WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura de ilheus




:: ‘Bolsonaro’

Juiz autoriza laudo de sanidade mental para agressor de Bolsonaro

Em depoimento à polícia, Adélio Bispo de Oliveira, que atacou o presidenciável, afirmou que agiu motivado por ‘questões pessoais’. Foto: EFE.

O juiz Bruno Savino, da 3ª Vara da Justiça Federal da Subseção Judiciária de Juiz de Fora (MG), autorizou a realização de um laudo de sanidade por um médico particular sobre Adélio Bispo de Oliveira, acusado por um atentado contra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), no início do mês. Ele foi preso no dia do ataque e agora é objeto de investigação pela Polícia Federal. Bispo foi encaminhado a um presídio federal em Campo Grande (MS).

O laudo de sanidade mental preliminar foi solicitado pela defesa de Adélio Bispo de Oliveira. Os advogados pediram que o procedimento fosse realizado por médico da confiança deles e que houvesse suspensão do curso do processo. Também pleitearam que encontros ou conversas com o acusado tivessem a presença de algum dos advogados.

A defesa recorreu à possibilidade do laudo por médico particular depois que o juiz federal Bruno Savino negou a avaliação completa de saúde mental. O objetivo dos advogados é tentar justificar a necessidade do procedimento completo da saúde mental do acusado. Adélio Bispo assumiu o atentado. Em um dos depoimentos, afirmou que foi motivado por “Deus”.  :: LEIA MAIS »

Pesquisa Datafolha: Bolsonaro, 28%; Haddad, 16%; Ciro, 13%; Alckmin, 9%; Marina, 7%

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (20) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 8.601 eleitores na terça-feira (18) e na quarta-feira (19).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados pesquisa estimulada foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 16%
Ciro Gomes (PDT): 13%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Marina Silva (Rede): 7%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Vera Lúcia (PSTU): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 12%
Não sabe/não respondeu: 5%

As menções espontâneas a Bolsonaro também cresceram nos últimos dias, assim como as citações a Haddad.

Bolsonaro cresceu no Sudeste, Norte e Sul, onde atingiu sua melhor marca (37%), e ganhou pontos entre jovens e até entre mulheres, apesar da grande rejeição no segmento.

O petista cresceu no Sudeste e no Nordeste —onde alcança a melhor pontuação (26%) e única região em que está à frente de Bolsonaro.

O ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que tem quase metade do tempo de TV, está estagnado na pesquisa, com 9%.

O tucano aparece empatado com Marina Silva (Rede), que agora soma 7% das preferências, menos da metade do que tinha no início da campanha.

As simulações do Datafolha para segundo turno mostram que Ciro é o único candidato que venceria todos os rivais.

Ele bateria Bolsonaro com 45% das intenções, vantagem de 6 pontos sobre o capitão. Nos outros cenários, Bolsonaro empata com Haddad, Alckmin e Marina.

Nordeste – Pesquisa estimulada 1 º Turno.

Fernando Haddad 20%
Ciro Gomes 18 %
Jair Bolsonaro 17%
Marina 8%
Geraldo Alckmin 7 %

Clique aqui e confira a pesquisa geral na íntegra.

Bolsonaro inicia alimentação por via oral

Jair Bolsonaro

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, do PSL, iniciou hoje alimentação líquida por via oral, com boa tolerância, mantendo também a nutrição endovenosa, segundo boletim médico divulgado nesta tarde pelo Hospital Israelita Albert Einstein, onde ele está internado desde o último dia 7.

Bolsonaro, atualmente tratado em unidade semi-intensiva, continua sem febre nem outros sinais de infecção. Ele está realizando exercícios respiratórios e caminhadas.

Na tarde desse domingo (16), o candidato recebeu alta dos tratamentos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quando passou a receber cuidados semi-intensivos. Ele estava na UTI desde a última quarta-feira (12), quando foi submetido a uma cirurgia de emergência para tratar aderência que obstruía o intestino delgado.

Antes das complicações, os médicos haviam começado a reintroduzir a alimentação por via oral.

Bolsonaro recebeu uma facada durante ato de campanha no último dia 6, em Juiz de Fora (MG). Após ter sido atendido na Santa Casa da cidade, onde chegou a passar por uma cirurgia, ele foi transferido, a pedido da família, para o Hospital Albert Einstein, na capital paulista, na manhã do dia 7.

Bolsonaro sobe para 33% dos votos; Haddad salta para 16% e empata com Ciro em 2º, mostra pesquisa

Clique na imagem para aumentar.

A pesquisa mostra que Jair Bolsonaro (PSL) cresceu nos cenários de voto espontâneo quanto estimulado, e uma ascensão nas intenções de voto do candidato Fernando Haddad, após ele ser oficializado como nome do partido na última terça-feira(11).

É o que mostra a mais recente pesquisa FSB/BTG Pactual, divulgada nesta segunda-feira (17) e registrada no TSE ( Tribunal Superior Eleitoral com o número BR 06478/2018. O levantamento foi realizado entre os dias 15 e 16 de setembro com 2000 mil eleitores e a margem de erro é de 2% pontos percentuais, para mais ou para menos.

Pesquisa Espontânea

No cenário espontâneo, a intenção de voto de Bolsonaro passou de 26% para 30%, de uma semana para outra, enquanto neste último levantamento apenas 6 % votariam no ex-presidente Lula, antes 12 % da pesquisa anterior. Já Fernando Haddad saltou de 3% para 12%, ultrapassando Ciro Gomes (PDT) que oscilou de 7% positivamente para 8%. João Amoêdo (Novo) se manteve com 3%, enquanto Geraldo Alckimn (PSDB) e Marina Silva (Rede) oscilaram negativamente de 3% para 2%.

Álvaro Dias (podemos oscilou negativamente de 2% para 1%, Henrique Merelles (MDB) passou a pontuar com 1%, enquanto os demais não pontuaram. Não souberam responder seguiram em 22%, não votariam em ninguém foram 13% para 8%, enquanto brancos e nulos seguiram em 4% em uma semana.

Pesquisa Estimulada

Já na pesquisa de voto estimulada- em que há o cenário apenas com Fernando Haddad como substituto de Lula, Bolsonaro passou de 30 % de intenção de voto no levantamento anterior para 33%. Enquanto isso, Haddad ultrapassou Ciro Gomes numericamente com salto de 8% para 16%, mas empatado ainda tecnicamente com o candidato do PDT, que foi de 12% para 14% em uma semana.

Alckim oscilou para baixo no limite de margem de erro, de 8% para 6% empatados tecnicamente com Marina, que novamente teve queda e foi para 8% para 5%. Amoêdo voltou aos 4% ante 3% da semana anterior, enquanto Alvaro Dias viu a sua intenção para baixo, de 3% para 2%. Meirelles tem 2% dos votos neste cenário, ante 1 % de cabo Daciolo (Patri). A Porcentagem de quem não votaria em ninguém caiu de 13% para 9%, branco/ nulo somam 2%, não sabe/não responderam foi de 8% para 5%.

Confira a pesquisa completa no InfoMoney clicando AQUI.

Possibilidade de fraude na eleição é ‘concreta’, diz Bolsonaro

Na ‘live’ que fez direto do leito do hospital Albert Einstein, Jair Bolsonaro criticou a pesquisa Datafolha e disse que a possibilidade de fraude no primeiro e no segundo turno é “concreta”. Para ele, não há segurança para acreditar no crescimento do PT.

O candidato também criticou os cenários das pesquisas de segundo turno em que ele perde para o PT.

Bolsonaro também  afirmou também que Fernando Haddad, se eleito presidente, “assina o indulto de Lula no mesmo minuto. No minuto seguinte, nomeia Lula ministro da Casa Civil”.

 Confira o vídeo completo de Bolsonaro na íntegra:

O tamanho de Bolsonaro na Bahia assusta classe política

Carreatas pró Bolsonaro em Itabuna e em Eunápolis. Foto montagem Blog Agravo.

Bolsonaro, que está impossibilitado de fazer campanha após ter sido esfaqueado, vem recebendo um apoio espontâneo e volumoso por parte dos eleitores baianos, e isso vem sendo detectado pelo meio político.

Alguns candidatos a deputados que fazem parte das bases do candidatos ao governo da Bahia, Zé Ronaldo (DEM) e Rui Costa ( PT) já tinham comentado nos bastidores, o crescimento assustador do apoio popular ao candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) na Bahia.

Neste final de semana veio a confirmação, várias cidades do sul e extremo sul tiveram grandes atos pró-Bolsonaro. Em Itabuna e Ilhéus, as duas maiores cidades do sul da Bahia, eleitores de Bolsonaro promoveram enorme carreatas que contou com forte apoio popular por onde passavam.

O candidato a deputado federal, João Barros (PSL) que participou das duas carreatas , lembrou que toda manifestação em Ilhéus e Itabuna é espontânea e de graça.

Vídeo carreata em Ilhéus 15/09/2018

Em Eunápolis e Itamaraju, duas grandes carreatas percorreram as principais vias públicas. O candidato ao Senado, comandante Rangel (PSL) e a candidata Professora Dayane Pimentel (PSL) estiveram presente nas duas cidades.

“Como foi incrível essa carreata em Eunápolis! Já está claro que Bolsonaro dominou a Bahia”, exaltou comandante Rangel pelas redes sociais.

Vídeo Carreata em Itamaraju: 

Nordeste é prioridade da campanha de Bolsonaro

O Nordeste, reduto histórico da esquerda, e que deu a vitória nas últimas duas eleições ao PT na corrida presidencial, é o foco principal nesta reta final de campanha de Bolsonaro.

Com a impossibilidade de viajar, Bolsonaro se dirige ao eleitor nordestino por meio de vídeos e postagens.

O candidato do PSL usou sua conta do Twitter para afirmar a importância da região, mencionando seu potencial produtivo.

“Estivemos em Israel e vimos de perto o que eles não tem [sic] e o que eles são, mesmo no meio do deserto. O Nordeste brasileiro tem grande potencial para produzir, gerar empregos e prosperar, principalmente quando falamos em agricultura e energia limpa. É onde pretendemos avançar!”

Apoiadores de Bolsonaro realizam carreatada em Ilhéus no sábado (15)

Eleitores de Bolsonaro realizam carreata em Ilhéus nesta sábado (15).

Apesar do atentado sofrido pelo presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), apoiadores de diversos cantos do Brasil vêm realizando manifestações de apoio a sua eleição. Em Ilhéus, os apoiadores vão realizar uma grande carreata pelas principais ruas e avenidas.

A programação está prevista com a concentração no estacionamento do Centro de Convenções de Ilhéus a partir das 15:30h , na Avenida Soares Lopes, centro de Ilhéus.

Segundo os apoiadores, o principal objetivo é mostrar que Bolsonaro tem o apoio popular na corrida à presidência do Brasil. Todo o movimento pró-Bolsonaro é voluntário, igualmente o que é feito em todo o Brasil.

A organização da carreata está sendo feita pelo Comitê Bolsonaro Sul da Bahia, e terá o apoio logístico da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Samu e Sutran.

Eleições 2018: Mulheres travam guerra pró e contra Bolsonaro nas redes sociais

Por Jamesson Araújo

Pesquisa Ibope mostra desempenho dos presidenciáveis junto ao eleitorado masculino e feminino.

O clima nas redes sociais é de acirramento total, e a demonstração mais nítida é entre o eleitorado feminino. O grupo “Mulheres Unidas contra Bolsonaro”, dedicado a se opor ao candidato do PSL à Presidência nas eleições 2018, Jair Bolsonaro, ultrapassou um milhão de integrantes, e gerou manchetes em vários sites e jornais brasileiros.

Nesta quarta-feira (12), mulheres que apoiam Bolsonaro responderam e colocaram hashtag #MulheresComBolsonaro como 1º lugar no Brasil e 4º no mundo nos destaques do Twitter.

A região Nordeste é a principal fonte de rejeição das mulheres ao candidato do PSL. Isso se dá devido a um trabalho de desconstrução de sua imagem feita por opositores ao divulgar vídeo da discussão de Bolsonaro com Maria Rosário. Muitas mulheres afirmam que não votam em Bolsonaro por ele ser truculento e misógino.

Apesar da rejeição, Bolsonaro cresceu entre as mulheres, segundo a pesquisa Ibope, e lidera no eleitorado feminino. Saiu de 13 % para 18 % a porcentagem das mulheres que apoiam Bolsonaro.

Essas colocações mostram extrema controvérsia! A advogada Janaina Paschoal, uma das autoras do pedido de impeachment de Dilma Rousseff, afirma não ver em Bolsonaro traços de radicalismo. A pecha de misógino, por exemplo, não seria justa.

“Conversamos de igual para igual. Ele até se colocou em uma posição desfavorecida nos pontos referentes à minha área de atuação. Então, se eu disser que esse homem é misógino, estarei mentindo”, disse Janaina.
Muitas dessas mulheres que estão no grupo “Mulheres Unidas contra Bolsonaro” são eleitoras de outros candidatos que não votariam no candidato do PSL, isso é totalmente normal.

A tendência é que o acirramento entre as mulheres, gere um debate sobre o rótulo de misógino colocado em Bolsonaro. Se vai ser positivo ou negativo, ai é só aguardar os próximos capítulos dessa novela feminista.

Bolsonaro retira sonda nasogástrica e começa a se alimentar via oral

Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência Foto: Diego Vara/Reuters.

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, retirou na manhã de hoje (11) a sonda nasogástrica para reintrodução da alimentação oral, que terá progressão gradual conforme a aceitação do paciente. A alimentação endovenosa será mantida, de acordo com as informações do boletim médico divulgado há pouco pelo Hospital Albert Einstein.

O candidato tem quadro de saúde estável e permanece em cuidados de terapia intensiva, sem febre e sem sinais de infecção. Ele precisará passar por nova cirurgia, posteriormente, para reconstruir o intestino e retirar a bolsa de colostomia, feita em função de lesões graves no intestino grosso e delgado.

Bolsonaro foi atingido por uma faca na região abdominal na última quinta-feira (6), quando participava de uma atividade de campanha em Minas Gerais. Ele foi atendido pela Santa Casa de Juiz de Fora, onde recebeu os primeiros atendimentos após a facada e passou por cirurgia. O candidato foi transferido para o Hospital Albert Einstein, na capital paulista, na sexta-feira (7), a pedido da família.

Fazem parte da equipe médica do candidato o cirurgião Antônio Luiz Macedo, o clínico e cardiologista Leandro Echenique e o diretor-superintendente do hospital, Miguel Cendoroglo.

*Com informações da Agência Brasil

Pesquisa: Bolsonaro sobe para 30% dos votos e lidera isolado

Candidato a presidente Jair Bolsonaro. Crédito da Foto: Minervino Junior/CB/D.A Press.

A primeira pesquisa realizada após o atentado sofrido por Jair Bolsonaro (PSL) e com mais de uma semana após o início do horário eleitoral mostrou que o candidato do PSL teve um forte aumento nas intenções de voto, tanto no cenário espontâneo quanto estimulado. Enquanto isso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que teve a sua candidatura barrada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na madrugada do último dia 1, despencou nas intenções de voto no cenário espontâneo.

É o que mostra a mais recente pesquisa FSB/BTG Pactual, divulgada nesta segunda-feira (10) e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-01522/2018. O levantamento foi realizado entre os dias 8 e 9 de setembro com 2000 eleitores e a margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Pesquisa espontânea

No cenário espontâneo, a intenção de voto de Bolsonaro passou de 21% para 26%, de uma semana para outra, enquanto neste último levantamento apenas 12% votariam em Lula, ante 21% da pesquisa anterior. Ciro Gomes (PDT) foi de 4% para 7%, alta acima da margem de erro, enquanto Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) se mantiveram em 3%, mesmo percentual de João Amoêdo (Novo) e de Fernando Haddad (PT).  Álvaro Dias (PODE) oscilou positivamente de 1% para 2%, enquanto os demais não pontuaram. Não sabem ou não responderam passaram de 24% para 22%, não votariam em ninguém foram de 14% para 13%, enquanto brancos e nulos se oscilaram de 5% para 4% em uma semana.

Pesquisa estimulada :: LEIA MAIS »

Ibope vê consolidação de votos pró-Bolsonaro

Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência Foto: Diego Vara/Reuters.

A diretora executiva do Ibope, Márcia Cavallari, disse ao Estado que as intenções de voto do deputado Jair Bolsonaro, presidenciável do PSL, estão consolidadas e que deverá ser muito difícil reverter esse cenário até o dia da eleição.

Segundo dados da mais recente pesquisa Ibope, 77% das pessoas que declararam voto em Bolsonaro na pesquisa estimulada já tinham citado antes, de forma espontânea, o nome do capitão reformado.

O candidato do PSL oscilou positivamente dois pontos – passou de 15% para 17%, repetindo o mesmo movimento na pesquisa estimulada, na qual passou de 20% para 22%. Ciro Gomes (PDT) passou de 2% para 4%, enquanto Marina Silva (Rede) foi de 1% para 3% e Geraldo Alckmin (PSDB), de 2% para 3%.

“É um fenômeno. É muito difícil reverter esse voto. Não me lembro de ter visto uma pergunta espontânea que caiu ao longo da campanha. Nunca vi espontânea cair de uma pesquisa para outra, oscilar negativamente. Sempre crescente. O voto dele é firme e consistente”, afirmou. :: LEIA MAIS »

Mulher disse que iam matar Bolsonaro em Juiz de fora

Mulher postou ameaças no Twitter

Antes do ataque em Juiz de Fora, Bolsonaro já vinha sofrendo ameaça nas redes sociais. Chegou até a compartilhar uma, como forma de chacota. Como elas estão repletas de malucos e maluquices, a vigilância não foi reforçada. Agora, talvez, a Polícia Federal comece a monitorar o que está sendo dito nas redes sociais.



setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia