WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura de ilheus faculdade de ilheus




:: ‘DEM’

José Ronaldo virou a casaca? Vídeo gera desconforto ao ninho tucano

Aliado e um dos coordenadores da campanha de Bolsonaro, senador Magno Malta agradece a Zé Ronaldo.

Um vídeo publicado pelo senador capixaba Magno Malta nas redes sociais neste domingo (23) mostra o candidato ao governo da Bahia, José Ronaldo (DEM) fazendo uma “pesquisa” no interior da Bahia junto a seus eleitores. Com microfone na mão, Zé Ronaldo pergunta se os eleitores presentes ao evento em quem eles vão votar para presidente; Ciro Gomes, Geraldo Alckmin ou Bolsonaro.

A resposta da maioria foi Jair Bolsonaro, e ai Zé Ronaldo comenta “Essa pesquisa é a que vale”, dando indireta às pesquisas que mostram na Bahia, Bolsonaro bem atrás do candidato petista Fernando Haddad.

Na sua postagem, Magno Malta agradece a Zé Ronaldo e afirma que vai levá-lo ao segundo turno na Bahia.

Vale lembrar que Zé Ronaldo apoia na Bahia o candidato a presidente Geraldo Alckmin (PSDB), que tem como coordenador de sua campanha o presidente nacional do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto.

Segundo informações colhidas pelo Blog Agravo, o vídeo chegou na coordenação da campanha de Geraldo Alckmin e gerou um desconforto, já que o candidato participou recentemente de uma agenda política na Bahia, inclusive participando de um grande comício em Salvador.

Apesar de negar,  Geraldo Alckmin vem perdendo apoio nos estados para o candidato Jair Bolsonaro.

Confira o vídeo de Zé Ronaldo :

Em Eunápolis, Zé Ronaldo denuncia abandono da UPA

Foto divulgação assessoria do candidato.

“Dói no meu coração ver a população sem assistência médica e um prédio, construído com R$ 1 milhão, fechado. O povo baiano não merece isso”. Essa foi a reação do candidato ao governo pela coligação Coragem para Mudar a Bahia, Zé Ronaldo, ao ouvir relatos de diversos moradores de Eunápolis sobre a situação da saúde no município, que teve uma UPA recuperada e logo depois abandonada pelo governo do PT. Ele se comprometeu a colocar a unidade em funcionamento assim que assumir o governo do estado, em janeiro, e disse que fará uma apuração profunda sobre a irresponsabilidade do atual governador.

Zé Ronaldo, acompanhado pelo prefeito de Salvador ACM Neto e o vice-prefeito, Bruno Reis, da candidata a vice, Mônica Bahia, além dos candidatos ao senado Jutahy Junior e Irmão Lázaro, participou de carreata na cidade, localizada no extremo-sul baiano e foi abordado por dezenas de moradores sobre as dificuldades para a população conseguir assistência médica. A situação do Hospital Regional, é drástica, faltam leitos, remédios e médicos qualificados. Mais de 1 milhão investido na UPA 24h que nunca foi aberta e está abandonada. “A unidade encontra-se com muito mato e paredes rachadas; os equipamentos estão se estragando pelo tempo, a exemplo de um gerador de alta potência, móveis e equipamentos médicos; agora, precisa de mais 400 mil para reforma. Não podemos aceitar esse abandono”. :: LEIA MAIS »

“Bahia perdeu o rumo e não atrai investimentos”, diz Zé Ronaldo

A retomada do desenvolvimento para gerar emprego é um dos principais compromissos do candidato Zé Ronaldo, da coligação Coragem para Mudar a Bahia. “Enquanto os outros estados avançam, a Bahia perdeu o rumo ao longo desses 12 anos de governo do PT. Nenhum empreendimento novo foi atraído, nenhum pólo industrial novo foi criado. Tudo o que a Bahia tem hoje foi trabalho realizado há mais de 12 anos”, afirma Zé Ronaldo. Segundo ele, entre 2006 e 2016, o crescimento acumulado do PIB baiano foi de 20,4%, enquanto o crescimento nacional chegou a 26,6%, conforme dados da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais (SEI).

Entre as propostas de Zé Ronaldo está a criação de um parque industrial no oeste baiano, para aproveitar a grande produção de algodão e atrair industrias de fiação e tecelagem. O candidato quer também promover o desenvolvimento das terceira e quarta gerações de produtos petroquímicos, revitalizando a indústria de transformação plástica. “É inacreditável que tenhamos montado um pólo automobilístico na Bahia e eles não tenham conseguido atrair uma montadora sequer para o estado”, revolta-se Zé Ronaldo. “A Bahia tinha o sexto maior PIB do país e agora caiu para a sétima posição, podendo piorar ainda mais se nada for feito”, alerta.

Ainda segundo Zé Ronaldo, o governo do estado precisa reassumir a liderança de projetos estruturantes. “Falta investir em infraestrutura para que os investidores voltem a acreditar na Bahia. Muitos projetos importantes como a vinda da JAC Motors e da Foton não vingaram. A Ferrovia Oeste Leste está muito atrasada e a do Porto Sul nem começou”, pontua, acrescentando que “é preciso criar um projeto para a Bahia que não só agilize esses processos, como também foque no desenvolvimento de outras áreas”.

Bahia: Zé Ronaldo denuncia caos na educação, saúde e segurança

Imagem divulgação.

Durante o primeiro debate com os candidatos ao governo do estado, realizado pela Band Bahia, o aspirante ao Palácio de Ondina pela coligação “Coragem para mudar a Bahia, Zé Ronaldo (Democratas) foi enfático ao destacar a educação baiana como a pior do Brasil. Segundo o ex-prefeito de Feira de Santana, o governo do PT não construiu escolas na Bahia e detém os piores índices do país. “As universidades estaduais entram em greve o governo do PT manda cortar ponto. Muitos funcionários administrativos ganham abaixo do salário mínimo. Isso não é possível”.

Zé Ronaldo reclamou principalmente da questão da segurança. “A Bahia tem o dobro de mortes violentas que São Paulo, estado que tem uma população três vezes maior. Os assassinatos aumentaram 98% nos anos de governo do PT. Isso é o reflexo da falta de investimentos. Por falta de projetos, esse governo devolveu mais de R$ 80 milhões ao governo federal. A violência atinge principalmente jovens, negros e moradores da periferia. Eles culpam as drogas, o que é um claro sinal da omissão diante dos problemas”. :: LEIA MAIS »

DEM anuncia Mônica Bahia como candidata a vice-governadora na chapa de José Ronaldo

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Democratas confirmou na convenção estadual do partido na manhã desta sexta-feira (3) que a Mônica Bahia (PSDB), do Movimento Brasil Livre (MBL) e da Ordem dos Médicos do Brasil (OMB), será candidata a vice-governadora na chapa encabeçada pelo ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo. Havia grande expectativa em torno do nome da mulher para ocupar o posto, depois que o grupo político confirmou o acordo com Irmão Lázaro (PSC) para a segunda vaga ao Senado na majoritária de 2018 – o deputado federal foi convidado para ser vice, mas insistiu na candidatura à Câmara Alta.

Ao longo do processo, José Ronaldo tentou diversos nomes e acabou recebendo negativas. Entre as citadas como potenciais vice estavam a ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça, Eliana Calmon (Rede), a cantora Carla Visi (PV) e a major Denice Santiago, comandante da Ronda Maria da Penha. Outras figuras como Edylene Ferreira (PV), Tonha Magalhães (DEM) e Lúcia Rocha (DEM) também estiveram no páreo, mas acabaram descartadas.

O esforço do grupo político era buscar alguém de fora do núcleo político, por isso a escolha de Mônica Bahia não chega a ser uma surpresa. A tentativa é incorporar um nome “mais leve” e menos ligado aos grupos políticos tradicionais. Mônica era uma das líderes dos movimentos de março de 2015 e buscava ser candidata a deputada estadual.

*Com informações do Bahia Notícias

Na contramão de Marão, 12 vereadores de Ilhéus anunciam apoio a Zé Ronaldo ao Governo da Bahia

Vereadores declararam apoio a Zé Ronaldo (DEM).

Em uma reunião na casa do empresário Samuca Franco, zona Sul de Ilhéus foi selado o apoio de 12 vereadores de Ilhéus ao candidato ao governo do estado, Zé Ronaldo (DEM).

O apoio foi dado pelo presidente da Câmara, Lukas Paiva (PSB), e os vereadores Ivo Evangelista (PRB), Fabrício Nascimento (PSB), Nino Valverde (PSB), Juarez Barbosa (MDB), Thadeu Muniz (PDT), Paulo Meio Quilo (PV), Luiz Carlos Escuta (PP), César Porto (PDT), Abraão (PDT), Gil Gomes (PV) e Nerival (PC do B).

A reunião contou com a presença do vice-prefeito de Salvador Bruno Reis, o deputado federal e pré-candidato ao senador Jutahy Jr (PSDB),  deputado estadual Pedro Tavares (DEM), e o advogado Marcos Alpoim.

Nossa redação entrou em contato com o vereador Lukas Paiva, que confirmou o apoio ao candidato do DEM. Apesar do fechamento com Zé Ronaldo, o grupo não fechou apoio a candidatura de Jutahy Junior ao Senado.

No meio político, o apoio dos vereadores a Zé Ronaldo é um recado direto ao prefeito Mário Alexandre (PSD) que apoia o candidato Rui Costa (PT). No início do ano, os mesmo vereadores foram contra o fechamento do Hospital Regional Luiz Viana Filho e se negaram a ir à inauguração do Hospital Costa do Cacau.

Ao irem debater a situação do hospital Regional na Secretaria Estadual de Saúde, os mesmos vereadores passaram por uma desfeita do secretário de Saúde, Fábio Vilas Boas, que não quis atender os vereadores e só realizou a reunião devido à interferência do deputado federal Bebeto Galvão (PSB).

Há sinais e indícios de que Marão perdeu as rédeas da sua base no legislativo ilheense, e o governo pode entrar em uma tempestade política no retorno recesso do legislativo, no início de agosto.

Apoio a presidenciáveis divide o DEM nas eleições 2018

Os presidenciáveis Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) Foto: Tiago Queiroz e Hélvio Romero/ Estadão.

A disputa dos presidenciáveis por apoio nas eleições 2018 deixou o DEM dividido entre um bloco que defende o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e outro que prega uma aliança com o ex-ministro Ciro Gomes (PDT). De um lado está a bancada de 43 deputados, que é majoritariamente pró-Alckmin, e do outro, a executiva do DEM e lideranças regionais do Nordeste, que apoiam Ciro.

Enquanto a bancada tem um perfil mais ideológico, conservador e abriga parlamentares ligados a igrejas evangélicas, agronegócio e segurança pública, os caciques nordestinos fazem um cálculo pragmático sobre a dificuldade de Alckmin conseguir votos na região.

Segundo a Coluna do Estadão, a corrente pró-Ciro tem hoje o favoritismo na disputa. O prefeito de Salvador, ACM Neto, presidente nacional do DEM, tem sinalizado internamente que prefere apoiar o pedetista. Ele desembarcou nesta terça-feira, 3, em Brasília para buscar consenso entre as duas correntes.

O impasse do DEM contaminou os demais partidos do bloco liderado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que reúne Solidariedade, PP e PRB. O grupo, que já esteve com Ciro Gomes, se reúne na noite desta quarta-feira, 4, com Alckmin em um jantar na residência do presidente do PRB, Marcus Pereira (SP).

“Enquanto subsistir a pré-candidatura de Rodrigo, ela tem unanimidade de apoio do partido. Caso o partido decida por outro caminho, é inegável que existem diferentes pensamentos internos. Vou procurar conduzir o partido para o caminho desejado pela maioria”, disse ACM Neto ao Estado.

*Informações do Estadão

Em busca de apoio, Ciro diz que solicitou ao DEM lista de pessoas para pedir desculpas

Ciro Gomes quer o apoio do DEM.

Tentando atrair apoio do chamado Centrão para sua campanha nas eleições 2018, o pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, se comprometeu a pedir desculpas a integrantes do DEM. Nesta quinta-feira, 28, o secretário-geral do DEM, deputado Pauderney Avelino (AM), disse ao Estadão que aceita o pedido de desculpas de Ciro Gomes. Faz uma exigência, no entanto: que as desculpas ocorram no mesmo ambiente público em que Ciro o atacou.

Pauderney processa Ciro por injúria porque, em 2016, durante uma palestra, o hoje pré-candidato do PDT disse que o então líder do DEM tinha sido “corretor de Fernando Henrique Cardoso” na suposta compra de votos pela aprovação da emenda constitucional que permitiu a reeleição de presidentes da República, governadores e prefeitos. :: LEIA MAIS »

ACM Neto se reúne hoje com Ciro Gomes

Ciro Gomes quer o apoio do DEM.

Presidente nacional do Democratas, ACM Neto vai se reunir hoje (19) com o presidenciável Ciro Gomes, mas o partido tem perdido o interesse de apoiar o pré-candidato do PDT, segundo a Coluna do Estadão.

De acordo com a publicação, parte dos democratas não gostou do fato de Ciro comparar o vereador de São Paulo, Fernando Holiday (DEM), a um “capitãozinho do mato”. Diante disto, a cúpula do partido já fala em abrir conversas com o pré-candidato do Podemos, Álvaro Dias.

A avaliação de líderes do Centro é de que Álvaro Dias tem chance de crescer entre o eleitorado caso os cinco partidos do Centro se unam em torno dele. Isto porque as legendas aumentariam o tempo de exposição dele na TV.

Pedro Tavares solicita reforma da Delegacia Territorial de Camacan

Deputado Pedro Tavares (DEM)

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM) solicitou ao Governo do Estado, junto à Secretaria de Segurança Pública, a reforma da Delegacia Territorial da cidade de Camacan. No documento enviado através da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia, o parlamentar destaca o risco de desmoronamento pela precariedade do prédio onde atualmente funciona a delegacia do município.

“É uma situação de total abandono. A estrutura física do imóvel está precária, correndo até mesmo risco de desabamento, conforme ampla divulgação da imprensa. A parede da frente da delegacia está cedendo por conta das rachaduras. Essa situação é inadmissível. A unidade, que tem a finalidade de prestar um atendimento ágil e de qualidade, está à beira do sucateamento”, afirmou o deputado.

Pela depreciação estrutural das instalações, a delegacia não está recebendo presos e, os que chegam, são transferidos para as unidades de Pau Brasil e Itabuna. Além disso, policiais civis do município paralisaram atividades por tempo indeterminado em função do risco de desabamento.

De acordo com Tavares, tal cenário demonstra a falta de compromisso do Estado com a segurança pública. “Segurança pública é dever do Estado e não dos municípios, que atravessam sérias dificuldades financeiras e necessitam de uma atenção diferenciada. Espero que as autoridades responsáveis tenham sensibilidade e acatem esta demanda, pois o pedido visa garantir a população do município de Camacan o direito a segurança pública de qualidade e que proporcione atendimento digno e efetivo aos seus habitantes”, pontuou o parlamentar.

PT, DEM, PTdoB e PCO têm de devolver R$ 2,5 milhões, decide TSE

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu hoje (26) que quatro partidos – PT, DEM, PCO e PTdoB – terão de devolver mais de R$ 2,5 milhões aos cofres públicos por irregularidades encontradas na prestação de contas referente ao ano de 2012.

Apesar de ter recebido a punição de maior valor, R$ 1,5 milhão, o PT foi o único dos quatro partidos que teve as contas de 2012 aprovadas, embora com ressalvas. Além da cota já prevista para 2019, o PT foi condenado a aplicar, R$ 2,3 milhões, acrescidos de uma multa de 2,5%, em ações de promoção à participação de mulheres na política.

Entre as principais irregularidades apontadas nas contas do PT, está o repasse, pelo diretório nacional, de mais de R$ 1,3 milhão a diretórios regionais que, em 2012, estavam com as contas em situação irregular com a Justiça Eleitoral. Também não foram comprovadas despesas menores, como com serviços de bufê, por exemplo. :: LEIA MAIS »

ACM Neto será o novo presidente nacional do DEM

Na próxima quarta-feira (7), ACM Neto estará em Brasília. Dessa vez, a viagem terá um motivo especial: o prefeito de Salvador, herdeiro de uma das famílias mais poderosas da Bahia, será nomeado presidente nacional do Democratas (DEM). Em conversa com o Correio da Bahia, Neto comentou: “É um grande desafio assumir o comando do partido em um momento como esse. O Democratas está sendo refundado para liderar a construção de um novo projeto para o Brasil. Seremos protagonistas desse novo momento da política brasileira”.



outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia