WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




:: ‘Brasil’

Eleições 2018: 75% dos deputados federais devem se reeleger

Da Agência Brasil

Estudo do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) mostra que 79% dos 513 deputados federais tentarão a reeleição em outubro. Projeção da entidade aponta que 75% deles devem se reeleger. O levantamento foi feito após o registro das candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o Diap, o número de candidatos à reeleição (407) na Câmara ficou um pouco abaixo da média dos últimos sete pleitos (408), porém maior que na eleição de 2014, quando 387 tentaram renovar seus mandatos.

Dos 106 que não vão se recandidatar para a Câmara, 31 não vão concorrer a nenhum cargo neste pleito e 75 disputam outros cargos. Destes, 40 concorrem ao Senado; 11 são candidatos a vice-governador; nove disputam o governo do estado; sete tentam vaga de deputado estadual; seis são suplentes de candidatos ao Senado; e dois são candidatos à Presidência da República. :: LEIA MAIS »

Brasil tem 32 milhões de crianças e jovens pobres, segundo Unicef

Imagem divulgação.

De cada 10 jovens de até 17 anos no Brasil, 6 são considerados pobres pelo Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância). Segundo a instituição, que apresentou nessa terça-feira, 14, novo método para medição da pobreza, a categoria inclui não apenas o critério de renda, mas a “privação” de seis garantias básicas, ligadas à educação, informação, trabalho infantil, acesso a água, saneamento ou moradia. Dos 53,7 milhões de brasileiros de até 17 anos, 32,76 milhões (61%) estão nesta condição.

“Queremos propagar a ideia de que a questão monetária é uma das dimensões da pobreza, não a única”, afirma a representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer.

O recorte do Unicef tem como base os dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), de 2015.

As privações :: LEIA MAIS »

Concursos no país têm salários que passam de R$ 20 mil

Imagem Ilustrativa.

As vagas de concurso no país somam nesta semana 11.013 oportunidades concentradas em 89 processos seletivos com inscrições abertas. Entre eles, o certame para a Secretaria da Fazenda do Estado de Goiás é a que possui a maior oferta de salário: R$ 20.940,62. As 28 vagas disponíveis são para profissionais de nível superior. interessados têm até o dia 24 deste mês para se inscrever no site www.concursosfcc.com.br.

Outras duas secretarias estaduais também estão na lista dos concursos com inscrições abertas para nível superior. Ambas, no Ceará. A Secretaria de Cultura tem 102 vagas com salários de R$ 5.351,76. Já a Secretaria de Educação está com processo seletivo para preencher 2,5 mil vagas. O salário, no entanto, é menor: fica em R$ 3.588,27. O prazo de inscrição termina no dia 4 e 5 de setembro, respectivamente.

Ainda no Nordeste, a Bahia é mais um estado que aguarda o lançamento do edital autorizado em dezembro do ano passado para o processo que deve contratar 60 novos auditores fiscais da Secretaria da Fazenda. O salário base previsto é de R$ 8.456,19. Em nota ao CORREIO, a Secretaria da Administração do Estado (Saeb) disse que vai contratar a Fundação Carlos Chagas (FCC) para a organização do concurso, que ainda não tem data prevista para a publicação do edital. A etapa agora é de assinatura do contrato entre o governo e a empresa organizadora.

“A Fazenda é secretaria de vital importância para qualquer ente federativo, visto que é o órgão responsável pelo erário público. O agente público será fiscalizador de arrecadação, por isso é tão bem remunerado. Foram muitos anos sem concurso nessa área e agora é preciso recompor os quadros funcionais”, analisa a coach de concursos e diretora pedagógica do curso online Super Professores, Claudete Pessoa.

Ainda que a proximidade das eleições tenha reduzido a oferta de concursos estaduais e federais, a dica é manter o foco até que os editais sejam publicados. “Estabelecendo o nicho de atuação é preciso antecipar os estudos das matérias basilares e com a aproximação dos editais específicos, se introduz no estudo as matérias específicas”, aconselha a especialista.

Mais concursos
Até lá, outros três concursos estão com inscrições abertas na Bahia. Além de Salvador, as prefeituras de Feira de Santana e Teodoro Sampaio somam, ao todo, 555 vagas. O maior salário está na capital baiana. São 293 vagas para médicos de diversas especialidades com remuneração de até R$ 10.768,13 no Regime Especial Direito Administrativo (Reda). O candidato pode se inscrever até o dia 19 de agosto pela internet.

*Com informações do Correio da Bahia

Eleições 2018: Flávio Rocha, da Riachuelo, anuncia apoio a Bolsonaro

Bolsonaro e Flavio Rocha durante o anúncio do apoio.

O dono das lojas Riachuelo, Flávio Rocha, que chegou a se colocar como candidato a presidente neste ano, anunciou nesta sexta-feira apoio ao candidato do PSL, Jair Bolsonaro. A reunião entre os dois aconteceu pela manhã, em São Paulo.

Em momentos diferentes da campanha, os dois chegaram cada um a dizer que o outro não estaria suficientemente à direita para receber apoio do outro.

O dono da Riachuelo também chegou a dizer que Bolsonaro era como um iceberg no caminho do Brasil. Agora mudou de ideia.

Debate da Band

Quem esperava por embates acalorados e até alguns candidatos perdendo a cabeça no primeiro debate com presidenciáveis de 2018 pode ter se frustrado com um evento que foi considerado “morno” por boa parte dos telespectadores e sem a já tradicional eleição de vencedores e perdedores. Para quem ficou com um olho no debate e outro na internet, no entanto, houve um vencedor claro – pelo menos no ambiente online.

Jair Bolsonaro (PSL) foi o campeão em diversas métricas: número de menções no Twitter, conquista de novos seguidores durante o debate e uso de hashtags, segundo o Sistema Bites, que captou os fluxos de opinião gerados nas últimas horas pelo público digital em seus perfis no Twitter e interações nas páginas oficiais dos candidatos no Twitter e no Facebook, nas buscas no Google Brasil e no compartilhamentos de links de notícias sobre o primeiro encontro na televisão dos candidatos a presidente.

A combinação desses dados revela que os adversários de Bolsonaro ainda não encontraram uma estratégia consistente para desidratá-lo até o primeiro turno – pelo menos quando o assunto é popularidade na internet. Bolsonaro deixou o debate com a mesma popularidade que entrou.

Brasil bate recorde de mortes violentas em 2017

Ilustração

Apenas em 2017, o Brasil registrou 63.880 mortes violentas, o maior número de homicídios da história recente do país. Os dados indicam que foram assassinadas 175 pessoas por dia, registrando elevação de 2,9% em comparação a 2016. A taxa é de 30,8 mortes para cada 100 mil habitantes.

Os dados fazem parte do 12º Anuário de Segurança Pública divulgado nesta quinta-feira (9), em São Paulo, durante o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O Rio Grande do Norte (68) registrou a maior taxa de mortes violentas por 100 mil habitantes, seguido por Acre (63,9) e Ceará (59,1).

As menores taxas estão em São Paulo (10,7), seguida de Santa Catarina (16,5) e Distrito Federal (18,2).

De acordo com o levantamento, o número de homicídios dolosos cresceu 2,1%, ao atingir os 55.900. As lesões corporais seguidas de morte totalizaram 955, com crescimento de 12,3%. Já os latrocínios caíram 8,2% e foram 2.460.

Violência policial

O número de policiais mortos reduziu 4,9%, chegando a 367. Na contramão, o número de pessoas mortas em intervenções policiais registrou aumento de 20%, com 5.144 casos em 2017. :: LEIA MAIS »

Eleição presidencial terá o maior número de candidatos em 29 anos

Foto: Arquivo

As convenções partidárias confirmaram 13 candidatos à Presidência da República – o segundo maior número desde 1989, quando foram 22 concorrentes, já que o comunicador Silvio Santos teve a candidatura impugnada. Neste período, somente o PSDB e o PT disputaram todas as eleições presidenciais com candidatos próprios.

Partido com maior número de filiados – 2,4 milhões -, o MDB não tinha candidatura própria há quatro eleições. Depois que o ex-governador de São Paulo e ex-presidente do partido, Orestes Quércia, ficou em quarto lugar na disputa de 1994, o MDB transitou entre chapas do PSDB e do PT – legendas que monopolizaram as eleições desde aquele ano.

Após o lançamento do Plano Real, o tucano Fernando Henrique Cardoso venceu a eleição no primeiro turno em 1994, com 54,3% dos votos. Naquele ano, o cardiologista Eneas Carneiro (morto em 2007), conhecido pelo discurso agressivo e o bordão “meu nome é Eneas”, surpreendeu o país conquistando cerca de 4,6 milhões de votos, mais do que Quércia e do que o pedetista Leonel Brizola (morto em 2004).

Em 1998, Fernando Henrique Cardoso foi reeleito, novamente vencendo no primeiro turno, com 53% dos votos. Naquele ano, 12 candidatos participaram da eleição presidencial. As eleições de 2002 marcaram o começo da hegemonia do PT: foram quatro vitórias seguidas, todas contra o PSDB.

Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito e reeleito em 2002 e 2006. Depois, Dilma Rousseff conquistou o Palácio do Planalto em 2010 e foi reeleita em 2014, mas não completou o mandato. Nas quatro últimas eleições presidenciais, a decisão veio no segundo turno.

*Com informações da Agência Brasil

Entenda como será a campanha de vacinação contra o sarampo e a pólio

Flavia Villela/Agência Brasil

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo começa na próxima segunda-feira (6). A meta é imunizar mais de 11 milhões de crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos, público mais suscetível a complicações de ambas as doenças. O Dia D de mobilização está previsto para 18 de agosto, um sábado, quando cerca de 36 mil postos de saúde em todo o país estarão abertos.

Este ano, a vacinação será feita de forma indiscriminada, ou seja, todas as crianças dentro da faixa-etária estabelecida serão imunizadas – mesmo as que já estão com o esquema vacinal completo. Neste caso, a criança vai receber um outro reforço. A campanha ocorre em meio a pelo menos dois surtos de sarampo no Brasil, em Roraima e no Amazonas. No caso da pólio, 312 municípios registram baixas taxas de cobertura vacinal contra a doença.

Veja a seguir algumas das principais perguntas e respostas relacionadas à campanha, com base em informações divulgadas pelo Ministério da Saúde:

Quando e onde ocorre a campanha?

Entre 6 e 31 de agosto, com o Dia D agendado para 18 de agosto, em postos de saúde de todo o país. :: LEIA MAIS »

Brasil tem dificuldade de atrair jovens para a carreira de professor

Segundo estudo do BID, 5% dos jovens de 15 anos querem dar aulas.

O Brasil, assim como outros países da América Latina, tem dificuldade em atrair jovens talentosos para a carreira de professor. Essa é uma das conclusões do estudo Profissão Professor na América Latina – Por que a docência perdeu prestígio e como recuperá-lo?, divulgado nesta sexta-feira (27) pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

No Brasil, apenas 5% dos jovens de 15 anos pretendem ser professores da educação básica, enquanto 21% pensam em cursar engenharia. No Peru, o índice dos que pretendem optar pela docência é de menos de 3%, contra 32% que querem se tornar engenheiros. Por outro lado, em países onde a profissão é mais valorizada, o interesse tende a ser maior, como na Coreia do Sul, onde 25% dos jovens têm a intenção de lecionar, e na Espanha, onde o índice chega a quase 20%. :: LEIA MAIS »

Brasileiro gasta 14% do salário em cerveja

A cerveja é uma preferência nacional. Um estudo da Cuponation em parceria com o Deutsche Bank traz um dado curioso: o brasileiro gasta 14% do salário com a bebida.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores utilizaram o preço médio de um pint (500ml) em São Paulo. Como os brasileiros consomem, em média, 6 litros de cerveja por ano, isso equivale a 14% do salário mínimo. :: LEIA MAIS »

População brasileira deve chegar a 233,2 milhões em 2047, diz IBGE

Da Agência Brasil

A população do Brasil vai continuar em crescimento até atingir 233,2 milhões de pessoas em 2047. A partir deste ano, entrará em declínio gradual chegando a 228,3 milhões em 2060. A expectativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), faz parte da Revisão 2018 da Projeção de População, que estima demograficamente os padrões de crescimento da população do país ano a ano, por sexo e idade para os próximos 42 anos.

Antes de 2048, 12 estados (Piauí, Bahia, Rio Grande do Sul, Alagoas, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco, Maranhão, Paraná e Rio Grande do Norte) deverão ter redução na sua população. Segundo o IBGE, a principal característica dessas unidades da federação é o saldo migratório negativo. No limite da projeção em 2060, oito estados (Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Amapá, Roraima, Amazonas e Acre) não terão queda nas suas populações. O IBGE explicou que eles apresentam saltos migratórios positivos e/ou têm taxas de fecundidade total mais elevadas. :: LEIA MAIS »

Processos eleitorais terão prioridade de tramitação

Desde a última sexta-feira (20), os processos eleitorais terão prioridade de tramitação e julgamento em relação a quaisquer outros, ressalvados os  habeas corpus e mandado de segurança. A medida vigora até 2 de novembro, cinco dias após a realização do segundo turno das Eleições 2018.

A determinação está no caput do artigo 94 da Leis das Eleições (Lei 9504/1997), segundo o qual “os feitos eleitorais, no período entre o registro das candidaturas até cinco dias após a realização do segundo turno das eleições, terão prioridade para a participação do Ministério Público e dos Juízes de todas as Justiças e instâncias, ressalvados os processos de habeas corpus e mandado de segurança”.

A Lei das Eleições (artigo 94, parágrafos 1º e 2º) estabelece ainda que magistrados e integrantes do Ministério Público, a partir desta sexta-feira (20), não podem deixar de cumprir a determinação, sob pena de incorrerem em crime de responsabilidade e ficarem sujeitos a anotação funcional para efeito de promoção na carreira. :: LEIA MAIS »

WhatsApp vai limitar número de vezes que mensagem pode ser encaminhada

 

O aplicativo de mensagens WhatsApp, que pertence ao Facebook, anunciou na última quinta-feira, 19, que vai testar limitar a quantidade de vezes que um usuário pode encaminhar uma mesma mensagem na plataforma. Segundo a empresa, o esforço vai ajudar combater a disseminação de notícias falsas. A medida faz parte de uma iniciativa global do WhatsApp, que no início deste mês, anunciou que oferecerá bolsas de estudo para pesquisadores que se dediquem a entender a circulação de boatos dentro do aplicativo.

Usuários de todo o mundo poderão encaminhar no máximo 20 mensagens ao seus contatos. Na Índia, a regra foi mais rígida devido aos últimos acontecimentos: os usuários indianos poderão encaminhar apenas cinco mensagens. Até então, o limite era 250 mensagens, aproximadamente. :: LEIA MAIS »



agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia