WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Cultura’

Ilhéus sedia segunda edição do II Festival de Cultura Popular

Ilhéus sedia de 22 a 24 deste mês, o II Festival de Cultura Popular em quatro espaços distintos: Teatro Municipal, Praça do Teatro, Academia de Letras e no Ponto de Cultura Literatura de Cordel (Casar), situado no bairro do Pontal. Os shows vão contar com a participação de diversos artistas do nordeste, a exemplo de Carlos Silva, Geruza Guedes, Teo Guedes e Domingos Santeiro. O evento será encerrado por Bule-Bule, que é sambador, repentista, cordelista e considerado um dos mestres da cultura popular nordestina do Brasil.

Durante os três dias a programação será aberta gratuitamente ao público que poderá conhecer ainda mais a cultura viva do município. Já para assistir ao show ‘‘A casa é sua’’, de Bule-Bule e convidados, no dia 24, às 20 horas, no Teatro Municipal, o ingresso pode ser adquirido antecipadamente no Ponto de Cultura Casar e na bilheteria do teatro, a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

  :: LEIA MAIS »

Sucesso: Itacaré realizou o melhor carnaval do interior da Bahia

Uma festa que reuniu grandes atrações, trios elétricos, blocos alternativos, alegria, irreverência e o resgate dos antigos carnavais, para todos os gostos e faixas etárias. Assim foi o carnaval 2018 de Itacaré, o melhor do interior da Bahia, realizado de 10 a 13 de fevereiro, na Praia da Coroinha, orla da cidade. A festa contou com a animação de bandas como Revelação, Edson Gomes, Guig Ghetto, Bandana, Thaine e Tainá, Lordão e diversas grupos regionais, valorizando os músicos da cidade. A realização foi da Prefeitura de Itacaré, com o apoio do Governo do Estado da Bahia.

De acordo com estimativa da Polícia Militar, a festa contou com a participação de cerca de 100 mil pessoas nos quatro dias de folia, cerca de 25 mil por noite, num clima de total alegria, paz e harmonia. Nos quatro dias de festa não foi registrada nenhuma ocorrência de maior gravidade, o que consolidou Itacaré como uma cidade de paz e segurança. Todo esse trabalho de segurança foi desenvolvido numa ação conjunta desenvolvida pela Polícia Militar, Polícia Civil, seguranças particulares contratados pela Prefeitura, além da equipe de fiscalização.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, participou dos quatro dias da festa e comemorou o sucesso do carnaval. De acordo com ele, tudo foi planejado e executado para garantir uma grande festa para os foliões, misturando alegria, comodidade, segurança, grandes atrações e o resgate das tradições culturais. “E o resultado foi esse, um grande carnaval que entra para a história da cidade pela organização, animação, segurança, paz, tranquilidade e acima de tudo muita alegria. Estão todos de parabéns, os foliões pela alegria e toda a equipe de infraestrutura que trabalhou para que o carnaval fosse esse grande sucesso”, comemorou o prefeito.

Um dos pontos altos do carnaval foi o resgate da cultura e da tradição das antigas festas. Para isso foram montados dois grandes bailes, um infantil e outro da melhor idade, no Clube Pirajá, além de uma exposição fotográfica com as memórias dos antigos carnavais de Itacaré. O baile infantil foi realizado no domingo de carnaval, com muitas música, animação e brincadeiras. Já o baile da melhor idade foi segunda-feira, também à fantasia, trazendo o melhor das músicas que animaram os antigos carnavais. Nos dois bailes não faltaram animação, alegria e a satisfação das pessoas que tiveram a oportunidade de rever o melhor dos velhos carnavais.

E não faltou nada no melhor carnaval do interior da Bahia. Além de toda a programação, a Prefeitura de Itacaré também colocou trios elétricos para fazer a alegria dos foliões pipocas. A festa começava sempre a partir das 11 horas da manhã com trios animados pelas bandas Bonde do Andrezão, Padre Ednaldo e Banda, Sparta e Quebra City. Já os blocos independentes fizeram a animação com grandes atrações arrastando multidões. Tudo isso com a irreverência, a criatividade e a beleza dos blocos de fantasiados e também o tradicional bloco dos mascarados.

Cartão postal de Ilhéus, estátua de Jorge Amado é retirada após ação de vândalos

Estátua de Jorge Amado fica no centro de Ilhéus e é atração turística (Foto: Reprodução/ TV Santa Cruz)

Uma estátua de do escritor baiano Jorge Amado, que um dos cartões postais de Ilhéus, terra onde ele passou a infância, precisou ser retirada de ponto turístico da cidade após a ação de vândalos.

A escultura foi instalada em frente ao famoso bar Vesúvio, no centro de Ilhéus, mas foi retirada para ser restaurada. No local onde ela ficava foi colocado um aviso informando que o equipamento foi alvo de vândalos, já que muitos turistas vão ao local na expectativa de fazer um registro com a estátua.

A expectativa é que a escultura seja novamente colocada no local até o sábado (10).

*Com informações do G1 Bahia

*Atualização às 10:10h: A estátua já está de volta ao local.

Carnaval de Itacaré traz grandes atrações e resgata a cultura local

Considerado como um dos destinos turísticos mais visitados do Brasil, Itacaré vai realizar no período de 10 a 13 de fevereiro um dos maiores carnavais de todos os anos, com grandes atrações nacionais, bandas locais que já estão conquistando o cenário regional e ainda resgatando a tradição dos antigos carnavais. Tudo isso sem contar com os tradicionais trios elétricos que puxarão os blocos e os foliões pipocas, sempre a partir das 11 horas da manhã, para que todos possam curtir a alegria da maior festa popular do Brasil.

Na lista de grandes atrações, o carnaval de Itacaré terá bandas como Revelação, Edson Gomes, Guig Ghetto, Bandana, Thaine e Tainá, Lordão e diversas grupos regionais. A realização é da Prefeitura de Itacaré, com o apoio do Governo do Estado da Bahia. E para garantir a segurança da festa, já que o carnaval de Itacaré é sinônimo de paz e tranquilidade, um grande esquema já está sendo elaborado pelas polícias Civil e Militar, além de seguranças contratados que atuarão dentro e fora do circuito. Também já está sendo implantado um sistema de monitoramento com câmeras espalhadas em diversos pontos da cidade. :: LEIA MAIS »

“Rodas de Conversa” debate projetos culturais de Ilhéus

 

Com o objetivo de ouvir questionamentos da população e de diversos segmentos envolvidos com as atividades culturais de Ilhéus, a secretaria municipal da Cultura (Secult) programou para este mês o projeto Rodas de Conversa. A proposta é colocar em pauta a discussão diária sobre ações culturais que serão apresentados pela atual gestão. Na agenda, estão programados para o dia 19, a partir das 16 horas, no auditório Sosígenes Costa, situado na Rua Jorge Amado, 21, debate sobre o Projeto Maio, Mês da Dança, e às 18 horas, sobre o Festival de Quadrilhas Juninas.

Para o dia 20, às 18 horas, os trabalhos do Rodas de Conversa serão retomados para discutir a formatação do Projeto Seis e Meia; e no dia 21, às 18 horas sobre a realização da Semana Jorge Amado. Já nos dia 22, respectivamente às 16 e 18 horas, os debates serão torno sobre o Festival de Teatro Estudantil e o Programa Devir Negro.

E no dia 23, a partir das 18 horas, o projeto Rodas de Conversa volta a se reunir para tratar sobre o calendário de capoeira; e dia 26, também, às 18 horas, outra rodada de debate sobre as festas populares de Ilhéus serão sempre com a participação pública.

De acordo com o secretário de Cultura, Pawlo Cidade, as indagações serão sobre o que são projetos estruturantes?, como eles podem se tornar programas?, ao retomar edições anteriores corremos o risco de reproduzir os erros do passado?, como podemos melhorar as atividades culturais transformando-as em ações duradouras?, o que aprendemos com projetos temáticos?  E qual o conceito que se tem de um projeto?

Festa de Iemanjá reúne, em Ilhéus, populares simpatizantes e adeptos do candomblé

Foto Rodrigo Macedo.

O ritual em homenagem a Iemanjá, em Ilhéus, reuniu populares, muitos simpatizantes e adeptos do candomblé, neste dia 2 de fevereiro. As comemorações aconteceram em dois pontos da cidade: nas praias do Malhado e Nova Brasília e foram prestigiadas pelo prefeito Mário Alexandre. “Esta comemoração, além de integrar o calendário turístico de Ilhéus, merece o nosso respeito e o nosso apoio pelo que representa na história e na cultura da Bahia”, destacou o prefeito.

No bairro Nova Brasília, Mãe Laura há 40 anos comanda a festa. No Malhado, a centenária Mãe Carmosina, lidera a festa todos os anos. ”Esta é uma tradição que não pode morrer”, destacou Mãe Laura, ao som dos atabaques, dos movimentos das rodas de capoeira e diante de uma fila gigantesca de pessoas que doavam oferendas à Rainha do Mar e, em troca, buscavam um banho de alfazema e a proteção do orixá mais popular festejado com festas públicas no Brasil.

Foto de Rodrigo Macedo.

A carioca Isabela Moraes reside há seis meses em Ilhéus. Pela primeira vez, neste dia 2 de fevereiro, pôde presenciar o ritual de homenagem a Iemanjá. “Fascinante esse encontro de alegria e de fé”, resumiu. “São cenas que, de fasto, só conseguimos ver e sentir vivendo na Bahia”, completou.

Iemanjá é o orixá do povo Egba, divindade da fertilidade originalmente associada aos rios e desembocaduras. É a protetora dos pescadores, categoria popular que participa dos festejos. No bairro do Malhado, a alvorada aconteceu as 5 horas da manhã. Às 14 horas aconteceu a saída da procissão do Terreiro Sutão das Matas com a imagem de Iemanjá, em direção à litorânea norte. Em seguida, a entrega de oferendas com procissão marítima realizada por pescadores da Colônia Z-34.

Já no bairro Nova Brasília os festejos aconteceram a partir das 9 da manhã, com saudação e cânticos em louvação aos orixás. O local também registrou a apresentação de samba de roda com o grupo Samba de Treita e, a tarde houve a saída do cortejo com os balaios para o alto mar.

Festival Literário de Ilhéus acontece em maio

O Festival Literário de Ilhéus está marcado para os dias 16, 17 e 18 de maio, na Praça Castro Alves e na sede da Biblioteca Pública Municipal Adonias Filho. Para planejar a realização do evento estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira (1), o secretário da Cultura, Pawlo Cidade, o presidente da Academia de Letras de Ilhéus, André Rosa, a diretora da Editus, Rita Argollo, o curador do Festival Literário de Ilhéus (Flios), Fabrício Brandão, o diretor artístico do Dilazenze, Mestre Ney, o diretor de Patrimônio e Inclusão Cultural da Secult, Airton de Carvalho e o presidente da Fundação Pedro Calmon, de Salvador, Zulu Araújo.

De acordo com a coordenação, o festival irá reunir ainda dois grandes eventos do livro: o III Festival Literário de Ilhéus e a VI Feira Universitária da Uesc. Voltado para o livro, a leitura e as diversas formas de acessar conhecimento, alinha-se as práticas políticas de promoção e difusão de informações da Fundação Pedro Calmon, da Secretaria da Cultura de Ilhéus e das demais instituições parceiras envolvidas na proposta.

Com o tema “Leituras democráticas: juventudes, livros e zaps!” o festival terá uma programação com várias oficinas literárias, bate-papos com escritores locais e nacionais com ações desenvolvidas pela Diretoria do Livro e da Leitura e da Diretoria de Bibliotecas, por meio da Biblioteca de Extensão da Fundação Pedro Calmon, pela Editus, Academia de Letras e Secult. :: LEIA MAIS »

Itacaré comemora festa em homenagem a Iemanjá

Foto divulgação.

O município de Itacaré vai comemorar nesta sexta-feira, dia 02 de fevereiro, a tradicional festa de Iemanjá, considerada no candomblé como a rainha das águas. A proposta é reunir os terreiros de todo o município, adeptos das religiões de matriz africana, fiéis, itacareenses e turistas numa grande festa em homenagem a Iemanjá, com muita fé, devoção, presentes, flores, perfumes e o resgate às tradições culturais. A festa conta com o apoio da Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Juventude, esporte e Cultura

De acordo com a programação, a concentração será na praça do Fórum, a partir das 14 horas, com a entrega dos presentes e flores. Em seguida o cortejo passará pelas ruas da cidade, seguindo pela Orla até a Praça do Canhão, onde acontecerão os tradicionais sambas de roda e apresentações de capoeira. Depois acontecerá o cortejo náutico com a entrega dos presentes para Iemanjá. :: LEIA MAIS »

Estudantes da UFSB apresentam vida e obra de poetisas em sarau na comunidade

No último sábado (27), os estudantes do Colégio Universitário da UFSB em Santa Cruz Cabrália realizaram um sarau no distrito de Santo André em homenagem à vida e à obra de poetisas brasileiras. O evento foi um projeto coletivo de intervenção na comunidade do componente curricular Leitura, Escrita e Sociedade. Participaram mais de sessenta pessoas da comunidade local e da comunidade acadêmica.

Intitulado Versos de Mulheres, o sarau aconteceu no Camping Jambo Sana, às margens do Rio João de Tiba. O cenário está marcado pela preservação da Mata Atlântica e pelo ativismo social e cultural dos seus proprietários. Nelson Zippin é agente comunitário de saúde e Vera Zippin é artesã e poetisa. Durante o sarau, a poesia de Vera foi apresentada pela primeira vez a um público mais amplo.

A organização do evento foi conduzida pelas estudantes e pelos estudantes da turma de 2017.2 do Cuni Cabrália. Articulado em três comissões: produção, alimentação e divulgação, o corpo discente constituiu um coletivo que trabalhou nos últimos dois meses no projeto didático de intervenção sob a orientação do professor Álamo Pimentel.

O tema gerador do sarau foi o empoderamento feminino através da poesia. A vida e obra de poetisas como Edna Constant, Carolina Maria de Jesus, Cora Coralina, Cecília Meireles, Hilda Hilst, Adélia Prado e Vera Zippin foram compartilhadas entre todos os presentes.

A abertura do evento ocorreu com o recital de uma oração em Patxohã por estudantes da etnia Pataxó. Além de evocarem as presenças dos seus ancestrais para o sarau, as estudantes e os estudantes indígenas narraram para os presentes as suas lutas pela retomada da fala e da escrita de sua própria língua. :: LEIA MAIS »

Encontro abre inscrições para compositores e bandas autorais do Litoral Sul da Bahia

Compositores e compositoras dos 26 municípios do Território Litoral Sul da Bahia já podem tirar da gaveta suas criações e inscrevê-las no Encontro de Compositores do Litoral Sul da Bahia. Com o objetivo de dar visibilidade às obras autorais de qualquer gênero musical, inclusive instrumental, o evento vai promover mostras no palco do Teatro Municipal de Ilhéus. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até 19 de fevereiro, exclusivamente pelo site www.encontrolitoralsul.com.br, e de acordo com o regulamento.

A curadoria, formada por músicos de reconhecida atuação na região, selecionará oito atrações da categoria individual e oito atrações da categoria banda autoral. Serão consideradas como critérios de seleção letra, harmonia, melodia, arranjo, originalidade e conjunto da obra nas músicas inscritas.

Os selecionados serão conhecidos no dia 26 de fevereiro, no site, e se apresentarão ao longo de quatro mostras musicais que acontecerão entre março e junho.

Podem se inscrever compositores dos municípios de Almadina, Arataca, Aurelino Leal, Barro Preto, Buerarema, Camacã, Canavieiras, Coaraci, Floresta Azul, Ibicaraí, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Jussari, Maraú, Mascote, Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória, Ubaitaba, Una, Uruçuca.

  :: LEIA MAIS »

Exposição de Guido Lima no TMI segue até 15 de março

Exposição de Guido Lima no TMI segue até 15 de março

Surrealismo e poesia. Formas de homens, mulheres e animais pintados em óleo sobre telas fazem da obra do artista plástico Guido Lima uma singularidade. O nu e as cores vibrantes de um pintor com mais de 40 anos de trajetória na arte baiana, encantam. É esta exposição que fica em cartaz na Galeria do Teatro Municipal de Ilhéus até o dia 15 de março.

Guido Lima é natural de Salvador e iniciou sua carreira em 1969 expondo na Galeria Le Dome, em Salvador. Durante todos esses anos participou de diversas exposições e salões de arte. Expôs recentemente no Palacete das Artes em Salvador; na Animapop, em Vitória da Conquista; Centro de Cultura Adonias Filho em Itabuna. Já em Ilhéus, Guido expôs no TMI com “Caminho das Cores” e no evento Aleluia Ilhéus, além de ter participado da 1ª Bienal Latino Americana.

Lima é também cenógrafo e figurinista premiado por duas vezes nos Prêmios Martin Gonçalves e SNT. É professor de Arte, diretor e criador de vários programas para televisão, diretor de estúdios do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB), coordenador de Cultura da Fundação Cultural do Estado da Bahia. Estudou na Universidade Federal da Bahia (UFBA), no curso de Licenciatura em Desenho e Plástica, na Escola de Belas Artes Pintura e Desenho. No momento reside em Ilhéus.

A exposição reúne na Galeria do Teatro, obras inéditas do artista e pode ser visitada durante a semana das 9 às 22 horas, e, aos sábados, das 9 às 23 horas. No domingo, das 9 às 11 e das 17 às 20 horas

Secult promove oficinas de Iluminação Cênica e Elaboração de Projetos Culturais em Ilhéus

Com o objetivo de qualificar e capacitar novos profissionais para o setor em Ilhéus e região, a secretaria municipal de Cultura (Secult) promove a realização de oficinas de Iluminação Cênica e de Elaboração de Projetos Culturais, no próximo mês de fevereiro. A inscrição é gratuita e fica aberta até o dia 31 deste mês, na sede da secretaria, situada à Rua Jorge Amado, 21, no centro histórico da cidade, em horário comercial.

As oficinas fazem parte do programa de formação e qualificação em artes e projetos da atual gestão. NO caso de Elaboração de Projetos Culturais, que acontece nos dias 22 e 23 de fevereiro, a coordenação será do secretário municipal de Cultura, Pawlo Cidade, no período da noite. Já  a oficina de Iluminação Cênica será nas mesmas datas, no período das 14 às 17 horas, sob a supervisão do diretor da Casa de Cultura Jorge Amado, Paulo Rosário.

O secretário Pawlo Cidade explica que as oficinas são ações-piloto que posteriormente serão levadas a diversos bairros de Ilhéus. Uma das propostas do projeto é oferecer aprendizagem e formar mão de obra para atender às demandas do Teatro Municipal de Ilhéus, além de gerar oportunidades de emprego e renda na área da cultura.

Morre Dolores O’Riordan, vocalista da banda The Cranberries

Vocalista do grupo The Cranberries, a cantora Dolores O’Riordan morreu aos 46 anos. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (15) por um representante da banda. Dolores foi vocalista do grupo entre 1990 e 2003 – quando o grupo teve um hiato – e retornou em 2009.

Não há mais informações sobre a morte. O corpo foi encontrado em Londres, onde o Cranberries participaria de uma gravação.

Dolores Mary Eileen O’Riordan Burton nasceu em Ballybricken, na Irlanda, em 1971, a mais nova de sete filhos. A partir de 1992, a banda emplacou hits como “Zombie”, “Linger”, “Dreams”, “Ode to my family” e “Salvation”.

Dolores deixa três filhos, Taylor Baxter, Molly Leigh e Dakota Rain, e o ex-marido, Don Burton.

Confira um dos grande sucessos do The Cranberries na voz Dolores :

 

Turismo: Trilha pela Aldeia Taba Jairy é nova opção de passeio em Ilhéus.

Uma nova opção de passeio surge para turistas e ilheenses que queiram conhecer a cultura indígena do município. A trilha da Aldeia Taba Jairy é o mais novo roteiro turístico em Olivença,  criada e idealizada pela comunidade da Taba Jairy, comunidade do povo Tupinambá de Olivença.

 Os visitantes terão a oportunidade de conhecer um pouco da história e tradições do povo Tupinambá,  além de  caminhar na mata e tomar banho nas águas ferruginosas do Rio Jairy. A aldeia fica localizada após Olivença próxima à Pousada Brisa Mar.

Telefones para agendamento: (73) 99906- 0556 / 98120-9663/ 3269- 1906

Confira a Galeria :

Seleção aberta para 45 vagas de coordenação cultural distribuídas na Bahia

O Instituto Ação Social Pela Música (IASPM), organização social que participa da gestão do Escolas Culturais, tornou público a realização do Processo Seletivo Simplificado para contratação de pessoal, em regime CLT. São ao todo 45 vagas de coordenador cultural, que serão distribuídas na Bahia para atuação no projeto voltado para a ocupação artística e cultural de escolas públicas em todos os territórios do estado.

As inscrições podem ser realizadas exclusivamente via internet, até as 23h59 de 27 de janeiro de 2018. Sob o título “Coordenador Cultural”, o currículo com indicação de cidade para a qual deseja concorrer e a carta de apresentação e motivação (até 2 pgs) devem ser enviados para o e-mail selecao@iaspm.com.br. A carta deve conter uma descrição sucinta da experiência na gestão ou participação em projetos culturais e/ou educacionais e informação sobre pretensão salarial, além de resposta à seguinte questão: Quais as principais dificuldades encontradas pelos grupos culturais e de arte no seu município e como enfrentá-las? Devem também ser encaminhados até três documentos comprobatórios de experiências anteriores.

Informações completas sobre a seleção, requisitos e especificações, além da descrição sumária das funções e a relação dos 45 municípios para os quais se destinam as vagas, estão disponíveis no site do Neojiba. Confira o edital: http://neojiba.org/noticias/selecao-para-coordenador-cultural/

O projeto, que faz parte do Programa Educar para Transformar, é uma iniciativa conjunta das secretarias estaduais da Educação, de Cultura (Secult), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e da Casa Civil, viabilizada pelo Fundo de Combate à Pobreza. O objetivo é fortalecer e dinamizar as escolas, por meio da cultura, em benefício e com a participação da comunidade.

Choco Summer é atrativo a mais para turistas no verão em Ilhéus

Os turistas que visitarem Ilhéus, no litoral sul da Bahia, até 21 de janeiro, tem um atrativo a mais durante esta temporada: a segunda edição do ‘Choco Summer’, evento gratuito que alia a produção do cacau e chocolate da Bahia a outros elementos como gastronomia, música ao vivo e artesanato, além de espaço de entretenimento infantil.

Realizado na Avenida Soares Lopes, o evento tem como um dos principais destaques o Pavilhão do Chocolate, que conta com a participação de 46 expositores, desde cooperativas de pequenos produtores até marcas baianas de chocolate sediadas na Costa do Cacau.

“Além de ser mais uma oportunidade para o turista vivenciar a cultura da região, bastante voltada para o cultivo do cacau e produção do chocolate, a feira é mais um atrativo para ajudar a aumentar o tempo de permanência do turista em Ilhéus”, afirma o secretário do Turismo do Estado, José Alves.

Com apoio de órgãos do Governo do Estado, como a Secretaria do Turismo do Estado (Setur), o Choco Summer é promovido no período em que a cidade registra bons índices de ocupação dos hotéis da cidade. Segundo Marco Lessa, presidente do Costa do Cacau Convention Bureau, instituição organizadora do evento, a taxa de ocupação dos meios de hospedagem de Ilhéus chega a 90%.

É o caso do Cana Brava Resort, que tem todos os apartamentos reservados nesta semana. De acordo com o diretor comercial Rafael Espírito Santo, o empreendimento registra ocupação máxima durante toda a primeira quinzena de janeiro, chegando à taxa média de 85% neste mês. Segundo Rafael, “o evento ajuda a ampliar as alternativas de entretenimento para os visitantes”.

Fonte: Ascom/ Setur

fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia