WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hospital sao jose secom bahia prefeitura ilheus transporte ilegal

:: ‘Polícia’

Curso Gabaritando abre nova turma para curso intensivo para concurso da PMBA

Professor Emenson Silva

O curso preparatório Gabaritando de Ilhéus abre nova turma para concurso da PMBA. A coordenação disponibilizará mais vagas, através de um curso intensivo, que terá início na próxima terça-feira (30). As aulas serão ministradas das 19:20 às 22h na sede do curso.

O professor, pesquisador e diretor do curso, Emenson Silva informa aos estudantes “que essa é mais uma oportunidade ofertada pelo curso Gabaritando, para aqueles desejam ingressar na Polícia Militar da Bahia”. De acordo com ele, as vagas serão limitadas e os alunos serão preparados em um curso intensivo até a data da realização da prova.

A equipe de professores do Gabaritando é formada por Emenson Silva (Direito Constitucional), Ten. Gilberto Fernandes (Dir.Adm/Penal Militar), Murillo Cesar (Língua Portuguesa), Phillipe Freire (Geografia), Camile Lessa (História), Aline Freitas (Direito Penal), Kessyane Freitas (Direitos Humanos), Drika Barbosa (Atualidades), Douglas Vinícius (Matemática/Logica) e Claudiana Cardoso (Redação). Os professores, através de uma didática diferenciada, baseada no edital e com discussões pertinentes, transmitem aos alunos todo o conhecimento necessário para realizar a prova.

O curso Gabaritando atua há um ano e meio em Ilhéus e região. Além das aulas regulares, oferece palestras e debates com temas atuais que ajudam os candidatos a ter maior preparo para enfrentar o concurso. Os interessados podem adquirir maiores informações através do número 73-98854-2540. A sede do Gabaritando fica localizada à Rua dos Cometas, nº 54 no bairro Malhado.

Ilhéus: Jovem é atingida pelo companheiro por espingarda; disparo teria sido acidental

Ilustração

Uma jovem de 19 anos foi atingida pelo companheiro com uma espingarda de fabricação caseira, no Alto da Tapera,  por volta das 22h de quarta-feira (24). O rapaz, de 25 anos, é pescador e, ao manusear a arma, não viu que a mulher passava no momento.

Ele prestou os primeiros socorros e ela foi encaminhada para o Hospital Regional. A mulher passou por cirurgia e não corre risco de morte. O caso foi recebido pela 7ª Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin) e enviado para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), por se tratar de crime contra mulher, e não por ter sido violência à mulher.

O rapaz está detido pelo crime de lesão corporal culposa, pois foi decorrente de negligência. Uma audiência de custódia acontecerá sexta-feira (26) para decidir se ele vai continuar preso ou não. A delegada da Deam, Márcia Rezende, alegou não poder dar informações sobre o caso, porque não foi ela quem registrou a ocorrência.

Na maior fuga da história do RN, 91 presos escapam de cadeia

Noventa e um presos fugiram, na madrugada desta quinta-feira, 25, da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), na região metropolitana de Natal. De acordo com dados da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc/RN), esta é a maior fuga da história do sistema penitenciário potiguar. Nove detentos foram recapturados enquanto rastejavam pelo matagal.

Em janeiro, após a rebelião que destruiu as Penitenciárias Estaduais de Alcaçuz e Rogério Coutinho Madruga, 56 homens conseguiram fugir pulando os muros da unidade e também através de túneis. Na fuga desta madrugada, os detentos utilizaram um túnel cavado a partir do Pavilhão 2. Eles saíram nas proximidades do matagal que cerca a unidade prisional e não tiveram dificuldade em se camuflar em meio à mata.

De acordo com a Polícia Militar, dois carros foram utilizados para dar apoio aos foragidos. A escuridão do entorno do presídio dificultou a ação dos policiais militares que fazem a guarda prisional nas guaritas.

Transferência :: LEIA MAIS »

Governo quer identificar e processar responsáveis por depredação em protesto

Foto G1

O governo federal quer identificar e processar os responsáveis por atos de depredação do patrimônio público praticados ontem (24) durante a manifestação do Ocupa Brasília. Para isso, a Presidência da República irá acionar a Advocacia Geral da União (AGU), segundo o ministro da Defesa, Raul Jungmann, durante anúncio de suspensão da ação de Garantia de Lei e da Ordem (GLO).

“O presidente decidiu acionar a AGU para que sejam feitas perícias nos imóveis de toda a Esplanada, onde ocorreram atos de vandalismo e barbárie, para que [os responsáveis] sejam levados à Justiça e venham a pagar pelos danos e responder criminalmente todos que realizaram aqueles atos abomináveis incompatíveis com o regime democrático”, disse Jungmann. Segundo ele, ainda não há estimativa do valor dos prejuízos.

O ministro fez um retrospecto de outras ações de garantia da lei e da ordem. “De 2010 a 2017 foram realizadas 29 ações de garantia à lei e à ordem. Em todas essas ações, que envolvem copas do Mundo e das Confederações, Olimpíadas e na defesa, por conta da greve de polícias, a exemplo do que aconteceu em Pernambuco e no Espírito Santo. Nunca aconteceram incidentes graves que viessem a manchar a atuação das Forças Armadas.”

“A orientação dada por nós ao general Pereira Gomes, que comandou a operação, foi que as Forças Armadas funcionassem defensivamente para defender o patrimônio e a vida das pessoas, e não a repressão”, acrescentou o ministro, ao comentar que graças a essas ações foi garantida a continuidade dos trabalhos do Congresso Nacional, com a Câmara aprovando oito medidas provisórias. “A governabilidade não foi afetada.” :: LEIA MAIS »

Capturada quadrilha que participou de roubo a mineradoras na Bahia

Fotomontagem Blog Agravo. Fotos divulgação SSP-BA.

Uma operação integrada realizada pela Força-Tarefa da Secretaria da Segurança Pública com a Polícia Militar de Goiás, Polícia Federal, Batalhão de Operações Policiais Militares (BOPE) e a Companhia de Policiamento Tático do 16º Batalhão da Polícia Militar prendeu, na tarde desta quarta-feira (24), integrantes de uma das maiores quadrilhas especializadas em roubo a banco no Brasil.

O trio foi surpreendido em um estabelecimento comercial em Alexânia, Goiás, dois dias após assaltar um carro-forte no município de Unaí, em Minas Gerais. Na Bahia, o grupo composto por pernambucanos, tem participação direta nos roubos às mineradores de Jacobina e Nordestina, ocorridas outubro de 2016 e janeiro deste ano, respectivamente. Também atentaram contra instituições financeiras em Bom Jesus da Lapa e Irecê.

Com eles, que já eram monitorados pela polícia, foram apreendidos sete fuzis, dentre eles quatro calibre 7,62 e três calibre 5,56, duas pistolas, sendo uma calibre .40 e outra 9 milímetros, além de grande quantidade de munição e mais de R$ 200 mil. A polícia acredita que o dinheiro é fruto da ação ocorrida em Unaí, no início da semana.

Entre os presos na tarde de hoje estão Ricardo da Silva Torres, 35 anos, Leandro Henrique da Silva, mais conhecido como Ceará, 36, e Boaventura Medrado de Souza, 47. Eles foram apresentados na sede da Polícia Federal em Goiás. A operação continua na busca por mais integrantes do grupo, inclusive, provenientes aqui da Bahia.

Nota de Repúdio – Policiais Federais da Bahia

O Sindicato dos Policiais Federais da Bahia manifesta repúdio contra a ação do Vereador pelo PHS e Cantor Igor Kannário. Ele agrediu verbalmente, na noite deste domingo (21/05), uma policial militar, durante sua apresentação na Micareta de Feira de Santana. Em um vídeo divulgado fartamente nos meios de comunicação, ele se intitulou mais autoridade do que a policial e desprezou a função dela.

O vereador tem o dever de respeitar, no exercício da função pública ou mesmo fora dela, toda e qualquer mulher. Atitudes como essa mancham, de forma muito grave, essa relação de respeito, merecendo ser coibida com extrema firmeza, sobretudo casos como esse, quando o citado vereador se vale do poder de comunicação de massa e faz discursos ofensivos.

Esse fato transborda para o desrespeito não apenas às mulheres policiais militares, ou mesmo apenas à briosa Polícia Militar do Estado da Bahia, mas ofende de forma perversa a TODOS OS POLICIAIS da Bahia e do Brasil. Não há argumento que venha a dar justificativas minimamente aceitáveis, sendo inequívoco que o vereador em questão precisa não apenas medir suas palavras, mas ser devidamente responsabilizado cível, administrativa e criminalmente, se for o caso.

O Sindicato dos Policiais Federais da Bahia reconhece e respeita todos os vereadores de Salvador, ressaltando que a autoridade policial é ínsita a TODO E QUALQUER POLICIAL, devendo ser levada a sério EM QUALQUER AMBIENTE, repudiando de pronto qualquer atitude de natureza ofensiva.

Faz-se necessário lembrar que o vereador e cantor Igor Kannário tem um retrospecto que traz incertezas em relação a conduta do mesmo. Ele já se envolveu em briga em hotel, tráfico de drogas, confusão com a mãe, polêmica com outros cantores e apreensão de carro. Esperamos que as medidas necessárias sejam tomadas e que a Polícia Militar da Bahia apure o ocorrido, colocando esta instituição à disposição para defesa dos colegas policiais onde se fizer necessário.

Sindicato dos Policiais Federais da Bahia

Ministério da Agricultura é atingido por incêndio

Imagens do site da GloboNews

A manifestação gerou um incêndio na área interna do Ministério de Agricultura, na Esplanada dos Ministérios em Brasília. Até as 15h30, o ministério já tinha sido evacuado, e os outros prédios estavam em fase de evacuação. Segundo boletim da Secretaria de Segurança 35 mil manifestantes ocupam a Esplanada dos Ministérios neste momento.

PF prende 24 pessoas em operação contra quadrilha comandada por Beira-Mar

A Polícia Federal (PF) prendeu 24 pessoas na Operação Epístolas, deflagrada hoje (24) para combater uma quadrilha supostamente liderada de dentro da prisão por Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar. Ao todo, a operação tinha 35 mandados de prisão a cumprir, sendo 22 preventivos e 13 temporários, além de 27 conduções coercitivas (quando a pessoa é levada para prestar depoimento). A maior parte dos presos (14) foi detida no estado do Rio de Janeiro. Os 85 mandados de busca e apreensão resultaram na apreensão de R$ 100 mil reais em espécie, cestas básicas e cigarros que eram vendidos pela quadrilha.

As apreensões ocorreram no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, onde a quadrilha de Beira-Mar tinha o controle sobre atividades ilícitas em 13 comunidades. A influência do grupo chegava à Câmara Municipal, onde cargos comissionados eram ocupados por parentes do criminoso. Uma irmã de Fernandinho Beira-Mar também foi presa em Duque de Caxias.

Considerada braço direito do irmão, ela e mais nove parentes dele tiveram a prisão pedida pelo Ministério Público Federal de Rondônia e decretada pela 3ª Vara Federal. Beira-Mar cumpre pena na Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia, onde a investigação foi iniciada há um ano. O criminoso está preso há 16 anos, mas utilizava bilhetes para acompanhar e orientar as ações do grupo. A forma de comunicação da quadrilha, por mensagens escritas, justifica o nome da Operação Epístolas.

SINDPOC e Secretário de Ciência e Tecnologia discutem inclusão dos policiais civis às novas tecnologias

A reunião teve como finalidade a realização de projetos que promovam qualificação técnica e científica da categoria

Representantes do SINDPOC e o Secretário de Ciência e Tecnologia da Bahia, José Vivaldo Lima, discutiram a possibilidade de uma parceria institucional que promova qualificação técnica e científica dos policiais civis, na noite desta terça-feira (23), no CAB, localizado na capital baiana.O objetivo do projeto consiste em realizar ações que fomentem  um maior acesso da categoria às novas tecnologias a partir da integração dos diversos Programas de inclusão digital que são implementados pelas Secretarias do Estado.

” Temos muitos policiais que ainda não possuem a qualificação técnica sobre as novas ferramentas de informática. Essa capacitação vai interferir diretamente no desempenho cotidiano do policial civil.  O SINDPOC percebeu essa lacuna e avalia como algo de extrema importância esse empoderamento tecnológico!”, destacou o Vice-Presidente do SINDIPOC, Eustácio Lopes.

O Secretário de Ciência e Tecnologia, José Vivaldo Lima, parabenizou a categoria pela iniciativa e cogitou a possibilidade de uma parceria que envolva a SECTI, FAPESB, SESI e SENAI com o intuito de promover um maior acesso dos policiais às novas tecnologias. “Para nós é um orgulho fazer um trabalho de valorização dos profissionais que são responsáveis pela nossa Segurança Pública. É fundamental executarmos ações que  fomentem a inclusão digital de quem luta todos os dias no combate à violência!”, pontuou o gestor da pasta.

Para o Diretor Jurídico do SINDPOC, Cláudio Lima, a adesão dos policiais às novas mídias vai melhorar a qualidade do serviço prestado à sociedade. ” Esse projeto vai ser fundamental! Vamos ter profissionais mais aptos a trabalhar com as plataformas digitais!”, comemorou o sindicalista. Na ocasião, o Secretário da SECTI convidou a categoria para participar do maior evento tecnológico do Brasil, Campus Party, que será realizado em Salvador, na Arena Fonte Nova, de 9 a 13 de agosto.

Polícia Federal cumpre mandados de prisão contra quadrilha de Beira-Mar

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (24) 35 mandados de prisão e 27 de condução coercitiva na Operação Epístolas, que investiga a quadrilha ligada ao traficante Fernandinho Beira-Mar, que já está preso.

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal, e as buscas e prisões são no Rio de Janeiro, em Rondônia, no Ceará, em Mato Grosso do Sul, na Paraíba e no Distrito Federal. Dos 35 mandados de prisão, 22 são de prisão preventiva e 13 de prisão temporária.

A operação inclui ainda como medidas cautelares 85 mandados de busca e apreensão e o bloqueio de valores que somam R$ 9 milhões em 51 contas bancárias.

Segundo a PF, as investigações se iniciaram há cerca de um ano, depois que um bilhete picotado foi encontrado em uma marmita por agentes federais da Penitenciária Federal de Porto Velho, onde Beira-Mar cumpre pena.

A perícia constatou que o bilhete foi redigido pelo criminoso e continha ordens a integrantes da quadrilha que estavam em liberdade. Ao longo das investigações, foram apreendidos 50 bilhetes endereçados ao preso. Por esse motivo, a operação se chama Epístolas, nome dado a textos enviados em forma de carta.

As investigações apontam que a quadrilha movimenta R$ 1 milhão por mês e utilizava principalmente casas de show e bares para lavagem de dinheiro, além de aquisições de imóveis e reformas.

Os presos preventivamente serão transferidos para o estado de Rondônia, e Beira-Mar deve ser transferido da Penitenciária Federal de Porto Velho.

Nota à imprensa – Polícia Federal

Sobre os diálogos interceptados da investigada Andrea Neves e do jornalista Reinaldo Azevedo, tornados públicos na tarde de ontem, 23/05, a Polícia Federal informa que os mesmos foram realizados no mês de abril de 2017, por força de decisão judicial do Ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, nos autos da ação cautelar 4316.

O referido diálogo não foi lançado em qualquer dos autos circunstanciados produzidos no âmbito da mencionada ação cautelar, uma vez que referidas conversas não diziam respeito ao objeto da investigação.

Conforme estipula a Lei 9.296/96, que regulamenta a interceptação de comunicações telefônicas, e em atendimento à decisão judicial no caso concreto, todas as conversas dos investigados são gravadas.

A mesma norma determina que somente o juiz do caso pode decidir pela inutilização de áudios que não sejam de interesse da investigação.

Informamos, ainda, que a Procuradoria Geral da República teve acesso às mídias produzidas das interceptações, em sua íntegra, em razão de solicitações feitas por meio dos ofícios 95/2017 – GTLJ/PGR, de 28 de abril de 2017, e 125/2017 – GTLJ/PGR, de 19 de maio de 2017, e respondidos pela Polícia Federal, respectivamente, através dos ofícios 569/2017 – GINQ/STF/DICOR/PF, de 28 de abril de 2017, e 713/2017 – GINQ/STF/DICOR/STF, de 22 de maio de 2017, em face do disposto no artigo 6 da Lei 9.296/96.

Comissão de Direitos Humanos aprova moção de repúdio a Igor Kannário

A Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia aprovou por unanimidade, na reunião ordinária desta terça-feira (23), uma moção de repúdio ao cantor e vereador Igor Kannário pelo comportamento “agressivo e desrespeitoso” contra a policial militar Tainá Gomes na noite de domingo (21) na Micareta de Feira de Santana.

“Você é só uma PFem. Eu sou mais autoridade do que você. Eu sou vereador. Me respeite, me respeite! Procure seu lugar”, disse o pagodeiro, alegando do trio que teria sido ofendido por criticar uma suposta agressão da PM a foliões.
Os deputados Marcelino Galo, Ângelo Almeida, Fátima Nunes, Luiza Maia, Fabíola Mansur, Augusto Castro e Ângela Sousa consideraram a atitude do político abusiva, de cunho autoritário e desrespeitosa à Polícia Militar, uma vez que incitaria o ódio e a violência contra a corporação. Outra moção de apoio a Policial Militar e de solidariedade a PFem também foi aprovada.

O presidente do colegiado, deputado Marcelino Galo (PT), lamentou o episódio em Feira de Santana. “O cantor agiu de maneira extremamente desrespeitosa com a instituição e agressiva com a policial que cumpria o seu dever institucional, que trabalhava para garantir a segurança de todos aqueles que seguiam o seu próprio trio. Ele é vereador no exercício da vereança em Salvador, em Feira estava como cantor. Seu posicionamento foi extremamente desrespeitoso e autoritário”, refletiu. :: LEIA MAIS »

Ex-vereador de Alagoinhas é baleado durante assalto em caminhada

Do G1 Bahia

Gustavo Carmo foi baleado durante um assalto enquanto se exercitava (Foto: Reprodução/Facebook)

O ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Alagoinhas, Gustavo Carmo (PMDB), de 41 anos, foi baleado durante um assalto na manhã desta terça-feira (23), na cidade distante cerca de 110 km de Salvador. A informação foi passada ao G1 pela delegada Lélia Maria Raimundi, coordenadora regional da Polícia Civil.

Segundo a delegada, Gustavo Carmo, que também é advogado, fazia uma caminhada, quando foi abordado por criminosos armados. Durante a ação, os homens atiraram na vítima e fugiram. Ainda não se sabe se os criminosos levaram algum pertence do ex-vereador.

Conforme a delegada Lélia Maria, Gustavo foi socorrido para o Hospital Regional Dantas Bião, em Alagoinhas, onde está internado. A delegada informou que o estado de saúde do advogado é estável.

Ainda não há informações sobre a identidade dos criminosos. O caso está sob investigação da Delegacia de Alagoinhas.

Casal em situação de rua que teve corpo queimado em Salvador foi vítima de vingança, diz polícia

Casal foi queimado no bairro de Sete Portas, na madrugada desta terça (Foto: Reprodução/ TV Bahia)

casal em situação de rua que teve o corpo queimado na madrugada desta terça-feira (23), em Salvador, foi vítima de um crime de vingança, cometido por um homem conhecido como “Maluquinho”, que também vive na rua. A informação é da Polícia Civil.

Segundo a polícia, uma das vítimas, identificada como Caique Farias, de 23 anos, disse que o homem cometeu o crime porque os dois teriam tido uma briga na tarde da segunda-feira (22), no bairro Sete Portas. A vítima contou que discutiu com o suspeito após ele mexer com uma mulher que passou na rua, e os dois entraram em luta corporal.

Ainda segundo a polícia, o jovem falou que pessoas que passavam no local separaram a briga. No entanto, durante a madrugada desta terça-feira, “Maluquinho” foi até onde ele e a mulher dormiam, jogou álcool no casal e ateou fogo. Em seguida, o suspeito fugiu. Ele é procurado pela polícia.

O jovem queimado e a mulher dele, identificada apenas como Raquel, de 22 anos, estão internados no Hospital Geral do Estado (HGE). Segundo a polícia, o estade de saúde de Caique é estável. Já Raquel, teve várias partes do corpo queimadas e está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado grave.

Caso

O casal dormia em um colchonete, encostado em um muro, no bairro Sete Portas, quando foi atacado. As vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas para o HGE. O caso está sob investigação da Polícia Civil.

maio 2017
D S T Q Q S S
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia