WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hospital sao jose secom bahia prefeitura ilheus transporte ilegal

:: ‘Ilhéus’

Do luxo ao relento: Ex-secretário de Desenvolvimento Social de Ilhéus foi preso curtindo em Itacaré

Momento da prisão na Pousada Villa N’Kara. – Foto: Itacaré Informa

Monitorado pela Polícia Civil, o ex-secretário de Desenvolvimento Social de Ilhéus, Kácio Clay Silva Brandão, teve suas férias encurtadas, e foi preso em Itacaré por volta das 8h de ontem (21), na Pousada Villa N’Kara. Kácio Brandão estava acompanhado da namorada, e foi preso pelo Serviço de Inteligência de Salvador, juntamente com o Promotor de Justiça e com apoio de uma Guarnição da 72ª CIPM, de acordo com informações do Blog Itacaré Informa.

Conhecido por ostentar, Kácio é considerado do núcleo político Jabista,  com forte ligações com o deputado federal Roberto Britto, tanto que em 2014, coordenou a campanha do parlamentar em Ilhéus. Nas eleições de 2016, Kácio foi acusado por adversários de montar uma equipe para monitorar, criar perfis fakes  e espalhar boatos nas redes sociais, e comandar o Blog do Profeta, que era usado por Jabistas pata atacar adversários.

Os cinco homens presos na operação, estão desde a terça-feira no presídio Ariston Cardoso em Ilhéus. De acordo com o procedimento da unidade, todos tiveram que raspar a cabeça e estão num local separado da carceragem comum, por terem ensino superior completo.

O nome da operação “Citrus” é uma referência à quantidade enorme de laranjas identificados pela investigação, que intermediaram transações financeiras fraudulentas tanto na constituição das empresas como na utilização de dinheiro ilícito. A operação foi deflagrada pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI).

Ilhéus: PETO 70 apreende arma no Teotônio Vilela

Na noite da terça–feira (21) realizando rondas de rotina no bairro Teotônio Vilela, por volta das 19h na Rua São José, os policiais da PETO 70 se depararam com Emerson Ambrósio dos Santos. Ao realizar a busca pessoal encontraram 01 revólver calibre .38 com 03 cartuchos intactos. O meliante e a arma apreendida foram apresentados na 7ª COORPIN. Participaram da ação os policiais Sd Matheus, Sd Neves, Sd A. Dultra, Sd E. Brandão.

MP afirma que Enoch usava esposa, irmão e funcionários como laranjas

MP AFIRMA QUE ENOCH USAVA ESPOSA, IRMÃO E FUNCIONÁRIOS COMO LARANJAS

Enoch e esposa

Do Tabuleiro – Em entrevista concedida ao comunicador Vila Nova, o promotor público, Frank Ferrari afirmou que o empresário Enoch Andrade Silva usava a esposa Thayane Santos Lopes como laranja. O promotor disse ainda que outros funcionários e o irmão de Enoch também foram usados por ele para praticar crimes de fraudes à licitações via contratos, peculato, associação criminosa, lavagem de dinheiro, e possivelmente corrupção ativa e passiva. Enoch foi conduzido a prisão nesta terça (21) durante a operação Citrus, deflagrada pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI)

De acordo com o promotor, o vereador Jamil Ocké constitui o núcleo político desse esquema de desvio de verbas públicas, juntamente com o seu ex-assessor e sucessor da Secretaria de Assistência Social, Kácio Brandão. O Ministério Público ainda não sabe se as pessoas que foram utilizadas como laranjas tinham conhecimento do crime que estavam praticando ou eram enganadas.

Como funcionava

Segundo o Ministério Público as empresas investigadas na operação Citrus foram criadas basicamente para contratar com a prefeitura e a câmara de Ilhéus. As empresas investigadas participavam das licitações, restringiam os concorrentes, ganhavam os contratos e operavam o esquema, afirma o promotor.

Jamil é um dos elos do esquema criminoso, diz MP

 

Alvo do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) do Ministério Público do Estado da Bahia, Jamil é considerado pelas autoridades como um dos elos da organização criminosa na administração pública.

O nome da operação “Citrus” é uma referência à quantidade enorme de laranjas identificados pela investigação que intermediaram transações financeiras fraudulentas tanto na constituição das empresas como na utilização de dinheiro ilícito

Todos os mandados foram de prisões temporárias, de cinco dias, podem ser prorrogados por mais cinco dias, dependendo da investigação.

Segundo informações do delegado responsável pela 7ª Coorpin, Evy Paternostro, o vereador Jamil Ocke e o ex-secretário Kacio Brandão vão ser levados para o presídio Ariston Cardoso.

Detidos na mesma operação, o empresário Enoch Andrade Silva, proprietário da empresa Andrade Multi Compras, Wellington Andrade Novais e Lucival Bomfim Roque também serão conduzidos ao Ariston Cardoso. Thayane Santos Lopes, única mulher presa, será levada para o presídio de Itabuna.

Polícia prende figurões do grupo Jabista

Na manhã dessa terça-feira (21) uma mega operação da Polícia Civil acordou os ilheense, prendendo figurões da do grupo Jabista. Segundo informações, o vereador e ex-secretário de Assistência Social, Jamil Ocké, outro ex-secretário da mesma pasta, Kácio Brandão, foram presos na operação em suas residências. Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) do Ministério Público do Estado da Bahia dará uma coletiva às 10 horas sobre a operação.

Fraudes e superfaturamento em licitação são alvo de operação em Ilhéus

Foto: Jamesson Araújo

Seis pessoas foram presas em uma operação deflagrada pelo Ministério Público estadual na madrugada desta terça-feira, dia 21, no município de Ilhéus, para desmantelar um grupo criminoso que praticava fraudes e superfaturamento em procedimentos licitatórios realizados pela Prefeitura Municipal de Ilhéus. Denominada “Operação Citrus”, a ação é realizada pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI) e suporte operacional da Polícia Civil, através do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e do Departamento de Polícia do Interior (Depin). Além dos seis mandados de prisão, estão sendo cumpridos seis mandados de condução coercitiva e 25 mandados de busca e apreensão.

Segundo apurado em investigação realizada pelo MP, o grupo opera desde 2009 celebrando contratos com o Município de Ilhéus para o fornecimento de bens diversos utilizando as rubricas genéricas de “gêneros alimentícios” e “materiais de expedientes/escritório”. O esquema contava com a participação de agentes públicos do primeiro escalão do governo municipal e, conforme comprovado no período da investigação, as empresas envolvidas receberam mais de R$ 20 milhões decorrentes de contratações com a Prefeitura Municipal de Ilhéus. As empresas são a Marileide S. Silva de Ilhéus, Mariangela Santos Silva de Ilheus EPP, Thayane L. Santos Magazine ME, Andrade Multicompras e Global Compra Fácil Eireli-EPP, todas geridas por Enoch Andrade Silva. Também foi identificada a participação do empresário Noeval Santana de Carvalho, que celebrava contratos irregulares com o Poder Público para fornecimento de merenda escolar.

Noite de terror na zona norte de Ilhéus termina com dois mortos

Na noite da segunda-feira (20) moradores do Alto da Legião, e parque Infantil, todos localizados na Zona Norte de Ilhéus, passaram uma noite de terror,  em uma verdadeira praça de guerra devido ao confronto entre duas facções e a Polícia Militar.

Segundo informações policiais, uma guarnição do PETO 70 se deslocou até o Alto da Legião para averiguar troca de tiros entre facções rivais, quando se depararam no local com três meliantes armados que dispararam contra a viatura e empreenderam fuga.

Uma nova denúncia informou que alguns meliantes envolvidos na troca de tiros estavam em um matagal, atrás do antigo Rondelli. Que levou as guarnições da Rondesp Sul, PETO 68, Rotam do 70 e 68, a chegarem em apoio a diligência.

Novamente os policiais foram recebidos a tiros, e no revide dois indivíduos foram baleados e socorridos para o Hospital Regional Luiz Viana Filho, onde o médico de plantão atestou os óbitos. Os meliantes mortos no confronto foram identificados como Bruno Nascimento, vulgo Jabá, e Franceudes Santana Bomfim, vulgo Toquinho.

Nas redes sociais, áudios de moradores narrando os confrontos com sons de tiros ao fundo, e fotos de pessoas embaixo das camas, totalmente assustadas, mostravam que a situação foi desesperadora.

 Também nas redes sociais, a ação da polícia foi bastante elogiada por interferir na guerra do trafico que vem levando o terror e ameaçando a paz dos moradores dos altos da zona norte de Ilhéus.

Confira o áudio de um morador do Alto da Legião :

Amistoso do Colo Colo apresentou novo elenco para 2017

O novo elenco de jogadores do Colo Colo Futebol e Regatas estreou, com pé direito, na temporada 2017. No amistoso realizado pela equipe na tarde de domingo, 19, no Estádio Mário Pessoa, contra o selecionado chamado de “Time das Estrelas”, o Tigre aplicou uma goleada de 6 a 0. Os gols foram marcados por Wagner, 3, Paulo César, 2, e Lucas, 1.

O principal objetivo da partida foi apresentar à torcida ilheense os novos jogadores que disputarão a segunda divisão do Campeonato Baiano, que começa em abril. O evento foi realizado pela CVL Alpha Sports, empresa que administra o clube, em parceria com a Prefeitura de Ilhéus, através da Secretaria de Turismo e Esportes.

O time das Estrelas contou com a presença de jogadores campeões baianos de 2006 pelo Colo Colo, destaques nacionais como Marcelinho Carioca, Bebeto, Amaral e Viola, além de autoridades convidadas, como o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, o deputado federal, Bebeto Galvão, e o presidente da Câmara de Vereadores, Lukas Paiva.

O atual técnico da equipe de futebol representante de Ilhéus no certame profissional, Sebastião Rocha, mostrou-se bastante satisfeito com o trabalho inicial de preparação e acredita numa boa participação do clube, a fim de selar o retorno do Colo Colo à elite do futebol baiano.

Segundo a secretaria municipal de Turismo e Esportes, a preparação do estádio para o amistoso foi uma ação conjunta entre o órgão e a atual administração do clube. A Federação Baiana de Futebol já recebeu os laudos relativos à estrutura, segurança, dentre outros itens exigidos. A reforma dos vestiários, alambrado e limpeza geral do equipamento, além da revisão no sistema hidráulico dos sanitários e vestuários estarão finalizadas até a estreia do Tigre no campeonato.

Já a diretora de Marketing da CVL Alpha Sport, Kathllen Ribeiro, falou da parceria fundamental com a Secretaria de Turismo e Esportes e disse que a contribuição da Prefeitura, com pintura e reparos na iluminação e no gramado, foi primordial para que esse jogo acontecesse. “A intenção é dar continuidade a este trabalho, para que tudo possa correr bem, e assim possamos conquistar novos títulos com o Colo Colo”, pontuou.

Por sua vez, Mário Alexandre afirmou que sentiu uma emoção diferente, não só em jogar ao lado de craques do futebol, mas em ver o quanto o povo ama o Colo Colo, por isso o compromisso em ajudar a resgatar um patrimônio da terra. “Não podemos esquecer o incrível feito do time em 2006, quando se sagrou campeão baiano ao vencer o Vitória na final daquele campeonato”, salientou o prefeito.
O Tigre segue agora sua jornada de treinamentos e amistosos, visando a preparação para o Campeonato Baiano da segunda divisão. Para conseguir o acesso, o Colo Colo Futebol e Regatas precisa ser novamente campeão do torneio, algo que aconteceu em 1999 e 2014. A competição começa em abril.

Reforma da Previdência é debatida entre deputado E trabalhadores em Educação

A manhã desta segunda-feira (20/03), na agenda de mobilização da APPI/APLB para a greve Geral, foi marcada pela realização de um debate sobre a Reforma da Previdência entre Trabalhadores da Educação e deputados federais da região (foram convidados também os deputados de outras regiões que tiveram mais de mil votos pelo Sul da Bahia). Compareceram ao chamado os deputados Bebeto Galvão (PSB/Ba.) e a representação do mandato de Davidson Magalhães (PC do B/Ba.), através do presidente do Sindicato dos Bancários de Ilhéus, Rodrigo Cardoso. Além dos convidados, ocuparam a mesa do evento o presidente da APPI, Osman Nogueira e a coordenadora regional da APLB, Ruth Menezes.
 
“Os fundamentos das reformas propostas pelo governo têm lugar no liberalismo econômico, na desregulamentação do mercado de trabalho e, nesse mesmo caminho, na Reforma da Previdência. Todas as mudanças atendem ao interesse de setores das elites e das representações patronais que querem ocupar o poder e, como consequência, os trabalhadores do Brasil serão atingidos individual e coletivamente”, alertou o deputado Bebeto Galvão.
 
O representante do deputado Davidson Magalhães – que não compareceu por compromissos de agenda já assumidos anteriormente – fez uma análise de como as reformas, bem como a emenda à constituição que proibiu o aumento real de investimentos públicos por vinte anos, inserem-se na política de estado mínimo, proposta pelo PMDB no projeto ‘ponte para o futuro’. “Esses eram os compromissos assumidos pelo atual presidente Temer com o grande capital financiador e avalizador do processo de interrupção do mandato de Dilma Rousseff. O deputado Davidson Magalhães é contra a Reforma da Previdência e, inclusive, editou uma cartilha sobre o assunto que foi distribuída no evento da APPI”, destacou o sindicalista Rodrigo Cardoso.
 
Como parte do evento, os participantes também foram informados sobre a agenda de atividades da APPI para esta segunda semana de mobilização. “Nunca foi tão importante cada pessoa ter consciência de seu papel social. Estamos realizando panfletagens e indo às escolas conversar com professores sobre as reformas trabalhista e previdenciária e estamos centrando a greve na discussão de como o trabalhador será o mais prejudicado, revelando que o que está por trás das mudanças, na verdade, é um amplo movimento de privatização da Previdência, Saúde e demais setores”, esclareceu Enilda Mendonça, Secretária Intermunicipal da APPI.

PETO 70 apreende arma no Alto do Amparo

Durante incursão no Alto do Amparo, Zona Norte de Ilhéus, o Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), do 70ª CIPM, se deparou com três indivíduos armados, que ao perceberem a chegada da guarnição, evadiram em direção a um matagal.

Durante as buscas localizaram o menor H.S.G portando um revólver calibre 38 com numeração suprimida. O meliante e a arma apreendida foram apresentados na 7ª COORPIN.

Participaram da operação os Sds.Matheus, Neves, A. Dutra, Everaldo Brandão.

Resgate Solidário: a ajuda que a população de Ilhéus precisava

Ilhéus conta hoje com uma renomada organização cujo objetivo é cuidar de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Sua sede foi inaugurada em novembro de 2016, mas o trabalho vem sendo desenvolvido desde meados de 1993, pelo fundador Job Veríssimo. Job é radialista e há anos realiza trabalho social com população carente.

Uma equipe de voluntários oferta atividades, lanche, esporte, saúde, educação, cestas básicas às famílias que participam do projeto. São famílias geralmente chefiadas por mulheres que em sua grande maioria não podem arcar com os custos da casa. Para facilitar o acesso dessas mulheres e de seus filhos à saúde, a entidade oferece uma espécie de ticket para que elas possam ter atendimento mais rápido nas unidades de saúde municipais. O respeito aos ser humano é o maior alvo da instituição.

A instituição está localizada à Avenida Lindolfo Collor, 935, Malhado. Interessados em conhecer o trabalho e ajudar, podem entrar em contato através do número (73) 988977802, pela página Resgate Solidário no Facebook ou acessando o site www.resgatesolidario.com.br. Quem quiser colaborar com o projeto, pode utilizar a agência 160 do Banco do Nordeste pela conta corrente 27903-8.

Câmara de Ilhéus proporcionou debate sobre meio ambiente

Na noite da quinta-feira, 16, a Câmara Municipal de Ilhéus abriu as portas para falar do Meio Ambiente. Em diálogo com a Campanha da Fraternidade 2017, que este ano tem como tema “Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”, os vereadores convidaram representantes de diversos setores da sociedade com o objetivo de discutir as questões pendentes sobre as políticas ambientais do município de Ilhéus.

Os vereadores Paulo Meio Quilo, Makrisi, Juarez Barbosa e Gil Gomes conduziram o seminário. A princípio, a maioria dos integrantes da mesa posicionou-se rapidamente sobre o tema, apontando os pontos fortes e fracos da situação atual do Meio Ambiente em Ilhéus. O vice-prefeito e historiador José Nazal se destacou em sua fala, pois além de palavras, trouxe imagens antigas e atuais da cidade, demonstrando os impactos do crescimento desordenado do município. “Ilhéus é uma cidade com tantas belezas naturais que inúmeras pessoas ao redor do mundo nos visitam e acabam ficando, isso é indiscutível. Mas se a gente não contiver as agressões ambientais que estamos sofrendo com o passar do tempo, Ilhéus será uma cidade com baixíssima qualidade de vida muito em breve”, declarou José Nazal.

A sessão especial se caracterizou também pelo encontro ecumênico. Entre os representantes da mesa ofeicial, estavam Dom Mauro Montagnoli, bispo diocesano de Ilhéus e Mãe Almerinda de Souza, do Terreiro Ilê Axé de Luando, ambos preocupados com os rumos que a nossa região está tomando com relação aos cuidados com o Meio Ambiente. “Essa noite é muito importante para a nossa comunidade, pois vamos refletir sobre a nossa situação real. Temos que tomar consciência para podermos dar continuidade à vida no planeta” afirmou o bispo.

Além deless, compareceram à mesa: Emílio Gusmão, superintendente de Meio Ambiente de Ilhéus; Ruben Armua, superintendente do Ibama na Bahia; Marcell Moraes (PV), Deputado Estadual e Presidente da Comissão de Meio Ambiente do Estado da Bahia; entre outros convidados que enriqueceram o debate. Vale destacar também, as presenças de Maria do Socorro Mendonça, presidente do Instituto Nossa Ilhéus, Padre Cristo e Maria D’ajuda, representando a Cáritas Diocesana de Ilhéus.

Segundo o vereador Makrisi, “é Importante para nós, cristãos e cristãs, que militamos nos movimentos da Igreja, possamos também discutir temas importantes para a sociedade como este, por isso o caráter ecumênico dessa audiência e os meus agradecimentos a todos os presentes neste plenário”, declarou o edil.

 

Ilhéus: Polícia Militar salva dentista de sequestro

Na tarde deste sábado (18), a Polícia Militar, por intermédio da Rondesp Sul, conseguiu frustrar um sequestro na Rodovia Ilhéus/Itabuna.

A vítima, um dentista de nome Paulo Henrique Almeida de Melo foi assaltado e sequestrado em seu veículo Toyota Hilux SW4, placa OKZ-6100, em Itabuna. Informado pela CICON, as guarnições da Rondesp interceptaram o veículo sentido a Ilhéus, no bairro Salobrinho.

O veículo foi recuperado e a vítima liberada. O sequestrador, identificado como Enock Vespasiano de Assunção Júnior, 21 anos, foi encaminhado para a Delegacia de Itabuna para adoção das medidas legais cabíveis.

Prefeitura de Ilhéus explica valores do contrato transporte escolar

O secretário de Administração, Bento Lima, considera que a licitação trouxe diversas vantagens para a municipalidade – Foto Clodoaldo Ribeiro.

Na ultima terça-feira (14) o Blog Agravo trouxe com exclusividade o valor do contrato do transporte escolar no governo de Mário Alexandre, fazendo um comparativo com o mesmo serviço no ex- governo do prefeito Jabes Ribeiro. ( Clique aqui para ler)

A empresa Dzset Transporte e Logística Ltda-Me foi contratada no valor de R$ 5.523.000,00 (cinco milhões e quinhentos e vinte três mil reais), bem acima do contrato do governo anterior.

O Blog Agravo questionou os valores, e na última quarta-feira 16, a prefeitura de Ilhéus convocou uma coletiva com a imprensa para explicar e fazer o comparativo dos contratos, presente e anterior.

A secretaria municipal de Educação informou que o transporte e a merenda escolar são prioridades como parte da estratégia do governo para oferecer um ensino de qualidade. Para isso, a prefeitura realizou uma licitação para contratação de empresa de transporte escolar, que já está atendendo à população estudantil da extensa zona rural de Ilhéus. A vencedora, DZ7, tem experiência comprovada no segmento, com prestação de serviços em diversos municípios baianos e também para o Governo do Estado.

O novo contrato prevê o pleno atendimento a 26 linhas, contra apenas 11 linhas que vinham sendo contempladas pelo serviço, até o final de 2016, além de um melhor padrão de serviços, mais condizentes com a estratégia educacional desenhada pela nova gestão, para aperfeiçoar o sistema e atender bem aos cidadãos. O atual contrato impede, também, a substituição de ônibus, micro-ônibus e vans, por kombis, por exemplo, prática que vinha se repetindo, devido à falta de controle e de fiscalização sobre os serviços executados.

O secretário de Administração, Bento Lima, considera que a licitação trouxe diversas vantagens para a municipalidade, como a diminuição de custos e a importância de aspectos que impeçam a repetição de irregularidades como algumas levantadas pela Controladoria Geral da União – CGU, ao auditar a licitação e o contrato dos serviços de transporte escolar, realizados pelo governo anterior. “A Prefeitura pagará por quilômetro rodado, abolindo o pagamento por diária do serviço, como vinha acontecendo”, explica Bento.

Para definição dos preços foram consideradas as condições das estradas em cada rota, o que resulta em valores diferentes pelo serviço. “Assim, evitamos a possibilidade de alteração do pagamento por uma linha mais extensa, quando o serviço é prestado numa linha menor. Na prática, a nova contratação, no valor de 5,5 milhões de reais, atende a mais do que o dobro de linhas que vinham sendo praticadas, a um custo relativamente menor. Caso fosse aplicado aos serviços prestados atualmente, o previsto no contrato vencido, o município estaria pagando até 660 mil reais, por mês, ao passo que pelo contrato e preços atuais esse teto não ultrapassará 435 mil reais, com uma diferença de 225 mil reais”, explica o secretário.

Ao mesmo tempo, a Prefeitura de Ilhéus está recuperando a frota própria de ônibus escolares, num total de 17 veículos, para reutilização do transporte de estudantes. Segundo a secretária Eliane da Silva, ao assumir a Secretaria de Educação, encontrou a frota inoperante, com todos os ônibus do programa Caminho da Escola sem condições de uso, devido a falta de manutenção. Desde então, a Prefeitura já recolocou oito veículos em condições de uso, e prevê que mais três poderão entrar em funcionamento até a próxima semana, com a possibilidade de toda a frota própria esteja rodando até o final de abril. “Infelizmente, pelos nossos levantamentos, dois ônibus são irrecuperáveis, devido ao péssimo estado de conservação, haja vista que o custo elevado inviabiliza tal recuperação. É lamentável, porque quanto mais ônibus próprios para atender à demanda, menos terceirizados prestando os serviços e, consequentemente, menor despesa para o município”, disse Eliane.

maio 2017
D S T Q Q S S
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia