WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Médicos’

Dep. Ângela Sousa homenageia médicos na Assembleia

Deputada Ângela Sousa.

“No dia 18 de outubro, comemora-se o dia daquele que se preocupa com a saúde da população. Como deputada, esposa e mãe de médico, é importante fazermos este reconhecimento em nome do Poder Legislativo aos profissionais que se destacam ou se destacaram de alguma forma nas suas especialidades e na contribuição diária em prol da saúde dos baianos”, afirmou a deputada Ângela Sousa em moção de congratulações apresentada na Assembleia Legislativa.

No documento, a parlamentar parabenizou toda a classe médica na pessoa dos ortopedistas Mário Alves de Sousa, seu esposo; do seu filho e prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e do senador Otto Alencar. A deputada destacou que o dia 18 de outubro foi escolhido em homenagem ao nascimento de São Lucas, um dos quatro evangelistas do Novo Testamento e considerado o protetor dos médicos. Segundo a história, ele foi martirizador e vítima de perseguição dos romanos ao cristianismo.

A homenagem prestada a Lucas, serve hoje para homenagear todos esses profissionais que, inspirados por Deus, exercem suas profissões garantindo saúde e dignidade às pessoas que os procuram. Grandes são os avanços da ciência, mas também são inúmeros os desafios e as limitações humanas, que exigem do médico sinceridade, fidelidade e sabedoria para salvar e cuidar de vidas”, acrescentou Ângela Sousa.

A deputada observou ainda que a data enaltece os profissionais que salvam vidas e, mais do que isso, exercem a medicina com amor, dedicação, fraternidade e caridade, visando sempre o bem-estar e a saúde das pessoas. “E que o Senhor dos senhores, o Rei Jesus, que é médico dos médicos, possa abençoá-los com toda a sorte das bençãos. É com grande satisfação que oferecemos a presente moção de congratulações a esses profissionais que dedicam seu dia a dia em prol de vidas humanas”, finalizou.

Prefeito autoriza convocação de mais servidores para a Saúde em Ilhéus

Mário Alexandre

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre Sousa, autorizou a convocação de mais servidores concursados para integrar o quadro de pessoal da secretaria municipal de Saúde e ampliar a cobertura no atendimento à população local, em especial, o SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Além de considerar a necessidade de mão de obra para a atuação dos programas de saúde pública, o prefeito leva em conta também o acordo estabelecido com o Ministério Público Estadual e o Ministério Público do Trabalho.

Através da Portaria Nº 227, o prefeito Mário Alexandre convoca profissionais Técnicos de Enfermagem, Técnicos de Enfermagem Socorrista, Condutor Socorrista, Auxiliares de Regulação, Médicos Clínicos, Psicólogo, Nutricionista, Educador Físico e Assistentes Sociais.  O ato de convocação foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do município (http://www.ilheus.ba.gov.br/diario-eletronico).  

A partir da data de publicação da portaria, os convocados terão um prazo de 30 dias para se apresentarem no Departamento de Recursos Humanos, situado à Rua Santos Dumont, Anexo de Secretarias, 2º andar, no centro da cidade. Nessa ocasião,  devem estar munidos dos documentos constantes no Anexo II da Portaria 227.

Brasil tem 17 mil médicos formados no exterior sem revalidar diploma, diz entidade

Agência Brasil

médicoO Brasil tem aproximadamente 17 mil médicos brasileiros formados no exterior que não podem exercer a medicina por não terem os diplomas reconhecidos, de acordo com estimativa da Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética (Anadem). O número foi divulgado hoje (12) em audiência pública sobre a atual demanda por Revalidação de Diplomas de Medicina obtidos no exterior na Comissão de Educação na Câmara dos Deputados.

“Temos entre 15 mil e 20 mil desempregados ou trabalhando de enfermeiros, de auxiliares. São bacharéis em medicina, não são médicos”, diz o presidente da Anadem, Raul Canal. Canal criticou a dificuldade do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedido por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida), uma das principais formas de revalidação do diploma no país. Além do Revalida, há outros processos em instituições federais de ensino superior. Segundo ele, no entanto, houve melhora nesse quesito.

“A prova era para especialistas, não era para egressos do curso, se pegasse um ginecologista de 20 anos de experiência e aplicasse questões de cardiologia do Revalida, ele ia errar tudo. Essas questões eles aplicavam para médicos recém-formados. Hoje mudou”, diz. :: LEIA MAIS »

Profissionais têm até hoje para se inscrever no Programa Mais Médicos

médicoHoje (22) é o último dia para profissionais com registro nos conselhos regionais de Medicina brasileiros concorrerem a cerca de 1.400 vagas no mais recente edital de reposição do Mais Médicos. As inscrições devem ser feitas pelo sistema do programa na internet.

Segundo o Ministério da Saúde, os candidatos poderão saber o resultado no dia 26 de abril. Nos dias 27 e 28 de abril, os médicos poderão escolher quatro opções de município onde desejam trabalhar. A previsão é de que eles comecem a atuar no dia 16 de maio. :: LEIA MAIS »

MPT consegue suspender contratação de médicos através de pessoa jurídica

O ministério Público do Trabalho conseguiu esta semana liminar na Justiça do Trabalho que determina que o Instituto Fernando Filgueiras elimine todos os contratos de médicos e outros profissionais de saúde através de pessoa jurídica.

A decisão impõe a contratação direta desses profissionais através de contratos de trabalho, eliminando a chamada pejotização. O Instituto, que atua no mercado de saúde como organização social contratada pelo poder público para a administração de unidades hospitalares, tem 80 dias para cumprir a liminar, sob pena de multa diária de R$ 30 mil.

O procurador do trabalho Pedro Lino de Carvalho Júnior, autor da ação, destaca que “a proibição de manter contratos de trabalho disfarçados de contratação de pessoa jurídica causa impacto positivo tanto para os médicos e demais profissionais de saúde, que passam a ter a segurança e as garantias trabalhistas e previdenciárias de uma contratação regida pela Consolidação das Leis do Trabalho quanto para a sociedade, que terá o atendimento prestado por pessoas com vínculo de trabalho direto com a administração da unidade de saúde”. :: LEIA MAIS »

Governo publica decreto que cria cadastro nacional de médicos especialistas

Agência Brasil

medicos_2_Depois de polêmica entre governo e entidades médicas, foi publicada hoje (11) no Diário Oficial da União (DOU) o novo texto do decreto que regulamenta o Cadastro Nacional de Especialistas, preparado pelo governo e entidades médicas. Segundo o Ministério da Saúde, o cadastro será uma forma de dispor, em um só documento, o número de médicos especialistas no país, como pediatras, oftalmologistas, cardiologistas, e também o local onde eles clinicam.

O objetivo é ter uma ferramenta que auxilie na construção de políticas públicas de saúde, mostrando quais especialidades precisam de mais profissionais, e como eles estão distribuídos geograficamente, para possibilitar o planejamento da formação e distribuição de novos médicos especialistas. :: LEIA MAIS »

Rui assina decreto que regulamenta plano de carreira de médicos

Foto divulgação /Secom Bahia

Foto divulgação /Secom Bahia

O governador Rui Costa assinou, nesta segunda-feira (15), o decreto que regulamenta a Lei nº 12.822, que reestrutura a carreira de médico e regulador da assistência em saúde e institui o Plano de Cargo, Carreira e Vencimentos (PCCV) da categoria. A assinatura foi realizada durante encontro na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), com a participação de representantes de entidades médicas. O decreto será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (16), quando ele entra em vigor e garante aos médicos do Estado ganhos de 3% e 5% nas progressões de carreira e promoções, respectivamente.

“Esta regulamentação possibilita a valorização do profissional médico, a possibilidade de progredir na carreira, melhorar a sua remuneração e a nossa aposta, nossa convicção é que isso vai impactar positivamente no serviço público oferecido à população”, disse Rui ao destacar ainda o diálogo com a categoria durante todo o processo de reestruturação da carreira médica na Bahia. Também estiveram presentes no ato os secretários estaduais de Saúde, Fábio Vilas-Boas; de Administração, Edelvino Góes; da Casa Civil, Bruno Dauster; e de Relações Institucionais, Josias Gomes.

Elaborado pelas secretarias da Saúde do Estado da Bahia e da Administração, juntamente com entidades médicas do estado, o decreto regulamenta a lei publicada em 4 de julho de 2012, e consiste em aumentar os ganhos financeiros da categoria, transformar a remuneração em subsídio e estruturar as carreiras por meio de classes e níveis. O impacto da medida no orçamento estadual é estimado em R$ 4,6 milhões no exercício atual a partir do mês de julho e de aproximadamente R$ 9,2 milhões para os anos de 2016 e 2017.

:: LEIA MAIS »

Sesab intervém na quebra de braço entre médicos e direção do Hospital Regional

O secretário estadual de Saúde, Fabio Vilas-Boas e o diretor do Hospital Regional, Claudio Moura Costa.

O secretário estadual de Saúde, Fabio Vilas-Boas deu respaldo ao diretor do Hospital Regional, Claudio Moura Costa.

Nesta terça-feira (03), o Jornal Bahia Online divulgou o boicote dos médicos a nova direção do Hospital Regional Luiz Viana Filho, que passou a exigir que todos os médicos escalados para o plantão – cerca de sete por turno – permanecessem no hospital.

No mesmo dia, o processo de aprimoramento da gestão do Hospital Luiz Viana Filho que vem sendo conduzido pelo diretor geral da unidade, Claudio Moura Costa, ganhou um reforço de peso.Com o objetivo de valorizar os profissionais de saúde, um novo modelo contratual será proposto em 90 dias pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) aos médicos do hospital, em Ilhéus.

O compromisso foi assumido pelo subsecretário estadual da Saúde, Carlos Emanuel Melo, que, por determinação do Secretário Estadual da Saúde Fabio Vilas-Boas, esteve na unidade hospitalar no mesmo dia da reportagem, reunido com Claudio Moura Costa e representantes dos médicos, a fim de atender a demanda antiga dos profissionais e ajudar a solucionar o tensionamento que vinha acontecendo nos últimos dias entre a diretoria e os profissionais.

 “Vamos avançar em um modelo de relacionamento contratual que reflita a realidade da saúde e garanta simultaneamente, a prestação de serviços aos pacientes com qualidade e remuneração adequada aos médicos”, ressaltou Carlos Emanuel.

 Na opinião do médico ortopedista Aldemir Almeida, “a presença do subsecretário na reunião com representantes dos profissionais foi fundamental para construir uma proposta de composição que atenda a todos, médicos, governo e pacientes”, afirma

Prefeitura de Ilhéus vai apurar acumulação ilegal de cargos.

201205111118550000007427A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Sead), apura a situação funcional de 415 servidores vinculados às secretarias de Educação (Seduc) e Saúde (Sesau), que acumulam cargos em outras instâncias governamentais ou em outros municípios. A lei proíbe o acúmulo de cargos públicos, exceto por professores e profissionais da saúde, desde que seja possível a compatibilidade de carga horária. – A ação faz parte do trabalho de auditoria de despesas com pessoal que vem sendo implementada no município, seguindo a determinação do prefeito Jabes Ribeiro, deste o início da gestão, – ressalta o titular da Sead, Ricardo Machado.

Coincidentemente hoje (01), o Governo da Bahia por intermédio dos secretários de Administração, Rodrigo Pimentel Lima, e de Educação, Osvaldo Barreto Filho, suspenderam as portarias 036 e 037, publicadas no Diário Oficial do dia 24 de julho de 2014, que tratam a acumulação de cargos por parte dos servidores públicos estaduais com o município de Ilhéus.( Clique aqui para ler a matéria )

Segundo o secretário de administração do município de Ilhéus, Ricardo Machado, para identificar os funcionários que acumulam cargos, a prefeitura realizou confrontação de dados com a Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Seab). Foram constatados que 166 profissionais vinculados à Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e 233 à Secretaria Municipal de Educação (Seduc) cumulam cargos no Estado.  Além disso, foram identificados 66 servidores que também trabalham no município de Itabuna, incluindo profissionais como agentes de trânsito, guardas municipais, psicólogos, assistentes sociais e de serviços gerais.

Resta saber se o prefeito Jabes Ribeiro está decidido à corta na própria carne, já que existem inúmeros funcionários em cargos comissionados, contratados, com acúmulo de cargos públicos ligados politicamente aos aliados e ao próprio prefeito.

mega turbonet

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia