WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hospital sao jose secom bahia prefeitura ilheus transporte ilegal

:: ‘Ambiental’

Obras da Barragem do Rio Colônia entram na reta final

As obras de Barragem do Rio Colônia, em Itapé, estão com 93,77% dos trabalhos concluídos e entram na reta final. Atualmente está sendo realizada a etapa de concretagem do vertedouro das águas e o próximo passo é a parte hidromecânica, que é a execução das comportas. A previsão de conclusão de toda estrutura é até o final de junho.

A Barragem do Rio Colônia, que vai garantir o abastecimento de água em Itabuna, é construída pelo Governo da Bahia, através da Embasa, com investimentos de R$ 108 milhões. A barragem terá um reservatório de 63 milhões de metros cúbicos, com uma área alagada de 1.322 hectares, uma altura de 21,4 metros, e um volume de 35 mil metros cúbicos de concreto, formando um espelho d’água de 25 quilômetros quadrados.

Após a conclusão da infraestrutura, está prevista a construção de adutoras, que levarão a água para distribuição em Itabuna, onde além de garantir o abastecimento da população, contribuirá para a atração de novas empresas.

Sema discute a revitalização da Bacia do Rio Cachoeira

O propósito é promover melhoria a qualidade dos corpos d’água do rio, que corta a cidade de Itabuna.
(Foto: Ronaldo Silva/GOVBA)

A Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) , promovem nesta terça-feira (23) e nos dias 30 e 31 deste mês, respectivamente, consultas públicas nos municípios de Itororó, Ibicaraí e Itabuna, no sul do estado, voltadas à elaboração do Plano de Revitalização da Bacia do Rio Cachoeira, que está inserido no Projeto Cachoeira, do Programa de Desenvolvimento Ambiental (PDA) da Sema.

Nas consultas públicas, serão apresentados os estudos sobre o uso do solo e identificação de nascentes da Bacia do Rio Cachoeira, desenvolvidas pelo consórcio entre as empresas V&S Ambiental/Nemus, contratada por meio do projeto. A ideia é que os agricultores, representantes de assentamentos e das prefeituras tenham conhecimento desses estudos e confrontem os dados com a realidade dessas localidades, para que possam contribuir com propostas para a elaboração do Plano de Revitalização do Rio Cachoeira.

Segundo o secretário estadual do Meio Ambiente, Geraldo Reis, “o objetivo das consultas é dialogar e articular a construção do Plano de Revitalização. É fundamental a participação dos atores regionais, territoriais e locais nesse processo de elaboração de estratégias em prol da revitalização, pois estes são os maiores interessados”. :: LEIA MAIS »

Comitê de Bacias debate situação hídrica em Coaraci

O Comitê de Bacias Hidrográficas do Leste – CBHL realizou essa semana, a 1ª reunião itinerante no município de Coaraci, com entidades públicas, privadas, e a sociedade civil. O objetivo foi de apresentação das ações que estão sendo desenvolvidas nos rios que cortam a região Sul da Bahia, além de encaminhamentos para a regularização do uso da água na região.

Foi apresentado o andamento do projeto de Revitalização do Rio Água Branca, em Itabuna, que está na fase de educação ambiental, limpeza, construção de praças, matas ciliares, conscientização da população, dentre outras ações. O projeto Rio Limpo do Rio Almada, com a recuperação do Rio Jacarezinho, pela UFSB. O projeto de revitalização do Rio Cachoeira, que está sendo feito pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente – Sema.

De acordo com o presidente do CBHL, Luciano Veiga, o encontro permitiu que o Comitê se apresentasse e começasse seu roteiro de apresentação nas micro bacias da região. “A reunião foi positiva, pois permite que os poderes, público e privado sejam atores para a construção de políticas públicas para o meio ambiente, em especial ao potencial hídrico da região”, declarou Luciano. :: LEIA MAIS »

Nota à Imprensa – Prefeitura de Ilhéus

Hoje (17) pela manhã fortes chuvas caíram sobre Salvador e alagaram diversas avenidas da capital e Região Metropolitana. Segundo a previsão do tempo, a chuva pode se estender ao litoral baiano e chegar a Ilhéus nas próximas horas.

Há probabilidade de chuvas para esta madrugada, segundo o Climatempo. Por este motivo, a Defesa Civil encontra-se em estado de alerta.

Caso as chuvas caiam sobre Ilhéus, será restabelecido o monitoramento das áreas de risco. A Defesa Civil de Ilhéus está disponibilizando dois números para alerta ou contato: 98895-8633 e 3234-3597.

Recipiente usado para armazenar substância tóxica é achado em praia de Maraú

Recipiente de produto tóxico foi achado em praia de Maraú (Foto: Divulgação/Secretaria de Meio Ambiente de Maraú)

Um recipiente usado pra armazenar uma substância tóxica foi achado em uma praia de Maraú, no sul da Bahia, segundo informou, nesta terça-feira (16), a Secretaria de Meio Ambiente da cidade. O caso ocorreu na Praia da Folha, localizada na Fazenda Lembrança. Ainda não há informações sobre como o recipiente, que estava vazio, foi parar no local, mas a suspeita do órgão é de que o recipiente, com selo de fabricação da Noruega, tenha sido arrastado pela corrente marítima.

Segundo o coordenador técnico da Secretaria, Jorge Robson, o galão é usado para armazenar uma substância, composta por tetracloroetileno, querosene e nafta, usada para limpeza de cascos de navios. Ele disse que chegou a essa constatação a partir das informações, em inglês, contidas no selo do recipiente.

“É um vasilha que possivelmente foi trazida pelo mar. Deve ter sido de alguma embarcação. Como podemos constatar, trata-se de um produto altamente tóxico, usado para limpar navios. O recipiente estava seco, mas inalava um odor muito forte”, destacou. Robson destacou que o vasilhame foi encaminhado para um galpão e que, depois, será incinerado. Ele ainda disse que não há indícios de impacto ambiental provocado pelo produto.

“Embalamos e levamos para o galpão que fica na fazenda mesmo. A empresa que recolhe o lixo hospitalar na cidade vai ficar responsável por fazer o transporte até o local onde será incinerado. Como estava vazio, não há nenhum indício de dano ambiental, mas vamos monitorar”, disse.

PF combate crimes ambientais no Parque Nacional do Monte Pascoal

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (16), a Operação Desmonte, que visa combater a prática de extração ilegal de madeira e o comércio clandestino de artefatos produzidos com produtos e subprodutos florestais extraídos do Parque Nacional do Monte Pascoal, em Porto Seguro.

A operação conta com o apoio da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA), Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica (CAEMA), ICMBio, IBAMA, Polícia Rodoviária Federal (9ª Delegacia em Eunápolis), Gerência Regional do Trabalho em Eunápolis e do 6º Grupamento de Corpo de Bombeiros de Porto Seguro.

As investigações iniciaram com informações coletadas pela fiscalização do ICMBio, as quais foram ampliadas por meio de diligências policiais realizadas no Distrito de São João do Monte (Montinho), Município de Itabela, o que inspirou o nome da operação.

Ao todo, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão em fábricas, serrarias e depósitos suspeitos de beneficiar, armazenar e revender produtos manufaturados (gamelas, pilões, farinheiras, tábuas de cozinha, colheres, descansos de mesa, etc.) com madeiras supostamente retiradas do interior da mencionada unidade de conservação federal de proteção integral.

Os envolvidos poderão responder pelos crimes de receptação, dano à unidade de conservação e por adquirir, para fins comerciais, madeira e outros produtos de origem vegetal sem licença válida outorgada pela autoridade competente.

Ibama autoriza redução da vazão do Rio São Francisco para 600 m³s

Rio São Francisco terá a menor a vazão da história 600 m³s (Foto: Angela Meurer Moreira/BBC )

Com a autorização do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para redução da vazão do Rio São Francisco, a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf ) já poderá, a partir do dia 18 de maio, iniciar os testes para diminuir a vazão das águas do rio de 700 m³s para 600 m³s.

De acordo com a Autorização Especial N⁰ 11/2017, de 10 de maio de 2017, os testes para as novas reduções nas defluências mínimas devem acontecer nos reservatórios de Sobradinho e Xingó em dois momentos: em Sobradinho a redução vai de 700m³/s para 650m³/s a partir do dia 18 de maio e para 600 m³/s a partir do dia 29 de maio.

Já em Xingó, a redução de 700 m³/s para 650 m³/s começa no dia 22 de maio e a partir do dia 29 de maio cai para 600 m³/s.

A autorização de redução da descarga mínima, que já havia sido autorizada pela ANA, mas aguardava parecer técnico do Ibama, está prevista para ser mantida até 30 de novembro de 2017. :: LEIA MAIS »

Após reajuste de 8,8% na conta, Embasa diminui quantidade de água que consumidor pode utilizar na tarifa mínima

Atualmente, consumidor paga R$ 25,30 na tarifa mínima e pode utilizar até 10 metros cúbicos de água. Com mudança, ele pagará 27,50 e só poderá usar 6 metros cúbicos (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Além do reajuste de 8,8% na conta de água, que será cobrado a partir do mês de junho, a Embasa foi autorizada pela Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa) a diminuir a quantidade de água que o consumidor pode usar para pagar a tarifa mínima. Da forma como é cobrada atualmente, a tarifa mínima é cobrada para quem utiliza até 10 metros cúbicos d e água no mês mas, a partir de agosto, para pagar o valor mínimo, o consumidor só poderá gastar até 6 metros cúbicos de água.

Na prática, um metro cúbico equivale a 1.000 litros, quantidade média de água utilizada durante uma semana por uma família de quatro pessoas. No sistema atual, o valor da tarifa mínima é de R$ 25,30, ou seja, o consumidor paga R$ 25,30 e pode gastar até 10 metros cúbicos de água. Com o reajuste de 8,8% e mais a mudança de sistema, o consumidor só poderá gastar 6 metros cúbicos para pagar a tarifa mínima, que será reajustada para R$ 27, 50.

O pedido de reestruturação no sistema de cobrança da tarifa foi feito pela Embasa em 2016, quando a empresa pediu reajuste de mais de 50% à Agersa, que negou o aumento.

Através de nota, a Embasa afirmou que, no novo sistema, a principal mudança é a criação de uma nova faixa de consumo, entre 7 e 10 metros cúbicos (m³) de água por mês. Com isso, a tarifa mínima cobrada pela Embasa passará a ser aplicada para quem consome até 6m³ mensais. Na nova faixa (7m³ a 10m³), cada metro cúbico excedente do volume mínimo terá o valor de R$ 1,09 na categoria residencial normal, R$ 0,98 na categoria residencial intermediária e R$ 0,76 na categoria residencial social. :: LEIA MAIS »

Projeto “Água é Vida: um direito de todos” é selecionado para segunda fase do Prêmio CNMP 2017

O projeto “Água é Vida: um direito de todos” do Ministério Público da Bahia foi selecionado para a segunda fase do Prêmio CNMP 2017. O resultado foi divulgado nesta sexta-feira, dia 12, pela Comissão de Planejamento Estratégico do Conselho Nacional do Ministério Público (CPE/CNMP). A lista é composta por 45 projetos, sendo cinco iniciativas em cada uma das nove categorias da premiação.

Os três finalistas de cada categoria serão definidos no próximo dia 25 de maio, quando acontecerá a segunda reunião da Comissão Julgadora do Prêmio. Os vencedores serão divulgados no dia 02 de agosto durante a solenidade de abertura do 8º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público.

O “Água é Vida: um direito de todos”, desenvolvido pela Centro de Apoio às Promotorias de Defesa do Consumidor (Ceacon), tem como objetivo monitorar a qualidade e continuidade da água posta à disposição da população.

Prêmio CNMP

A iniciativa do Prêmio CNMP foi criada com o objetivo de dar visibilidade aos programas e projetos do MP brasileiro, que tem atuação destacada no Planejamento Estratégico Nacional do MP. As nove categorias que compõem o Prêmio são: Defesa dos Direitos Fundamentais, Transformação Social, Indução de Políticas Públicas, Redução da Criminalidade, Redução da Corrupção, Unidade e Eficiência da Atuação Institucional e Operacional, Comunicação e Relacionamento, Profissionalização da Gestão e Tecnologia da Informação.

Abertas inscrições para minicursos do Laboratório de Ecologia

Estão abertas as inscrições para o Minicurso “Escalando o topo das árvores: técnicas de acesso”, que será promovido pelo Laboratório de Ecologia, do Departamento de Ciências Biológicas (DCB), da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). De acordo com a professora de Ecologia, Talita Fontoura, só serão aceitas inscrições para os dois dias do minicurso.

Dia 25 de maio, (segunda feira), com inicio às 8h30min e termino às 16h30min e no dia 30 de maio, (terça-feira), das 8 às 11 horas. Basta o interessado escrever para: < lab_ecologia@uesc.br >, até o dia 24-maio, indicando “minicurso de maio”, idade, escolaridade e se é aluno da UESC. Estão disponíveis vagas para 12 alunos.

A professora Talita explica que “o Laboratório de Ecologia (EcoLab) continua a oferecer minicursos com o objetivo de mostrar como o trabalho do biólogo pode ser encontrado em vários lugares além da atividade mais conhecida que é a sala de aula. Nesta segunda edição, o LabEco vai mostrar como biólogos podem subir no topo das árvores para coletar sementes, observar outras plantas que só sobrevivem no topo das árvores e observar pássaros e insetos.”

“O mais incrível é que as técnicas que são utilizadas para chegar ao topo das árvores, são quase as mesmas técnicas usadas no alpinismo. É uma experiência única conquistar o topo das árvores, tocar orquídeas e gravatás que sobrevivem somente lá em cima,” frisa Talita Fontoura.

Os minicursos serão ministrados por professores da UESC, um mestrando do EcoLab e um técnico, tem como alvo estudantes e o público em geral para ver as diferentes aplicações das atividades do biólogo. “Além disso, poderão experimentar como pode ser um dia de trabalho do biólogo,” conclui a professora.

Estrada de Sambaituba, em Ilhéus, ganha patrolamento e encascalhamento

A estrada que dá acesso à localidade rural de Sambaituba, em Ilhéus, está sendo recuperada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Seap), através do Programa de Ações Regionais. Toda a extensão da pista – aproximadamente 12 quilômetros – passa por serviços de patrolamento e encascalhamento. Abrigos de ônibus que tinham sido retirados da zona urbana foram recuperados na oficina da secretaria e serão reinstalados em pontos estratégicos da estrada. Além da sua importância agrícola, Sambaituba também conta com forte apelo turístico, sendo uma das regiões agrícolas de Ilhéus mais visitadas durante o ano.

A manutenção das estradas vicinais de Ilhéus sempre foi um desafio para a administração pública. São estradas fundamentais para o escoamento da produção agrícola municipal. Nos primeiros meses da atual gestão foi elaborado um calendário de ação obedecendo ao critério de emergência de cada localidade. Mais de 100 quilômetros já foram recuperados. Em alguns casos, a pista também foi alargada, facilitando a trafegabilidade de ônibus e caminhões.

O secretário da Seap, Angelito Dias Filho, explica que para executar o programa de recuperação das estradas rurais foi preciso, primeiramente, recuperar a pequena frota de tratores e compactadores da Prefeitura, que, em janeiro, foi encontrada sem condições de uso. De posse do maquinário em condições de funcionamento, o programa passou a ser executado semanalmente com recursos próprios do governo municipal.

Incêndio atinge fábrica em Ilhéus

Um incêndio de proporções catastróficas atingiu o galpão da Daten, na noite da terça-feira (11), empresa de informática situada no distrito Industrial de Ilhéus, situada na Rodovia Ilhéus-Uruçuca, Km 3,5. As chamas se alastraram por toda a fábrica causando enormes prejuízos. Bombeiros trabalharam para conter as chamas. Ainda não se sabe a causa do incêndio.

Clique aqui e veja detalhes do incêndio:

Projeto Praia Limpa ganha apoio e mutirão da Prefeitura

Com o objetivo de conscientizar turistas, proprietários de barracas de praia e banhistas para a importância de preservar o meio ambiente e destinar corretamente o lixo e resíduos sólidos produzidos e encontrados ao longo da orla da zona sul do município, o Lions Clube Ilhéus-Pontal, com o apoio das secretarias de Educação, Planejamento e Desenvolvimento Sustentável e Serviços Urbanos, executou o ‘projeto Praia Limpa’. A ação ocorreu no último domingo, 10, na faixa de areia nas imediações da cabana Guarany até Cururupe.

De acordo com a secretária de Educação, Eliane Oliveira, uma das integrantes do Lions Clube Ilhéus-Pontal, “o ‘Praia Limpa’ é um projeto de educação ambiental, com, a proposta de mudança de hábitos, que trata basicamente de reeducação quanto ao uso das praias e exercício legítimo de cidadania. Esta ação tem como objetivo a preservação da natureza e orientação no que tange a destinação adequada dos resíduos sólidos”, afirmou.

Eliane Oliveira lembrou ainda que esta atividade é realizada no município há 10 anos. “Mas é a primeira que a Prefeitura de Ilhéus apoia a iniciativa. Também distribuímos panfletos educativos alertando o cidadão para que seja o responsável pelo lixo que produz”, ressaltou. Na oportunidade, durante o mutirão de limpeza, homens e máquinas da secretaria municipal de Serviços Urbanos retiraram toneladas de resíduos abandonados na praia ou vindos pelo mar.

Deputado se reúne com secretário de Infraestrutura Hídrica para tratar de situação de emergência de municípios

Com a estiagem prolongada que afeta toda Bahia, o deputado estadual Augusto Castro tem se movimentado em favor de municípios que carecem de estrutura adequada para recursos hídricos. Na tarde da ultima segunda-feira, 27, ele esteve com o Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento do Estado, Cássio Peixoto, para tratar de demandas referentes aos municípios por ele representado. O parlamentar foi acompanhado dos prefeitos Thiancle Araújo, da cidade de Castro Alves, Jadson Albano, de Coaraci, e do vereador Laelson Neves, de Ipirá.

Na reunião foram levadas questões referentes a instalação de poços artesianos para provimento de água potável das localidades e também foi discutida a viabilidade de um sistema simplificado de água para a região. “Esses gestores tem uma preocupação social com suas cidades e vieram aqui em busca de alternativas para oferecer os melhores serviços públicos e de qualidade de vida aos seus cidadãos”, disse.

Ainda no encontro, o deputado apresentou ao secretário pleitos do município de Mansidão, em nome do prefeito Ney Borges, quanto a perfuração de dois poços artesianos e ampliação de adutora para beneficiar os moradores dos povoados e comunidades rurais da cidade.

maio 2017
D S T Q Q S S
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia