WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura de ilheus




:: ‘Duplo Homicídio’

Pai e filho foram executados em Itabuna

Pai e filho foram assassinados

Adeilton Cardoso dos Santos era conhecido e Alan Oliveira Santos, pai e filho,  foram surpreendidos em casa, na madrugada desta quinta-feira, 13, no bairro Daniel Gomes, em Itabuna, e executados com vários tiros. “Cudeu”, como Adeilton era conhecido, 38 anos, tinha ligações com o crime; Alan, 15 anos, era estudante e não tinha ligações criminosas segundo familiares.

Pai e filho, segundo a polícia, dormiam (um no quarto e outro na sala) quando os criminosos chegaram atirando. Fizeram mais de 10 disparos. Vítima de tentativa de homicídio, anos atrás, por conta da guerra do tráfico, “Cudeu” se tornou cadeirante em função dos tiros que levou na ocasião.

A Polícia Civil faz investigações em busca de pistas para esclarecer o caso. O corpos foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica.

*Informações do Site Plantão Itabuna.

Dois corpos são achados no bairro São Domingos

Veiculo achado pertence a uma das vitimas.

Dois corpos foram encontrados por populares na manhã desta terça-feira (24) na BA 001, rodovia Ilhéus-Itacaré, no bairro São Domingo, município de Ilhéus. O Departamento de Polícia Técnica esteve no local realizando perícias e levantamento cadavérico.

As vítimas foram identificadas como Tarcísio Lucas de Jesus, 29 anos, e Wellington dos Santos de Souza, 32 anos. Segundo informações policiais, a morte dos dois tem sinais de execução, já que os corpos foram encontrados de bruço, um ao lado do outro, com perfurações de arma de fogo de grosso calibre na nuca e tórax .

Há 2 km do local do crime, foi achado um veículo GM corsa Sedan, placa policial JQT 7019, pertencente a uma das vítimas.

Segundo informações, as duas vítimas saíram ontem à noite alegando que iriam ao Atacadão, rodovia 415 Ilhéus-Itabuna, e por volta  22 horas a vítima Wellington entrou em contato com outro amigo pedindo que levasse até a zona norte, um estepe, já que o veículo tinha furado pneu. Na delegacia, o amigo disse que quando chegou ao local encontrou somente o veículo com as portas abertas e não encontrou as vítimas. Já na manhã desta terça-feira (24), o amigo voltou ao local juntamente com um funcionário da vítima e encontraram o carro depenado.

Por volta das 9 horas na manhã a polícia recebeu a informação sobre a descoberta dos corpos.

O Núcleo de Homicídios da Polícia Civil de Ilhéus, sob a coordenação da delegada Andrea Oliveira, investiga o caso.

Ilhéus: Moto de casal de colombiano é localizada pela Polícia

Moto do Casal Colombiano foi encontrada dentro do Lavajato do suspeito Magno Rodrigues (foto).

A moto CG vermelha placa OKR 1186 que pertence ao casal colombiano Andres Aluan Rey e Diana Paola Zuluaga, mortos na última sexta-feira(18), foi encontrada pela Polícia Civil dentro do Lava-jato Lavacar Gold, na Av. Ubaitaba, nas proximidades da Central de Abastecimento do Malhado, zona norte de Ilhéus.

A Lavacar Gold é de propriedade do principal suspeito do duplo homicídio, Magno Rodrigues, que também teve seu carro apreendido no local do crime, quando três indivíduos tentavam enterrar as vítimas.

Um amigo das vítimas compareceu na última sexta-feira (18) ao plantão policial, informando que casal Andres Aluan Rey e Diana Paola Zuluaga, amigos seus, de nacionalidade colombiana, saíram de sua residência em uma moto CG vermelha placa OKR 1186, com destino a um lava jato no bairro do Malhado, a fim de encontrar uma pessoa de prenome Magno, de quem receberiam um pagamento. ( Clique aqui para ler a matéria completa sobre a morte dos casal)

A Polícia Civil, sob a coordenação da Delegada Andrea Oliveira, vem realizando diligências para  prender os acusados do duplo homicídio que chocou o município de Ilhéus.

Casal é executado e enterrado em cova rasa em Ilhéus; comerciante ilheense é o principal suspeito

Casal foi executado ao cobrar divida.

Um casal foi executado e enterrado no cemitério do distrito de Aritaguá, às margens da BA 001, Rodovia Ilhéus-Itacaré, na noite desta sexta-feira (18).

Segundo informações policiais, uma guarnição da Polícia Militar depois de denúncia anônima, chegou ao local e encontrou alguns indivíduos em um carro branco, enterrando as vítimas em uma cova rasa. Ao avistar a Polícia, os meliantes conseguiram fugir no meio do mato.

Na mesma noite, compareceu ao plantão policial Juan Manuel, informando que também na sexta-feira (18), o casal Andres Aluan Rey e Diana Paola Zuluaga, amigos seus, de nacionalidade colombiana, saíram de sua residência em uma moto CG vermelha placa OKR 1186, com destino a um lava jato no bairro do Malhado, a fim de encontrar uma pessoa de prenome Magno, de quem receberiam um pagamento; e que até o presente momento, não se tinha nenhuma notícia sobre o paradeiro do casal, e os telefones de ambos estariam fora de área.

A Polícia Civil foi acionada juntamente com o DPT, realizabdo a perícia no local, no veículo e após o levantamento cadavérico identificaram o casal de colombianos como sendo as vítimas.

Veículo não tem restrição de roubo e pertence a comerciante Ilhéus, Magno Rodrigues.

Ao puxar a documentação do veículo MMC/ASX, marca Mitsubishi, placa policial OZM 5151, que foi largado no local do crime, a polícia chegou ao endereço na rua do Cano, bairro do Malhado, quem reside no local é o pai do homem citado pela amigo do casal, como Magno. No local foi recolhido uma conta de água com o nome do suspeito, Magno Rodrigues.

O principal suspeito, Magno Rodrigues, é comerciante proprietário de uma distribuidora de bebida na zona norte de Ilhéus.

A redação do Blog Agravo entrou em contato com a Delegada Dra. Andrea Oliveira, que comanda as investigações, e ela informou que as equipes de policiais já estão nas ruas buscando os homicidas, e que o casal de colombianos emprestava dinheiro a juros. A delegada não quis dar mais detalhes para não atrapalhar as investigações em curso.

Leia também :

Ilhéus: Moto de casal de colombiano é localizada pela Polícia

Homem é condenado a 36 anos de reclusão por duplo homicídio em Camacan

Leandro Moura dos Santos foi condenado a 36 anos de reclusão pelo homicídio qualificado de Manoel Francisco do Santos e Luciano de Jesus Santos. O crime, de acordo com denúncia oferecida pelo Ministério Público, foi praticado por motivo fútil e sem possibilidade de defesa das vítimas. A sentença foi proferida ontem, dia 30, em sessão do Tribunal do Júri da Comarca de Camacan, presidida pelo juiz de Direito Eros Cavalcanti. Leandro, que já cumpre prisão preventiva, não terá o direito de apelar em liberdade. A tese de acusação, acatada pelo júri, foi defendida pela promotora de Justiça Catharine Rodrigues de Oliveira Cunha.

A acusação sustentou que no dia 10 de agosto de 2016, Leandro teria entrado na casa das vítimas, na localidade de Jacareci, em Camacan, e efetuado disparos de arma de fogo além de golpes de facão contra Manoel Francisco. Luciano de Jesus foi agredido somente com o facão. Como resultado da agressão, os dois morreram. De acordo com a denúncia, o motivo do crime foi “uma mera discussão prévia”. Depois do crime, Leandro, que passou a ser procurado pela Justiça, fugiu para o município de Ilhéus, onde foi preso.

Com informações do Ministério Público do Estado da Bahia

Duplo homicídio choca a cidade de Santa Luzia

O Comerciante Zequinha, no detalhe, chegou a ser socorrido, mas veio a óbito no percurso para Itabuna.

O Comerciante Zequinha, no detalhe, chegou a ser socorrido, mas veio a óbito no percurso para Itabuna.

Na manhã desse sábado (14), um duplo homicídio deixou a cidade de Santa Luzia, localizada no sul da Bahia, chocada. Segundo informações, dois homens em uma moto desceram e atiraram contra um homem identificado como Nelson Capixaba, que procurou refúgio no supermercado Renovo, mas acabou sendo alvejado e morto no local.

O proprietário do supermercado, identificado como Zequinha, acabou também atingido pelos tiros, sendo socorrido, mas vindo a óbito no trajeto para Itabuna.

A morte do comerciante Zequinha, bastante querido na cidade e era uma pessoa de bem, gerou grande comoção. A população espera urgentemente  resposta as autoridades policiais.

Segundo informações, Nelson Capixaba, alvo inicial dos homicidas, era suspeito de ser o autor da morte de um rapaz de nome Renivan, ocorrida no último sábado (07), em Hermelândia.

Na ocasião, Renivan foi alvejado com quatro tiros que lhe atingiram a face e a perna, morrendo no local.

Ilhéus: Polícia pede prisão preventiva de suspeito de ter matado mãe e filha no Vilela

Polícia pediu a prisão de André pelo duplo homicídio de mãe e filha.

Polícia pediu a prisão de André Santos pelo duplo homicídio de mãe e filha.

A Polícia Civil não tem dúvida que o autor do duplo homicídio, ocorrido no bairro Teotônio Vilela, foi André Santos, companheiro de uma das vítimas, e o motivo foi passional.

Segundo a delegada que investiga o caso, delegada Andréa Oliveira, já foi pedida a prisão preventiva do acusado.

O crime chocou a cidade de Ilhéus. A duas vítimas, mãe e filha, Luciene Pereira Bispo, de 37 anos, e a adolescente Karinny Silva, de 17 anos, foram encontradas mortas dentro da residência no último dia 6 de novembro.

Segundo a delegada, André, que morava com Luciene há apenas sete meses, era muito ciumento e não trabalhava. “Por isso, a vítima teria mandado o companheiro sair de casa”, explicou Dra. Andréa.

Ainda de acordo com as investigações, após essa discussão, o homem teria prometido deixar a residência no dia 5, um dia antes dos corpos serem encontrados. “Ele passou a premeditar o crime”, ressaltou a policial. Inicialmente, o “alvo” do acusado seria só a companheira.

Informações do Diário Bahia

Ilhéus: Policia busca suspeito de duplo homicídio no Vilela

Karine foi morta junto com a mãe.

Karine uma das vítimas do duplo homicídio no Vilela.

A polícia tenta localizar, André Santos, o principal suspeito do duplo homicídio contra, Luciene Pereira Bispo, e a filha dela , Karine Pereira Bispo. O crime ocorreu na noite desta quinta-feira no bairro Teôtonio Vilela. ( Clique aqui para ler )

André era companheiro de Luciene, com quem convivia há sete meses.

Os corpos das duas foram encontrados pela filha mais nova de Luciene, que não morava na mesma casa.

Segundo informações policiais, Luciene foi morta a golpes de faca, enquanto Karine morreu por estrangulamento.



setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia