WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hospital sao jose secom bahia prefeitura ilheus transporte ilegal





Ilhéus sedia pela primeira vez Seminário dos Centros Pop da Bahia

Ilhéus sediará pela primeira vez o Seminário dos Centros Pop (Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua) da Bahia com o tema “Promovendo a Identidade para a Qualificação e Reinserção Social”. O evento acontece na próxima segunda–feira (29), das 8 às 17 horas, no auditório da Faculdade Madre Thaís. O evento voltado para gestores e técnicos da área, tem como objetivo realizar a capacitação, trocar experiências e discutir políticas públicas para os cidadãos em situação de rua.

As inscrições para o Seminário já estão abertas, com vagas limitadas e podem ser realizadas pelo endereço eletrônico, (https://www.sympla.com.br/seminario-dos-centros-pop-da-bahia-2017__143010), gratuitamente. Estudantes do curso de Serviço Social da Faculdade Madre Thaís, União Metropolitana de Educação e Cultura (Unime), Universidade Norte do Paraná (Unopar) e Centro Universitário Internacional (Uninter), podem participar.

Para Soane Galvão, secretaria municipal de Desenvolvimento Social, realizar um seminário desse porte pela primeira vez em Ilhéus representa a valorização do debate sobre esta temática no município. “Vamos sediar o Seminário Estadual pela primeira vez, isso mostra que estamos no caminho certo. É um momento esperado e muito importante, que vamos apresentar nosso trabalho e trocar experiências com profissionais que atuam diariamente na tentativa de tirar essas pessoas da situação de rua”, afirma.

A programação será iniciada às 8 horas, com abertura e composição da mesa, apresentação do vídeo institucional de como é a atuação do Centro Pop de Ilhéus. Em seguida, acontecerá a palestra magna “Contextualizando os Serviços de PSE para a População em Situação de Rua”, com Márcia Figueiredo Santos, Assistente Social e técnica referência dos programas Centro Pop e Bahia Acolhe, da Secretaria Estadual de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social e Superintendência de Assistência Social do Estado da Bahia. :: LEIA MAIS »

Dois assessores de Temer deixam o Palácio do Planalto

Presidente Michel Temer.

O Diário Oficial da União de hoje (24) traz a exoneração de Tadeu Filippelli do cargo de assessor especial do Gabinete Pessoal do presidente Michel Temer. Investigado por fraudes nas licitações das obras de reconstrução do Estádio Nacional Mané Garrincha, o ex-vice-governador do Distrito Federal foi preso ontem (23) pela Polícia Federal na Operação Panatenaico.

Na noite de ontem, um outro assessor direto de Temer, Sandro Mabel, também pediu para deixar o cargo. O pedido já foi aceito pelo presidente. Com a saída de Mabel e de Filippelli, chega a quatro o número de assessores presidenciais que deixaram o posto, desde o final do ano passado. Além deles, José Yunes e Rodrigo Rocha Loures deixaram o Palácio do Planalto.

Em carta enviada a Temer, Mabel diz que deixa o cargo por motivos familiares e de negócios, conforme planos já informados ao presidente em dezembro do ano passado. “No início de dezembro passado expliquei que precisava voltar pra casa como havia prometido à minha mulher e aos meus filhos, mas atendi a seu pedido para que ficasse mais 120 dias. Novamente em fevereiro lhe reafirmei a minha necessidade de realmente retornar à minha casa e reassumir meus negócios”, diz Mabel.

Na semana passada, o Ministério Público Federal em Goiás requisitou à Polícia Federal a instauração de inquérito contra Sandro Mabel, para apurar supostos ilícitos ocorridos em 2010, envolvendo ex-executivos da construtora Odebrecht. Conforme investigação no âmbito da Operação Lava Jato, ex-executivos da construtora relataram pagamentos feitos, supostamente para doação de campanha, a Mabel, que à época concorria a uma vaga de deputado federal. :: LEIA MAIS »

Polícia Federal cumpre mandados de prisão contra quadrilha de Beira-Mar

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (24) 35 mandados de prisão e 27 de condução coercitiva na Operação Epístolas, que investiga a quadrilha ligada ao traficante Fernandinho Beira-Mar, que já está preso.

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal, e as buscas e prisões são no Rio de Janeiro, em Rondônia, no Ceará, em Mato Grosso do Sul, na Paraíba e no Distrito Federal. Dos 35 mandados de prisão, 22 são de prisão preventiva e 13 de prisão temporária.

A operação inclui ainda como medidas cautelares 85 mandados de busca e apreensão e o bloqueio de valores que somam R$ 9 milhões em 51 contas bancárias.

Segundo a PF, as investigações se iniciaram há cerca de um ano, depois que um bilhete picotado foi encontrado em uma marmita por agentes federais da Penitenciária Federal de Porto Velho, onde Beira-Mar cumpre pena.

A perícia constatou que o bilhete foi redigido pelo criminoso e continha ordens a integrantes da quadrilha que estavam em liberdade. Ao longo das investigações, foram apreendidos 50 bilhetes endereçados ao preso. Por esse motivo, a operação se chama Epístolas, nome dado a textos enviados em forma de carta.

As investigações apontam que a quadrilha movimenta R$ 1 milhão por mês e utilizava principalmente casas de show e bares para lavagem de dinheiro, além de aquisições de imóveis e reformas.

Os presos preventivamente serão transferidos para o estado de Rondônia, e Beira-Mar deve ser transferido da Penitenciária Federal de Porto Velho.

Coelba informa os próximos locais a terem o serviço de energia interrompido

Desligamento de energia.

Na próxima sexta-feira (26) das 10:45h as 16:45h, o fornecimento de energia será suspenso em partes do bairro Jardim Atlântico. Serão atingidos os seguintes locais: Av. Paralela; Rua O; Rua N; Rua L; Si São Paulo; Rua Severino Vieira.

MP que autoriza saque de contas inativas do FGTS é aprovada

Câmara: os deputados analisam agora os destaques apresentados ao texto. (Ueslei Marcelino/Reuters)

Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, 23, em votação simbólica, a medida provisória (MP) que autorizou o saque do dinheiro de contas inativas do FGTS. A medida ainda precisa passar pelo Senado antes de 1º de junho, quando perde a validade. Caso não seja votada a tempo, trabalhadores nascidos entre setembro e dezembro perderão o direito de sacar os recursos. A MP foi enviada pelo governo em 23 de dezembro de 2016. Ela autoriza o saque de contas inativas do FGTS, desde que o afastamento do emprego tenha ocorrido antes de 31 de dezembro de 2015.

O dinheiro está sendo liberado de acordo com a data de aniversário dos trabalhadores. Até agora já foi liberado o benefício para trabalhadores nascidos entre janeiro e agosto. As próximas liberações estão previstas para 16 de junho (nascidos entre setembro e novembro) e 14 de julho (nascidos em dezembro). A medida provisória também aumenta a remuneração das contas do FGTS. Todo mês, empresas depositam no fundo o equivalente a 8% do salário de cada empregado.

Uma parte desse dinheiro é usada pelo FGTS para aplicações financeiras e empréstimos para casa própria, com os quais lucra. Pela MP aprovada, os trabalhadores passarão a ter direito a 50% desse lucro a partir deste ano. Hoje, apenas o governo embolsa esse lucro.

Oposição :: LEIA MAIS »

Nota à imprensa – Polícia Federal

Sobre os diálogos interceptados da investigada Andrea Neves e do jornalista Reinaldo Azevedo, tornados públicos na tarde de ontem, 23/05, a Polícia Federal informa que os mesmos foram realizados no mês de abril de 2017, por força de decisão judicial do Ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, nos autos da ação cautelar 4316.

O referido diálogo não foi lançado em qualquer dos autos circunstanciados produzidos no âmbito da mencionada ação cautelar, uma vez que referidas conversas não diziam respeito ao objeto da investigação.

Conforme estipula a Lei 9.296/96, que regulamenta a interceptação de comunicações telefônicas, e em atendimento à decisão judicial no caso concreto, todas as conversas dos investigados são gravadas.

A mesma norma determina que somente o juiz do caso pode decidir pela inutilização de áudios que não sejam de interesse da investigação.

Informamos, ainda, que a Procuradoria Geral da República teve acesso às mídias produzidas das interceptações, em sua íntegra, em razão de solicitações feitas por meio dos ofícios 95/2017 – GTLJ/PGR, de 28 de abril de 2017, e 125/2017 – GTLJ/PGR, de 19 de maio de 2017, e respondidos pela Polícia Federal, respectivamente, através dos ofícios 569/2017 – GINQ/STF/DICOR/PF, de 28 de abril de 2017, e 713/2017 – GINQ/STF/DICOR/STF, de 22 de maio de 2017, em face do disposto no artigo 6 da Lei 9.296/96.

Após briga, relatório da reforma trabalhista é dado como lido na CAE do Senado

Brasília – Sessão da CAE onde seria lido o relatório da reforma trabalhista é suspensa após confusão entre os senadores Ataides Oliveira e Randolfe Rodrigues. (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Após intenso bate-boca e muito nervosismo, o presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), desistiu de retomar a reunião em que estava prevista a leitura do relatório sobre o projeto de lei da reforma trabalhista. Jereissati deu como lido o relatório e marcou a votação da reforma na comissão para a próxima terça-feira (30).

Antes, contudo, Jereissati tentou reabrir a reunião da comissão para a leitura do relatório após 50 minutos de interrupção, mas foi impedido pelos senadores de oposição. Exaltados, os senadores que se posicionavam contra a reforma puxaram os microfones do presidente – um dos aparelhos chegou a ficar avariado – e colocaram as mãos sobre a mesa, impedindo a continuidade dos trabalhos. Depois de muito bate-boca, Jereissati desistiu de reabrir a reunião, e os governistas seguiram para o plenário, onde discursaram queixando-se do impedimento ao presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Mais cedo, a CAE realizou audiência pública para debater a reforma. Depois da audiência, quando o relatório começaria a ser lido, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) apresentou questão de ordem pedindo o adiamento da leitura. O requerimento foi posto em votação e vencido por 13 votos a 11.

Em seguida, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) apresentou nova questão de ordem solicitando que a matéria retornasse à Mesa do Senado para ser apensada a outras de assunto semelhante. A questão foi rejeitada pela presidência da comissão, e os oposicionistas levantaram-se e ficaram de pé, em frente à mesa diretora, iniciando o bate-boca e anunciando que a reunião não teria continuidade. :: LEIA MAIS »

STF condena Maluf a mais de sete anos de prisão e à perda do mandato de deputado

Maluf foi condenado pelo crime de lavagem de dinheiro Rovena Rosa/Arquivo/Agência Brasil

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou ontem (23) o deputado Paulo Maluf (PP-SP) a sete anos, nove meses e 10 dias de reclusão pelo crime lavagem de dinheiro. O deputado terá também de pagar multa. A pena será cumprida, inicialmente, em regime fechado.

Os ministros determinaram ainda a perda do mandato parlamentar e interdição dele para exercício de cargo ou função pública de qualquer natureza. Além disso, Maluf não poderá ocupar o cargo de diretor e membro de conselho de administração pelo dobro do tempo da pena aplicada a ele, como prevê a lei de combate à lavagem de dinheiro.

Os ministros Edson Fachin (relator do caso), Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux votaram pela condenação, enquanto Marco Aurélio foi favorável à absolvição por entender que o crime já prescreveu.

Na decisão, os ministros da Primeira Turma do STF decretaram a perda, em favor da União, dos bens, direitos e valores, objetos da lavagem de dinheiro pela qual foi o réu condenado, ressalvado o direito do lesado ou de terceiro de boa-fé.

Conforme a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal, Maluf usou contas no exterior para lavar dinheiro desviado da prefeitura de São Paulo no período em que ele comandou o Executivo local, entre os anos de 1993 e 1996.

A defesa do deputado Paulo Maluf vai esperar a publicação do acórdão, pois o julgamento não foi unânime. A defesa informou que irá recorrer ao plenário do STF. “O deputado segue confiando na Justiça e aguardando a decisão final do plenário do Supremo”, disse o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay.

Candidatos têm até hoje para pagar a taxa de inscrição do Enem

Hoje (24) é o último dia para que os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) paguem a taxa de inscrição. Somente após o pagamento, a inscrição é confirmada. O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios. Os candidatos devem estar atentos aos horários estabelecidos pelas instituições onde farão o pagamento.

Devem pagar a taxa aqueles que não se enquadraram nos critérios de isenção e que, na hora da inscrição tiveram um Guia de Recolhimento da União (GRU) gerado. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alerta que não confirmará inscrições cujo pagamento tenha sido feito por meio de GRU gerada fora do Sistema de Inscrição, assim como não aceitará inscrições em valores diferentes de R$ 82.

As instituições bancárias pedem um prazo de até três dias úteis para a confirmação das inscrições. O Inep recomenda que todos os inscritos confirmem a situação na Página do Participante. Dúvidas podem ser solucionadas pelo telefone 0800 616161 ou pelas redes sociais do Inep.

Pagamentos :: LEIA MAIS »

Confira aqui as vagas do SineBahia para esta quarta-feira (24)

Vagas de emprego.

O SineBahia informa as vagas disponíveis para esta quarta-feira (24). É necessário que o candidato compareça com CTPS, RG e CPF. Interessados devem se dirigir a unidade do SineBahia no SAC sala 14, situada à Rua Eustáquio Bastos, 308 Centro, Ilhéus e/ou acessar ao site www.maisemprego.mte.gov.br.

Atendente de balcão

  • Formação: Ensino Médio Completo
  • Experiência em peças e acessórios de motocicletas e bicicletas
  • 01 Vaga

 Balconista de padaria (exclusiva para PCD)

  • Formação: Ensino Fundamental Completo
  • 05 Vagas

 Biomédico

  • Formação: Ensino Superior Completo em Biomedicina
  • 06 meses de experiência comprovada
  • 01 Vaga

 Borracheiro

  • Formação: Ensino Fundamental Completo
  • 06 meses de experiência
  • 02 Vagas

 Eletricista de baixa e alta tensão

  • Formação: Ensino Médio Completo
  • Possuir cursos em eletricista de rede, ou predial, ou industrial e NR 35
  • Habilitação categoria B
  • 15 Vagas Ilhéus,
  • 05 vagas Canavieiras
  • 05 Vagas Itacaré

 Eletricista de automóveis

  • Formação: Ensino Fundamental Completo
  • 06 meses de experiência
  • 02 Vagas

 Empacotador (exclusiva para PCD)

  • Formação: Ensino Fundamental Completo
  • 05 Vagas

 Encarregado de manutenção (de frota)

  • Formação: Ensino Médio Completo
  • 06 meses de experiência
  • Conhecimento em Word e Excel
  • 01 Vaga

 Mecânico de motor a diesel

  • Formação: Ensino Fundamental Completo
  • 06 meses de experiência comprovada
  • 02 Vagas

Recepcionista de Pousada

  • Formação: Ensino Médio Completo
  • 06 meses de experiência comprovada
  • 01 Vaga
  • Residir em Itacaré

Câmara aprova projeto de lei que muda estrutura administrativa da prefeitura de Ilhéus

Câmara plenário.

A Câmara de Vereadores aprovou na sessão desta terça-feira (23) a Lei N° 40/2017, elaborada pela Prefeitura de Ilhéus. A lei dispõe sobre a nova estrutura organizacional do Executivo, revogando a lei nº 3.813 de 2016. O objetivo é adequar a estrutura administrativa com o orçamento e planejamento traçados pela nova gestão bem como corrigir erros pontuais que existiam na antiga lei.

No projeto são observadas todas as funções exercidas pelos profissionais do quadro da Prefeitura de Ilhéus, distribuindo todo sistema administrativo de acordo com funções de assessoramento, sistêmicas, finalistas, descentralizadas, alcançando também os órgãos colegiados.

O projeto do teve um voto contra, o do vereador Makrisi Sá (PT). A nova lei passa a vigorar a partir da sanção do prefeito Mário Alexandre.

Prefeito de Ilhéus autoriza reajuste salarial para o servidor

O ato contou com a participação de representantes do Sindicato dos Servidores Públicos de Ilhéus (Sinsep).

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre Sousa, assinou hoje, dia 23, no final da tarde, o acordo que autoriza o reajuste de até 5% no salário dos servidores e mais 160 reais acrescidos ao benefício do convênio Vale Alimentação. Esta contraproposta oferecida pelo Executivo – após meses de diálogo franco e aberto com o sindicato da categoria – foi aprovada, por unanimidade, pelos servidores durante assembleia extraordinária.

O ato contou com a participação de representantes do Sindicato dos Servidores Públicos de Ilhéus (Sinsepi), José Joaques (presidente), Claudiana Rodrigues (vice-presidente), Rafael de Jesus (secretário geral), Hermano Oliveira (tesoureiro), Maria Vitória (diretora de comunicação), Jacson Nascimento (diretor de aposentadoria), o advogado Arnon Marques Filho, e também os secretários de Administração, Bento Lima, de Comunicação Social, Alcides Kruschewsky, o procurador geral Márcio Cunha.

Em abril, o prefeito de Ilhéus já havia autorizado o cumprimento da Lei do Piso Nacional dos professores e dos trabalhadores em educação. O ato foi considerado histórico tanto por parte do governo quanto das lideranças sindicais. A categoria estava sem ganhos, também, há cinco anos. A partir desta iniciativa, os profissionais da Educação não docentes tiveram correção da tabela salarial, garantindo os percentuais entre os níveis e referências, conforme prevê a Lei 3549. Os professores tiveram 7,68 por cento de reposição do piso nacional para os padrões B e C. Também ficou definido que o valor do Ticket Alimentação passou a ser de 200 reais.

 

Comissão de Direitos Humanos aprova moção de repúdio a Igor Kannário

A Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia aprovou por unanimidade, na reunião ordinária desta terça-feira (23), uma moção de repúdio ao cantor e vereador Igor Kannário pelo comportamento “agressivo e desrespeitoso” contra a policial militar Tainá Gomes na noite de domingo (21) na Micareta de Feira de Santana.

“Você é só uma PFem. Eu sou mais autoridade do que você. Eu sou vereador. Me respeite, me respeite! Procure seu lugar”, disse o pagodeiro, alegando do trio que teria sido ofendido por criticar uma suposta agressão da PM a foliões.
Os deputados Marcelino Galo, Ângelo Almeida, Fátima Nunes, Luiza Maia, Fabíola Mansur, Augusto Castro e Ângela Sousa consideraram a atitude do político abusiva, de cunho autoritário e desrespeitosa à Polícia Militar, uma vez que incitaria o ódio e a violência contra a corporação. Outra moção de apoio a Policial Militar e de solidariedade a PFem também foi aprovada.

O presidente do colegiado, deputado Marcelino Galo (PT), lamentou o episódio em Feira de Santana. “O cantor agiu de maneira extremamente desrespeitosa com a instituição e agressiva com a policial que cumpria o seu dever institucional, que trabalhava para garantir a segurança de todos aqueles que seguiam o seu próprio trio. Ele é vereador no exercício da vereança em Salvador, em Feira estava como cantor. Seu posicionamento foi extremamente desrespeitoso e autoritário”, refletiu. :: LEIA MAIS »

Maio Amarelo debate conscientização na faixa de travessia de pedestre

A Campanha Maio Amarelo, que informa e conscientiza a população sobre normas e condutas no trânsito, tem prosseguimento nesta quarta-feira (24), com ações em áreas de grande movimentação de Ilhéus. Iniciada no dia 1º de maio, a campanha chega à sua fase final debatendo e esclarecendo a respeito da importância da faixa de pedestres. “Pé na faixa, pé no freio” é a temática debatida entre pedestres e condutores sobre a importância em comunicar-se, durante o uso da faixa, por meio de expressão corporal e visual.

Amanhã (24) a simulação de travessia acontece no Distrito Industrial do Iguape, nas imediações da fábrica Barry Callebaut, às seis da manhã, horário de grande movimentação na rodovia Ilhéus-Uruçuca. Na última segunda-feira (22), os agentes de trânsito visitaram o Colégio Pequeno Davi e promoveram uma palestra educativa com a presença de estudantes e professores da instituição de ensino. Hoje (23), a campanha prosseguiu na sede do SESI, no Iguape, com palestras alusivas ao tema.

Nesta quinta (25), haverá palestra na Escola Municipal Dom Walfredo Tepe, no bairro Nossa Senhora das Vitórias, às 8 da manhã e 1 da tarde. Às 3 horas da tarde, a operação se repete na Escola Rotary, na Barra.

A Campanha Maio Amarelo é promovida pela Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, por intermédio da  Coordenação de Educação para o Trânsito, vinculada à Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran). A iniciativa conta com a parceria do Detran, das Cias PM 68ª e 70ª,  sindicatos, comerciantes, autoescolas e estudantes.

maio 2017
D S T Q Q S S
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia