WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Mário Alexandre’

Ilhéus: Secretário Jorge Cunha na berlinda

Câmara plenário.

Na sessão desta terça-feira (14), ao menos 12 vereadores, todos da base do governo, reclamaram da inércia da Secretaria de Serviços Públicos no atendimento às indicações e requerimentos do legislativo ilheense, solicitando melhorias em prol da comunidade.

As reclamações no Plenário foram puxadas pelo vereador Escuta, porém, quase a maioria plena dos parlamentares presentes afirmaram ter vivido negligência semelhante por parte do Secretário de Serviços Urbanos, Jorge Cunha e cobra providências por parte do Prefeito Mário Alexandre.

O vereador Cesar Porto (PDT), levou fotos ao Plenário e apresentou em slide a situação caótica de sujeira e abandono em que se encontram o Alto do Basílio, Av. Esperança e comunidades circunvizinhas, e fez critica à condução do secretário Jorge Cunha, que, segundo todos os vereadores, vem ignorando os pedidos da Câmara de Vereadores.

Na mesma linha, o vereador  Escuta (PP) explicitou “Venho aqui externar a minha insatisfação, a minha tristeza, quando eu percebo que a nossa atuação pode ser cruelmente prejudicada pela falta de respeito de secretários como este, nós ligamos, ligamos e nunca somos atendidos”, desabafa o parlamentar.

O presidente da Câmara, Lukas Paiva ( PSB) lembrou que vem dando sustentação ao governo de Mário Alexandre há 11 meses e que chegou a hora do Executivo mostrar serviço, principalmente com relação ao secretário Jorge Cunha. Até o líder de governo da câmara, o vereador Paulo Carqueija ( PSD), concordou com os reclames dos edis e afirmou que a situação, de fato, não pode mais ficar como está.

As criticas dos parlamentares não ficaram só no secretário de serviços públicos, mas abrangeu também outras pastas. Segundo alguns vereadores, o prefeito Mário Alexandre tem que rever o seu secretariado urgentemente para que o governo avance. O vereador Ivo Evangelista (PRB) lembrou que as indicações e requerimentos são um meio e se comunicar com o governo, mostrar as demandas de interesse público.

Ontem, o secretário Jorge Cunha esteve na Rádio Conquista FM e disse que a população avalia positivamente seu trabalho. Na verdade a pesquisa avalia positivamente a coleta de resíduos sólidos, que a verdade é um trabalho da Solar Ambiental.

Pelo andar da carruagem, a situação de Cunha parece insustentável!

Ilhéus: Marão é aconselhado a realizar mudanças em seu secretariado

Marão sofre pressão para exonerar secretária de saúde, Elizângela Oliveira.

Lá se vão onze meses, e a gestão do prefeito Mário Alexandre não consegue alavancar as principais metas de seu governo no ano de 2017, principalmente na área de saúde.

Segundo informações colhidas pelo Blog Agravo, alguns aliados vem aconselhando o prefeito a realizar uma reforma do seu secretariado a partir de Janeiro.

O maior desgaste é na Secretaria de Saúde, que apesar de ter apenas seis meses a frente da pasta, a secretária Elizângela Oliveira, não consegue resolver problemas básicos, a exemplo da falta de internet nos Postos de Saúde para marcação de exames. A saúde nos distritos está completamente esquecida, e o clima é de total insatisfação na base governista.

Além dos problemas administrativos, a secretária também enfrenta um desgaste junto a alguns cargos comissionados de chefia, que fazem críticas veladas a gestora.

Elizângela chegou em Ilhéus de paraquedas de Salvador por uma indicação do cacique do PSD, senador Otto Alencar, que é um grande empecilho para sua saída.

Desconfiança

Na última terça-feira foi anunciado o início dos procedimentos legais para a transferência do prédio do Hospital Geral Luiz Viana Filho para o município, e gerou grande desconfiança dos ilheenses nas redes sociais pela página do Blog Agravo.

O Blog Agravo identificou inúmeras postagens críticas levando a questão da precariedade da saúde municipal. “Como a prefeitura vai cuidar de um hospital, se não consegue cuidar dos postos de saúde? Destruíram o posto de saúde Sarah Kubitschek para uma reforma, até hoje nada”, questionou um cidadão nas redes sociais.

Sem médico há dez meses: comunidade protesta contra abandono do distrito de Banco Central

Fotos enviadas pelos moradores de Banco Central.

Em contato com a redação do Blog Agravo, moradores do distrito de Banco Central, em Ilhéus, denunciaram o descaso da administração municipal. Segundo eles, a situação é preocupante já que o posto de saúde não tem médico há 10 meses, além da estrada do distrito estar em estado lastimável.

Na última semana, um passeio ciclístico feito para comemorar o dia da criança, acabou virando um protesto contra a prefeitura de Ilhéus, com cartazes com dizeres direcionados para o prefeito Mário Alexandre. “Cuida de mim doutor” dizia o cartaz de uma mãe, ironizando o slogan de campanha de Marão.

Maquinário foi retirado de Banco Central sem realizar o conserto da estrada. Foto enviada por moradores.

Segundo o presidente da associação de moradores de Banco Central, Joanderson, a situação é preocupante. “ A comunidade de Banco Central sofre com promessas políticas. Uma total falta de respeito com os moradores que passam uma hora para percorrer o trecho de 16 Km”.

Em agosto houve uma reunião com a prefeitura de Ilhéus que prometeu que em setembro iria iniciar o patrolamento da estrada, mais o maquinário que estava na comunidade foi retirado e o serviço não foi feito.

Resposta da Prefeitura de Ilhéus

O Blog Agravo entrou em contato com a superintendente de Interior, Angelito Dias, que justificou a retirada do maquinário, alegando que foi feita pelo governo do Estado, a quem as máquinas pertencem. “ O prefeito Mário e a deputada Ângela entraram em contato com a Superintendência de Infraestrutura de Transportes da Bahia e o maquinário deve voltar essa semana. Estamos com a retroescavadeira Hidráulica lá cortando cascalho, para jogar”.

No caso da falta de médico, o Blog Agravo tentou contato com a secretaria de saúde por intermédio da SECOM, que não retornou com uma posição.

Ilhéus: O abandono paisagístico e a falta de asseamento de nossas praças

Por Jamesson Araújo

Praça JJ Seabra completamente abandonada. Foto Jamesson Araújo.

No último sábado (14), o prefeito Mário Alexandre defendeu agenda Turística entre as cidades circunvizinhas da Costa do Cacau. Apesar das iniciativas positivas da secretaria de Turismo neste 10 meses, o governo municipal precisa de auto-análise para falar de Turismo.

Ilhéus tem problemas pequenos, com soluções baratas, que poderiam ajudar não só nas áreas turísticas, mas também na qualidade de vida dos ilheenses. Um desses problemas é o abandono das praças. Algumas dessas praças que passaram por urbanismo nas gestões passadas como as praças do Pontal e Rui Barbosa, carecem de atenção imediata por parte da secretaria de serviços públicos, que falha ao pensar que o único objetivo é manter Ilhéus limpa. É revoltante não ver flores em nossas praças, um dedo de paisagismo, pequenos detalhes que mudam a autoestima do ilheense.

Estátua de Sapho – Única na America do Sul, fica na Praça J. J. Seabra em frente ao Palácio Paranaguá.

O que falar da praça JJ Seabra ? Sinônimo de incompetência das gestões no quesito especificado acima. O pior, tornou-se morada de mendigos que ali fazem suas necessidades fisiológicas, usam drogas, e sofrem com o abandono do poder público. Vale lembrar que nesta mesma praça estão as Estátuas de Sapho (unica na América do Sul) e Inverno, que passam despercebidas pelos turistas e nativos por falta destaque. ( Clique aqui para ler sobre Estátua de Sapho e Inverno).

Essa talvez seja a quinta vez que tratamos sobre o assunto, chamando a atenção do governo, que insiste na inércia.

A solução desses pequenos detalhes tem a aprovação do cidadão, a exemplo do projeto da mudança da feirinha da Guanabara que gerou um debate acalorado nas redes sociais. Somente no Facebook do Blog Agravo, mais de 20 mil pessoas debateram o projeto. Isso prova que o ilheense quer pequenas mudanças que interferem diretamente em suas vidas, com o governo gastando pouquíssimo. Estima-se que a mudança da feirinha e a reurbanização vão custar menos de R$ 300 mil reais.

Os ilheenses querem saúde e educação, mas também vida social, sendo as praças opções de lazer e interação, principalmente para as famílias e crianças.

A quem interessa o sucateamento do SAMU de Ilhéus ?

Funcionários do SAMU de Ilhéus fazendo café em um fogão improvisado. Foto publicada inicialmente no Blog Rumas em Notícia.

Uma imagem estarrecedora circulou na última semana e afirmavam ser do SAMU de Ilhéus. Na quinta-feira (28)  surgiu a confirmação de que a imagem é o reflexo da precariedade do SAMU de Ilhéus, onde muitos profissionais, entre eles médicos, já estão pedindo demissão por falta de condições de trabalho.

A imagem a qual nos referimos é a de um funcionário da Secretaria de Saúde de Ilhéus, lotado no SAMU, dentro da repartição cozinhando usando dois blocos e lenha. Segundo alguns prepostos do SAMU ouvidos pelo Blog Agravo, a situação é imaginável, onde falta água potável, material de limpeza, entre outras ocorrências graves.

Vale salientar que parte dos recursos do SAMU é repassado pelo governo federal, e segundo dados do Fundo Nacional de Saúde já caíram na conta da Secretaria de Saúde de Ilhéus R$ 756.000,00 ( Setecentos e cinquenta e seis mil reais), somente no mês de setembro foram 84 mil reais.

Em bate papo com um preposto do SAMU que pediu para não ter seu nome divulgado, foram questionadas as intensões da secretária de saúde,  a senhora Elizângela Santos de Oliveira.

 “Há uma precariedade forçada  para que fosse alguns profissionais do SAMU a pedir demissão, decretar estado de emergência, para colocar pessoas ligadas a ela e ao grupo político que ela representa.”, disse a fonte.

Segundo informações, o conselho de Saúde do Município de Ilhéus já está acompanhando o caso.

O espaço está aberto para a secretária explicar o inexplicável: A falta de condições de trabalho no SAMU.

Vale lembrar que há poucos meses denunciamos algumas situações revoltantes no SAMU. Confira nos links abaixo :

Cuida de mim Doutor ! Samu de Ilhéus está com todas as ambulâncias quebradas.

Denúncia do Blog Agravo sobre ambulância do Samu quebradas repercute a nível nacional

Ilhéus: Jailson Nascimento desiste de ocupar Secretaria de Agricultura

Jailson Nascimento.

O ex-vereador Jailson Nascimento, indicado pelo PSB para ocupar  a Secretaria de Agricultura no acordo político com o governo municipal, desistiu do cargo devido à exigência jurídica para renunciar a presidência do sindicato dos taxistas de Ilhéus. Segundo a legislação, Jailson não poderia ocupar as duas funções ao mesmo tempo.

Na tarde desta segunda-feira, o Blog Agravo bateu um papo com Jailson, que lamentou o impasse e já informou ao prefeito e ao PSB que vai continuar no sindicato.

Agora o PSB/ Ilhéus procura um novo nome em seu quadro de filiados para indicar à pasta de agricultura.

No jogo político, um embate desnecessário

Cacá falou em Itabuna, Alisson respondeu pelo governo em Ilhéus. Fotomontagem Blog Agravo.

Nas rodas políticas de Ilhéus, ninguém entendeu a resposta áspera do governo à entrevista do ex-vice-prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões à rádio Nacional de Itabuna, que não teve nenhuma repercussão junto à população ilheense.

Cacá, que está afastado da política e passa os dias da semana em suas lojas em Itabuna, teve seu nome revivido e consequentemente lembrado pelos eleitores, quando o secretário Alisson Mendonça lhe rebateu no programa da manhã de maior audiência do rádio ilheense, O Tabuleiro.

Na troca de ego de quem “fez” e quem deixou de fazer, a avaliação é que o primeiro round foi insignificante.

Martelo batido! PSB vai entrar no governo de Mário Alexandre

Jailson Nascimento vai ocupar secretaria de agricultura na cota do PSB.

O PSB vai participar oficialmente do governo do prefeito Mário Alexandre. Segundo informações colhidas pelo Blog Agravo, a secretaria de Agricultura foi oferecida pelo governo e aceita pelo PSB.

O nome escolhido pelo partido para ocupar a secretaria é o do ex-vereador Jailson Nascimento, que tem o aval não só do diretório, mas dos três vereadores do PSB que compõem a base do governo no legislativo ilheense.

A entrada do PSB oficialmente no governo foi uma articulação direta do secretário de relações institucionais, Alisson Mendonça, do presidente da câmara Lukas Paiva, e dos vereadores Nino Valverde e Fabrício Nascimento.

Setores do comércio e da indústria em Ilhéus ganham investimentos de 200 milhões de reais

Área onde o Grupo Assaí será implantado em Ilhéus – Foto José Nazal.

Aproximadamente 200 milhões de reais serão injetados nos próximos meses na economia de Ilhéus, resultado de duas grandes iniciativas empresariais nos setores da indústria e do comércio. As boas perspectivas da economia local e um programa de atração de novos investimentos, idealizado pela administração municipal em parceria com o Governo do Estado, começam a surtir efeito positivo. Para além da circulação de uma significativa cifra de recursos privados, estima-se abrir cerca de 400 novos empregos diretos no município.

O processo para a construção da unidade varejista do Grupo Assaí, em Ilhéus, está em curso. De acordo com o vice-prefeito e secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal Pacheco Soub, no momento a Prefeitura avalia os detalhes urbanísticos do projeto.  A rede brasileira de atacado de autosserviço, pertencente ao Grupo Pão de Açúcar, já oficializou o pedido de instalação.

Parecer – Para ser iniciada a obra de 40 milhões de reais, no KM 6 da Ba-001, entre Ilhéus e Olivença, o grupo aguarda um parecer da Superintendência de Infraestrutura e Trânsito, órgão do Governo da Bahia vinculado à Secretaria de Infraestrutura (SEINFRA), que analisa o projeto da faixa de desaceleração que ficará no domínio da rodovia. “Assim que a faixa de supressão for liberada pelo Estado, a Prefeitura vai autorizar o início da obra”, assegura Nazal.

A estimativa é de que a obra da Rede Assaí – que vai ocupar uma área de 50 mil metros quadrados – seja executada em 80 dias. Mas já a partir da licença, de acordo com José Nazal, a empresa se comprometeu a iniciar o processo de cadastramento, seleção e treinamento de colaboradores. Do total de 300 empregos diretos previsto para esta primeira etapa, apenas duas vagas serão ocupadas por colaboradores de fora da cidade. “Vamos priorizar a mão-de-obra local”, assegura o prefeito Mário Alexandre, que cuidou pessoalmente dos primeiros contatos com os empreendedores, na sede em Tatuapé, interior de São Paulo.

Na Indústria – Esta semana, a multinacional Olam (Antiga Joanes), que opera em mais de 70 países, anunciou a sua ampliação no Parque Industrial de Ilhéus. Serão 150 milhões de reais em novos investimentos que vão gerar mais 75 novos empregos diretos no município. O investimento foi oficializado em Salvador.

O protocolo de intenções assinado com o Governo da Bahia dobra a produção anual de moagem de cacau para 80 mil toneladas, serão distribuídas no Brasil e no mundo, em produtos variados como o líquor, torta, manteiga e pó de cacau.

No início deste ano, o vice-prefeito José Nazal participou da inauguração de um novo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos em Ilhéus. Um investimento de 5 milhões de reais. Na solenidade, estiveram presentes os dirigentes mundiais da indústria e o vice-governador da Bahia, João Leão.

Prefeito recebe o vereador Fabrício Nascimento e discute melhorias para Ilhéus

Durante reunião realizada, na manhã de ontem (01), no Centro Administrativo, no bairro da Conquista, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, recebeu o vereador Fabrício Nascimento, que esteve acompanhado por assessores, para discutir assuntos relacionados à saúde e à infraestrutura do município. O encontro tem como proposta manter o diálogo entre o Executivo e o Legislativo e estabelecer um relacionamento que proporcione maiores esclarecimentos à população ilheense.

 Durante a reunião, o vereador abordou questões importantes, a exemplo do funcionamento dos postos de saúde, realização de cirurgias, necessidade de mais profissionais para o setor e outros assuntos ligados aos bairros do Malhado, Conquista, Iguape, Pontal e Morada do Porto (Banco da Vitória). Além disso, foram discutidos atividades e projetos em andamento, de acordo com as respectivas emendas parlamentares e pedidos protocolados pelo vereador.

Participaram da reunião, os secretários municipais de Saúde, Elizangela Oliveira, de Serviços Urbanos, Jorge Cunha, de Governo, Alisson Mendonça e de Administração, Bento Lima, além do administrador do bairro do Malhado, Waldelson Carlos (Set).

 Saúde – O vereador Fabrício Nascimento pediu esclarecimento acerca da infraestrutura na saúde, da melhoria da pavimentação de ruas, da iluminação pública, entre outros. Na saúde, especificamente, o edil ouviu esclarecimentos da secretária Elizangela Oliveira sobre os avanços da licitação que envolve o posto Sarah Kubitschek. Conforme disse, o secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Hermano Fahning, assegurou a retomadas das obras o mais breve possível. “Estaremos reformando e ampliando outras unidades até o ano que vem, como os postos do Nelson Costa, da Conquista, Banco da Vitória, além de outros localizados na zona rural, a exemplo de Ponta da Tulha, Sambaituba, Castelo Novo, Pimenteira e Inema”, destacou Elizangela.   :: LEIA MAIS »

Ilhéus: Recomendação do Ministério Público pode paralisar Governo Municipal

MP pode inviabilizar os atos do governo de Mário Alexandre (foto).

A recomendação do Ministério Público para que o prefeito Mário Alexandre exonere todos os ocupantes de cargos comissionados criados pela Lei Municipal 3.863/2017, pode ocasionar um verdadeiro pandemônio administrativo, e paralisar as atividades da prefeitura de Ilhéus.

Explicamos: Caso o prefeito Mário Alexandre acate a recomendação do MP, terá que exonerar não só os cargos comissionados, mas também os secretários, sendo impossibilitado de nomear cargos de chefia, coordenação, e até mesmo os atuais e futuros convocados servidores efetivos para exercer tais funções.

Para o Ministério Público a lei 3.863/2017, a nova reforma administrativa, é inconstitucional.  Na recomendação, a promotora aponta que a norma municipal não “dispõe em seu texto acerca das atribuições” dos cargos comissionados.

Mas na lei está explícito que o detalhamento das atribuições das Secretarias será objeto de regulamentação por decreto do prefeito, que deverá ser editado no prazo de 90 (noventa) dias, a partir da publicação da lei.

Para alguns prepostos da prefeitura ouvidos pelo Blog Agravo, a partir do momento que foi aprovada a nova lei da reforma administrativa, a lei anterior foi revogada, a recomendação do MP tornaria todos os atos administrativos atuais passíveis de nulidade, por que não haveria respaldo legal.

Com toda exposição acima, os próximos dias serão de muito debate jurídico, administrativo, e claro, de muita polêmica.

Santa Casa de Ilhéus vai reestruturar hotelaria do Hospital São José e da Maternidade Santa Helena

Prefeito com Eusinio Gesteira, secretária municipal da Saúde, Elizângela Oliveira, e o vereador Gil Gomes.

A Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus obteve empréstimo junto à Caixa para investir na reestruturação da hotelaria do Hospital São José e Maternidade Santa Helena e quitar dívidas antigas com fornecedores. Hoje (4), o provedor Eusínio Lavigne garantiu que a operação só foi possível, graças a decisiva participação do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e da secretária municipal da Saúde, Elizângela Oliveira.

Os recursos liberados foram obtidos através da linha de crédito “Caixa Hospitais”, destinada às entidades filantrópicas. Como o desconto da prestação será feito na fonte, ou seja, o dinheiro nem passará pelas mãos dos gestores da Santa Casa, por isso era preciso ter uma autorização do prefeito – já que no município a saúde é municipalizada – para a consolidação da operação bancária. “Eles deu a declaração, mostrando o seu perfil de gestor que quer o bem da cidade e de suas instituições”, disse Eusínio.

Ajuda decisiva – Em nota, a direção da Santa Casa elogiou a postura do prefeito Mário Alexandre em permitir o empréstimo para obter recursos para melhorar os serviços médico-hospitalares das duas unidades. De acordo com a direção da Santa Casa, 80 por cento dos leitos do hospital e da maternidade, são disponibilizados para a saúde pública, através do Sistema Único de Saúde (SUS).

Por mês, a Santa Casa realiza, em média, 300 partos, 2.435 atendimentos de Pronto Socorro e 2.796 atendimentos ambulatoriais. São, também, realizadas 418 cirurgias e 718 Pacientes são internados nos seus leitos. “Com a liberação de recursos através do “Caixa Hospitais”, a Santa Casa obteve crédito para continuar prestando serviços de qualidade à população, aproveitando vantagens oferecidas com prazos e taxas especiais”, afirmou Mário Alexandre.

Câmara aprova projeto de lei que muda estrutura administrativa da prefeitura de Ilhéus

Câmara plenário.

A Câmara de Vereadores aprovou na sessão desta terça-feira (23) a Lei N° 40/2017, elaborada pela Prefeitura de Ilhéus. A lei dispõe sobre a nova estrutura organizacional do Executivo, revogando a lei nº 3.813 de 2016. O objetivo é adequar a estrutura administrativa com o orçamento e planejamento traçados pela nova gestão bem como corrigir erros pontuais que existiam na antiga lei.

No projeto são observadas todas as funções exercidas pelos profissionais do quadro da Prefeitura de Ilhéus, distribuindo todo sistema administrativo de acordo com funções de assessoramento, sistêmicas, finalistas, descentralizadas, alcançando também os órgãos colegiados.

O projeto do teve um voto contra, o do vereador Makrisi Sá (PT). A nova lei passa a vigorar a partir da sanção do prefeito Mário Alexandre.

Mário Alexandre encaminha nova reforma administrativa para Câmara de Vereadores

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, encaminhou na última quarta-feira (26) o projeto de Lei Nº 40/2017, que propõe uma nova reforma administrativa na prefeitura de Ilhéus.

Na quarta-feira o projeto foi colocado para leitura no plenário e encaminhado para a comissão de justiça para ser analisado.

Alguns vereadores criticaram a falta da Secretaria de esporte, que vai continuar como diretoria, subordinada à outra pasta.

Segundo levantamento feito pelo Blog Agravo, a nova reforma vai ocasionar um crescimento R$ 300 mil reais/mês na folha de pagamento, comparado a gestão do ex-prefeito Jabes Ribeiro.

Juntamente com a reforma, chegou à Câmara outro projeto de Lei, que pede uma suplementação em mais de 20 milhões de reais.

Os dois projetos devem começar a ser analisados pelo plenário nesta terça-feira (02).

mega turbonet

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia