WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Aguarde as próximas enquetes...

:: ‘Educação’

Desfile Bonde das Maravilhas integra comemorações dos 50 anos da Escola Municipal Perpétua Marques

Foto divulgação.

A Escola Municipal Perpétua Marques está completando em 2017 os seus 50 anos de atividades e de bons serviços prestados à Educação em Ilhéus, sendo uma das referências na área do Ensino Público Infantil no município. E para comemorar o seu cinquentenário está sendo realizada, ao longo do ano, uma série de atividades, incluindo encontros voltados para a família, projetos culturais e educacionais, brincadeiras educativas, atividades lúdicas, desfiles infantis e ações relembrando fatos que marcaram a história de meio século de contribuição com a Educação no município.

Como parte das comemorações do cinquentenário foi realizada nesta quarta-feira (11), na Avenida Soares Lopes, a culminância do Projeto Bonde das Maravilhas, com um desfile de fantasias que mergulhou no imaginário fantástico das crianças. Durante toda semana da criança, a festa teve direito ainda a fit dance, pintura facial, escultura de balões, jump, boate, capoeira kids, além dos tradicionais palhaços com brincadeiras que leva alegria para a criançada.

O Bonde das Maravilhas contou ainda com um espaço para contação de histórias, pula-pula, piscina de bolinhas e comemoração do aniversário das crianças. Para os estudantes, foi uma semana diferente, divertida e de muito lazer e brincadeiras. A diretora da Escola Perpétua Marques, Prof. Simone Azevedo, explicou que, como toda grande festa, não poderia faltar a alegria, o carinho com as crianças e o compromisso com a Educação Pública de qualidade demonstrado pelo colégio nesses 50 anos de atividades.

E os festejos em comemoração ao cinquentenário continuam com uma série de atividades educativas e ações sociais. Para isso, a escola vem buscando contribuições de pessoas, empresas e entidades que acreditam na força da educação como agente de transformação social.

O encerramento será no dia 04 de dezembro com um grande encontro da Família Perpétua Marques. A ideia é reunir estudantes, pais, ex-alunos, professores, ex-diretores e pessoas que fizeram parte dessa história de sucesso da Escola Municipal Perpétua Marques, que chega aos seus 50 anos com o orgulho de ter transformado gerações, contribuir com a educação de milhares de alunos e com a vontade e a força de continuar esse trabalho de formar cidadãos, construir valores e transformar vidas.

Galeria de Fotos :

Prefeitura apoia retomada do Fórum Municipal de Educação

Com o propósito de ampliar as discussões sobre a implementação e retomada do Fórum Municipal de Educação (FME), foi realizada na tarde da quarta-feira (13), uma reunião na Casa dos Conselhos, espaço localizado na Avenida Itabuna, em Ilhéus, a convite do Conselho Municipal de Educação (CME). O Fórum Municipal de Educação é instrumento instituído por Lei Municipal nº 035/2008, tendo por objetivo ser um canal de comunicação entre a população e o poder público, mas que por anos deixou de atuar.

Durante a reunião, foi proposto pela professora da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Emília Peixoto, que fizesse uma revisão na Lei de forma que outras instituições possam assumir a presidência e vice do Fórum, e não apenas atribuição da secretaria municipal de Educação (Seduc) e do Conselho Municipal de Educação de Ilhéus (CMEI).

Também foi proposta a elaboração do Regimento e formação de Grupos de Trabalho (GT), para discutir e elaborar propostas de implementação do Fórum, na formatação preconizada de acordo com a Lei, com ações e discussões democráticas que favoreçam a participação de todos os envolvidos. :: LEIA MAIS »

Polícia Militar leva noções de Trânsito e Cidadania a alunos da escola Gisélia Soares

Um dia inteiro dedicado à informação e formação de crianças e jovens, de 4 a 14 anos, para importantes noções de Trânsito e Cidadania, além do combate à violência e às drogas. Foi assim a passagem da equipe de prevenção da 69ª. Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), ontem (11), na Escola Municipal Gisélia Soares, na Barreira. Com didática e alegria, a Subtenente Jaiane e a Cabo Carla interagiram com os jovens em palestras com cerca de 200 alunos da Educação Infantil e séries iniciais.

Atividades como a realizada na escola municipal integram o calendário do projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor”, que acontece nos meses de setembro e outubro, com encerramento previsto na Semana da Segurança entre os dias 4 e 21 de outubro.

Partiu Estágio oferta mais três mil vagas para universitários baianos

Governo do Estado oferece mais de três mil vagas de estágio de nível superior através do programa ‘Partiu Estágio’
Na foto: Victor Gabriel, estudante universitário.
Foto: Camila Souza/GOVBA

Universitários regularmente matriculados em instituições de ensino estaduais, federais e privadas, com sede na Bahia, têm até o próximo domingo (17) para se inscrever no Programa Partiu Estágio. São, ao todo, 3.105 vagas de estágios oferecidas em 60 órgãos da administração pública estadual na capital e em 42 municípios do interior, no segundo edital do programa. Podem participar estudantes com idade mínima de 16 anos e que tenham cumprido pelo menos 50% do curso de formação, que deve ser na modalidade presencial.

“Esta é uma grande oportunidade do estudante por em prática o que aprende de maneira teórica na faculdade. É uma chance de adentrar a área escolhida e de se capacitar desde cedo para os desafios da profissão”, explica o diretor de Valorização e Desenvolvimento de Pessoas, da Secretaria da Administração do Estado (Saeb), Alberto Queiroz.

As inscrições devem ser feitas pela internet, no site programaestagio.saeb.ba.gov.br. No momento da inscrição, os universitários deverão preencher cuidadosamente a ficha cadastral, informando até três órgãos nos quais têm interesse de estagiar, de acordo com as vagas ofertadas. Vale ressaltar que os estudantes devem se candidatar a estágio na área de formação e que a atuação seja na cidade onde moram ou estudam.  :: LEIA MAIS »

Bahia ganha ação no STF que amplia recursos para educação

Foto: Arquivo/Camila Peres/GOVBA

Após uma longa batalha de 15 anos no Supremo Tribunal Federal (STF), o Estado da Bahia ganhou, na quarta-feira (6), ação para o ressarcimento por perdas financeiras no repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O governador Rui Costa, em escala de volta à Bahia, comemorou a notícia. “É a vitória da educação no Estado da Bahia! O direito dos estudantes da rede pública reconhecido depois de uma verdadeira peleja jurídica”, afirmou.

Rui e o procurador-geral do Estado, Paulo Moreno, estiveram diversas vezes no Supremo, com o objetivo de sensibilizar os ministros para que o tema fosse à plenário, levando em consideração os argumentos expostos pelo Estado na Ação Cível de número 648. O julgamento durou cerca de três horas e foi acompanhado por Paulo Moreno e pelo procurador Sílvio Avelino Pires Britto Junior. Foram 5 votos à favor e 2 contrários.

Para Moreno, “o julgamento do STF fez justiça ao Estado da Bahia. A formula de cálculo do repasse da União ao Estado da Bahia, quando ainda vigente o Fundef, desconsiderava o valor que deveria ser fixado nacionalmente, como previa o texto constitucional e o normativo infraconstitucional, criando distorções na definição destes valores para os diversos entes federativos. É uma vitória da qualidade técnica da Procuradoria Geral do Estado da Bahia e o do empenho pessoal do governador Rui Costa”. :: LEIA MAIS »

Secretaria da Educação do Estado convoca mais 231 professores aprovados em seleção Reda

A Secretaria da Educação do Estado publicou a convocação de mais 231 professores da Educação Básica e do Ensino Profissional, aprovados no processo seletivo simplificado em Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). A lista foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (1/9). Até o momento, a Secretaria já convocou 2.021 candidatos aprovados­­­­­ no processo seletivo realizado em maio deste ano.

Os candidatos aprovados têm o prazo de 10 dias úteis, a partir da data de divulgação, para comparecer no horário das 8h30 às 12h e das 14h às 17h30, nos seguintes locais: Secretaria da Educação do Estado situada na Avenida Luiz Viana Filho nº 550, 5ª avenida, CAB (Centro Administrativo da Bahia), 1° andar, sala 138, para os aprovados em Salvador.

Os aprovados para o interior do Estado deverão comparecer nas sedes dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) aos quais pertencem os municípios para os quais foram aprovados. É preciso levar uma série de documentos, dentre eles, originais e cópias do CPF, Identidade, certidão de nascimento e de casamento, se for o caso, e da carteira de trabalho.

Gabaritando tem 80% de aprovação em primeira fase do concurso PMBA 2017

Professor Emenson Silva

Com o resultado provisório do concurso da PMBA 2017, o curso Gabaritando, preparatório para concursos públicos, aprovou 80% dos alunos matriculados na turma do certame. O curso aprovou em primeiro lugar na região 04, onde Ilhéus está inserida, para soldado PMBA o aluno Iuri Marlei Silva Gomes e para bombeiro PMBA, Ramon Gabriel Andrade Santos.

Segundo o professor Emenson Silva, coordenador do curso, “essa aprovação é resultado de muita dedicação, planejamento e organização pedagógica, pois todas as ações foram voltadas para alcançar essa aprovação em massa”. Emenson acredita que “ o esforço da nossa equipe também foi primordial para todos estes alunos conseguissem essa aprovação, quero agradecer a todos pelo apoio e contribuição neste projeto”.

O Gabaritando está expandindo sua gama cursos preparatórios, além dos já tradicionais para a área militar. A partir deste segundo semestre, o Gabaritando terá turmas para os concursos do Ibama,  TJ Bahia, Polícia Federal Nível Médio e Polícia Civil da Bahia, com vagas limitadas.  O curso Gabaritando atua há um ano e meio em Ilhéus e região. O curso também está com turmas abertas para o Pré-Enem. A sede do Gabaritando fica localizada à Rua dos Cometas, nº 54 no bairro Malhado e os interessados podem adquirir maiores informações através do número 73-98854-2540.

Confira aqui a lista dos alunos do curso Gabaritando classificados na PMBA

Estudantes do Complexo Integrado de Educação de Itabuna são envolvidos na organização do espaço escolar

Um grupo composto por mais de 30 estudantes do Complexo Integrado de Educação de Itabuna (CIE), antigo Colégio Amélia Amado, na região Sul do Estado, está contribuindo para que o ambiente escolar permaneça sempre muito organizado. Isto acontece graças ao envolvimento dos alunos em um projeto de intervenção coletiva, que contribui para a preservação do patrimônio e a organização de espaços como as salas de aula, a biblioteca e o refeitório.

São ações simples, que visam a conscientização e a melhoria do convívio escolar. Dentre elas, destacam-se: Operação Nós na Biblioteca (ONB), que visa a organização de livros e do ambiente de leitura, e a Operação Nós na Escola (ONE), criado para ajudar na organização de eventos e de espaços da escola. Já as operações Nós na Dança (OND) e Nós na Música (ONM) são voltadas para a interação dos alunos, que participam de apresentações dos projetos de arte e cultura. Outro destaque é a Operação Nós na Fila (ONF), por meio do qual os estudantes organizam os horários para as turmas se servirem no refeitório, sem causar filas e tumultos nas refeições.

De acordo com o vice-diretor do Complexo Integrado de Educação Básica de Itabuna, Daniel Damasceno Filho, as iniciativas foram motivadas após os estudantes participarem de uma oficina da Estação dos Saberes, denominada “A voz dos jovens”, na qual foram trabalhados temas voltados para as habilidades e competências de cada área do conhecimento. “Os estudantes vêm nos surpreendendo a cada dia através de ações que, de fato, promovem o protagonismo estudantil. São jovens com voz e vez na instituição e que identificam soluções para resolver questões e possíveis problemas existentes no ambiente escolar”, explica o gestor.

Segundo a estudante Alana de Novais, 17, 3º ano, as iniciativas transformaram o cotidiano escolar. “Todos estão colaborando com a escola e isso melhorou a integração. Temos que zelar pelo que a gente tem e esta é a nossa segunda casa, pois passamos o dia todo aqui, aprendendo e convivendo juntos”, afirma. Luís Felipe Gomes, 18, 1º ano, também está engajado nas ações. “É muito bom poder contribuir e participar de forma ativa, porque torna o ambiente escolar mais harmonioso e agradável. Além disso, podemos deixar a nossa marca positiva e lembrar disso no futuro”, diz o estudante. :: LEIA MAIS »

Estudantes participam de sarau literário na Escola Cultural de Itabuna

Os estudantes da Escola Cultural de Itabuna encontraram na prosa e no verso uma maneira de chamar a atenção da comunidade para o combate à violência e ao preconceito contra a mulher. Numa atividade que integra a escola e a comunidade, cerca de 30 estudantes realizaram, durante a semana, um sarau literário que contou com declamação de poesias sobre a temática, apresentações musicais, multimídia e produção textual, por meio de uma oficina de arte literária.

A atividade foi coordenada por Silvana Cruz, professora de Língua Portuguesa da rede estadual de ensino, que destaca o envolvimento e o entusiasmo dos estudantes e professores. “Os estudantes ficaram empolgados e toda a comunidade escolar se comprometeu com o projeto. Os resultados desta e de outras oficinas já realizadas são excelentes, fazendo com que os alunos se tornem participantes e agentes de difusão da arte, que é um instrumento de transformação”, afirma Silvana.

Empolgado, o estudante Carlos Antônio Soares destacou que “é importante trabalhar esses temas em sala de aula, para orientar os jovens e motivá-los a combater todo tipo de discriminação e de violência”. Laila, que apresentou uma música que aborda a violência contra a mulher, disse que “a arte é um instrumento de transformação, que passa uma mensagem para toda a sociedade de que é possível conviver em paz e respeitar as diferenças”.

As atividades da Escola Cultura de Itabuna, a primeira no Estado, foram iniciadas com uma Oficina de Dança e na próxima semana acontece a Oficina de Música. O projeto Escolas Culturais integra o programa Educar para Transformar e tem como objetivo promover o protagonismo estudantil, além de reconhecer e requalificar a escola como um espaço de circulação e produção da diversidade cultural do Território de Identidade onde está inserida.

Secretaria da Educação convoca mais 395 aprovados pela seleção REDA

A Secretaria da Educação do Estado publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE), do último sábado (26), o resultado final do processo seletivo simplificado em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), convocando para a contratação de professores da Educação Básica, Profissional e do Campo, bem como de profissionais de apoio administrativo e pedagógico, num total de 395 convocados, para atuar na Educação Inclusiva e técnicos nível médio/mediador do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITec).

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, destaca que a contratação de novos professores e demais profissionais acontece para fortalecer a Educação e faz parte de um conjunto de ações tocadas pelo governo. “O foco principal está no fortalecimento do eixo pedagógico das escolas. Portanto, convocamos os coordenadores pedagógicos que estavam lotados em unidades administrativas, em outros lugares, para voltarem para suas unidades escolares de origem e ampliamos a carga horária destes profissionais. Além disso, ampliamos a gratificação dos diretores escolares e ofertamos um abono para aqueles professores prestes a se aposentar que estão optando em permanecer em sala de aula. Estamos também preparando um concurso público, já anunciado pelo governador Rui Costa, para mais de 3,4 mil professores e coordenadores pedagógicos”.

Os candidatos têm o prazo de 10 dias úteis, a partir da data de divulgação, para comparecer no horário das 8h30 às 12h e das 14h às 17h30, nos seguintes locais: Secretaria da Educação do Estado, situada na Avenida Luiz Viana Filho nº 550, 5ª avenida, CAB (Centro Administrativo da Bahia), 1° andar, sala 138, para os aprovados em Salvador. Os aprovados para o interior do Estado deverão comparecer nas sedes dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) a que pertence o município para o qual foram aprovados.

Secretaria da Educação realiza nova convocação de professores pelo REDA

A Secretaria da Educação do Estado publicou o resultado final do processo seletivo simplificado em Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), para a contratação de professores da Educação Básica, da Educação Básica no Campo e da Educação Profissional, bem como de profissionais de apoio administrativo e pedagógico para atuar na Educação Inclusiva. O resultado contempla 226 candidatos para as distintas modalidades e foi publicado, no Diário Oficial do Estado, deste sábado (19). Até o momento, a Secretaria já convocou 1.395 candidatos aprovados­­­­­ do processo seletivo realizado em maio deste ano.

“Temos feito um esforço para fortalecer o eixo pedagógico das escolas. Nesse sentido, convocamos os coordenadores pedagógicos que estavam lotados em unidades administrativas, em outros lugares, para voltarem para suas unidades escolares de origem, ampliamos a carga horária destes profissionais e até a gratificação dos diretores escolares. A seleção REDA é uma destas iniciativas e a nossa grande expectativa agora é a realização do concurso público, já anunciado pelo governador Rui Costa, para mais de 3,4 mil professores e coordenadores pedagógicos, de modo a ampliar, cada vez mais, a qualidade pedagógica em sala de aula”, afirmou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro. :: LEIA MAIS »

Escola Cultural integra escola e comunidade em Itabuna

Foto: Daniel Thame/GOVBA

Um dia de integração entre a escola e a comunidade através da arte. Assim foi a Gincana Cultural, promovida no sábado (19), pelo Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães, em Itabuna, no sul da Bahia. A gincana marca o encerramento da primeira etapa da oficina de dança do projeto Escolas Culturais, que faz parte do programa Educar para Transformar, do Governo da Bahia. O Colégio Modelo de Itabuna foi a primeira unidade da rede estadual a ter o projeto implantado.

A gincana reuniu grupos formados pelos alunos e por moradores. No encerramento da oficina de dança, os estudantes fizeram apresentações que abordaram temas que fazem parte do dia a dia da comunidade, como violência contra a mulher e o preconceito de etnia, gênero e ditadura da beleza. Por meio da expressão corporal, eles mostraram a necessidade de valorização da mulher e do combate a todo tipo de preconceito.

A coordenadora de dança do projeto e responsável por dirigir a oficina de dança, Francine Costa, destacou que “os estudantes estão utilizando a dança como instrumento de transformação e discussão de temas que fazem parte da realidade das comunidades onde vivem. O trabalho tem sido muito gratificante”. Para o estudante Jhimmy David Campos, que dança hip hop no grupo de teatro o colégio e se apresenta em diversas escolas da região, “essa é uma oportunidade de ampliar os nossos horizontes, ter uma atividade que valoriza e leva a arte para a comunidade”.  :: LEIA MAIS »

Secretário Walter Pinheiro critica o corte de recursos federais para a Educação

O secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro, criticou o Governo Federal pelo corte de recursos para a Educação, durante participação na reunião ordinária do Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed), nesta quinta-feira (17), em Belo Horizonte-MG. A redução dos recursos impacta em todos os níveis da Educação Básica nos estados e municípios, comprometendo a execução e continuidade de programas estruturantes, como a alfabetização de crianças na idade certa, de jovens e adultos.

Pinheiro criticou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 55/2016), conhecida como PEC do Teto, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos. “Fiz um estudo mostrando que se fosse aplicar há dez anos atrás essa regra que está valendo a partir de agora, já teria sido retirado da Educação mais de R$ 40 bilhões de reais do seu investimento. É preciso entender que Educação e Saúde são áreas que precisam ser olhadas sempre como um investimento e não como um gasto. Em particular na Educação, o controle de gastos terminou nos punindo duramente”, disse.

Um dos principais impactos do corte de recursos pode ser observado na alfabetização. Na Bahia, a meta da Secretaria da Educação era atender 100 mil jovens acima de 15 anos, adultos e idosos pelo programa Todos Pela Alfabetização, em 2017, porém, com o contingenciamento dos recursos federais, esta meta foi reduzida para atender apenas 15 mil alfabetizandos. “Houve um corte drástico na verba destinada à alfabetização no país. Nós já avançamos bastante na Bahia alfabetizando mais de um milhão e quinhentos mil baianos, a partir de 2007, mas ainda existe um déficit histórico de analfabetismo. Portanto, é fundamental que a gente continue investindo na alfabetização de jovens e adultos, associado à uma intervenção na chamada alfabetização na idade certa”, revelou. :: LEIA MAIS »

Estado cria Centro de Educação Profissional do Chocolate em Ilhéus e homenageia escritor Nelson Schaun

A Secretaria da Educação do Estado transformou o Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Logística, Transporte e Produção Industrial, em Ilhéus, no Centro Estadual de Educação Profissional Chocolate Nelson Schaun (1901-1968). O ato foi publicado mediante portaria n° 5.600, do Diário Oficial do Estado do dia 9 de agosto. Mais do que a mudança de nomenclatura, esta alteração visa a oferta de novos cursos e de maiores oportunidades para os jovens e trabalhadores da região cacaueira, no eixo de Produção Alimentícia, trabalhando com a cadeia do cacau, polpas e doces, a partir do contexto territorial. O Centro tem 1.602 estudantes matriculados.

Antes de ser um Centro Estadual de Educação Profissional, a unidade escolar era denominada de Colégio Estadual de Ilhéus, mais conhecido como Colégio Estadual do “Malhado” (por estar situado no referido bairro) e foi transformado em CEEP por meio da portaria nº 14.283/2009. Com o CEEP, o Estado passou a ofertar os cursos vinculados aos eixos tecnológicos Produção Industrial; Gestão e Negócios; Turismo, Hospitalidade e Lazer. Além do eixo tecnológico em Produção Alimentícia, neste ano, o CEEP passou a ofertar, ainda, o curso de Técnico em Teatro, do eixo tecnológico Produção Cultural, visando trabalhar as mudanças de paradigma, de uma região agroexportadora para uma região com uma economia pautada em serviços e na verticalização de suas cadeias produtivas, por meio das artes e da mudança cultural, juntamente com o incentivo à agroindustrialização e ao turismo.

O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Durval Libânio, destaca que estes cursos fortalecem o arranjo produtivo territorial com a formação dos técnicos. “Eles darão suporte às atividades turísticas e à produção de cacau e chocolate, bem como à produção cultural e eletromecânica, com foco na manutenção e no desenvolvimento de novos equipamentos e processos de agroindustrialização”, ressalta. :: LEIA MAIS »

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia