WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura de ilheus faculdade de ilheus




:: ‘Agricultura’

Semana do Empreendedor valoriza produtores de Uruçuca e região

Foto divulgação.

A Semana do Empreendedor teve início nesta sexta-feira, 19, em Uruçuca e encerra no domingo, 21, no distrito de Serra Grande, com oficinas, palestras, mostra de produtos, apresentações culturais, feira de agricultura orgânica e de serviços. O evento é realizado pela Prefeitura Municipal e integra a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2018 (SNCT), que na região é coordenado pelo Instituto Federal Baiano – Campus Uruçuca, com o envolvimento da população do Território Litoral Sul (26 municípios).

Entre os empreendedores, a dona Maria de Lourdes dos Santos aproveitou a oportunidade para expor os temperos completos produzidos com ervas finas e as cocadas nos mais diversos sabores, ambos os produtos preparados há dois anos de modo artesanal. Segundo ela, a produção aumentou para atender o comércio em Itabuna e cidades circunvizinhas, garantindo a manutenção da fonte de renda da sua família.

O representante da empresa Bahia Cacau, de Ibicaraí, Antônio Flávio Bernardo levou para a feira, as gotinhas de chocolate orgânico, trufas de chocolate e as barras de chocolate ao leite e o puro cacau com o teor de 35 a 70%. De acordo com ele, “a exposição e a comercialização dos produtos garantem uma visibilidade maior da empresa, além da possibilidade de conhecer novas formas fomentar o negócio”. :: LEIA MAIS »

Biofábrica prepara jardim clonal para novos clones de cacau desenvolvidos pela Ceplac

A Biofábrica deu início ao preparo de uma nova área em seu jardim clonal de cacaueiro para a inserção dos novos clones – Cepec 2204 e Cepec 2176 – lançados pela Comissão Executiva da Lavoura Cacaueira (Ceplac), que serão reproduzidos em larga escala por meio de enxertia e miniestaqueamento.

Enxertia é uma forma de multiplicação com a união dos tecidos de duas plantas, cujos benefícios vão da formação de raiz pivotante a uma maior velocidade de desenvolvimento em campo.

Já o miniestaqueamento ocorre com o aproveitamento do potencial juvenil de propágulos para indução do enraizamento, e sua vantagem é a precocidade desse enraizamento. Outra vantagem é que leva menos tempo para ir para o campo e promove um aumento na hegemoneidade das características agronômicas da planta. :: LEIA MAIS »

ANTT abre audiência Pública sobre subconcessão da FIOL no trecho de Ilhéus e Caetité

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou, nesta quarta-feira (29/8), no Diário Oficial da União (DOU), a Audiência Pública nº 10/2018, com o objetivo de colher subsídios, com vistas à subconcessão à iniciativa privada da malha ferroviária da Ferrovia de Integração Oeste-Leste – FIOL, trecho compreendido entre Ilhéus/BA e Caetité/BA.

A Fiol vai ligar Figueirópolis, no Tocantins, ao porto de Ilhéus, no sul da Bahia. Conforme o projeto, serão 1.526 km de extensão. Na Bahia, as obras da Fiol são divididas em FIOL 1 (Ilhéus/ Caetité) e FIOL 2 (Caetité/ Barreiras).

Dos 12 lotes da obra, oito passam pela Bahia, sendo três deles na região oeste, onde a ferrovia é uma esperança para o escoamento de grãos. Conforme a Valec, aprevisão do custo total da ferrovia na Bahia é de R$ 6,4 bilhões. Os outros cinco lotes se dividem entre as cidades de Caetité, no sudoeste do estado, e Ilhéus. Nesse trecho, a obra já chegou a 71,8% do total.

Contribuição 

O período para o envio de contribuições será das 18h de hoje (29/8/2018) às 18h do dia 15/10/2018.

As sessões presenciais da AP nº 10/2018 serão realizadas nas cidades a seguir indicadas:

Sessão Pública: Ilhéus/BA

Data: 21 de setembro de 2018

Horário: 08h30 às 12h00

Local e capacidade serão publicados posteriormente.

Sessão Pública: Brasília/DF

Data: 25 de setembro de 2018

Horário: 14h00 às 18h00

Local e capacidade serão publicados posteriormente.

As informações específicas sobre a matéria, bem como as orientações acerca dos procedimentos aplicáveis à participação da sociedade civil na Audiência Pública nº 10/2018 estarão disponibilizadas, em sua integralidade, no sítio www.antt.gov.br. Informações e esclarecimentos adicionais poderão ser obtidos por meio do envio de correspondência eletrônica ao endereço: ap010_2018@antt.gov.br ou pelo telefone (61) 3410-1887.

Ilhéus terá eleição para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Pesqueiro Sustentável

Terminal de Pesqueiro de Ilhéus. Foto Clodoaldo Ribeiro.

A Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Seap) de Ilhéus está convocando a sociedade civil organizada para participar da eleição do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Pesqueiro Sustentável (Comderupes) com atuação no município, marcada para o próximo dia 27. A convocação foi publicada no Diário Oficial Eletrônico, na última sexta-feira (17), por meio do edital nº 001, disponível no site da Prefeitura (http://www.ilheus.ba.gov.br).

A eleição ocorrerá das 9 às 12 horas, no auditório do Terminal Pesqueiro Público de Ilhéus, localizado à Avenida Coronel Misael Tavares, s/n, centro e atende à recomendação do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS), conforme previsto na Lei Nº 3926, de 06 de março de 2018. Além da Seap, o conselho será composto por representantes das secretarias municipais de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Governo, Turismo e Educação. Também farão parte membros de órgãos públicos, sindicatos e associações ligadas aos setores de agricultura e pesca.

De acordo com o edital, somente será admitida a participação no Comderupes das organizações juridicamente constituídas, em regular funcionamento e em conformidade com a legislação vigente. As inscrições dos interessados em participar do processo deverão ser feitas antecipadamente, no Terminal Pesqueiro.

Programa Despertar esclarece moradores do Banco Central sobre a lei dos agrotóxicos

Comunidade do Banco Central discutiu sobre projeto de lei do agrotóxico. Foto divulgação.

O representante da Superintendência do Meio Ambiente do Estado da Bahia, José Clóvis Teles Lunardi, doutor em Educação e engenheiro agrônomo, participou de encontro com moradores do distrito ilheense de Banco Central, na última sexta-feira (10), para explicar à comunidade rural os efeitos do Projeto de Lei (PL) nº 6.299/2002, conhecida como a “Lei do Veneno”, que altera a Lei dos Agrotóxicos. A iniciativa faz parte da agenda de ações do Programa Despertar, implantado no município em 2017, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

O projeto propõe alterações em diversos pontos, como produção, importação e rotulagem, além de tornar mais flexíveis as regras para fiscalização e aplicação dos agrotóxicos. Na opinião de especialistas, trata-se da desregulamentação de todo o aparato de proteção à saúde e ao meio ambiente relacionado aos agrotóxicos em todo o país. Na prática, o projeto isenta empresas que comercializam agrotóxicos de alertarem em suas embalagens os perigos do produto, além de outras situações danosas à saúde humana.

Troca de experiências – A coordenadora municipal, professora Célia Miranda, considerou um “momento de grande aprendizado para agricultores, pais de alunos, professores e funcionários presentes”. Também destacou a participação da diretora escolar, Débora Barbosa, que se interessou pela proposta e cedeu a escola municipal da localidade para a promoção do debate. “É um programa que promove encontros com as comunidades, realizando, despertando e trocando experiências socioambientais”, comentou.

O Programa Despertar foi implantado em Ilhéus para atender crianças e jovens estudantes das escolas da zona rural, levando informações e noções de cidadania e meio ambiente. Desde a sua criação, já envolveu professores e cerca de 4.500 estudantes de 10 localidades e 14 escolas da zona rural do município. Atualmente, 80 municípios baianos integram o Programa Despertar, divididos em 10 núcleos.

Pedro Tavares destaca consolidação do Festival Internacional do Chocolate

Foto divulgação.

A cidade de Ilhéus, no sul baiano, recebeu no último final de semana a 10º edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Bahia, considerado o maior evento de chocolate de origem do Brasil.

O evento já se tornou tradição também no calendário do deputado estadual Pedro Tavares (DEM), que fez questão de destacar o sucesso e consolidação do festival. “Muito feliz em participar de mais uma importante edição do Festival do Chocolate, que se consolidou, se tornou referência na produção de chocolates e, princialmente, passou a ser uma alternativa para alavancar a região cacaueira. Com o sucesso do evento, Ilhéus consegue atrair turistas de todo o Brasil e do mundo, o que movimenta e fortalece a economia local, além de reforçar um novo conceito na região e mostrar a força e a qualidade do nosso chocolate”, afirmou o deputado, que prestigiou o evento ao lado do pré-candidato a deputado federal Luiz Uaquim, o vereador de Ilhéus, Juarez, e amigos da cidade.

A 10ª edição reuniu cerca de 120 expositores, onde foram presentadas mais de 40 marcas de chocolate da região, além de produtos da agricultura familiar, feitos por cooperativas, associações e assentamentos. Durante o festival, também foi realizada a Feira do Chocolate, que promoveu workshops e cursos de gastronomia com receitas à base de chocolate.

Na décima edição, Festival consolida Ilhéus na rota dos melhores chocolates do mundo

Imagem divulgação.

Antes mesmo do sol se pôr, ontem, 18 de julho, o Centro de Convenções de Ilhéus abriu as portas para mostrar toda a força do Festival Internacional do Chocolate e Cacau. O evento reúne produtores, clientes consumidores e estudantes que transformaram o espaço num ambiente de diálogos sobre a história, os dramas e as conquistas em torno do produto. “Este cenário consolida Ilhéus definitivamente na rota dos melhores chocolates do mundo”, resume o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, que garante o apoio do município à iniciativa. Em sua décima edição, o festival conta com mais de 120 expositores, sendo cerca de 70 marcas de chocolate de origem do Sul da Bahia e Amazônia.

Segundo o empresário Marco Lessa, idealizador do evento, há ainda, expositores de São Paulo, Paraná, Pará, entre outros estados, no sentido de trocar experiências e projetar o futuro dos chocolates. “É preciso considerar aspectos importantes. A região tem uma vocação natural por ser grande, linda, pujante e representar muito bem a história da Bahia e do Brasil para o mundo. Temos um produto incrível que é destino Costa do Cacau – Ilhéus-Bahia-Brasil e o resultado disso tudo é o cacau e o chocolate. O mundo vai consumir cada vez mais chocolate com mais cacau de qualidade e nos tornaremos uma referência nacional”, argumenta. :: LEIA MAIS »

10ª edição do Chocolat Bahia – Festival Internacional do Chocolate e Cacau em Ilhéus

Cacau e Chocolate. Imagem ilustrativa.

O maior evento de chocolate do Brasil será realizado entre os dias 18 e 22 de julho, com grandes nomes nacionais e internacionais, no Centro de Convenções de Ilhéus, na Bahia. Durante cinco dias, o Festival Internacional do Chocolate e do Cacau reunirá mais de 40 marcas de chocolate e derivados de cacau e cerca de 120 expositores na Feira do Centro de Convenções de Ilhéus, além de promover cursos de capacitação, debates sobre temas do setor, rodadas de negócios e palestras ministradas por especialistas internacionais. A entrada é gratuita.

Entre os destaques da 10º edição, estão o VI Fórum Brasileiro do Cacau, que conta com painéis de palestrantes nacionais e internacionais discutindo as tendências do mundo do chocolate. O fórum acontece no dia 20 de julho e o ChocoDay no dia 21, e as inscrições poderão ser feitas através do site www.chocolatfestival.com/bahia/2018. No mesmo segmento, marcas de chocolate de origem e derivados do Cacau poderão ser visitadas na Feira do Chocolate, que acontece durante todo o evento. No dia 18, das 19h às 22h; e de 19 a 22 de julho, das 15h às 22h. Workshops e cursos de gastronomia com receitas à base de chocolate também estão na programação.

As crianças garantem espaço no evento com a Cozinha Kids. De 19 a 22 de julho, o espaço funcionará com recreações e minicursos para crianças, com duração média de 30 minutos. As inscrições podem ser feitas no local e a taxa é de R$ 10.

O Chocolat Bahia – 10º Festival Internacional do Chocolate e Cacau conta com o apoio do Estado da Bahia através das secretarias do Turismo, do Desenvolvimento Rural e CAR, de Agricultura, de Ciências Tecnologia e Informação e apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia, assim como da Prefeitura Municipal de Ilhéus, UESC, UESC, CEPLAC, IFBA, BahiaGás, FIEB, Sebrae, Unique, entre outras instituições, e conta com a realização da MVU Eventos, detentora da marca para o Brasil e exterior.

Banco do Brasil destina R$ 103 bilhões para crédito agrícola

 

safra

(Safra agrícola/Arquivo/Agência Brasil)

O Banco do Brasil é o principal agente de financiamento da agricultura brasileira: responde por 60% do crédito disponível para o setor. Neste ano, o governo federal anunciou um total de R$ 194,3 bilhões para o financiamento da safra agrícola 2018/2019. “Eu considero o Banco do Brasil, que é responsável por 60% dos créditos do agronegócio, o grande parceiro da agricultura brasileira. É importante destacar, acima de tudo, a capacidade que o produtor brasileiro teve de se superar, se reinventar e fazer com que o Brasil chegasse aos números que temos hoje”, afirmou Caffarelli.

O lançamento do Plano Safra do Banco do Brasil acontece tradicionalmente na sequência do anúncio do governo federal. Os R$ 103 bilhões serão direcionados ao custeio e ao investimento da produção agrícola, bem como à comercialização dos produtos. No total, o saldo da carteira de crédito agrícola do Banco do Brasil tem R$ 185 bilhões, sendo R$ 43 bilhões para a agricultura familiar, R$ 117 bilhões para grandes empresas e R$ 24 bilhões para empresas de médio porte.

O presidente do Banco do Brasil destacou a importância do setor rural para a retomada do crescimento econômico do país. “O agronegócio talvez seja o grande instrumento que o Brasil tem hoje para a retomada do crescimento econômico. O setor teve participação ativa na superação da crise”, argumentou.

Segundo Caffarelli, a agricultura responde por 23% do Produto Interno Bruto (PIB) e por 44% do total das exportações brasileiras, o que deixa clara a vocação do país para o agronegócio. “Estamos trabalhando para dar continuidade a um trabalho que foi feito, lembrando que a safra 2016/2017 foi a maior de todos os tempos. Nós tivemos 238 milhões de toneladas. Esperamos que a safra 2017/2018 possa atingir números bastante semelhantes. Portanto, começamos uma nova safra com muita expectativa, com muita esperança de continuar esse processo de produção”, disse.

Nos últimos 25 anos, segundo Caffarelli, a área plantada no país cresceu 65%, mas a produção aumentou 375% no mesmo período. Para se chegar a esses índices, disse Caffarelli, houve um forte investimento em tecnologia, pesquisa e desenvolvimento, bem como um estímulo ao crédito, com participação expressiva do Banco do Brasil.

*Com informações da Agência Brasil

Festival Sabores de Itacaré terá chef internacional

Lomo Saltado, Arroz Chaufa, Planchas de Polvo, Sudado de Peixe, além de Pisco Sour e Chilcanos. Estas são as receitas que serão apresentadas pelo Chef Brict Perez, que irá apresenta na quinta edição do Festival sabores de Itacaré, que acontece entre os dias 12 e 15 de julho. O Chef peruano Brict Perez virá com o apoio do Escritório Comercial do Peru no Brasil e a proposta é fortalecer o intercambio gastronômico entre o Festival Sabores de Itacaré e o Festival Mistura, em Lima – Peru.

Com formação em gastronomia peruana e alta cozin​h​a nas Universidades Libertador e Gastrotur do Peru, Perez realizou treinamentos de cozinha peruana em restaurantes de Lima-Peru com o intuito de ensinar o verdadeiro sabor da cozinha tradicional.

Este ano, o festival gastronômico contará com 40 restaurantes participantes, que apresentam o melhor da gastronomia de Itacaré. Com a curadoria de Elibia Portela, o evento acontecerá em diversos pontos da cidade, com pratos individuais e servindo até quatro pessoas. O evento tem o tema Gastronomia de Raiz, aproveitando a grande diversidade gastronômica local. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Itacaré e BB discutem linhas de créditos para agricultura

Foto divulgação.

A Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Agricultura e Pesca, e o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável promoveram nesta quarta-feira, na Câmara de Vereadores, uma reunião com representantes de associações rurais e com o gerente do Banco do Brasil de Itacaré, Leandro Mansur, para discutir sobre a liberação de linhas de créditos do Pronaf. Os recursos do programa serão direcionados para os produtores rurais para que seja utilizados no fomento e desenvolvimento da produção de alimentos da agricultora familiar.

De acordo com o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, a agricultura familiar é de extrema importância não somente por garantir grande parte da produção, como também movimenta a economia do município, da Bahia e do Brasil. Mas para isso é preciso garantir mais linhas de créditos e investimentos para que os produtores possam aumentar a produção e gerar mais empregos e renda. :: LEIA MAIS »

Aberta chamada pública de assistência técnica para mulheres e agroecologia

Antonio Cruz/Arquivo Agência Brasil

Com o objetivo de ampliar a prestação do serviço de assistência técnica e extensão rural (ATER) na Bahia, o Governo do Estado lançou edital de chamadas públicas de ATER, voltadas para mulheres e agroecologia. Os editais foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta terça (19) e quarta-feira (20). A ação é executada pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Superintendência de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), com investimento de mais de R$58 milhões, beneficiando 12.420 famílias.

O edital ATER Agroecologia vai atuar na transição agroecológica, potencializando iniciativas que já estão sendo realizadas no estado. A ação atenderá 7.020 famílias de municípios que integram 17 territórios de identidade da Bahia. As inscrições podem ser realizadas até 20 de julho.

Já o edital ATER Mulheres visa possibilitar a autonomia econômica das mulheres rurais, preferencialmente organizadas em grupos produtivos, potencializando as capacidades de ampliação de renda, a valorização do trabalho realizado por elas e a consolidação de processos de promoção da agroecologia. O edital contemplará 5,4 mil mulheres de municípios de 11 territórios de identidade. As inscrições seguem até o dia 19 de julho. :: LEIA MAIS »



outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia