WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura de ilheus faculdade de ilheus




:: ‘Tecnologia’

Hackers roubaram dados de 29 milhões de usuários do Facebook

Foto ilustrativa.

O Facebook informou hoje (12) que 29 milhões de usuários da rede social foram afetados por uma invasão de hackers identificada no último dia 25 de setembro, que resultou no acesso a dados e informações desses perfis. A vulnerabilidade explorada pelos invasores já está corrigida. Não há informação sobre a nacionalidade das pessoas afetadas.

De acordo com a empresa, do total de pessoas atingidas pela invasão, 15 milhões tiveram nome e detalhes de contato revelados, incluindo número de telefone, e-mail ou ambos, dependendo das informações disponíveis em cada conta. No caso de outras 14 milhões de pessoas, os invasores acessaram os mesmos dois conjuntos de dados de contato, bem como outros detalhes em seus perfis, nome de usuário, gênero, local/idioma, status de relacionamento, religião, cidade natal, cidade atual reportada, data de nascimento, tipos de aparelhos usados para acessar o Facebook, educação, trabalho, 10 últimos check-ins ou locais em que a pessoa foi marcada, website, pessoas ou páginas que a pessoa segue e as 15 pesquisas mais recentes.  :: LEIA MAIS »

Celulares irregulares serão notificados a partir deste domingo

Foto: Reprodução.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) inicia neste domingo (23) a notificação de portadores de aparelhos de telefone celular irregulares em 10 estados. São considerados irregulares os aparelhos adulterados, roubados, extraviados e não certificados pela Anatel.

Segundo a agência, a medida atinge os usuários de celulares de estados das regiões Centro-Oeste, Sul, Norte e Sudeste.

Nos estados do Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Tocantins, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, quem estiver utilizando aparelhos irregulares vai começar a receber a partir de hoje mensagens alertando sobre o problema. Nesses estados, a medida vale para aparelhos irregulares habilitados a partir de 23 de setembro de 2018.

Mensagem

:: LEIA MAIS »

Ministério da Saúde quer combater fake news com serviço pelo WhatsApp

 

Ministério da Saúde lança serviço de combate à Fake News

Um canal no aplicativo WhatsApp vai possibilitar que a população consulte se a notícia sobre saúde que recebeu nas redes sociais é verdadeira ou falsa. O anúncio foi feito hoje (27) pelo Ministério da Saúde. De acordo com a pasta, qualquer cidadão poderá adicionar gratuitamente o número (61) 99289-4640 nos contatos do celular.

“Ele servirá exclusivamente para verificar com os profissionais de saúde nas áreas técnicas da pasta se um texto ou imagem que circula nas redes sociais é verdadeiro ou falso. Ou seja, é um canal exclusivo e oficial para desmascarar as notícias falsas e certificar as verdadeiras”, informou o ministério, por meio de nota.

No comunicado, o diretor de Comunicação Social da pasta, Ugo Braga, classifica as chamadas fake news como “praga da modernidade” que vem sendo usada de toda forma para manipular, enganar, iludir e prejudicar. “No caso da saúde, é muito mais grave, porque a notícia falsa mata”, reforçou, ao citar o WhatApp como principal veículo de transmissão de notícias falsas.

A ferramenta vai funcionar da seguinte forma: a partir do recebimento das mensagens, o conteúdo será apurado junto às áreas técnicas do órgão e devolvido ao cidadão com um carimbo que informa se é falso ou não. Dessa maneira, será possível compartilhar a informação de forma segura.

As notícias analisadas pela equipe do ministério também estarão disponíveis no endereço saude.gov.br/fakenews e nos perfis do ministério nas redes sociais.

*Com informações da Agência Brasil

Anatel vai abrir consulta pública para uso do espectro 2,3 GHz para 5G

Imagem ilustrativa

O conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu hoje (9) lançar consulta pública para destinar as faixas de 2,5 MHz a 2,4 MHz para o desenvolvimento da tecnologia 5G. O período da consulta é de 30 dias.

Em 2016, a Anatel já havia realocado as faixas para o Serviço Móvel Pessoal (SMP) e para os serviços de banda larga fixa (SCM). De acordo com o presidente da agência, Juarez Quadros, a decisão desta quinta-feira diz respeito à destinação que as faixas poderão ter.

Enquanto a tecnologia 4G oferece em média, aproximadamente 45 Mbps (megabits por segundo) de transferência de dados para download. A expectativa é de que a tecnologia 5G possa atingir velocidade de navegação e download cerca de 10 a 20 vezes mais rápida.

Quadros disse ainda que há a possibilidade de as faixas também entrarem, ao lado da faixa de 3,5 MHz, no leilão para o 5G que, a Anatel pretende fazer em 2019, se a regulamentação for concluída a tempo. “É possível que essas faixas entrem na licitação”, disse Quadros.

No final de julho, o conselheiro Leonardo de Morais disse que os testes em laboratório para o uso da faixa de 3,5 GHz, em aplicações de 5G devem ser concluídos até o final de agosto. A intenção da Anatel é que o leilão do 5G seja realizado no segundo semestre do próximo ano. :: LEIA MAIS »

Estudantes de Ilhéus desenvolvem aplicativo para divulgar pontos turísticos da cidade

Os estudantes Jefferson Almeida de Jesus, e Caroline Santos Santana

Com o objetivo de divulgar os pontos turísticos, igrejas, casarões antigos e monumentos históricos do município de Ilhéus (456 km de Salvador), os estudantes Jefferson Almeida de Jesus, 21, e Caroline Santos Santana, 17, que fazem o curso técnico em Manutenção e Suporte em Informática, no Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira (CEEP), estão desenvolvendo o aplicativo #Apptour – Marketing Turístico: uma ferramenta de auxílio do turismo nas cidades com foco tecnológico. A ideia é que através do app, os turistas possam conferir a localização, além de fotos, vídeos e informações gerais sobre os locais que desejam visitar.

Por se tratar de um protótipo, o aplicativo ainda não está disponível para download. No entanto, os estudantes envolvidos pensam em laçá-lo no mercado. Para isso, estão pensando em algumas melhorias. Uma delas, é a leitura do QR Code (código de barras bidimensional) que poderão ser encontrados em placas a serem implantadas nos pontos turísticos. Desta forma, o usuário poderá obter informações sobre o local visitado ao escancear o QR Code através da câmera de um smathphone ou tablet equipado com a tecnologia de leitura de QR Code.

O estudante Jefferson de Jesus falou sobre a importância do projeto para movimentar o turismo na cidade. “Percebemos que o turismo é pouco divulgado na região e, por conta disso, resolvemos criar um aplicativo de intervenção para valorizar a cidade, trazendo o aspecto cultural com o foco tecnológico. Com este projeto, Ilhéus vai crescer economicamente, pois a cidade será mais conhecida por turistas, que visitarão os locais divulgados no app”, explicou.

Para o professor e orientador do projeto, Getilio Pereira Dias Junior, além de contribuir para o aprendizado prático dos estudantes, o aplicativo tem uma função social. “O aplicativo servirá de objeto de estudo, fonte de informação para guias turísticos e, também, poderá ser implantado em outras cidades com o mesmo propósito de tornar seus patrimônios históricos mais conhecidos”, afirmou o educador, que destacou o desenvolvimento do app no âmbito do projeto Ciência da Escola, que estimula a iniciação científica em sala de aula. Por seu alcance e abrangência social, o projeto do aplicativo foi um dos selecionados e apresentados na 7ª edição da Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (Feciba), realizada no mês de junho, em Salvador.

Facebook chega a 127 milhões de usuários no Brasil

O Facebook chegou a 127 milhões de usuários no Brasil. As informações são da própria empresa, apresentadas em um evento sobre eleições realizado hoje (20) em Brasília. O número é relativo ao mês de abril de 2018. Destes, 120 milhões acessam a plataforma por meio de dispositivos móveis, como smartphones.

O número é maior do que a última estatística divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de usuários de internet no Brasil. Segundo análise da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) contínua, havia 116 milhões de pessoas navegando na web no país. Contudo, os dados são de 2016, daí a diferença.

O alto número de usuários do Facebook é um fenômeno mundial. Segundo o relatório de desempenho do 1º trimestre, apresentado pela companhia em abril deste ano, a plataforma tem em todo o mundo 2,2 bilhões de usuários. Já o número de pessoas que fazem uso diário chegou a 1,45 bilhões.

O Facebook é a maior rede social do mundo. Para além de seus 2,2 bilhões de usuários, a empresa de Mark Zuckerberg controla a segunda e a terceira plataformas do segmento: o Whatsapp (1,5 bilhão de usuários) e Facebook Messenger (1,3 bilhão). As informações são da base de dados Statista, de referência mundial.

O Instagram, quinta maior rede social, com 813 milhões de pessoas, também pertence ao conglomerado. Entre os primeiros colocados, destacam-se também as plataformas chinesas WeChat (890 milhões), QQ (783 milhões), e Qzone (563 milhões).

WhatsApp vai limitar número de vezes que mensagem pode ser encaminhada

 

O aplicativo de mensagens WhatsApp, que pertence ao Facebook, anunciou na última quinta-feira, 19, que vai testar limitar a quantidade de vezes que um usuário pode encaminhar uma mesma mensagem na plataforma. Segundo a empresa, o esforço vai ajudar combater a disseminação de notícias falsas. A medida faz parte de uma iniciativa global do WhatsApp, que no início deste mês, anunciou que oferecerá bolsas de estudo para pesquisadores que se dediquem a entender a circulação de boatos dentro do aplicativo.

Usuários de todo o mundo poderão encaminhar no máximo 20 mensagens ao seus contatos. Na Índia, a regra foi mais rígida devido aos últimos acontecimentos: os usuários indianos poderão encaminhar apenas cinco mensagens. Até então, o limite era 250 mensagens, aproximadamente. :: LEIA MAIS »

Senado aprova projeto de lei sobre proteção de dados pessoais

Da Agência Brasil

O plenário do Senado aprovou hoje (10) o Projeto de Lei número 53, da Câmara, que disciplina a proteção dos dados pessoais e define as situações em que estes podem ser coletados e tratados tanto por empresas quanto pelo Poder Público. O texto foi aprovado nos termos do conteúdo votado na Câmara dos Deputados no fim de maio.

Com isso, o Brasil se junta a diversos países do mundo, que já possuem legislação sobre o tema. O projeto agora vai a sanção do presidente Michel Temer.

O texto disciplina a forma como as informações são coletadas e tratadas, especialmente em meios digitais, como dados pessoais de cadastro ou até mesmo textos e fotos publicadas em redes sociais. A proposta foi mantida na semana passada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), conservando o conteúdo da Câmara e indicando regime de urgência para votação na casa. A urgência foi apresentada em plenário, mas não chegou a ser apreciada.

O senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), relator do projeto na Comissão de Assuntos Econômicos, destacou que a regulação do tema já é uma realidade no resto do mundo. “Mais de 100 países já colocaram de pé leis e diretrizes de proteção de dados no ambiente da internet. A internet não pode ser ambiente sem regras. A privacidade é um valor civilizatório”, salientou.

O senador Eduardo Braga (MDB-AM), nomeado relator em plenário, defendeu a importância da proposta. “Na era digital dados são considerados grande ativo e patrimônio. Dados devem receber grau mínimo de proteção jurídica. Dados trafegam pelas redes e sem consentimento acabam sendo comercializados, em contraposição aos preceitos constitucionais, que garantem o direito à vida privada”, comentou.

“Todas as entidades, sem nenhuma exceção, foram partícipes na construção do projeto de lei e estamos votando algo que é uma unanimidade”, afirmou a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). “Estamos vivendo a revolução das redes sociais. Agora vamos ter marco regulatório que permite que cidadão possa acionar aqueles que fizerem mau uso de seus dados”, acrescentou o senador Jorge Viana (PT-AC). :: LEIA MAIS »

WhatsApp libera aviso de mensagem encaminhada para todos os usuários

Rótulo de “encaminhada” entra em funcionamento (Foto: Divulgação / WhatsApp).

WhatsApp para Android e para iPhone (iOS) passa a indicar, na tarde desta terça-feira (10), quais mensagens foram encaminhadas. A novidade está na atualização do mensageiro depois de entrar em fase experimental no programa beta. Usuários devem baixar a nova versão para ter acesso ao recurso, que fica ativado por padrão.

O rótulo de “Encaminhada” é exibido no início do balão de diálogo, junto com uma seta. Desta forma, o receptor da mensagem sabe que a pessoa com quem ele está conversando não escreveu originalmente o material.

Em nota os encarregados do WhatsApp disseram que a indicação extra “tornará as conversas individuais ou em grupo mais fáceis de serem seguidas”. Também encorajaram os usuários a “pensar com cuidado” antes de repassar mensagens. “Lembre-se de que você pode bloquear ou denunciar um contato como spam”, diz o texto.

Mais recentemente, o mensageiro chamou para si a responsabilidade de combater a disseminação de conteúdo falsificado. Pesquisadores foram convidados a participar de um programa que concederá prêmios de US$ 50 mil para financiar pesquisas com diferentes pilares, dentre eles as eleições.

*Informações do site TechTudo.

MP investiga suposto esquema de venda de dados pessoais de brasileiros

Uma investigação do Ministério Público do Distrito Federal apura um possível esquema de venda de dados pessoais pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) para outros órgãos da administração pública. De acordo com informações do G1, o inquérito aponta que endereço, sexo e data de nascimento de inscritos no Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Jurídica (CNPJ) estavam sendo comercializados por até R$ 273 mil.

O caso foi encaminhado para o Ministério Público Federal (MPF) na quarta-feira (30). No documento consta que a Serpro não quis comentar a acusação alegando “dever de sigilo”. O responsável pelas diligências do caso no Distrito Federal, o promotor de Justiça Frederico Meinberg, acredita que o esquema de vendas é um “negócio milionários” e que envolve órgãos da administração pública direta e indireta.

*Com informações do Bahia Notícias

Estudantes de Itabuna criam aplicativo e conquistam a etapa regional do Technovation Challenge Brazil

 

A equipe Educa Girls, formada pelas alunas Anna Karoline Alcântara, 14, Anabelly Mota, 17, e Julia Catenacci,15, do Colégio Estadual Félix Mendonça, no município de Itabuna (a 455 km de Salvador), no Sul da Bahia, ganhou a etapa regional do Technovation Challenge Brazil, competição de desenvolvimento de aplicativos para meninas de dez a 18 anos dos Ensinos Fundamental, Médio e Técnico. As estudantes foram classificadas por conta do aplicativo  ASF (Acompanhe seu filho), passando para a final do evento, que será realizada em julho, em São Paulo.

A estudante Anna Karoline fala sobre a experiência de ter desenvolvido um aplicativo e ter sido finalista do Technovation. “Está sendo muito interessante participar do evento, aprender como funciona alguns apps que usamos no dia a dia, como o Facebook. Ganhamos um olhar mais amplo, mais tecnológico sobre o desenvolvimento dos aplicativos. Irmos para a final do evento é uma conquista importante e inesperada, nunca imaginamos. Estamos muito felizes”.

A participação das alunas no Technovation Challenge Brazil é consequência do Hackathon – Criação de APP, ação realizada por meio do e-Nova Educação, projeto criado pela Secretaria da Educação em parceria com o Google, com o objetivo de levar tecnologias digitais para a sala de aula, integrando acesso à internet de alta velocidade com os dispositivos móveis, dentro da proposta de propiciar a contextualização da Educação no século XXI. No dia 15/6, o App ASF será exibido no Félix Mendonça, uma das escolas pilotos do e-Nova.

  :: LEIA MAIS »

Ilhéus passa a contar com o aplicativo 100% Táxi

A partir da segunda quinzena de maio, os ilheenses vão contar com uma nova ferramenta de transporte particular. Chega à cidade o 100% Táxi, aplicativo para celular que oferece aos clientes, nos primeiros trinta dias de operação, descontos de 20% no valor de cada corrida. A iniciativa é do Sindicato dos Taxistas de Ilhéus e será lançada no dia 15, às 8h, na sede do SindiTáxi, localizada à Rua Siridião Durval, no Malhado (próximo ao supermercado Itão).

Já disponível para celulares Android, no Google Play, o 100% Táxi oferece corridas mais em conta, navegação facilitada pelo aplicativo e dá estimativa do valor da corrida ao cliente, que pode conferir dados do motorista e do veículo, conferindo mais segurança às viagens.

De acordo com o presidente do SindiTáxi, Jailson Nascimento, a iniciativa coloca a cidade em um outro patamar de mobilidade urbana através de aplicativos. “É um serviço que já está presente em outros estados e vem dando resultados muito bons, principalmente por aliar a tecnologia à tradição do táxi, que conta com motoristas experientes, veículos adequados, preço justo e conforto”.

Responsável pela estratégia de mídia do 100% Táxi, o executivo Robson Hamil, da Genesis Comunicação e Marketing, destaca que o trabalho de divulgação do aplicativo busca associar a praticidade do meio virtual com a segurança que o serviço de táxi oferece à população, sem deixar de lado o custo-benefício para o passageiro.



outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia