WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura de ilheus faculdade de ilheus




:: ‘Paralisação’

APPI/APLB convocam trabalhadores em Educação para paralisação nesta sexta (10)

A APPI/APLB convoca os trabalhadores em Educação para a paralisação nacional que acontecerá na sexta-feira (10) a partir das 08:30h.  a Assembleia será realizada no auditório do sindicato da APPI/APLB.

Trabalhadores da OAS ameaçam paralisar obra da nova ponte

Foto: Blog Agravo

Na manhã desta quarta (08) trabalhadores da OAS, responsável pela construção da nova ponte de Ilhéus, ameaçaram parar as atividade.

Segundo informações, a OAS atrasou o salário e a cesta básica dos funcionários. O Blog Agravo esteve no canteiro da obra, e os trabalhadores já tinham voltado ao trabalho.

O Blog Agravo apurou que a empreiteira prometeu pagar o salário até o final da tarde da quinta (09). Segundo um dos trabalhadores ouvido pelo Blog, caso o pagamento não seja realizado, a obra será paralisada.

A construção da ponte é alvo de críticas da população, da oposição ao governador Rui, devido ao ritmo lento da obra.

Rodoviários aprovam greve em primeira votação

Informações do Blog do Gusmão.

Foto arquivo.

Na tarde desta segunda-feira (28), o presidente do Sindrod, Gustavo Santana, informou que os motoristas e cobradores do transporte coletivo de Ilhéus aprovaram a realização de uma greve, em primeira votação. Para avançar, a medida deverá ser aprovada também na segunda votação marcada para hoje à tarde.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Ilhéus (Sindrod), a Associação das Empresas de Transporte Coletivo de Ilhéus (Atranspi) oferece reajuste de 2.50% para os salários e o vale-alimentação dos trabalhadores.

Segundo Santana, a categoria rejeitou a proposta na primeira votação, porque exige mais 3% para os salários, além do aumento do vale-alimentação de R$ 313,72 para R$ 400. Atualmente, o salário de motorista é de R$ 1.595,60, e o de cobrador, R$ 983,85.

Leia mais no Blog do Gusmão.

Governo cede e aguarda fim da paralisação dos caminhoneiros

O presidente Michel Temer (Rovena Rosa/Agência Brasil)

O governo federal cedeu e decidiu congelar por 60 dias a redução do preço do diesel na bomba em R$ 0,46 por litro. A proposta foi anunciada na noite do domingo (27) pelo presidente Michel Temer, que fez um pronunciamento depois de um dia inteiro de negociações no Palácio do Planalto. A título de comparação, o presidente disse que esse desconto equivale a zerar as alíquotas da Cide e do PIS/Cofins. Os representantes dos caminhoneiros autônomos não aceitaram o congelamento do diesel por apenas 30 dias, como havia sido inicialmente proposto.

O governo federal concordou ainda em eliminar a cobrança do pedágio dos eixos suspensos dos caminhões em todo o país, além de estabelecer um valor mínimo para o frete rodoviário. Essas determinações deverão constar em medidas provisórias a serem publicadas em edição extra no Diário Oficial da União. A expectativa do Palácio do Planalto é que a paralisação, que já dura sete dias e causa enormes prejuízos e transtornos em todo o país, termine logo.

“Os efeitos dessa paralisação na vida de cada cidadão me dispensam de citar a importância da missão nobre de cada trabalhador no setor de cargas. Durante toda esta semana, o governo sempre esteve aberto ao diálogo e assinamos acordo logo no início. Confirmo a validade de tudo que foi acertado”, afirmou o presidente. Temer disse que, nas últimas 48 horas, o governo avançou na negociação dessas novas medidas. “Assumimos sacrifícios sem prejudicar a Petrobras.” Ele destacou disse que o congelamento valerá por 60 dias e, a partir daí, só haverá reajustes mensais. “Cada caminhoneiro poderá planejar seus custos. Atendemos todas as reivindicações”, ressaltou o presidente. :: LEIA MAIS »

“Paralisação continua”, diz presidente da Associação de Caminhoneiros

Wallace Landim, representante dos motoristas autônomos do Centro-Oeste.

O presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, disse que a paralisação só será suspensa quando a decisão de zerar a alíquota do PIS-Cofins virar lei.

Para isso, o projeto que foi aprovado na Câmara precisa passar pelo Senado e ser sancionado por Michel Temer.

Confira o vídeo gravado por Wallace Landim, representante dos motoristas autônomos do Centro-Oeste, sobre o “acordo” anunciado pelo governo.

“Nós estávamos na Casa Civil e nem fomos ouvidos.”

Vídeo :

Trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Ilhéus param por dois dias na próxima semana

Uma nova paralisação da Rede Municipal foi decidida em assembleia pelos Trabalhadores em Educação de Ilhéus. Serão dois dias na próxima semana – segunda (28) e terça (29) – marcados pela interrupção das atividades e atos públicos para conscientizar a população sobre os motivos do movimento e a realidade da categoria.

Os trabalhadores decidiram parar porque o governo municipal ainda não assinou o termo de compromisso firmado com a categoria que apresentou contraproposta ao executivo, inserindo ajustes como a troca do mês para implementação do retroativo dos servidores e a tabela salarial dos professores (antecipando de julho para junho). Ficou acordado, ainda, o reajuste de 6,81 por cento em maio e, na mesma folha desse mês, o pagamento da diferença de abril.

“Até o momento, mesmo ajustadas as alterações exigidas pela categoria, o termo de compromisso não foi assinado pelo executivo, motivo pelo qual a categoria decidiu parar em assembleia”, explica a secretária intermunicipal da APPI/APLB Sindicato, Enilda Mendonça.

Falta de combustível: Empresas de ônibus e prefeitura de Ilhéus podem diminuir frota do transporte público

Foto arquivo Blog Agravo.

Uma reunião nas próximas horas entre empresas de ônibus concessionárias do transporte público de Ilhéus e a Prefeitura de Ilhéus (Sutran) vão debater estratégias para evitar o colapso no transporte público por falta de combustível devido ao protesto nacional dos caminhoneiros.

A redação conversou com um dos representantes da empresa São Miguel, que informou que no momento o transporte público continua normal, e estão observando a questão se vão conseguir abastecimento para continuar os serviços.

Segundo informações de prepostos da prefeitura ouvidos pelo Blog Agravo, no caso de não conseguir o abastecimento, a prefeitura de Ilhéus estuda diminuir em 30% a frota do transporte público, e colocar apenas duas viagens para as rotas dos distritos.

Tentamos contato com Diretor de Trânsito da Prefeitura de Ilhéus, Gilson Pedro Nascimento, até o fechamento da matéria, não conseguimos.

Ilhéus: Servidores do Hospital da Costa do Cacau ameaçam paralisar atividades

Os servidores da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), lotados no Hospital Costa do Cacau, tiveram redução nos vencimentos e ameaçam paralisar as atividades. Todos os servidores de carreira receberam corte na Gratificação de Incentivo e Desempenho (GID), alguns deles perderam entre R$400 e R$500.  Em contato com o Blog Agravo, servidores informaram que até o momento, a Sesab não se pronunciou para informar o motivo do corte, quem em porcentagem significou 50 % da gratificação.

Esses servidores eram funcionários do Hospital Regional Luiz Viana Filho.  Segundo os servidores, apenas os médicos receberam normalmente, pois possuem outra legislação. A Sesab teria garantido aos funcionários que não mudaria nada dentro do prazo de dois anos.

Sindicato faz paralisação de advertência em Itacaré amanhã (17)

A APPI/APLB informa que o prefeito de Itacaré, presidente da AMURC, Antônio Mário Damasceno (Antônio de Anízio), leva os trabalhadores em Educação à paralisação de advertência que será realizada nesta terça-feira (17), com manifestação na porta da Câmara de Vereadores (concentração a partir das 8h). Segundo o sindicato, os motivos são:

1- não cumprimento da lei do Piso Nacional;
2- reformulação do plano de carreira sem a devida discussão com a categoria e da APLB;
3 – plano de carreira dos não docentes,
4- nao pagamento do terço de férias dos não docentes;
5- não cumprimento do acordo judicial;
6- não efetivação das mudanças de nível para os efetivos;
7- Salários pagos a menor para quem está de licença
8- O não recebimento da APLB SINDICATO que pede audiência há mais de 6 meses

A paralisação foi decidida pelas diretorias da APPI/APLB e do Núcleo Sindical de Itacaré na quarta-feira (11), em assembleia da categoria. Além da paralisação de advertência e o ato público, o sindicato também fará outras momentos de interrupção das atividades até o prefeito receber seus representantes para negociar.

Ilhéus: Campanha salarial paralisa construção da nova ponte do Pontal

Foto: Jamesson Araújo, Blog Agravo

Os trabalhadores que participam da construção da nova ponte do Pontal e das obras de saneamento básico que acontecem no bairro do Pontal e as obras de requalificação da Orla Sul, paralisaram suas atividades na manhã desta sexta-feria (06) por conta de negociações da campanha salarial de 2018. A paralisação segue até a próxima terça-feira (10) quando acontecerá uma assembleia para revisar a situação dos direitos trabalhistas dos funcionários. a paralisação acontece em toda Bahia e segue por tempo indeterminado caso não cheguem a algum acordo na ter-feira.

De acordo com o documento expedido pela classe, os direitos conquistados principalmente pelo SINTEPAV, através do conjunto de mobilizações promovidos em diversos espaços e âmbitos, são os mais arrojadas no que tange ao estoque de direitos, pareando as conquistas dos trabalhadores da construção pesada com o crescimento e os lucros adquiridos pelo setor ao longo das décadas.

Por conta disto, a aprovação da nova lei trabalhista, eles estabeleceram a Campanha Salarial de 2108, que segue numa constante luta com o SINICON ( Sindicato Patronal), que insiste na necessidade da validação da aplicação da nova lei na Convenção Coletiva de Trabalho, apresentando aos trabalhadores uma pauta de conteúdo regressivo, que pleiteia retirar direitos, sob o argumento da manutenção de empregos e a garantia da continuidade de obras e frentes de serviços. :: LEIA MAIS »

AAPI/APLB convoca trabalhadores para parada nacional contra a reforma da Previdência

A APPI/APLB realizará na próxima segunda-feira (19) a partir das 9h, uma paralisação contra a reforma da Previdência. o Ato acontecerá na Câmara de Vereadores de Ilhéus.

SAMU paralisa atividades nesta sexta-feira (06)

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) realiza uma paralisação na sexta-feira (06), no intuito de chamar atenção de toda sociedade para as questões graves que a unidade enfrenta. O Blog Agravo denunciou as graves dificuldades do SAMU aqui e aqui.

De acordo com o documento feito pelo sindicato, o SAMU enfrente problemas como ambulâncias sem funcionar,  viaturas amarradas de ataduras, carros sem freio, com pneus carecas;  algumas passaram um bom período sem oxigênio, e o material básico para aferição de sinais vitais é inexistente.

Ainda segundo o relatório, para sair da base, os funcionários colocam os materiais de uma viatura em outra para poder atender a população, o que leva tempo. Eles reclamam do não pagamento da maioria das insalubridades, falta de mais fardamentos, epis, e falta de água.

 Eles informam que a atual gestão  tem ciência dos fatos e inúmeros ofícios e pedido de resolução do problema foram enviados ao prefeito Mário Alexandre.



outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia