WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




:: ‘Mulher’

Mulher vítima de acidente é identificada

Elba Oliveira, de 19 anos foi vítima do acidente de carro na Rodovia Ilhéus-Itabuna

Elba Oliveira, 19 anos, moradora do Parque Boa Vista, foi a mulher vítima fatal do acidente ocorrido na tarde de ontem, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, próximo a Ceplac. De acordo com o Plantão Itabuna, amigos chegaram a divulgar a foto dela nas redes sociais procurando como desaparecida, porém, nesta sexta-feira, 20, foi descoberto que Elba era a mesma do veículo HB20 que rodou na pista e, colidiu com uma árvore. Relembre o caso aqui.

*Com informações do Blog Ipolítica

Una: Mulher é presa após investigação apontar envolvimento com facção criminosa

Em ação continua, objetivando o cumprimento do mandado de prisão expedido nos autos  nº 000066-13.2018.805.0267, em desfavor de Selma Alves da Silva, conhecida como Dona Selma, equipes da Policia Civil e 71ª CIPM realizaram a prisão da mesma na cidade de Una.

Investigações apontam seu envolvimento com a facção que se auto denomina Terceiro, comandada Zigue e é responsável por diversos crimes na cidade.

Esta ação segue dando continuidade ao trabalho da Polícia Civil, que já desarticulou a facção após prender alguns integrantes como pode ser visto aqui.

Mestrado em Ensino e Relações Étnico-Raciais realiza I Seminário Regional com tema “Mulheres, Culturas e Políticas”

Programa de Pós-graduação em Ensino e Relações Étnico-Raciais da Universidade Federal do Sul da Bahia – PPGER realizará, o I Seminário Regional de Ensino e Relações Étnico-Raciais entre os dias 24 e 27 de julho, no campus Paulo Freire, em Teixeira de Freitas.

Organizado pelos mestrandos do Programa, o I Seminário vem com a temática “Mulheres, Culturas e Políticas: diálogos interseccionais, memória, poder e resistências no Sul baiano” e tem como tem por objetivo promover o encontro entre pesquisadores, movimentos sociais, mestres dos saberes, comunidade escolar e demais interessados para divulgação dos resultados das pesquisas acadêmicas, trabalhos promovidos por entidades, socialização de conhecimentos tradicionais que tenham como campo o espaço do Sul baiano, além de organizar material de pesquisas que sirvam de âncora teórica para novas pesquisas e discutir a implementação de ações afirmativas e políticas públicas direcionadas à população negra, debater e refletir questões de gênero e sexualidades, abordando a violência contra a mulher e o público LGBT e intermediar diálogos e ações entre as instituições de ensino básico e superior para a consolidação das Leis 10.639/03,11.645/08 e o artigo 26 da LDB/1996. :: LEIA MAIS »

Aberta chamada pública de assistência técnica para mulheres e agroecologia

Antonio Cruz/Arquivo Agência Brasil

Com o objetivo de ampliar a prestação do serviço de assistência técnica e extensão rural (ATER) na Bahia, o Governo do Estado lançou edital de chamadas públicas de ATER, voltadas para mulheres e agroecologia. Os editais foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta terça (19) e quarta-feira (20). A ação é executada pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Superintendência de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), com investimento de mais de R$58 milhões, beneficiando 12.420 famílias.

O edital ATER Agroecologia vai atuar na transição agroecológica, potencializando iniciativas que já estão sendo realizadas no estado. A ação atenderá 7.020 famílias de municípios que integram 17 territórios de identidade da Bahia. As inscrições podem ser realizadas até 20 de julho.

Já o edital ATER Mulheres visa possibilitar a autonomia econômica das mulheres rurais, preferencialmente organizadas em grupos produtivos, potencializando as capacidades de ampliação de renda, a valorização do trabalho realizado por elas e a consolidação de processos de promoção da agroecologia. O edital contemplará 5,4 mil mulheres de municípios de 11 territórios de identidade. As inscrições seguem até o dia 19 de julho. :: LEIA MAIS »

Itacaré: mulher abandona filho na BR 101 fugindo de pai e irmão estupradores

Criança foi encontrada sozinha em ponto de ônibus, na Serra, e levada pela polícia ao Conselho Tutelar (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma mãe, que saiu de Itacaré, onde morava com a família, parou na BR-101, na Serra (ES), e deixou a criança. Ela pediu a um homem que estava no local para que cuidasse do menino. Em seguida, foi encontrada em surto pela Polícia Rodoviária Federal, quilômetros depois. O menino foi encaminhado para um abrigo e a mãe, para um hospital psiquiátrico. A situação ocorreu no dia 18 de maio.

“Estava totalmente desorientada, aparentemente falando em alemão, tentando derrubar cones. A equipe conseguiu acalmá-la e a conduziu até a ambulância. Ela precisou ser contida e até presa na maca. Pelo estado dela, teve que ser conduzida para o hospital”, explicou o superintendente da PRF, Wylis Lyra. Ainda de acordo com a PRF, a mulher é argentina e tem 29 anos.

A mãe prestou depoimento durante a CPI dos Maus-tratos. Na ocasião, ele revelou que desconfia que o pai e o irmão abusavam do filho e, por isso, saiu da Bahia e abandonou a criança no Espírito Santo na tentativa de protegê-la. :: LEIA MAIS »

Titularidade da mulher passa a constar nos títulos de terra emitidos pelo Governo da Bahia

Titularidade da mulher passa a constar nos títulos de terra emitidos pelo Governo da Bahia. Foto: Ascom/SDR

O Governo do Estado avança na execução de políticas públicas voltadas para mulheres rurais. A partir deste mês de março, os títulos de posse da terra, emitidos pela Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), passarão a ter os nomes dos dois cônjuges, tanto nos casos de casamento civil quanto de união estável. Com a iniciativa, fica garantida a igualdade de direitos das mulheres rurais relacionados ao acesso à terra.

Segundo dados da CDA/SDR, aproximadamente 70% dos títulos emitidos pelo órgão tiveram os homens como titulares e somente 30% deles têm a titularidade de mulheres como titular. Considerando o estado civil da maioria dos beneficiários, mais de 54 mil homens se declararam casados, o que revela a necessidade da inclusão da titularidade da mulher no documento.

A coordenadora executiva da CDA/SDR, Renata Rossi, destaca que a iniciativa colabora para garantir à mulher rural a participação na titularidade da propriedade da terra, além de possibilitar o acesso ao crédito em instituições financeiras, o que contribui na gestão econômica dos negócios, elevando a renda da família. :: LEIA MAIS »

Operação “PERFIL FALSO” reprime crimes de estelionato e posse sexual contra mulheres na Bahia

O Ministério Público do Estado da Bahia, por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (GAECO), deflagrou hoje, dia 08 de março, a Operação “PERFIL FALSO” para reprimir delitos de estelionato e violação sexual mediante fraude praticados por Andreza Souza Dias Souza contra dezenas de mulheres em diversas cidades do Estado da Bahia. Os crimes aconteciam desde 2013, quando ela iniciou sua empreitada criminosa em Salvador.

De acordo com promotores de Justiça do GAECO, que conduziram a investigação, a investigada abordava mulheres por aplicativos de mensagens ou sites de encontros amorosos e se passava por pessoas do sexo masculino, utilizando imagens subtraídas de terceiros em redes sociais e até manipulando a sua voz.

“Com atuação convincente, alto poder de persuasão e extrema habilidade, a suspeita, passando-se por homens, ludibriava as vítimas a efetuar pagamentos e transferências em seu favor, que era apresentada como ‘sobrinha’ do personagem fictício por ela inventado”, explicam os promotores. Além disso, a investigada chegou a manter contatos sexuais fraudulentos com algumas mulheres.

:: LEIA MAIS »

Câmara aprova crime de importunação sexual e aumenta pena para estupro coletivo

A 2ª secretária da Mesa da Câmara, Mariana Carvalho, preside sessão que vota projetos de lei considerados prioritários pela bancada feminina Wilson Dias/Agência Brasil

Em uma sessão presidida por deputadas mulheres, a Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (7), uma série de projetos de lei da bancada feminina, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado hoje (8).

O primeiro projeto aprovado estabeleceu o crime de divulgação de cenas de estupro e aumentou a pena para estupro coletivo. O texto, de origem do Senado, foi alterado para punir com reclusão de um a cinco anos aquele que oferecer, vender ou divulgar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outro tipo de registro audiovisual que contenha cena de estupro ou de estupro de vulnerável.

O projeto inclui ainda o crime de importunação sexual, prática de ato libidinoso na presença de alguém sem concordância dessa pessoa. Atualmente, o Código Penal prevê como “ato libidinoso” e enquadra como contravenção penal, punindo apenas com multa, pessoas que se masturbam ou ejaculam em transportes públicos, por exemplo. A matéria retorna ao Senado para apreciação antes de ser sancionada. :: LEIA MAIS »

Mês da Mulher; Relacionamento Abusivo: sair do ciclo de violência não é tão simples como parece

Uma das primeiras perguntas feitas quando uma mulher sofre violência praticada reiteradamente pelo seu parceiro é: por que ela não larga esse homem? Afirmações como “ela gosta de apanhar porque, depois de tudo, ainda volta para ele” ou “ela deve ter feito alguma coisa errada para ser tratada assim” também são comuns em uma sociedade que, apesar dos avanços, ainda reproduz estereótipos e jargões de uma cultura historicamente machista e sexista. Mas você já se perguntou quais são os motivos que levam mulheres a permanecerem em relacionamentos abusivos? Quais são as principais características dessas relações e como deve ser difícil sair desse ciclo de violência? Segundo dados do Instituto Maria da Penha, no Brasil, a cada dois segundos, uma mulher é vítima de violência física ou verbal.

A pesquisa também mostra que, a cada 22 segundos, uma mulher é vítima de espancamento ou tentativa de estrangulamento e, a cada dois minutos, uma mulher é vítima de arma de fogo. Para auxiliar quem vive situações como estas, o Ministério Público estadual oferece um serviço de acolhimento, monitoramento e orientação a mulheres em situação de violência por meio do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e População LGBT (Gedem), que funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h. :: LEIA MAIS »

Semana da Mulher trabalha empoderamento feminino

“Sou Mulher! Sou responsável pela minha história!” Esse é o tema abordado durante as atividades em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, realizadas pela secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus. As comemorações foram iniciadas na manhã desta terça-feira (6) e seguem até a próxima quinta (8), sempre das 8 às 12 horas.

No primeiro dia foram realizadas palestras sobre Saúde da Mulher e Higiene, ministradas por Joelma Sampaio, responsável pelo programa Saúde da Mulher no município e Helma Valiense, enfermeira.

Dona Maria Hiranilda, mora no distrito de Sapucaeira e diz que tirou muitas dúvidas no encontro de hoje. “As palestras foram excelentes. Elas explicaram a importância de realizar exames periódicos, de cuidar da higiene, da saúde. Gostei muito de participar, aprendi muita coisa”, destacou. :: LEIA MAIS »

Mulher morre após atear fogo no próprio corpo em Serra Grande

Imagem ilustrativa

Na manhã desta segunda-feira (26) uma mulher identificada como Ivonete Maria dos Santos, 62 anos, morreu ao atear fogo no seu próprio corpo. Segundo informações policiais, o caso aconteceu ao lado de um posto de combustível no distrito de Serra Grande, localizado no município de Uruçuca.

Ivonete fez aniversário na última sexta-feira (24). O Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus foi acionado e está realizando o levantamento cadavérico neste momento. A Polícia Civil investiga o caso.

Ilhéus: Mulher é morta no Nelson Costa

Uma mulher, de nome Sara Oliveira foi assassinada na madrugada desta quinta-feira (15) no bairro Nelson Costa, zona sul de Ilhéus. A mulher foi vítima de disparos de arma de fogo, que atingiram antebraço e cabeça, enquanto estava num bar. Segundo informações policias, Sara tinha envolvimento com o crime. A Polícia Civil investiga o caso.



agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia