WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom primeiro emprego
hospital sao jose secom sao joao prefeitura ilheus transporte ilegal

:: ‘Saúde’

Obras em Ilhéus contribuem para desenvolvimento da cidade

Matéria da Secom/Bahia

Hospital Regional da Costa Cacau.

Ilhéus, berço da civilização cacaueira do Sul da Bahia, celebrizada mundialmente nas obras de Jorge Amado e um dos mais importantes municípios do estado, está completando 483 anos de fundação nesta quarta-feira (28 de junho). Dona de um rico patrimônio arquitetônico-cultural e de uma natureza exuberante, com cerca de 100 quilômetros de litoral e reservas ambientais como a Lagoa Encantada, a cidade conta atualmente com obras e ações importantes do Governo da Bahia, que contribuem para o desenvolvimento do município.

Em fase de conclusão da parte estrutural, e com previsão de inauguração para o segundo semestre deste ano, o Hospital Regional da Costa Cacau, localizado às margens na rodovia Ilhéus-Itabuna, terá em sua primeira etapa, uma área construída de 17,5 mil metros quadrados. O hospital contará com 120 leitos de internação para adultos, 29 pediátricos, 20 de UTI adulto e mais 10 infantil; 30 leitos de observação na urgência e emergência e 16 leitos de internação pós-anestésico, além de reforço no serviço de oncologia oferecido pela rede hospitalar de Ilhéus.

“O sul baiano é uma das regiões que apresentam uma diversidade cultural, histórica, turística e econômica extremamente rica para o nosso estado. Por isso, o governo baiano tem trabalhado para dotar a região de um conjunto de obras importantes nas áreas da saúde, saneamento, infraestrutura e da tecnologia, de modo a fortalecer a sua vocação e atender à demanda da sua população”, destaca o governador Rui Costa.

Para a segunda etapa da implantação do Hospital da Costa do Cacau, o projeto prevê a construção de 330 leitos, entre Unidades de Tratamento Intensivo – UTI, observação, internamento, além de salas de cirurgia. A unidade médico-hospitalar de média e alta complexidade funcionará 24 horas e será centro de referência em saúde, beneficiando 780 mil habitantes em Ilhéus, além da população de 27 municípios da Região Sul do estado. O investimento do Governo da Bahia é de R$ 100 milhões e já foram iniciados os processos para a aquisição dos equipamentos e de pessoal para que o hospital entre em funcionamento.

Ponte Ilhéus-Pontal

Construção da ponte Ilhéus- Pontal.

O Governo do Estado está investindo R$ 99,6 milhões na construção da nova ponte que vai ligar o centro de Ilhéus à zona sul da cidade. A obra, a primeira ponte no formato estaiada da Bahia, tem cerca de 9% de sua engenharia executada. Os primeiros sinais do novo equipamento já podem ser vistos, e atualmente a obra está em fase de especialização de serviço, com o trabalho maquinário pesado e perfuração de rochas. A ponte terá 533 metros de comprimento e 24,6 metros de largura, com passeio, canteiro central, pistas duplas nos dois sentidos e uma ciclovia. O complexo viário inclui mais 2,74 km de acesso viário tem prazo de conclusão em dezembro de 2018, garantindo um fluxo diário de 8.500 veículos.

A obra beneficiará mais de 511 mil habitantes dos municípios de Ilhéus, Itabuna, Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca, além de favorecer o turismo na região. Além disso, preparará o Sul da Bahia para receber novos investimentos privados e públicos, principalmente com a chegada do sistema intermodal que inclui a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e o Porto Sul, também atraídos pelo Governo da Bahia, dando um novo ritmo a economia regional. :: LEIA MAIS »

Anvisa pode liberar vacinação em farmácias; entidades criticam proposta

A permissão para a vacinação nas farmácias está prevista em lei Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está elaborando regulamentação que trata sobre os requisitos mínimos para o funcionamento dos serviços de vacinação no país. A norma já passou por consulta pública e, se aprovada, permitirá que farmácias apliquem vacinas. Entretanto, entidades médicas temem que a resolução possa precarizar o serviço de vacinação e colocar em risco a população.

Segundo a Anvisa, a permissão para farmácias disporem de vacinas está prevista na Lei nº 13.021/2014, que trata sobre o exercício e a fiscalização das atividades farmacêuticas, e, com ela, a regulamentação vigente sobre o controle sanitário para estabelecimentos privados de vacinação, se tornou insuficiente para farmácias e drogarias.

“A fim de diminuir o risco da população brasileira frente ao possível uso e administração inadequados de um medicamento tão peculiar quanto a vacina, principalmente em estabelecimentos que não têm um histórico antigo na prática da vacinação, a Anvisa propõe norma sanitária com requisitos mínimos para a prestação dos serviços de vacinação”, diz a Anvisa, na justificativa da proposta.

Atualmente, além da rede pública, somente clínicas de vacinação podem oferecer o serviço, regulamentadas pela Portaria Conjunta Anvisa/Funasa nº 01/2000. :: LEIA MAIS »

Transferida data de mutirão no Centro de Convenções

A edição do programa “Mais Saúde e Mais Alegria”, que reúne prestação de serviços gratuitos à população através das secretarias municipais de Saúde (Sesau) e Desenvolvimento Social (SDS), em Ilhéus, que estava prevista para acontecer nos dias 29 e 30, no Centro de Convenções, foi adiado pela organização. Neste período acontece no mesmo local o Encontro Estadual das Assembleias de Deus da Bahia e não haverá espaço para realização de evento simultâneo. Uma nova data será anunciada nos próximos dias pela Prefeitura de Ilhéus.

O programa “Mais saúde, mais alegria” tem o objetivo de facilitar que a população tenha mais acesso à prestação de serviços nas áreas de saúde e assistência social, ofertando atendimentos médico e odontológico, preventivos, aplicação de vacinas, aferição da pressão arterial, solicitação de exames de mamografia, realização de testes de glicemia, HIV e hepatite, pesagem de crianças cadastradas no programa Bolsa Família, do governo federal. Além disso, acontecem palestras em educação e saúde que visam conscientizar a população sobre a prevenção de doenças.

Nas últimas semanas, estes serviços já contemplaram diversas localidades rurais, a exemplo de Lagoa Encantada, vila Juerana, Condomínio Sol e Mar, Banco do Pedro e Carobeira. As próximas ações estão programadas para os meses de julho e agosto, na zona rural de Ilhéus: 6/7, Castelo Novo; 13/7, São José; 20/7, Ponta da Tulha; 27/7, Maria Jape; 03/8, Vila Olímpio; 10/8, Retiro; 17/8, Ponta do Ramo; 24/8, Serrado e 31/8, Cascalheira.

Dia Nacional de Combate à Asma: data alerta para prevenção e cuidados com a doença

O Dia Nacional do Combate à Asma é em 21 de junho, a data busca lembrar dos cuidados para quem convive com a doença, além de alertar sobre os sintomas que podem indicar o diagnóstico. A doença crônica, também conhecida como bronquite asmática, é uma inflamação nas vias aéreas (brônquios) que conduzem o ar para os pulmões. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 300 milhões de pessoas sofrem da doença no Brasil.

A asma pode atingir pessoas de qualquer idade, mas geralmente são identificadas nos anos iniciais das crianças, principalmente quando a causa é genética. Os principais sintomas que pedem uma consulta ao médico, de preferência um pneumologista, são falta de ar, chiado no peito e tosse. O diagnóstico é confirmado após exames como o de sopro espirometria.

Nem sempre a causa da asma é a genética. Atentar-se para o dia a dia pode ajudar a identificar a doença. Alguns fatores desencadeiam a doença, dentre os mais comuns estão contato constante com substâncias alérgicas, ácaros, poeria, mofo, tinta, produtos de limpeza, fumaça, inclusive de cigarro, além da variação climática.

Medidas cotidianas que ajudam no tratamento
Apesar de não ter cura, existem tratamento eficazes que garantem um convívio confortável com a doença. De acordo com o médico pneumologista, dr. Sérgio Pontes, da Aliança Instituto de Oncologia, inicialmente aplicar medidas no comportamento é o primeiro passo para prevenir as crises. “Manter a higiene ambiental, o local sempre livre de fatores desencadeantes, evitar tapetes, cortinas, passar pano úmido, boa alimentação, atividades físicas regulares, consumo de água, dormir bem”

Tratamento farmacológico

Mas e quando essas medidas não são suficientes? “O tratamento farmacológico entra em ação. Bombinhas de ar, que são os broncodilatores, corticoide em lata, são substâncias que abrem os pulmões e propicia que paciente respire melhor”, afirma o Dr. Sérgio. Existem medicações de manutenção em que o paciente usa regularmente para evitar crises, e as medicações de resgate, inalações, nebulizações usadas em situações de emergências ou quando tem um desconforto maior. :: LEIA MAIS »

Caravana do MP inspeciona postos e escolas no município de Una

Oito escolas públicas municipais, cinco unidades de saúde e um centro odontológico do município de Una foram fiscalizadas ontem, dia 19, por equipes do programa ‘Saúde + Educação: Transformando o Novo Milênio’, do Ministério Público estadual. Foram identificadas, entre outras, irregularidades como carteiras escolares danificadas; salas de aulas superlotadas, com mais de 40 alunos; aparelhos de ar-condicionado sem funcionar por falta de adaptação do ambiente ao equipamento; quadra esportiva com piso esburacado e alambrado quebrado; banheiros sem vaso sanitário, material higiênico e com porta sem fechadura; e salas de aula com pouca iluminação.

Segundo a gerente do programa, promotora de Justiça Anna Karina Senna, serão convocadas novas reuniões com representantes da gestão municipal para comunicar os problemas encontrados e cobrar a tomada de providências. Participaram da caravana, além da gerente, as promotoras de Justiça Alícia Passeggi, Mayana Ribeiro e Laíse Carneiro; e, como voluntários, membros dos conselhos municipais de educação e saúde; conselheiros tutelares; servidores do Fórum de Justiça Estadual, do Ministério Público Federal e do MP baiano e cidadãos de Una.

Vitalmed lança serviço home care no Sul da Bahia

A partir de agora, moradores de Ilhéus e Itabuna podem contar com um serviço médico humanizado, disponível 24 horas, com toda infraestrutura necessária e, o melhor, no conforto de casa. Isso é possível porque o Grupo Vitalmed lançou na terça feira(13) em Ilhéus, o serviço Vitalcare. Dentre as autoridades presentes no evento, realizado no bairro Iguape, destacam-se a presença do vice-prefeito do município, José Nazal que representou o Prefeito Mário Alexandre, e da Secretária de Saúde, Elizângela Oliveira.

Conheça um pouco a Vital Care

No atendimento home care são disponibilizadas visitas de uma equipe multiprofissional, equipamentos para monitoramento, medicamentos e materiais médicos, conforme a necessidade do paciente. Para as intercorrências clínicas, ambulâncias estarão a postos para dar o suporte necessário. Dentre os benefícios do serviço, a gerente médica do Vitalcare, Cláudia Dórea, relata os principais: “favorecimento do processo de recuperação do paciente, personalização do atendimento, diminuição dos riscos de complicações clínicas por infecções e redução das reinternações”.

A diretora do Grupo Vitalmed, Priscila Wiederkehr, informa que “a expectativa é que a empresa se consolide no mercado de atendimento domiciliar na região Sul Baiano, oferecendo o mesmo padrão de excelência e compromisso que já proporciona aos clientes de Salvador, Região Metropolitana e Feira de Santana, onde a empresa já atua”.

Vitalmed

Com a missão de salvar vidas, preservar e promover a saúde, a Vitalmed, empresa privada, agora chega a Ilhéus e Itabuna com o mesmo objetivo. Na trajetória de sucesso no estado baiano, mais de 1,8 milhão de atendimentos foram realizados, através dos serviços de atendimento pré-hospitalar, assistência médica em postos de atendimento em hotéis, resorts e eventos, além de resgate em rodovias e atenção domiciliar, através do Vitalcare.

Bahia sedia 1ª Feira de Soluções para a Saúde e Seminário Internacional da Unicef

Teste Zika Foto: Ascom/SESAB

Salvador baiana sedia, entre os dias 8 e 10 de agosto, a 1ª edição da Feira de Soluções para a Saúde, onde serão apresentados produtos e serviços voltados para o combate, prevenção, diagnóstico e tratamento da Zika, Dengue e Chikungunya. A Bahia foi escolhida por concentrar experiências exitosas, a exemplo dos testes rápidos para diagnóstico das três doenças, que são produzidos e distribuídos pela Bahiafarma para todo o Brasil, permitindo o diagnóstico em até 20 minutos. Nos dois primeiros dias do evento, a programação contempla também o Seminário Internacional da resposta brasileira ao Zika vírus, organizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e parceiros.

A Feira de Soluções para a Saúde é o primeiro evento do País desse gênero e será realizado no Senai-Cimatec, no bairro de Piatã, com a expectativa de reunir um público de 800 participantes por dia, com destaque para pesquisadores nacionais e internacionais, laboratórios, representantes de organizações sociais, além de gestores governamentais e sociedade civil. A iniciativa é resultado da parceria entre a Fiocruz Brasília, o Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde da Fiocruz Bahia (Cidacs), a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), por meio do Senai-Cimatec. Para os interessados em compartilhar seus projetos ou simplesmente participar dos debates e conhecer as experiências exitosas, basta se cadastrar gratuitamente no site do evento.

Também estarão presentes no evento representantes de diferentes instituições, como a Universidade de Brasília (UnB), o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Primeira Região (Crefito1), o Conselho Nacional das Secretarias Municipais da Saúde (Conasems), o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Fundo das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres (Onu Mulheres), o Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa), , a Rede Nacional de Especialistas em Zika e Doenças Correlatas (Renezika), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/Cimatec) e Sistema Fieb o e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), este último, realizando um seminário internacional sobre a Zika.

:: LEIA MAIS »

Acordo com indústria retira mais de 17 mil toneladas de sal dos alimentos

Balanço divulgado hoje (13) pelo Ministério da Saúde mostra que a indústria retirou mais de 17,2 mil toneladas de sal dos alimentos desde 2011, quando foi firmado acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (Abia) para diminuir o sódio nos produtos alimentícios. A meta é que a indústria promovam a retirada voluntária de 28.562 toneladas de sal das prateleiras até 2020, ou seja, em três anos reduzam mais 11,3 mil toneladas de sal.

O resultado da quarta etapa do acordo revela ainda a redução de mais 2.361 mil toneladas de sal desde 2013. Nessa fase, foram analisados rótulos de 718 produtos como linguiças, sopas instantâneas, mortadela, queijo muçarela e empanados.

O maior percentual de redução foi observado nas sopas, que reduziram, em média, 65,15% de sódio por cada 100g de produto. Nas sopas instantâneas, a redução média observada foi de 49,14% por 100g. No queijo muçarela o percentual foi de 23,15%; no requeijão, 20,47%. Na outra ponta, a menor redução média percentual foi nos empanados, 5,7%.

“Estamos acompanhando o esforço voluntário da indústria, temos que entender que isso é uma parceria entre governo e indústria e a motivação é dada pelo próprio consumidor. Considero que estamos cumprindo a nossa meta e vamos fazer um grande esforço para alcançá-la”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. :: LEIA MAIS »

Vitalmed amplia negócios e leva serviço home care para o sul da Bahia

O apoio dos familiares faz toda a diferença quando o paciente está hospitalizado. Mas já pensou unir esse carinho ao conforto do lar? Isso é possível, graças a uma opção de tratamento em casa, conhecida como home care, que tem como característica principal o atendimento médico humanizado, com toda infraestrutura necessária. Em Salvador, Lauro de Freitas e Feira de Santana, a Vitalmed, empresa privada com 23 anos de fundação, oferece aos usuários o Vitalcare desde 2002, totalizando mais de cinco mil pacientes atendidos ao longo da história do serviço. A partir do dia 13 de junho, o serviço chegará ao sul da Bahia, nas cidades de Ilhéus e Itabuna.

Todo o atendimento é feito na residência do paciente, onde são disponibilizadas visitas da equipe multiprofissional, equipamentos para monitoramento, medicamentos e materiais médicos, conforme a necessidade do paciente. Para os atendimentos das intercorrências clínicas dos pacientes, são disponibilizadas ambulâncias 24h, que estarão a postos para dar o suporte necessário. Em Ilhéus, a base da Vitalmed ficará localizada no bairro Iguape.

Em relação aos benefícios do home care, a gerente médica do Vitalcare, Cláudia Dórea, destaca os principais: “favorecimento do processo de recuperação do paciente, humanização e personalização do atendimento, diminuição dos riscos de complicações clínicas por infecções e redução das reinternações”. Cláudia Dórea também detalha qual o perfil dos pacientes que poderão ter acesso ao serviço. “Pessoas com sequelas de Acidente Vascular Cerebral (AVC), que apresentam doenças neurológicas crônicas; pacientes com feridas crônicas, aqueles que necessitam completar tratamento com medicação intravenosa, pacientes com necessidade de suporte de máquinas para respirar, com doenças neuromusculares crônicas, como Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), além de pacientes terminais para cuidados paliativos em domicílio”. :: LEIA MAIS »

Samu de Ilhéus vai participar de simulado com múltiplas vítimas no Campus da UESC

O Samu de Ilhéus estará participando de um simulado de trauma, no próximo dia 12,das 8 às 10h30min, destinado a estudantes universitários e profissionais de saúde da região. A ação integra o evento “Late Uesc”, promovido pela Liga do Trauma e Emergência da Universidade Estadual de Santa Cruz.

A ação acontece em frente à Biblioteca da universidade, no Campus localizado na rodovia Jorge Amado, bairro do Salobrinho, em Ilhéus. Além do Samu de Ilhéus, participa do simulado de atendimento de múltiplas vítimas, o Corpo de Bombeiros.

“Trata-se de uma espécie de capacitação técnica. E a escolha do Samu de Ilhéus resulta, também, no reconhecimento da sua capacidade técnica”, destaca a secretária de Saúde, Elizângela Oliveira. O simulado envolverá ambulâncias, profissionais, equipes de resgate e vítimas-figurantes que serão atendidas pelo grupo técnico. Nos últimos anos aumentou em todo o Brasil o interesse por este tipo de operação.

Venda de planos de saúde de 14 operadoras está suspensa a partir de hoje

No primeiro trimestre deste ano, a ANS registrou 14.537 reclamações de natureza assistencial -Arquivo/Agência Brasil

A partir de hoje ( 9), está suspensa a comercialização de 38 planos de saúde de 14 operadoras, por causa de reclamações, recebidas no primeiro trimestre deste ano, relativas à cobertura assistencial e à demora no atendimento. A medida é resultado do monitoramento feito pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por meio do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento.

De acordo com a diretora de Normas e Habilitação dos Produtos, Karla Santa Cruz Coelho, 739 mil consumidores estão sendo protegidos com a medida. Para ela, o monitoramento e a proibição da venda dos planos incentivam as operadoras a melhorar o atendimento. “Ao proibir a venda dos planos que estão sendo alvo de reclamações recorrentes sobre cobertura, a ANS obriga as operadoras a qualificar o serviço para atender com eficácia aos usuários. Somente mediante a adequação do atendimento, essas operadoras poderão receber novos clientes”, disse.

No primeiro trimestre, a agência registrou 14.537 reclamações de natureza assistencial, no período de 1º de janeiro a 31de março. “Desse total, 12.360 queixas foram consideradas para análise pelo programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento. Foram excluídas as reclamações de operadoras que estão em portabilidade de carências, liquidação extrajudicial ou em processo de alienação de carteira, cujos planos não podem ser comercializados em razão do processo de saída ordenada da empresa do mercado”, diz a ANS. :: LEIA MAIS »

Governo anuncia ampliação da Rede Farmácia Popular

O Ministério da Saúde anunciou hoje (6) mudanças no Programa de Atenção Básica do Sistema Único de Saúde, entre elas a forma de repasse de recursos para a compra de remédios e a ampliação da rede Farmácia Popular. As medidas devem ser implantadas até agosto.

Para o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a medida deverá aumentar em 80% a compra de medicamentos. ”O programa tem uma verba de R$ 100 milhões por ano. Desse total, 80% eram destinados ao pagamento de aluguéis e salários”, afirmou.

O novo modelo foi aprovado pela Comissão Intergestores Tripartite (CIT), formada por representantes dos estados, municípios e do governo federal. De acordo com Ricardo Barros, os estados e municípios receberão aumento no repasse anual da verba para a compra de remédios. “O valor passará de R$ 5,10 para R$ 5,58 na média por habitante”, disse. :: LEIA MAIS »

Atendendo orientação do Estado, vacinação contra Influenza vai continuar apenas para o público-alvo

A vacinação contra Influenza foi estendida para toda a população brasileira, atendendo a uma determinação do Ministério da Saúde. Apesar de estar preparada para atender a nova demanda, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Ilhéus decidiu acompanhar a orientação anunciada ontem à tarde pelo Estado da Bahia e só irá iniciar a vacinação geral após atingir a meta dos 90 por cento entre grupos denominados prioritários. Ontem pela manhã, a secretária Elizângela Oliveira chegou a anunciar a adesão à determinação do Ministério da Saúde, mas a tarde o município resolveu cumprir às orientações da Secretaria Estadual da Saúde.

A Bahia está com a meta de vacinação abaixo do previsto. Assim como acontece em todo o território nacional. Em Ilhéus, apesar das estratégias montadas pela Sesau, com equipes móveis em pontos estratégicos e na zona rural, onde o acesso é mais difícil, o índice do Ministério também não foi atingido. Até o momento o município obteve a média de 58,2 por cento, tendo vacinado 24.055 pessoas do público-alvo inicial da campanha.

Deste total, foram 5.199 crianças (42,22%), 1.755 trabalhadores da saúde (58,33%), 740 Gestantes (38,85%), 217 Puérperas (69,33%) e 12.255 idosos (63,41%). Os dados não incluem os portadores de doenças crônicas, ainda não computados pelo Sistema DataSus. Para atingir a meta prevista inicialmente com apenas o público-alvo da campanha, Ilhéus ainda precisa vacinar 41.109 pessoas. São crianças de seis meses a quatro anos e 11 meses, mulheres de qualquer idade gestacional e puérperas no pós-parto até 45 dias. :: LEIA MAIS »

Recém-nascidos devem fazer Teste do Pezinho até o 5º dia de vida

O teste é capaz de indicar a existência de doenças genéticas, endocrinológicas e metabólicas que não apresentam evidências clínicas no nascimento Marcello Casal/Agência Brasil

Em 2016, mais de 2,3 milhões de recém-nascidos fizeram o Teste do Pezinho em todo o país. Ele é capaz de indicar a existência de doenças genéticas, endocrinológicas e metabólicas que não apresentam evidências clínicas no nascimento. No Dia Nacional do Teste do Pezinho, celebrado hoje (6), o Ministério da Saúde recomenda que o sangue do recém-nascido seja coletado preferencialmente entre o 3º e o 5º dia de vida.

“Essa triagem serve para fazer a detecção precoce de doenças. O ideal é diagnosticá-las na fase pré-sintomática para que se possa fazer o tratamento e minimizar os danos à criança”, disse a pediatra e neonatologista do Departamento Científico de Neonatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria, Silvana Salgado Nader.

Ela explica que a rede pública de saúde de cada estado disponibiliza os testes conforme sua prevalência de doença. “É importante que ele seja realmente feito, que as pessoas tenham consciência do exame, assim devem valorizar o serviço, buscar o resultado e apresentar ao médico”, disse Silvana. :: LEIA MAIS »

junho 2017
D S T Q Q S S
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia