WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




:: ‘chuvas’

Ministério da Integração reconhece situação de emergência por conta da chuva em Itabuna

Chuva provocou deslizamentos em Itabuna, em junho (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

O Ministério da Integração Nacional reconheceu situação de emergência em Itabuna, por conta dos prejuízos provocados pela chuva que atingiu a cidade em junho deste ano. A informação foi divulgada pela prefeitura na quarta-feira (8).

Na época, 47 áreas foram afetadas. De acordo com a Defesa Civil de Itabuna, com o reconhecimento, a prefeitura irá receber recursos para elaborar obras nesses locais. Um plano de trabalho deve ser desenvolvido.

A decisão saiu na última segunda-feira (6). O decreto de situação de emergência foi publicado pela prefeitura em junho, por causa das chuvas que causaram deslizamentos e alagamentos, em vários bairros, incluindo Califórnia, Daniel Gomes, Maria Pinheiro, Lomanto, Novo Fonseca e Ferradas.

União reconhece Situação de Emergência da Prefeitura nos altos e morros de Ilhéus

Defesa Civil do Estado e do Município visitam Alto Nerival. Foto – Rodrigo Macedo.

A Situação de Emergência – decretada pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre Sousa, no início deste mês – por conta das fortes chuvas que atingiram o município nas últimas semanas, foi reconhecida pela União, nesta quinta-feira (21).

Com este reconhecimento federal de anormalidades, procedimento adotado pelo Ministério da Integração Nacional, o município se credencia a obter recursos financeiros federais para se recuperar os prejuízos causados pelas chuvas e atender as famílias direta e indiretamente atingidas.

De acordo com a Defesa Civil, pelo menos 48 pontos de alto risco foram catalogados e monitorados pelos técnicos. Para formalizar a Situação de Emergência, a Prefeitura de Ilhéus cumpriu com toda as etapas exigidas pela União.

Defesa Civil de Ilhéus alerta para período de chuvas na cidade

O serviço de meteorologia do site Climatempo, emitiu um alerta à Defesa Civil de Ilhéus, no final desta tarde. Embora a previsão de precipitação calculada seja de 35 milímetros, o órgão alerta para os possíveis estragos provocados pelas chuvas, ainda nesta madrugada.

A previsão é que, a partir da noite de ontem (2), comecem a soprar rajadas de ventos mais intensas sobre a cidade, com chuvas que devem prosseguir até esta sexta-feira (4), representando um acumulo de 50 milímetros.

Segundo o coordenador, Joandre Neres, a população que necessitar de ajuda deve acionar a Defesa Civil pelo fone (73) 988362753. O órgão encontra-se em estado de alerta desde o início da semana.

Sobe para 4 número de mortos em desabamento de prédio em Salvador

Barranco que cedeu no bairro de Boa Vista de São Caetano (Foto: Eduardo Fernandes / Arquivo Pessoal)

Subiu para quatro o número de mortos no desabamento de um prédio na periferia de Salvador, na manhã de hoje (13).

Um garoto de 12 anos, Robert de Jesus, foi a primeira vítima fatal retirada dos escombros com a ajuda de moradores da Rua Alto de São João, no bairro de Pituaçu. Por volta das 11h30, as equipes de resgate localizaram o corpo de um homem já sem vida cuja identidade ainda não foi revelada.

Outras duas mortes já foram confirmadas: a de Artur de Jesus, de um ano de idade, e a de Rosemeire Pereira de Jesus, de 34 anos. As três vítimas fatais cujos nomes já foram divulgados pertenciam a uma mesma família.

Até as 12h30, três pessoas tinham sido resgatadas com vida e encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE): uma mulher de 30 anos; um bebê de 11 meses, do sexo feminino, que teve traumatismo craniano e um homem de 29 anos, que sofreu ferimentos na face e escoriações. :: LEIA MAIS »

Chuva causa desabamentos e deixa famílias desalojadas em Ilhéus

Foto divulgação Defesa Civil de Ilhéus.

Ilhéus registrou em apenas duas horas de chuva, durante a noite de ontem (2), um índice pluviométrico de 54mm. A informação é da Defesa Civil. O resultado destas fortes chuvas foram diversos pontos de alagamento, queda de árvores e de placas sinalizadoras ou comerciais e cinco desabamentos parciais, sendo três em residências e dois em lojas.

Este é o saldo apresentado hoje (3) pela manhã, pelo coordenador da Defesa Civil, Joandres Nere. Ele assegura que o trabalho da Defesa continua e a equipe permanece de plantão, pois ainda estão previstos para esta sexta-feira (03), mais 30mm de chuva na cidade.

No caso dos desabamentos registrados até o momento, segunda-feira (6) a Secretaria de Desenvolvimento Social será notificada e a Secretaria de Serviços Urbanos já está trabalhando para liberar e melhorar o fluxo nas vias impedidas por árvores, galhos e folhas.

Hoje pela manhã o trabalho realizado foi de vistorias em áreas de risco e de visitas em residências, para solucionar pequenos problemas, além de tranquilizar as famílias. A equipe da Defesa Civil permanecerá de plantão e em estado de alerta durante todo o final de semana.

No caso de situações de risco, a população deve informar à Comissão Defesa Civil, através dos telefones de emergência (73) 3234-3597 e 98895-8633

Doações da campanha Bahia Solidária chegam a Camacan

Na segunda-feira (4), o município de Camacan, no sul da Bahia, recebeu mais de uma tonelada em donativos da campanha ‘Bahia Solidária’, realizada pelas Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA). Alimentos e roupas foram arrecadados pelas VSBA em prol dos atingidos pela chuva na Bahia desde o fim de julho.

A campanha recebe doações de alimentos não perecíveis, água potável, material de higiene pessoal e limpeza, fraldas, colchões e roupas. A coleta é realizada na sede das VSBA, no Campo Grande, em Salvador.

A prioridade é arrecadar alimentos, produtos de higiene pessoal e fraldas descartáveis. Em Camacan, a equipe do serviço social das VSBA foi recebida pelo prefeito da cidade Oziel Rodrigues e pela primeira-dama Ana Cleria Bastos.

O material arrecadado começou a ser distribuído na quinta-feira (31). Os primeiros municípios beneficiados com as doações foram Cachoeira e Pau Brasil. Mais informações sobre a campanha podem ser obtidas pelo telefone das Voluntárias Sociais: (71) 3117-4900.

Encosta desaba e destrói parte de casa em Pau Brasil

Chuva atingiu a cidade de Pau Brasil desde o último final de semana causou transtornos (Foto: João Brito/ Ascom Pau Brasil)

Uma encosta desabou e destruiu parte de uma casa na manhã da quinta-feira (13), na Avenida Pedro Alvares, no centro da cidade de Pau Brasil. De acordo com informações da prefeitura, a dona do imóvel estava no local no momento do desabamento, mas não ficou ferida.

Segundo a prefeitura, a mulher estava sozinha na área de serviço da casa, quando a terra caiu sobre o imóvel. A cozinha da casa ficou destruída. Ainda conforme a prefeitura, a encosta desabou por conta das chuvas que atingem a cidade desde o último final de semana.

De acordo com a administração municipal, depois do desabamento, uma equipe Secretaria de Administração do município esteve no imóvel e fez uma vistoria. Em seguida, o local foi interditado e a família que morava no imóvel se mudou para a casa de familiares na cidade. :: LEIA MAIS »

Período de chuvas: Coelba aumenta número de equipes de trabalho e informa opções de canais de atendimento

Por causa do elevado volume de ocorrências nas macro regiões de Ilhéus e Itabuna, em função das chuvas e ventos fortes, a Coelba informa que aumentou em mais que o dobro o número de profissionais envolvidos no atendimento às ocorrências na rede elétrica, especialmente nas áreas rurais de difícil acesso. São 272 técnicos envolvidos nas ações de regularização da rede elétrica.

A Coelba também informa outras opções de canais de atendimento, além do teleatendimento (0800 071 0800), com o objetivo de agilizar a comunicação de ocorrências relacionadas à falta de energia. Estão disponíveis as seguintes opções:

– Envio gratuito de torpedos SMS para o número 26560 com apenas o número da conta contrato, disponível na fatura de energia. A resposta da concessionária com o número de protocolo e a informação sobre o prazo de atendimento da solicitação será enviada ao cliente também por SMS.

– Outra opção é através da agência virtual, página de serviços do site www.coelba.com.br – O aplicativo Coelba para smartphones também está disponível para comunicar falta de energia.

Após chuvas, água invade casas e obriga famílias a deixar imóveis em Ilhéus e Itabuna

Imagem ilustrativa

A chuva causou transtornos para moradores nas cidades de Itabuna e Ilhéus, na segunda-feira (10). Famílias precisaram deixar as casas em que moram porque a água invadiu os imóveis.

A Defesa Civil dos municípios informou que os moradores devem ser abrigados pela assistência social. Nesta terça-feira (11), choveu pouco em Itabuna e não choveu em Ilhéus. Não foram registradas novas ocorrências nas cidades.

Itabuna

Durante a madrugada, o córrego que corta a comunidade do bairro de São Roque, em Itabuna, transbordou e invadiu casas, na Rua Landulfo Alves. Três famílias precisaram ser retiradas dos imóveis que moravam. A água entrou em outras dez casas, mas as famílias continuam no local.

“Em alguns casos, a gente está fazendo a interdição da casa e removendo as famílias. A situação está bem crítica. A gente vai fazer remoção das famílias e encaminhar para casas de apoio que a gente tem, cedidas pela assistência social”, diz o coordenador da Defesa Civil Yuri Bandeira.

Ilhéus

:: LEIA MAIS »

Chuvas em Ilhéus deixam Defesa Civil em alerta nas 42 áreas de risco da cidade

Devido as fortes chuvas que caíram ininterruptamente de ontem à tarde até as primeiras horas da manhã de hoje (03), em Ilhéus, a Defesa Civil está em alerta e monitorando todas as 42 áreas de risco existentes nos altos e morros da cidade. Às 8 horas da manhã as equipes já tinham vistoriado todas estas áreas. De acordo com Joandre Neres, coordenador da Defesa Civil, choveu 29,3 mm em apenas duas horas, ontem.

O Alto Nerival é o que apresentou, até o momento, a maior preocupação. Uma área de acesso ao morro ficou bastante danificada com o excesso da chuva e foi preciso estender lonas de plástico para evitar maiores deslizamentos de terra. A cidade registrou 20 pontos e alagamentos e quatro ocorrências de deslizamento e desabamento de contenção.

De acordo com o Clima tempo, o dia hoje será com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. A previsão é de que volte a chover forte durante a noite. Para hoje, a temperatura mínima prevista é de 21 graus. A máxima, 28. A precipitação para hoje é de aproximadamente 40 mm.

A Defesa Civil disponibiliza dois telefones para atendimento de emergência: 3234-3597 e 98895-8633. :: LEIA MAIS »

Após fortes chuvas em Camacan, Pedro Tavares pede ajuda dos governos estadual e federal

 
Três famílias ficaram desabrigadas neste domingo, 02, em Camacan, após a forte chuva que atingiu o município. O mal tempo deixou vários pontos de riscos e diversas solicitações de emergência. Diante do ocorrido, o deputado estadual Pedro Tavares (PMDB) pediu intervenção dos governos estadual e federal para amenizar o sofrimento dos camacanenses. “Nesse período, a atenção e assistência precisam ser redobrados. Além da sede, distritos e povoados também registraram áreas de risco, por isso precisamos de ações céleres para que a situação não se agrave. Peço sensibilidade e ajuda das autoridades competentes para garantirmos a segurança de toda a população nesse período”, disse o deputado peemedebista.

Prefeitura atendeu áreas afetadas por fortes chuvas em Ilhéus

As fortes chuvas que caíram na tarde da terça-feira, 28, causaram estragos em alguns pontos da cidade de Ilhéus. Na comunidade Alto do Coqueiro, no bairro Malhado, zona norte da cidade, parte da escadaria que dá acesso ao local desabou. No bairro Banco da Vitória, situado na Rodovia Jorge Amado (BR-415), um alagamento acabou invadindo uma residência da região. Já na Rua Café Filho, no bairro Conquista, houve deslizamento e queda de uma casa. As ocorrências não deixaram vítimas.

O dia 28 começou com muita chuva no município. Pluviômetros instalados na cidade registraram 60 milímetros de água no período. No caso do desabamento da escadaria no Alto do Coqueiro, a Defesa Civil do município foi acionada e notificou duas famílias com moradias comprometidas próximas ao local, orientando-as a procurar abrigo temporário em casa de amigos ou parentes, enquanto outras possíveis providências possam ser adotadas.

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Hermano Fahning, a área da escadaria já se encontra devidamente isolada, neutralizando, assim, prováveis riscos aos moradores da região. “Os demais pontos de acesso ao Alto do Coqueiro permanecem estáveis e devem ser utilizados pela população que transita no local”, completou.

No bairro Banco da Vitória, que teve uma casa invadida pelo acúmulo da chuva, a ação realizada pela Secretaria de Serviços Urbanos (Secsurb), controlou e drenou o alagamento, com a viabilização de redes provisórias para escoamento da água. De acordo com o secretário Jorge Cunha, “a medida emergencial para controlar o alagamento foi feita com ajuda de uma máquina retroescavadeira, deslocada para o bairro a fim de executar o serviço”.

Já a queda de uma residência na Rua Café Filho, no bairro Conquista, obstruiu parte da via, mas não atrapalha o trânsito na região. Duas pessoas residiam no imóvel, mas ninguém ficou ferido.

Defesa Civil – No caso de situações de risco, a população deve informar à Comissão Defesa Civil, através dos telefones de emergência (73) 3234-3597 e 98895-8633. O órgão funciona em regime de plantão 24 horas, todos os dias da semana.



agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia