WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
transporte ilegal
Aguarde as próximas enquetes...

:: ‘Educação’

Secretário Walter Pinheiro critica o corte de recursos federais para a Educação

O secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro, criticou o Governo Federal pelo corte de recursos para a Educação, durante participação na reunião ordinária do Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed), nesta quinta-feira (17), em Belo Horizonte-MG. A redução dos recursos impacta em todos os níveis da Educação Básica nos estados e municípios, comprometendo a execução e continuidade de programas estruturantes, como a alfabetização de crianças na idade certa, de jovens e adultos.

Pinheiro criticou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 55/2016), conhecida como PEC do Teto, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos. “Fiz um estudo mostrando que se fosse aplicar há dez anos atrás essa regra que está valendo a partir de agora, já teria sido retirado da Educação mais de R$ 40 bilhões de reais do seu investimento. É preciso entender que Educação e Saúde são áreas que precisam ser olhadas sempre como um investimento e não como um gasto. Em particular na Educação, o controle de gastos terminou nos punindo duramente”, disse.

Um dos principais impactos do corte de recursos pode ser observado na alfabetização. Na Bahia, a meta da Secretaria da Educação era atender 100 mil jovens acima de 15 anos, adultos e idosos pelo programa Todos Pela Alfabetização, em 2017, porém, com o contingenciamento dos recursos federais, esta meta foi reduzida para atender apenas 15 mil alfabetizandos. “Houve um corte drástico na verba destinada à alfabetização no país. Nós já avançamos bastante na Bahia alfabetizando mais de um milhão e quinhentos mil baianos, a partir de 2007, mas ainda existe um déficit histórico de analfabetismo. Portanto, é fundamental que a gente continue investindo na alfabetização de jovens e adultos, associado à uma intervenção na chamada alfabetização na idade certa”, revelou. :: LEIA MAIS »

Estado cria Centro de Educação Profissional do Chocolate em Ilhéus e homenageia escritor Nelson Schaun

A Secretaria da Educação do Estado transformou o Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Logística, Transporte e Produção Industrial, em Ilhéus, no Centro Estadual de Educação Profissional Chocolate Nelson Schaun (1901-1968). O ato foi publicado mediante portaria n° 5.600, do Diário Oficial do Estado do dia 9 de agosto. Mais do que a mudança de nomenclatura, esta alteração visa a oferta de novos cursos e de maiores oportunidades para os jovens e trabalhadores da região cacaueira, no eixo de Produção Alimentícia, trabalhando com a cadeia do cacau, polpas e doces, a partir do contexto territorial. O Centro tem 1.602 estudantes matriculados.

Antes de ser um Centro Estadual de Educação Profissional, a unidade escolar era denominada de Colégio Estadual de Ilhéus, mais conhecido como Colégio Estadual do “Malhado” (por estar situado no referido bairro) e foi transformado em CEEP por meio da portaria nº 14.283/2009. Com o CEEP, o Estado passou a ofertar os cursos vinculados aos eixos tecnológicos Produção Industrial; Gestão e Negócios; Turismo, Hospitalidade e Lazer. Além do eixo tecnológico em Produção Alimentícia, neste ano, o CEEP passou a ofertar, ainda, o curso de Técnico em Teatro, do eixo tecnológico Produção Cultural, visando trabalhar as mudanças de paradigma, de uma região agroexportadora para uma região com uma economia pautada em serviços e na verticalização de suas cadeias produtivas, por meio das artes e da mudança cultural, juntamente com o incentivo à agroindustrialização e ao turismo.

O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Durval Libânio, destaca que estes cursos fortalecem o arranjo produtivo territorial com a formação dos técnicos. “Eles darão suporte às atividades turísticas e à produção de cacau e chocolate, bem como à produção cultural e eletromecânica, com foco na manutenção e no desenvolvimento de novos equipamentos e processos de agroindustrialização”, ressalta. :: LEIA MAIS »

Câmara aprova projeto de Lei que cria a área de Segurança Escolar em Ilhéus

A Câmara de Ilhéus aprovou recentemente o projeto de lei, de autoria do vereador Ivo Evangelista (PRB), que institui a Área de Segurança Escolar no município. A área tem por objetivo garantir condições necessárias para que as instituições de ensino desenvolvam suas atividades com tranquilidade. Dentro dessa área, estabelecida dentro de um raio de 100 metros de qualquer portão de acesso ao estabelecimento de ensino, o Poder Público deverá intensificar a fiscalização da venda de produtos para menores de 18 anos e ilícitos.

Além disso, a Prefeitura deverá viabilizar a adequação dos espaços com o objetivo de aumentar a segurança das escolas e de sua clientela, bem como garantir iluminação pública adequada, pavimentação de ruas e nivelamento dos passeios, além de outros serviços básicos como poda de arvores e limpeza.Também fica a cargo da prefeitura a manutenção das faixas de travessia de pedestres, semáforos e redutores de velocidade, além de coibir a distribuição de escritos, desenhos e panfletos que contenha figuras/objetos obscenos.

O vereador Ivo Evangelista acredita que com essas medidas será possível criar um ambiente mais seguro para alunos, pais e estudantes, além de ajudar a combater o tráfico de drogas e diminuir os índices de acidentes e de ações de vandalismo, colaborando para a ordem pública.

Ação social com usuários de drogas – Devido a grande quantidade de moradores de rua e usuários de drogas que estão se acomodando na Praça JJ Seabra, centro de Ilhéus, o vereador Ivo apresentou requerimento solicitando à Secretaria de Saúde que, juntamente com a secretaria de Desenvolvimento Social, realize um mutirão de atendimento e de ações sociais voltados a atender as principais demandas dessas pessoas.

Secretaria realiza encontro com gestores escolares em Itabuna

Foto: Cláudia Oliveira /Ascom Educação

A Secretaria da Educação do Estado realiza, na quarta (26) e quinta-feira (27), em Itabuna, o ‘Diálogo com Gestores’ escolares dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) de Itabuna (NTE 05), Teixeira de Freitas (NTE 7) e Eunápolis (NTE 27). A atividade, que tem o objetivo de estreitar o diálogo com os gestores sobre a realidade das escolas e suas especificidades a partir dos territórios de identidade onde estão inseridas, tem a participação do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

Segundo Pinheiro, o foco principal do trabalho é fortalecer o eixo pedagógico das escolas, mas a ação também é determinante para priorizar as ações da secretaria em diversos aspectos. “O objetivo é escutar quem está na escola, que tem este acumulado de tantos anos de experiência na gestão, para a gente ver no que pode avançar e, portanto, melhorar a educação. A secretaria tem que olhar nos olhos, falar um pouquinho mais de perto para encurtar as distâncias. Isso é fundamental, reconhecer e identificar o chão da escola e o seu território”, afirma.

A atividade envolve técnicos de diferentes setores da secretaria que abordam temas de interesse das escolas, na perspectiva de desburocratizar procedimentos e processos e otimizar a gestão escolar. Entre outros assuntos são abordadas questões como o projeto político pedagógico, planejamento estratégico, formação de professores, Censo Escolar/Sistema de Gestão Escolar, Avaliações (Sistema de Avaliação da Educação Básica: IDEB – ENCEJA), infraestrutura, alimentação escolar, bibliotecas, Educação Indígena, Educação Inclusiva, Educação Profissional e Tecnológica e Legislação em afirma.

Participam do encontro gestores de 36 escolas, de 13 municípios do NTE de Teixeira de Freitas, de 84 escolas e 26 municípios do NTE de Itabuna e de 20 escolas, de oito municípios do NTE de Eunápolis. Cleuza Maria de Jesus Pinto é gestora da Escola Estadual Eduardo Catalão, em Ilhéus, área do NTE 05. Com 21 anos de experiência na gestão, ela comenta sobre a importância da atividade. “Nunca vi acontecer um diálogo como este. É uma inovação valiosa porque a escuta aproxima a secretaria da escola, que vai ouvir as nossas demandas e trazer as novidades. Os resultados serão mais proveitosos. Aí é que está a transformação na multiplicação das experiências “. Esta é a quarta edição do ‘Diálogo com Gestores’.

Secretaria da Educação realiza encontro com gestores escolares em Itabuna

A Secretaria da Educação do Estado realiza, nestas quarta e quinta-feira (26 e 27), o “Diálogo com Gestores” escolares dos Núcleos Territoriais de Educação de Itabuna (NTE 5), Eunápolis (NTE 27) e Teixeira de Freitas (NTE 7). A atividade será realizada no Complexo Integrado de Educação (CIE), na quarta-feira (26), das 8h às 18h, e na quinta-feira (27), das 8h às 12h, e contará com as participações do secretário Walter Pinheiro e de técnicos do órgão central, que, dentre outras questões, irão abordar o fortalecimento do eixo pedagógico das escolas.

Serviço:

O que: Secretaria da Educação realiza encontro com gestores escolares em Itabuna

Quando: Nestas quarta (das 8h às 18h) e quinta-feira (das 8h às 12h30)

Onde: Complexo Integrado de Educação (CIE), bairro do São Caetano.

Projeto promove cidadania através da leitura em Ibicaraí

Os estudantes do 8º ano do Colégio Estadual Eduardo Spínola, em Ibicaraí, litoral sul baiano (a 462Km de Salvador), estão realizando uma ação de promoção da cidadania por meio da leitura. Com o projeto “Leitura Prazerosa e Voluntária”, a escola está mobilizada para a arrecadação de livros e revistas que são disponibilizados na ‘Geladeiroteca’ e emprestados aos alunos interessados. A prática, além de incentivar a leitura, promove valores que incluem a responsabilidade de conservação e devolução dos livros à unidade.

A professora e coordenadora do projeto, Gilcácia Leôncio, conta como surgiu a ideia. “Na verdade, partiu dos próprios estudantes, porque já havíamos realizado um projeto com a ‘Geladeiroteca’, que estava parada. Eles decidiram resgatá-lo, reformando a geladeira e arrecadando livros e revistas através de doações. Estamos há algumas semanas com as atividades e temos uma ampla participação de todos, principalmente dos alunos do 8º ano, que fazem a organização dos empréstimos”, comenta.

Gilcácia ainda destaca que a ação tem o objetivo de promover valores que envolvam noções de cidadania. “Temos um controle para o empréstimo dos livros, mas não existe um rigor na entrega, nem punição. Orientamos para a importância na conservação dos livros e a sua devolução, no intuito que os estudantes adquiram uma prática de respeito e honestidade”, diz. :: LEIA MAIS »

Escolas têm até o dia 31 de julho para o envio de dados do Censo Escolar 2017

As unidades escolares das redes estadual, municipal e particular têm até o dia 31 de julho para informar no sistema Educacenso (http://censobasico.inep.gov.br/) as informações dos estudantes, professores e das escolas para a realização do Censo Escolar da Educação Básica. O fornecimento das informações solicitadas pelo Censo Escolar é obrigatório para todos os estabelecimentos de Educação de direito público ou privado, com ou sem fins lucrativos.

Os dados coletados pelo Censo Escolar servem de base para a formulação de políticas públicas e para a distribuição de recursos públicos como alimentação e transporte escolar, distribuição de livros e uniformes, implantação de bibliotecas, instalação de energia elétrica, Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), entre outros. Os dados também são utilizados no cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), por outros ministérios como Saúde e Esportes e por organismos internacionais como a UNESCO e o UNICEF.

O diretor de Informação Educacional da Secretaria da Educação do Estado, Marcos Pinho, alerta sobre a importância de as escolas da rede privada também declararem seus dados. “Existe um quantitativo expressivo de aproximadamente 3.183 escolas privadas que até o momento não enviaram suas informações. É importante que essas unidades não deixem de fazer o Censo, pois este ano haverá avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), como a Prova Brasil e a Avaliação do Ensino Médio. Outra questão diz respeito aos programas sociais, a exemplo do Bolsa Família, que dependem dessas informações do Censo para medir a frequência dos estudantes beneficiários do programa”, informa. :: LEIA MAIS »

Estado abre novas vagas para a Educação Profissional no Território de Identidade Litoral Sul

Com o objetivo de ampliar a formação profissional dos jovens e trabalhadores na Bahia, a Secretaria da Educação do Estado está com inscrições abertas, até o dia 20, para uma nova oferta de curso técnico de nível médio: o MedioTEc. O programa é destinado a estudantes matriculados no 2º ano ou 3º ano do Ensino Médio que poderão fazer um curso técnico no turno oposto aos quais fazem o ensino regular. As inscrições para as 2.224 vagas ofertadas em 31 cursos, em 51 municípios, nos diferentes eixos tecnológicos, ocorrem, exclusivamente, pelo Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). No Território de Identidade Litoral Sul, as vagas são para os cursos técnicos em Restaurante e Bar, Cozinha, Hospedagem, Guia de Turismo, Agenciamento de Viagem, Teatro, Pesca e Controle Ambiental, ofertadas pelos Centros e Unidade de Educação Profissional, nos municípios de Itacaré, Pau Brasil, Camacan, Ilhéus, Canavieiras, Buerarema.

O programa é uma ação do Ministério da Educação, no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O objetivo é proporcionar aos estudantes uma formação profissional e ampliar as chances de inserção no mundo do trabalho, seja com o emprego formal ou por meio do empreendedorismo. Entre os cursos ofertados estão os técnicos em: Agronegócios, Agroecologia, Agroindústria, Administração, Aquicultura, Hospedagem, Guia de Turismo, Teatro, Canto, Dança, Eventos, Cenografia, Instrumento Musical, Agenciamento de Viagem, Pesca, Recursos Pesqueiros, Controle Ambiental, Cozinha, Zootecnia, Computadores, Telecomunicações, Redes de Computadores, Informática, Artesanato, Museologia, Controle Ambiental, Qualidade, Automação Industrial, Produção de Áudio e Vídeo.

Inscrições – O processo seletivo inclui sorteio eletrônico, que ocorre no dia 24 de julho, no qual concorrerão todos os inscritos. Para alguns cursos do eixo tecnológico Produção Cultural e Designer, os primeiros classificados no sorteio eletrônico para o número de vagas ofertadas irão fazer um teste de habilidades específicas, no período de 26/7 a 2/08. No mesmo período está programada a matrícula e entrevistas (quando houver) para todos os cursos. Para tanto, os classificados devem se dirigir aos Centros de Educação Profissional e unidades compartilhadas para os quais se inscreveram. É preciso levar o original do Histórico Escolar ou atestado escolar atualizado; originais e cópias da Cédula de Identidade, do CPF e do comprovante de residência.

Prazo para entrar na lista de espera do Prouni do 2º semestre de 2017 começa nesta sexta

Começa nesta sexta-feira (7) o período para entrar na lista de espera do Programa Universidade para Todos (Prouni) do segundo semestre de 2017. O prazo termina na próxima segunda-feira (10), e as inscrições devem ser feitas pelo site do programa (http://siteprouni.mec.gov.br).

Nesta edição são oferecidas 147.492 bolsas, sendo 67.603 integrais e 79.889 parciais em instituições particulares de ensino superior. A seleção é feita a partir do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), levando em conta critérios socioeconômicos da família do estudante.

Para disputar uma bolsa parcial ou integral é necessário ter média de 450 pontos de nota mínima no Enem, ter sido aluno de escola pública ou bolsista na particular, e obedecer a alguns critérios socioeconômicos.

A bolsa integral é destinada aos estudantes que possuem renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Já o teto da bolsa parcial, de 50% do valor da mensalidade, é de até três salários mínimos.

UFSB inicia inscrição especial para Componentes Curriculares

A PROGEAC tornou público o Edital nº 16/2017 referente à Inscrição Especial em Componentes Curriculares em vagas não preenchidas. A Inscrição Especial em CCs é uma oferta de estudos ao público interessado, visando o preenchimento das vagas não ocupadas no quadrimestre 2017.2 pelos estudantes regularmente matriculados na UFSB.

O estudante em Inscrição Especial fará jus à declaração comprobatória do(s) CC(s) cursado(s), com a respectiva carga horária e nota obtida. Os registros acadêmicos do estudante em Inscrição Especial serão mantidos pela UFSB, inclusive para efeito de aproveitamento curricular em caso de o estudante vir a se tornar discente regular.

As vagas disponíveis serão preenchidas pelos candidatos na seguinte ordem de classificação: 1) professores do Ensino Básico; 2) pessoas vinculadas à instituições parceiras da Universidade; 3) participantes de ações afirmativas e programas de integração social da Universidade; 4) estudantes regulares de Instituições de Ensino Superior; 5) portadores de diploma de curso superior; 6) portadores de diploma de ensino médio ou equivalente

As inscrições terminam nesta terça-feira (04) e deverão ser realizadas no endereço eletrônico: https://goo.gl/forms/3EcbRZNl5HOTjnr23. O candidato deverá indicar os CCs de seu interesse no momento da inscrição, no máximo de oito (08), fazendo a escolha do Campus no qual deseja cursá-los, e dando atenção a possíveis conflitos de horário. As aulas terão início a partir do dia 10 de julho.

Nível de exigência elevado dos processos seletivos preocupa candidatos a estágio, aponta pesquisa

Especialistas indicam caminho para fugir deste efeito adverso da crise do emprego.

O número de concorrentes nos processos seletivos aumentou ao mesmo passo em que as vagas no mercado de trabalho diminuíram. Segundo especialistas do setor, o ano de 2017 é um momento de reestruturação de mercado e não de crescimento, isso porque a crise desacelerou, no entanto, a recuperação avança lentamente e ainda não é capaz de enxugar todos os prejuízos causados pelos últimos anos de retração na economia brasileira.

Diante disso, uma pesquisa exclusiva, realizada pela Companhia de Estágios – consultoria e assessoria especializada em programas de estágio e trainee – mostrou que os jovens que ainda frequentam as salas de aulas, buscam nos programas de estágio uma saída para continuarem desenvolvendo suas carreiras. Para eles o pior efeito dos percalços da economia é justamente a falta de oportunidades, mas entre aquelas que surgem no mercado, outros dois fatores preocupam os aspirantes: a maior competitividade e o nível elevado de exigência dos recrutadores.

Crise econômica intensifica os desafios para os mais jovens

A busca por uma colocação já faz parte da rotina de 14 milhões de brasileiros – segundo o IBGE, 13,6% da população do país estava desempregada entre fevereiro e abril de 2017. Entre os jovens, com idade até 25 anos, este cenário é ainda mais preocupante, pois os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) revelam que essa é a faixa etária mais atingida pelo desemprego atualmente. Diante disso muitos buscam alternativas para driblar os desafios e não ficarem à margem do mercado de trabalho.

Efeito colateral

:: LEIA MAIS »

Mais Futuro garante assistência a 4 mil universitários baianos

Governador Rui Costa assina termos de compromisso de estágio do Programa Mais Futuro, no Hotel Othon Palace – Foto: Mateus Pereira/GOVBA

A partir desta quarta-feira (21), quatro mil estudantes de universidades estaduais integram o programa Mais Futuro. A iniciativa do Governo do Estado oferece auxílio financeiro para os jovens em condições de vulnerabilidade socioeconômica, participantes do CadÚnico, além de oportunidades de estágio no setor público. O incentivo garante a permanência desses estudantes nas salas de aula e a conclusão dos cursos de graduação. Na manhã desta quarta, em cerimônia no Bahia Othon Palace, em Salvador, o governador Rui Costa assinou os termos de compromisso de estágio dos universitários participantes, que também receberam seus cartões bancários.

“Este programa é voltado aos jovens de famílias de baixa renda, para que possam cursar uma faculdade, regularmente. Esta é a prioridade do Governo com a juventude. Acredito que a educação transforma a vida das pessoas e esse é mais um estímulo para que esses estudantes concluam seus cursos. A partir do sexto semestre, também estamos oferecendo oportunidades de estágio remunerado, para os universitários garantirem experiência profissional na atividade que está se formando”, explica o governador.

O programa é voltado para os estudantes das universidades Estadual de Feira de Santana (Uefs), de Santa Cruz (Uesc), do Sudoeste da Bahia (Uesb) e para a Universidade do Estado da Bahia, (Uneb). Ao todo, se inscreveram no programa mais de 5,7 mil jovens e 4 mil deles foram selecionados nesta primeira etapa. Entre eles, 3.600 receberão o auxílio financeiro, chamado auxílio permanência, e os 400 estudantes restantes terão a oportunidade de estagiar em órgãos do governo baiano. :: LEIA MAIS »

Caravana do MP inspeciona postos e escolas no município de Una

Oito escolas públicas municipais, cinco unidades de saúde e um centro odontológico do município de Una foram fiscalizadas ontem, dia 19, por equipes do programa ‘Saúde + Educação: Transformando o Novo Milênio’, do Ministério Público estadual. Foram identificadas, entre outras, irregularidades como carteiras escolares danificadas; salas de aulas superlotadas, com mais de 40 alunos; aparelhos de ar-condicionado sem funcionar por falta de adaptação do ambiente ao equipamento; quadra esportiva com piso esburacado e alambrado quebrado; banheiros sem vaso sanitário, material higiênico e com porta sem fechadura; e salas de aula com pouca iluminação.

Segundo a gerente do programa, promotora de Justiça Anna Karina Senna, serão convocadas novas reuniões com representantes da gestão municipal para comunicar os problemas encontrados e cobrar a tomada de providências. Participaram da caravana, além da gerente, as promotoras de Justiça Alícia Passeggi, Mayana Ribeiro e Laíse Carneiro; e, como voluntários, membros dos conselhos municipais de educação e saúde; conselheiros tutelares; servidores do Fórum de Justiça Estadual, do Ministério Público Federal e do MP baiano e cidadãos de Una.

Candidatos têm até hoje para se inscrever em lista de espera do Sisu

Página do Sisu na internet -Reprodução/Agência Brasil

Hoje é o últimos dia para os candidatos à segunda edição deste ano do Sistema de Seleção Unificada se inscreverem na lista de espera. Podem participar os candidatos que não foram selecionados na chamada regular ou que foram aprovados somente para a segunda opção de curso, tendo ou não se matriculado. A convocação dos aprovados está prevista para o próximo dia 26.

Para participar, basta acessar a página do Sisu na internet. É necessário ter em mãos o número de inscrição e a senha do Enem de 2016. A lista de espera do Sisu é restrita à primeira opção de vaga do candidato.

Concluída a manifestação de interesse, será emitida uma mensagem de confirmação. A convocação dos selecionados para a matrícula caberá às próprias instituições de educação superior. Assim, é importante que os participantes acompanhem as convocações feita por elas.

Sisu

Sistema informatizado do Ministério da Educação, o Sisu oferece vagas no ensino superior público com base na nota do Enem. Ao todo, serão ofertadas 51.913 vagas em 1.462 cursos de 63 instituições de ensino, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

Nesse processo, valerá a nota do Enem 2016. Para participar, os candidatos não podem ter tirado 0 na redação do Enem. Além disso, algumas instituições estabelecem notas mínimas para ingresso em determinados cursos. No ano passado, mais de 6 milhões fizeram o Enem.

agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia