WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
transporte ilegal iptu ilheues

:: ‘Saúde’

Novo medicamento para artrite reumatoide é incorporado ao SUS

 

Incidência da doença artrite reumatoide aumenta com a idade e o maior pico é entre os 30 e 50 anos.

Pessoas com artrite reumatoide poderão contar com mais um medicamento para tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS), o citrato de tofacitinibe. O SUS tem até 180 dias, a partir desta quinta-feira (2), para disponibilizar o medicamento a todo o País.

A indicação do medicamento é direcionada a pacientes adultos com artrite reumatoide ativa, moderada a grave, com resposta inadequada a um ou mais medicamentos modificadores do curso da doença.

A proposta de incorporação apresentada pela Conitec, responsável pela indicação de novas tecnologias ao SUS, avaliou a eficácia e segurança em comparação com as alternativas já contempladas, bem como com o impacto orçamentário gerado pela incorporação e com a experiência internacional na utilização desse medicamento.

A artrite reumatoide é uma doença autoimune, inflamatória, sistêmica e crônica. No Brasil, um estudo de 2004 mostrou prevalência de 0,46%, representando quase um milhão de pessoas com essa doença. A incidência da doença artrite reumatoide aumenta com a idade e o maior pico é entre os 30 e 50 anos. O sexo feminino é o mais acometido pela doença, cerca de duas a três vezes em relação ao sexo masculino. Se não forem tratadas, 20 a 30% das pessoas com artrite reumatoide ficam permanentemente incapazes de realizar suas atividades, após três anos do diagnóstico.

Prefeito de Ilhéus assina ordem de serviço para reforma e ampliação da Unidade de Saúde do Malhado

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, assinou a ordem de serviço para a reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) Sarah Kubistchek, localizada no Parque Infantil, bairro Malhado. Acompanhado pelo vice e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal, o evento contou ainda com a presença dos secretários, vereadores, funcionários, assessores municipais, líderes comunitários e imprensa.

A obra prevê a substituição do telhado e a ampliação da sala de espera, da copa, do consultório odontológico, da farmácia e da sala de reuniões. Além disso, haverá colocação de piso cerâmico e forro em gesso e PVC e a revisão das instalações hidrossanitárias e elétricas. Serão criados novos espaços, como a sala de esterilização e os depósitos de material de limpeza (DML) e de lixo (infectante e não infectante).

Segundo cronograma, a obra da UBS Sarah Kubistchek começa neste sábado e será concluída até junho de 2017. Com o ato, o prefeito Mário Alexandre continua uma série de realizações na saúde, que é considerada prioridade em sua gestão. “É um compromisso que assumimos com o povo de Ilhéus, visando melhorar a qualidade do serviço e dar atendimento humanizado a toda comunidade da zona norte e das demais regiões da cidade”, salientou o prefeito.

Mudança – Com a obra, a prestação de serviços promovida na Unidade Básica de Saúde Sarah Kubistchek passa a ser feita na sede do Centro Social Urbano (CSU), localizada no bairro da Barra, também na zona norte da cidade, a partir de segunda-feira, dia 30.

Ex-secretário de saúde de Ilhéus diz que deixou 10 milhões em caixa

Por meio de nota pública encaminhada pelo Partido Progressista, o ex-secretário de saúde de Ilhéus, Antônio Ocké e o ex- governo Jabista rebateram as informações distribuídas pelo novo governo ao decretar estado de emergência na saúde do município pelos próximos 60 dias.

No rebate sobrou até para a atual secretária de saúde do município, que segundo o ex-governo, nunca participou das reuniões da comissão de transição, período em que poderia ter analisado a situação dos contratos e solicitado às prorrogações necessárias.

A ex-administração Jabista considera ter entregue uma Secretaria de Saúde totalmente estruturada, com salários, referentes ao mês de dezembro, pagos, além de saldos financeiros correspondentes a aproximadamente R$ 10 milhões em contas bancárias da mesma.

Confira a nota na íntegra:

Nota de Esclarecimento :: LEIA MAIS »

Itabuna realiza maior mutirão de prevenção do diabetes do Brasil

img_2016-11-25_12-05-15-540x533

Será realizado neste sábado, 26, o Mutirão do Diabético de Itabuna, que faz parte do calendário da Federação Nacional do Diabetes e é considerado um dos maiores eventos de prevenção e tratamento da doença em todo o mundo. Promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna (ASDITA), o mutirão acontece no HOBR e na Praça Rio Cachoeira.

Na área interna do Hospital de Olhos, haverá mapeamento de retina para detecção de retinopatia diabética, exame do pé diabético com triagem dos casos mais graves, exame do rim diabético com a equipe de nefrologia da Santa Casa, e tratamento a laser de retina e orientação médica para todos os diabéticos. Os casos mais avançados da doença serão encaminhados para tratamento.

Na Praça Rio Cachoeira, a Cidade do Diabetes, serão prestados serviços de orientação e prevenção como exames de glicemia capilar para detecção do diabetes, hipertensão arterial avaliação nutricional, cuidados com o pé diabético, utilização correta da insulina, monitoramento do diabetes em casa, orientação bucal, avaliação auditiva, cadastro de medula óssea, detecção de hepatite C, direitos do diabético e atividades físicas com avaliação dos pacientes. :: LEIA MAIS »

Mutirão de Cirurgias já atendeu mais de quatro mil pessoas no interior

Mutirão de Cirurgia em Ipiaú Local: Hospital de Ipiaú Foto: Elói Corrêa/GOVBA
Desde setembro deste ano, 2.276 pacientes com idades entre 14 e 65 anos já foram operados pelo Mutirão de Cirurgias promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde (Sesab).  Outras 1.120 cirurgias estão agendadas para os próximos dias. Vinculada ao Programa Saúde sem Fronteiras, a iniciativa já beneficiou habitantes de cem municípios baianos das regiões de Ipiaú, Jaguaquara, Jequié, Valença, Ilhéus, Itabuna, Vitória da Conquista e Camaçari. Procedimentos cirúrgicos de vesícula, hérnia (umbilical, inguinal e epigástrica), útero e mioma são ofertados à população com o objetivo de reduzir a fila de espera no Sistema Único de Saúde (SUS).A expectativa é de que, no período de um ano, 13 mil baianos sejam atendidos gratuitamente por mais de cinquenta cirurgiões do Mutirão. Contando com a realização de exames pré-operatórios e consultas com cirurgiões, a ação, inédita no país, já alcançou a marca de 4.220 atendimentos em dois meses de serviço. O Governo do Estado disponibiliza a equipe médica e toda a estrutura para os procedimentos, além do acompanhamento do paciente e o kit pós-operatório.

Os atendimentos médicos estão sendo realizados nos hospitais estaduais e nas unidades complementares de cada região do estado. Os municípios de Valença, Camaçari, Vitória da Conquista e Itabuna já estão em fase de cirurgias. Desta quarta (9) até sexta-feira (11), o Mutirão atende os moradores de Ruy Barbosa e, de 28 de novembro a 2 de dezembro, estará em Santo Antônio de Jesus.

Secretário de Saúde no Mutirão de Cirurgias em Ilhéus

mutirao-ilheusO secretário  de Saúde  da Bahia, Fabio Vilas Boas visita o Mutirão de Cirurgias amanha (29), às 9  horas, em Ilhéus. A unidade móvel está instalada na Praça da Catedral de São José.

O mutirão, realizado nesta semana em Itabuna e Ilhéus, faz os exames pré-operatórios para a marcação de cirurgias de histerectomia, hérnia umbilical, hérnia inguinal, hérnia epigástrica e vesícula.

As cirurgias serão realizadas a partir de 31 de outubro.

Prefeito eleito de Ilhéus busca investimentos para a saúde

saude-doutor-mario

Para obter um diagnóstico e buscar investimentos para área da saúde em Ilhéus, o prefeito eleito Dr. Mário Alexandre (PSD), acompanhado do deputado federal Paulo Magalhães e da deputada estadual Ângela Sousa, esteve em audiência nesta quinta-feira (27) com o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas.

De acordo com Dr. Mário Alexandre, que conhece de perto as dificuldades enfrentadas na área da saúde no município, esse primeiro encontro foi para iniciar um diálogo com o secretário responsável pela pasta, visto que em sua gestão a saúde será uma das principais prioridades. Além disso, essa parceria entre estado e município visa o fortalecimento e ampliação da assistência à saúde básica de Ilhéus. “Teremos um diálogo permanente com o governo do Estado para viabilizar ações que fortaleçam a saúde local, buscando também uma melhor cobertura médica, e investimentos para a reforma de unidades já existentes e construção de outras que sejam necessárias para atender essa demanda sempre crescente de usuários da saúde pública, bem como recursos para a aquisição de equipamentos”, completou.

Ainda na ocasião, o prefeito eleito reconheceu o empenho do governador Rui Costa e do secretário Fábio Vilas Boas na construção do Hospital Regional do Cacau em Ilhéus, que está com o cronograma bem adiantado, podendo ser inaugurado em meados de 2017, mas antes da data prevista. “Ilhéus e região contará muito em breve com uma unidade de saúde importantíssima, que sem dúvidas fortalecerá o atendimento à população na Região Cacaueira, garantindo mais qualidade e eficiência na prestação dos serviços, além de contar com a assistência de equipamentos com tecnologia avançada”, ressaltou.

Mutirão de Cirurgias chega ao Sul da Bahia

Mutirão de Cirurgia em Ipiaú Local: Hospital de Ipiaú Foto: Elói Corrêa/GOVBA

O Mutirão de Cirurgias, iniciativa da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), começará a atender no sul do estado na próxima segunda-feira (24). As consultas pré-operatórias serão realizadas nos dias 24, 25 e 26 de outubro em Itabuna, em unidades móveis instaladas no Centro Cultural Adonias Filho, e nos dias 28 e 29, em Ilhéus, na Praça Dom Eduardo. Durante o mutirão, serão feitas cirurgias de histerectomia, hérnia umbilical, hérnia inguinal, hérnia epigástrica e vesícula.

A expectativa é que sejam realizados 550 procedimentos. As cirurgias serão feitas a partir do dia 31 de outubro, no Hospital Calixto Midlej Filho (Santa Casa de Misericórdia) e no Hospital e Maternidade Ester Gomes.

Para ser atendido, o paciente já deve ter a indicação médica para a cirurgia e ter feito o cadastro na secretaria de saúde do município de residência. É necessário apresentar identidade, cartão do SUS e exames laboratoriais atuais. Para pacientes que farão cirurgia de vesícula, é preciso estar em jejum de 8 horas e comparecer na unidade móvel no turno matutino.

Em Ilhéus, as consultas estarão disponíveis para os moradores de Ilhéus, Arataca, Canavieiras, Itacaré, Mascote, Santa Luzia, Una e Uruçuca. Em Itabuna, o mutirão é destinado aos residentes em Almadina, Aurelino Leal, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Coaraci, Floresta Azul, Gongoji, Ibicarai, Ibirapitanga, Itabuna, Itaju do Colônia, Itajuipe, Itapé, Itapitanga, Jussari, Maraú, Pau Brasil, Santa Cruz da Vitória, São José da Vitória, Ubaitaba e Ubatã.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 071 4000.

Novo teste para detectar o zika vírus recebe registro da Anvisa

testezika

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu registro para mais um teste rápido para detectar o zika vírus. Com a autorização, o produto poderá ser fabricado e distribuído pelo laboratório público do Estado da Bahia (Bahiafarma).

O registro na Anvisa permite que a Bahiafarma produza e distribua o teste a partir do antígeno NS1. Com o exame rápido, é possível identificar se o paciente tem o zika vírus no organismo– independente de quanto tempo está infectado– ou se a pessoa já teve o vírus. Segundo o laboratório, essa possibilidade não existia em outros métodos de diagnóstico existentes no mercado.

Com maior rapidez no resultado, o tratamento pode ser iniciado imediatamente, bem como se tornar mais eficaz, pois o contágio pode ser confirmado assim que surgem os sintomas da doença. No primeiro semestre deste ano, outro teste rápido foi lançado. Porém, a iniciativa podia detectar os anticorpos no organismo por volta de cinco dia após a infecção pelo vírus.

A Bahiafarma é o primeiro laboratório público do País a desenvolver e registrar o teste rápido Zika NS1. Em relação a outros países, a entidade informou que há interesse no produto brasileiro, pois poucos fabricantes têm a tecnologia, e o preço é considerado atrativo por serem testes “de alta qualidade a preços muito competitivos”.

De acordo com a última atualização da Secretaria de Saúde da Bahia, o Estado registrou cerca de 55 mil casos suspeitos de zika vírus, somente este ano, em 357 municípios baianos.

Cidades têm 60 dias para implantar prontuário eletrônico nas unidades do SUS

sus

Municípios de todo o país têm 60 dias para adotar o prontuário eletrônico em unidades básicas de saúde. O prazo vence no dia 10 de dezembro. Uma nova versão da plataforma, lançada hoje (6) pelo governo federal, permite que todos os serviços de saúde da cidade possam acompanhar o histórico, os dados e o resultado de exames dos pacientes.

Também será possível, de acordo com o Ministério da Saúde, verificar em tempo real a disponibilidade de medicamentos em farmácias e registrar visitas de agentes de saúde. A expectativa é que a transmissão digital dos dados da rede municipal à base nacional permita ainda a verificação online dos gastos feitos via Sistema Único de Saúde (SUS).

“Todos os procedimentos feitos serão lançados na ficha e ela estará permanentemente atualizada”, disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros, ao citar que este será mais um meio de fiscalização dos procedimentos pelo próprio cidadão. “A partir de agora, essa é a forma que queremos receber as informações”, completou.

A plataforma digital será oferecida gratuitamente pelo ministério, mas o envio de dados poderá ser feito pelos municípios por meio de sistema próprio. A previsão dos ministério é de uma economia de R$ 84 milhões ao ano com tecnologias para informação.

Bloqueio de recursos :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Itabuna não convoca concursados e mantém contratados com contratos vencidos

prefeitura-de-itabuna

Profissionais de saúde, que foram aprovados no último concurso da prefeitura de Itabuna, em contato com o Blog Agravo, acusam o governo do prefeito Vane, de manter contratados com contratos vencidos e alguns até recebendo capacitações.

 Segundo os denunciantes, foi feito um contato com a secretaria de saúde, que não deu nenhuma previsão animadora, onde a convocação só pode acontecer em 2017, ou então no prazo de dois anos que o certame se refere.

 “Mas o que intriga são os motivos deles em darem preferência à manutenção de contratados a frente aos concursados”, questiona um concursado em contato com o Blog.

Em 2013, o município assinou termo de compromisso com o Ministério Público do Trabalho. No documento, o governo se comprometeu a substituir os servidores temporários por efetivos.

Será que tem apadrinhamento político desses contratados? Caso para o ministério Público!

Alta de ICMS encarece medicamentos na Bahia e em 11 estados brasileiros

remedios

A necessidade de os governos estaduais reforçarem o caixa em tempo de crise está custando caro a pacientes de quatro regiões do país. Desde o fim do ano passado, 12 estados aumentaram o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre medicamentos, com impacto médio de 1,2% sobre os preços.

De acordo com levantamento da Interfarma, associação que reúne 55 laboratórios em todo o país, a alíquota passou de 17% para 18% nos seguintes estados: Amapá, Amazonas, Bahia, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins. O imposto subiu de 17% para 17,5% em Rondônia e de 19% para 20% no Rio de Janeiro, que cobra o maior ICMS do país sobre medicamentos.

Segundo a entidade, a carga tributária média sobre os medicamentos no Brasil corresponde a 34% do preço total, uma das mais altas do mundo. A alta do ICMS, de acordo com a Interfarma, resulta em redução de descontos nas farmácias porque a indústria farmacêutica está sendo impactada por outros custos que não foram totalmente repassados em 2015, como a alta do dólar e da energia elétrica.

Para o diretor de Acesso da Interfarma, o consumidor é punido duplamente, tanto ao comprar o medicamento como ao pagar imposto mais alto que não necessariamente é aplicado em saúde. “No caso do Farmácia Popular, que é um programa muito bem-sucedido, o governo federal gasta quase R$ 3 bilhões por ano com programa, mas paga, em média, 18% de ICMS para o estado, que não abriram mão do imposto. Quase R$ 600 milhões por ano vão para o tesouro dos estados, mas não voltam à saúde”, diz. (Agência Brasil)

Anvisa pede que consumidor denuncie valores abusivos de vacina da dengue

vacina

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pede que clientes denunciem estabelecimentos que cobram preços abusivos pela vacina da dengue. O preço máximo da vacina da Sanofi Pasteur, única que pode ser comercializada no país até o momento, é R$138,53. Entretanto, as clínicas podem cobrar pela aplicação e armazenamento do produto, aumentando o preço final cobrado ao consumidor.

A maioria dos laboratórios ainda está em processo de aquisição do imunizante e não divulga o preço que irá cobrar. Em Brasília e no Rio de Janeiro, dos poucos laboratórios que divulgam, a dose sai por R$ 300. Em São Paulo, os clientes podem encontrar cada dose por R$ 250. São necessárias três doses para que o imunizante produza a proteção prometida pelo laboratório.

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) estabeleceu que a vacina deve custar entre R$ 132,76 e R$ 138,53, dependendo do ICMS de cada estado.

De acordo com regras da CMED, que é a autoridade brasileira para regulação de preços de medicamentos, as clínicas e serviços de imunização devem repassar ao consumidor a vacina pelo preço exato pelo qual foi adquirida pelo fabricante. No entanto, esses estabelecimentos podem cobrar pelo serviço prestado para aplicação e armazenamento da vacina. :: LEIA MAIS »

Número de mortes por AIDS sobe na Bahia

HIV-AIDS

Subiu para 81 o número de mortes de pessoas contaminadas pelo vírus da Aids nos municípios baianos neste ano. O boletim da Vigilância Epidemiológico da Bahia indica que Salvador notificou mais de metade dos óbitos.

Desde 1 de janeiro foram registradas 40 mortes por Aids na capital. No interior, Santo Antônio de Jesus é o município com maior quantidade de pessoas que não resistiram à doença. Foram 8.

No sul da Bahia, foram registrados neste ano 10 mortes devido ao vírus da Aids. Os óbitos ocorreram em Itabuna, Camacan e Una. Foram registrados cerca de 120 casos de Aids no sul da Bahia, dos quais 96 em Itabuna e Ilhéus.

Em todo o estado já foram notificados 1.760 casos de Aids, dos quais 1.736 de adultos e 24 em crianças. Em Salvador foram notificados 915 novos casos da doença. ( A Região)

fevereiro 2017
D S T Q Q S S
« jan    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia