WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Saúde’

Acordo com indústria retira mais de 17 mil toneladas de sal dos alimentos

Balanço divulgado hoje (13) pelo Ministério da Saúde mostra que a indústria retirou mais de 17,2 mil toneladas de sal dos alimentos desde 2011, quando foi firmado acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (Abia) para diminuir o sódio nos produtos alimentícios. A meta é que a indústria promovam a retirada voluntária de 28.562 toneladas de sal das prateleiras até 2020, ou seja, em três anos reduzam mais 11,3 mil toneladas de sal.

O resultado da quarta etapa do acordo revela ainda a redução de mais 2.361 mil toneladas de sal desde 2013. Nessa fase, foram analisados rótulos de 718 produtos como linguiças, sopas instantâneas, mortadela, queijo muçarela e empanados.

O maior percentual de redução foi observado nas sopas, que reduziram, em média, 65,15% de sódio por cada 100g de produto. Nas sopas instantâneas, a redução média observada foi de 49,14% por 100g. No queijo muçarela o percentual foi de 23,15%; no requeijão, 20,47%. Na outra ponta, a menor redução média percentual foi nos empanados, 5,7%.

“Estamos acompanhando o esforço voluntário da indústria, temos que entender que isso é uma parceria entre governo e indústria e a motivação é dada pelo próprio consumidor. Considero que estamos cumprindo a nossa meta e vamos fazer um grande esforço para alcançá-la”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. :: LEIA MAIS »

Em um ano, 275 órgãos doados para transplante foram transportados pela FAB

A Força Aérea Brasileira (FAB) transportou 275 órgãos para transplantes em 365 dias. Esse resultado foi possível graças à assinatura do decreto nº 8.783, pelo presidente da República, Michel Temer, determinando que uma aeronave esteja sempre à disposição na capital federal para realizar o transporte de órgãos doados.

A medida vale desde o dia 7 de junho de 2016 e também permite o uso de outros aviões da Aeronáutica lotados por todo o País, a depender do trajeto a ser atendido. Foram 216 voos realizados no período.

Antes disso, a FAB não podia manter uma aeronave exclusiva para transportar órgãos. Entre janeiro e junho do ano passado, apenas cinco órgãos haviam sido transportados pelos aviões militares. No mesmo período de 2017, esse número subiu para 86, o que representa um aumento de 1.600%.

De acordo com levantamento divulgado pela FAB, os órgãos mais transportados foram fígado (130), coração (68) e rim (44).

Desafio contra o tempo :: LEIA MAIS »

Atendendo orientação do Estado, vacinação contra Influenza vai continuar apenas para o público-alvo

A vacinação contra Influenza foi estendida para toda a população brasileira, atendendo a uma determinação do Ministério da Saúde. Apesar de estar preparada para atender a nova demanda, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Ilhéus decidiu acompanhar a orientação anunciada ontem à tarde pelo Estado da Bahia e só irá iniciar a vacinação geral após atingir a meta dos 90 por cento entre grupos denominados prioritários. Ontem pela manhã, a secretária Elizângela Oliveira chegou a anunciar a adesão à determinação do Ministério da Saúde, mas a tarde o município resolveu cumprir às orientações da Secretaria Estadual da Saúde.

A Bahia está com a meta de vacinação abaixo do previsto. Assim como acontece em todo o território nacional. Em Ilhéus, apesar das estratégias montadas pela Sesau, com equipes móveis em pontos estratégicos e na zona rural, onde o acesso é mais difícil, o índice do Ministério também não foi atingido. Até o momento o município obteve a média de 58,2 por cento, tendo vacinado 24.055 pessoas do público-alvo inicial da campanha.

Deste total, foram 5.199 crianças (42,22%), 1.755 trabalhadores da saúde (58,33%), 740 Gestantes (38,85%), 217 Puérperas (69,33%) e 12.255 idosos (63,41%). Os dados não incluem os portadores de doenças crônicas, ainda não computados pelo Sistema DataSus. Para atingir a meta prevista inicialmente com apenas o público-alvo da campanha, Ilhéus ainda precisa vacinar 41.109 pessoas. São crianças de seis meses a quatro anos e 11 meses, mulheres de qualquer idade gestacional e puérperas no pós-parto até 45 dias. :: LEIA MAIS »

Postos ampliam vacinação contra Influenza para todos os ilheenses

O Postos de Saúde de Ilhéus estão preparados para atender, a partir de hoje (5), a nova fase da campanha de vacinação contra Influenza, que passa a ser ofertada a toda a população, de acordo com orientação do Ministério da Saúde.

A secretária Elizângela Oliveira informa que há vacina suficiente para atender a demanda e assegura que não há limitação de atendimento nos postos da rede básica. “Estamos distribuindo senhas apenas para o controle do número de doses”, informa.

Até a última sexta-feira, a campanha estava apenas direcionada às crianças de seis meses a quatro anos e 11 meses, mulheres de qualquer idade gestacional e puérperas no pós-parto até 45 dias. “Agora a vacina está à disposição de todo mundo”, segundo a secretária.

Os vírus influenza são transmitidos facilmente por aerossóis produzidos por pessoas infectadas ao tossir ou espirrar. Existem 3 tipos de vírus influenza: A, B e C. O vírus influenza C causa apenas infecções respiratórias brandas, não possui impacto na saúde pública e não está relacionado com epidemias. O vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais. :: LEIA MAIS »

Dia Mundial sem Tabaco alerta este ano para danos causados pela produção do fumo

A produção e o consumo de produtos derivados do tabaco geram importantes impactos socioambientais em todo o planeta Marcelo Camargo/Arquivo Agência Brasil

Além dos danos à saúde pública, a produção e o consumo de produtos derivados do tabaco geram importantes impactos socioambientais em todo o planeta – um deles é o uso de lenha para aquecer estufas que secam as folhas de tabaco e que leva ao desmatamento e ao desequilíbrio da biodiversidade em tempo de constantes mudanças climáticas. O alerta é da Organização Mundial da Saúde (OMS).

No Dia Mundial sem Tabaco 2017, lembrado hoje (31), a entidade adotou como tema da campanha Tabaco: uma ameaça ao desenvolvimento. A proposta consiste em um apelo aos países-membros para que implementem medidas consistentes de controle do tabaco, incluindo a proibição de todo tipo de marketing e publicidade relacionados ao assunto, a adoção de embalagens simples para os produtos e o aumento de impostos especiais voltados para o setor.

Custos à saúde e à economia

Dados da OMS mostram que o consumo do tabaco mata mais de 7 milhões de pessoas todos os anos e custa aos lares e aos governos mais de US $ 1,4 trilhão, em razão de despesas com saúde e da perda de produtividade. “O tabaco ameaça a todos nós”, alertou a diretora-geral da OMS, Margaret Chan. “Ele exacerba a pobreza, reduz a produtividade econômica, contribui para pobres escolhas alimentares domésticas e polui o ar interior”, completou.

“Entretanto, por meio da adoção de medidas robustas de controle, os governos podem salvaguardar o futuro de seus países protegendo usuários e não usuários desses produtos mortais, gerando receitas que financiam a saúde e outros serviços sociais, salvando seus ambientes das devastações provocadas pelo tabaco”, disse Margaret. :: LEIA MAIS »

Saúde estende até sábado vacinação contra Influenza em sete pontos de Ilhéus

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) anunciou que será estendida até o próximo sábado (27), a campanha de vacinação contra gripe. Sete pontos de vacinação vão funcionar excepcionalmente das 8 horas da manhã às 2 da tarde. De acordo com a secretária Elizângela Oliveira, por falta de procura da população, o município ainda não alcançou a média satisfatória de vacinação e continua mobilizado para atender a demanda.

Levantamento preliminar da Sesau aponta que nem mesmo os grupos considerados prioritários se sentiram estimulados a comparecer às unidades de saúde.

A campanha que prevê a cobertura vacinal de 41.109 ilheenses, ainda não atingiu sequer a metade do público-alvo. Os baixos índices se repetem em todo o território nacional.

Na Bahia, apenas 30 por cento da meta foi atingida até o momento. O público alvo da campanha são os idosos a partir de 60 anos, crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), professores, os trabalhadores da saúde, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Veja onde funcionarão os Postos de vacinação:
· Feira do Malhado;
· Feira da Urbis;
· Farmácia Velanes Centro (Calçadão – em frente ao INSS);
· Centro de Saúde Dr. Euler (Teotônio Vilela);
· Escola Pequeno Davi (Parque Infantil);
· CAE III (Avenida Canavieiras);
· SIT – Terminal

Secretário de Saúde de Itacaré debate sobre Saúde da População Negra

O secretário municipal de Saúde de Itacaré, Ricardo Lins, participou nesta segunda-feira, em Salvador, da primeira reunião de 2017 do Comitê Técnico Estadual da Saúde da Pulação Negra. O objetivo do encontro foi definir a agenda e as estratégias para formular, sistematizar, apoiar, monitorar e avaliar a implementação da Política Estadual de Atenção Integral à Saúde da População Negra, em consonância com os Planos Nacional e Estadual de Saúde e com o Plano Estadual de Promoção da Igualdade Racial.

De acordo com Ricardo Lins, o encontro também teve a finalidade de fomentar e apoiar a inclusão, nos Planos Municipais de Saúde, da atenção à saúde da população negra. O secretário explica que a participação de Itacaré nesse encontro, onde ele também representa o estado da Bahia, é importante para sensibilizar a gestão para proporcionar um serviço de saúde cada vez mais eficiente para a comunidade negra, principalmente por se levar em consideração que o município tem 90 por cento da população de negros e descendentes.

Ricardo Lins argumenta que Itacaré tem uma característica ainda mais peculiar, já que possui comunidades quilombolas remanescentes certificadas que precisam ser assistidas plenamente em todas essas políticas. E ao participar dessas reuniões Itacaré conseguirá atrair essas políticas para o município, assegurando uma melhor qualidade de vida, e uma saúde mais aprimorada. “É uma forma de estar trabalhando para atrair mais recursos para o município para aplicar na saúde”, complementou. Todas essas ações serão discutidas agora em Brasília, no encontro onde o secretário de Saúde de Itacaré, representando o estado da Bahia, também estará participando. :: LEIA MAIS »

Mutirão de Cirurgias chega a Teixeira de Freitas nesta terça-feira

Mutirão de cirurgia Foto: Elói Crrêa/GOVBA

Teixeira de Freitas, no sul do estado, recebe o Mutirão de Cirurgias nesta terça-feira (16). A iniciativa do Governo da Bahia, executada por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), visa diminuir a fila de cirurgias eletivas, oferecendo o procedimento para hérnia, vesícula e histerectomia. As cirurgias serão realizadas no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, a partir do dia 10 de junho.

Para agendar os procedimentos cirúrgicos, o paciente será atendido nas unidades móveis do mutirão, que ficarão estacionadas no pátio do Shopping Mix, na Avenida São Paulo, até quinta-feira (18). O atendimento fica disponível das 7h às 17h. A equipe tem capacidade para atender cerca de 200 pessoas por dia.

O paciente já deve ter a indicação médica para a cirurgia e ter feito o cadastro na Secretaria de Saúde do município de residência. Caso não tenha feito o cadastro prévio, mas tenha exames laboratoriais indicando a necessidade de realizar uma das cirurgias oferecidas, ele poderá se dirigir ao local das consultas pré-operatórias munido dos documentos exigidos (cartão do SUS, carteira de identidade e comprovante de residência).
Pacientes que farão procedimento de vesícula, para a realização do exame de ultrassonografia (USG), precisam estar em jejum. Já as pessoas que farão histerectomia devem levar exame preventivo e demais exames já realizados.

GACC Sul Bahia capacita profissionais para detecção precoce de câncer infantil, em Jequié

A detecção precoce do câncer infantojuvenil é a forma mais efetiva de vencer a doença.

O Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC) – Sul Bahia com apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Jequié e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB (Campus Jequié), realiza durante os meses de março a junho deste ano, o projeto de Diagnóstico Precoce, intitulado “Detecção Precoce: o caminho mais curto para a cura”. A intenção é sensibilizar e capacitar os profissionais das Equipes de Saúde da Família no município, quanto aos principais sinais e sintomas do câncer infantojuvenil, e os cuidados necessários às crianças e adolescentes que estão em tratamento.

O projeto é desenvolvido em parceria com o Instituto Ronald McDonald (IRM) – e capacitará um total de 320 profissionais da atenção básica em saúde (estratégias de saúde da família): médicos, odontólogos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde, agentes de saúde bucal, além de profissionais da secretaria de saúde. Este projeto já foi realizado nas cidades de Ilhéus, Vitória da Conquista, Porto Seguro, Eunápolis, Itabuna e Ipiaú.

De acordo com Maria Cecília Limoeiro, Coordenadora Técnica do Projeto, a prioridade é ampliar a informação: “Nosso objetivo é levar conhecimento às equipes de saúde da família e à população para que os casos de câncer sejam diagnosticados em estágio inicial, além de construir junto ao gestor SUS local, um fluxo de referenciamento ágil e eficaz para o encaminhamento dos casos suspeitos”. Ela ressalta ainda, a importância da parceria com o IRM para a “construção de uma rede de atenção oncológica, com amplitude suficiente para sustentar a diversidade e a complexidade das ações”.

Dados do Ministério da Saúde apontam que na Bahia surgem 500 novos casos de câncer por ano, sendo que no Brasil, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima a ocorrência de 12.600 novos casos de câncer na faixa etária de zero a 19 anos em 2017. A chance de cura do câncer em crianças e adolescentes pode chegar a 85% se for diagnosticado em estágio inicial.

Vacinação contra Influenza, com índices baixos em todo o País, ganha reforço de comunicação em Ilhéus

A campanha nacional de vacinação contra a Influenza vai ganhar reforço de comunicação em Ilhéus até o dia 26 deste mês, quando será encerrada pelo Ministério da Saúde. A meta no município é atingir o índice de 90 por cento do público-alvo. Mas, até o momento, segundo a secretária municipal da Saúde, Elizângela Oliveira, das 47.900 pessoas aptas a tomar a vacina, apenas 11 mil foram imunizadas. O Dia D, no sábado, foi considerado abaixo das expectativas. Os baixos índices se repetem em todo o território nacional. Na Bahia, apenas 30 por cento da meta foi atingida até o momento.

O público alvo da campanha são os idosos a partir de 60 anos, crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), professores, os trabalhadores da saúde, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas sócioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Estoque para atender a cidade

Walkiria Cardeal, coordenadora de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), assegurou que tem vacinas para atender a todo o público-alvo da campanha. A partir desta segunda (15) até sexta (19) será a vez dos professores das redes pública e privada de ensino. “Eles deverão apresentar contracheque ou crachá para comprovar que é professor”, informa. De 22 a 26, última semana de vacinação, será dada a oportunidade para os trabalhadores da saúde, idosos, gestantes, puérperas, crianças, pessoas enfermas e professores que ainda não tenham sido imunizados.

Cuida de mim Doutor! Samu de Ilhéus está com todas as ambulâncias quebradas

Foto arquivo Blog Agravo.

Parece que o slogan de campanha do prefeito Mário Alexandre não pode ser usado pelo seu governo.

O Samu foi acionado neste domingo (14) para atender um custodiado, que estava passando mal na delegacia de Polícia, e informou que não poderia atender à solicitação porque todas as ambulâncias estão quebradas.

Segundo informações policiais chegada ao Blog Agravo, os médicos de plantão no Samu foram orientados a prestarem queixa na 7ª Coorpin para não serem responsabilizados e acusados por negligência de atendimento, solicitados neste domingo.

Apesar do esforço dos profissionais do Samu para um atendimento de qualidade, o governo vem precarizando o serviço.

Até sexta-feira (12) já circulava a informação de que apenas duas ambulâncias estavam operando. O Blog Agravo confirmou a informação, tentou contato com prepostos do governo municipal, sem êxito.

Neste domingo, um óbito foi registrado. Um homem, identificado como José Cláudio da Silva, estava realizando poda de árvore em Olivença, quando caiu. O mesmo foi socorrido por populares e veio a óbito no hospital Regional Luiz Viana Filho

Nova secretária de Saúde assume

Também nesta sexta-feira , o governo municipal anunciou a enfermeira Elizângela Santos de Oliveira como secretária de Saúde (Sesau). A nomeação, feita pelo prefeito Mário Alexandre, foi publicada no Diário Oficial eletrônico nesta quinta-feira, 11 de maio.

A Sesau estava sob a gestão provisória do secretário Oswaldo Arthur Dunkel, desde que o prefeito municipal decretou Estado de Emergência na Saúde local.



Produção em hortas domésticas é alternativa contra a má alimentação

O Ministério da Saúde alerta que os brasileiros têm sofrido com doenças crônicas – que são aquelas adquiridas muitas vezes por maus hábitos. Muitas dessas complicações, como hipertensão, doenças do coração e alguns tipos de câncer são decorrentes dá má alimentação. Essas patologias, que antes eram mais comuns em pessoas idosas, agora acometem também os jovens e até as crianças.

O Brasil está obeso – 23% da população – porque os brasileiros têm trocado a alimentação com base em alimentos in natura por comida processada, industrial. A Pesquisa Nacional de Saúde, realizada em 2013, mostra que esse hábito tem começado cedo. Ao todo, 60,8% das crianças menores de dois anos comem bolachas recheadas com frequência. No Guia Alimentar para a População Brasileira, publicado pelo Ministério da Saúde, a população encontra  diretrizes e orientações sobre a importância da nutrição: como e o que devemos consumir.

A Coordenação de Alimentação de Nutrição do Ministério da Saúde entende que, no cotidiano cada vez mais corrido, é mais fácil se alimentar de produtos prontos, industrializados, ultraprocessados. Entretanto, esse caminho mais fácil pode ter resultados irreversíveis para a saúde. “Isso é o nosso grande desafio: convencer a população a preferir os alimentos naturais e a buscá-los no seu dia-a-dia.”, destacou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. :: LEIA MAIS »

Educação a distância: cursos na Ensp oferecem mais de 3 mil vagas

Estão abertas as inscrições para diversos cursos da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) na modalidade a distância. Entre as oportunidades estão a Especialização em Gestão de Redes de Atenção à Saúde e o Curso de Especialização Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana, o Curso de Aperfeiçoamento: Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa, e o Curso de Atualização em Fortalecimento de Redes de Atenção e Prevenção à Violência no Território. Ao todo, são 3.600 vagas. As inscrições devem ser feitas pela internet.

Conheça os cursos:

Curso de Aperfeiçoamento em Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa: inscrições até 9 de maio

O curso de aperfeiçoamento em Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa  tem por objetivo formar profissionais de nível superior do setor saúde para atuarem na rede básica de assistência à saúde, com ênfase na Estratégia de Saúde da Família, para a operacionalização de atividades que visem a prevenção de perdas, a manutenção e a recuperação da capacidade funcional da população idosa e para o controle dos fatores que interferem no estado de saúde dessa população.

Ao todo estão disponíveis 1.500 vagas. Sua carga horária total de 180 horas, com duração de 9 meses e as inscrições vão até o dia 9 de maio de 2017.

:: LEIA MAIS »

Posto de saúde no Morada do Porto reabre depois de 4 anos, em Ilhéus

“Depois de quatro anos fechado, o posto de saúde do Condomínio Morada do Porto voltou a funcionar e a servir à comunidade”. Assim definiu o presidente da Associação de Moradores do Porto (Amop), Alex Tavares, ao comentar sobre o início das atividades da unidade de saúde localizada no bairro do Banco da Vitória. “Agradeço à equipe do prefeito Mário Alexandre, à superintendente técnica e de planejamento da Secretaria de Saúde (Sesau), Sonilda Mello, à coordenadora do Departamento de Atenção Básica, Andréa Flores, e à coordenadora de área, Eliana Vieira, pelo esforço em atender a uma antiga reivindicação nossa”, completou Tavares.

Graças ao empenho da Amop e dos órgãos públicos municipais, o posto retomou suas atividades no dia 17 de abril. Hoje, a realidade apresenta a regularidade dos serviços com médicos, enfermeiros e entrega de medicamentos na unidade. Com a medida, cerca de 5.500 pessoas estão sendo diretamente beneficiadas pela unidade. Com a providencial reabertura do Posto de Saúde, a comunidade do Condomínio Morada do Porto conta agora com as especialidades médicas de clínico geral, ginecologista e pediatria, além de nutricionista, medicamentos e insumos farmacêuticos. :: LEIA MAIS »

mega turbonet

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia