WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
prefeitura ilheus transporte ilegal

:: ‘Agricultura’

Empresas “maquiavam” carne vencida e subornavam fiscais de ministério, diz PF

Ao longo das investigações que culminaram na Operação Carne Fraca, deflagrada hoje (17) de manhã, a Polícia Federal (PF) descobriu que os frigoríficos envolvidos no esquema criminoso “maquiavam” carnes vencidas com ácido ascórbico e as reembalavam para conseguir vendê-las. As empresas, então, subornavam fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para que autorizassem a comercialização do produto sem a devida fiscalização. A carne imprópria para consumo era destinada tanto ao mercado interno quanto à exportação.

“Tudo isso nos mostra que o que interessa a esses grupos corporativos na área alimentícia é, realmente, um mercado independente da saúde pública, independente da coletividade, da quantidade de doenças e da quantidade de situações prejudiciais que isso [a prática criminosa] causa”, afirmou o delegado federal Maurício Moscardi Grillo, em entrevista coletiva no fim da manhã, na sede da PF em Curitiba. Também participaram da coletiva o superintendente da corporação, Rosalvo Ferreira Franco, o delegado Igor Romário de Paula e o auditor da Receita Federal Roberto Leonel de Oliveira Lima.

Algumas das maiores empresas do ramo alimentício do país estão na mira da operação, entre as quais a JBS, dona de marcas como Big Frango e Seara, e a BRF, detentora das marcas Sadia e Perdigão. A Justiça Federal no Paraná (JFPR) determinou o bloqueio de R$ 1 bilhão das empresas investigadas, que também são alvo de parte dos mandados de prisão preventiva, condução coercitiva e busca e apreensão expedidos pela 14ª Vara Federal de Curitiba. :: LEIA MAIS »

IBGE vai contratar 26,4 mil pessoas para Censo Agropecuário

O ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão autorizou a contratação temporária de 26.440 profissionais para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) fazer o Censo Agropecuário 2017.

As contratações serão feitas por meio de processo seletivo simplificado, e a duração dos contratos será de até um ano, com possibilidade de prorrogação limitada a três anos. A portaria com a autorização foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (17).

Serão 19.013 vagas para o posto de recenseador, 4.946 para agente censitário supervisor, 1.285 para agente censitário municipal, 381 para agente censitário administrativo, 375 para agente censitário regional, 266 para analista censitário e 174 para agente censitário de informática. O valor das remunerações ainda não foi definido.

Bahia aperfeiçoa a Rota Turística do Cacau

Entre 10 de março e 2 de abril, a vila portuguesa de Óbidos volta a transformar-se na capital do chocolate. Este ano, a inspiração é a música, que proporciona uma “melodia de sabores”, de acordo com os organizadores do evento.

O secretário do Turismo do Estado, José Alves, em viagem para a Feira Internacional de Turismo de Lisboa, visitou Óbidos para conhecer um dos mais movimentados festivais de chocolate do mundo. “Estamos estudando as melhores experiências neste setor para fortalecer a Rota do Cacau, na região de Ilhéus”, explicou.

Durante a rápida permanência em Óbidos, José Alves constatou o quanto o chocolate de Ilhéus é prestigiado na Europa. “A Bahia tem tudo para incrementar o roteiro turístico do cacau”, comemorou. “Vamos aprimorá-lo ainda mais e ampliar sua visibilidade, fortalecendo a cadeia do turismo no Sul da Bahia”.

Atividades agrossilvipastoris devem ter licença ambiental do Inema, determina Justiça

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) deve voltar a realizar o licenciamento ambiental de todas as atividades agrossilvipastoris (pecuária, lavoura e floresta) na Bahia de acordo com a legislação federal, determinou a Justiça ao acatar pedido liminar feito em ação civil pública ajuizada pelos Ministérios Públicos Federal e estadual. Proferida ontem, dia 14, a decisão suspendeu, até o julgamento final da ação, os efeitos dos artigos 8º e 135 do Decreto Estadual 15.682/2014, que alteraram o texto final do Decreto 14.024/2012, e também do Decreto Estadual 16.963/2016.

O juiz federal Ávio Mozar Ferraz de Novaes concordou com os argumentos do MPF e MPE de que as alterações são ilegais, pois afrontam a legislação federal e estadual ao possibilitar a instalação de empreendimentos agrossilvipastoris, em qualquer lugar no estado, “sem licenciamento ambiental e sem a análise de sua viabilidade e de seus impactos pelo órgão ambiental responsável (Inema)”. Na decisão, o juiz destaca trecho de parecer elaborado pelo Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Meio Ambiente e Urbanismo (Ceama), em que é apontada a substituição da exigência de licenciamento e estudos técnicos por uma regularização ambiental quase automática: “o que chama atenção é que a regularidade ambiental para os citados empreendimentos será concedida eletronicamente”, com requisitos que “se resumem a comprovações, cadastramentos e declarações por parte do interessado”.

A ação civil pública é assinada pelos promotores de Justiça Aline Salvador, Augusto César de Matos, Eduardo Bittencourt Filho, Fábio Fernandes Corrêa, Heline Alves, Luciana Khoury, Pablo Almeida e Thyego Matos, e pelos procuradores da República João Paulo Lordelo, Marcela Fonseca, Pablo Barreto, Paulo Roberto Santiago, Polireda Madaly de Medeiros e Tiago Rabelo.

Governo decreta situação de emergência em 106 municípios afetados por estiagem

O Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (15) publica decreto de situação de emergência por estiagem em mais 106 municípios baianos pelo período de 180 dias. Os baixos índices pluviométricos registrados nos últimos seis anos, que estão afetando quase a totalidade do estado, foram levados em consideração pelo governador Rui Costa para assinar o decreto, fundamentado no Art. 1º da Instrução Normativa Nº 02 do Ministério da Integração Nacional.

A escassez das chuvas tem comprometido a regularidade no fornecimento de água potável e provocado graves prejuízos às atividades produtivas, principalmente à agricultura e à pecuária. Conforme o decreto, que passou pela análise da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), todos os órgãos estaduais devem participar de ações com o objetivo de buscar soluções para restabelecer a normalidade e preservar o bem-estar da população.

Com os outros 115 municípios que já haviam sido homologados pelo Governo do Estado, a Bahia passa a ter mais da metade dos seus municípios em situação de emergência por estiagem, totalizando 221 cidades. :: LEIA MAIS »

Ministro das Cidades assegura a deputado que obra da Barragem do Rio Colônia é prioridade e ficará pronta até setembro

Deputado Augusto Castro com o ministro Bruno Araújo.

Ao acompanhar a comitiva do Ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), em Salvador, o Deputado Estadual Augusto Castro aproveitou a oportunidade para lembrar o andamento das obras da Barragem do Rio Colônia, em Itapé, que será promotora de abastecimento hídrico para a cidade de Itabuna, Sul da Bahia e conta com apoio de verba federal para sua execução.

Na visita a capital baiana, Bruno Araújo assegurou que continuará priorizando a barragem e se comprometeu com a entrega da obra em setembro deste ano.

“Desde que o governo federal, através do Ministério das Cidades, tomou a frente da liberação de recursos para a obra temos visto se realizar algo que o governo do estado demorou 3 anos para fazer”, provocou o parlamentar. “Itabuna conta com essa obra para solucionar a questão da crise de água na cidade”, disse.

A pedido de Augusto Castro, em Julho passado, o Ministro Bruno Araújo visitou a barragem com sua equipe para conhecimento e levantamento de informações. Hoje, a obra já se encontra em 60% de andamento.

Em Comissão Conjunta na Assembleia Legislativa da Bahia para discutir a Crise Hídrica no Estado, o Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, agradeceu o empenho do parlamentar pela causa.

Confira o vídeo:

Parque para desenvolvimento do cacau é lançado no Sul da Bahia

Para inovar e fortalecer a cadeira produtiva do cacau e chocolate no sul da Bahia, foi lançado nesta sexta-feira (10) o Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia (PCTSul). Durante o evento no campus da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), localizado na rodovia Ilhéus-Itabuna, foi inaugurado o Centro de Inovação do Cacau, primeira iniciativa do Parque que surge para fortalecer a região cacaueira.

O parque é resultado da união de esforços da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Universidade Federal do Sul da Bahia, Ceplac, IFBA, IFBaiano, secretarias estaduais de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Desenvolvimento Econômico (SDE). Com foco na criação e inovação da cadeia produtiva do cacau e chocolate no sul da Bahia, a previsão é que a estrutura receba investimentos da ordem de R$ 6,5 milhões até 2019. Foram três anos de estudos para o desenvolvimento do projeto da unidade, que irá auxiliar ainda na qualificação dos ensinos técnico e superior da região. :: LEIA MAIS »

Wagner participa da inauguração de Centro de Inovação do Cacau no Sul da Bahia

Será realizado nesta sexta-feira (10) a partir das 13h30min, no auditório Paulo Souto, na UESC, o lançamento oficial do Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia e a inauguração do Centro de Inovação do Cacau. O evento contará com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, que irá representando o governador Rui Costa.

A programação prevê a realização de palestras técnicas e um Momento dos Produtores. Realizado pela CEPLAC, UFSB, CEPEDI, UESC, SINEC, IF-Baiano de Uruçuca, Instituto Arapyaú, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Informação da Bahia e o WORLDWATCH Institute, o evento oficializa o início das atividades do Centro de Inovação do Cacau-CIC, que tem como objetivo construir, consolidar e difundir conhecimento sobre o cacau e o chocolate, com foco na melhora da produtividade, qualidade e rastreabilidade das amêndoas.

Presenças confirmadas: 

  • Jaques Wagner – Secretário de Desenvolvimento Econômico – Representando o Governador Rui Costa
  • Gesil Amarante – Presidente do Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia
  • Jose Nazal Pacheco Soub – Vice-prefeito de Ilhéus
  • Adélia Pinheiro- Reitora da UESC
  • Evandro do Nascimento Silva – Reitor da UEFS
  • Naomar Almeida Filho – Reitor da UFSB
  • Renato Anunciação – Reitor do IFBa
  • Roberto Muniz– Senador
  • Lídice da Mata– Senadora
  • Natura- Guilherme Leal – Sócio-fundador

Governo apresenta parque para desenvolvimento do cacau e chocolate no sul da Bahia

 A apresentação do Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia, que vai funcionar dentro da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), na rodovia Ilhéus-Itabuna, marcou as comemorações dos 60 anos da implantação da Comissão Executiva da Lavoura Cacaueira (Ceplac), nesta segunda-feira (20). O evento foi realizado na sede regional da instituição, com as presenças dos secretários estaduais de Agricultura, Vitor Bonfim; Ciência, Tecnologia e Inovação, José Vivaldo Mendonça; do Meio Ambiente, Geraldo Reis; e de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues.

Articulado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Uesc, o parque terá como foco a criação e inovação da cadeia produtiva do cacau e chocolate no sul da Bahia. Foram três anos de estudos para o desenvolvimento do projeto da unidade, que irá auxiliar ainda na qualificação dos ensinos técnico e superior da região.

O parque, que tem previsão de receber R$ 6,5 milhões em investimentos até 2019, também possui como metas o desenvolvimento de sistemas de gestão ambiental, produtividade e competitividade do cacau e do chocolate, fomento à produção agroindustrial, agroecologia e agricultura familiar, manejo e conservação dos recursos florestais.

Desenvolvimento regional :: LEIA MAIS »

A deselegância da Ceplac com Nazal e com Ilhéus

Editorial do Jornal Bahia Online 

José Nazal -Vice prefeito de Ilhéus. Foto de Clodoaldo Ribeiro.

A direção da Ceplac foi, no mínimo, deselegante com Ilhéus nas comemorações dos 60 anos da instituição. Designado pelo prefeito Mário Alexandre Sousa para, oficialmente, representar o município na solenidade, o vice-prefeito José Nazal foi desrespeitado pelo cerimonial.

Primeiro, é preciso lembrar que a Ceplac fica localizada em território ilheense o que, em qualquer cerimonial decente, o colocaria na lista das primeiras autoridades a compor a mesa dos trabalhos e a falar aos presentes. Hoje, Nazal foi um dos últimos a ser convidado. Mesmo assim, graças a um servidor mais atento que chamou a atenção e “lembrou” aos dirigentes da gafe que estaria se estebelecendo com a ausência da autoridade municipal na mesa principal.

Em seguida, caberia à Nazal uma fala de cinco minutos. No entanto, pelo andar da hora, foi cancelado o seu pronunciamento, sem que, sequer, ele fosse avisado da mudança.

A deselegância foi tão grande que, depois, ofereceram-lhe a palavra, num momento já descontextualizado da solenidade, o que, naturalmente, foi dispensado pelo vice-prefeito de Ilhéus.

A Ceplac comemora 60 anos em um momento em que quase nada tem a comemorar. A instituição agoniza, sem apoio, sem recursos para pesquisa ou extensão. Hoje não passa de uma sigla que caminha em direção ao abismo sem força e parca de representação política.

Mas a sua pobreza de espírito não pode vencer as suas dificuldades nem deixar de reconhecer a contribuição de Ilhéus nesta sua trajetória.

E hoje, Ilhéus era Nazal presente à solenidade.

Deputada Ângela Sousa participa das comemorações dos 60 anos da Ceplac

A deputada Ângela Sousa participou manhã desta segunda-feira (20/02), das comemorações aos 60 anos da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC). O evento realizado na sede regional da instituição localizada na rodovia Ilhéus/Itabuna, trouxe como tema principal “Ciência e Tecnologia a Serviço do Cacau”.

Para a parlamentar que é uma defensora das questões da região cacaueira e dos produtores rurais, é um orgulho fazer parte dessa importante comemoração da Ceplac, esta instituição que ao longo desses anos desempenha um trabalho de relevância para o desenvolvimento regional e a cultura do cacau. “Seguiremos na luta pela manutenção, autonomia e modernização desta instituição vital para a lavoura cacaueira”, destacou.

Estiveram presentes também na ocasião o Superintendente Regional da Ceplac da Bahia, Ântonio Cesar Costa Zugaib, o diretor Geral da Ceplac, Juvenal Maynart Cunha, o secretário Estadual de Agricultura, Vitor Bonfim e a senadora Lídice da Mata, entre outras autoridades e funcionários da instituição.

Prefeito de Ilhéus debate problemas da indústria processadora de cacau

Preocupados com o futuro da produção, fabricação e o escoamento dos derivados do cacau, a APC (Associação dos Produtores de Cacau) e a indústria Barry Callebaut,  realizaram, na última sexta-feira, 3, reunião com suas respectivas diretorias, que contou com a participação do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e dos secretários municipais de Indústria e Comércio, Paulo Sérgio, e de Agricultura e Pesca, Angelito Dias.

O objetivo da reunião foi apresentar às autoridades presentes, um diagnóstico local e nacional dos problemas enfrentados pelo setor, entre eles, a crise hídrica, a nova taxa para o Distrito Industrial de Ilhéus, a exportação da produção através do Porto de Aratu, em Salvador, dificuldades com a operação portuária na cidade, como a falta de guindastes e a morosidade no despacho de carga.

Na oportunidade, o prefeito Mário Alexandre mostrou-se preocupado com a situação e falou da possibilidade de incentivo tributário para o setor. A proposta dos produtores e empresários é a de apresentar, também, aos governos estadual e federal, uma proposta de diálogo aprofundado a fim de enfrentar a atual crise, que inclui a perspectiva de melhoria do consumo interno de cacau.

A diretoria da Barry Callebaut expôs o projeto da empresa na região, onde gera cerca de 810 empregos diretos, e garantiu, em nome das demais fábricas de processamento de cacau e chocolate da cidade, apostar no crescimento da economia local. O prefeito concordou que o projeto requer a união de todos os segmentos sociais para o fortalecimento da indústria ilheense.

Consórcio Litoral Sul apresentou projetos aos novos gestores municipais

Durante reunião de trabalho nesta quinta-feira, 12, o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território Litoral Sul – CDS/LS apresentou aos novos prefeitos e suas equipes, as ações e atividades dos convênios em parceria com o governo do Estado. O evento foi realizado no auditório da superintendência da CAIXA Econômica Federal em Itabuna.

O encontro contou as presenças também de vice-prefeitos, secretários de agricultura e meio ambiente, assessores, além de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR). :: LEIA MAIS »

Incra libera mais R$ 2 milhões para assentamentos baianos

A Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento do Estado (Sihs) começa 2017 com uma boa notícia para os assentamentos baianos. O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) liberou R$ 2 milhões destinados à implantação de sistemas de abastecimento de água em zonas rurais. Ação beneficia quase três mil pessoas na Bahia. Esses recursos complementam os R$ 900 mil liberados em outubro de 2016, atingindo mais da metade do valor total de R$ 5 milhões referentes à primeira etapa do convênio assinado entre os dois órgãos. O programa engloba 39 assentamentos e busca contemplar quase sete mil famílias.

Aos assentamentos inicialmente beneficiados com água potável em suas torneiras – Alagoas e Pedra Branca (Jeremoabo), Varzinha, (Canudos), Nossa Senhora de Fátima (Santa Brígida), São Francisco e Santo Antonio (Esplanada), Terra Prometida (Tucano), Fazenda Cajuba (Nova Soure) e Serra Verde e Fazenda Suissa (Senhor do Bonfim), somam-se agora os de Piaçava (Belmonte), Boa Esperança (Bom Jesus da Lapa), Bom Gosto de Jerusalém e João Amazonas (Ilhéus), Loanda (Itajuípe), Nascença da Conquista (Morro do Chapéu), Fazenda Santa Bárbara (Muquém do São Francisco), Antônio Araújo e Jacy Rocha (Prado), Castelo e Beira Rio III (Riachão das Neves) e Cacheado (São Desidério). :: LEIA MAIS »

março 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia