WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Ambiental’

Lagoa Encantada: Um paraíso ilheense pedindo ajuda

Por Jamesson Araújo

Paraíso chamado Lagoa Encantada. Foto Jamesson Araújo.

No sábado (18) estive em Lagoa Encantada, local pertencente ao município de Ilhéus, e igualmente abençoando por Deus com muita beleza natural. Qualquer turista ou nativo se apaixona pela simplicidade da comunidade e a vasta opção de passeio ecológico com cachoeiras, nascentes, rios, e claro, a imponente Lagoa Encantada. São 10 km² de espelho de água cercados por mata nativa de uma Área de Preservação Ambiental (APA), com uma distância de 34 km do centro de Ilhéus (sendo 12 km em estrada de terra).

Infelizmente, esse paraíso não é trabalhado profissionalmente pela secretaria de Turismo de Ilhéus e como outros distritos com opções de turismo ecológico sofrem com o amadorismo dos governantes que passaram e que estão atualmente no poder.

Muitos ilheenses se perguntam por que Ilhéus não consegue desenvolver o turismo como carro chefe do município, gerando receita e centenas de postos de trabalho. O que falta? Falta planejamento, profissionalismo, e principalmente colocar na cabeça que o turismo de Ilhéus é diferente de Porto Seguro. Desculpe-me Porto Seguro, mas Ilhéus dá um banho em belezas naturais. A prefeitura de Ilhéus está preocupada com o Carnaval e esquece seu potencial, que é a natureza.

A caminho da Lagoa Encantada enfrentamos uma estrada péssima, com buracos e valetas enormes, que segundo os ribeirinhos atrapalha e muito o acesso de turistas e nativos. O Posto de Saúde funciona precariamente (como em toda cidade) apenas com uma enfermeira, e médico há muito tempo não aparece por lá.

Aconselhamos a secretaria de meio Ambiente a percorrer os 12Km, pois tem muita coisa irregular acontecendo, inclusive uma invasão a APA.

Com a indicação do amigo Gilson Dichera, fomos guiados pelo guia turístico e leitor do Blog Agravo, Jhon Menezes, e por outro amigo, Marcelo, comandante da embarcação. Percorrendo a Lagoa, fomos até o local onde a novela Renascer foi gravada, e ao fundo uma cachoeira imponente de 45 metros de caída, digna de registro (Vídeo). A Lagoa estava cheia, aumentando ainda mais sua beleza. Pelo pouco tempo, não deu para explorar outros locais indicados pelo guia.

Vídeo:

Além da beleza natural, a Lagoa também tem uma culinária maravilhosa, com moquecas de pitu e peixes frescos pescados na própria Lagoa. Almoçamos no restaurante do Sr. Fábio, de frente para a Lagoa, com uma comida sublime, que deixa qualquer restaurante cinco estrelas no chinelo.

No intervalo de 20 minutos de travessia, ouvimos o pedido de ajuda Jhon, que salientou a falta de atenção por parte do poder público. “Durante o verão, chegamos a ter mais de 700 turistas por dia, e não temos o apoio da prefeitura. Os itabunenses conhecem mais a Lagoa do que os ilheenses. 80% são de Itabuna”.  Outro reclame da comunidade é o horário do transporte público, pois o ultimo ônibus sai pontualmente às 16 horas para a Lagoa, impedindo que moradores da Lagoa trabalhem no comércio.

Para se ter ideia da falta de profissionalismo, o secretário Municipal de Turismo só foi na Lagoa apenas uma vez, e mesmo assim ficou no povoado. O interesse do governo municipal é realizar carnaval, gastar milhões e tentar concorrer com Porto Seguro nesse seguimento, que se diga mais uma vez, não é o de Ilhéus. O turismo ilheense é ecológico!

Por que não uma saída do Bairro São Miguel ou Savóia de barcos (turísticos), subindo o Rio Almada, passando por Aritaguá, Sambaituba, chegando a Lagoa Encantada?  Assim como a zona norte, a zona sul também proporciona a mesma opção, que o diga o Rio do Engenho, outro paraíso ilheense.

A culpa da falta de estrutura do turismo ilheense já vem há 30 anos, entra e sai prefeito, e o turismo não é abordado como saída e prioridade para geração de renda e vagas de emprego. Ilhéus, mesmo sem planejamento, atrai milhares de turistas.

Saí da Lagoa ainda mais convicto que Ilhéus é uma cidade abençoada por Deus, e está numa situação econômica difícil por incompetência de nossos governantes.

Galeria de fotos:

Jamesson Araújo é proprietário do Blog Agravo e empresário. 

Defesa Civil em alerta e SDS monta equipe de plantão por causa das chuvas previstas para o final de semana

A Defesa Civil em Ilhéus continua em estado de alerta neste final de semana. Nos últimos cinco dias o município registrou um índice pluviométrico de 96 milímetros, uma volume esperado para 17 dias. Cinco famílias ficaram desalojadas. Uma por alagamento, no bairro Nossa Senhora da Vitória, na zona sul, e outras quatro por perigo de deslizamento de terra, no Basílio. Mas de acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, apesar de atendidas, todas preferiram ser encaminhadas para residências de parentes.

De acordo com a secretária Soane Galvão, a SDS montou uma equipe de abordagem que estará de plantão para avaliação caso surjam novos casos de famílias desabrigadas. A secretaria estará disponibilizando leitos em abrigo institucional para atendimento. A previsão é de que as chuvas persistam durante todo o final de semana. O telefone disponibilizado é 99124-2123.

A Defesa Civil informa que é mantido atualizado um mapeamento de áreas de risco na cidade. Atualmente existem 42 pontos de risco de deslizamento e 32 pontos de alagamento. Dois pluviômetros instalados nos bairros da Conquista e do Malhado ajudam os técnicos da Defesa Civil no diagnóstico da situação nos morros e altos da cidade, em especial.

Ilhéus: Encosta desliza sobre casas após forte chuva e cinco famílias ficam desabrigadas; avenida é interditada

Parte de uma encosta deslizou e atingiu o quintal de duas casas, na quarta-feira (15), em Ilhéus. Ninguém ficou ferido, conforme a Defesa Civil do município.

Por conta do deslizamento, cinco famílias da região foram notificadas e precisaram deixar os imóveis onde moravam. Elas foram levadas para as casas de familiares, temporariamente.

O acidente ocorreu na Avenida Palmares, no bairro Basílio. Parte da via desabou com a encosta e uma grande cratera abriu no local. A pista foi interditada por risco de novos desabamentos.

A suspeita é de que a situação tenha sido provocada pelo mau tempo, com chuvas intensas, que atinge a cidade.

Nesta quinta-feira (16), a previsão do tempo aponta 80% de chances de chuva na região. A temperatura máxima prevista para o município é de 28ºC, e a mínima é de 23ºC.

Com informações do G1 Bahia.

Obras da FIOL deve ser retomadas a partir de março de 2018

Governador Rui Costa se reúne com dirigentes da ERG e da Bamin.
Foto: Paula Fróes/GOVBA

O governador Rui Costa se reuniu, nesta terça-feira (14), com o presidente do conselho de administração do Eurasian Resources Group, Alexander Machkevitch, com o presidente da Bahia Mineração (Bamin), Eduardo Ledsham, e o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, para tratar das ações que devem garantir a retomada das obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e a construção do Porto Sul a partir de março de 2018.

“Tratam-se dos trabalhos preparatórios de meio ambiente, que vão dar as condições para, no final do primeiro semestre, se iniciar a construção do Porto Sul, simultaneamente à retomada das obras da Fiol”, esclarece Bruno Dauster.

À frente da presidência da Bamin há dez dias, Eduardo Ledsham conta que já participou de três reuniões com a Casa Civil e o governador. Ele destacou que “essa parceria tem sido fundamental e tende a melhorar cada vez mais. Tenho percebido uma relação muito boa com o Governo do Estado e a nossa intenção é caminhar juntos, pois se refere a uma iniciativa que é um desafio tanto para o estado quanto para o país”.

TCU aponta indícios de irregularidades no projeto de duplicação da Rodovia Ilhéus – Itabuna

Vista aérea da BR 415/ Rodovia Ilhéus-Itabuna.

O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou, por unanimidade, o relatório anual de consolidação das fiscalizações de obras, o Fiscobras 2017. O documento foi apreciado na sessão plenária do TCU desta quarta-feira (8) e já foi encaminhado ao Congresso Nacional. As informações deverão auxiliar a Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO) para definir a distribuição dos recursos orçamentários para o próximo ano.

Entre as 94 obras auditadas, foram encontrados indícios de irregularidades graves em 72 delas, o equivalente a 76,5% do total. Os achados mais recorrentes foram: projeto inexistente, deficiente ou desatualizado (em 23 obras); e por sobrepreço ou superfaturamento (em 19 obras).

Entre as obras com irregularidades aparece a Adequação (projeto) do Trecho da BR 415, rodovia Ilhéus – Itabuna, sul da Bahia. Segundo o parecer trata de representação formulada pela Secretaria de Controle Externo no Estado da Bahia (Secex-BA) a respeito de possíveis irregularidades ocorridas no âmbito do RDC (Regime Diferenciado de Contratação), conduzido pela Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (Seinfra/BA). Essa obra tem previsão de aporte de recursos federais decorrentes do Termo de Compromisso 1.172/2013, celebrado entre o estado da Bahia e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), tendo como objeto ‘Contratação Integrada de Empresa para Elaboração dos Projetos Básico e Executivo de Engenharia e Execução das Obras de Duplicação pela Margem Direita do Rio Cachoeira, Pavimentação em CBUQ e Obras de Arte Correntes e Especiais na BR-415/BA’,

Das 72 obras com irregularidades graves, apenas 11 receberam indicativo de paralisação (IGP), o que corresponde a 15,3% das classificadas, e 11,7% do total de obras fiscalizadas. São elas: Canal do Sertão (AL); obras de construção da BR-235 (BA) – do Km 282 ao km 357,4; adequação da travessia urbana em Juazeiro (BA), BR 235 e BR 407; construção da fábrica de hemoderivados e biotecnologia (PE); construção da Vila Olímpica (PI); Usina Termonuclear de Angra III (RJ); obras de construção da BR-040 (RJ); construção de centro de processamento final de imunobiológicos (RJ); corredor de ônibus – Radial Leste – trecho 1 (SP); corredor de ônibus – Radial Leste – trecho 2 (SP); BRT de Palmas (TO).

A região Nordeste recebeu o maior número de auditorias (30), correspondendo a dotação orçamentária de R$ 3,4 bilhões. Em seguida, está a região Sudeste, com 24 fiscalizações (R$ 18,7 bilhões). Segundo o ministro Vital do Rêgo, a diferença entre os valores não significa a concentração de investimentos no Sudeste, mas sim, a inclusão do plano de fiscalização de obras da Petrobras, localizado prioritariamente na região.

Sesab abre processo Reda para biólogo

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) abriu inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para contratação de pessoal, por tempo determinado, em Regime Especial de Direito Administrativo – REDA, para a função de Biólogo. As inscrições podem ser feitas no período de 6 a 15 de novembro, através do seguinte endereço: selecao.ba.gov.br

O Processo Seletivo Simplificado será constituído de uma única etapa, Análise Curricular, de caráter eliminatório e classificatório. O contrato terá validade de 01 (um) ano, a contar da data da publicação da Homologação, podendo antes de esgotado o prazo de validade, ser prorrogado uma vez, por igual período.

Estão abertas cinco vagas e os interessados devem ter diploma devidamente registrado, de conclusão em Ciências Biológicas, em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC e registro no Conselho de Classe específico.

Ilhéus: Moradores da zona sul querem impedir doação de área de praça

Moradores da zona sul e de outros bairros da cidade de Ilhéus estão subscrevendo um abaixo-assinado com a finalidade de impedir a doação de uma extensa área verde localizada no Jardim Atlântico, Bairro São Francisco, para construção das novas sedes do Fórum de Justiça e do Ministério Público. O prefeito Mário Alexandre demonstrou o desejo de realizar a doação ao visitar a área acompanhado pela presidente do Tribunal de Justiça.

Os ilheenses, residentes e não residentes naquela região, bem próxima à Praia do Sul, se dizem indignados com o projeto, cuja área verde, integrada ao Loteamento Jardim Atlântico I, da Zona Sul da cidade, seria destinada à urbanização para convivência dos cidadãos e instalação de equipamentos de lazer para o entretenimento das crianças, jovens e idosos, conforme memorial descritivo e planta.

Conforme relato de alguns moradores do local, há alguns meses, a área conservava densa arborização, sendo que ainda hoje se encontram presentes diversos exemplares de madeira de lei, Pau d’arco, Samanea tubulosa, nome vulgar de “infra de pobre” e outras espécies exóticas. Recentemente, prepostos da Prefeitura de Ilhéus manejaram algumas máquinas no local com informações de que fariam campos de areia e quadras poliesportivas, além de área de cooper em volta da praça. Ao fim, a ação resultou na retirada indiscriminada de árvores e de areia, o que desnaturou completamente a paisagem que ali existia. :: LEIA MAIS »

Alerta de chuva é emitido pela Defesa Civil em Ilhéus

Em virtude da forte chuva que começou  a cair sobre a cidade no início da noite desta quinta-feira (2), e diante da previsão de um índice pluviométrico de 50mm até esta sexta-feira (3), a Defesa Civil de Ilhéus está de plantão e em estado de alerta.

De acordo com o coordenador Joandre   Neres, por enquanto a situação é de normalidade. Mesmo assim a Defesa Civil está disponibilizando para esta madrugada o telefone de plantão 988362753 e o WatsApp 981782255.

Segundo informações colhidas pelo Blog Agravo, o Corpo de Bombeiro recebeu registros de várias ocorrência de  árvores caindo e casas destelhadas na noite desta quinta-feira (02), mais felizmente não houve ocorrência mais grave.

Morro de São Paulo inicia nesta quarta-feira (1/11) cobrança de tarifa única para turistas

Morro de São Paulo.

Os turista que chegarem em Morro de São Paulo – município de Cairu, à partir da próxima quarta-feira (1/11), deverão pagar uma tarifa única, no valor de R$ 15,00. Os recursos serão utilizados para melhoria dos serviços turísticos e preservação do patrimônio do Arquipélago de Tinharé. A informação foi divulgada pela Prefeitura Municipal de Cairu, que administra o destino.

A Tarifa por Uso do Patrimônio do Arquipélago (TUPA) tem o objetivo de assegurar a manutenção, restauração, e preservação do patrimônio histórico, cultural, ambiental e estrutural do arquipélago, bem como as condições ambientais e ecológicas da APA Tinharé.

Nesta primeira etapa da cobrança, a mesma só será feita aos turistas que visitarem o Morro de São Paulo. Nas próximas etapas, a tarifa será aplicada também a quem visitar Boipeba, Garapuá, Moreré e a própria sede da cidade. :: LEIA MAIS »

Sema apresenta Plano de Revitalização da Bacia do Rio Cachoeira em Ibicaraí

Rio Cachoeira. Foto de Jamesson Araújo

O Plano Estratégico de Revitalização da Bacia do Rio Cachoeira, coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema), será apresentado para prefeituras dos municípios da bacia e parceiros, nesta quarta-feira (25), às 9h, na Câmara Municipal de Ibicaraí, na região sul. Participam do evento lideranças e beneficiários da região, prefeitos e representantes de instituições e entidades parceiras, como Ceplac, Comitê da Bacia Hidrográfica do Leste, Colegiado Territorial Litoral Sul, universidades e outros.

O Plano Estratégico contempla uma visão de curto, médio e longo prazos, traduzida em três fases de implementação, que contemplam o Plano de Governança, as áreas e estratégias prioritárias de ações de conservação, restauração, manejo florestal, manejo de solo, controle de erosão, mudança de uso do solo, requalificação de malha viária (vias e vicinais), remoção de sedimentos, esgotamento sanitário, contenção de encostas e margens, monitoramento hidrológico. O estudo inclui ainda o planejamento de diversos projetos-pilotos dessas estratégias, para serem implementados nas áreas prioritárias para revitalização.

O Plano Estratégico é uma das etapas do Projeto Cachoeira, inserido no Programa de Desenvolvimento Ambiental (PDA – Bahia), realizado pela Sema e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O investido no Plano é de R$ 1, 4 milhão, sendo que o valor total do Projeto Cachoeira é da ordem de R$ 4 milhões.  :: LEIA MAIS »

Confira a balneabilidade das praias do litoral baiano

Ilhéus: Praia do Malhado mais uma vez imprópria para banho.

A Rede Amostral de Monitoramento da balneabilidade no estado atualmente é composta por 121 pontos, distribuídos em toda a costa baiana. As amostras de água para analises da balneabilidade são coletadas sistematicamente semanalmente, no período da manhã em locais com maior concentração de banhista.

De acordo com a resolução Conama a praia é considerada imprópria quando mais de 20% das amostras coletadas em cinco semanas consecutivas, apresentar resultado superior a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2500 coliformes termotolerantes ou 2000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mL de água.

No período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas através das galerias pluviais, podendo causar doenças. Além disso, é desaconselhável, ainda em dias de sol, o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

Confira os resultados emitidos em 20/10/2017

Salvador

Praias impróprias: São Tomé de Paripe, Periperi, Penha, Bogari, Bonfim, Pedra Furada, Boa Viagem, Canta Galo, Farol da Barra (próximo ao Barra Vento e escada de acesso à praia, em frente a Av. Oceânica), Rio Vermelho (próximo a escada de acesso à praia, em frente à igreja de Nossa Senhora de Santana), Buracão, Amaralina (No fundo da Escola Cupertino de Lacerda, em frente do painel do artista plástico Bel Borba), Pituba, Armação e Boca do Rio.

Baía de Todos os Santos

Praias impróprias: Madre de Deus (sob à ponte em Madre de Deus), Bom Jesus dos Pobres, Cabuçu e Cairu de Salinas.

Costa dos Coqueiros

Praias impróprias: Buraquinho e Rio Pojuca.

Costa do Dendê

Praias impróprias: Não há irregularidades nas praias.

Costa do Cacau ( Ilhéus)

Praias impróprias: Marciano, Cristo e Ceplus Montante.

Costa do Descobrimento

Praias impróprias: Não há irregularidades nas praias.

Em Ibicaraí, Rui entrega sede da Cipe, lança projeto de saúde e plano para revitalizar rio Cachoeira

Em viagem ao sul da Bahia nesta sexta-feira (20), onde visita a cidade de Ibicaraí, o governador Rui Costa participa, às 9h, da entrega da Unidade de Saúde Dr. Ferreirinha. Em seguida, às 10h, inaugura a Base Avançada da Companhia Independente de Polícia Especializada (Cipe Cacaueira), no bairro Mário Cândido.

A partir das 10h40, na Praça da Feira, Rui entrega um trator com implementos agrícolas; autoriza a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a celebrar convênio no âmbito do Programa Bahia Produtiva, nas áreas de fruticultura – cacau e chocolate; lança o projeto Saúde e Bem Estar; e ainda faz o lançamento do Plano Estratégico de Revitalização da Bacia do Rio Cachoeira. Durante a solenidade, o governador também recebe o título de Cidadão Ibicaraiense, proposto pelo vereador José Elias Souza Barbosa.

Ilhéus: Vereadores estão preocupados com a burocracia na liberação na construção do Atacadão Assaí

Área onde o Grupo Assaí será implantado em Ilhéus – Foto José Nazal.

Na última terça-feira (17) alguns vereadores se mostraram preocupados com o andamento processual administrativo na prefeitura para instalação do Atacadão Assaí.

Em conversa com o vice-prefeito José Nazal, o radialista e vereador Gil Gomes (PV) em seu programa matinal, fez vários questionamentos sobre a situação do Assaí, empreendimento que será instalado em Ilhéus.

José Nazal informou que a liberação está em trâmite e que na próxima segunda-feira (23) o Conselho Municipal de Meio Ambiente vai deliberar sobre a situação. Ele explicou ainda que a implantação da obra necessita de uma autorização, que está em curso, para a supressão da vegetação local.

O vice-prefeito afirmou que a instalação do Assaí em Ilhéus será muito benéfica pois além de empregar muitas pessoas vai trazer receita para o município.

O Atacadão será construído numa área do condomínio Cidadede, Rodovia Ilhéus -Olivença, e o investimento anunciado é de 40 milhões, com geração 300 empregos  diretos.

Ouça o áudio da entrevista:

Ilhéus: Comissão de Acompanhamento da Obra discute ponte e novo acesso viário

Além da Prefeitura, outras instituições participam do Grupo de Acompanhamento.

Uma comitiva do Grupo de Acompanhamento da construção da nova ponte e do novo sistema viário que ligará os bairros centro-Pontal, formado por representantes da Prefeitura de Ilhéus e demais instituições, participou de uma reunião de apresentação do andamento dos trabalhos da Construtora OAS, empresa responsável pela execução da obra. Durante a reunião, os engenheiros da construtora apresentaram ao grupo, um panorama do andamento geral da obra, apresentação das licenças ambientais e de segurança, além das atividades de desapropriação que estão sendo executadas pelo governo do estado.

A comitiva foi recepcionada no canteiro de obras pelos engenheiros e técnicos responsáveis da construtora, que fizeram uma explanação sobre a evolução da obra e o atual estágio do empreendimento, que segundo eles, atingiu setenta por cento de fundação pronta e a marca de 460 dias sem acidentes de trabalho, além das políticas de qualidade, segurança, responsabilidade social, saúde e meio ambiente, condicionantes exigidas pelos órgãos fiscalizadores para o início e conclusão da obra. :: LEIA MAIS »

mega turbonet

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia