WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Brasil’

A cada 5 minutos, 3 brasileiros morrem nos hospitais por falhas que poderiam ser evitadas

Os eventos adversos em hospitais são a segunda causa de morte mais comum no Brasil. Todo dia, 829 brasileiros falecem em decorrência de condições adquiridas nos hospitais, o que equivale a três mortos a cada cinco minutos. Os números integram o primeiro Anuário da Segurança Assistencial Hospitalar no Brasil, do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), produzido pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) a partir de um termo de cooperação entre as duas instituições.

Apenas para efeito de comparação, também no ano passado, dados do Observatório Nacional de Segurança Viária indicam a morte de aproximadamente 129 brasileiros por acidente de trânsito a cada dia; o Anuário Brasileiro de Segurança Pública (produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública) aponta cerca de 164 mortes violentas (por homicídio e latrocínio, entre outros) por dia; e, o câncer mata 480 a 520 brasileiros por dia, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA). Isso significa que os eventos adversos matam mais do que a soma de acidentes de trânsito, homicídios, latrocínio e câncer. Apenas as doenças cardiovasculares, consideradas a principal causa de falecimento no mundo, matam mais pessoa no País: são 950 brasileiros por dia, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia.

O falecimento de 302.610 brasileiros em hospitais públicos ou privados como consequência de um “evento adverso”, apenas em 2016, é resultado, por exemplo, de erros de dosagem ou aplicação de medicamentos, uso incorreto de equipamentos e infecção hospitalar, entre inúmeros outros casos. Não significa, necessariamente, que houve um erro, negligência ou baixa qualidade, mas trata-se de incidente que poderia ter sido evitado, na maior parte das vezes. :: LEIA MAIS »

Mais 5 mil toneladas em amêndoas de cacau chegam da África no Porto de Ilhéus

Desembarque do cacau africano no Porto do Malhado em Ilhéus. Foto Condena.

Enquanto as lavouras nacionais retomam o aumento na produtividade das amêndoas de cacau, o Porto de Ilhéus abastece as indústrias baianas com os frutos importados. Desde esta quinta-feira, 16, mais de 5 mil toneladas da matéria-prima, vindas de Gana, na África Ocidental, estão em operação de desembarque do navio Sagitta para os armazéns do Porto de Ilhéus.

Um próximo navio com esse tipo de carga está previsto para chegar ao porto em dezembro desse ano, trazendo mais de 10 mil toneladas. Até maio de 2018, devem ser importadas um montante de 40 mil toneladas do produto.

A mistura (blend) de amêndoas da produção nacional e das importadas é essencial para fabricação de chocolate que, na região Sul da Bahia, é feita pelas empresas Cargil, Olam e Barry.

De acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), as indústrias processadoras de cacau tiveram de importar 46 mil toneladas da amêndoa nos seis primeiros meses de 2017.

Fonte: Ascom – Codeba

Mega-Sena pode pagar hoje R$ 29 milhões a quem acertar as seis dezenas

O prêmio principal da Mega-Sena poderá pagar hoje (16) R$ 29 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 1.988.

Por causa do feriado da Proclamação da República nessa quarta-feira (15), o sorteio foi transferido para hoje, às 20h, horário de Brasília.

De acordo com a Caixa, aplicado na poupança o prêmio renderia cerca de R$ 136 mil por mês.

Registros de nascimentos caem pela primeira vez desde 2010

Imagem ilustrativa.

O número de registros de nascimentos no Brasil foi de 2,79 milhões em 2016, indicando uma queda de 5,1% em relação a 2015, quando houve 2,95 milhões de registros. Essa é a primeira queda observada desde 2010, com um contingente de nascimentos inferior ao de 2011 (2,80 milhões). Entre os estados, apenas Roraima apresentou um pequeno aumento, de 3,9%. É o que revelam as Estatísticas do Registro Civil, publicadas hoje pelo IBGE.

“Vários fatores podem ter influenciado essa redução”, explica a pesquisadora do Instituto, Cristiane Moutinho, que acrescenta: “Além da tendência crescente de ter filhos mais tarde, várias famílias podem ter se assustado com a epidemia de zika que afetou o país entre 2015 e 2016, associada ao nascimento de bebês com microcefalia. Já em Roraima, fatores específicos, como a imigração de venezuelanos, podem ter contribuído para o aumento no número de nascimentos. É preciso haver mais estudos e cruzamento com os dados do Ministério da Saúde para analisar as situações nas diferentes unidades da Federação”.

Casamentos diminuem, divórcios aumentam

Entre os outros destaques da pesquisa, está a redução nacional de 3,7% no volume de casamentos na comparação com 2015, com 20 unidades da Federação apresentando queda e três estados nordestinos (Piauí, Alagoas e Paraíba) com variações negativas mais intensas, da ordem dos -10%. Já os divórcios aumentaram em 4,7% em relação a 2015. A guarda compartilhada dos filhos menores aumentou de 12,9% para 16,9% em nesse período.

No primeiro dia de vigência de nova legislação trabalhista, juiz da Bahia condena empregado

Do Painel/ Folha de S. Paulo.

Imagem ilustrativa.

O  juiz do trabalho de Ilhéus/ Bahia, José Cairo Junior proferiu dura sentença contra um empregado no sábado (11), baseando-se na nova legislação trabalhista.

O funcionário havia processado o empregador por ter sido assaltado a mão armada pouco antes de sair para a firma. Pedia R$ 50 mil, mas foi obrigado a desembolsar R$ 8.500 por litigância de má-fé e pelas custas da ação.

O juiz rejeitou a tese de “responsabilidade civil do empregador decorrente de atos de violência praticados por terceiros”. Na mesma ação, o trabalhador pleiteou o pagamento de horas extras, mas Cairo Junior entendeu que ele não comprovou a carga horária adicional.

130 concursos públicos abertos reúnem mais de 22 mil vagas no país

Pelo menos 130 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (6) e reúnem 22.083 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 18.307,95 na Prefeitura de Treze Tílias, em Santa Catarina.

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Veja os órgãos que abrem inscrição nesta segunda (6):

Hospital de Clínicas de Porto Alegre

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre abre concurso público para preencher cadastro de reserva para cinco cargos diferentes. São eles: arquiteto; biólogo, biomédico ou farmacêutico; enfermeiro, engenheiro civil e engenheiro mecânico.

Os salários são de R$ 6280,50 por mês e as inscrições podem ser feitas até o dia 4 de dezembro. Veja mais informações no site da organizadora do concurso.

:: LEIA MAIS »

Ambev é a empresa dos sonhos para se estagiar, aponta pesquisa da Brasil Junior

Foto divulgação.

Pelo terceiro ano consecutivo, a cervejaria Ambev é a empresa dos sonhos para se estagiar, segundo levantamento feito pela Confederação Brasileira das Empresas Juniores – que representa mais de 500 empresas juniores de 120 universidades no País. Na pesquisa, foram ouvidos quase cinco mil jovens de 22 estados de diversos cursos, entre eles administração e engenharia. Para os estudantes entrevistados, as características mais importantes do emprego ideal são oportunidade de treinamento, liderança, desenvolvimento profissional e felicidade no trabalho.

“Na Ambev procuramos criar espaço e possibilidades para que os jovens possam desenvolver sua carreira aqui dentro. Nossas lideranças não vêm do mercado, por isso sempre buscamos encontrar profissionais que queiram crescer junto com a gente”, declara Fabíola Higashi Overrath, diretora de desenvolvimento de gente da Ambev. No Brasil, a cervejaria conta com mais de 32 mil funcionários. Os interessados em fazer parte desse time podem consultar as vagas disponíveis no perfil da Ambev no LikendIn e também no site www.queroserambev.com.br.

*Informações da LK Comunicação.

Governo tenta localizar vítimas de trabalho escravo para pagar indenização

Foto ilustrativa.

O Ministério dos Direitos Humanos divulgou na quarta-feira (1º) edital público para localizar 75 pessoas que foram vítimas de trabalho escravo na Fazenda Brasil Verde, no sul do Pará, e convocá-las para receber indenização.

O pagamento é consequência da decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), instituição judicial autônoma da Organização dos Estados Americanos (OEA), que condenou o Brasil, em dezembro do ano passado, por não prevenir a prática de trabalho escravo moderno e de tráfico de pessoas.

Na decisão, foi definido o prazo de um ano para o Estado brasileiro indenizar as 128 vítimas resgatadas ou seus herdeiros (no caso de já terem morrido) durante fiscalizações do Ministério Público do Trabalho na fazenda em 1997 e em 2000.

O edital inclui as vítimas que não são representadas pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) e o Centro pela Justiça e o Direito Internacional (CEJIL/Brasil), organizações peticionárias no processo perante a Corte internacional.

A Secretaria Nacional de Cidadania do ministério já iniciou os trâmites para pagar a indenização às 49 vítimas representadas pelas organizações peticionárias.

A sentença determina ainda que o Brasil retome as investigações relacionadas à fiscalização de 2000 e adote medidas para que não haja prescrição do crime, entre outras ações. O Ministério Público Federal retomou as investigações e divulgou um edital em que convoca informantes sobre o caso. Também está em tramitação, no Congresso, proposta de emenda constitucional (PEC) para tornar o trabalho em condição análoga à escravidão crime imprescritível.

Projeto que regulamenta Uber é aprovado no Senado com modificações

Imagem ilustrativa.

O Senado aprovou na noite de hoje (31) o projeto que regulamenta o uso dos aplicativos de transporte no país como Uber, Cabify e 99. Os senadores aprovaram o texto que veio da Câmara com duas principais alterações: retiraram a exigência da chamada placa vermelha e a obrigatoriedade de que os motoristas sejam proprietários dos veículos que utilizarem para a comercialização do serviço.

Como foi alterada, a proposta precisa agora ser apreciada novamente pelos deputados. Na votação, os parlamentares aprovaram duas emendas acolhidas pelo relator, senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), e rejeitaram outras sugestões de alteração do texto, como a que limitava a 5% o valor cobrado pelas empresas aos motoristas de aplicativos. O texto-base do projeto foi aprovado por 46 votos favoráveis, 10 contrários e uma abstenção. As demais votações foram feitas de forma simbólica, o que gerou confusões e discordâncias em plenário sobre o procedimento conduzido pelo presidente Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Rui se encontra com Raul Castro em Cuba

Governador Rui Costa se reúne com Raul Castro, presidente de Cuba.Foto: Divulgação/Governo de Cuba.

O governador Rui Costa se reuniu com o presidente de Cuba, Raul Castro, após participar da 35ª edição da Feira Internacional de Havana (FIHAV), nesta segunda-feira (30). O encontro aconteceu no final da tarde, no prédio do Conselho do Estado, em Havana, e teve a presença do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner. É a primeira vez que um governador da Bahia viaja a Cuba em missão oficial.

“Acabo de me encontrar com o presidente de Cuba, Raul Castro. Aos 86 anos, tem um espírito jovem e uma inteligência memorável. O que era para ser um encontro de 30 minutos durou 2 horas. Independente de posição política, eu acredito que o país tem muito a ensinar ao mundo sobre o direito à educação”, destacou Rui Costa.

De acordo com Wagner, o presidente cubano também contou sobre os seus desafios. “Ele ainda vê desafios na área econômica. Percebemos que ele pode até vir a deixar o Governo, mas nunca a revolução. Esse é o motivo dele de viver. Foi um encontro fantástico, ele nos recebeu super bem e foi muito atencioso”, afirmou o secretário.

Com mais de 61 mil assassinatos, Brasil tem recorde de homicídios em 2016

Agência Brasil

O Brasil registrou 61,6 mil mortes violentas em 2016, de acordo com o Anuário Brasileiro da Segurança Pública divulgado hoje (30). O número, que contabiliza latrocínios, homicídios e lesões seguidas de morte, representa um crescimento de 3,8% em comparação com 2015, sendo o maior patamar da história do país. Em média, foram contabilizados 7 assassinatos por hora. Com o crescimento do número de mortes intencionais, a taxa de homicídios no Brasil por 100 mil habitantes ficou em 29,9.

O Rio de Janeiro é o estado com maior número de vítimas (6,2 mil) e registrou o segundo maior crescimento na quantidade de casos, 24,3% em relação a 2015. Foram registrados 37,6 homicídios para cada 100 mil habitantes no estado.

A maior taxa de assassinatos foi, no entanto, verificada em Sergipe com 64 casos para cada grupo de 100 mil. Em números absolutos, o estado teve 1,4 mil mortes violentas em 2016, uma alta de 11,5% em relação ao ano anterior.

A maior elevação no número de assassinatos ocorreu no Amapá que teve 250 casos em 2015 e chegou a 388 em 2016, uma alta de 52,1%. O Rio Grande do Norte foi o terceiro em crescimento no número de mortes (18%). Com 1,9 mil casos, o estado tem a segunda maior taxa de assassinatos para cada 100 mil habitantes no estado – 56,9. :: LEIA MAIS »

Contran determina a identificação de agente de trânsito que aplicou multa

Foto ilustrativa.

Quem for multado e quiser identificar o agente de trânsito que aplicou a penalidade poderá buscar essa informação na internet. Listas com os códigos e nomes dos agentes e autoridades de trânsito que atuam na fiscalização e são responsáveis por autuação de infrações deverão estar disponíveis na internet para pesquisa.

A determinação está na Resolução 709 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicada na edição de hoje (30) do Diário Oficial da União.

A lista deve ficar disponível no portal de cada órgão que compõe o Sistema Nacional de Trânsito (SNT). A resolução prevê também que sejam publicadas na internet cópias dos convênios de fiscalização de trânsito firmados pelos órgãos e entidades executivas de trânsito.

De acordo com o Contran, o intuito das medidas é ampliar a transparência nos processos de infração de trânsito, bem como a garantir a ampla defesa. A resolução  entra  em  vigor  a partir da publicação no Diário Oficial.

Ibope: Lula e Bolsonaro no segundo turno

Jair Bolsonaro (Sem partido) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil – Daniel Pinheiro/Agência Brasil).

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o deputado federal Jair Bolsonaro iriam para o segundo turno se as eleições presidenciais de 2018 fossem hoje, segundo pesquisa Ibope publicada na coluna Lauro Jardim, do jornal O Globo. Em todos os cenários, Lula ficaria com o mínimo de 35% e o máximo 36% das intenções de voto. Bolsonaro ficaria com 15% em cenário com Lula e com 18% se o candidato do PT for Fernando Haddad.

A ex-senadora Marina Silva aparece em terceiro lugar em todos os cenários da pesquisa, que foi realizada entre os dias 18 e 22 deste mês, com intenções de voto entre 8% e 11% dependendo dos adversários. Em seguida, vêm Ciro Gomes, Geraldo Alckmin e João Doria, com porcentuais entre 5% e 7%. No cenário com Haddad no lugar de Lula, Ciro Gomes chega a ter 11% das intenções de voto.

 Entre os novos nomes, o apresentador de TV Luciano Huck foi testado na pesquisa, ficando em patamar igual aos do tucano Alckmin e Doria: 5% no cenário em que a disputa é com Lula e 8%, com Haddad. Já o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, teve entre zero e 1% das intenções, dependendo do cenário. Na pesquisa espontânea, Lula também lidera, com 26% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro, com 9%. Foram ouvidas 2.002 pessoas em todos os Estados, com margem de erro de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

Câmara vota nesta quarta denúncia contra Michel Temer e ministros

O plenário da Câmara deve votar nesta quarta-feira (25) a segunda denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer.

Temer é denunciado pelos crimes de obstrução da Justiça e organização criminosa. No mesmo processo, são denunciados ainda os ministros Eliseu Padilha, da Casa Civil, e Moreira Franco, da Secretaria-Geral da Presidência, por organização criminosa.

Durante a votação, os deputados irão decidir se autorizam o Supremo Tribunal Federal (STF) a investigar o presidente e os ministros. Para isso, são necessários que 342 dos 513 deputados votem pela autorização do prosseguimento da denúncia na Justiça, conforme determina a Constituição Federal. Se isso não ocorrer, a denúncia fica suspensa e o presidente só poderá ser processado após deixar o mandato.

A denúncia já foi analisada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), que aprovou o parecer do relator Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) pela inadmissibilidade da denúncia.

Rito da votação

A sessão no plenário destinada a votar o parecer aprovado na CCJ está prevista para começar às 9h. O rito da votação deve tomar todo o dia.

Para iniciar a sessão, é preciso quórum mínimo de 52 deputados. Depois de alcançado esse número, o relator terá 25 minutos para apresentar seu parecer em plenário. :: LEIA MAIS »

mega turbonet

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia