WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
faculdade de ilheus




:: ‘Alunos’

Aulas para estudantes internados no HRCC começam na próxima semana

Foto: Ascom HRCC

A partir do dia 1º de outubro, as aulas nas modalidades do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) para os estudantes internados no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus começarão a ser ministradas no período vespertino. A classe hospitalar da rede estadual compõe o Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares (Programa SARAHDO), que garante o direito de estudantes enfermos darem continuidade aos estudos.

O programa de classes hospitalares foi implementado nesta quarta-feira (26), no Hospital Regional Costa do Cacau. A iniciativa é viabilizada pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC-Ba), por meio da Superintendência de Políticas para a Educação Básica (SUPED). O programa surgiu em função de estudos que demonstraram a alta da taxa de repetência entre os estudantes, que por motivo de internamentos hospitalares, são obrigados a interromper a frequência escolar. Mesmo retornando às atividades antes do término do ano letivo esses estudantes, em geral, não conseguem acompanhar o desempenho dos demais.

A solenidade de inauguração da classe hospitalar contou com a participação do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, que destacou a importância do entrelaçamento das áreas da saúde e da educação no processo de aprendizagem. “O Hospital Regional Costa do Cacau reconhece a grandeza da iniciativa e tem a concepção de que possui diversas frentes de acolhimento. A parceria firmada com a saúde amplia a nossa rede de estimuladores e mantém eficiente o processo de aprendizagem”, enfatizou. :: LEIA MAIS »

Alunos do Colégio São Jorge entregam alimentos em instituições

Alunos do São Jorge entregam alimentos

Os alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, do Colégio São Jorge dos Ilhéus, em uma ação solidária arrecadaram mais de 7 toneladas de alimentos que serão distribuídos em várias instituições da Comunidade Ilheense.

Este evento faz parte da Gincana de Ciências da Natureza e Matemática e suas Tecnologias do Colégio São Jorge dos Ilhéus, que este ano tem como temática: “Construímos muros demais e pontes de menos.” A Gincana acontecerá nos dias 18 e 19 de setembro, das 8h às 12h30min, no Ginásio de Esportes Herval Soledade.

Brasil tem dificuldade de atrair jovens para a carreira de professor

Segundo estudo do BID, 5% dos jovens de 15 anos querem dar aulas.

O Brasil, assim como outros países da América Latina, tem dificuldade em atrair jovens talentosos para a carreira de professor. Essa é uma das conclusões do estudo Profissão Professor na América Latina – Por que a docência perdeu prestígio e como recuperá-lo?, divulgado nesta sexta-feira (27) pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

No Brasil, apenas 5% dos jovens de 15 anos pretendem ser professores da educação básica, enquanto 21% pensam em cursar engenharia. No Peru, o índice dos que pretendem optar pela docência é de menos de 3%, contra 32% que querem se tornar engenheiros. Por outro lado, em países onde a profissão é mais valorizada, o interesse tende a ser maior, como na Coreia do Sul, onde 25% dos jovens têm a intenção de lecionar, e na Espanha, onde o índice chega a quase 20%. :: LEIA MAIS »

Aluno e professores da UESC fabricam próteses mecânicas de baixo custo

Imagine-se dormindo e sonhando que, com uma de suas mãos, você acaricia o seu rosto. Ao acordar você toca o seu rosto, mas não consegue sentir os dedos, o que lhe causa uma sensação estranha. Não existem dedos, não há mãos, restam apenas as marcas de uma cirurgia de amputação na altura do pulso.

E assim criar a possibilidade e o desejo de recuperar de alguma forma o membro perdido, motivou à execução desse projeto, a fabricação de uma prótese mecânica. Essa prótese foi resultante do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do discente Tiago Santa Fé, que teve como orientadores os professores Me. Erickson Fabiano Moura Sousa Silva e Me. Victor Hugo Martins de Almeida, do curso de Engenharia Mecânica, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Ilhéus (BA).

A ideia foi colocada em prática graças à impressora 3D de baixo custo, montada pelos professores para o uso comum das atividades acadêmicas da Universidade, no ambiente do Laboratório de Projetos Mecânicos e Tribologia (LAPMET), do curso de Engenharia Mecânica, da UESC, em Ilhéus. Inicialmente, aluno e professores imaginavam um projeto que pudesse beneficiar animais amputados, e após conversarem com a professora Dra. Elisângela Barboza da Silva, do curso de medicina veterinária, passaram a enxergar além do que imaginavam, não somente a criação de próteses para os animais, mas também para pessoas. :: LEIA MAIS »

Jovens ilheenses são destaques de Torneio de Robótica em Salvador

São jovens extremamente dedicados e amantes da tecnologia. Quando estão no laboratório de robótica eles não ligam  para as horas e chegam a passar bastante tempo no local. Alguns são considerados “nerds” e outros “inovador”. Com idade entre 11 e 16 anos os estudantes do SESI Ilhéus se juntaram com jovens de outras escolas, do IFBA Salvador e de outras unidades do Sesi, e juntos transformaram o pátio da Escola Reitor Miguel Calmon, na unidade do Sesi do bairro do Retiro, em Salvador, em um verdadeiro centro de invenções, nos dias 23 e 24 de fevereiro.

Os estudantes do SESI Ilhéus participaram da etapa regional do torneio de robótica First Lego League (FLL) e tiveram que desenvolver um projeto de pesquisa relacionado ao uso e reaproveitamento da água e construir um robô autônomo feito de lego para realizar algumas missões técnicas.

A estudante Juliana Carla, que faz parte da equipe NASA, que apostou em uma solução para verificar se existem bactérias na água com um composto à base de resazurina e depois utilizaram a moringa para melhorar a qualidade da água. Junto com o professor Felipe Oliveira, os adolescentes também desenvolveram um aplicativo chamado ‘contaminÁgua’ que mostra os pontos na cidade de Ilhéus onde existe água com a presença de bactérias e ainda como limpar a água e economizar.

A jovem Ana Beatriz até brincou, dizendo que praticamente estavam morando no laboratório. “Passava muitas horas do dia lá. A gente trabalhou bastante para esse projeto sair e para finalizar a construção do robô”. Toda dedicação garantiu aos estudantes o prêmio de melhor apresentação entre mais de 40 equipes e a pré-classificação para a etapa nacional do Torneio de Robótica que acontecerá em Curitiba.

Estudantes de Itabuna participam de programa para criação de aplicativos sociais

Imagem Ilustrativa

Em uma parceria entre a organização americana Technovation Iridescent e o Instituto Paramitas (Plataforma Google), 50 jovens mulheres estudantes do Colégio Estadual Félix Mendonça participaram, na última semana, do programa Technovation. A iniciativa é uma competição de tecnologia e empreendedorismo na qual times formados por cinco garotas de 10 a 18 anos desenvolvem aplicativos que solucionam problemas sociais. Os grupos estão cadastrados para participar da seleção nacional, que levará as finalistas ao Vale do Silício, na Califórnia.

Para a diretora Rosimeire Guerra, o projeto é muito importante porque estimula nas mulheres o interesse pela tecnologia e empreendedorismo. “A atividade, promovida por cinco dias, apresentou todas as possibilidades para o desenvolvimento de um aplicativo que tem uma relevância social. Então tivemos muitos projetos relacionados à saúde, direito das mulheres, segurança, entre outros. Ficamos muito felizes com a proposta e conseguimos mobilizar uma atividade durante as férias das estudantes”, declarou.

Para a estudante do 1º ano do Ensino Médio, Anna Karoline Alcântara, 14 anos, o interesse no programa Technovation surgiu a partir da curiosidade em conhecer o funcionamento de um aplicativo. “Sempre tive a vontade de conhecer como esses sistemas funcionam. E o programa foi bastante explicativo sobre como podíamos desenvolver os aplicativos”, disse. :: LEIA MAIS »

Estudantes da UFSB apresentam vida e obra de poetisas em sarau na comunidade

No último sábado (27), os estudantes do Colégio Universitário da UFSB em Santa Cruz Cabrália realizaram um sarau no distrito de Santo André em homenagem à vida e à obra de poetisas brasileiras. O evento foi um projeto coletivo de intervenção na comunidade do componente curricular Leitura, Escrita e Sociedade. Participaram mais de sessenta pessoas da comunidade local e da comunidade acadêmica.

Intitulado Versos de Mulheres, o sarau aconteceu no Camping Jambo Sana, às margens do Rio João de Tiba. O cenário está marcado pela preservação da Mata Atlântica e pelo ativismo social e cultural dos seus proprietários. Nelson Zippin é agente comunitário de saúde e Vera Zippin é artesã e poetisa. Durante o sarau, a poesia de Vera foi apresentada pela primeira vez a um público mais amplo.

A organização do evento foi conduzida pelas estudantes e pelos estudantes da turma de 2017.2 do Cuni Cabrália. Articulado em três comissões: produção, alimentação e divulgação, o corpo discente constituiu um coletivo que trabalhou nos últimos dois meses no projeto didático de intervenção sob a orientação do professor Álamo Pimentel.

O tema gerador do sarau foi o empoderamento feminino através da poesia. A vida e obra de poetisas como Edna Constant, Carolina Maria de Jesus, Cora Coralina, Cecília Meireles, Hilda Hilst, Adélia Prado e Vera Zippin foram compartilhadas entre todos os presentes.

A abertura do evento ocorreu com o recital de uma oração em Patxohã por estudantes da etnia Pataxó. Além de evocarem as presenças dos seus ancestrais para o sarau, as estudantes e os estudantes indígenas narraram para os presentes as suas lutas pela retomada da fala e da escrita de sua própria língua. :: LEIA MAIS »

Concurso de Redação sobre meio ambiente premia estudantes da rede pública de ensino de Ilhéus

Estudantes da rede pública de ensino da cidade de Ilhéus que participaram do II Concurso de Redações Ambientais do Abrigo São Vicente de Paulo foram homenageados na última sexta-feira, dia 30, no Centro de Convenções do município. A iniciativa, promovida pelo Ministério Público estadual, tem como finalidade estimular o estudo, a cultura da língua portuguesa e a conscientização sobre a defesa do meio ambiente. Foram premiadas as três melhores redações dos alunos do ensino fundamental II, do ensino médio, e da Educação para Jovens e Adultos (EJA), desenvolvidas a partir do tema “Como a poluição visual prejudica minha cidade”. A procuradora-geral de Justiça em exercício Sara Mandra Rusciolelli Souza esteve presente no evento, que acontece em parceria com a Prefeitura de Ilhéus, a Polícia Militar e o Abrigo.

Durante a cerimônia, o promotor de Justiça Paulo Eduardo Sampaio Figueiredo, que atua na Regional de Ilhéus, foi surpreendido com a homenagem da Polícia Militar pelo trabalho desenvolvido na região. O evento teve como objetivo também agraciar instituições e pessoas que contribuíram para a defesa do meio ambiente, urbanismo e do consumidor e para a realização das atividades do Abrigo São Vicente de Paulo, que conta hoje com 70 idosos, além de policiais militares integrantes do 2º pelotão CIPPA-Porto Seguro por terem se destacado operacionalmente em 2017. :: LEIA MAIS »

Estudantes de Ilhéus apresentam espetáculo que questiona práticas educacionais autoritárias

Estudantes do curso técnico de nível médio em Teatro, do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) do Chocolate Nelson Schaun, em Ilhéus, realizam, nas próximas segunda e terça-feira (16 e 17), a apresentação do espetáculo “Epa! Quem foi? Quem viu?”. A peça acontece às 19h30, no Teatro Municipal, e propõe uma narrativa dramática com o objetivo de questionar práticas educacionais tradicionais e autoritárias oriundas da ditadura militar e o momento político contemporâneo. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Na peça também são abordados momentos de questionamentos de situações sociais e culturais em que os jovens estão inseridos. Logo, o bullying, os transtornos alimentares, a sexualidade e as questões de raça e poder são tratados com um humor que beira a sátira, sem deixar o que é politicamente correto de lado. O espetáculo conta com cenas escritas pelos estudantes do 2º ano do curso técnico em Teatro, juntamente com releituras do texto “Aurora da Minha Vida”, de Naum Alves de Souza.

Rui anuncia novo edital do Partiu Estágio com mais de três mil vagas

O Governo do Estado lançou, nesta terça-feira (29), o segundo edital do Programa Partiu Estágio, com a oferta de 3.105 vagas para universitários oriundos de instituições de ensino estaduais, federais e privadas com sede na Bahia. As oportunidades são para 60 órgãos da administração pública estadual na capital e 42 municípios do interior. O anúncio do novo edital do projeto foi feito pelo governador Rui Costa em Kiev, na Ucrânia, onde cumpre agenda que integra a terceira missão internacional à frente do Governo do Estado.

“São 3h45 no Brasil, mas aqui em Kiev já são 9h45”, brincou o governador ao informar que, desde esta madrugada, o novo edital do programa já estava disponível na internet. “Você, estudante de qualquer universidade da Bahia, já pode se inscrever na internet. Ao longo desses dias você terá a oportunidade de se inscrever e concorrer para estagiar em qualquer órgão público do Estado da Bahia”, acrescentou Rui. As inscrições do projeto poderão ser feitas de 29 de agosto a 17 de setembro no endereço www.programaestagio.saeb.ba.gov.br.

Podem participar do programa estudantes que estejam regularmente matriculados na modalidade presencial e cursando uma entre as 100 graduações com ofertas de vagas listadas no edital. É necessário, ainda, que o universitário tenha idade mínima de 16 anos e que tenha cumprido pelo menos 50% do seu curso de formação. A participação no Partiu Estágio é vetada a estudantes de graduação na modalidade EAD.

No momento da inscrição, os universitários deverão preencher cuidadosamente a ficha cadastral, informando até três órgãos nos quais têm interesse de estagiar, de acordo com as vagas ofertadas. Vale ressaltar que os universitários devem se candidatar a estágio na sua área de formação e que sua atuação seja na cidade onde morem ou estudem. O comprovante de inscrição será enviado por e-mail e quaisquer dados informados de forma inverídica ou incorreta levarão à imediata eliminação do candidato. :: LEIA MAIS »

Estudantes do CETEP Litoral Sul aprendem Biologia através de atividades extraclasse

Estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) do Litoral Sul ll, localizado no município de Itabuna, estão aprendendo Biologia de uma forma diferente. Por meio do Projeto Juventude em Ação, os alunos estão realizando atividades extraclasse sobre a realidade socioambiental; exposições; apresentações e visitas de campo. Estas ações, de acordo com a comunidade escolar, são importantes instrumentos para o processo de ensino e aprendizagem, estimulando o protagonismo estudantil e dinamizando o ambiente escolar.

Uma das ações em destaque é o projeto “Biomas Brasileiros”, cujo objetivo foi identificar os biomas e seus problemas; os desmatamentos; as queimadas e a extinção dos animais, a partir das ações antrópicas do homem. “A ideia do projeto surgiu com a necessidade de conscientizar os estudantes sobre a preservação do meio ambiente e dos biomas. Geralmente, eles aprendem sobre ecossistema, porque é mais simples. Já sobre os biomas relacionados com o clima, a vegetação, a temperatura e os animais, eles sabem superficialmente. Então, resolvemos realizar uma atividade mais minuciosa”, explica Tânia Maria Campos, professora de Biologia.

A turma da estudante Lêda Santos, 18 anos, 3º ano do curso técnico de Ensino Médio em Comércio, apresentou, através de imagens e fotografias, o bioma dos Pampas, que fica no Estado do Rio Grande do Sul. “É de suma importância atividades como esta. É conscientizador, porque vários biomas estão em extinção e precisamos começar a preservá-los. Muitos animais que vivem nesses locais estão sendo extintos, justamente porque esses biomas estão sendo destruídos. As futuras gerações precisam desfrutar desse conjunto de ecossistemas”, destaca.

Já Isabel Vieira, 16, 2º ano do curso técnico de Ensino Médio em Administração, realizou uma exposição falando sobre a biodiversidade, os costumes, as lendas e as ações antrópicas do ser humano no bioma Pantanal, situado entre os Estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, no Centro-Oeste do país. “Procuramos explicar de forma clara e objetiva. Fizemos duas maquetes. Uma expondo alguns animais e árvores típicas de lá e outra com o Pantanal deteriorado. Abordamos sobre o rio poluído e os animais mortos, bem como explicamos como o ser humano age de forma indevida na natureza, causando tudo aquilo ali. Também confeccionamos um livro, que retrata a cultura, as lendas e as comidas típicas da região do Pantanal. Acrescentou muito em nosso conhecimento saber mais sobre os biomas que temos aqui”, relata.

Alunos do IFBA Campus Ilhéus sofrem com a falta de iluminação, faixa de pedestre e transporte coletivo

Alunos do Instituto Federal da Bahia (IFBA), em Ilhéus, reclamam de acidentes e insegurança gerados pela falta de iluminação em frente ao Campus, localizado na BR-415. Na última quarta-feira (31), um estudante do curso técnico foi atropelado após uma colisão com um motociclista. Os dois tiveram ferimentos leves e foram socorridos pelo SAMU de Ilhéus.

Outra preocupação dos estudantes e da  instituição é com a falta de sinalização horizontal no local. A faixa de pedestre é praticamente inexistente e mesmo existindo quebra-molas e radares no trecho, poucos são os motoristas que dão passagem para que os estudantes atravessem a rodovia.

As reclamações se estendem também ao transporte público. Os coletivos que transportam funcionários, servidores e alunos para as Zona Norte, Centro e Zona Sul de Ilhéus até o Campus, estão sempre cheios e não circulam nos horários de pico, entre 06 às 06:30 e 17:30 e 18 h.  Segundo os estudantes, além da superlotação vários ônibus não param no ponto e o deslocamento dos passageiros fica prejudicado.

Em relação ao transporte intermunicipal  Itabuna-Ilhéus a empresa responsável,  Rota Transportes, quando contactada respondeu ao pedido da direção do IFBA e disponibilizou mais veículos para atender a demanda.

faculdade madre thais

novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia