WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
transporte ilegal
Aguarde as próximas enquetes...

:: ‘Agricultura’

Augusto Castro entrega trator agrícola ao município de Coaraci

O Trator foi entregue pelo Deputado Augusto Castro ao prefeito de Coaraci, Jadson Albano.

Na manhã deste sábado,23, o prefeito de Coaraci, Jadson Albano, recebeu um trator zero quilômetro das mãos do deputado Estadual Augusto Castro, fruto de uma emenda estadual do parlamentar. Segundo Jadson, este trator vai beneficiar o trabalhador que busca o desenvolvimento no campo, tornando-o mais competitivo com os outros produtores da região.

Esta foi a segunda ação do deputado só este ano no Município. A primeira foram assegurados 400 mil reais para pavimentação junto ao Governo Federal. Segundo ele, estão previstas mais novidades para o próximo ano.” Temos um compromisso com a região do Cacau e Coaraci tem sido um espelho do nosso trabalho. No início de 2018 estaremos contemplando toda a população com benefícios na área da saúde”, comemora o deputado.

Ilhéus: Galo sugere união e resistência de povos tradicionais contra governo Temer

1° Acampamento dos Povos Indígenas do Sul da Bahia reúne lideranças até domingo em Ilhéus.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Marcelino Galo, sugeriu, durante o segundo dia do 1° Acampamento dos Povos Indígenas do Sul da Bahia, que acontece até domingo (24) em Ilhéus, que os povos indígenas, a população quilombola, trabalhadores do campo, pescadores e marisqueiras, acampados e assentados da reforma agrária se unam, em ações coordenadas de resistência, contra o desmonte estrutural de políticas publicas, de Direitos e conquistas sociais e trabalhistas históricas promovido por Michel Temer com o apoio de partidos como DEM, PMDB e PSDB.

Na avaliação do parlamentar, as medidas adotadas pelo Palácio do Planalto em conjunto com o Congresso Nacional visam atender os interesses “mais espúrios da bancada ruralista, um dos braços do golpe parlamentar de 2016”. Galo considera que a violência contra os povos e comunidades tradicionais foi agravada desde o ano passado. Ele acrescenta, por exemplo, que medidas que restringem drasticamente os direitos dos povos indígenas no Brasil à terra vai elevar o conflito agrário.

“Vivemos um momento de ataques, de desmonte estrutural e civilizatório. Os golpistas tomaram o poder central de assalto, e precisam garantir o lucro fácil do capital financeiro e dos ruralistas. Estão unidos por um projeto de exclusão, marginalização e espoliação do povo brasileiro, seja com as reformas da previdência e trabalhista, com o congelamento dos gastos públicos por 20 anos ou com o desmonte de politicas públicas fundamentais à agricultura familiar, à população quilombola, à reforma agrária e aos povos indígenas. Contra esse conjunto de ações dos usurpadores, a única saída é a luta popular, é a união, mobilização e resistência democrática dos povos e comunidades tradicionais. É preciso ocupar as ruas”, enfatizou Marcelino Galo, recordando que apenas em 2017 o governo Michel Temer, através da renúncia fiscal a grandes empresários, abriu mão de R$ 400 bilhões. “É um governo usurpador, ilegítimo, essencialmente corrupto, impopular e vergonhoso. Se não aceitamos ele e nenhum direitos a menos, temos que lutar nas ruas, unidos, contra Temer e o que representa seu consórcio de golpistas”, pontuou o parlamentar, que esteve ao lado de lideranças indígenas, como Cacique Babau e Kânhu Pataxó, e de movimentos sociais.

*Matéria da Assessoria do deputado Marcelino Galo.

Governo decreta situação de emergência em 173 municípios afetados por estiagem

O Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (14) publica decreto de situação de emergência por estiagem em 173 municípios baianos pelo período de 180 dias. Os baixos índices pluviométricos registrados nos últimos anos, que estão afetando quase a totalidade do estado, foram levados em consideração pelo governador Rui Costa para assinar o decreto, fundamentado no Art. 1º da Instrução Normativa Nº 02 do Ministério da Integração Nacional.

A escassez das chuvas tem comprometido a regularidade no fornecimento de água potável e provocado graves prejuízos às atividades produtivas, principalmente à agricultura e à pecuária. Conforme o decreto, que passou pela análise da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), todos os órgãos estaduais devem participar de ações com o objetivo de buscar soluções para restabelecer a normalidade e preservar o bem-estar da população.

Confira a lista dos 173 municípios:
:: LEIA MAIS »

Produtores rurais e lideranças distritais de Ilhéus mobilizados para o CEFIR

Uma equipe da Viasat Geotecnologia e Meio Ambiente, empresa contratada pelo governo do estado para promover o cadastramento de imóveis rurais da Bahia, se reuniu no Centro Administrativo de Ilhéus, no bairro da Conquista, com administradores de distritos e produtores rurais. A ação teve como objetivo explicar o que é, quem deve fazer e quem desenvolve o Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (CEFIR), além do prazo para efetuá-lo e as vantagens obtidas ao aderi-lo. O encontro contou com representantes da secretaria de Governo, além de cerca de 30 líderes administradores, nesta primeira etapa.

Para a coordenadora de projetos da Viasat, Dayane Sales, esta mobilização serviu para esclarecer e desmistificar a partir destas informações, o passo a passo para efetuar o cadastro. “O cadastro é feito gratuito e totalmente digital. O cadastramento do imóvel rural vai garante a regularidade ambiental, valoriza o imóvel e possibilita a obtenção de crédito agrícola nas instituições financeiras”, ressaltou.

Julia Oliveira, também coordenadora de projetos, disse que “as principais barreiras encontradas durante as mobilizações de cadastramento é o fornecimento por parte dos proprietários, de documentos como necessários como: RG e CPF, além do documento de posse de terra regularizada. Sem o documento de posse, fica difícil o agricultor acessar benefícios das políticas públicas, regularização do Imposto Territorial Rural (ITR)”, alertou Julia. :: LEIA MAIS »

Agricultura familiar de Itacaré recebe nova caçamba e retroescavadeira

A agricultura familiar de Itacaré vem recebendo cada vez mais investimentos da Prefeitura, através de parcerias firmadas com o Governo do Estado da Bahia. E neste domingo, dia 03. o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, o deputado estadual Rosemberg Pinto e o secretário Estadual de Relações Institucionais, Josias Gomes, entregaram à comunidade mais uma retroescavadeira e uma caçamba que servirão para ajudar na melhoria das estradas, implantação de tanques para piscicultura e para os diversos projetos desenvolvidos na agricultura familiar.

O evento foi realizado na quadra do distrito de Água Fria e contou com a presença do vice-prefeito Genilson Souza, do presidente da Câmara de Vereadores, Lenoildo Ribeiro, da prefeita de Aurelino Leal, Liu Andrade, secretários municipais, vereadores, autoridades dos diversos segmentos ligados à agricultura, turismo e comércio, representantes das associações de pequenos produtores rurais, órgãos estaduais, do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Litoral Sul, imprensa, empresários, agricultores e membros das mais diversas comunidades do município de Itacaré. Para os pequenos produtores, a entrega desses equipamentos representa mais um grande passo para o desenvolvimento dos projetos e fortalecimento da agricultura familiar.

:: LEIA MAIS »

Martelo batido! PSB vai entrar no governo de Mário Alexandre

Jailson Nascimento vai ocupar secretaria de agricultura na cota do PSB.

O PSB vai participar oficialmente do governo do prefeito Mário Alexandre. Segundo informações colhidas pelo Blog Agravo, a secretaria de Agricultura foi oferecida pelo governo e aceita pelo PSB.

O nome escolhido pelo partido para ocupar a secretaria é o do ex-vereador Jailson Nascimento, que tem o aval não só do diretório, mas dos três vereadores do PSB que compõem a base do governo no legislativo ilheense.

A entrada do PSB oficialmente no governo foi uma articulação direta do secretário de relações institucionais, Alisson Mendonça, do presidente da câmara Lukas Paiva, e dos vereadores Nino Valverde e Fabrício Nascimento.

Consórcios articulam ações para o desenvolvimento sustentável

Wellington Santos, secretário executivo da Fecbahia, Luciano Veiga, Consórcio Litoral Sul e Valdiran Marques secretário executivo do Condesc.

Com o objetivo de construir uma agenda de atividades regionais em comum, o secretário executivo do Consórcio Litoral Sul, Luciano Veiga e da Costa do Descobrimento, Valdiran Marques estiveram reunidos essa semana, em Eunápolis, com o representante da Federação dos Consórcios Públicos da Bahia – Fecbahia, Wellington Santos. Na reunião foram articuladas ações estruturantes para investimentos na agricultura familiar e recuperação de estradas de pavimentação asfáltica e vicinais.

Uma das propostas, segundo Luciano, visa a construção de centros de comercialização com produtos da agricultura familiar ao longo da BR 101, nos municípios de Itabuna, Camacan, Eunápolis e Teixeira de Freitas. Outra ideia visa criar um Sistema Agroflorestal (SAF), consorciado com o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), além de projetos voltados para o cultivo de hortaliças, consorciados com a criação de pequenos animais. :: LEIA MAIS »

Pedro Tavares cumpre agenda em Brasilia e trata sobre fortalecimento da lavoura cacaueira

O deputado Pedro Tavares (PMDB) cumpriu extensa agenda em Brasília na última quinta-feira, 10. Dentre os compromissos realizados no Distrito Federal, o parlamentar participou de uma reunião com o superintendente nacional da Comissão Executiva de Planejamento da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Juvenal Maynart. Tavares estava acompanhado do prefeito de Mutuípe, Digão, o ex-prefeito Béu Rocha, o prefeito de Camacã Oziel, o diretor de Municípios da Secretaria de Governo, Dr. Marcus Calheiras, além dos colegas Leur Lomanto Jr. e Sandro Régis. A pauta principal do encontro foi o fortalecimento da lavoura cacaueira, a lei 13.340/16, que trata da liquidação de dívidas de crédito rural, e o novo panorama da região com a expansão da produção de chocolates finos. Para o parlamentar, a união de todos pela causa é fundamental. “O fortalecimento da lavoura cacaueita sempre foi uma das prioridades do nosso mandado. Fico feliz de receber o apoio e engajamento de outros parlamentares, que se preocupam com a mesma causa!”, declarou Tavares.

Bahia inova e busca desenvolvimento sustentável para o setor cacaueiro

Visando o desenvolvimento sustentável do setor cacaueiro da Bahia, através de ações sinérgicas envolvendo produção, social e meio ambiente, o Programa ‘Cocoa Action’, da Fundação Mundial do Cacau (WFC), foi apresentado na última segunda-feira (7), em reunião promovida pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti), com as secretarias de Desenvolvimento Rural (SDR) e de Desenvolvimento Econômico (SDE), e o Instituto Biofábrica de Cacau.

O Programa prevê a produção de cacau de alta qualidade, que opera em três pilares principais: melhoria da produção, abordando questões como práticas agrícolas e rejuvenescimento de plantações; vida melhor, que busca capacitar as mulheres e eliminar o trabalho infantil; e melhoria do cacau produzido, que abrange a certificação e a construção de relacionamentos de longo prazo em nossa cadeia de suprimentos.

De acordo com o vice-presidente de programas da WCF, Paul. F. Macek, a iniciativa busca fortalecer a base da cadeia produtiva (produção/produtores) e, tendo como exemplo os resultados obtidos com o programa na África, iniciado em quatro países do Golfo da Guiné (Camarões, Gana, Nigéria e Costa do Marfim), tem um aumento geral da produtividade e, consequentemente, crescimento da renda familiar do produtor em 80%. “O ‘Cocoa Action’ só é possível diante de ampla cooperação entre os elos da cadeia produtiva – governo, associações e cooperativas, iniciativas privadas, 3º setor”, acrescentou Paul.
:: LEIA MAIS »

Gestores da agricultura conhecem o projeto “Produtor de Água” de Ibirapitanga

Secretários e técnicos das secretárias da agricultura e meio ambiente dos municípios associados a Amurc conheceram a prática exitosa de preservação das nascentes e de educação ambiental no projeto Produtor de Água. A visita técnica foi realizada na terça-feira, 1º, no município de Ibirapitanga, onde existe a experiência pioneira na Bahia, que se tornou referência nacional.

Para dona Brasilina Supriano Brito Sousa, moradora a 25 anos, da fazenda Boa Vista na comunidade Joaquim da Mata no município Sulbaino, além de apreender a preservar o meio ambiente, teve o apoio da prefeitura para fazer novos cultivos na roça. “Conseguimos recuperar as seringas, plantar banana e cupuaçu”, afirma Brasilina. Ela completa que o projeto ajudou a fundar “a associação de agricultores na comunidade para fortalecer as lutas”.

O projeto do produtor de Água de Ibirapitanga foi norteado pela lei nacional de Pagamento por Serviços Ambiental – PSA, implantado na prefeitura e aprovado pela   Câmara de Vereadores. “Atualmente 23 agricultores são remunerados de 6 em 6 meses pelas práticas de preservação e no atendimento aos critérios do contrato de parceria”, destaca Antônio Almeida Secretário de Agricultura do município.

A visita foi uma iniciativa do Fórum de Secretários de Agricultura e de Desenvolvimento Econômico – Freade, que é presidido pelo secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Maraú, Valdemir Souza Lisboa Filho. Segundo ele, o intercâmbio permitiu aos secretários conhecer mais sobre a Lei que rege o PSA, além dos objetivos e impactos na região. “Os secretários saíram muito animados, e o objetivo é ainda este ano, ter a aprovação da Lei de PSA pelas Câmaras de Vereadores e a sanção pelo Executivo, em 26 municípios associados a Amurc”, declarou.

PAA movimenta economia do pequeno agricultor e melhora vida dos assistidos

“Antes a gente produzia apenas para o nosso consumo. Hoje, o Programa de Aquisição de Alimento (PAA) mudou a nossa vida pois, com o recurso, podemos comprar mais, melhorar nossa terra e escoar nossa produção”, reconheceu o produtor indígena, Leandro Amaral (Xahã), da Aldeia Itapoã, em Olivença. A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Agricultura e Pesca (Seap), entregou ontem (18) e hoje (19), cestas contendo mais de 25 produtos da agricultura às 21 entidades da rede socioassistencial, através PAA. A entrega acontece no Terminal Pesqueiro de Ilhéus e contou com a presença de produtores rurais e de entidades beneficiadas.

Para a agricultora familiar, Alice de Souza Amaral, o bloqueio do PAA na última gestão, prejudicou o processo de escoamento da produção, limitando ganhos. “Todos fomos prejudicados e principalmente a população, pois, deixamos de receber saúde de qualidade com os produtos do campo”, desabafou. “Agora a retomada pelo atual governo, a realidade é outra. Estamos plantando, colhendo e entregando ao município. Além disso, o dinheiro já caiu na conta”, comemorou.

No outro lado da história, a satisfação se repete. “Antes deste programa, tínhamos dificuldade com a alimentação das nossas crianças e adolescentes. A partir do PAA, construímos uma cozinha para fornecer os alimentos e ainda distribuímos às famílias das crianças”, comentou o presidente do Instituto de Reintegração Social Liberdade Para Viver, Charles Santos, que levou para a sede da instituição, cerca de 445 quilos de alimentos.

Segurança – O secretário municipal de Agricultura e Pesca (Seap), Angelito Dias Filho, destaca a garantia que o PAA traz para os produtores rurais, uma vez que, ao participar, o produtor pode planejar suas atividades na perspectiva do ganho garantido. “O programa traz a segurança de que seus produtos podem ser comercializados, gerando renda e minimizando possíveis desperdícios”, disse. :: LEIA MAIS »

Chocolat Bahia: festival espera 60 mil pessoas em Ilhéus

A

Evento aberto ao público começa nesta quinta-feira (20) e segue até domingo.

nona edição do Chocolat Bahia – Festival Internacional do Chocolate e Cacau começa nesta quinta-feira (20) no Centro de Convenções de Ilhéus, Sul da Bahia. Com entrada franca, a expectativa de público é de 60 mil pessoas, superando os 50 mil registrados no ano passado. No pavilhão de feiras, os visitantes encontrarão estandes de mais de 80 expositores, sendo cerca de 30 marcas de chocolate de origem do Sul da Bahia e Amazônia. O evento também promove cursos de capacitação, debates sobre temas do setor, rodadas de negócios e palestras ministradas por especialistas internacionais.

A programação inclui workshops gratuitos de receitas à base de chocolate com renomados chefs do país. Um deles é Lucas Corazza, aclamado confeiteiro e jurado do reality show Que Seja Doce, do canal GNT. Visitas a fazendas produtoras de cacau, exposição de esculturas de chocolate e uma vasta programação cultural também integram o Chocolat Bahia. :: LEIA MAIS »

Una: MPF denuncia três por prejuízo de mais de R$ 1 mi em financiamentos junto ao Banco do Nordeste

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) denunciou Antônio Carlos Araújo dos Santos, Luzimario da Conceição dos Santos e Gilson Liberato de Miranda por crime financeiro. Os três são acusados de auxiliarem Ana Cecília Pinheiro da Cunha (falecida) – então presidente da Associação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar Sem Terra (ATFST) – a obter R$ 1.024.718,52 em financiamentos junto ao Banco do Nordeste (BNB) de maneira fraudulenta. A denúncia foi oferecida em 27 de maio e recebida pela Justiça Federal em 7 de julho.

Em 2006, visando ao assentamento de 32 famílias, a ATFST decidiu adquirir a Fazenda Bury – no município de Una, a 370 km de Salvador – por meio do Programa Nacional de Crédito Fundiário. Para isso, a Associação entrou em contato com a Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA) da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Reforma Agrária, Pesca e Aquicultura no Estado da Bahia, que indicou o servidor público estadual e engenheiro agrônomo Antônio Carlos Santos para vistoriar e avaliar o imóvel. :: LEIA MAIS »

Festival do Chocolate ajuda a manter boa média de ocupação na rede hoteleira de Ilhéus

Eleita por especialistas como um dos melhores destinos de lazer, negócio, gastronomia e entretenimento no Brasil, Ilhéus é uma das cidades mais importantes no cenário do turismo baiano. O município possui uma rede hoteleira com aproximadamente 9 mil leitos, que vão desde empreendimentos de luxo a simples albergues. No mês passado, a excelente quantidade de visitantes refletiu na média de ocupação dos hotéis e pousadas, que registraram índice médio de 80 por cento de ocupação, segundo dados da Secretaria Municipal de Turismo e Esporte (Setur) e empresários do setor hoteleiro.

A alta ocupação vem sendo atribuída aos grandes eventos que ocorreram na cidade, como os Festejos Juninos e as programações do Dia da Cidade. Ilhéus também sediou a 107ª Assembleia Geral Ordinária (AGO), da Convenção das Igrejas Assembleias de Deus na Bahia (Ceadeb) que reuniu 4 mil convencionais, movimentando toda a rede hoteleira, restaurantes e o comércio em geral, trazendo ganhos econômicos significativos para a cidade. :: LEIA MAIS »

setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia