estão Itabuna e Ilhéus, que desde o ano passado estão em situação de emergência. A ação nos municípios baianos vai ocorrer simultaneamente em todo o país.

:: LEIA MAIS »

Depois de denúncia, Ilhéus terá posto de atendimento exclusivo para casos de dengue, zica e chikungunya

Secretária anuncia atendimento no PA será a partir do dia 11 de fevereiro. - Foto feita em 2015 por Alfredo Filho - Secom Ilheus.

Secretaria anuncia atendimento no PA será a partir do dia 11 de fevereiro. – Foto feita em 2015 por Alfredo Filho – Secom Ilheus.

Na última quarta-feira (03), o blog Agravo expôs o sofrimento de pacientes com suspeitas de dengue, zica e chikungunya, a procura de atendimento médico, ante a falta de pronto atendimento exclusivo para essa emergência. (CLIQUE AQUI PARA LER A MATÉRIA)

A matéria viralizou nas redes sociais, chegando a ter 15 mil leituras, e gerou grande revolta por parte dos ilheenses, que detonaram a administração da saúde no município.

Cargos comissionados e correligionários do prefeito Jabes Ribeiro até tentaram desmentir a denuncia do Blog Agravo, compartilhando nas redes sociais uma matéria da Secom de março do 2015 afirmando que pronto atendimento estava funcionando. Mas logo foram desmascarados por pessoas que precisaram do atendimento e encontraram o P.A fechado.

Para piorar e desmascarar os puxa sacos do prefeito, a própria prefeitura de Ilhéus admitiu que o Pronto Atendimento estava fechado. Nesta sexta-feira (05), muito pressionada, a secretaria de Saúde de Ilhéus (Sesau), anunciou a criação de um Pronto Atendimento para casos suspeitos de dengue, zica e chikungunya. A unidade, que começa a funcionar na próxima quinta-feira (11), de segunda à sábado, das 7 às 17h, está localizada na travessa Santa Isabel – em confluência com a avenida Soares Lopes-centro, nas proximidades do centro de convenções.

O equipamento, de acordo com o secretário Antônio Ocké, vai contar com equipe multidisciplinar formada por supervisor, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e de coleta de sorologia, além de ambulância de plantão.

A superintendente técnica da Sesau, Gleiciane Birschner, orienta que com o surgimento de qualquer sintoma, a exemplo de febre, dores de cabeça e no corpo, e manchas vermelhas na pele, as pessoas devem procurar o P.A. da dengue. Ela informou ainda que para o diagnóstico preciso, a unidade conta com serviço laboratorial, sala de coleta de amostras de sangue, e exame de sorologia para a dengue.

No Ilhéus que Folia, a Saúde Pública é que Dança.

Por Reinaldo Soares

Professor Reinaldo Soares.

Professor Reinaldo Soares.

No último fim de semana, o Governo das ilusões realizou o Ilhéus Folia, carnaval antecipado com direito a OPEN BAR no Camarote Oficial, isso mesmo, comidas e bebidas de “graça” para mais de 200 convidados nos 03 dias da farra momesca na terra de Jorge Amado.

Saindo do Camarote oficial e do Circuito do Ilhéus Folia, deparamos com a realidade de uma cidade que há quatro anos o governo afirma que está falida e por isso não pode reajustar os servidores e investir na proteção da saúde básica da população.

Dezenas de cidades brasileiras cancelaram o carnaval em virtude da epidemia da dengue e principalmente da Zika, em quanto em Ilhéus o Governo das Ilusões antecipa o carnaval em um risco muito grande da proliferação da epidemia.

Não se vê nenhuma preocupação desse governo com a saúde da população. O bairro mais populoso de Ilhéus, o Teotônio Vilela, em todas as suas ruas, há um caso de alguém contaminado ou que já foi contaminado pelo Zika ou Chikungunya e não se presencia nenhuma intervenção pública como mutirão de limpeza no Bairro, detetização com o Carro Fumacê, aberturas e ampliação dos Postos de atendimento.

Se as intervenções de emergência não estão sendo feitas, pior as preventivas e regulares que deveriam ocorrer no Sistema Municipal de Saúde. Com 1.148 funcionários lotados na Saúde e com um orçamento de R$89.704.000,00, para 2016, isso mesmo, mais de oitenta e nove milhões de Reais para serem usados pela Secretária Municipal de Saúde, os agentes comunitários de saúde não possuem qualificação permanente, não recebem os equipamentos e materiais necessários para exercerem dignamente suas atividades.

Os Postos de Saúde por conta do abandono são ocupados pelos Morcegos, sem contar os que são reformados e não funcionam por falta de profissionais, como exemplo o de Sambaituba. O Município só tem dois médicos Pediatras efetivos e ainda estão ameaçados de serem demitidos. Ser atendido por um Neurologista na Rede Pública em Ilhéus, é quase acertar na Mega Sena, e agora, até os exames laboratoriais não podem ser feitos diretamente no laboratório.

Diante de tamanho abandono da Saúde, o governo das ilusões se diverte em camarote enquanto a população sofre. Precisamos apresentar um Novo Modelo Político para Ilhéus, sustentada em uma Governança transparente, sensível ás necessidades da população, sem clientelismo e pão e circo.

*Reinaldo Soares é Mestre em Cultura e Turismo pela UESC/UFBA, Presidente Municipal do Partido Social Cristão- PSC. Diretor do IBEC, Ex Presidente do Conselho Municipal de Educação de Ilhéus, Palestrante, Professor do Colégio Estadual Padre Luis Palmeira e da Pós-Graduação da FACSA/IBEC.

E-mail: profreinaldosoares@hotmail.com

Hospital de Itororó é fechado e prefeitura alega falta de verba

Do G1/Bahia

Atendimento está suspenso no hospital desde terça (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz).

Atendimento está suspenso no hospital desde terça
(Foto: Reprodução/TV Santa Cruz).

O único hospital de Itororó, entre as regiões sudoeste e sul da Bahia, está fechado para atendimento desde a última terça-feira (5). A unidade atende 20 mil moradores da cidade e de três cidades vizinhas. O hospital já estava funcionando sem internações antes do fechamento nesta semana. A Secretaria de Saúde do município alega falta de verba para manutenção e pagamento de funcionários.

Antes do fechamento, o hospital funcionava atendendo de 80 a 100 pacientes por dia. O hospital mais próximo fica em Itapetinga, a 26 quilômetros da cidade. A dona de casa Laurinda de Souza, que buscou atendimento na unidade, diz que os moradores do município não conseguem atendimento nas proximidades. “A pessoa que vai para Itapetinga ou Itabuna tem que ter autorização do médico e não tem médico aqui”, diz. :: LEIA MAIS »

Moradores do interior contam com novas ambulâncias do Samu

Foto divulgação.

Foto divulgação.

Dez ambulâncias avançadas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), com capacidade para transportar pacientes com necessidades de maior complexidade, foram entregues, pelo governador Rui Costa, nesta quarta-feira (16), para as prefeituras de dez municípios baianos – Eunápolis, Guanambi, Ilhéus, Itabuna, Paulo Afonso, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Vitória da Conquista, Lauro de Freitas e Itapetinga. Os veículos, que têm capacidade para realizar cobertura regional, poderão atender um número maior de cidades, conforme sejam solicitados. Cada ambulância contará com um médico, um enfermeiro, um técnico de enfermagem e um condutor socorrista.

A deputada Ângela Sousa acompanhada do prefeito de Itabuna Claudevane Leite  participou da entrega de ambulâncias pelo Governo da Bahia. De acordo com a parlamentar, os veículos direcionados para Itabuna e Ilhéus terão extrema importância uma vez que garantirão maior qualidade e agilidade no atendimento de urgência à população. :: LEIA MAIS »

Saúde:PPP de Imagem começa a funcionar em Ilhéus, Jequié, Conquista e Guanambi

Começam a funcionar nesta sexta-feira (27), às 9h, os serviços da PPP de Imagem (parceria público-privada), nos hospitais Geral de Vitória da Conquista, Luis Viana Filho (Ilhéus), Geral Prado Valadares (Jequié) e Regional de Guanambi. A iniciativa pioneira no País já proporciona à população baiana serviços de telemedicina, diagnóstico e bioimagem em unidades hospitalares da rede própria do Estado.

De acordo com informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), a PPP de Imagem possibilita realizar tomografia, ressonância magnética, mamografia e raio X, representando economia para o Estado ao reduzir o tempo de internamento de pacientes, que ficam à espera dos resultados de exames. A parceria também garante atualização periódica da tecnologia, uma vez que os investimentos para isso estão previstos no contrato de concessão.

O projeto já está em funcionamento nos hospitais Ernesto Simões Filho, Geral do Estado, Roberto Santos, Octávio Mangabeira, o Centro Estadual de Oncologia (Cican), todos em Salvador, e mais o Geral de Camaçari e o Menandro de Faria (Lauro de Freitas).

Câmara aprova cirurgia plástica reparadora no SUS para mulheres vítimas de violência

Foto divulgação.

Foto divulgação.

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (18) proposta que determina a realização pelo Sistema Único de Saúde (SUS) de cirurgia plástica reparadora de sequelas de lesões causadas por atos de violência contra a mulher.

O Senado acrescentou ao Projeto de Lei (PL)123/07 a possibilidade de os gestores serem punidos, caso deixem de cumprir com a obrigação de informar as mulheres vitimadas por violência sobre seus direitos.

O texto segue para a sanção presidencial.

Ilhéus: O martírio na fila do SUS

Além de enfrentar o caos na saúde de Ilhéus, o ilheense

Pacientes enfrentam o caos na saúde de Ilhéus. Foto Flávio Alves.

Desrespeito e sofrimento. Essa são algumas das impressões que tem-se ao deparar-nos com a fila da central municipal de regulação do SUS, em Ilhéus, na avenida ACM, Malhado.

Nesse local, é onde as consultas e exames realizados pelo SUS são agendados, onde são feitas as regulações dos procedimentos médicos de média e alta complexidade.

Na central de regulação, são distribuídas senhas, e, segundo aviso apregoado no local, o horário em que elas começam a ser distribuídas é as 7h, o que, de acordo com um leitor, não condiz com a realidade.

Ele nos enviou imagens registradas no local, nesta quarta-feira (04), as 7:45h, e ninguém tinha sido atendido ainda.

Vale lembrar que a responsabilidade pelo funcionamento digno da referida central de regulação, é da secretaria municipal de Saúde, que, mais uma vez, como em outras tantas circunstâncias, se mostra tecnicamente incompetente, tal qual a gestão municipal que faz parte.

Ilhéus: uma praia está imprópria para banho

Praia do Malhado. Foto Jamesson Araújo

Praia do Malhado. Foto Jamesson Araújo

Das praias avaliadas pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) na Costa do Cacau, Litoral Sul – BA, uma está imprópria para o banho neste fim de semana.

O Inema chama atenção para que os banhistas evitem as praias de Malhado (próximo à escultura da sereia). Nas demais praias de Ilhéus, as condições são normais, lembrando que deve-se evitar o banho de mar em tempo chuvoso.

O diagnóstico das condições de balneabilidade é obtido mediante o recolhimento de amostras, durante cinco semanas, nas praias da Barra de São Miguel, Marciano, Malhado, Avenida, Cristo, Opaba, Milionários, Olivença e Cururupe, 100m antes lançamento da Ceplus e 100m depois lançamento da Ceplus.

Acidente Vascular Cerebral: conhecer para prevenir e reabilitar

Imagem.

Imagem.

O dia 29 de outubro é determinado, pela Organização Mundial da Saúde, como o Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC). Mais popularmente conhecido por “derrame” cerebral, ocorre quando há um entupimento ou um rompimento de vasos que levam sangue ao cérebro, provocando a paralisia de parte do corpo correspondente à área cerebral afetada pela má circulação. Também é chamado de Acidente Vascular Encefálico (AVE), e pode ser de dois tipos: isquêmico, mais comum e com prognósticos clínicos e funcionais mais leves, afetando cerca de 80% dos indivíduos, ou hemorrágico, menos comum e mais grave, sendo presente em 20% dos casos.

As consequências do AVC dependem da localização da lesão no cérebro, do tamanho da área afetada e do tempo decorrido entre o episódio e o atendimento a pessoa. Comumente deixam sequelas motoras, sensoriais e, em alguns casos, cognitivas, determinantes do prognóstico funcional do indivíduo. A principal característica visível é o distúrbio de um lado do corpo do paciente, que chamamos de hemiplegia, uma paralisia total, ou hemiparesia, disfunção parcial do movimento. Estas se manifestam por ausência ou diminuição da força muscular, podendo evoluir da flacidez à rigidez de membro superior e inferior, além de repercutir em outras funções, como fala, deglutição, expressão facial, equilíbrio, marcha, memória, dentre outras. :: LEIA MAIS »

Ilhéus terá Pedalada Azul em mobilização para o controle do diabetes

Foto divulgação.

Foto divulgação.

O Colégio Militar de Ilhéus com o apoio da Associação dos Diabéticos de Ilhéus está engajado na mobilização para o controle do diabetes. No dia 14 de novembro será realizada a segunda edição da Pedalada Azul no intuito de chamar a atenção para a necessidade de prevenção e tratamento da doença.

A nova edição da Pedalada Azul em Ilhéus foi confirmada durante encontro com a participação da comissão organizadora do Mutirão do Diabético de Itabuna, do diretor do Colégio Militar, Major Moraes e da presidente da Associação dos Diabéticos de Ilhéus, Célia Cardoso, além de representantes de diversas entidades parceiras.

Pedalada Azul sairá da zona norte da cidade, em frente ao 2º Batalhão de Polícia Militar, com destino à praça em frente à Catedral de São Sebastião. No local, serão montados estandes, com uma equipe de voluntários realizando serviços de orientação à comunidade em torno do diabetes.

Falta material hospitalar nos postos de saúde de Ilhéus

Desabafo mostra a realidade do governo Jabista.

Desabafo mostra a realidade do governo Jabista.

Por meio de desabafos nas redes sociais, nesta quarta-feira (30), internautas narraram suas peregrinações pelos postos de saúde de Ilhéus, em busca de procedimento médico.

Nas duas queixas, uma coisa em comum: a falta de material hospitalar.

A internauta Georgia Couto fez um desabafo no grupo “Ilhéus Desgovernada”, no Facebook. Ela afirmou que procurou os postos para retirar pontos de seu joelho, e parte dos atendentes e dos técnicos de enfermagem que trabalham no posto do Nossa Senhora da Vitória, informaram que não haviam instrumentais esterilizados e nem material para o procedimento.

A mesma resposta ela ouviu nos postos de saúde do Hernani Sá e Pontal. Para maior revolta, ouviu de uma funcionária, que para ser atendido o usuário necessita comprar o material hospitalar.

Já em outra narrativa, agora de uma mãe tentando vacinar seu filho, foi denunciado que o problema é a falta de vacinas. Apenas em um posto tem o medicamento, mas só funciona à tarde.

“Trabalho à tarde, vou ter que sair daqui da zona sul para vacinar meu filho no SESP/Centro”, afirmou Claudia Silva.

Opinião do Blog Agravo: O prefeito Jabes e sua turma vem tentando tapear os ilheense com asfalto e ordens de serviços que não saem do papel, e nem sequer foram licitadas. Mas a realidade não pode ser escondida, já que quem sente na pele é o próprio ilheense.

A saúde de Ilhéus continua um caos, com hospitais cheios, fruto da incompetência do governo municipal, já que tem em caixa na saúde, dinheiro suficiente para solucionar os problemas. Mas prefere o caos, assim explora a miséria do povo, tentando emplacar cooperativa apaziguada por R$ 58 milhões.

mega turbonet

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia