WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Polícia’

Homem é procurado por suspeita de invadir casa, raptar e estuprar bebê de 4 meses


Homem é procurado pela polícia por suspeita de raptar e estuprar bebê de 4 meses na Bahia (Foto: Divulgação/Polícia Civil).

Um homem de 47 anos está sendo procurado pela polícia por suspeita de invadir uma casa, raptar e estuprar um bebê de quatro meses em Belmonte, no sul da Bahia. O crime ocorreu na madrugada deste domingo (18), na localidade de Santa Maria Eterna, zona rural do município.

A mãe da criança relatou à polícia que o suspeito, identificado como Rairone Moura dos Santos, invadiu a casa onde ela mora para estruprá-la, mas ela saiu correndo. O homem, então, teria raptado a criança, do sexo feminino.

Após ter sido violentada, conforme a polícia, a criança foi abandonada em uma estrada de chão, enrolada em um cobertor.

A 23ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Eunápolis) informou que tomou conhecimento do caso através de uma assistente social do Hospital Regional de Eunápolis, também no sul do estado, para onde a criança foi encaminhada após ser encontrada abandonada por populares.

A assistente informou à polícia que a menina deu entrada na unidade médica, levada por uma ambulância do Samu, já acompanhada da mãe e que passou por uma cirurgia. Não há informações atualizadas sobre o estado de saúde a criança.

Ainda segundo a Polícia Civil, a mãe da menina informou que acionou a Polícia Militar para tentar localizar o suspeito, que, segundo ela, não tem nenhuma relação com sua família. O homem vai responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Informações G1/Bahia.

PETO 70 prende traficante goiano de alta periculosidade em Ilhéus

Tega é chefe de um grupo criminoso que distribuí drogas no norte e nordeste.

No final da tarde desta sexta-feira (16) uma equipe do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO 70) abordou em atitude suspeita na Av. Itabuna um veículo Corolla placa NTV 2936, placa de São Paulo.

Durante a vistoria no veículo, foram encontrados 8 trouxas de maconha e uma pistola Taurus calibre 380. O motorista foi identificado como Welington Alves de Oliveira, conhecido como Tega, traficante de alta periculosidade.

Policiais descobriram que Welignton estava morando na comunidade de Ponta da Tulha, zona norte de Ilhéus. Uma revista foi feita na residência, mas nada foi encontrado.

Segundo informações policiais, Welington é goiano, chefe de uma organização criminosa que abastece de drogas as regiões Norte e Nordeste. No ano passado, o mesmo foi preso no município de Goiânia/ GO com 100 kg de pasta base de cocaína que vinha da Bolívia e foi recolhido à penitenciária Odemir Guimarães e solto no início deste ano.

Justiça concede habeas corpus a mãe que está com bebê em penitenciária paulista

Agência Brasil

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) concedeu hoje (16) habeas corpus para Jéssica Monteiro, 24 anos, que está com o filho recém-nascido na Penitenciária Feminina de São Paulo desde a tarde da última quarta-feira (14). No período final da gestação, ela foi presa no sábado (10), acusada de tráfico de drogas, e internada no domingo (11), quando deu a luz. Dois dias depois foi encaminhada para a carceragem do 8º Distrito Policial, no Brás, região central da capital paulista, e depois para a penitenciária.

Jéssica deixou a penitenciária já na noite de hoje, por volta das 22h, acompanhada de seu advogado e de Alves, do Condepe. Pela decisão liminar, Jéssica passa a cumprir prisão domiciliar. “Tendo em vista o recém-nascido que necessita de sua efetiva assistência, ao que consta impossível ou difícil de ser prestada no presídio, defiro a liminar reclamada, mesmo porque encontra amparo legal, jurídico e humanitário, para que seja imediatamente colocada em liberdade provisória a paciente, mediante o regime de prisão domiciliar”, decidiu o juiz Carlos Bueno, da 10ª Câmara de Direito Criminal.

Para Ariel de Castro Alves, coordenador da Comissão da Infância e Juventude do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), a decisão foi acertada. “Foi uma importante decisão que resgata um pouco da dignidade violada da Jéssica e principalmente de seu filho recém-nascido. Prevaleceu o bom senso e o ideal de Justiça. Esperamos que esse precedente possa se estender a outros casos análogos. A partir de um caso emblemático como o dela, podemos ter mudanças significativas visando a efetivação dos direitos humanos e a proteção integral de crianças e adolescentes”.

Segundo Alves, as condições a que mãe e criança foram submetidos caracterizavam “flagrantes violações de direitos humanos”.  Na ocasião da detenção, a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária de São Paulo disse, em nota, que Jéssica e o filho estavam no Pavilhão Materno Infantil da penitenciária “que conta com atendimento especializado para recém-nascidos e bebês que estão em período de aleitamento materno”. :: LEIA MAIS »

Ministra do STF rejeita ação contra decreto de intervenção federal no Rio

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber negou seguimento hoje (16) a um mandado de segurança que questionava o decreto presidencial que trata da intervenção federal no Rio de Janeiro. A ação foi rejeitada porque o advogado que entrou com a petição não tem legitimidade para questionar o decreto.

O caso chegou ao Supremo por meio de um advogado de São Bernardo do Campo, que é conhecido por entrar com ações na Justiça para questionar decisões do governo que são amplamente divulgadas pela imprensa. De acordo com o profissional, o presidente Michel Temer não poderia ter editado do decreto antes de consultar o Conselho da República e o Conselho de Defesa Nacional.

Os dois colegiados estão previstos na Constituição Federal e teriam a função de assessorar o Presidente da República.  O Ministério da Justiça divulgou nota ressaltando que a Consituição “não define que tais consultas devem ser feitas antecipadamente” e que os órgãos são “meramente consultivos, sem qualquer poder de deliberação”. A pasta reiterou que o decreto obedece rigorosamente o rito constitucional, cumpre o ordenamento jurídico.

Caos na saúde de Ilhéus: Bebê de 1 ano morre após esperar vaga na UTI fechada no cadeado

Matéria do site O Tabuleiro

Hospital Regional Luiz Viana Filho. Foto arquivo.

Gabriel de Andrade, de apenas 1 ano de idade, morreu nesta quinta-feira, dia 16, após esperar 14 (quatorze) dias por uma vaga numa UTI do Hospital Luis Viana Filho, no Alto da Conquista, em Ilhéus. Diagnosticada com problemas cardíacos, a criança estava internada desde o dia 2 na unidade de saúde.

Na manhã de hoje, a mãe de Gabriel chegou a participar, por telefone, do programa O Tabuleiro, apresentado pelo comunicador Vila Nova, na Ilhéus FM (105,9). Ela revelou que a UTI do Hospital estava fechada com cadeado durante todo este período, e que a criança também não foi acolhida no recém-inaugurado Hospital Costa do Cacau.

Após tomar conhecimento da situação, o comunicador teceu duras críticas ao secretário de saúde da Bahia, Fábio Villas-Boas, e ainda pela manhã a criança finalmente conseguiu uma vaga numa UTI em Feira de Santana, mas não resistiu e veio à obito.

A direção do Hospital Luis Viana Filho e a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia não se manifestaram sobre o caso.

Embasa e polícias Civil e Militar empreendem esforços contra fraudes de água em Ilhéus

Foto divulgação.

Envidar esforços contra o furto de água em Ilhéus. Este foi o objetivo de uma reunião ocorrida ontem (15), na sede da Embasa no município, que contou com representantes das polícias Civil e Militar. Técnicos da concessionária apresentaram as principais irregularidades cometidas e as dificuldades que as equipes de campo enfrentam no dia a dia: “Há logradouros por onde as equipes não conseguem passar, por conta da criminalidade; além disso, é comum que eles sofram a agressividade de usuários e até sejam vítimas de ameaça. Nesse ambiente de insegurança, fica impossível dar continuidade ao trabalho de identificação e de correção das fraudes”, afirmou Uillas Batista, gerente comercial da Unidade Regional de Itabuna, responsável pela operação da Embasa em Ilhéus e em outros 26 municípios da região.

“Precisamos definir uma agenda que possibilite a presença da polícia nas ações da Embasa respeitando o fluxo de ocorrências que recebem prioridade, como os crimes contra a vida. Lembramos ainda que é fundamental o apoio do Departamento de Polícia Técnica (DPT) para dar validade jurídica às irregularidades encontradas, o que somente é possível por meio de laudo pericial”, explicou o titular da 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), delegado Evy Paternostro.

Parceria de resultados

Antes mesmo da reunião, investigadores da Policia Civil acompanharam o trabalho de campo feito pela Embasa, dia 09 de fevereiro. Em uma barraca de praia da orla sul de Ilhéus, técnicos constataram a adulteração do hidrômetro – o manuseio indevido objetiva diminuir, ou mesmo anular, o consumo de água do imóvel. Com a perícia feita no equipamento, a empresa poderá adotar medidas judiciais e administrativas, como a cobrança de multa estabelecida em R$ 35 mil. “Não é só o prejuízo financeiro que nos preocupa. O passivo ambiental é incalculável, porque quem consome sem compromisso desperdiça muito mais. Ilhéus passou por racionamento em 2016 e não queremos que o furto de água contribua para que a cidade sofra novamente com o problema”, esclareceu Uillas.

“A Embasa pode contar com o apoio da Polícia Militar para garantir a segurança dos seus técnicos. Acreditamos que uma parceria como essa possa intimidar aqueles que fraudam o consumo de água e se acham impunes”, afirmou o tenente Erinaldo Dantas, que representou a 69ª Companhia Independente da Polícia Militar no encontro.

O grupo de trabalho definiu que o acompanhamento da polícia será requisitado inicialmente junto a grandes consumidores e a usuários que são reincidentes na prática do furto de água. “Nosso trabalho continua, e sabemos que seria impossível a polícia nos acompanhar a todo momento. A população também precisa fazer sua parte, procurando a Embasa para regularizar a situação de seu imóvel e denunciando possíveis irregularidades”, salientou Uillas.

Moto é tomada de assalto na Porta da UESC

Foto ilustrativa.

Dois homens armados tomaram de assalto na noite desta quinta-feira (15), por volta das 20:30h, uma moto CG Titan  preta,  placa policial OUG 5853, na porta da Universidade Estadual de Santa Cruz,que fica localizada rodovia Ilhéus – Itabuna.

Há inúmeros relatos de estudantes sobre a falta de segurança na UESC, tanto para quem vai pegar o transporte público, como também quem sai com veículos particulares.

Presidente Angelo Coronel elogia atuação das polícias Civil e Militar no Carnaval de Salvador

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, Angelo Coronel, elogiou hoje (15.02) o trabalho das polícias Civil e Militar no Carnaval de Salvador. “Passei o Carnaval fora da cidade, mas acompanhei a folia pela TV e pelos blogs. Ouvi algumas críticas à atuação das polícias, o que considero muito injusto. Claro que em alguns momentos há um enfrentamento, mas como isso não acontecer em uma festa que leva milhares de pessoas às ruas e termina com um índice zero de homicídios e redução dos casos de furtos e roubos?”, questiona Coronel.

Para o presidente da ALBA, os 13 mil policiais militares que atuaram em Salvador merecem ser reconhecidos como verdadeiros heróis. “O que garante a segurança do cidadão é o policial, seja homem ou mulher. São pessoas que não estão brincando, e de Sol a Sol, no meio da multidão, trabalham para garantir o direito de milhares de se divertir. Claro que pode haver um ou outro episódio mais duro, mas quem fala de violência é quem nunca atravessou o Campo Grande ou o Farol da Barra quando passa Leo Santana ou Bell Marques. É como um maremoto!”, diz o chefe do Legislativo.

Angelo Coronel diz que faz questão de nominar os comandantes da PM e da Polícia Civil pelo sucesso da Operação Carnaval 2018. “O comandante geral da PM, coronel Anselmo Brandão, é um homem que combina pensamento e ação. E o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito Filho, que possui formação militar, é um estrategista. São humanistas, mas sabem que nas ruas a polícia tem que ser enérgica. Caso contrário, teríamos uma carnificina”, destaca Coronel, parabenizando também o secretário Maurício Barbosa e o governador Rui Costa pelo policiamento eficaz na festa de Momo 2018.

Polícia rebate família de mulher “enterrada viva” e diz que vai indiciar grupo que abriu o túmulo

Rosângela Almeida teve morte atestada no dia 28 de janeiro.

As pessoas que abriram o túmulo de uma mulher mais de 10 dias após o sepultamento, por acreditarem que ela tinha sido enterrada viva, devem responder por violação de urna funerária, crime que está previsto no artigo 210 do Código Penal, com pena de reclusão de um a três anos. Clique aqui e entenda o caso !

Segundo o delegado Antistenes Benvindo disse que as informações não se confirmam. “Ela [a vítima] estava do mesmo jeito, intacta. O irmão dela mesmo disse”. O delegado também contou que as informações sobre ferimentos nas mãos e na testa não são verídicas.

Sobre o relato de que o corpo da vítima estava conservado, a polícia disse que informações médicas relatam que o uso de antibióticos durante o internamento e o tempo chuvoso favoreceram uma decomposição mais lenta.

O delegado também conta que a mulher foi sepultada mais de 20 horas após o óbito e que, durante todo o processo, que envolveu preparação do corpo para enterro e velório não houve um sinal de vida.

Uma perícia foi feita no túmulo, onde o corpo foi recolocado, e um laudo deve esclarecer a situação. O prazo para divulgação do documento não foi divulgado. Segundo o delegado de Riachão das Neves, que assumiu as investigações, todos os envolvidos no caso devem ser ouvidos a partir desta quinta-feira.

Informações G1/Bahia

Ilhéus: Mulher é morta no Nelson Costa

Uma mulher, de nome Sara Oliveira foi assassinada na madrugada desta quinta-feira (15) no bairro Nelson Costa, zona sul de Ilhéus. A mulher foi vítima de disparos de arma de fogo, que atingiram antebraço e cabeça, enquanto estava num bar. Segundo informações policias, Sara tinha envolvimento com o crime. A Polícia Civil investiga o caso.

Número de mortes nas estradas federais que cortam a Bahia reduz 60%; 73 acidentes são registrados

Foto da PRF/Bahia.

Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 6 mortes e 79 feridos durante a operação carnaval 2018. Os dados foram divulgados pela Superintendência da PRF no estado, nesta quinta-feira (15). Conforme a PRF, os números são, respectivamente, 60% e 34% menores em relação ao mesmo período do ano passado.

A ação começou na madrugada do dia 9 de fevereiro e foi encerrada às 23h59 da quarta-feira (14). Conforme a Políca Rodoviária, durante a operação foram registrados 73 acidentes, número 25% menor do que o registrado no ano passado.

Ainda durante o carnaval, 8.712 veículos foram fiscalizados pelo agentes da PRF nas estradas federais que cortam a Bahia, 9.623 pessoas foram abordadas, foram feitas 1.678 autuações por ultrapassagens proibidas, manobras que, segundo a polícia, aão responsáveis pelo maior número de mortes em rodovias.

Além disso, 6.864 imagens de radar foram capturadas por veículos em excesso de velocidade, o que, se comparado a 2017, representou um aumento de 18% de motoristas flagrados conduzindo abusando da velocidade. Houve veículos flagrados a 168 km/h. :: LEIA MAIS »

PC prende em SP 4 envolvidos em sequestro de empresário e ex-prefeito de Valença

A Polícia Civil da Bahia prendeu, nesta quarta-feira (14), em uma churrascaria no KM 19 da Rodovia Presidente Dutra, em Caçapava, São Paulo, quatro pessoas acusadas de participar do sequestro do ex-prefeito de Valença e empresário Ramiro José Campêlo de Queiroz, ocorrido no mês de janeiro. A operação também contou com informações da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública.

Com os baianos Márcio Reis dos Santos, conhecido como Bradock, e Geraldo Alves de Carvalho Neto, o pernambucano Carlos Eduardo Rabello e o mineiro André Luis Maciel Santos foram encontradas quantias provenientes do pagamento realizado pela família para a libertação da vítima. O valor será divulgado em breve, após conferido.

Comandada pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil baiana, a operação também contou com o apoio da Delegacia Antissequestro da PC de São Paulo, para onde o grupo foi encaminhado.

De acordo com o delegado do Draco responsável pelas investigações, Cleandro Pimenta, embora a família não tenha aceitado a participação da polícia na negociação com a quadrilha, a Polícia Civil seguiu com as demais providências de polícia judiciária, chegando à identificação e prisão do grupo.

Márcio e Geraldo tiveram mandado de prisão cumprido. Já Carlos e André foram encaminhados para a adoção das demais medidas.

Diligências continuam sendo realizadas em outros municípios paulistas com o objetivo de capturar o restante da quadrilha que participou do crime.

Mulher é enterrada viva na Bahia e corpo é achado revirado dentro de caixão

Rosângela Almeida teve morte atestada no dia 28 de janeiro. Foto: Reprodução/TV Oeste.

A família de Rosângela Almeida dos Santos  de 37 anos que ficou enterrada por mais de dez dias, na cidade de Riachão das Neves, no oeste da Bahia, acredita que ela tenha sido sepultada ainda com vida, após um erro médico.

Os familiares de Rosângela dizem que o corpo dela foi encontrado revirado no túmulo, com ferimentos nas mãos e testa, como se tivesse tentado sair do caixão após o sepultamento.

“Até aqueles preguinhos que estavam em cima estavam soltos. A mãozinha tava ferida, como quem estava arrumando assim… arrumando o caixão para sair”, disse Germana de Almeida, mãe de Rosângela.

O túmulo foi violado pela família após moradores de casas vizinhas ao cemitério municipal onde a mulher foi enterrada ouvirem gritos vindos do túmulo. A família diz que o corpo da mulher ainda estava quente.

“Quando eu cheguei bem ali em frente, eu ouvi batendo ali dentro. Aí eu pensava que era brincadeira dos meninos, que os meninos só vivem aqui dentro [do cemitério] brincando… Aí gemeu duas vezes, com as duas gemidas ela parou”, falou a dona de casa Natalina Silva.

 A situação ocorreu na última sexta-feira (9), mas a mulher havia sido enterrada no dia 29 de janeiro. Rosângela estava internada no Hospital do Oeste, em Barreiras, e teve a morte atestada no dia 28.

A certidão de óbito aponta um quadro de choque séptico como causa do falecimento. A situação está sob investigação da Polícia Civil de Riachão das Neves.

Em nota, a assessoria do Hospital do Oeste informou que está à disposição dos familiares da vítima e autoridades para prestar todas as informações necessárias.

*Informações do G1/Bahia.

Carnaval do interior termina com índices positivos

Carnaval de Itacaré. Foto: Ascom Itacaré

O Carnaval em 35 cidades da Bahia terminou, na terça-feira (13), e seguiu a tendência da capital baiana, onde os números de violência diminuíram. Segundo o Departamento de Polícia do Interior (Depin), nenhum homicídio foi registrado e houve um aumento nos números de produtividade.

De acordo com o diretor do Depin, delegado Flávio Gois, foram 27 pessoas autuadas em flagrante por tráfico de drogas, furto, uso de dinheiro falso, porte ilegal de arma de fogo e com base na Lei Maria da Penha. “O índice de apreensões de drogas também aumentou. Registramos um incremento de 454 por cento no número de apreensão de maconha e de 382 por cento de cocaína”, revelou o delegado.

Os Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) também aumentaram em 67 por cento, neste ano foram 50 registros, contra 30 do ano passado. Os dados são relativos às cidade de Alcobaça, Amargosa,l Angical, Arraial D’ajuda, Barra do Mendes, Belmonte, Barreiras, Brejolândia, Brotas de Macaúbas/ Gamboa do Morro, Bom Jesus da Lapa, Cairu, Canavieiras, Candido Sales, Caraíbas, Carevelas, Conde e Correntina,

Também correspondem aos municípios de Entre Rios, Formosa do Rio Preto, Ilhéus, Itabuna e Itacaré, Itiuba, Jaguabipe, Jandaíra, Jiquiriça, Juazeiro, Lapão, Maragojipe, Maraú, Mucuri, Nova Viçosa, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Porto Seguro, Prado, Rio de Contas, Rodelas, Santa Cruz de Cabrália, Santa Maria da Vitória, Tanquinho, Várzea do Poço e Xique- Xique.

Bebê de 8 meses é resgatado pela PM no Carnaval de Lauro de Freitas

Foto divulgação PM.

Guarnições da Polícia Militar que atuavam na Operação Carnaval em Lauro de Freitas resgataram, na noite de segunda-feira (12), um bebê de oito meses. A criança, do sexo masculino, foi abandonada em um carrinho, no final de linha do bairro.

 Os PMs faziam o patrulhamento quando um folião relatou ter visto uma criança sozinha, num carrinho. As equipes fizeram uma varredura e encontraram. O bebê foi levado para o posto policial, onde foi feito o contato com o Conselho Tutelar.

 “Gratificante ajudarmos uma criança em situação vulnerável. Por outro lado a irresponsabilidade dos pais reflete também um pouco do problema que nós temos atualmente com adolescentes envolvidos com crimes”, lamentou o comandante do Policiamento na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Região Metropolitana de Salvador, coronel Alfredo Nascimento.

Salvador: Espanhola era mantida em cárcere privado no Imbuí

Foto ilustrativa.

A Ronda Maria da Penha libertou, neste domingo (11), uma espanhola que estava há dois dias em cárcere privado, num apartamento no conjunto Guilherme Marback, no Imbuí. A informação chegou para unidade através da Rede de Atendimento à Mulher em Situação de Violência. De acordo com a capitã Paula Queiros, o marido da espanhola é brasileiro e reteve o passaporte da mulher para que ela não retornasse ao país de origem. “Eles têm uma filha de um ano e oito meses. Encaminhamos ela para a Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam) de Brotas, onde foi prestada a queixa”, afirmou a capitã. Ainda segundo ela, a mulher só conseguia se comunicar por e-mail e não fala bem o português. Não foi informado o paradeiro do marido da vítima.

*Informações da Rádio Sociedade da Bahia.

mega turbonet

fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia