WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hospital sao jose prefeitura ilheus transporte ilegal
Aguarde as próximas enquetes...

:: ‘Agricultura’

PAA movimenta economia do pequeno agricultor e melhora vida dos assistidos

“Antes a gente produzia apenas para o nosso consumo. Hoje, o Programa de Aquisição de Alimento (PAA) mudou a nossa vida pois, com o recurso, podemos comprar mais, melhorar nossa terra e escoar nossa produção”, reconheceu o produtor indígena, Leandro Amaral (Xahã), da Aldeia Itapoã, em Olivença. A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Agricultura e Pesca (Seap), entregou ontem (18) e hoje (19), cestas contendo mais de 25 produtos da agricultura às 21 entidades da rede socioassistencial, através PAA. A entrega acontece no Terminal Pesqueiro de Ilhéus e contou com a presença de produtores rurais e de entidades beneficiadas.

Para a agricultora familiar, Alice de Souza Amaral, o bloqueio do PAA na última gestão, prejudicou o processo de escoamento da produção, limitando ganhos. “Todos fomos prejudicados e principalmente a população, pois, deixamos de receber saúde de qualidade com os produtos do campo”, desabafou. “Agora a retomada pelo atual governo, a realidade é outra. Estamos plantando, colhendo e entregando ao município. Além disso, o dinheiro já caiu na conta”, comemorou.

No outro lado da história, a satisfação se repete. “Antes deste programa, tínhamos dificuldade com a alimentação das nossas crianças e adolescentes. A partir do PAA, construímos uma cozinha para fornecer os alimentos e ainda distribuímos às famílias das crianças”, comentou o presidente do Instituto de Reintegração Social Liberdade Para Viver, Charles Santos, que levou para a sede da instituição, cerca de 445 quilos de alimentos.

Segurança – O secretário municipal de Agricultura e Pesca (Seap), Angelito Dias Filho, destaca a garantia que o PAA traz para os produtores rurais, uma vez que, ao participar, o produtor pode planejar suas atividades na perspectiva do ganho garantido. “O programa traz a segurança de que seus produtos podem ser comercializados, gerando renda e minimizando possíveis desperdícios”, disse. :: LEIA MAIS »

Chocolat Bahia: festival espera 60 mil pessoas em Ilhéus

A

Evento aberto ao público começa nesta quinta-feira (20) e segue até domingo.

nona edição do Chocolat Bahia – Festival Internacional do Chocolate e Cacau começa nesta quinta-feira (20) no Centro de Convenções de Ilhéus, Sul da Bahia. Com entrada franca, a expectativa de público é de 60 mil pessoas, superando os 50 mil registrados no ano passado. No pavilhão de feiras, os visitantes encontrarão estandes de mais de 80 expositores, sendo cerca de 30 marcas de chocolate de origem do Sul da Bahia e Amazônia. O evento também promove cursos de capacitação, debates sobre temas do setor, rodadas de negócios e palestras ministradas por especialistas internacionais.

A programação inclui workshops gratuitos de receitas à base de chocolate com renomados chefs do país. Um deles é Lucas Corazza, aclamado confeiteiro e jurado do reality show Que Seja Doce, do canal GNT. Visitas a fazendas produtoras de cacau, exposição de esculturas de chocolate e uma vasta programação cultural também integram o Chocolat Bahia. :: LEIA MAIS »

Una: MPF denuncia três por prejuízo de mais de R$ 1 mi em financiamentos junto ao Banco do Nordeste

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) denunciou Antônio Carlos Araújo dos Santos, Luzimario da Conceição dos Santos e Gilson Liberato de Miranda por crime financeiro. Os três são acusados de auxiliarem Ana Cecília Pinheiro da Cunha (falecida) – então presidente da Associação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar Sem Terra (ATFST) – a obter R$ 1.024.718,52 em financiamentos junto ao Banco do Nordeste (BNB) de maneira fraudulenta. A denúncia foi oferecida em 27 de maio e recebida pela Justiça Federal em 7 de julho.

Em 2006, visando ao assentamento de 32 famílias, a ATFST decidiu adquirir a Fazenda Bury – no município de Una, a 370 km de Salvador – por meio do Programa Nacional de Crédito Fundiário. Para isso, a Associação entrou em contato com a Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA) da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Reforma Agrária, Pesca e Aquicultura no Estado da Bahia, que indicou o servidor público estadual e engenheiro agrônomo Antônio Carlos Santos para vistoriar e avaliar o imóvel. :: LEIA MAIS »

Festival do Chocolate ajuda a manter boa média de ocupação na rede hoteleira de Ilhéus

Eleita por especialistas como um dos melhores destinos de lazer, negócio, gastronomia e entretenimento no Brasil, Ilhéus é uma das cidades mais importantes no cenário do turismo baiano. O município possui uma rede hoteleira com aproximadamente 9 mil leitos, que vão desde empreendimentos de luxo a simples albergues. No mês passado, a excelente quantidade de visitantes refletiu na média de ocupação dos hotéis e pousadas, que registraram índice médio de 80 por cento de ocupação, segundo dados da Secretaria Municipal de Turismo e Esporte (Setur) e empresários do setor hoteleiro.

A alta ocupação vem sendo atribuída aos grandes eventos que ocorreram na cidade, como os Festejos Juninos e as programações do Dia da Cidade. Ilhéus também sediou a 107ª Assembleia Geral Ordinária (AGO), da Convenção das Igrejas Assembleias de Deus na Bahia (Ceadeb) que reuniu 4 mil convencionais, movimentando toda a rede hoteleira, restaurantes e o comércio em geral, trazendo ganhos econômicos significativos para a cidade. :: LEIA MAIS »

Festival gastronômico movimenta Turismo em Itacaré

Os 30 restaurantes participantes já registram aumento de pedidos dos pratos do festival (Foto: Tatiana Azeviche).

Mais de 10 mil turistas são esperados ao IV Festival Gastronômico Sabores de Itacaré, município da região sul, que acontece desta quinta-feira (13) ao próximo dia 23, com o apoio da Secretaria do Turismo do Estado (Setur), por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo da Bahia (Bahiatursa). O trade turístico local e os gestores anteciparam o festival – que tradicionalmente ocorreria em dezembro – com o objetivo de oferecer novidades gastronômicas durante a temporada de julho. Realizado pela prefeitura local, o evento é um atrativo a mais para os visitantes das regiões do País onde este mês é de férias escolares. :: LEIA MAIS »

Ponte de acesso a Maria Jape e Japu está sendo desobstruída pela Prefeitura

A ponte que dá acesso à comunidade de Maria Jape e do Japu, em Ilhéus, está passando por um processo emergencial de desobstrução. Homens e máquinas trabalham no local, após as fortes chuvas que caíram sobre a região nos últimos dias, elevando o nível do rio Cachoeira, produzindo o acúmulo de baronesas e entulhos na estrutura de concreto que liga o Banco da Vitória à estas localidades.

De acordo com informações do secretário municipal de Agricultura e Pesca (Seap), Angelito Dias Filho, as chuvas também causaram estragos em diversas estradas vicinais do município. Ele alerta que somente após o fim das chuvas é que será possível iniciar uma ação emergencial para recuperar diversos trechos.

A malha rural de Ilhéus é complexa e extensa. São cerca de 1.200 quilômetros de estradas vicinais, o equivalente a uma distância entre Ilhéus e o Rio de Janeiro. Nos primeiros meses da atual gestão mais de 250 quilômetros foram recuperados. Sambaituba, Carobeira, Retiro, Aderno, Tibina, Lagoa Encantada, Ponta da Tulha, Vila de Mamoan, Paraíso do Atlântico, Joia do Atlântico, Castelo Novo e Ponta do Ramo são algumas das localidades já beneficiadas pelos serviços de ação regional.

Votação do PL de autoria do Deputado Federal Bebeto que dispõe do aumento da massa do cacau nos Chocolates e seus derivados ocorre nesta quarta (05)

 O Projeto de Lei nº 919/2015 de autoria do Deputado Federal Bebeto (PSB) que dispõe sobre o aumento da massa do cacau nos chocolates e seus derivados está na pauta desta quarta-feira (05), para votação às 09h30 na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços no Plenário 05 da Câmara dos Deputados. O PL estabelece o percentual mínimo de cacau nos produtos que especifica, nacionais e importados, comercializados em todo o território nacional e torna obrigatória a informação do percentual total de cacau nos rótulos desses produtos.

De acordo com Bebeto essa será uma importante votação, pois o PL, fruto de um intenso debate, apresenta grande importância para a economia brasileira, pois possibilita a valorização do produtor e protege o consumidor que passará a ter acesso a produtos de qualidade. “Quando se aumenta a massa de cacau na industrialização do chocolate, aumenta o nível de produção e provoca uma melhora comercial para quem produz, fortalecendo a agricultura e a economia. Também passamos a proteger melhor o consumidor, pois com esse projeto daremos um basta ao consumo de massa hidrogenada no lugar do cacau, comemos açúcar achando que é chocolate”, destaca Bebeto.

O Projeto de lei do Deputado Federal Bebeto, está apensado, junto com outros três projetos, ao PL nº 851/2011 que é o principal. O relatório é do Deputado Helder Salomão PT/ES.                A votação pode ser acompanhada pelo site da Câmara http://www2.camara.leg.br/.

Agricultura familiar de Ilhéus e região é estimulada em convênios de fruticultura

O governador da Bahia, Rui Costa, autorizou ontem (29) pela manhã, em Ilhéus, a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural a celebrar três convênios de fruticultura voltados para a lavoura do cacau. Durante o evento, que contou com a presença do prefeito Mário Alexandre, Rui também entregou um caminhão frigorífico para a Associação Territorial de Agroecologia dos Povos da Cabruca e da Mata Atlântica (TEIA).

“Hoje estamos concluindo mais uma etapa que significa 13 milhões de reais assinados com associações e cooperativas de Ilhéus e região”, explicou Rui Costa. “Acredito que melhorando a renda da agricultura na Bahia, dos agricultores em especial, estamos fortalecendo o comércio e melhorando a economia regional”, afirmou. A determinação do estado, em parceria com a Prefeitura, é mobilizar a agricultura para aumentar a produção e gerar mais renda em Ilhéus e nas cidades regionais beneficiadas pela iniciativa.

Segundo Rui Costa, um empréstimo no valor de 159 milhões de reais foi realizado junto ao Banco Mundial destinado às associações e cooperativas do estado, em contratos já assinados. O litoral Sul, possui 31 projetos, totalizando 13 milhões de reais, sendo que, em Ilhéus, 3 associações estão contempladas. Mais de 3 milhões de reais, foram destinados à Agricultura Familiar. Na Bahia, cerca de 700 mil famílias sobrevivem da agricultura familiar. São mais de 3 milhões de pessoas assistidas. :: LEIA MAIS »

Agricultura familiar será destaque no Festival Sabores de Itacaré

Foto: André Frutuôso/SDR

A agricultura familiar é o tema da IV edição do Festival Sabores de Itacaré, que será realizado no período de 13 a 23 de julho, no município de Itacaré, no Território Litoral Sul. O lançamento do festival aconteceu nesta terça-feira (13), na Casa do Comércio, em Salvador. O evento tem apoio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), da Superintendência de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) e da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf).

Presente no lançamento do festival, a superintendente da Bahiater, Célia Watanabe, destacou que a organização do evento acerta ao associar a gastronomia aos produtos saudáveis da agricultura familiar. Segundo ela, esse enfoque dá visibilidade à produção rural, impulsiona a economia local, gera emprego, renda, e contribui com a valorização das pessoas que produzem o alimento que chega a nossas mesas.

“É imprescindível que os agricultores e agricultoras familiares, assentados e assentadas da reforma agrária, quilombolas e os povos e comunidades tradicionais, que produzem alimentos no Litoral Sul, percebam que os pratos do festival contemplam a força de seu trabalho e serão expostos pelos grandes chefs de cozinha. A gastronomia também é feita com o esforço do homem e da mulher do campo, que cuidam da conservação do solo, do plantio e da colheita, para que a gente tenha produtos de qualidade para consumir”, explicou Watanabe.

:: LEIA MAIS »

Encontro reúne agricultoras familiares do Sul da Bahia

Ceplac.

Cerca de 200 mulheres de 30 municípios dos Territórios de Identidade Litoral Sul, Baixo Sul, Médio Rio de Contas, Vale do Jequiriçá e Costa do Descobrimento participam, em Ilhéus, do Encontro de Agricultoras Familiares da Região Cacaueira, nos dias 6 e 7 de junho. O evento promovido pela Ceplac, com o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), tem como objetivo o fortalecimento da organização das agricultoras e a execução de projetos produtivos possibilitem a geração de trabalho e renda e o empoderamento da mulher.

Célia Watanabe, superintendente de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Rural, afirma que “essa parceria entre o Governo do Estado e a Ceplac busca integrar as ações e ampliar os projetos de apoio à agricultura familiar. É fundamental dar visibilidade ao trabalho das mulheres na área rural, inclusive incentivando a comercialização dos produtos, agregando renda às famílias”. Para Maria de Lourdes Novaes Schefler, da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, a atuação da mulher é “indispensável na agricultura e nesse contexto é preciso que ela possa assimilar novos conhecimentos para diversificar e ampliar a produção, consciente de seu papel na família e na sociedade”.

O superintendente regional da Ceplac, Antonio Zugaib, explica. “Buscamos despertar o potencial da mulher, que tem se destacado em várias áreas e vamos fortalecer esse papel também no empreendedorismo rural, oferecendo condições para que elas desenvolvam a parte tecnológica, de organização e agregação de valor da produção, como fabricação de doces caseiros, polpas de frutas e de chocolate”. :: LEIA MAIS »

Presidente da Amurc apresentou ações para o meio ambiente e a economia regional

No dia de comemorações ao Meio Ambiente, o prefeito de Itacaré e presidente da Amurc, Antônio de Anízio participou da abertura do 3º Encontro Baiano de Agrossilvicultura, que iniciou na segunda-feira, 5, em Itabuna, e segue até sexta, 9, com palestras, mesas-redondas e minioficinas voltadas para: regularização ambiental das fazendas de cacau e agropastoris, além do uso da terra recurso e do recurso da água nas propriedades rurais.

No evento, Antônio de Anízio falou sobre as ações de reflorestamento de mananciais que estão sendo realizadas no município de Itacaré, com o objetivo de valorizar a água, como um recurso imprescindível para a preservação do meio ambiente, e, consequentemente o desenvolvimento da economia local. Ao mesmo tempo, o gestor, que é natural da zona rural, ressaltou “a importância da tecnologia como mecanismo fundamental para inovar em prol da nossa população”.

Ainda na sua fala, o prefeito defendeu a participação da Amurc na comissão de revitalização da Ceplac, com o objetivo de fortalecer as ações de valorização do cacau e a diversificação de outras culturas. Em conjunto com o Fórum de Secretários de Agricultura e Meio Ambiente – Freade, o gestor destacou que a entidade tem apoiado a campanha de mobilização para a aprovação do projeto (PLS 93/2015) que propõe o aumento de 35% da quantidade de cacau no chocolate produzido no Brasil. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Itacaré intensifica trabalho de regularização fundiária na zona rural

O trabalho de regularização fundiária no município de Itacaré continua para que o agricultor possa ter o título definitivo de sua propriedade e sejam incluídos em vários benefícios. E nesta quarta-feira a Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Agricultura e Pesca, estará realizando o atendimento para a regularização fundiária em novas localidades. Pela manhã será na região do Toco Preto, na Fazenda de Dr. Jackson. Já na parte da tarde será para os agricultores região de Limoeiro e Cachimbo Seco, que devem se dirigir para a fazenda de Zé de Antoninho. Já na quinta-feira, dia 8, o atendimento da regularização fundiária será para os agricultores da região do São Gonçalo, que deverão se deslocar para o Conjunto São Pedro.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, explica que com a regularização fundiária o agricultor terá uma série de benefícios, como o recebimento do título da terra gratuitamente, a garantia de segurança jurídica através do sistema de registro público, acesso às políticas públicas dos governos como o crédito e a assistência técnica e passará a ter informações precisas sobre o imóvel rural. Tudo Isso, segundo explica Antônio de Anízio, sem contar que a propriedade passará a ser muito mais valorizada, daí a importância de todos comparecerem para fazer a regularização.

O secretário de Agricultura e Pesca, Humberto Matos, adianta que podem fazer a regularização fundiária o agricultor familiar, aqueles que possuírem propriedades de zero a 100 hectares e os que residirem há mais de cinco anos nas terras. Ele informou que esse trabalho já está sendo feito em diversas comunidades da zona rural de Itacaré. No último dia 24 foi feito o trabalho com os agricultores da região dos Quirinos.

Para a regularização fundiária os agricultores deverão comparecer munidos dos seguintes documentos: originais e duas cópias do RG e CPF do titular e do esposo(a), se for casado no civil, além da certidão de casamento e a presença do cônjuge no dia do cadastro e se viúvo ou divorciado, levar as respectivas certidões. Da propriedade é preciso levar o recibo de compra e venda, termo de declaração do ITR e declaração de vizinhança, em original e cópia.

Prefeito de Ilhéus destaca importância da aquisição e distribuição de alimentos da agricultura familiar

Rita dos Santos é presidente da Associação dos Pequenos Agricultores e Moradores da Região de Maria Jape, zona rural de Ilhéus. Filha de trabalhadores do campo, durante muitos anos acompanhou os pais quando eles comercializavam a pequena produção na extinta feira da Dois de Julho. “Era um tempo difícil. Eles produziam pouco e não existia uma expectativa de venda”, lembra.

Hoje, liderando um grupo de 43 pequenos agricultores da sua localidade, Rita comemorava a parceria com a Prefeitura de Ilhéus, que adquiriu boa parte da safra produzida pela comunidade através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

“Trata-se da valorização do homem e da mulher do campo. Mas é, também, um gesto solidário e de reconhecimento às entidades que, mesmo diante dos parcos recursos que dispõe para a sua manutenção, se dedicam ao próximo, aos que mais precisam”, disse o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre Sousa, ao visitar o centro de distribuição dos produtos in natura, no Terminal Pesqueiro do Município.

Metade do programa executada em prazo recorde :: LEIA MAIS »

Governo garante mais R$ 70 milhões para agricultura familiar

Rui anunciou que, até julho, 170 tratores agrícolas chegarão ao interior para ajudar a agricultura familiar

Por meio do Governo do Estado, estão assegurados mais R$ 70 milhões para a agricultura familiar na Bahia. Em evento realizado na União dos Municípios da Bahia (UPB), em Salvador, na manhã desta quarta-feira (31), o governador Rui Costa assinou a adesão do Estado ao programa Garantia-Safra – que destina renda mínima para até 345 mil famílias que perderem a lavoura – e anunciou novas ações do Bahia Mais Forte, programa estadual executado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Para Rui Costa, o Garantia-Safra “é importante porque significa recursos que entram nos municípios baianos para as famílias dos agricultores no caso de uma seca, como a que tivemos no último ano”. Além de garantir recurso para aqueles que perderam sua lavoura, o Governo do Estado também está dando as condições para os agricultores familiares que podem manter sua atividade agrícola.

“Apenas para citar dois exemplos, “até julho, 170 tratores agrícolas chegarão ao interior para ajudar a agricultura familiar na Bahia, e estamos comprando R$ 3 milhões em mudas de palma para alimentar os rebanhos dos produtores”, acrescentou Rui.

Além de licitar a aquisição de 10 milhões de mudas de palma forrageira, por meio do Projeto de Segurança Alimentar do Rebanho, o governador assinou o termo de cooperação entre a SDR e a Secretaria de Segurança Pública (SSP) para implantação da Ronda Maria da Penha Rural.  Participaram do evento 265 prefeitos e 200 agricultores familiares do semiárido baiano, movimentos sociais ligados ao setor, autoridades políticas e 33 entidades prestadoras de serviços de assistência técnica.

julho 2017
D S T Q Q S S
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia