WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
transporte ilegal
Aguarde as próximas enquetes...

:: ‘Saúde’

Ilhéus terá, dia 8, capacitação para rastreamento do câncer de mama

A secretaria estadual de Saúde (Sesab), em parceria com a secretaria municipal de Saúde (Sesau), promove a capacitação para profissionais, agentes e membros do Conselho de Saúde do Município de Ilhéus visando o atendimento ao Programa de Rastreamento de Câncer de Mama. O evento acontece no próximo dia 8, no Teatro Municipal de Ilhéus, das 9 às 12 horas, e objetiva preparar a equipe de saúde para o suporte e realização dos exames de mamografia bilateral.

No último mês, Ilhéus foi escolhida como a cidade que receberá a unidade móvel do Programa, cuja expectativa é realizar cerca de três mil exames, no período de 17 de agosto a 2 de setembro, no estacionamento do Centro de Convenções de Ilhéus. O atendimento será de segunda a sexta-feira, das 8 às 12, e das 14 às 17 horas. Para maiores informações sobre a capacitação, basta entrar em contato com a Sesau, através do telefone 73 3234-3700.

Mais sobre o Programa – O Programa Estadual de Rastreamento de Câncer de Mama – Estratégia Itinerante faz parte do projeto “Saúde sem fronteiras” e conta com o acompanhamento técnico da Diretoria de Projetos Estratégicos das Ações e Serviços de Saúde, departamento vinculado à Sesab.

Aprovado o Plano Municipal de Saúde em Ilhéus

Uma forte adesão dos principais agentes da área de Saúde, da sociedade civil organizada e das organizações sociais, marcou a reunião ampliada que levantou e aprovou propostas para o Plano Municipal de Saúde (PMS), em Ilhéus. O evento aconteceu na última quinta-feira 27, das 8 às 14 horas, no auditório do escritório local da Ceplac, na praça Cairu. O evento foi marcado pela organização e contou com a palestra inicial do diretor da Atenção Básica da secretaria estadual de Saúde, José Cristiano Soster, que falou sobre a importância da construção do PMS.

Durante a sessão, foram debatidas e aprovadas 21 propostas para composição do Plano Municipal de Saúde. Entre elas, destacam-se a prioridade à atenção básica, com o aumento da cobertura, melhoria na infraestrutura das unidades básicas de saúde, bem como apoio e acesso das equipes de saúde da família aos domicílios mais distantes do município; a implementação da rede assistencial de saúde englobando também a aquisição do Serviço de Atendimento Terapêutico (SATD); a hierarquização e regionalização da rede de serviços, favorecendo assim as ações de vigilância epidemiológica, sanitária, controle de vetores, educação em saúde e atenção ambulatorial e hospitalar em todos os níveis de complexidade. Além disso, o aprimoramento da rede de urgência e emergência, com a criação de novas unidades de pronto atendimento (UPA), ampliação e descentralização do Serviço de Atendimento Móvel (SAMU), de pronto socorros e centrais de regulação, articulada às outras redes de atenção. :: LEIA MAIS »

Itacaré solicita carreta para realizar rastreamento do câncer da mama

O secretário de Saúde da Prefeitura de Itacaré, Ricardo Lins, se reuniu nesta segunda-feira com diretora de Programas Estratégicos (Dipro), da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, Jucélia Nascimento, e com a diretora de Execução e Operacionalização da Sesab, Gláucia Araújo, para solicitar o atendimento no município da carreta do programa itinerante Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama. A iniciativa faz parte do compromisso do prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, de ampliar cada vez mais o atendimento na área de saúde para mulheres e homens do município, da sede e da zona rural, principalmente no combate ao câncer de mama e também de próstata, além de evitar, diagnosticar e promover o tratamento de várias outras enfermidades.

Como parte desse encontro a Secretaria de Saúde de Itacaré conseguiu agendar para o município a carreta de mamografia para os dias 14 a 21 de agosto para realizar cerca   de 900 exames de mamografia para mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos, da sede e da zona rural. O grande diferencial desse serviço realizado no Saúde sem Fronteiras é o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando à integralidade do atendimento.

O secretário de Saúde Ricardo Lins adiantou que a proposta do prefeito Antônio de Anízio é de realizar, paralelo ao trabalho da carreta de mamografia, uma Feira de Saúde, para ampliar o acesso à saúde, contando com atendimento de ginecologistas e exame de laboratório no rastreamento de câncer em pessoas do sexo masculino e feminino. De acordo com ele, os homens poderão realizar os exames de próstata e as mulheres o atendimento para exames de hormônio, TSH, HIV e uma série de serviços. :: LEIA MAIS »

Ações do Programa Saúde na Escola 2017 são ampliadas e chegarão a todos os municípios baianos

As ações do Programa Saúde na Escola 2017, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, estão sendo ampliadas e devem chegar a todos os 417 municípios baianos que fizeram adesão ao programa, podendo, desta forma, atender a mais de dois milhões de estudantes da Educação Básica. No total, vão participar 11.217 unidades escolares das redes municipais e estadual pactuadas, além de 2.644 creches, beneficiando a 100.257 alunos dessas unidades.

Realizadas em parceria com instituições ligadas à Educação, como a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), e à Saúde, a exemplo da Secretaria da Saúde do Estado, as ações são trabalhadas no ambiente escolar. Entre as ações já alinhadas está a realização de quatro web-conferências, até o final do ano. A primeira acontece nesta quinta-feira (13), às 14h30, sobre o tema “A importância dos GTI-M no planejamento e implementação do PSE”. Destinada especialmente aos profissionais da Atenção Básica e da Educação, os interessados podem participar acessando o endereço www.telessaude.ba.gov.br/participe. O objetivo do encontro é planejar as ações que serão realizadas nos municípios, identificando as necessidades de cada um e traçar as estratégias de trabalho.

O coordenador de Educação Ambiental e Saúde da Secretaria da Educação, Fábio Barbosa, fala sobre a relevância das ações de promoção à saúde. “A adesão, este ano, de 100% dos municípios ao programa é um marco e demonstra um avanço do trabalho desenvolvido no ambiente escolar, através de parcerias”. Para a realização das ações do programa, dando sustentabilidade ao programa, o Grupo de Trabalho Intersetorial (GTI) do Programa Saúde na Escola do Estado da Bahia elaborou um guia de orientações, disponibilizado no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

Guia de orientações – O guia, explica Fábio, tem o objetivo de sinalizar as estratégias que visam contribuir para a formação e institucionalização da formação dos Grupo de Trabalho Intersetorial Municipal (GTI-M), bem como o planejamento, a implantação e/ou implementação das ações vinculadas à saúde na escola, na perspectiva da promoção da saúde nos municípios baianos. :: LEIA MAIS »

Feira de Saúde realiza mais de 350 atendimentos a internos do Conjunto Penal de Itabuna

A segunda edição da Feira de Saúde do Conjunto Penal de Itabuna realizou 316 atendimentos nesta segunda-feira (10), em diversas especialidades, como clínica-geral, ginecologia, ortopedia, psiquiatria etc. Além desses, também dentro da programação da feira, serão realizados, nas próximas quarta (12) e quinta-feira (13), mais 40 atendimentos, já agendados, perfazendo um total de 356 consultas e procedimentos.

A Feira de Saúde é promovida pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), que faz a administração do Conjunto Penal em regime de cogestão com a empresa Socializa Brasil. De acordo com o diretor do Conjunto Penal, capitão PM Adriano Jácome, a feira foi um grande sucesso, não apenas pelos números alcançados, cerca de 30% de toda população carcerária da unidade, mas pela mensagem que ações como esta passam, para os internos e para a sociedade.

“Com a colaboração da nossa equipe e a parceria de diversos profissionais da saúde e ONGs, foi possível mostrar a todos que o Estado não se preocupa apenas em punir quem tenha cometido algum delito. A privação de liberdade é apenas um dos processos na tentativa de recuperação do indivíduo apenado. O que se busca é ainda mais que a ressocialização, ou seja, a reintegração de cada um desses reeducandos à sociedade, de maneira digna”, afirmou o diretor. :: LEIA MAIS »

Santa Casa de Ilhéus vai reestruturar hotelaria do Hospital São José e da Maternidade Santa Helena

Prefeito com Eusinio Gesteira, secretária municipal da Saúde, Elizângela Oliveira, e o vereador Gil Gomes.

A Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus obteve empréstimo junto à Caixa para investir na reestruturação da hotelaria do Hospital São José e Maternidade Santa Helena e quitar dívidas antigas com fornecedores. Hoje (4), o provedor Eusínio Lavigne garantiu que a operação só foi possível, graças a decisiva participação do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e da secretária municipal da Saúde, Elizângela Oliveira.

Os recursos liberados foram obtidos através da linha de crédito “Caixa Hospitais”, destinada às entidades filantrópicas. Como o desconto da prestação será feito na fonte, ou seja, o dinheiro nem passará pelas mãos dos gestores da Santa Casa, por isso era preciso ter uma autorização do prefeito – já que no município a saúde é municipalizada – para a consolidação da operação bancária. “Eles deu a declaração, mostrando o seu perfil de gestor que quer o bem da cidade e de suas instituições”, disse Eusínio.

Ajuda decisiva – Em nota, a direção da Santa Casa elogiou a postura do prefeito Mário Alexandre em permitir o empréstimo para obter recursos para melhorar os serviços médico-hospitalares das duas unidades. De acordo com a direção da Santa Casa, 80 por cento dos leitos do hospital e da maternidade, são disponibilizados para a saúde pública, através do Sistema Único de Saúde (SUS).

Por mês, a Santa Casa realiza, em média, 300 partos, 2.435 atendimentos de Pronto Socorro e 2.796 atendimentos ambulatoriais. São, também, realizadas 418 cirurgias e 718 Pacientes são internados nos seus leitos. “Com a liberação de recursos através do “Caixa Hospitais”, a Santa Casa obteve crédito para continuar prestando serviços de qualidade à população, aproveitando vantagens oferecidas com prazos e taxas especiais”, afirmou Mário Alexandre.

Inaugurado moderno posto de saúde no Iguape

A nova Unidade de Saúde da Família, no bairro do Iguape, em Ilhéus, vai beneficiar cerca de quatro mil moradores da região norte do município. A informação é do prefeito Mário Alexandre, que participou da inauguração do novo espaço na última sexta-feira, ao lado de autoridades municipais e da população. A inauguração fez parte das comemorações alusivas aos 483 anos de fundação de Ilhéus. Nesta segunda (3), o posto já funcionou normalmente com serviços de atendimento domiciliar, curativos, médicos, enfermeiros e odontólogo.

De acordo com a secretária de Saúde, Elizângela Oliveira, o antigo posto do bairro também vai continuar funcionando no modelo de Unidade Básica de Saúde. “O atendimento humanizado é o nosso objetivo e, como médico, não poderia deixar de cobrar de cada servidor municipal o dever pela execução desta proposta e, à população, o direito a ter um atendimento de excelência”, afirmou Mário Alexandre

Para Ana Maria Araújo da Silva, usuária do SUS e moradora do Iguape, a obra tem um significado grande para a comunidade local. “Tenho convicção de que projetos como este chegarão a outros pontos da cidade”, disse. Para Paulo José, também morador do Iguape, a qualidade da obra dá o tom da preocupação que o governo tem com a saúde das pessoas.

A inauguração contou com a presença a secretária de saúde, Elisângela Oliveira; de Desenvolvimento Social, Soane Galvão; do secretário de Administração, Bento Lima; Infraestrutura, Hermano Fahning; Serviços Urbanos, Jorge Cunha; Superintendente de Obras, Rafael Castro, Superintende do SDS, Rubenilton Santos Silva e dos vereadores Jerberson Moraes e Pastor Matos.

Caravana do MP inspeciona postos e escolas no município de Una

Oito escolas públicas municipais, cinco unidades de saúde e um centro odontológico do município de Una foram fiscalizadas ontem, dia 19, por equipes do programa ‘Saúde + Educação: Transformando o Novo Milênio’, do Ministério Público estadual. Foram identificadas, entre outras, irregularidades como carteiras escolares danificadas; salas de aulas superlotadas, com mais de 40 alunos; aparelhos de ar-condicionado sem funcionar por falta de adaptação do ambiente ao equipamento; quadra esportiva com piso esburacado e alambrado quebrado; banheiros sem vaso sanitário, material higiênico e com porta sem fechadura; e salas de aula com pouca iluminação.

Segundo a gerente do programa, promotora de Justiça Anna Karina Senna, serão convocadas novas reuniões com representantes da gestão municipal para comunicar os problemas encontrados e cobrar a tomada de providências. Participaram da caravana, além da gerente, as promotoras de Justiça Alícia Passeggi, Mayana Ribeiro e Laíse Carneiro; e, como voluntários, membros dos conselhos municipais de educação e saúde; conselheiros tutelares; servidores do Fórum de Justiça Estadual, do Ministério Público Federal e do MP baiano e cidadãos de Una.

Vitalmed lança serviço home care no Sul da Bahia

A partir de agora, moradores de Ilhéus e Itabuna podem contar com um serviço médico humanizado, disponível 24 horas, com toda infraestrutura necessária e, o melhor, no conforto de casa. Isso é possível porque o Grupo Vitalmed lançou na terça feira(13) em Ilhéus, o serviço Vitalcare. Dentre as autoridades presentes no evento, realizado no bairro Iguape, destacam-se a presença do vice-prefeito do município, José Nazal que representou o Prefeito Mário Alexandre, e da Secretária de Saúde, Elizângela Oliveira.

Conheça um pouco a Vital Care

No atendimento home care são disponibilizadas visitas de uma equipe multiprofissional, equipamentos para monitoramento, medicamentos e materiais médicos, conforme a necessidade do paciente. Para as intercorrências clínicas, ambulâncias estarão a postos para dar o suporte necessário. Dentre os benefícios do serviço, a gerente médica do Vitalcare, Cláudia Dórea, relata os principais: “favorecimento do processo de recuperação do paciente, personalização do atendimento, diminuição dos riscos de complicações clínicas por infecções e redução das reinternações”.

A diretora do Grupo Vitalmed, Priscila Wiederkehr, informa que “a expectativa é que a empresa se consolide no mercado de atendimento domiciliar na região Sul Baiano, oferecendo o mesmo padrão de excelência e compromisso que já proporciona aos clientes de Salvador, Região Metropolitana e Feira de Santana, onde a empresa já atua”.

Vitalmed

Com a missão de salvar vidas, preservar e promover a saúde, a Vitalmed, empresa privada, agora chega a Ilhéus e Itabuna com o mesmo objetivo. Na trajetória de sucesso no estado baiano, mais de 1,8 milhão de atendimentos foram realizados, através dos serviços de atendimento pré-hospitalar, assistência médica em postos de atendimento em hotéis, resorts e eventos, além de resgate em rodovias e atenção domiciliar, através do Vitalcare.

Bahia sedia 1ª Feira de Soluções para a Saúde e Seminário Internacional da Unicef

Teste Zika Foto: Ascom/SESAB

Salvador baiana sedia, entre os dias 8 e 10 de agosto, a 1ª edição da Feira de Soluções para a Saúde, onde serão apresentados produtos e serviços voltados para o combate, prevenção, diagnóstico e tratamento da Zika, Dengue e Chikungunya. A Bahia foi escolhida por concentrar experiências exitosas, a exemplo dos testes rápidos para diagnóstico das três doenças, que são produzidos e distribuídos pela Bahiafarma para todo o Brasil, permitindo o diagnóstico em até 20 minutos. Nos dois primeiros dias do evento, a programação contempla também o Seminário Internacional da resposta brasileira ao Zika vírus, organizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e parceiros.

A Feira de Soluções para a Saúde é o primeiro evento do País desse gênero e será realizado no Senai-Cimatec, no bairro de Piatã, com a expectativa de reunir um público de 800 participantes por dia, com destaque para pesquisadores nacionais e internacionais, laboratórios, representantes de organizações sociais, além de gestores governamentais e sociedade civil. A iniciativa é resultado da parceria entre a Fiocruz Brasília, o Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde da Fiocruz Bahia (Cidacs), a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), por meio do Senai-Cimatec. Para os interessados em compartilhar seus projetos ou simplesmente participar dos debates e conhecer as experiências exitosas, basta se cadastrar gratuitamente no site do evento.

Também estarão presentes no evento representantes de diferentes instituições, como a Universidade de Brasília (UnB), o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Primeira Região (Crefito1), o Conselho Nacional das Secretarias Municipais da Saúde (Conasems), o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Fundo das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres (Onu Mulheres), o Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa), , a Rede Nacional de Especialistas em Zika e Doenças Correlatas (Renezika), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/Cimatec) e Sistema Fieb o e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), este último, realizando um seminário internacional sobre a Zika.

:: LEIA MAIS »

Acordo com indústria retira mais de 17 mil toneladas de sal dos alimentos

Balanço divulgado hoje (13) pelo Ministério da Saúde mostra que a indústria retirou mais de 17,2 mil toneladas de sal dos alimentos desde 2011, quando foi firmado acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (Abia) para diminuir o sódio nos produtos alimentícios. A meta é que a indústria promovam a retirada voluntária de 28.562 toneladas de sal das prateleiras até 2020, ou seja, em três anos reduzam mais 11,3 mil toneladas de sal.

O resultado da quarta etapa do acordo revela ainda a redução de mais 2.361 mil toneladas de sal desde 2013. Nessa fase, foram analisados rótulos de 718 produtos como linguiças, sopas instantâneas, mortadela, queijo muçarela e empanados.

O maior percentual de redução foi observado nas sopas, que reduziram, em média, 65,15% de sódio por cada 100g de produto. Nas sopas instantâneas, a redução média observada foi de 49,14% por 100g. No queijo muçarela o percentual foi de 23,15%; no requeijão, 20,47%. Na outra ponta, a menor redução média percentual foi nos empanados, 5,7%.

“Estamos acompanhando o esforço voluntário da indústria, temos que entender que isso é uma parceria entre governo e indústria e a motivação é dada pelo próprio consumidor. Considero que estamos cumprindo a nossa meta e vamos fazer um grande esforço para alcançá-la”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. :: LEIA MAIS »

Em um ano, 275 órgãos doados para transplante foram transportados pela FAB

A Força Aérea Brasileira (FAB) transportou 275 órgãos para transplantes em 365 dias. Esse resultado foi possível graças à assinatura do decreto nº 8.783, pelo presidente da República, Michel Temer, determinando que uma aeronave esteja sempre à disposição na capital federal para realizar o transporte de órgãos doados.

A medida vale desde o dia 7 de junho de 2016 e também permite o uso de outros aviões da Aeronáutica lotados por todo o País, a depender do trajeto a ser atendido. Foram 216 voos realizados no período.

Antes disso, a FAB não podia manter uma aeronave exclusiva para transportar órgãos. Entre janeiro e junho do ano passado, apenas cinco órgãos haviam sido transportados pelos aviões militares. No mesmo período de 2017, esse número subiu para 86, o que representa um aumento de 1.600%.

De acordo com levantamento divulgado pela FAB, os órgãos mais transportados foram fígado (130), coração (68) e rim (44).

Desafio contra o tempo :: LEIA MAIS »

Atendendo orientação do Estado, vacinação contra Influenza vai continuar apenas para o público-alvo

A vacinação contra Influenza foi estendida para toda a população brasileira, atendendo a uma determinação do Ministério da Saúde. Apesar de estar preparada para atender a nova demanda, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Ilhéus decidiu acompanhar a orientação anunciada ontem à tarde pelo Estado da Bahia e só irá iniciar a vacinação geral após atingir a meta dos 90 por cento entre grupos denominados prioritários. Ontem pela manhã, a secretária Elizângela Oliveira chegou a anunciar a adesão à determinação do Ministério da Saúde, mas a tarde o município resolveu cumprir às orientações da Secretaria Estadual da Saúde.

A Bahia está com a meta de vacinação abaixo do previsto. Assim como acontece em todo o território nacional. Em Ilhéus, apesar das estratégias montadas pela Sesau, com equipes móveis em pontos estratégicos e na zona rural, onde o acesso é mais difícil, o índice do Ministério também não foi atingido. Até o momento o município obteve a média de 58,2 por cento, tendo vacinado 24.055 pessoas do público-alvo inicial da campanha.

Deste total, foram 5.199 crianças (42,22%), 1.755 trabalhadores da saúde (58,33%), 740 Gestantes (38,85%), 217 Puérperas (69,33%) e 12.255 idosos (63,41%). Os dados não incluem os portadores de doenças crônicas, ainda não computados pelo Sistema DataSus. Para atingir a meta prevista inicialmente com apenas o público-alvo da campanha, Ilhéus ainda precisa vacinar 41.109 pessoas. São crianças de seis meses a quatro anos e 11 meses, mulheres de qualquer idade gestacional e puérperas no pós-parto até 45 dias. :: LEIA MAIS »

Postos ampliam vacinação contra Influenza para todos os ilheenses

O Postos de Saúde de Ilhéus estão preparados para atender, a partir de hoje (5), a nova fase da campanha de vacinação contra Influenza, que passa a ser ofertada a toda a população, de acordo com orientação do Ministério da Saúde.

A secretária Elizângela Oliveira informa que há vacina suficiente para atender a demanda e assegura que não há limitação de atendimento nos postos da rede básica. “Estamos distribuindo senhas apenas para o controle do número de doses”, informa.

Até a última sexta-feira, a campanha estava apenas direcionada às crianças de seis meses a quatro anos e 11 meses, mulheres de qualquer idade gestacional e puérperas no pós-parto até 45 dias. “Agora a vacina está à disposição de todo mundo”, segundo a secretária.

Os vírus influenza são transmitidos facilmente por aerossóis produzidos por pessoas infectadas ao tossir ou espirrar. Existem 3 tipos de vírus influenza: A, B e C. O vírus influenza C causa apenas infecções respiratórias brandas, não possui impacto na saúde pública e não está relacionado com epidemias. O vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais. :: LEIA MAIS »

agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia