WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
transporte ilegal

:: ‘Saúde’

Deputada Ângela Sousa consegue renovação de convênio para recuperação de dependentes químicos em Ilhéus

A deputada Ângela Sousa e o coordenador administrativo da Associação Beneficente Assembleia de Deus de Ilhéus, Paulo Bernardo estiveram em audiência com o secretário de Justiça da Bahia, Geraldo Reis, para agradecer a renovação do convênio celebrado entre o órgão e a instituição no período de 6 meses (1 janeiro até 30 de junho) com um aditivo de R$ 280 mil.

Por meio de um pedido da parlamentar, este convênio no período de novembro 2015 a dezembro de 2016, atendeu no bairro Banco da Vitória, em Ilhéus mais de 85 dependentes químicos através de regime interno. Os beneficiados contaram com capacitação em padeiros, e acesso a atividades esportivas, artesanato, atendimento médico entre outras sócio recreativas.

Na oportunidade, a deputada agradeceu ao secretário Geraldo Reis a sensibilidade em entender a importância deste trabalho com a efetivação deste aditivo para esta ação que tem garantido a recuperação de dependentes químicos, geração de emprego e a ressocialização dessas pessoas. “Este aditivo é fundamental para que novos exemplos sejam gerados e todo esse importante trabalho seja ampliado”, completou.

Ilhéus: três praias em estado impróprio para banho

Foto Blog Agravo/Jamesson Araújo

Das praias avaliadas pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) na Costa do Cacau, Litoral Sul – BA, três se encontram em estado impróprio para banho neste fim de semana.

O Inema recomenda que os banhistas evitem as praias de Barra de São Miguel (em frente à rua de acesso a praia), Marciano (próximo ao Bar Litrão), Cristo (Próximo a Barraca Point Conde Badaró) e Sul (Em frente as barracas, acesso Km 0, em direção ao Aeroporto de Ilhéus).

O material é analisado e os exames bacteriológicos confirmam as praias impróprias para o banho. A praia é considerada própria quando houver no máximo em 80% das amostras, 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou ainda 100 enterococos por 100 mL de água. Ainda que nas análises anteriores a qualidade da água esteja dentro dos parâmetros considerados próprios para banho, se o valor obtido na última amostragem for superior a 2500 coliformes termotolerantes ou 2000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mL de água, a praia é considerada imprópria. Esses critérios foram estabelecidos pela resolução 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

No período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas através das galerias pluviais, podendo causar doenças. Além disso, é desaconselhável, ainda em dias de sol, o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

Secretário estadual de saúde visita unidades da Sesab em Ilhéus

O secretário Fábio Vilas Boas e do diretor do HRLVF , Cláudio Moura.

Em ritmo acelerado, as obras de reforma e ampliação da emergência do Hospital Geral Luiz Viana Filho, em Ilhéus, foram visitadas nesta quinta-feira (29) pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. O projeto visa qualificar o atendimento à população. Além da emergência, estão sendo requalificados o estacionamento e a entrada da unidade.

No sábado (31), às 10h, Fábio Vilas-Boas fará uma visita às obras do Hospital Regional da Costa do Cacau, em construção no município de Ilhéus. A nova unidade deve ser entregue no primeiro semestre de 2017. “Será um equipamento hospitalar com 180 leitos nesta primeira fase, incluindo leitos de terapia intensiva adulto e neonatal. Ainda teremos o serviço de cirurgia cardíaca, que será responsável por atender toda a região sul”, explica o Secretário. Na segunda fase, mais 120 leitos serão entregues. “Trata-se de um equipamento hospitalar de grande porte”, afirma.
Só na construção, o investimento é de quase R$ 80 milhões. Com o hospital, a capacidade de atendimento hospitalar na região será dobrada. A unidade contará com equipamentos modernos e ofertará atendimento em ortopedia, cardiologia, dentre outras especialidades, e 30 leitos de UTI nessa primeira etapa.

Doença misteriosa na Bahia causa dores e deixa urina preta

sesabPelo menos 11 pessoas foram atendidas nas últimas semanas em Salvador e no município de Valença com sintomas de uma doença misteriosa que causa fortes dores musculares e urina muito escura, parecida com café. Segundo o médico infectologista Antônio Bandeira, um dos pacientes chegou ao quadro de insuficiência renal, mas se recuperou em alguns dias.

Um peixe está entre os principais suspeitos da causa da doença misteriosa. Segundo o Antônio Bandeira, os onze pacientes que estão sendo investigados relataram que consumiram carne de peixe antes ou durante o surgimento dos sintomas. O peixe foi comprado fresco e preparado em casa.

:: LEIA MAIS »

Bahia recebe 112 profissionais do programa Mais Médicos

129_1613-alt-Programa-Mais-MédicosCento e doze médicos cubanos desembarcaram nesta quinta-feira (15), em Salvador. Eles vão substituir os profissionais do programa Mais Médicos que cumpriram o prazo de permanência no país e fazem parte de um grupo de 197 médicos que chegam até sábado (17). Os profissionais foram recepcionados pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas.

“Vocês têm um desafio maior do que os primeiros médicos que chegaram aqui, pois a atuação dos seus antecessores superou as expectativas nos três anos que ficaram no programa”, afirmou Vilas-Boas. Ele ainda acrescentou que a contribuição dos médicos intercambistas pode ser percebida na melhoria dos números de cobertura da atenção básica, que passou de 60% para 72%, e também da qualidade dos serviços da saúde pública do Estado. :: LEIA MAIS »

Ilhéus: quatro praias em estado impróprio para banho

Praia do Norte apresenta boa balneabilidade. Foto Jamesson Araújo.

Praia do Norte apresenta boa balneabilidade. Foto Jamesson Araújo.

Das praias avaliadas pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) na Costa do Cacau, Litoral Sul – BA, quatro se encontram em estado impróprio para banho neste fim de semana.

O Inema recomenda que os banhistas evitem as praias de Barra de São Miguel (em frente à rua de acesso a praia), Marciano (próximo ao Bar Litrão), Malhado(próximo à escultura da sereia), Avenida (próximo à lanchonete Subway) e Cristo (próximo a Barraca Point Conde Badaró),

O material é analisado e os exames bacteriológicos confirmam as praias impróprias para o banho. A praia é considerada própria quando houver no máximo em 80% das amostras, 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou ainda 100 enterococos por 100 mL de água. Ainda que nas análises anteriores a qualidade da água esteja dentro dos parâmetros considerados próprios para banho, se o valor obtido na última amostragem for superior a 2500 coliformes termotolerantes ou 2000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mL de água, a praia é considerada imprópria. Esses critérios foram estabelecidos pela resolução 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

No período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas através das galerias pluviais, podendo causar doenças. Além disso, é desaconselhável, ainda em dias de sol, o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

Brasil tem 827 mil vivendo com HIV; 112 mil não sabem que estão infectados

HIV-AIDS

Dados divulgados hoje (30) pelo Ministério da Saúde revelam que 827 mil pessoas vivem com HIV/aids no Brasil. Dessas, cerca de 112 mil não sabem que estão infectados.

Do total de pessoas soropositivas identificadas no país, 372 mil ainda não estão em tratamento, apesar de 260 mil delas já saberem que estão infectadas.

Transmissão de mãe para filho

De acordo com o boletim, a taxa de detecção da aids em menores de 5 anos caiu 36% nos últimos seis anos, passando de 3,9 casos para cada 100 mil habitantes em 2010 para uma taxa de 2,5 casos em 2015.

A taxa em crianças nessa faixa etária é usada como indicador para monitoramento da transmissão vertical do HIV (transmissão de mãe para filho durante a gestação ou no momento do parto). :: LEIA MAIS »

Prefeito eleito de Itacaré reúne lideranças e anuncia secretariado

dsc_0016

O prefeito eleito de Itacaré, Antônio de Anízio, e o vice-prefeito eleito, Genilson Souza, se reuniram na noite de sexta-feira (25) com lideranças políticas e correligionários para a apresentação do seu secretariado e também para traçar as metas e estratégias de atuação para o mês de janeiro, período da alta estação em que a cidade recebe milhares de turistas. Durante o encontro o prefeito falou dos desafios que terá pela frente, do compromisso que cada integrante da equipe precisa ter e da necessidade de organizar a cidade, por esse motivo decidiu escolher um grupo de trabalho que nesse primeiro momento irá traçar as estratégias para garantir os serviços  funcionando com muito mais eficiência.

Antônio de Anízio e o vice-prefeito eleito Genilson Souza também destacaram a importância da equipe de governo trabalhar com transparência, planejamento e unidade, com as secretarias funcionando de forma integrada, todos com o mesmo propósito de garantir um serviço público de qualidade. Já com relação ao secretariado, o prefeito eleito reafirmou que teve o cuidado de escolher homens e mulheres capacitados, com experiência e com o perfil para atuar em cada uma das áreas. Segundo ele, trata-se de uma equipe com perfil técnico e político que assumirá o compromisso de fazer uma gestão de excelência.

NOVO SECRETARIADO – Conforme anunciou o prefeito, os novos secretários que assumirão suas pastas em primeiro de janeiro serão, Joselita Santana (Educação), Ricardo Lins (Saúde), Ivonete Damasceno (Desenvolvimento Social), Diego Augusto (Juventude, Esportes e Cultura), Cosme Nunes (Meio Ambiente), Ademar Sá (Desenvolvimento Urbano), Dimitri Andrade (Administração), Júlio Oliveira (Turismo), Ari Vasconcelos (Transportes), Marcos Cerqueira (Fazenda) e Humberto Matos (Agricultura).

Rui anuncia para final de 2017 ou 2018, retomada da Fiol e do Porto Sul

1480014323whatsapp_image_20161124_at_15-58-24

A capacidade de investimentos em infraestrutura e desenvolvimento social, mesmo em tempo de crises econômica e política, garantindo o desenvolvimento baiano, foi o destaque da palestra ‘Desenvolvimento Econômico da Bahia’, realizada pelo governador Rui Costa para representantes de diversos segmentos industriais, nesta quinta-feira (24), na Federação das Indústrias da Bahia (Fieb), em Salvador. Na ocasião, Rui anunciou o lançamento do Programa Primeiro Emprego no próximo dia 30. “Vamos contratar nove mil jovens para, em todas as áreas do estado, ocuparem contratos temporários de dois anos, onde terão a primeira experiência profissional”, disse.

O governador também apresentou os investimentos no interior da Bahia, com destaque para a construção do Porto Sul e da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). “Teremos até o final de 2017 ou começo de 2018, o início das obras do Porto Sul e a retomada da ferrovia”. Segundo ele, o minério viabiliza o projeto e a empresa Bamin já deve começar os investimentos terrestres. :: LEIA MAIS »

Itabuna realiza maior mutirão de prevenção do diabetes do Brasil

img_2016-11-25_12-05-15-540x533

Será realizado neste sábado, 26, o Mutirão do Diabético de Itabuna, que faz parte do calendário da Federação Nacional do Diabetes e é considerado um dos maiores eventos de prevenção e tratamento da doença em todo o mundo. Promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna (ASDITA), o mutirão acontece no HOBR e na Praça Rio Cachoeira.

Na área interna do Hospital de Olhos, haverá mapeamento de retina para detecção de retinopatia diabética, exame do pé diabético com triagem dos casos mais graves, exame do rim diabético com a equipe de nefrologia da Santa Casa, e tratamento a laser de retina e orientação médica para todos os diabéticos. Os casos mais avançados da doença serão encaminhados para tratamento.

Na Praça Rio Cachoeira, a Cidade do Diabetes, serão prestados serviços de orientação e prevenção como exames de glicemia capilar para detecção do diabetes, hipertensão arterial avaliação nutricional, cuidados com o pé diabético, utilização correta da insulina, monitoramento do diabetes em casa, orientação bucal, avaliação auditiva, cadastro de medula óssea, detecção de hepatite C, direitos do diabético e atividades físicas com avaliação dos pacientes. :: LEIA MAIS »

Obras do Hospital Regional da Costa do Cacau em ritmo acelerado

img_2016-11-25_08-57-53-540x533

Com o investimento superior a R$ 82 milhões, as obras do Hospital Regional da Costa do Cacau, em Ilhéus, seguem em ritmo acelerado, com mais de 85% da infraestrutura concluída. A unidade hospitalar da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) terá 333 leitos, sendo que a primeira etapa, a ser inaugurada no primeiro semestre de 2017 contará com 180 leitos.

O Hospital Regional da Costa do Cacau será referência direta para 780 mil baianos que moram na região sul, realizando procedimentos de média e alta complexidade, além de internamentos, atendimento ambulatorial em clínica geral, cirurgia, ortopedia e outras especialidades, incluindo a função de ensino e pesquisa. Atualmente o hospital conta com cerca de 280 trabalhadores no canteiro de obras, como pedreiros, carpinteiros, armadores, eletricistas e marceneiros.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, “temos o compromisso de ampliar e descentralizar o acesso aos serviços de saúde em toda a Bahia e esta é mais uma realização do governador Rui Costa”, afirma o titular da pasta da Saúde.

STF começa a julgar lei que proibiu uso do amianto na construção civil

images

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar hoje (23) a constitucionalidade  de uma lei da cidade de São Paulo que proibiu o uso do amianto na construção civil. Na sessão desta tarde, somente o ministro Edson Fachin, relator da ação, proferiu voto a favor da validade da norma. Em seguida, o julgamento foi suspenso por um pedido de vista do ministro Dias Toffoli. Não há previsão para o processo retornar à pauta da Corte.

A ação foi proposta pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria (CNTI) contra a Lei municipal 13.113/2001, que vetou o uso de materiais e equipamentos da construção civil constituídos de amianto.

Durante o julgamento, o advogado Marcelo Ribeiro, representante da confederação, disse que o município de São Paulo não poderia legislar sobre a proibição do amianto por tratar-se de matéria de competência privativa da União.

Em sua sustentação, Ribeiro também minimizou os efeitos da substância. “Não há contato nenhum dos funcionários com pó de amianto. Há fiscalização permanente para fazer a medição de 0.1 de fibra de amianto no ar. Estados Unidos e Alemanha usam amianto. Todos os prédios que eu morei tinham telha de amianto. Que eu saiba, eu não estou doente”, disse.

O procurador do município de São Paulo e ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, defendeu a lei e disse que todos os tipos de amianto são cancerígenos, conforme apontam normas da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Segundo ele, não há dúvidas de que o “amianto traz malefícios profundos’.

Durante sua sustentação, Cardozo citou o caso de um trabalhador de uma empresa fabricante de amianto que perdeu um pulmão e entrou com pedido de indenização na Justiça. “O município de São Paulo não quer que seus munícipes percam pulmões. O município de São Paulo quer a saúde de seus munícipes”, argumentou.

Amianto

O amianto é uma fibra mineral usada na fabricação de telhas e demais produtos. Apesar dos benefícios da substância para a economia nacional – geração de empregos, exportação, barateamento de materiais de construção -, estudos comprovam que a substância é cancerígena e causa danos ao meio ambiente.

Apesar de relatos de danos à saúde de trabalhadores da área,  uma lei federal de 1995 permite o uso controlado do amianto do tipo crisotila, proibindo as demais variações da fibra.

Planos de saúde perdem 1,5 milhão de usuários em um ano

plano-saude

Os planos de saúde registraram queda de 3,1% no número de usuários entre setembro de 2015 e setembro de 2016, o que representou a perda de 1,5 milhão de beneficiários no país. O Sudeste foi a região que registrou a maior redução no período, passando de 33,2 milhões para 32,1 milhões de beneficiários. São Paulo foi o estado mais atingido, com a extinção de 549 mil vínculos. Em segundo ficou o Rio de Janeiro, com 319 mil. Os dados fazem parte da nova edição do Boletim da Saúde Suplementar – Indicadores Econômico- financeiros e de beneficiários, lançado ontem (23) pela Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), durante o 2º Fórum de Saúde Suplementar, no Rio de Janeiro.

Para a presidente da FenaSaúde, Solange Beatriz Palheiro Mendes, o resultado pode ser explicado pela deterioração do mercado de trabalho e a queda do rendimento das famílias. Os beneficiários desempregados deixam de contar com os planos pagos pelas empresas e, com isso, verifica-se a redução na aquisição de planos empresariais e próprios.

Governo comprará repelentes para proteger 484 mil grávidas

Foco da ação são mulheres cadastradas no Bolsa Família.

Foco da ação são mulheres cadastradas no Bolsa Família.

O Ministério da Saúde vai adquirir lotes de repelentes para proteger gestantes contra doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. O objetivo é atender a 484 mil grávidas inscritas no Bolsa Família. Para tanto, a pasta lançou nesta segunda-feira (21) edital para escolher a empresa fornecedora. O pregão será aberto em 1º de dezembro.

As empresas credenciadas no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (SICAF) podem participar do pregão. Além disso, os interessados deverão encaminhar a proposta de preço por meio do sistema eletrônico até a data e horário marcados para abertura da sessão.

A empresa vencedora do processo eletrônico, com proposta de menor preço, deve distribuir o produto em até 15 dias após assinatura de contrato com o Ministério da Saúde. Os produtos podem ser fornecidos em forma de gel, loção, aerossol ou spray e oferecer, no mínimo, quatro horas de ação, conforme registro na Anvisa. Ao todo, serão adquiridos pelo governo federal três bilhões de horas de repelência.

A oferta será realizada por meio do Programa de Prevenção e Proteção Individual de Gestantes contra o Aedes aegypti, que envolve o Ministério da Saúde e Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. Caberá ao MDSA o crédito extraordinário de R$ 300 milhões e à pasta da Saúde a aquisição e a distribuição dos repelentes.

janeiro 2017
D S T Q Q S S
« dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia