WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Religião’

Festa de Iemanjá reúne, em Ilhéus, populares simpatizantes e adeptos do candomblé

Foto Rodrigo Macedo.

O ritual em homenagem a Iemanjá, em Ilhéus, reuniu populares, muitos simpatizantes e adeptos do candomblé, neste dia 2 de fevereiro. As comemorações aconteceram em dois pontos da cidade: nas praias do Malhado e Nova Brasília e foram prestigiadas pelo prefeito Mário Alexandre. “Esta comemoração, além de integrar o calendário turístico de Ilhéus, merece o nosso respeito e o nosso apoio pelo que representa na história e na cultura da Bahia”, destacou o prefeito.

No bairro Nova Brasília, Mãe Laura há 40 anos comanda a festa. No Malhado, a centenária Mãe Carmosina, lidera a festa todos os anos. ”Esta é uma tradição que não pode morrer”, destacou Mãe Laura, ao som dos atabaques, dos movimentos das rodas de capoeira e diante de uma fila gigantesca de pessoas que doavam oferendas à Rainha do Mar e, em troca, buscavam um banho de alfazema e a proteção do orixá mais popular festejado com festas públicas no Brasil.

Foto de Rodrigo Macedo.

A carioca Isabela Moraes reside há seis meses em Ilhéus. Pela primeira vez, neste dia 2 de fevereiro, pôde presenciar o ritual de homenagem a Iemanjá. “Fascinante esse encontro de alegria e de fé”, resumiu. “São cenas que, de fasto, só conseguimos ver e sentir vivendo na Bahia”, completou.

Iemanjá é o orixá do povo Egba, divindade da fertilidade originalmente associada aos rios e desembocaduras. É a protetora dos pescadores, categoria popular que participa dos festejos. No bairro do Malhado, a alvorada aconteceu as 5 horas da manhã. Às 14 horas aconteceu a saída da procissão do Terreiro Sutão das Matas com a imagem de Iemanjá, em direção à litorânea norte. Em seguida, a entrega de oferendas com procissão marítima realizada por pescadores da Colônia Z-34.

Já no bairro Nova Brasília os festejos aconteceram a partir das 9 da manhã, com saudação e cânticos em louvação aos orixás. O local também registrou a apresentação de samba de roda com o grupo Samba de Treita e, a tarde houve a saída do cortejo com os balaios para o alto mar.

Itacaré comemora festa em homenagem a Iemanjá

Foto divulgação.

O município de Itacaré vai comemorar nesta sexta-feira, dia 02 de fevereiro, a tradicional festa de Iemanjá, considerada no candomblé como a rainha das águas. A proposta é reunir os terreiros de todo o município, adeptos das religiões de matriz africana, fiéis, itacareenses e turistas numa grande festa em homenagem a Iemanjá, com muita fé, devoção, presentes, flores, perfumes e o resgate às tradições culturais. A festa conta com o apoio da Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Juventude, esporte e Cultura

De acordo com a programação, a concentração será na praça do Fórum, a partir das 14 horas, com a entrega dos presentes e flores. Em seguida o cortejo passará pelas ruas da cidade, seguindo pela Orla até a Praça do Canhão, onde acontecerão os tradicionais sambas de roda e apresentações de capoeira. Depois acontecerá o cortejo náutico com a entrega dos presentes para Iemanjá. :: LEIA MAIS »

Lavagem da escadaria da Catedral de Ilhéus reúne nativos e turistas em cortejo de fé

A edição 2018 da Lavagem da Escadaria da Catedral de São Sebastião, em Ilhéus, um dos principais eventos do verão na cidade, arrastou uma multidão em um cortejo de fé pelas ruas do centro histórico. A manifestação popular aconteceu nesta quinta-feira, 18, mobilizou ilheenses e turistas de várias partes do Brasil e do mundo. O trajeto de três quilômetros, entre a Avenida Dois de Julho e a Praça Dom Eduardo, é percorrido com muita alegria, música e elementos característicos do sincretismo religioso.

A festa reúne fiéis católicos e das religiões de matrizes africanas, marca das manifestações culturais da Bahia. O cortejo, feito a pé, foi precedido por um grupo de baianas, tipicamente vestidas, seguido por uma multidão, cuja maioria exibia roupa branca. Também participaram grupos culturais ligados aos terreiros Ilê Axé Ballomi, de Pai Toinho; Sultão das Matas; de Mãe Carmosina; terreiro de Mãe Luiza, do Banco da Vitória; de Pai Val, do Teotônio Vilela; de Mãe Conceição, da Avenida Esperança e do terreiro de Mãe Jeci, do Alto do Coqueiro.

Dia festivo – Emocionado, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, destacou o evento como um elemento de preservação da cultura da cidade, que é reconhecida historicamente pelas suas manifestações populares, e enalteceu a festa tradicional como um exemplo de tolerância e respeito às diferenças e à liberdade religiosa. “Estou feliz em ver o povo de nossa cidade, turistas de várias partes, numa incrível demonstração de fé, alegria e esperança por dias melhores”, frisou. :: LEIA MAIS »

Festa do Senhor do Bonfim em Água Fria começa nesta sexta-feira

A tradicional festa em louvor ao Senhor do Bonfim, padroeiro do distrito de Água Fria, em Itacaré, será iniciada nesta sexta-feira com o novenário na igreja católica da comunidade. Até o dia 27 de janeiro serão realizadas celebrações todas as noites, dedicadas a cada segmento da sociedade. Esse ano o tema central da festa é “Cristãos, leigos e leigas, sujeitos na Igreja em Saída, a serviço do Reino: Sal da terra e luz do mundo”.

De acordo com a programação, o ponto alto dos festejos será no domingo, dia 28, com a realização da tradicional alvorada às 5 horas da manhã, seguindo de missa solene às 10 horas da manhã, celebrada pelo Padre Ednaldo Cardoso, e procissão, encerrando com a bênção do Santíssimo Sacramento.

Paralelo aos festejos religiosos também acontecerão shows nos dias 27 e 28 com as bandas Raneychas, Pancadinha, Marzinho, Zé da Véia, JP no Capricho e Kuarto Light. A realização é da Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Juventude, Esporte e Cultura.

De acordo com a programação, no sábado, dia 27, a festa começa às 21 horas com a banda JP no Capricho, seguindo às 23 horas com Raneychas e encerrando a primeira noite de festas com Pancadinha. No domingo, dia 28, os festejos começam mais cedo, às 17 horas, com Marzinho, seguindo com Zé da Véia e Kuarto Light. A proposta é de realizar uma grande festa, garantindo a tradição e promovendo a alegria e muita paz

Lavagem da Escadaria da Catedral de Ilhéus acontece nesta quinta, 18

A tradicional lavagem das escadarias da Catedral de São Sebastião, de Ilhéus,este ano, será realizada nesta quinta-feira (18), a partir das 10 horas, no centro histórico da cidade, cujo ato integra a programação turística e cultural da temporada de verão. O rito popular, uma das e representações religiosas do município, foi incorporado ao ciclo de eventos do segmento turístico, cuja organização é compartilhada entre a secretaria de Turismo e Esportes (Setur) e o Sindicato dos Estivadores.Os festejos ocorrem desde a primeira metade do Século XX e une as matrizes religiosas católica e afro-brasileira.

 Segundo os organizadores, a lavagem é precedida por um cortejo, cuja concentração acontece na Avenida Dois de Julho, em frente à sede do Sindicato dos Estivadores, e percorre várias ruas do centro histórico da cidade, com a participação de blocos afros, carroças, baianas, grupos de capoeira e muitos populares que se agregam à manifestação. O cortejo da lavagem da escadaria é uma tradição dos estivadores ilheenses, marcado por muita alegria,música e agradecimento ao padroeiro da categoria. :: LEIA MAIS »

Vigília das mulheres reúne centenas de fiéis em Ilhéus

Mais de 900 fiéis lotaram as dependências do Centro de Convenções de Ilhéus na noite da última terça-feira (14), e celebraram a 4ª Vigília das Mulheres em clima de fé e muita adoração. Consagrada como uma das principais celebrações evangélicas do sul da Bahia, a vigília mais uma vez contou com o apoio da deputada Ângela Sousa, que é dirigente do Círculo de Oração da Igreja Assembleia de Deus no município.

“Tenho muito orgulho de fazer parte da Vigília das Mulheres, que esse ano chega em sua quarta edição e, com fé em Deus, chegará ao seu quinto ano em 2018. Esse é um momento lindo, de muita fé e louvor, onde temos a oportunidade de agradecer por todas as bençãos alcançadas e pelos livramentos também”, disse a parlamentar.

Com o tema “Uma Mulher de Fé”, a vigília reuniu caravanas de mulheres de Ilhéus e municípios vizinhos, a exemplo de Una, Itabuna e Itamarati, além de municípios da região de Vitória de Conquista, como Belo Campo e Cândido Sales. :: LEIA MAIS »

Brasil registra uma denúncia de intolerância religiosa a cada 15 horas

Templos são invadidos e profanados. Em outros casos, há agressões verbais, destruição de imagens sacras e até ataques incendiários ou tentativas de homicídio. O cenário preocupa adeptos de diversas religiões e, em pelo menos oito Estados, o Ministério Público investiga ocorrências recentes de intolerância. Entre janeiro de 2015 e o primeiro semestre deste ano, o Brasil registrou uma denúncia a cada 15 horas, mostram dados do Ministério dos Direitos Humanos (MDH).

Segundo levantamento da pasta, o Disque 100, canal que reúne denúncias, recebeu 1.486 relatos de discriminação religiosa no período, de xingamentos a medidas de órgãos públicos que violam a liberdade religiosa. “E sempre há mais casos do que os relatados”, explica Fabiano de Souza Lima, coordenador-geral do Disque 100. “A subnotificação é alta, considerando o cenário nacional”, diz. “Algumas pessoas não querem se envolver e preferem permanecer no anonimato a denunciar.”

Só neste ano foram registrados 169 casos: 35 em São Paulo, 33 no Rio e 14 em Minas, Estados com maior número de ocorrências informadas. Comparado ao mesmo período de 2016, haveria recuo de 55%, mas Lima explica que a oscilação de denúncias não reflete a realidade. :: LEIA MAIS »

Câmara discute na quinta o assassinato de policiais no Brasil

Fonte : Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2016. Arte Lucas Pádua/ Agência Câmara.

O assassinato de policiais no Brasil é o tema da comissão geral que será realizada na próxima quinta-feira (26), a partir das 10 horas, no Plenário da Câmara dos Deputados. O debate foi sugerido pelos deputados do DEM Efraim Filho (PB), Alberto Fraga (DF) e Sóstenes Cavalcante (RJ).

De janeiro de 2016 a julho de 2017, segundo os parlamentares, foram assassinados em todo o País cerca de 800 policiais. Só na cidade do Rio de Janeiro desde o início do ano, foram mortos mais de cem policiais.

Mortos de folga

De acordo com o 10ª Anuário Brasileiro de Segurança Pública, em 2015 foram mortos 358 policiais civis e militares em todo o País. Destes, apenas 91 estavam trabalhando.

“Em Caracas, na Venezuela, considerada a cidade mais violenta do mundo, com 130,5 mortos para cada 100 mil habitantes, 76 policiais foram assassinados em 2016”, comparam os parlamentares no requerimento.

Vereadores participam de caminhada contra intolerância religiosa em Ilhéus

No último domingo (15), uma enorme caminhada promovida pelos Povos de Terreiros de Ilhéus tomou conta de várias ruas do bairro Malhado, com objetivo de promover respeito, paz e tolerância para os praticantes de várias religiões. A Câmara de Ilhéus foi representada no evento pelo presidente Lukas Paiva e pelos vereadores Makrisi Angeli, Fabrício Nascimento, Abraão Oliveira e Jerbson Moraes.

O evento contou com a representação de várias lideranças de diversas religiões como Mãe Carmosina, líder da Umbanda local e do bispo diocesano dom Mauro Montagnoli . Para o vereador Jerbson Moraes, líder da bancada do PSD na Câmara e secretário municipal do partido, participou do evento representando o prefeito Mário Alexandre, “não precisamos pedir tolerância, exigimos respeito a todas as práticas religiosas, pois a nossa Constituição garante a liberdade de consciência e de crença, assegurando o livre exercício dos cultos religiosos e garantindo, de acordo com a lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias”.

No Brasil, muitas pessoas são agredidas, rejeitadas em vagas de empregos e discriminadas por participarem de cultos e religiões de matrizes afrodescendentes. No dia 4 de maio de 2016, o busto de Mãe Gilda, no parque do Abaeté, em Itapuã, Salvador, foi alvo de vândalos e teve a placa de informações apagadas. Seis meses depois, o busto foi reinaugurado. As investigações já haviam sido interrompidas e o caso, arquivado sem indicar nenhum culpado. :: LEIA MAIS »

Religiosos fazem caminhada pela paz e pelo fim da intolerância em Ilhéus

Diversas religiões e instituições. Índios, negros, mulatos, pardos e brancos. E um só pedido: paz! A caminhada promovida pelos Povos de Terreiros de Ilhéus reuniu centenas de pessoas pelas ruas do bairro do Malhado, em Ilhéus, neste domingo (15).

No discurso de Mãe Carmosina, maior liderança local do candomblé, o mesmo sentimento do discurso do bispo diocesano de Ilhéus, dom Mauro Montagnolli, também presente ao encontro. O combate à intolerância religiosa deve ser a luta de todos, todos os dias, para a construção de uma sociedade que saiba aceitar as diferenças.

“Nós não devemos apenas ser tolerantes. O que precisamos é de respeito, de entender a opção do outro”, disse Carmosina.

Índios Tupinambá se misturaram aos adeptos da umbanda. Lideranças do candomblé, abraçaram padres e freis franciscanos. Integrantes da Defensoria Pública defenderam a causa, alegando que todos os dias chegam à instituição casos de intolerância religiosa e de desrespeito ao outro.

Representantes do PSB; Mauricio Galvão, vereadores Fabricio Nascimento e Lukas Paiva, e Diego Messias.

Vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal, esteve presente à caminhada. “A construção de uma Ilhéus mais cidadã passa por encontros como este, onde o respeito às diferenças pode ser visto como maior símbolo da paz”, disse.

O presidente da Câmara de Vereadores, Lukas Paiva, e o vereador Fabrício Nascimento, e representantes do PSB, Diego Messias  e Mauricio Galvão também estiveram prestigiando o evento.

Na Bahia, diversas pessoas são agredidas, excluídas ou desrespeitadas por conta da religião, credo, culto ou práticas litúrgicas que escolheram seguir. São ocorrências cujo crime é previsto no artigo 208 no Código Penal Brasileiro.

I Caminhada pela paz combate intolerância religiosa em Ilhéus

O trânsito nas ruas de Ilhéus vai sofrer interdição progressiva na manhã do próximo dia 15, a partir das 8 horas, durante a realização da “I Caminhada pela paz contra a intolerância religiosa”. Nas mãos, faixas com dizeres: “A dor dos nossos irmãos é também a nossa dor” e “Respeito sua fé e exijo respeito”, terão um lugar especial juntamente com as vozes que clamarão por mais respeito devido a intolerância religiosa que continua a fazer vítimas no Brasil.

A caminhada é promovida pelos Povos de Terreiros de Ilhéus e será acompanhada por um mini-trio elétrico. Os participantes sairão da Avenida Litorânea Norte, com concentração em frente ao Barravento Hotel, passando pela Travessa Nossa Senhora das Graças, Av. ACM – sentido Parque Infantil, retorno Parque Infantil, voltando sentido Av. ACM, entrando na Praça do Tamarineiro.

Papa Francisco nomeia padre Miro para a vacante diocese de Guarabira, na Paraíba

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou nesta quarta-feira, 04, a decisão do papa Francisco em nomear para a vacante diocese de Guarabira, na Paraíba, padre Aldemiro Sena dos Santos, atualmente pároco da Catedral de Ilhéus, na Bahia. A decisão foi comunicada no jornal “L’Osservatore Romano”.

Aldemiro Sena dos Santos

Atualmente com 53 anos de idade, Aldemiro Sena dos Santos é natural de Ibirataia (BA). Formado em Filosofia e Teologia pelo Instituto de Teologia de Ilhéus, foi ordenado sacerdote em 1992, na Catedral de São Sebastião, em Ilhéus (BA). Como presbítero exerceu, entre os anos de 1993 a 1996, o posto de reitor do Seminário Menor São Domingos Sávi, em Ilhéus. Paralelo a esta experiência, também foi pároco da Paróquia Nossa Senhora da Escada, em Olivença, Ilhéus. De 1996 a 1998, exerceu o sacerdócio na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Barro Preto, Ilhéus.

Entre os anos de 1998 a 2007, Aldemiro foi pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Ilhéus, concomitantemente também era coordenador do Centro de Treinamento de Líderes Santa Cruz, na mesma cidade. Em 2006, foi eleito representante do clero diocesano, cargo que ocupou até o ano de 2014. Em 2007, foi nomeado pároco da Paróquia São Francisco de Assis, em Ilhéus.

De 2013 a 2014, padre Aldemiro exerceu o posto de presidente dos presbíteros do regional Nordeste III da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Desde 2015, que exerce a provisão de pároco da Paróquia São Jorge e Catedral de São Sebastião. Também é ecônomo da diocese e presidente da Sociedade São Vicente de Paulo, que inclui o abrigo para idosos.

O III Congresso Eucarístico e Mariano será domingo em Ilhéus

Domingo (1º de outubro) a Igreja Católica, em Ilhéus, realiza o III Congresso Eucarístico e Mariano da Diocese. O evento está motivado pelos 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida e os 50 anos de sagração da Catedral de São Sebastião.

O Congresso começa a partir das 8 horas, com o acolhimento dos fieis, no Centro de Convenções Luis Eduardo Magalhães, na Avenida Soares Lopes. Refletindo o tema, “A Virgem Maria no mistério de Cristo e da Igreja”. Os cristãos católicos vão estar envolvidos em conferencias, palestras, painéis que terão lugar em plenárias com todas as pastorais, no auditório Jorge Amado e com as crianças, no Auditório Nacib.

A juventude vai se reunir no Ginásio de Esportes Herval Soledade e, na Catedral São Sebastião, durante toda manhã, terá adoração ao Santíssimo Sacramento. Às 13h30min, está previsto o deslocamento, em procissão, até a Catedral São Sebastião para celebração da Missa presidida pelo Bispo Dom Mauro Montagnoli com a presença de todos os padres da Diocese e convidados. O encerramento do III Congresso Eucarístico e Mariano da Diocese de Ilhéus será com o show do grupo Anjos de Resgate, na praça D. Eduardo.

Festa de Nossa Senhora da Piedade começa terça-feira

Instituto Nossa Senhora da Piedade, em Ilhéus.

Os 101 anos de história e serviço do Instituto Nossa Senhora da Piedade, em Ilhéus, escola da Rede Ursulina de Educação, começam a ser comemorados nesta terça-feira (12) e prosseguem até o dia 15. As celebrações terão lugar na Igreja Nossa Senhora da Piedade, com o tema “A bem-aventurada Virgem Maria, mãe da Piedade, no mistério de Cristo e da Igreja”.

A programação tem inicio nesta terça (12), às 19 horas, com a reflexão sobre ” Maria eleita de Israel e filha predileta do Pai”. Quarta-feira (13), será abordado “Maria, nossa intercessora, desde Caná da Galileia ao hoje da nossa história” com adoração ao Santíssimo Sacramento.

A quinta-feira (14), dedicado a Exaltação da Santa Cruz, Missa e reflexão abordando “De pé, junto a Cruz, Maria mãe do Senhor e mãe da humanidade”. No dia 15, sexta-feira, a procissão pelas ruas do bairro às 18 horas seguida de Missa às 19 horas.

A Capela

Em 1927, foi iniciada a construção da capela, um belíssimo exemplar da arquitetura neogótica. O construtor Salomão da Silveira fez uma adaptação da planta encomendada, na França, por Madre Thaís, e a obra ficou pronta em 1929. O ponto alto da capela é o seu altar-mor, com a Imagem da Dor, imagem de Nossa Senhora da Piedade, aos pés da cruz, aconchegando ao colo o Cristo morto.

O Instituto Nossa Senhora, ou Convento da Piedade, está localizado no Alto da Piedade, na Rua Madre Thaís, numa área de 75 mil metros quadrados. São oito edifícios principais com laboratórios diversos incluindo de programação e informática, de publicidade e propaganda, auditórios, biblioteca, sala de leitura, capela, Museu da Piedade, comunidade religiosa, ginásio poliesportivo, sala de audiovisual, parque infantil, herbário, cantina, refeitório, a matinha, jardim da gruta, salão nobre, salão de conferências, sala de dança, sala de orações, sala de costura, piscina semi-olímpica, piscina infantil , três pátios arborizados e palácio destinado à parte pública da instituição, a Escola Santa Ângela.

2ª Cavalgada de Taboquinhas foi marcada por fé, alegria e solidariedade

Dezenas de cavaleiros e amazonas das mais diversas comunidades de Itacaré e cidades vizinha participaram neste domingo da 2ª Cavalgada Bom Jesus um evento beneficente, religioso e festivo que já virou tradição e deverá entrar para o calendário turístico do município. Realizada pela Igreja Católica de Bom Jesus e com o apoio da Prefeitura de Itacaré, a cavalgada, foi puxada pelo experiente Jô França, que animou os participantes durante todo o trajeto com alegria e mensagens de fé e teve como atrações Tony Fernandes e Banda Styllo de Vaqueiro que fizeram a festa dos cavaleiros, amazonas e demais público, num clima de muita paz, harmonia e solidariedade.

O evento começou na comunidade de Água Fria, com o já tradicional café dos cavaleiros e amazonas na Igreja do Senhor do Bomfim. Logo depois foi a vez da bênção dos participantes, organizadores e dos animais. Em seguida aconteceu a romaria até Taboquinhas, sempre com o estímulo e alegria de Jô França. Pelo caminho a romaria recebia a participação de mais cavaleiros e amazonas, na maior cavalgada já realizado em Itacaré. A chegada em Taboquinhas foi de alegria, fé e emoção, com um cavaleiro entrando com a imagem de Nossa Senhora Aparecida. Na entrada do distrito uma multidão aguardava a cavalgada.

Os participantes seguiram pelas ruas de Taboquinhas até a praça da Feira, onde foi celebrada uma missa pelo padre Ednaldo Cardoso. Após a missa, com a atividade de fé já cumprida, foi a vez dos shows com Tony Fernandes e Banda Styllo de Vaqueiro. Toda a renda adquirida com a venda das camisas da cavalgada e pulseiras será destinada para as obras de conclusão da casa paroquial da igreja de Bom Jesus de Taboquinhas.

 A iniciativa do evento foi da moradora de Taboquinhas Elzilásia Oliveira, popularmente conhecida como Dona Elzí, e tinha o objetivo inicial de arrecadar fundos para terminar a construção da casa paroquial. Devido ao sucesso da cavalgada do ano passado, a repercussão e também os pedidos da comunidade, o evento será realizado todo ano no mês de julho. Além de abrir os festejos do novenário do padroeiro Bom Jesus de Taboquinhas, a cavalgada é também uma festividade cultural e tradicional do distrito.

Pó de pemba no conselho de Saúde de Ilhéus

O Conselho de Saúde de Ilhéus virou enredo de “novela” devido às confusões políticas, “disse me disse ” e acusações entre conselheiros.

Nesta quinta-feira (13) mais um capítulo desse enredo se desenrolou. Jogaram pó de pemba na sede do conselho. Por meio de redes sociais, alguns conselheiros relataram sintomas como dor de cabeça devido ao pó.

Também pelas redes sociais, o presidente do conselho Fred Oliveira informou que vai tomar como providência a realização de um culto ecumênico na sede.



fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia