WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura de ilheus




:: ‘estudantes’

Estudantes da região Sul da Bahia apresentam projetos de iniciação científica na UESC

Estudantes apresentam trabalho na UESC

Estudantes da rede estadual de ensino estão apresentando projetos de iniciação científica no II Encontro de Ciência, Leitura e Criatividade (ENCILEC), que começou nesta quinta-feira (13) e segue até sábado (15), no auditório da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), em Ilhéus. As pesquisas estudantis foram desenvolvidas no âmbito do Projeto Ciência na Escola, ação estruturante da Secretaria da Educação do Estado para fomentar o estudo das ciências em sala de aula. A atividade envolve 145 estudantes de escolas estaduais localizadas nas cidades de Itabuna, Ilhéus, Itajuípe, Arataca, Ibicaraí, Almadina, Uruçuca e Gandu.

A estudante Laís Ramos, 17 anos, do 3º ano do Centro Integrado Oscar Marinho Falcão (CIOMF), localizado na cidade de Itabuna (455 Km de Salvador), está apresentando seu projeto ‘A utilização de óleo residual na produção de sabão: uma alternativa viável para as donas de casa e o meio ambiente 2.0’. Ela fala sobre a participação no ENCILEC. “O projeto do sabão ecológico e empreendedorismo na escola consiste no reaproveitamento do óleo de cozinha que, após o seu uso, é descartado de maneira incorreta, podendo causar vários danos. E com a fabricação do sabão, ele pode ser comercializado, sendo uma de fonte renda e uma forma de empreendedorismo. Estou feliz de estar aqui para apresentar meu projeto, poder ensinar e aprender muita coisa”, revela.

Seu colega, Leonardo Gomes, 15, 1º ano, também do CIOMF, montou um banner para apresentar sua pesquisa sobre o ‘Buraco Negro’, que é uma região do espaço da qual nada, nem mesmo partículas que se movam na velocidade da luz, podem escapar. “Sempre tive curiosidade para saber e estudar sobre o Buraco Negro e, assim que tive a oportunidade na escola, apostei nas pesquisas. Está sendo uma boa experiência e um grande momento de valorização dos nossos estudos que quero aproveitar para passar da melhor forma as explicações sobre minha pesquisa, conhecer novos projetos científicos e saber mais sobre ciência”, contou. :: LEIA MAIS »

Estudantes de Itabuna discutem tendências e possibilidades da Comunicação Visual

Foto: Divulgação

Os estudantes do curso técnico em Comunicação Visual do Centro Territorial de Educação Profissional do Litoral Sul II (CETEP), localizado em Itabuna (445 km de Salvador), participaram, na quarta-feira (5), da segunda edição do Seminário de Comunicação Visual que teve como tema “Tendências e Possibilidades”. O objetivo foi envolver os estudantes e toda a comunidade escolar na discussão de temas voltados para a futura área de atuação.

A estudante Letícia Magnavita, 18 anos, foi uma das palestrantes do evento e falou sobre as tendências atuais sobre animações gráficas. “Foi muito interessante dialogar com os colegas sobre Motion Graphics, que são animações gráficas feitas no computador com interação de ícones, textos e imagens usadas em propagandas e vídeos promocionais”, afirmou.

Para Caroline de Jesus, 17, as discussões ampliaram seus conhecimentos. “Achei o seminário muito interessante, pois foram abordados muitos assuntos que fazem parte da rotina na nossa futura profissão, a exemplo da palestra do empresário Lucas Lemos, que tem uma agência de propaganda”, afirmou a estudante. :: LEIA MAIS »

Aberto prazo para renovação de contratos do Fies celebrados até 2017

Reprodução

Está aberto o prazo de renovação da participação no programa de financiamento estudantil (Fies) para contratos celebrados até dezembro de 2017. A manutenção do benefício deve ser registrada no sistema do Ministério da Educação até o dia 31 de outubro deste ano.

O Fies é o programa de financiamento estudantil voltado a instituições de ensino particulares. Ele oferece empréstimos a alunos que desejam ingressar em cursos nessas universidades e faculdades, com percentuais variando a partir da renda dos candidatos e de outras variáveis. Para este ano, as regras do programa foram alteradas.

A renovação vale para quem está nas regras vigentes até 2017. Ela deve ser feita pelas Comissões Permanentes de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) de cada instituição de ensino. Os alunos devem acompanhar esse processo por meio do sistema do MEC para verificar se o pedido foi encaminhado, se os dados estão corretos e para validar as informações.

O prazo para a confirmação é de até 20 dias após o registro da renovação no sistema. Concluído o processo, o estudante pode retirar um certificado atestando sua situação regular na comissão. Se for encontrado algum problema, será preciso procurar a Comissão de Acompanhamento para que solicitar a correção.

Caso o aluno decida ou precise mudar as condições de financiamento, como a quantidade ou os valores das parcelas, precisa levar a documentação do contrato ao banco operador do empréstimo. Neste caso, o prazo é menor e se encerra no dia 30 de setembro.

*Com informações da Agência Brasil

Estudantes do Fies terão até 18 meses para quitar dívida com escolas

Os estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que estiverem devendo às instituições de ensino nas quais estão matriculados poderão negociar o parcelamento da dívida em até 18 meses, de acordo com resolução publicada ontem (13) pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), no Diário Oficial da União.

Segundo o FNDE, até o ano passado, era preciso estar quite para fazer a renovação do contrato do Fies. Agora, o estudante terá que pelo menos ter feito a negociação do pagamento antes da renovação.

Além disso, o FNDE fixou em 30% da parcela o valor máximo que poderá ser cobrado por mês. Ou seja, se um aluno atrasou o pagamento de uma mensalidade de R$ 100, ele poderá pagar até R$ 30 junto com a próxima parcela mensal. :: LEIA MAIS »

Estudantes têm até esta sexta-feira para renovar contratos do Fies

Hoje (25) é o último dia para renovar o contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o primeiro semestre deste ano. Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), cerca de 1,1 milhão de financiamentos devem ser renovados.

Os contratos do Fies precisam ser aditados todo semestre. O pedido é feito inicialmente pelas instituições de ensino e depois as informações devem ser validadas pelos estudantes pela internet, no Sistema Informatizado do Fundo de Financiamento Estudantil (SisFies).

No caso das renovações que tenham alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro – Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal – para concluir o processo. Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. Os estudantes que ingressaram no programa a partir de 2018 aderiram ao Novo Fies, que tem diferentes modalidades, possibilitando juros zero e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Transporte público: o terror dos ilheenses

Moradores de Olivença fazem manifestação na manhã desta segunda-feira (19)

Na manhã desta segunda-feira (19) moradores de Olivença realizaram uma manifestação contra o transporte público. Os manifestantes impediram a saída dos ônibus, exigindo a presença dos responsáveis das empresas e da Prefeitura. Eles exigem o cumprimento dos horários, aumento da frota e um ônibus que faça a linha Olivença x UESC,  pois vários ofícios já foram feitos e as empresas não se respondem aos pedidos.

Em contato com nossa redação, outro usuário do transporte público relatou ter questionado a um motorista sobre o serviço de Wi-Fi dos novos ônibus adquiridos pela empresa São Miguel. Segundo ele, o motorista informou que nenhum destes novos ônibus possui o serviço. O usuário afirmou já ter utilizado esse serviço nos ônibus da empresa Viametro e questiona se há mesmo o serviço de internet na São Miguel ou se isso é mais uma forma de enganar o ilheense.

Outra reclamação em relação à empresa de ônibus São Miguel vem dos alunos da UESC, IFBA e SENAI. Eles afirmam que o ônibus que faz a linha 26 zona sul/ UESC, está sempre lotado e em condições precárias. Segundo o usuário do transporte público que nos enviou a mensagem, uma pessoa acabou se ferindo ao segurar numa das barras de ferro do ônibus. Segundo ele, muitos alunos já reclamaram na empresa mas não foram tomadas as devidas providências.

Projetos de estudantes de Ilhéus e Itabuna se destacam na FEBRACE pelo alcance social

O pertencimento do Território de Identidade onde vivem levou os estudantes da rede estadual de ensino da Bahia a desenvolverem projetos de grande alcance social, que estão chamando a atenção dos participantes da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), que acontece desta terça (13) até quinta-feira (15), na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). Ao todo, nove projetos, que nasceram nas salas de aula no âmbito do projeto Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado, estão sendo apresentados e se destacam por representar tecnologias sociais, de baixo custo e com grande impacto para as comunidades onde os estudantes vivem.

“A Bahia vem se destacando cada vez mais na FEBRACE e em outras feiras nacionais e até internacionais, pela qualidade dos projetos apresentados. Isso comprova o potencial dos nossos estudantes e educadores, ao tempo em que revela a prioridade que a Secretaria da Educação do Estado vem dando para estimular o desenvolvimento de projetos de iniciação científica, principalmente com foco em soluções para problemas enfrentados pelas comunidades onde as escolas estão inseridas”, destaca o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

Um dos exemplos é um extrato aquoso e etanólico desenvolvido com a folha da alfavaca pelos estudantes Murilo Silva e Fernanda Santos, do Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira, no município de Ilhéus. Os estudantes descobriram, após realização de testes, o potencial antimicrobiano da planta. “A relevância no nosso projeto está em um problema atual da medicina que é o uso indiscriminado dos antibióticos que gerou bactérias super-resistentes”, explica Fernanda. Já Murilo diz que os testes com o uso do extrato da planta medicinal mostraram a eficácia da Alfavaca no combate a algumas superbactérias que causam doenças como pneumonia e infecções graves de pele. :: LEIA MAIS »

Secretaria da Educação do Estado mobiliza estudantes e professores para os projetos de arte e cultura

A Secretaria da Educação do Estado está mobilizando professores e estudantes das escolas da capital e interior para a participação nos projetos de arte e cultura, que são desenvolvidos com o objetivo de dinamizar o ambiente escolar e promover o protagonismo estudantil, abordando as distintas linguagens. Para isso, estão ocorrendo sensibilizações nas escolas para a divulgação e adesão desses projetos, por meio dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE).

Ao todo, são oito projetos de arte e cultura promovidos pela Secretaria da Educação do Estado: Festival Anual da Canção Estudantil (FACE), Artes Visuais Estudantis (AVE), Educação Patrimonial e Artística (EPA), Produção de Vídeos Estudantis (PROVE), Tempos de Arte Literária (TAL), Festival Estudantil de Teatro (FESTE), Dança Estudantil (DANCE) e Encontro de Corais Estudantis (ENCANTE).

Segundo a coordenadora de Projetos Intersetoriais da Secretaria da Educação do Estado, Nide Nobre, as sensibilizações, que seguem até o dia 3 de abril, estão ocorrendo desde a Jornada Pedagógica 2018, realizada entre os dias 5 e 7 de fevereiro, em todas as unidades escolares. Segundo ela, todo o material necessário para que os projetos sejam realizados durante o ano letivo está sendo disponibilizado para estudantes e professores. :: LEIA MAIS »

Estado ofertará mais de 112 mil vagas de Educação Profissional e Tecnológica em 2018

Foto divulgação.

A Secretaria da Educação do Estado ofertará 112.528 vagas da Educação Profissional e Tecnológica no Ano Letivo de 2018, em diferentes formas de articulação, para 66 cursos técnicos de nível médio, em 142 municípios de todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia. Só para o primeiro ano do Ensino Médio Integrado com a Educação Profissional (EPI) são 51.794 vagas, conforme portaria divulgada, neste sábado (6), no Diário Oficial do Estado. Para esta modalidade, a oferta contempla 142 municípios, sendo que em 40 cidades a oferta será realizada pela primeira vez neste ano letivo.

A rede estadual de EPT conta, atualmente, com 72 Centros (34 Centros Territoriais e 38 Centros Estaduais de Educação Profissional), além de quatro unidades exclusivas de Educação Profissional e Tecnológica. O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, falou sobre a evolução da oferta e da qualidade pedagógica dos cursos.
“A ampliação da oferta da Educação Profissional e Tecnológica foi um compromisso de campanha assumido pelo governador Rui Costa. Chegaremos, em 2018, com 112 mil vagas ofertadas, em 66 cursos. Aliado a isso, temos buscado parceria com diferentes instituições para fortalecer o eixo pedagógico e novos cursos que dialoguem com o território e principalmente que oportunizem os estudantes a desenvolverem o olhar para o empreendedorismo”, afirmou, ao destacar que outras políticas públicas vêm sendo adotadas pelo governo do Estado beneficiando a juventude baiana como os programas Primeiro Emprego, o Mais Futuro e Partiu Estágio.

:: LEIA MAIS »

Google certifica professores e estudantes de Ilhéus e Itabuna

Foto ilustrativa.

A Google INC certificou 116 professores e nove estudantes da rede estadual de ensino, que participaram da formação do Google Apps For Education ou Google Sala de Aula. O aplicativo oferece um Ambiente Virtual de Aprendizagem de última geração, dinamizando os processos de ensino e aprendizagem e configurando uma rede social de conhecimentos que integra estudantes e professores. A iniciativa é resultado de parceria com a Secretaria da Educação do Estado, por meio do projeto e-Nova Educação, que inclui a formação dos gestores e professores, com o objetivo de fortalecer o eixo pedagógico nas escolas.

Realizada pelo Instituto Paramitas – única ONG parceira da Google para a formação de professores –, contratado pela Secretaria da Educação do Estado, a formação foi iniciada em 20 unidades de ensino de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Lauro de Freitas, Mata de São João, Jequié, Senhor do Bonfim, Luís Eduardo Magalhães, Ilhéus e Itabuna. De acordo com o coordenador geral de Articulação de Projetos para a Educação da Secretaria, Rogério Quintella, a iniciativa proporciona a inovação na sala de aula e confere maior qualidade nos processos de ensino e aprendizagem dos estudantes, por meio do uso da tecnologia. :: LEIA MAIS »

Prazo para renovação de contratos do Fies é prorrogado para 30 de novembro

Os estudantes poderão renovar os contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até 30 de novembro. Originalmente, o prazo terminava hoje (20) e foi estendido por mais 10 dias. De acordo com o Ministério da Educação, esta é a última prorrogação do prazo e chance dos interessados em continuar com o financiamento.

A portaria com a prorrogação do prazo será publicada amanhã (21) no Diário Oficial da União (DOU).

Até o dia 30 de novembro, os estudantes poderão fazer a transferência integral de curso ou de instituição de ensino e de solicitar mais prazo para uso do financiamento.

O MEC alerta que os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. Inicialmente, o pedido de renovação é feito pelas faculdades e, depois, os estudantes devem validar as informações no Sistema Informatizado do Fies (SisFies). :: LEIA MAIS »

Projeto em Itacaré reúne esporte, arte, educação e cidadania na escola

Um projeto que envolve o esporte, a educação, a arte e a busca dos valores sociais. Assim é a Copa CEI, um trabalho que está sendo desenvolvido todos os sábados com os alunos do Centro Educacional de Itacaré pelos professores Nilson Souza, Miller Palafoz, Jaqueline Souza e Rafael Barros. O projeto tem como principal objetivo ocupar os alunos em horários vulneráveis, conjugando esporte, cultura e ações sociais, como pintura do espaço da escola e doações de alimentos para instituições carentes.

A Copa CEI integra os alunos dos oitavos e nonos anos e também do Eixo 5 do Centro Educacional de Itacaré. E depois do esporte é hora de discutir cultura, valores sociais e arte. Como parte desse trabalho os próprios alunos estão realizando pinturas artísticas nas paredes da escola, uma ação que tem surpreendido os idealizadores do projeto pela integração, envolvimento dos alunos e o surgimento de grandes talentos.

A temática das pinturas é a consciência negra, chamando a atenção para as desigualdades sociais. O professor Rafael Barros explica que a ideia é fazer uma educação cada vez mais inclusiva e transformadora. “Do ponto de vista pedagógico, visa acrescentar valores sociais na vida desses meninos, partindo do esporte”, complementou. Além dos professores, o projeto conta ainda com o apoio do diretor do Centro Educacional de Itacaré, José Augusto, do supervisor de esporte amador da Prefeitura, Jacques Muller e do assessor de planejamento, Cleber Miranda.



setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia