WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura de ilheus




:: ‘Culinária’

Na décima edição, Festival consolida Ilhéus na rota dos melhores chocolates do mundo

Imagem divulgação.

Antes mesmo do sol se pôr, ontem, 18 de julho, o Centro de Convenções de Ilhéus abriu as portas para mostrar toda a força do Festival Internacional do Chocolate e Cacau. O evento reúne produtores, clientes consumidores e estudantes que transformaram o espaço num ambiente de diálogos sobre a história, os dramas e as conquistas em torno do produto. “Este cenário consolida Ilhéus definitivamente na rota dos melhores chocolates do mundo”, resume o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, que garante o apoio do município à iniciativa. Em sua décima edição, o festival conta com mais de 120 expositores, sendo cerca de 70 marcas de chocolate de origem do Sul da Bahia e Amazônia.

Segundo o empresário Marco Lessa, idealizador do evento, há ainda, expositores de São Paulo, Paraná, Pará, entre outros estados, no sentido de trocar experiências e projetar o futuro dos chocolates. “É preciso considerar aspectos importantes. A região tem uma vocação natural por ser grande, linda, pujante e representar muito bem a história da Bahia e do Brasil para o mundo. Temos um produto incrível que é destino Costa do Cacau – Ilhéus-Bahia-Brasil e o resultado disso tudo é o cacau e o chocolate. O mundo vai consumir cada vez mais chocolate com mais cacau de qualidade e nos tornaremos uma referência nacional”, argumenta. :: LEIA MAIS »

V Festival Sabores de Itacaré comemora resultados positivos

Com 20% a mais de ocupação hoteleira em relação a 2017, Itacaré festeja a V Edição do Festival Sabores de Itacaré, que aconteceu entre os dias 12 e 15 de julho. Turistas de diversos pontos do Brasil e do Mundo puderam conhecer um pouco mais da gastronomia da Costa do Cacau pelas mãos dos chefs da cidade tanto nos restaurantes como na feira gastronomia que celebrou a venda de mais de dez mil pratos.

Nos dias do evento a cidade contou com 80% de ocupação, com pousadas com a marca de 100%. Ao todo foram 40 restaurantes com 50 pratos inscritos, 22 estandes na Feira Gastronômica e a venda de mais de dez mil pratos de até R$ 12,00, cozinha show com mais de 20 receitas ensinadas por 16 chefs e culinaristas, além de feira da agricultura familiar e apresentações culturais e musicais. “Itacaré mostra mais uma vez que o festival gastronômico está consolidado, sendo um dos mais importantes festivais da Bahia e agradecemos a todos os participantes e em especial ao público que veio experimentar a culinária itacareense”, disse o prefeito Antônio de Anízio.

Os pratos dos restaurantes participantes podem ser degustados até o dia 22 de julho. Este ano, o festival tem o tema gastronomia de raiz e a valorização da agricultura familiar, com curadoria de Elibia Portela. Por meio do Escritório Comercial do Peru no Brasil o evento contou com a participação do chef peruano Brict Perez. :: LEIA MAIS »

Eventos movimentam o Festival Gastronômico Sabores de Itacaré

A 5ª edição do Festival Gastronômico “Sabores de Itacaré” começa nesta quinta-feira, dia 12, e vai até o próximo domingo, na avenida Castro Alves, orla da cidade, com uma série de eventos, feiras e atrações. Este ano o tema será Gastronomia de Raiz, aproveitando a grande diversidade gastronômica local. Cada estabelecimento utilizará os produtos da agricultura familiar para a composição dos pratos, valorizando os saberes e fazeres dos chefs e cozinheiros locais.

De acordo com a programação, o festival começa às 8 horas da manhã desta quinta-feira com a Feira da Agricultura Familiar. Às 17 horas começa a Feira dos Artesãos locais, seguindo com a apresentação cultural Dedo de Moça. A abertura oficial do Sabores de Itacaré será às 19 horas contando com a apresentação de autoridades regionais, patrocinadores e dos estabelecimentos que fazem parte do festival. :: LEIA MAIS »

Festival Sabores de Itacaré terá chef internacional

Lomo Saltado, Arroz Chaufa, Planchas de Polvo, Sudado de Peixe, além de Pisco Sour e Chilcanos. Estas são as receitas que serão apresentadas pelo Chef Brict Perez, que irá apresenta na quinta edição do Festival sabores de Itacaré, que acontece entre os dias 12 e 15 de julho. O Chef peruano Brict Perez virá com o apoio do Escritório Comercial do Peru no Brasil e a proposta é fortalecer o intercambio gastronômico entre o Festival Sabores de Itacaré e o Festival Mistura, em Lima – Peru.

Com formação em gastronomia peruana e alta cozin​h​a nas Universidades Libertador e Gastrotur do Peru, Perez realizou treinamentos de cozinha peruana em restaurantes de Lima-Peru com o intuito de ensinar o verdadeiro sabor da cozinha tradicional.

Este ano, o festival gastronômico contará com 40 restaurantes participantes, que apresentam o melhor da gastronomia de Itacaré. Com a curadoria de Elibia Portela, o evento acontecerá em diversos pontos da cidade, com pratos individuais e servindo até quatro pessoas. O evento tem o tema Gastronomia de Raiz, aproveitando a grande diversidade gastronômica local. :: LEIA MAIS »

ACM Neto visita o “novo” Vesúvio em Ilhéus

Samuca Franco, Bruno Reis, ACM Neto, e os administradores do Vesúvio Camilo Watson, Rodrigo Mendonça.

Neste sábado (17), depois de uma agenda política em Vitória da Conquista e Itabuna, o prefeito de Salvador e presidente Nacional do DEM, ACM Neto, deu uma passadinha no famoso bar e restaurante Vesúvio, em Ilhéus.

O Prefeito estava acompanhado de seu vice, Bruno Reis, dos empresários Samuca Franco, Rodrigo Mendonça e Camilo Watson.

ACM elogiou a nova cara do Vesúvio, que passou por reformas e tem uma nova administração, e hoje goza de elogios não só dos turistas, mas também dos nativos.

Produtores de frutas do Vale do São Francisco estimam R$ 570 milhões em prejuízos com a paralisação dos caminhoneiros

Foto divulgação.

Maior exportador de frutas do país, o Vale do São Francisco já contabiliza um prejuízo de R$ 570 milhões ao final do oitavo dia de paralisação dos caminhoneiros. A conta foi apresentada na tarde desta segunda-feira (28), pelo presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR), Jailson Lira.

Segundo o representante do mais importante segmento da economia regional, a paralisação vem atingindo fortemente o setor, que deixou de comercializar nesta semana para os mercados interno e externo 40 mil toneladas de uvas e 60 mil toneladas de mangas, além de mais 200 mil toneladas de outras frutas, a exemplo de acerola, banana, coco e mamão.

“Com todo esse tempo de paralisação, nossas câmaras frias já estão com a ocupação esgotada, não oferecendo mais espaço para o armazenamento das frutas colhidas recentemente. O resultado são pomares e mais pomares com frutas apodrecendo no campo”, lamentou.

Jailson Lira advertiu ainda que 80% da safra a ser colhida essa semana poderá ficar comprometida por falta de mercado. “Além de termos cancelados todos os novos pedidos do mercado interno, outro agravante é a falta de combustível para os tratores e pulverizadores, o que pode ocasionar a perda das safras de exportação de setembro e outubro”, pontuou.

Ao final da reunião, os produtores assinaram um documento, onde reconhecem a legitimidade do movimento dos caminhoneiros, “por que também sentem o alto custo do diesel na atividade agrícola” e solicitam dos poderes competentes a agilização das negociações, liberação das estradas e acessos aos portos, além da agilização dos documentos de liberação das frutas, a exemplo da Permissão de Trânsito de Vegetais (PTV).

Alunos de Gastronomia da FMT recebem Cheff internacional

Alunos da FMT e a delegação de Cabo Verde.

Alunos do curso de Gastronomia da Faculdade Madre Thaís receberam a visita do Cheff Micau Tavares, de Cabo Verde. A visita foi proporcionada pela professora de História e Cultura da Gastronomia, da Faculdade, Merice Rocha

O cabo-verdiano Micau Tavares, é bastante conhecido em seu país e nos países lusifonos pela difusão do consumo da cavala, espécie abundante na costa africana, e outros pratos típicos de seu país. Ele esteve em Ilhéus participando do Street Festival, evento gastronômico internacional que ocorreu no bairro Malhado, no inicio deste mês, onde a professora Merice Rocha realizava um trabalho voluntário junto com o Cheff ilheense Ricco Araújo.

Junto com profissionais da Itália, Grécia, Brasil o cabo-verdiano dividia experiências com a comunidade, em seu caso ensinando a fazer uma “Cachupa” (prato típico país africano). É nesse ambiente de troca de conhecimento que a professora entra em contato com os seus anos para agendar a visita do Cheff a FMT.

Os discentes do primeiro e segundo semestre do curso de Gastronomia da FMT confeccionaram um típico café da manhã nordestino para irmãos africanos. Depois apresentaram cozinha da Faculdade, numa explosão de emoções sentimentos de partilha de conhecimentos de histórias e culturas com a delegação de Cabo Verde.

A professora informou que “o curso de Gastronomia da FMT tem como diferencial a formação de um sujeito crítico e empreendedor, um cozinheiro que entenda seu papel profissional no contexto do mercado de alimentação e que, sobretudo, tenha respeito aos nossos ingredientes, nossa cultura e com o consumidor do seu trabalho. Esse é um curso extremamente antenado com o contexto gastronômico atual, que incentiva o aluno a ser o sujeito da sua formação, que muda realidades e transforma a sociedade, colocando no mercado profissionais éticos, solidários e eficientes tecnicamente”, concluiu.

Inscrições gratuitas – Festival Internacional de Gastronomia e Artes será no CEEP

CEEP Escola do Chocolate Nelson Shaun.

Organizado por jovens voluntários, para outros jovens, o evento gratuito é realizado por um consórcio internacional com participação do Brasil, Itália, Cabo Verde e Grécia nos segmentos do turismo de base comunitária e empreendedorismo social. O SFEST – Festival Internacional de Gastronomia, Sabores e Artes terá oficinas temáticas de artesanato, dança, música, ecobijuterias e aulas-show de gastronomia, de 2 a 5 de maio, de 8h30 às 17h, na Escola do Chocolate Nelson Schaun (CEEP), no Malhado, em Ilhéus. No domingo (06), de 8h30 às 22h, o encerramento incluirá atividades esportivas, Feira de Artes e Artesanato, apresentações de dança, teatro, música e comidas típicas no Festival de Gastronomia na Avenida Litorânea Norte, ao lado da escola.

A participação nas oficinas e no festival de rua é gratuita. As inscrições devem ser feitas, antecipadamente, pelo email cooperbomturismo@hotmail.com ou pelos telefones 73 9 8833 1064 e 73 9 9156 0474. Também é necessária a confirmação no local e dia das oficinas.

Mais de 15 atrações já confirmadas para o II Festival de Forró de Itacaré

Os maiores forrozeiros do Brasil vão estar em Itacaré durante o feriado da Semana Santa, nos dias 30 e 31 de março, no II Festival de Forró. Dentre as atrações já confirmadas estão Targino Gondim, Quinteto Sanfônico do Brasil, Adelmário Coelho, Genival Lacerda e João Lacerda, Mestrinho, Cacau Com Leite, Matheus Boa Sorte, Cicinho de Assis, Marquinhos Café, Rennan Mendes, Sebastian Silva, Gel Barbosa, Trio Baianado, Aran e os Bahiunos, Grupo Cabrueira e DJ Fabravim. O festival será realizado na Praia da Coroinha, orla de Itacaré, e vai contar ainda com aulões de forró e concurso de dança.

A realização é da Prefeitura de Itacaré, com o apoio da Bahiatursa, Governo da Bahia e do deputado estadual Rosemberg Pinto. O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que o festival de forró se consolida como mais um grande evento na cidade e a proposta é ampliar cada vez mais, tornando o município como uma referência na tradição e na cultura nordestina. De acordo com ele, um dos objetivos da festa é trazer de volta o forró pé de serra, também conhecido como forró tradicional, por ser o ritmo original e com a verdadeira identidade e a tradição nordestina. “Vamos fazer uma grande festa, onde todos poderão curtir uma boa música com muita alegria, animação e também com grandes atrações para resgatar a nossa cultura”, complementou o prefeito

A proposta é que Itacaré seja um dos destinos mais procurados da Bahia durante o feriado da Semana Santa, além de consolidar o Festival de Forró como um dos grandes eventos da cidade. De acordo com a programação, no dia 30 se apresentam os grupos Targino Gondim, Genival Lacerda e João Lacerda, Estakazero, Cacau Com Leite, Matheus Boa Sorte, Marquinhos Café, Gel Barbosa e Trio Baianado. Ainda na noite acontecerá a apresentação do DJ Fabrício Fabravim e o aulão de forró com o Grupo Cabrueira.

Já no dia 31 o festival será comandado por Targino Gondim, Quinteto Sanfônico do Brasil, Adelmário Coelho, Mestrinho, Cicinho de Assis, Rennan Mendes, Aran e os Bahiunos e Sebastian Silva. Tudo isso sem contar com a apresentação do DJ Fabrício Fabravim e o concurso de dança com a premiação dos vencedores.

Maior evento de chocolate do Brasil chega à sua 10ª edição em Ilhéus

Com alto teor de cacau selecionado de fazendas do Sul da Bahia, o chocolate de origem é celebrado no maior evento do segmento no Brasil. Entre 18 e 22 de julho será realizado, em Ilhéus, o CHOCOLAT BAHIA, décima edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau. Voltado para consumidores e profissionais da área, o Chocolat atrai anualmente milhares de visitantes, marcando o calendário turístico da cidade e firmando o Sul da Bahia como principal região produtora de chocolate de origem do Brasil. Durante cinco dias, o Festival reunirá mais de 30 marcas de chocolate e cerca de 80 expositores no pavilhão de feiras Centro de Convenções de Ilhéus, além de promover cursos de capacitação, debates sobre temas do setor, rodadas de negócios e palestras ministradas por especialistas internacionais.

A programação do Chocolat Bahia inclui workshops de receitas à base de chocolate com renomados chefs do país, atraindo mais de 60 mil visitantes e gerando mais de 2 mil empregos diretos e indiretos. Visitas a fazendas produtoras de cacau, exposição de esculturas de chocolate e uma vasta programação cultural também integram o Chocolat Bahia. :: LEIA MAIS »

Cacau do sul da Bahia ganha Selo de Indicação Geográfica

O sul da Bahia está em festa. É que foi publicada nesta terça-feira (30), pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), a Indicação Geográfica (IG) da região no que se refere à produção da amêndoa de cacau. Com a conquista da IG, por solicitação da Associação Cacau Sul Bahia, a área passa a contar com o Selo de Origem, o que permite aos produtores valorizarem o trabalho desenvolvido, bem como a produção de cacau e chocolate.

O Selo é concedido a lugares que são conhecidos como tradicionais produtores de um determinado produto ou serviço ou cujas características do produto, quando originário do local, são únicas. No caso do sul da Bahia, conta toda a tradição e história em torno da produção de cacau, como, por exemplo, o modo de produção cabruca, que minimiza o impacto no meio ambiente, ajudando a manter parte da flora e sem eliminar a fauna local.

Para o secretário executivo da Associação Cacau Sul da Bahia, Cristiano Santana, a Indicação Geográfica é um reconhecimento de que a região tem um produto diferenciado, uma história. “É uma narrativa que fala de desenvolvimento regional e econômico através da agregação de valor ao produto amêndoa de cacau da qualidade e da origem. Essa publicação marca o fim de uma etapa e o início de outra que é trabalhar, dentre outras coisas, a qualidade, o marketing e a comunicação em cima da região e seu produto”, ponderou.

A Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), vinculada à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti), através do Instituto Federal Baiano, no Edital de Apoio a Tecnologias Sociais e Ambientais, fez parte de todo o processo para a conquista do Selo, o que envolveu, inclusive, nos últimos anos, aplicação de recursos, por parte da Fundação, no valor de R$ 151 mil. O secretário da Secti, Vivaldo Mendonça, destacou a importância do Selo para a Bahia. “É o reconhecimento que o Sul da Bahia possui características diferenciadas e que nos colocam num patamar elevado para comercialização de nossos produtos”.

Choco Summer é atrativo a mais para turistas no verão em Ilhéus

Os turistas que visitarem Ilhéus, no litoral sul da Bahia, até 21 de janeiro, tem um atrativo a mais durante esta temporada: a segunda edição do ‘Choco Summer’, evento gratuito que alia a produção do cacau e chocolate da Bahia a outros elementos como gastronomia, música ao vivo e artesanato, além de espaço de entretenimento infantil.

Realizado na Avenida Soares Lopes, o evento tem como um dos principais destaques o Pavilhão do Chocolate, que conta com a participação de 46 expositores, desde cooperativas de pequenos produtores até marcas baianas de chocolate sediadas na Costa do Cacau.

“Além de ser mais uma oportunidade para o turista vivenciar a cultura da região, bastante voltada para o cultivo do cacau e produção do chocolate, a feira é mais um atrativo para ajudar a aumentar o tempo de permanência do turista em Ilhéus”, afirma o secretário do Turismo do Estado, José Alves.

Com apoio de órgãos do Governo do Estado, como a Secretaria do Turismo do Estado (Setur), o Choco Summer é promovido no período em que a cidade registra bons índices de ocupação dos hotéis da cidade. Segundo Marco Lessa, presidente do Costa do Cacau Convention Bureau, instituição organizadora do evento, a taxa de ocupação dos meios de hospedagem de Ilhéus chega a 90%.

É o caso do Cana Brava Resort, que tem todos os apartamentos reservados nesta semana. De acordo com o diretor comercial Rafael Espírito Santo, o empreendimento registra ocupação máxima durante toda a primeira quinzena de janeiro, chegando à taxa média de 85% neste mês. Segundo Rafael, “o evento ajuda a ampliar as alternativas de entretenimento para os visitantes”.

Fonte: Ascom/ Setur



setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia