WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom primeiro emprego
hospital sao jose secom sao joao prefeitura ilheus transporte ilegal

:: ‘Educação’

Nível de exigência elevado dos processos seletivos preocupa candidatos a estágio, aponta pesquisa

Especialistas indicam caminho para fugir deste efeito adverso da crise do emprego.

O número de concorrentes nos processos seletivos aumentou ao mesmo passo em que as vagas no mercado de trabalho diminuíram. Segundo especialistas do setor, o ano de 2017 é um momento de reestruturação de mercado e não de crescimento, isso porque a crise desacelerou, no entanto, a recuperação avança lentamente e ainda não é capaz de enxugar todos os prejuízos causados pelos últimos anos de retração na economia brasileira.

Diante disso, uma pesquisa exclusiva, realizada pela Companhia de Estágios – consultoria e assessoria especializada em programas de estágio e trainee – mostrou que os jovens que ainda frequentam as salas de aulas, buscam nos programas de estágio uma saída para continuarem desenvolvendo suas carreiras. Para eles o pior efeito dos percalços da economia é justamente a falta de oportunidades, mas entre aquelas que surgem no mercado, outros dois fatores preocupam os aspirantes: a maior competitividade e o nível elevado de exigência dos recrutadores.

Crise econômica intensifica os desafios para os mais jovens

A busca por uma colocação já faz parte da rotina de 14 milhões de brasileiros – segundo o IBGE, 13,6% da população do país estava desempregada entre fevereiro e abril de 2017. Entre os jovens, com idade até 25 anos, este cenário é ainda mais preocupante, pois os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) revelam que essa é a faixa etária mais atingida pelo desemprego atualmente. Diante disso muitos buscam alternativas para driblar os desafios e não ficarem à margem do mercado de trabalho.

Efeito colateral

:: LEIA MAIS »

Mais Futuro garante assistência a 4 mil universitários baianos

Governador Rui Costa assina termos de compromisso de estágio do Programa Mais Futuro, no Hotel Othon Palace – Foto: Mateus Pereira/GOVBA

A partir desta quarta-feira (21), quatro mil estudantes de universidades estaduais integram o programa Mais Futuro. A iniciativa do Governo do Estado oferece auxílio financeiro para os jovens em condições de vulnerabilidade socioeconômica, participantes do CadÚnico, além de oportunidades de estágio no setor público. O incentivo garante a permanência desses estudantes nas salas de aula e a conclusão dos cursos de graduação. Na manhã desta quarta, em cerimônia no Bahia Othon Palace, em Salvador, o governador Rui Costa assinou os termos de compromisso de estágio dos universitários participantes, que também receberam seus cartões bancários.

“Este programa é voltado aos jovens de famílias de baixa renda, para que possam cursar uma faculdade, regularmente. Esta é a prioridade do Governo com a juventude. Acredito que a educação transforma a vida das pessoas e esse é mais um estímulo para que esses estudantes concluam seus cursos. A partir do sexto semestre, também estamos oferecendo oportunidades de estágio remunerado, para os universitários garantirem experiência profissional na atividade que está se formando”, explica o governador.

O programa é voltado para os estudantes das universidades Estadual de Feira de Santana (Uefs), de Santa Cruz (Uesc), do Sudoeste da Bahia (Uesb) e para a Universidade do Estado da Bahia, (Uneb). Ao todo, se inscreveram no programa mais de 5,7 mil jovens e 4 mil deles foram selecionados nesta primeira etapa. Entre eles, 3.600 receberão o auxílio financeiro, chamado auxílio permanência, e os 400 estudantes restantes terão a oportunidade de estagiar em órgãos do governo baiano. :: LEIA MAIS »

Caravana do MP inspeciona postos e escolas no município de Una

Oito escolas públicas municipais, cinco unidades de saúde e um centro odontológico do município de Una foram fiscalizadas ontem, dia 19, por equipes do programa ‘Saúde + Educação: Transformando o Novo Milênio’, do Ministério Público estadual. Foram identificadas, entre outras, irregularidades como carteiras escolares danificadas; salas de aulas superlotadas, com mais de 40 alunos; aparelhos de ar-condicionado sem funcionar por falta de adaptação do ambiente ao equipamento; quadra esportiva com piso esburacado e alambrado quebrado; banheiros sem vaso sanitário, material higiênico e com porta sem fechadura; e salas de aula com pouca iluminação.

Segundo a gerente do programa, promotora de Justiça Anna Karina Senna, serão convocadas novas reuniões com representantes da gestão municipal para comunicar os problemas encontrados e cobrar a tomada de providências. Participaram da caravana, além da gerente, as promotoras de Justiça Alícia Passeggi, Mayana Ribeiro e Laíse Carneiro; e, como voluntários, membros dos conselhos municipais de educação e saúde; conselheiros tutelares; servidores do Fórum de Justiça Estadual, do Ministério Público Federal e do MP baiano e cidadãos de Una.

Candidatos têm até hoje para se inscrever em lista de espera do Sisu

Página do Sisu na internet -Reprodução/Agência Brasil

Hoje é o últimos dia para os candidatos à segunda edição deste ano do Sistema de Seleção Unificada se inscreverem na lista de espera. Podem participar os candidatos que não foram selecionados na chamada regular ou que foram aprovados somente para a segunda opção de curso, tendo ou não se matriculado. A convocação dos aprovados está prevista para o próximo dia 26.

Para participar, basta acessar a página do Sisu na internet. É necessário ter em mãos o número de inscrição e a senha do Enem de 2016. A lista de espera do Sisu é restrita à primeira opção de vaga do candidato.

Concluída a manifestação de interesse, será emitida uma mensagem de confirmação. A convocação dos selecionados para a matrícula caberá às próprias instituições de educação superior. Assim, é importante que os participantes acompanhem as convocações feita por elas.

Sisu

Sistema informatizado do Ministério da Educação, o Sisu oferece vagas no ensino superior público com base na nota do Enem. Ao todo, serão ofertadas 51.913 vagas em 1.462 cursos de 63 instituições de ensino, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

Nesse processo, valerá a nota do Enem 2016. Para participar, os candidatos não podem ter tirado 0 na redação do Enem. Além disso, algumas instituições estabelecem notas mínimas para ingresso em determinados cursos. No ano passado, mais de 6 milhões fizeram o Enem.

Secretaria da Educação do Estado apresenta as Diretrizes da Educação Inclusiva na Assembleia Legislativa da Bahia

Fotos: Claudionor Junior

As Diretrizes da Educação Inclusiva no Estado da Bahia (Pessoas com deficiências, Transtornos Globais do Desenvolvimento e Altas habilidades/Superdotação) foram apresentadas, nesta sexta-feira (9), durante o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). O documento é um marco que orienta e norteia a prática pedagógica dos professores da rede estadual e organiza as estruturas da Secretaria da Educação do Estado no que ser refere à inclusão do público-alvo da Educação Inclusiva.

Patrícia Braile, coordenadora da Educação Inclusiva do Estado, destacou a importância deste documento. “Esta é uma carta magna da Educação Especial, que traz orientações de como fazer cumprir a Política Nacional no ‘chão´ da escola, de forma simples e pragmática. Ou seja, o professor pode achar respostas e caminhos de como fazer a Educação Inclusiva acontecer na unidade”, explicou, ao destacar que o material está disponível para download no Portal da Educação (educação.ba.gov.br/educacaoespecial1).

Na oportunidade, Patrícia Braile também apresentou o projeto #PraCegoVer, que foi desenvolvido por ela, com o objetivo de disseminar a cultura da acessibilidade nas redes sociais. O projeto tem, por princípio, a audiodescrição, ou seja, a tradução que consiste em transformar imagens em palavras tornando as redes sociais mais acessíveis às pessoas com deficiência visual. :: LEIA MAIS »

Secretaria da Educação do Estado divulga resultado da seleção REDA para professores e profissionais da área

Para ampliar, ainda mais, a qualidade pedagógica das escolas, a Secretaria da Educação do Estado publicou, nesta quarta-feira (7), no Diário Oficial do Estado, o resultado final e a homologação do resultado final dos Processos Seletivos Simplificado para a contratação de professores e profissionais da Educação, por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). As provas foram realizadas no dia 7 de maio por mais de 30 mil candidatos.O resultado pode ser visualizado no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

Para o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, “estes professores e profissionais da Educação têm formações específicas e, portanto, isto irá representar uma maior qualidade pedagógica nas salas de aula”.

Com este processo, mais de sete mil professores e profissionais da Educação passarão a atuar nas escolas estaduais, a partir deste semestre, em substituição aos contratos emergenciais realizados no ano de 2016. A seleção prevê a contratação de 2.485 professores da Educação Básica e do Campo. Somados a estes, mais 211 professores substitutos serão convocados imediatamente de um total autorizado de 2.243, que deverão ser convocados na medida em que forem surgindo as vagas, ao longo do ano letivo ou enquanto durar a validade do processo seletivo. :: LEIA MAIS »

Resultado do Sisu do 2º semestre será divulgado nesta segunda-feira

O resultado da seleção do segundo semestre de 2017 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) será divulgado nesta segunda-feira (5). Não há previsão de horário, segundo o Ministério da Educação (MEC). A matrícula deverá ser efetuada entre 9 e 13 de junho. Nesta segunda também será aberto o período da lista de espera aos candidatos que não foram convocados.

Mais de 887.861 candidatos fizeram 1.703.657 inscrições nesta edição do Sisu. Cada participante pode fazer até duas opções de curso. O número de candidatos superou o do ano passado do mesmo período. São ofertadas neste processo seletivo 51.913 vagas em 1.462 cursos de 63 instituições, entre universidades federais, estaduais e institutos federais.

Para participar da seleção, o candidato tinha de ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado e ter tirado nota maior que zero na redação.

Calendário do Sisu 2017.2

Veja abaixo das datas:

  1. Chamada regular: 5 de junho
  2. Lista de espera: 5 de junho a 19 de junho
  3. Matrícula da chamada regular: 9 de junho a 13 de junho
  4. Convocação via lista de espera: a partir de 26 de junho

Professores param atividades por 24h nas universidades estaduais

Professores das universidades estaduais da Bahia (Uneb), de Feira de Santana (Uefs), do Sudoeste da Bahia (Uesb) e de Santa Cruz (Uesc) param as atividades durante 24h, nesta terça-feira (30), de acordo com a Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb).

Segundo a associação, a paralisação deixa todos os campi das universidades sem aulas e também conta com adesão dos servidores técnico-administrativos. A categoria defende uma lista de reivindicações, que inclui melhorias na universidade e reajuste de salário dos professores.

“A gente entregou a pauta ao governo em dezembro, em defesa das universidades e dos professores. A gente quer discutir o aumento do orçamento das universidades, com 7% da receita dos impostos para universidades. Falta salas para professores, condições de estrutura nas universidades, uma série de questões. Tem dois anos que o governo não dá qualquer tipo de reajuste, não só para professores, como para todos os servidores, precisamos de reposição salarial de 30,5%”, diz o diretor da Aduneb Milton Pinheiro.

:: LEIA MAIS »

Sisu abre hoje inscrições para o segundo semestre

O Ministério da Educação (MEC) abre hoje (29) as inscrições para a segunda edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que poderão ser feitas no portal do programa, na internet, até o dia 1º de junho. Para se inscrever, o candidato precisa apenas de seu número de inscrição e senha cadastrados no Exame do Ensino Médio (Enem) de 2016.

Na hora da inscrição, os candidatos podem escolher até dois cursos por ordem de preferência. Até o fim do período de inscrição, o estudante poderá alterar a opção de curso. Também deve definir se deseja concorrer a vagas de ampla concorrência, ou pelo sistema de cotas destinadas a estudantes de escolas públicas, ou a vagas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições.

Uma vez por dia, o MEC divulga a nota de corte de cada curso, de acordo com as inscrições feitas até aquele o momento, e a classificação parcial do candidato na opção de curso escolhida.

Ao todo, serão ofertadas 51.913 vagas em 1.462 cursos de 63 instituições de ensino, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

Nesse processo, valerá a nota do Enem 2016. Para participar, os candidatos não podem ter tirado 0 na redação do Enem. Além disso, algumas instituições estabelecem notas mínimas para ingresso em determinados cursos. Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem no ano passado.

O Sisu terá uma única chamada, e a divulgação do resultado está prevista para o dia 5 de junho. Também nessa data será aberta a lista de espera, que permanecerá disponível até 19 de junho.

As matrículas serão do dia 9 ao dia 13 de junho, e a convocação da lista de espera será feita a partir do dia 26 de junho.

Ilhéus: Jabes diz que não conhecia realidade da escola mostrada no Fantástico

“A verdade é que eu não tinha conhecimento pleno dessa realidade. Mas isso não é suficiente. E aqui peço sinceras desculpas em nome do governo pela falha” , enfatiza Jabes.

Na noite desta quarta-feira (24), por meio de nota pública, o ex-prefeito Jabes Ribeiro afirmou que não tinha conhecimento pleno da situação da escola de Piaçaveira, mostrada no Fantástico sobre a reportagem da operação Citrus.

O Prefeito lamentou e pediu desculpas em nome do seu ex- governo pela falha.

Segundo um levantamento do jornal Diário Bahia, revelou que a situação da Escola Nucleada do Japu, na localidade de Piaçaveira, zona rural de Ilhéus, é antiga e já dura mais de 25 anos.

Apesar de ganhar repercussão nacional, por conta de uma reportagem exibida pelo Fantástico, no domingo passado, a reportagem do jornal impresso apresenta duas personagens novas que mostram que a escola de tábuas, revelada há poucos dias, retrata uma realidade da educação esquecida por, pelo menos, quatro gestões.

A reportagem do Diário Bahia apresenta Jeane e Eriane – mãe e filha. Há 25 anos, Jeane dos Santos Silva Oliveira, hoje com 27, estudou na mesma escola e em condições semelhantes de funcionamento. “Pouca coisa era diferente. E olha que estudei aqui desde que me entendo como gente”, afirmou ao Diário Bahia. Entre a realidade da mãe e da filha, passou-se um ¼ de século no tempo e pelos menos quatro administrações municipais – dos prefeitos Jabes, Valderico, Newton e Jabes de novo.

Na matéria, a professora Edilene de Jesus Almeida, a que mais tempo leciona na escola, há quatro anos viaja todos os dias do município de Buerarema até lá. Para chegar, sem atraso, vai de carona em uma moto. “Teve dia que cheguei a dar aula, o dia inteiro, toda suja de lama. Caí no caminho”, lembrou à jornalista do DB.

A reportagem revela ainda que onde durante todos estes anos funcionou a sala de aula nucleada foi um espaço originalmente construído para abrigar as ações da Associação Riachão Piaçaveira e afirma que hoje se tornou a imagem mais marcante de Piaçaveira, apenas por causa da televisão, já era do conhecimento de vários prefeitos que passaram pelo Palácio Paranaguá. “No governo passado veio um engenheiro, a direção trouxe. Mediram tudo e ficou nisso mesmo, nada”, contou a professora.

Confira a Nota Pública do ex-prefeito Jabes Ribeiro: :: LEIA MAIS »

Atividades em tempo integral transformam educação na rede estadual

Cerca de mil escolas da rede estadual de ensino ofertam atividades na perspectiva da Educação Integral na Bahia. Uma delas é o Colégio Luiz Fernando Macedo Costa, localizado no bairro de Cajazeiras VII, em Salvador. “Eu acho muito interessante. Acho muito legal, porque assim a gente não fica muito tempo em casa, por exemplo. Eu fico muito entediado em casa”, afirma o estudante Ícaro Santos.

Aulas de xadrez, meditação, handebol, karatê, música, dança, futsal, reforço em português e matemática são oferecidas de forma complementar, ampliando o período de permanência dos alunos na escola. “A Educação Integral mudou muito o caminho do ensino. Os alunos entram na escola pela manhã e estão novamente com a gente à tarde. Assim, nós complementamos o trabalho que foi feito”, afirma o professor Eudaldo Dantas.

As atividades da Educação Integral têm apresentado resultados significativos no Colégio Luiz Fernando Macedo Costa. A unidade melhorou o desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), passando de 2,8 (em 2008) para 4,7 (em 2015). O resultado é o melhor entre as escolas estaduais da capital.

As transformações proporcionadas pela Educação Integral podem ser conferidas em vídeo da série ‘Educar para Transformar’, produzida pela Secretaria de Comunicação do Estado (Secom).

Escola do Japu realiza “Contos e Encontros com Vagner Alves”

A Escola Nucleada do Japu, na zona rural de Ilhéus, convida os trabalhadores em Educação para uma tarde de autógrafos com o estudante Vagner Alves, no dia 24 de maio, às 13h30, na Sala Maria Vitória Nascimento Cardoso (Maria Jape). Vagner é aluno da professora Joanita Cruzeiro no 4o. ano.

Esse pequeno escritor e ilustrador tem apenas 9 anos e criou um mundo rico de imaginação e criatividade através de histórias, contos e poemas sobre personagens do imaginário infantil. O projeto tarde de autógrafos acontece desde 2003 e envolve todos os alunos desde a educação infantil ao 5º. ano.

Concluintes do Ensino Médio têm gratuidade no Enem

Esta quinta será o ‘Dia E’, quando as escolas colocam suas estruturas à disposição dos estudantes. Foto:Suâmi Dias

Os estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede estadual de ensino possuem isenção garantida na inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para isso, devem informar no ato da inscrição, que acontece até o próximo dia 19, o seu CPF e data de nascimento. Com esses dados, o sistema identifica automaticamente que são alunos de escolas públicas e o valor, que seria de R$ 82, é liberado. A inscrição pode ser feira pelo link do portal do Inep.

Quem também pode ter direito à isenção são os estudantes não concluintes (os treineiros) ou os que já finalizaram o Ensino Médio e são cadastrados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e têm o Número de Identificação Social (NIS). A Secretaria da Educação do Estado, por meio da campanha Enem 100%, está mobilizando as escolas da rede para que os estudantes realizem as inscrições em suas próprias unidades escolares. Esta quinta-feira (11) será o ‘Dia E’, quando todas as escolas irão disponibilizar para esses estudantes as suas estruturas como laboratórios de informática, secretarias e demais salas que contenham computadores com acesso à internet.

“Nós estamos pedindo que todos os gestores escolares das escolas de ensino médio estejam mobilizados a esta ação, na qual não será preciso mudar a rotina da escola, mas apenas criar um cronograma de atendimento para que todos os estudantes possam, de grupos em grupos, realizar suas inscrições. Nossa meta é garantir que 100% dos estudantes, ou seja, 125 mil que estão cursando a 3ª série do Ensino Médio possam se inscrever tendo o apoio da escola”, explica a coordenadora de Ensino Médio da Secretaria da Educação, Tereza Santos Farias. :: LEIA MAIS »

Começam na segunda-feira as eleições para o Colegiado Escolar nas escolas estaduais

Foto: Divulgação/Ilustração

Muitos estudantes da rede estadual terão os pais, mães e responsáveis como companhia a caminho da escola, desta  segunda-feira (8) até sexta (12). É que as escolas estaduais da capital e do interior estarão realizando as eleições para o Colegiado Escolar, que é composto por representantes dos estudantes, professores, funcionários e das famílias. A missão do conselho é contribuir para a gestão democrática e participativa das escolas, visando a união de todos pela melhoria da Educação.

“O Colegiado é extremamente importante, por meio do qual, todos os segmentos podem dar sugestões, acompanhar e fiscalizar as ações pedagógicas e administrativas da escola. Inclusive é uma forma de os pais estarem mais presentes no cotidiano da escola onde seus filhos estudam podendo, portanto, contribuir com a direção da escola, fortalecer a gestão e, consequentemente, a Educação”, afirma o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

A eleição é promovida pela Secretaria da Educação do Estado e cada escola escolherá um dia da semana para o pleito. Urnas serão disponibilizadas, nos três turnos, nas unidades escolares. Para a formação do colegiado, a votação é por segmentos. Só o diretor da unidade escolar tem representação garantida. As unidades escolares já têm a lista dos votantes.

junho 2017
D S T Q Q S S
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia