WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




:: ‘DEM’

Bahia: Zé Ronaldo denuncia caos na educação, saúde e segurança

Imagem divulgação.

Durante o primeiro debate com os candidatos ao governo do estado, realizado pela Band Bahia, o aspirante ao Palácio de Ondina pela coligação “Coragem para mudar a Bahia, Zé Ronaldo (Democratas) foi enfático ao destacar a educação baiana como a pior do Brasil. Segundo o ex-prefeito de Feira de Santana, o governo do PT não construiu escolas na Bahia e detém os piores índices do país. “As universidades estaduais entram em greve o governo do PT manda cortar ponto. Muitos funcionários administrativos ganham abaixo do salário mínimo. Isso não é possível”.

Zé Ronaldo reclamou principalmente da questão da segurança. “A Bahia tem o dobro de mortes violentas que São Paulo, estado que tem uma população três vezes maior. Os assassinatos aumentaram 98% nos anos de governo do PT. Isso é o reflexo da falta de investimentos. Por falta de projetos, esse governo devolveu mais de R$ 80 milhões ao governo federal. A violência atinge principalmente jovens, negros e moradores da periferia. Eles culpam as drogas, o que é um claro sinal da omissão diante dos problemas”. :: LEIA MAIS »

DEM anuncia Mônica Bahia como candidata a vice-governadora na chapa de José Ronaldo

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Democratas confirmou na convenção estadual do partido na manhã desta sexta-feira (3) que a Mônica Bahia (PSDB), do Movimento Brasil Livre (MBL) e da Ordem dos Médicos do Brasil (OMB), será candidata a vice-governadora na chapa encabeçada pelo ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo. Havia grande expectativa em torno do nome da mulher para ocupar o posto, depois que o grupo político confirmou o acordo com Irmão Lázaro (PSC) para a segunda vaga ao Senado na majoritária de 2018 – o deputado federal foi convidado para ser vice, mas insistiu na candidatura à Câmara Alta.

Ao longo do processo, José Ronaldo tentou diversos nomes e acabou recebendo negativas. Entre as citadas como potenciais vice estavam a ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça, Eliana Calmon (Rede), a cantora Carla Visi (PV) e a major Denice Santiago, comandante da Ronda Maria da Penha. Outras figuras como Edylene Ferreira (PV), Tonha Magalhães (DEM) e Lúcia Rocha (DEM) também estiveram no páreo, mas acabaram descartadas.

O esforço do grupo político era buscar alguém de fora do núcleo político, por isso a escolha de Mônica Bahia não chega a ser uma surpresa. A tentativa é incorporar um nome “mais leve” e menos ligado aos grupos políticos tradicionais. Mônica era uma das líderes dos movimentos de março de 2015 e buscava ser candidata a deputada estadual.

*Com informações do Bahia Notícias

Na contramão de Marão, 12 vereadores de Ilhéus anunciam apoio a Zé Ronaldo ao Governo da Bahia

Vereadores declararam apoio a Zé Ronaldo (DEM).

Em uma reunião na casa do empresário Samuca Franco, zona Sul de Ilhéus foi selado o apoio de 12 vereadores de Ilhéus ao candidato ao governo do estado, Zé Ronaldo (DEM).

O apoio foi dado pelo presidente da Câmara, Lukas Paiva (PSB), e os vereadores Ivo Evangelista (PRB), Fabrício Nascimento (PSB), Nino Valverde (PSB), Juarez Barbosa (MDB), Thadeu Muniz (PDT), Paulo Meio Quilo (PV), Luiz Carlos Escuta (PP), César Porto (PDT), Abraão (PDT), Gil Gomes (PV) e Nerival (PC do B).

A reunião contou com a presença do vice-prefeito de Salvador Bruno Reis, o deputado federal e pré-candidato ao senador Jutahy Jr (PSDB),  deputado estadual Pedro Tavares (DEM), e o advogado Marcos Alpoim.

Nossa redação entrou em contato com o vereador Lukas Paiva, que confirmou o apoio ao candidato do DEM. Apesar do fechamento com Zé Ronaldo, o grupo não fechou apoio a candidatura de Jutahy Junior ao Senado.

No meio político, o apoio dos vereadores a Zé Ronaldo é um recado direto ao prefeito Mário Alexandre (PSD) que apoia o candidato Rui Costa (PT). No início do ano, os mesmo vereadores foram contra o fechamento do Hospital Regional Luiz Viana Filho e se negaram a ir à inauguração do Hospital Costa do Cacau.

Ao irem debater a situação do hospital Regional na Secretaria Estadual de Saúde, os mesmos vereadores passaram por uma desfeita do secretário de Saúde, Fábio Vilas Boas, que não quis atender os vereadores e só realizou a reunião devido à interferência do deputado federal Bebeto Galvão (PSB).

Há sinais e indícios de que Marão perdeu as rédeas da sua base no legislativo ilheense, e o governo pode entrar em uma tempestade política no retorno recesso do legislativo, no início de agosto.

Apoio a presidenciáveis divide o DEM nas eleições 2018

Os presidenciáveis Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) Foto: Tiago Queiroz e Hélvio Romero/ Estadão.

A disputa dos presidenciáveis por apoio nas eleições 2018 deixou o DEM dividido entre um bloco que defende o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e outro que prega uma aliança com o ex-ministro Ciro Gomes (PDT). De um lado está a bancada de 43 deputados, que é majoritariamente pró-Alckmin, e do outro, a executiva do DEM e lideranças regionais do Nordeste, que apoiam Ciro.

Enquanto a bancada tem um perfil mais ideológico, conservador e abriga parlamentares ligados a igrejas evangélicas, agronegócio e segurança pública, os caciques nordestinos fazem um cálculo pragmático sobre a dificuldade de Alckmin conseguir votos na região.

Segundo a Coluna do Estadão, a corrente pró-Ciro tem hoje o favoritismo na disputa. O prefeito de Salvador, ACM Neto, presidente nacional do DEM, tem sinalizado internamente que prefere apoiar o pedetista. Ele desembarcou nesta terça-feira, 3, em Brasília para buscar consenso entre as duas correntes.

O impasse do DEM contaminou os demais partidos do bloco liderado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que reúne Solidariedade, PP e PRB. O grupo, que já esteve com Ciro Gomes, se reúne na noite desta quarta-feira, 4, com Alckmin em um jantar na residência do presidente do PRB, Marcus Pereira (SP).

“Enquanto subsistir a pré-candidatura de Rodrigo, ela tem unanimidade de apoio do partido. Caso o partido decida por outro caminho, é inegável que existem diferentes pensamentos internos. Vou procurar conduzir o partido para o caminho desejado pela maioria”, disse ACM Neto ao Estado.

*Informações do Estadão

Em busca de apoio, Ciro diz que solicitou ao DEM lista de pessoas para pedir desculpas

Ciro Gomes quer o apoio do DEM.

Tentando atrair apoio do chamado Centrão para sua campanha nas eleições 2018, o pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, se comprometeu a pedir desculpas a integrantes do DEM. Nesta quinta-feira, 28, o secretário-geral do DEM, deputado Pauderney Avelino (AM), disse ao Estadão que aceita o pedido de desculpas de Ciro Gomes. Faz uma exigência, no entanto: que as desculpas ocorram no mesmo ambiente público em que Ciro o atacou.

Pauderney processa Ciro por injúria porque, em 2016, durante uma palestra, o hoje pré-candidato do PDT disse que o então líder do DEM tinha sido “corretor de Fernando Henrique Cardoso” na suposta compra de votos pela aprovação da emenda constitucional que permitiu a reeleição de presidentes da República, governadores e prefeitos. :: LEIA MAIS »

ACM Neto se reúne hoje com Ciro Gomes

Ciro Gomes quer o apoio do DEM.

Presidente nacional do Democratas, ACM Neto vai se reunir hoje (19) com o presidenciável Ciro Gomes, mas o partido tem perdido o interesse de apoiar o pré-candidato do PDT, segundo a Coluna do Estadão.

De acordo com a publicação, parte dos democratas não gostou do fato de Ciro comparar o vereador de São Paulo, Fernando Holiday (DEM), a um “capitãozinho do mato”. Diante disto, a cúpula do partido já fala em abrir conversas com o pré-candidato do Podemos, Álvaro Dias.

A avaliação de líderes do Centro é de que Álvaro Dias tem chance de crescer entre o eleitorado caso os cinco partidos do Centro se unam em torno dele. Isto porque as legendas aumentariam o tempo de exposição dele na TV.

Pedro Tavares solicita reforma da Delegacia Territorial de Camacan

Deputado Pedro Tavares (DEM)

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM) solicitou ao Governo do Estado, junto à Secretaria de Segurança Pública, a reforma da Delegacia Territorial da cidade de Camacan. No documento enviado através da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia, o parlamentar destaca o risco de desmoronamento pela precariedade do prédio onde atualmente funciona a delegacia do município.

“É uma situação de total abandono. A estrutura física do imóvel está precária, correndo até mesmo risco de desabamento, conforme ampla divulgação da imprensa. A parede da frente da delegacia está cedendo por conta das rachaduras. Essa situação é inadmissível. A unidade, que tem a finalidade de prestar um atendimento ágil e de qualidade, está à beira do sucateamento”, afirmou o deputado.

Pela depreciação estrutural das instalações, a delegacia não está recebendo presos e, os que chegam, são transferidos para as unidades de Pau Brasil e Itabuna. Além disso, policiais civis do município paralisaram atividades por tempo indeterminado em função do risco de desabamento.

De acordo com Tavares, tal cenário demonstra a falta de compromisso do Estado com a segurança pública. “Segurança pública é dever do Estado e não dos municípios, que atravessam sérias dificuldades financeiras e necessitam de uma atenção diferenciada. Espero que as autoridades responsáveis tenham sensibilidade e acatem esta demanda, pois o pedido visa garantir a população do município de Camacan o direito a segurança pública de qualidade e que proporcione atendimento digno e efetivo aos seus habitantes”, pontuou o parlamentar.

PT, DEM, PTdoB e PCO têm de devolver R$ 2,5 milhões, decide TSE

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu hoje (26) que quatro partidos – PT, DEM, PCO e PTdoB – terão de devolver mais de R$ 2,5 milhões aos cofres públicos por irregularidades encontradas na prestação de contas referente ao ano de 2012.

Apesar de ter recebido a punição de maior valor, R$ 1,5 milhão, o PT foi o único dos quatro partidos que teve as contas de 2012 aprovadas, embora com ressalvas. Além da cota já prevista para 2019, o PT foi condenado a aplicar, R$ 2,3 milhões, acrescidos de uma multa de 2,5%, em ações de promoção à participação de mulheres na política.

Entre as principais irregularidades apontadas nas contas do PT, está o repasse, pelo diretório nacional, de mais de R$ 1,3 milhão a diretórios regionais que, em 2012, estavam com as contas em situação irregular com a Justiça Eleitoral. Também não foram comprovadas despesas menores, como com serviços de bufê, por exemplo. :: LEIA MAIS »

ACM Neto será o novo presidente nacional do DEM

Na próxima quarta-feira (7), ACM Neto estará em Brasília. Dessa vez, a viagem terá um motivo especial: o prefeito de Salvador, herdeiro de uma das famílias mais poderosas da Bahia, será nomeado presidente nacional do Democratas (DEM). Em conversa com o Correio da Bahia, Neto comentou: “É um grande desafio assumir o comando do partido em um momento como esse. O Democratas está sendo refundado para liderar a construção de um novo projeto para o Brasil. Seremos protagonistas desse novo momento da política brasileira”.

Vazamento de áudio e agressão a candidato a vereador esquenta a política de Itacaré

Nego de Saronga (DEM) foi gravado em conversa constrangedora.

Nego de Saronga (DEM) foi gravado em conversa constrangedora.

Nos últimos dias, a política de Itacaré vem sendo movimentada por fatos pitorescos, extremamente negativos. Um áudio que, circula nos meios de comunicação do município, o vereador e candidato a prefeito, Nego de Saronga (DEM), explica que recebia dinheiro do ex-prefeito Antônio de Anízio em chamadas “sessões ordinárias”.

“Eu como oposição às vezes até votei contra alguns projetos. Mas na hora da sessão extraordinária o dinheiro ‘tava’ no bolso… é mentira Pedro? Meu dinheiro tava no bolso… na sessão extraordinária… o prefeito convocava e o meu vinha. O meu vinha…”, diz Nego de Saronga(DEM) no áudio.

OUÇA A GRAVAÇÃO :

Candidato a vereador agredido

Vladimir ( Camisa preta) foi agredido nesta sexta-feira.

Vladimir ( Camisa preta) foi agredido nesta sexta-feira.

Já nesta sexta-feira (09), o candidato a vereador Vladimir Reis (PMDB), foi agredido com um soco no rosto por uma pessoa identificado como Marcos, mais conhecido por “Figura”, prestador de serviço da Coligação “Não vamos desistir de Itacaré”, do Candidato Nego de Saronga (DEM).

A vítima é irmão do candidato a prefeito do PMDB, Danilo Reis.

Segundo pessoas ligadas a Vladimir, há alguns dias ele fotografou o carro de som do agressor que, se sentiu ‘ofendido’, fez ameaças e resolveu hoje, partir para agressão física.

Vladimir realizou o boletim de ocorrência na delegacia local e logo depois fez o exame de corpo delito. (Com informações do Itacaré Urgente).

Aleluia representa contra Boulos na Procuradoria da República

Deputado José Carlos Aleluia (DEM).

Deputado José Carlos Aleluia (DEM).

O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) entrou com representação na Procuradoria da República no Distrito Federal contra o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e da Frente do Povo Sem Medo, Guilherme Boulos. Na ação, o parlamentar baiano pede apuração de prática de infrações penais.

Em entrevistas à imprensa, o senhor Boulos vem incitando o crime. Com os movimentos que se diz liderar, ele ameaça tirar a paz do país, incendiando-o com greves, ocupações e mobilizações, se houver o impeachment da presidente Dilma e for decretada a prisão de Lula”, diz Aleluia.

Para o deputado democrata, a conduta do coordenador do MTST se constitui em grave atentado à paz pública ao incitar, estimular e instigar publicamente a prática de ato criminoso. “O senhor Boulos já anuncia atos desta natureza criminosa em várias cidades do país. Ele não pode ficar impune. O delito de incitação ao crime, de acordo com o Código Penal, prevê pena de três a seis meses de detenção ou multa”.

Na representação, Aleluia requer que o Ministério Público Federal instaure inquérito para apuração da conduta criminosa prevista nos artigos 286 e 288-A do Código Penal. “O Brasil não pode virar o paraíso dos foras da lei, como pretende esse senhor Boulos, que, desrespeitando as leis de nosso país, quer estabelecer sua vontade no grito, de maneira violenta, ilegal e autoritária. Ele precisa entender que vivemos sob o estado democrático de direito. O Brasil não é a Venezuela”, assinala o deputado.

PMDB de Ilhéus reitera candidatura própria e compromisso com as oposições

Deputado Pedro Tavares, Chico Xavier, ACM Neto, Luiz Uaquim, Dr. Rodriguez e Cláudio Cardoso.

Deputado Pedro Tavares, Chico Xavier, ACM Neto, Luiz Uaquim, Dr. Rodriguez e Cláudio Cardoso.

Em recente encontro com o prefeito ACM Neto (DEM), a executiva do PMDB de Ilhéus reiterou a pré-candidatura de Luiz Uaquim. No encontro, articulado pelo deputado estadual Pedro Tavares (PMDB), a legenda frisou a necessidade da união de todas as siglas da oposição.  Além do parlamentar e de Uaquim, estiveram presentes o presidente do PMDB da cidade, Chico Xavier, Dr. Rodrigues e o membro da executiva do DEM, Cláudio Cardozo.

De acordo com as lideranças, o nome do arco de alianças que conseguir apresentar as melhores condições, terá o apoio irrestrito de todos. A mesma reunião também já foi realizada com o presidente da sigla na Bahia, Geddel Vieira Lima.

Pedro Tavares destacou a necessidade de Ilhéus ter um palanque único de oposição, afim de apresentar um projeto diferenciado na cidade. “Quando se tem propostas e vontade, além de uma equipe técnica qualificada, é possível fazer uma grande gestão. Ilhéus, mais do que nunca, precisa da união de todos”, declarou o peemedebista. A legenda tem lutado para priorizar as candidaturas próprias, sobretudo nos grandes municípios, e trabalhado para o fortalecimento das oposições no estado.



agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia