WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




:: ‘Mulher’

Itacaré: mulher abandona filho na BR 101 fugindo de pai e irmão estupradores

Criança foi encontrada sozinha em ponto de ônibus, na Serra, e levada pela polícia ao Conselho Tutelar (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma mãe, que saiu de Itacaré, onde morava com a família, parou na BR-101, na Serra (ES), e deixou a criança. Ela pediu a um homem que estava no local para que cuidasse do menino. Em seguida, foi encontrada em surto pela Polícia Rodoviária Federal, quilômetros depois. O menino foi encaminhado para um abrigo e a mãe, para um hospital psiquiátrico. A situação ocorreu no dia 18 de maio.

“Estava totalmente desorientada, aparentemente falando em alemão, tentando derrubar cones. A equipe conseguiu acalmá-la e a conduziu até a ambulância. Ela precisou ser contida e até presa na maca. Pelo estado dela, teve que ser conduzida para o hospital”, explicou o superintendente da PRF, Wylis Lyra. Ainda de acordo com a PRF, a mulher é argentina e tem 29 anos.

A mãe prestou depoimento durante a CPI dos Maus-tratos. Na ocasião, ele revelou que desconfia que o pai e o irmão abusavam do filho e, por isso, saiu da Bahia e abandonou a criança no Espírito Santo na tentativa de protegê-la. :: LEIA MAIS »

Titularidade da mulher passa a constar nos títulos de terra emitidos pelo Governo da Bahia

Titularidade da mulher passa a constar nos títulos de terra emitidos pelo Governo da Bahia. Foto: Ascom/SDR

O Governo do Estado avança na execução de políticas públicas voltadas para mulheres rurais. A partir deste mês de março, os títulos de posse da terra, emitidos pela Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), passarão a ter os nomes dos dois cônjuges, tanto nos casos de casamento civil quanto de união estável. Com a iniciativa, fica garantida a igualdade de direitos das mulheres rurais relacionados ao acesso à terra.

Segundo dados da CDA/SDR, aproximadamente 70% dos títulos emitidos pelo órgão tiveram os homens como titulares e somente 30% deles têm a titularidade de mulheres como titular. Considerando o estado civil da maioria dos beneficiários, mais de 54 mil homens se declararam casados, o que revela a necessidade da inclusão da titularidade da mulher no documento.

A coordenadora executiva da CDA/SDR, Renata Rossi, destaca que a iniciativa colabora para garantir à mulher rural a participação na titularidade da propriedade da terra, além de possibilitar o acesso ao crédito em instituições financeiras, o que contribui na gestão econômica dos negócios, elevando a renda da família. :: LEIA MAIS »

Operação “PERFIL FALSO” reprime crimes de estelionato e posse sexual contra mulheres na Bahia

O Ministério Público do Estado da Bahia, por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (GAECO), deflagrou hoje, dia 08 de março, a Operação “PERFIL FALSO” para reprimir delitos de estelionato e violação sexual mediante fraude praticados por Andreza Souza Dias Souza contra dezenas de mulheres em diversas cidades do Estado da Bahia. Os crimes aconteciam desde 2013, quando ela iniciou sua empreitada criminosa em Salvador.

De acordo com promotores de Justiça do GAECO, que conduziram a investigação, a investigada abordava mulheres por aplicativos de mensagens ou sites de encontros amorosos e se passava por pessoas do sexo masculino, utilizando imagens subtraídas de terceiros em redes sociais e até manipulando a sua voz.

“Com atuação convincente, alto poder de persuasão e extrema habilidade, a suspeita, passando-se por homens, ludibriava as vítimas a efetuar pagamentos e transferências em seu favor, que era apresentada como ‘sobrinha’ do personagem fictício por ela inventado”, explicam os promotores. Além disso, a investigada chegou a manter contatos sexuais fraudulentos com algumas mulheres.

:: LEIA MAIS »

Câmara aprova crime de importunação sexual e aumenta pena para estupro coletivo

A 2ª secretária da Mesa da Câmara, Mariana Carvalho, preside sessão que vota projetos de lei considerados prioritários pela bancada feminina Wilson Dias/Agência Brasil

Em uma sessão presidida por deputadas mulheres, a Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (7), uma série de projetos de lei da bancada feminina, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado hoje (8).

O primeiro projeto aprovado estabeleceu o crime de divulgação de cenas de estupro e aumentou a pena para estupro coletivo. O texto, de origem do Senado, foi alterado para punir com reclusão de um a cinco anos aquele que oferecer, vender ou divulgar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outro tipo de registro audiovisual que contenha cena de estupro ou de estupro de vulnerável.

O projeto inclui ainda o crime de importunação sexual, prática de ato libidinoso na presença de alguém sem concordância dessa pessoa. Atualmente, o Código Penal prevê como “ato libidinoso” e enquadra como contravenção penal, punindo apenas com multa, pessoas que se masturbam ou ejaculam em transportes públicos, por exemplo. A matéria retorna ao Senado para apreciação antes de ser sancionada. :: LEIA MAIS »

Mês da Mulher; Relacionamento Abusivo: sair do ciclo de violência não é tão simples como parece

Uma das primeiras perguntas feitas quando uma mulher sofre violência praticada reiteradamente pelo seu parceiro é: por que ela não larga esse homem? Afirmações como “ela gosta de apanhar porque, depois de tudo, ainda volta para ele” ou “ela deve ter feito alguma coisa errada para ser tratada assim” também são comuns em uma sociedade que, apesar dos avanços, ainda reproduz estereótipos e jargões de uma cultura historicamente machista e sexista. Mas você já se perguntou quais são os motivos que levam mulheres a permanecerem em relacionamentos abusivos? Quais são as principais características dessas relações e como deve ser difícil sair desse ciclo de violência? Segundo dados do Instituto Maria da Penha, no Brasil, a cada dois segundos, uma mulher é vítima de violência física ou verbal.

A pesquisa também mostra que, a cada 22 segundos, uma mulher é vítima de espancamento ou tentativa de estrangulamento e, a cada dois minutos, uma mulher é vítima de arma de fogo. Para auxiliar quem vive situações como estas, o Ministério Público estadual oferece um serviço de acolhimento, monitoramento e orientação a mulheres em situação de violência por meio do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e População LGBT (Gedem), que funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h. :: LEIA MAIS »

Semana da Mulher trabalha empoderamento feminino

“Sou Mulher! Sou responsável pela minha história!” Esse é o tema abordado durante as atividades em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, realizadas pela secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus. As comemorações foram iniciadas na manhã desta terça-feira (6) e seguem até a próxima quinta (8), sempre das 8 às 12 horas.

No primeiro dia foram realizadas palestras sobre Saúde da Mulher e Higiene, ministradas por Joelma Sampaio, responsável pelo programa Saúde da Mulher no município e Helma Valiense, enfermeira.

Dona Maria Hiranilda, mora no distrito de Sapucaeira e diz que tirou muitas dúvidas no encontro de hoje. “As palestras foram excelentes. Elas explicaram a importância de realizar exames periódicos, de cuidar da higiene, da saúde. Gostei muito de participar, aprendi muita coisa”, destacou. :: LEIA MAIS »

Mulher morre após atear fogo no próprio corpo em Serra Grande

Imagem ilustrativa

Na manhã desta segunda-feira (26) uma mulher identificada como Ivonete Maria dos Santos, 62 anos, morreu ao atear fogo no seu próprio corpo. Segundo informações policiais, o caso aconteceu ao lado de um posto de combustível no distrito de Serra Grande, localizado no município de Uruçuca.

Ivonete fez aniversário na última sexta-feira (24). O Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus foi acionado e está realizando o levantamento cadavérico neste momento. A Polícia Civil investiga o caso.

Ilhéus: Mulher é morta no Nelson Costa

Uma mulher, de nome Sara Oliveira foi assassinada na madrugada desta quinta-feira (15) no bairro Nelson Costa, zona sul de Ilhéus. A mulher foi vítima de disparos de arma de fogo, que atingiram antebraço e cabeça, enquanto estava num bar. Segundo informações policias, Sara tinha envolvimento com o crime. A Polícia Civil investiga o caso.

Mulher é enterrada viva na Bahia e corpo é achado revirado dentro de caixão

Rosângela Almeida teve morte atestada no dia 28 de janeiro. Foto: Reprodução/TV Oeste.

A família de Rosângela Almeida dos Santos  de 37 anos que ficou enterrada por mais de dez dias, na cidade de Riachão das Neves, no oeste da Bahia, acredita que ela tenha sido sepultada ainda com vida, após um erro médico.

Os familiares de Rosângela dizem que o corpo dela foi encontrado revirado no túmulo, com ferimentos nas mãos e testa, como se tivesse tentado sair do caixão após o sepultamento.

“Até aqueles preguinhos que estavam em cima estavam soltos. A mãozinha tava ferida, como quem estava arrumando assim… arrumando o caixão para sair”, disse Germana de Almeida, mãe de Rosângela.

O túmulo foi violado pela família após moradores de casas vizinhas ao cemitério municipal onde a mulher foi enterrada ouvirem gritos vindos do túmulo. A família diz que o corpo da mulher ainda estava quente.

“Quando eu cheguei bem ali em frente, eu ouvi batendo ali dentro. Aí eu pensava que era brincadeira dos meninos, que os meninos só vivem aqui dentro [do cemitério] brincando… Aí gemeu duas vezes, com as duas gemidas ela parou”, falou a dona de casa Natalina Silva.

 A situação ocorreu na última sexta-feira (9), mas a mulher havia sido enterrada no dia 29 de janeiro. Rosângela estava internada no Hospital do Oeste, em Barreiras, e teve a morte atestada no dia 28.

A certidão de óbito aponta um quadro de choque séptico como causa do falecimento. A situação está sob investigação da Polícia Civil de Riachão das Neves.

Em nota, a assessoria do Hospital do Oeste informou que está à disposição dos familiares da vítima e autoridades para prestar todas as informações necessárias.

*Informações do G1/Bahia.

Ministério amplia acesso ao contraceptivo DIU no Sistema Único de Saúde

O acesso pelas mulheres ao contraceptivo dispositivo intra-uterino – conhecido como DIU – no Sistema Único de Saúde (SUS) foi ampliado a partir de hoje (8), conforme portaria do Ministério da Saúde publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União.

De acordo com o documento, o DIU de cobre terá disponibilização feita pelos estados, municípios e o Distrito Federal (DF) às maternidades integrantes do SUS, para “anticoncepção pós-parto ou pós-abortamento imediatas”.

A portaria diz ainda que cabe ao governo federal financiar a aquisição dos medicamentos contraceptivos e insumos do Programa Saúde da Mulher. “Os recursos financeiros federais para execução do disposto nesta portaria são oriundos do orçamento do Ministério da Saúde.”

“Os gestores estaduais, do Distrito Federal e municipais terão até 90 dias, a contar da data de publicação da portaria, para adequação da rede de atenção e das maternidades na oferta do DIU pós-parto e pós-abortamento imediato”, diz o documento.

PSB realiza Congresso de Mulheres

Na tarde da quinta-feira (07) aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores de Ilhéus, o Congresso de Mulheres do PSB. Com várias lideranças de associações e entidades, o congresso abordou o papel da mulher na sociedade e as políticas públicas voltadas para as mulheres.

De acordo com Diego Messias, líder do PSB em Ilhéus, “é necessário refletir sobre o papel da mulher na sociedade e dar um basta em todo tipo de violência contra a mulher”. Segundo ele, essa é a segunda ação voltada para as mulheres realizada pelo PSB em 2017. A primeira ação foi em homenagem ao Dia da Mulher onde foram premiadas mulheres de destaque em todas as profissões. Ele destacou também que é imprescindível a participação da mulher na política.

Um dos pontos mais debatidos no congresso versou sobre o papel da mulher na sociedade machista na qual os homens sempre ocupam as posições de destaque na política e as mulheres ocupam cargos mais precários com salários mais baixos em relação aos homens. Foi destacado também o empoderamento da mulher através da luta e capacitação profissional.

O deputado federal Bebeto Galvão, através de mensagem em vídeo, saudou as mulheres e afirmou que através deste congresso serão definidas diretrizes e planos e ação para o enfrentamento às diversas formas de violência contra a mulher bem como criar ações que possam ajudar a mulher a alcançar postos mais altos na sociedade brasileira.

Ilhéus: Mulher está desaparecida

Luciana Ferreira, moradora do bairro Teotônio Vilela, em Ilhéus, está desaparecida desde terça-feira passada, dia 28 de novembro. Segundo informações de amigos, ela faz uso de remédios controlados.

Qualquer informação, por favor, entrar em contato:

Izabel: (73) 988341700

Cida: (73)  988442457

Vilma: (73)  988271590

Suely: (73)  981814579

19° BPM prende mulher em Jequié com dez quilos de maconha

Dez quilos de maconha foram encontrados por guarnições do 19° Batalhão da Polícia Militar (BPM/Jequié), no final da tarde de quarta-feira (15), após denúncia anônima. Raíssa Ingrid Oliveira Menezes foi presa em flagrante com o material.

Os militares encontraram a traficante no bairro Cidade Nova. As viaturas fizeram um cerco, na localidade, e um grupo de criminosos correu. Entre eles estava Raíssa que foi alcançada e presa em flagrante. Com a mulher e seus comparsas foram apreendidos dez quilos de maconha prensada, uma balança, celulares e chips.

“Esse tipo de flagrante retrata a realidade. Temos homens, mulheres, adultos, adolescentes e pessoas mais velhas trabalhando para o tráfico. Toda semana capturamos traficantes e apreendemos drogas. Esse atrativo no comércio se deve ao alto consumo”, afirmou o comandante do 19° BPM, tenente-coronel Itamar Gondim Bandeira. Raíssa e todo material encontrado foram apresentados na Delegacia Territorial de Jequié.

Ilhéus: Mulher precisa ser transferida de hospital para continuar tratamento

A paciente Eliana Bastos da Cunha está internada no Hospital São José em Ilhéus desde o dia 17/08/2017  e está com dificuldades em dar continuidade ao seu tratamento contra um câncer.

De acordo com a sobrinha de Eliana, “ela precisa fazer sessões de quimioterapia e radioterapia, a quimioterapia estava sendo feita no próprio hospital São José e a radioterapia que precisa ser feita 5 dias na semana em Itabuna foi interrompida por falta de transporte, a paciente precisa de uma ambulância com oxigênio e Ilhéus não tem disponível para levá-la”.

Por esse motivo é necessário uma transferência de Eliana para o Hospital São Lucas em Itabuna o que ainda não foi possível pois o hospital alega estar sem vagas. Enquanto isso a paciente permanece há mais de 40 dias sem o tratamento à espera de alguma solução para seu caso.

Desenvolvimento Social realiza programação no Dia Nacional de Luta Contra Violência à Mulher

10 de outubro,  próxima terça-feira, é o Dia Nacional de Luta contra Violência à Mulher.  Com objetivo de discutir políticas públicas para mulheres, a Prefeitura de Ilhéus, através da secretaria de Desenvolvimento Social, realizará uma programação para servidores, estudantes de nível superior e população, das 08h às 12h, no auditório da APPI/APPL,  na Avenida Lindolfo Collor,napraça do Tamarineiro, Malhado.

Os interessados devem realizar a inscrição pelo linkhttps://www.sympla.com.br/dia-nacional-de-luta-contra-a-violencia-a-mulher__199702

O evento terá a presença da juíza Clara Mota, da Justiça Federal Subseção Ilhéus;  Cristiane Barreto, da Defensoria  Pública Estadual. Elas abordarão a Lei e a Ronda Maria da Penha e o enfrentamento da luta contra violência  à mulher. :: LEIA MAIS »

Festival Sonora Ilhéus traz à tona a representatividade da mulher na arte

Na sequência e na cadência, é sábado, no último dia de programação do Sonora Ilhéus/BA, que Eloah Monteiro nos presenteia com sua música!! Ela, cantora e COMPOSITORA ilheense que em outubro lança concerto com 15 músicas autorais no Teatro Municipal de Ilhéus. Que venham do sangue do coração as suas negras melodias!

SÁBADO | 16 de setembro | 19h | Tenda TPI
Ingressos: Livraria Papirus

* Eloah Monteiro, há 18 anos, atua no cenário musical. Natural de Ilhéus, a jovem artista trabalha com as raizes fincadas no que há de melhor na Música Popular Brasileira.
Permite-se imergir profundamente nesse mosaico de semi-deusxs da música brasileira e, ao retornar à superfície, reinventar o que permaneceu vivo.

Eloah é cantora, compositora, atriz, jornalista, produtora e o que tem vontade de ser. Interpreta suas músicas ao violão de modo a unir simplicidade, requinte, criatividade e muito talento.

No Sonora Ilhéus/BA, Eloah também é coordenadora geral, designer gráfica, produtora local e curadora.

#FESTIVALSONORAIOS #FESTIVALSONORA, #MUSIC #NEWSONGS #REINVENTE_SE #JOB #WOMENPOWER #LOVETHISSONG #REMIX #GOODMUSIC #INSTAMUSIC #PARTYMUSIC #GENRE #LISTENTOTHIS



junho 2018
D S T Q Q S S
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia