WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




:: ‘Agricultura’

Ilhéus terá eleição para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Pesqueiro Sustentável

Terminal de Pesqueiro de Ilhéus. Foto Clodoaldo Ribeiro.

A Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Seap) de Ilhéus está convocando a sociedade civil organizada para participar da eleição do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Pesqueiro Sustentável (Comderupes) com atuação no município, marcada para o próximo dia 27. A convocação foi publicada no Diário Oficial Eletrônico, na última sexta-feira (17), por meio do edital nº 001, disponível no site da Prefeitura (http://www.ilheus.ba.gov.br).

A eleição ocorrerá das 9 às 12 horas, no auditório do Terminal Pesqueiro Público de Ilhéus, localizado à Avenida Coronel Misael Tavares, s/n, centro e atende à recomendação do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS), conforme previsto na Lei Nº 3926, de 06 de março de 2018. Além da Seap, o conselho será composto por representantes das secretarias municipais de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Governo, Turismo e Educação. Também farão parte membros de órgãos públicos, sindicatos e associações ligadas aos setores de agricultura e pesca.

De acordo com o edital, somente será admitida a participação no Comderupes das organizações juridicamente constituídas, em regular funcionamento e em conformidade com a legislação vigente. As inscrições dos interessados em participar do processo deverão ser feitas antecipadamente, no Terminal Pesqueiro.

Programa Despertar esclarece moradores do Banco Central sobre a lei dos agrotóxicos

Comunidade do Banco Central discutiu sobre projeto de lei do agrotóxico. Foto divulgação.

O representante da Superintendência do Meio Ambiente do Estado da Bahia, José Clóvis Teles Lunardi, doutor em Educação e engenheiro agrônomo, participou de encontro com moradores do distrito ilheense de Banco Central, na última sexta-feira (10), para explicar à comunidade rural os efeitos do Projeto de Lei (PL) nº 6.299/2002, conhecida como a “Lei do Veneno”, que altera a Lei dos Agrotóxicos. A iniciativa faz parte da agenda de ações do Programa Despertar, implantado no município em 2017, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

O projeto propõe alterações em diversos pontos, como produção, importação e rotulagem, além de tornar mais flexíveis as regras para fiscalização e aplicação dos agrotóxicos. Na opinião de especialistas, trata-se da desregulamentação de todo o aparato de proteção à saúde e ao meio ambiente relacionado aos agrotóxicos em todo o país. Na prática, o projeto isenta empresas que comercializam agrotóxicos de alertarem em suas embalagens os perigos do produto, além de outras situações danosas à saúde humana.

Troca de experiências – A coordenadora municipal, professora Célia Miranda, considerou um “momento de grande aprendizado para agricultores, pais de alunos, professores e funcionários presentes”. Também destacou a participação da diretora escolar, Débora Barbosa, que se interessou pela proposta e cedeu a escola municipal da localidade para a promoção do debate. “É um programa que promove encontros com as comunidades, realizando, despertando e trocando experiências socioambientais”, comentou.

O Programa Despertar foi implantado em Ilhéus para atender crianças e jovens estudantes das escolas da zona rural, levando informações e noções de cidadania e meio ambiente. Desde a sua criação, já envolveu professores e cerca de 4.500 estudantes de 10 localidades e 14 escolas da zona rural do município. Atualmente, 80 municípios baianos integram o Programa Despertar, divididos em 10 núcleos.

Pedro Tavares destaca consolidação do Festival Internacional do Chocolate

Foto divulgação.

A cidade de Ilhéus, no sul baiano, recebeu no último final de semana a 10º edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Bahia, considerado o maior evento de chocolate de origem do Brasil.

O evento já se tornou tradição também no calendário do deputado estadual Pedro Tavares (DEM), que fez questão de destacar o sucesso e consolidação do festival. “Muito feliz em participar de mais uma importante edição do Festival do Chocolate, que se consolidou, se tornou referência na produção de chocolates e, princialmente, passou a ser uma alternativa para alavancar a região cacaueira. Com o sucesso do evento, Ilhéus consegue atrair turistas de todo o Brasil e do mundo, o que movimenta e fortalece a economia local, além de reforçar um novo conceito na região e mostrar a força e a qualidade do nosso chocolate”, afirmou o deputado, que prestigiou o evento ao lado do pré-candidato a deputado federal Luiz Uaquim, o vereador de Ilhéus, Juarez, e amigos da cidade.

A 10ª edição reuniu cerca de 120 expositores, onde foram presentadas mais de 40 marcas de chocolate da região, além de produtos da agricultura familiar, feitos por cooperativas, associações e assentamentos. Durante o festival, também foi realizada a Feira do Chocolate, que promoveu workshops e cursos de gastronomia com receitas à base de chocolate.

Na décima edição, Festival consolida Ilhéus na rota dos melhores chocolates do mundo

Imagem divulgação.

Antes mesmo do sol se pôr, ontem, 18 de julho, o Centro de Convenções de Ilhéus abriu as portas para mostrar toda a força do Festival Internacional do Chocolate e Cacau. O evento reúne produtores, clientes consumidores e estudantes que transformaram o espaço num ambiente de diálogos sobre a história, os dramas e as conquistas em torno do produto. “Este cenário consolida Ilhéus definitivamente na rota dos melhores chocolates do mundo”, resume o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, que garante o apoio do município à iniciativa. Em sua décima edição, o festival conta com mais de 120 expositores, sendo cerca de 70 marcas de chocolate de origem do Sul da Bahia e Amazônia.

Segundo o empresário Marco Lessa, idealizador do evento, há ainda, expositores de São Paulo, Paraná, Pará, entre outros estados, no sentido de trocar experiências e projetar o futuro dos chocolates. “É preciso considerar aspectos importantes. A região tem uma vocação natural por ser grande, linda, pujante e representar muito bem a história da Bahia e do Brasil para o mundo. Temos um produto incrível que é destino Costa do Cacau – Ilhéus-Bahia-Brasil e o resultado disso tudo é o cacau e o chocolate. O mundo vai consumir cada vez mais chocolate com mais cacau de qualidade e nos tornaremos uma referência nacional”, argumenta. :: LEIA MAIS »

10ª edição do Chocolat Bahia – Festival Internacional do Chocolate e Cacau em Ilhéus

Cacau e Chocolate. Imagem ilustrativa.

O maior evento de chocolate do Brasil será realizado entre os dias 18 e 22 de julho, com grandes nomes nacionais e internacionais, no Centro de Convenções de Ilhéus, na Bahia. Durante cinco dias, o Festival Internacional do Chocolate e do Cacau reunirá mais de 40 marcas de chocolate e derivados de cacau e cerca de 120 expositores na Feira do Centro de Convenções de Ilhéus, além de promover cursos de capacitação, debates sobre temas do setor, rodadas de negócios e palestras ministradas por especialistas internacionais. A entrada é gratuita.

Entre os destaques da 10º edição, estão o VI Fórum Brasileiro do Cacau, que conta com painéis de palestrantes nacionais e internacionais discutindo as tendências do mundo do chocolate. O fórum acontece no dia 20 de julho e o ChocoDay no dia 21, e as inscrições poderão ser feitas através do site www.chocolatfestival.com/bahia/2018. No mesmo segmento, marcas de chocolate de origem e derivados do Cacau poderão ser visitadas na Feira do Chocolate, que acontece durante todo o evento. No dia 18, das 19h às 22h; e de 19 a 22 de julho, das 15h às 22h. Workshops e cursos de gastronomia com receitas à base de chocolate também estão na programação.

As crianças garantem espaço no evento com a Cozinha Kids. De 19 a 22 de julho, o espaço funcionará com recreações e minicursos para crianças, com duração média de 30 minutos. As inscrições podem ser feitas no local e a taxa é de R$ 10.

O Chocolat Bahia – 10º Festival Internacional do Chocolate e Cacau conta com o apoio do Estado da Bahia através das secretarias do Turismo, do Desenvolvimento Rural e CAR, de Agricultura, de Ciências Tecnologia e Informação e apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia, assim como da Prefeitura Municipal de Ilhéus, UESC, UESC, CEPLAC, IFBA, BahiaGás, FIEB, Sebrae, Unique, entre outras instituições, e conta com a realização da MVU Eventos, detentora da marca para o Brasil e exterior.

Banco do Brasil destina R$ 103 bilhões para crédito agrícola

 

safra

(Safra agrícola/Arquivo/Agência Brasil)

O Banco do Brasil é o principal agente de financiamento da agricultura brasileira: responde por 60% do crédito disponível para o setor. Neste ano, o governo federal anunciou um total de R$ 194,3 bilhões para o financiamento da safra agrícola 2018/2019. “Eu considero o Banco do Brasil, que é responsável por 60% dos créditos do agronegócio, o grande parceiro da agricultura brasileira. É importante destacar, acima de tudo, a capacidade que o produtor brasileiro teve de se superar, se reinventar e fazer com que o Brasil chegasse aos números que temos hoje”, afirmou Caffarelli.

O lançamento do Plano Safra do Banco do Brasil acontece tradicionalmente na sequência do anúncio do governo federal. Os R$ 103 bilhões serão direcionados ao custeio e ao investimento da produção agrícola, bem como à comercialização dos produtos. No total, o saldo da carteira de crédito agrícola do Banco do Brasil tem R$ 185 bilhões, sendo R$ 43 bilhões para a agricultura familiar, R$ 117 bilhões para grandes empresas e R$ 24 bilhões para empresas de médio porte.

O presidente do Banco do Brasil destacou a importância do setor rural para a retomada do crescimento econômico do país. “O agronegócio talvez seja o grande instrumento que o Brasil tem hoje para a retomada do crescimento econômico. O setor teve participação ativa na superação da crise”, argumentou.

Segundo Caffarelli, a agricultura responde por 23% do Produto Interno Bruto (PIB) e por 44% do total das exportações brasileiras, o que deixa clara a vocação do país para o agronegócio. “Estamos trabalhando para dar continuidade a um trabalho que foi feito, lembrando que a safra 2016/2017 foi a maior de todos os tempos. Nós tivemos 238 milhões de toneladas. Esperamos que a safra 2017/2018 possa atingir números bastante semelhantes. Portanto, começamos uma nova safra com muita expectativa, com muita esperança de continuar esse processo de produção”, disse.

Nos últimos 25 anos, segundo Caffarelli, a área plantada no país cresceu 65%, mas a produção aumentou 375% no mesmo período. Para se chegar a esses índices, disse Caffarelli, houve um forte investimento em tecnologia, pesquisa e desenvolvimento, bem como um estímulo ao crédito, com participação expressiva do Banco do Brasil.

*Com informações da Agência Brasil

Festival Sabores de Itacaré terá chef internacional

Lomo Saltado, Arroz Chaufa, Planchas de Polvo, Sudado de Peixe, além de Pisco Sour e Chilcanos. Estas são as receitas que serão apresentadas pelo Chef Brict Perez, que irá apresenta na quinta edição do Festival sabores de Itacaré, que acontece entre os dias 12 e 15 de julho. O Chef peruano Brict Perez virá com o apoio do Escritório Comercial do Peru no Brasil e a proposta é fortalecer o intercambio gastronômico entre o Festival Sabores de Itacaré e o Festival Mistura, em Lima – Peru.

Com formação em gastronomia peruana e alta cozin​h​a nas Universidades Libertador e Gastrotur do Peru, Perez realizou treinamentos de cozinha peruana em restaurantes de Lima-Peru com o intuito de ensinar o verdadeiro sabor da cozinha tradicional.

Este ano, o festival gastronômico contará com 40 restaurantes participantes, que apresentam o melhor da gastronomia de Itacaré. Com a curadoria de Elibia Portela, o evento acontecerá em diversos pontos da cidade, com pratos individuais e servindo até quatro pessoas. O evento tem o tema Gastronomia de Raiz, aproveitando a grande diversidade gastronômica local. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Itacaré e BB discutem linhas de créditos para agricultura

Foto divulgação.

A Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Agricultura e Pesca, e o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável promoveram nesta quarta-feira, na Câmara de Vereadores, uma reunião com representantes de associações rurais e com o gerente do Banco do Brasil de Itacaré, Leandro Mansur, para discutir sobre a liberação de linhas de créditos do Pronaf. Os recursos do programa serão direcionados para os produtores rurais para que seja utilizados no fomento e desenvolvimento da produção de alimentos da agricultora familiar.

De acordo com o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, a agricultura familiar é de extrema importância não somente por garantir grande parte da produção, como também movimenta a economia do município, da Bahia e do Brasil. Mas para isso é preciso garantir mais linhas de créditos e investimentos para que os produtores possam aumentar a produção e gerar mais empregos e renda. :: LEIA MAIS »

Aberta chamada pública de assistência técnica para mulheres e agroecologia

Antonio Cruz/Arquivo Agência Brasil

Com o objetivo de ampliar a prestação do serviço de assistência técnica e extensão rural (ATER) na Bahia, o Governo do Estado lançou edital de chamadas públicas de ATER, voltadas para mulheres e agroecologia. Os editais foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta terça (19) e quarta-feira (20). A ação é executada pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Superintendência de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), com investimento de mais de R$58 milhões, beneficiando 12.420 famílias.

O edital ATER Agroecologia vai atuar na transição agroecológica, potencializando iniciativas que já estão sendo realizadas no estado. A ação atenderá 7.020 famílias de municípios que integram 17 territórios de identidade da Bahia. As inscrições podem ser realizadas até 20 de julho.

Já o edital ATER Mulheres visa possibilitar a autonomia econômica das mulheres rurais, preferencialmente organizadas em grupos produtivos, potencializando as capacidades de ampliação de renda, a valorização do trabalho realizado por elas e a consolidação de processos de promoção da agroecologia. O edital contemplará 5,4 mil mulheres de municípios de 11 territórios de identidade. As inscrições seguem até o dia 19 de julho. :: LEIA MAIS »

Nazal apresenta trabalho de colocação de marcos territoriais na Câmara de Vereadores

Do Blog do Gusmão.

A Câmara de Vereadores de Ilhéus convidou o vice-prefeito José Nazal (REDE) para apresentar o trabalho de colocação dos marcos territoriais do município. A apresentação será nesta quarta-feira, 20, às 16 horas, no plenário da casa legislativa.

A delimitação “in loco” do território ilheense iniciou no dia 7 de junho e tem a participação dos analistas do IBGE, Geraldo Costa Pinto e Manoel Lamartin Montes, e dos técnicos da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) Walmar D’Alexandria e William José.

Desde 14 de junho o trabalho passou a ter a supervisão de José Henrique da Silva, engenheiro cartógrafo, gerente da base territorial do Brasil na diretoria de geociências do IBGE. A iniciativa pode resultar na colocação dos marcos definitivos, em concreto, que depois de instalados serão certificados pela SEI.

Também será finalizado o projeto de lei para ajuste dos distritos, que será encaminhado à Câmara de Vereadores para análise e votação.

Com os marcos, Ilhéus vai ter sua base territorial preparada para o Censo de 2020, quando será apurado o número real de habitantes do município.

Chocolates de fábrica da agricultura familiar conquistam público em feira internacional

Foto divulgação.

Produzidos a partir do cacau plantado no corredor da Mata Atlântica, no Sul da Bahia, os chocolates da Bahia Cacau, primeira fábrica da agricultura familiar do Brasil, estão presentes na NaturalTech 2018, maior feira especializada em alimentos e produtos naturais da América Latina. O evento é realizado no Pavilhão de Exposição do Anhembi, em São Paulo, até este sábado (9).

Durante a feira, a marca lança a nova embalagem flow pack — prática, econômica, que conserva melhor o produto e prolonga a vida útil. Os visitantes da NaturalTech 2018 poderão degustar e adquirir chocolates especiais nas versões 70%, 60%, 50%, 56,6% e 35% de cacau.

Instalada no município baiano de Ibicaraí, a Bahia Cacau é gerida pela Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba). A unidade — construída pelo Governo da Bahia em 2010, com investimento inicial de R$ 1,5 milhão — beneficia 300 famílias de produtores de cacau do município de Ibicaraí e de cidades do entorno, como Coaraci, Buerarema, Itajuípe, Uruçuca e Floresta Azul.

O representante da Bahia Cacau, Marcos Andrade, destaca que o lançamento das novas embalagens “vai permitir um maior retorno ao cooperado, pois vai ampliar o mercado. Já iniciamos uma parceria com uma rede de lojas de conveniências no Rio de Janeiro e, em São Paulo, com a distribuidora de produtos orgânicos e naturais Agroparaíso”.

O assessor da Mendoá Chocolates, Felipe Menezes, experimentou o chocolate e aprovou. “Já conheço o mercado de chocolate e vejo esse discurso forte do consumidor em querer conhecer a história do chocolate. A Bahia Cacau vem com uma identidade forte, de origem, e ganha o consumidor na maneira que produz, com respeito à natureza e à sociedade”.

Bahia Produtiva :: LEIA MAIS »

XI Feira Agrícola acontece no próximo dia 16

A XI Feira Agrícola, promovida pela Escola Municipal Nossa senhora das Neves acontecerá no próximo dia 16, a partir das 17h na Rodovia Ilhéus-Uruçuca km 10, na sede da escola. O evento contará com várias atividades como, bingo junino, barracas de comidas típicas e venda de produtos da terra, além de apresentações artísticas e forró.



agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia