WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
transporte ilegal

:: ‘Agricultura’

Consórcio Litoral Sul apresentou projetos aos novos gestores municipais

Durante reunião de trabalho nesta quinta-feira, 12, o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território Litoral Sul – CDS/LS apresentou aos novos prefeitos e suas equipes, as ações e atividades dos convênios em parceria com o governo do Estado. O evento foi realizado no auditório da superintendência da CAIXA Econômica Federal em Itabuna.

O encontro contou as presenças também de vice-prefeitos, secretários de agricultura e meio ambiente, assessores, além de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR). :: LEIA MAIS »

Incra libera mais R$ 2 milhões para assentamentos baianos

A Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento do Estado (Sihs) começa 2017 com uma boa notícia para os assentamentos baianos. O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) liberou R$ 2 milhões destinados à implantação de sistemas de abastecimento de água em zonas rurais. Ação beneficia quase três mil pessoas na Bahia. Esses recursos complementam os R$ 900 mil liberados em outubro de 2016, atingindo mais da metade do valor total de R$ 5 milhões referentes à primeira etapa do convênio assinado entre os dois órgãos. O programa engloba 39 assentamentos e busca contemplar quase sete mil famílias.

Aos assentamentos inicialmente beneficiados com água potável em suas torneiras – Alagoas e Pedra Branca (Jeremoabo), Varzinha, (Canudos), Nossa Senhora de Fátima (Santa Brígida), São Francisco e Santo Antonio (Esplanada), Terra Prometida (Tucano), Fazenda Cajuba (Nova Soure) e Serra Verde e Fazenda Suissa (Senhor do Bonfim), somam-se agora os de Piaçava (Belmonte), Boa Esperança (Bom Jesus da Lapa), Bom Gosto de Jerusalém e João Amazonas (Ilhéus), Loanda (Itajuípe), Nascença da Conquista (Morro do Chapéu), Fazenda Santa Bárbara (Muquém do São Francisco), Antônio Araújo e Jacy Rocha (Prado), Castelo e Beira Rio III (Riachão das Neves) e Cacheado (São Desidério). :: LEIA MAIS »

Incra/BA tem novo superintendente

O Engenheiro Agrônomo, Giuseppe Serra Seca Vieira, assumiu nesta segunda-feira (09), a superintendência regional do Incra na Bahia. A apresentação do novo gestor aos servidores e colaboradores do Instituto aconteceu na sede da superintendência, em Salvador.

Vieira destaca que pretende fazer um trabalho transparente à frente da regional baiana buscando sempre o diálogo. “Não existe uma gestão que trabalhe só, então somando esforços e parcerias poderemos desenvolver um bom trabalho aqui na Bahia, que é um estado grande e desafiador”, frisa o superintendente. :: LEIA MAIS »

Bebeto volta a defender PL que garante mínimo de 35% de cacau puro em chocolate

bebeto-tribunaO deputado federal Bebeto Galvão (PSB) voltou a defender agilidade na tramitação do projeto de lei de sua autoria que estabelece um percentual mínimo de 35% de cacau puro no chocolate comercializado no território brasileiro. O pronunciamento ocorreu nesta quinta-feira (24) durante audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, da Câmara dos Deputados, onde tramita o projeto de lei de Bebeto.

Bebeto ressaltou que o mérito do projeto tem passado por um debate intenso e sua importância para economia brasileira é mais que comprovada. De acordo com o parlamentar, a medida busca dois movimentos. “Um é a valorização do produtor, pois, quando se aumenta a massa de cacau na industrialização do chocolate, aumenta o nível de produção e provoca uma melhora comercial para quem produz, fortalecendo a agricultura e a economia. O segundo movimento é na proteção do consumidor, pois com esse projeto daremos um basta a um verdadeiro faz de conta, afinal hoje em dia nós comemos massa hidrogenada dizendo que é cacau, comemos açúcar achando que é chocolate”, argumenta Bebeto.

Em sua fala, Bebeto fez um apelo para que se chegue logo num entendimento entre os setores envolvidos no tema para garantir o avanço do projeto na Câmara. “Mesmo com toda boa vontade desta Casa e a dedicação da agricultura e dos deputados, não chegamos ainda a um texto de consenso com os representantes das indústrias que aportam sempre a este debate critérios de natureza técnica e impedimentos para chegar conclusivamente ao resultado”, declara.
E novamente o deputado conclamou o setor da indústria a avançar no entendimento que permita a evolução da matéria. “Esse não é um projeto pronto e acabado, é um projeto para suscitar debate, receber contribuições e chegar a um texto que seja resultado medianamente das partes. Ora, após longos debates já chegamos à conclusão de que há sim oferta de cacau para atender a demanda. Chegada a essa conclusão, há possibilidade de avançar, de evoluir no conteúdo? A indústria do chocolate está disposta a indicar sugestão de aprimoramento no texto? Se é para convergir, é preciso fazer o esforço para a convergência. E nós estamos dispostos a chegar a esse entendimento, seja no texto ou no percentual. Estamos dispostos a fazê-lo. Esse projeto já deveria ter sido votado no inicio desse ano. Já chegamos a um limite que não dá para postergar mais esse debate”, completa.

Comissão pode votar projeto que permite motor a diesel em veículos leves

projeto-decreto-legislativo-veiculos-movidos-diesel-brasil-liberacao-senado

A Comissão Especial sobre Motores a Diesel para Veículos Leves pode votar nesta quarta-feira (23) o parecer favorável do relator, deputado Evandro Roman (PSD-PR), ao projeto que autoriza a fabricação e a comercialização de veículos leves movidos a óleo diesel (PL 1013/11).

Roman elaborou um texto substitutivo ao projeto apresentado pelo deputado Aureo (SD-RJ), que originalmente ampliava o uso de diesel apenas para veículos automotivos utilitários de médio porte. No substitutivo, o relator permite o motor a diesel para veículos leves e acolhe emenda do deputado Bruno Covas (PSDB-SP) estipulando que a medida estará condicionada ao atendimento dos padrões de qualidade do ar estipulados pelo Poder Executivo.

O projeto gerou polêmica na fase de debates na comissão, principalmente em relação à poluição causada pelo diesel. Para Covas, liberar carros movidos a diesel vai contra os princípios de desenvolvimento ambiental seguidos pelo Brasil. Em reunião da comissão, ele defendeu medidas favoráveis ao desenvolvimento de carros movidos por fontes renováveis, como a energia solar, e não à energia dependente de carbono. “A Europa discute a restrição de carros movidos a diesel, e nós debatemos a legalização. Ficaremos com o lixo tecnológico que vai ser proibido lá fora”, disse.

Agricultura :: LEIA MAIS »

Comissão de Agricultura aprova audiência pública para discutir extinção da EBDA

Deputado Pedro Tavares.

Deputado Pedro Tavares.

A Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa da Bahia, aprovou na última semana, a realização de uma audiência pública para discutir a Política Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural na Bahia, além da extinção da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) e seus impactos. O requerimento, feito pelo deputado estadual Pedro Tavares (PMDB) juntamente com o deputado Fábio Souto (DEM), foi acatado por todos os membros da comissão.

A audiência tem o objetivo de estabelecer uma ampla discussão com representantes do Governo do Estado, de entidades representativas do setor e a sociedade em geral. Isso vai possibilitar a elaboração de um documento crítico-propositivo do cenário atual, contribuindo assim com os setores competentes e responsáveis pela elaboração e execução da política pública tratada.

Rui entrega pavimentação e ampliação de colégio no Sul da Bahia

O governador Rui Costa encerra a semana de trabalho no Sul da Bahia com uma agenda que beneficia as áreas de infraestrutura, educação e apoio à agricultura familiar. O primeiro compromisso é na sexta-feira (18), às 9h30, com a entrega do calçamento das vias do bairro São Luiz e Jardim Formosa em Capim Grosso, na região Centro Norte. Rui também entrega a ampliação do Colégio Antônio Joaquim Ribeiro, além de assinar autorização de três convênios no âmbito do Programa Bahia Produtiva – Apicultura, Socioambiental e Bovinocultura.

Já no sábado (19), às 9h30, o governador cumpre agenda em Valença, no Sul da Bahia entrega a pavimentação da Rodovia BA-001, sub trecho passagem urbana de Valença. Logo em seguida, Rui autoriza dois convênios no âmbito do Programa Bahia Produtiva – Socioambiental/Aquicultura.

No Salão do Chocolate de Paris, governador autoriza R$ 10 milhões para cultura do cacau

estande-da-mendoa-chocolate-baiano-800x600

Em viagem à França para buscar novos investimentos para a Bahia, o governador Rui Costa participou nesta sexta-feira (28), do Salon du Chocolat Paris (Salão de Chocolate Paris), evento que busca estabelecer a ligação entre os diferentes segmentos da cadeia produtiva do cacau e chocolate. Rui foi recebido pelo presidente do Salão, François Jeantet, e juntos percorreram as instalações do centro de exposições de Porte de Varsailles. Na ocasião, o governador autorizou a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), a destinar R$ 10 milhões do edital de fruticultura do Bahia Produtiva, especificamente, para projetos da cultura do cacau.

Durante sua passagem pelo Salão, Rui visitou os estandes dos chocolates da Bahia, Mendoá e Amma, conversou com os produtores e conheceu empresas francesas que usam amêndoas baianas para produção dos chocolates europeus. Rui disse que ficou bastante satisfeito com a grandiosidade do evento. “São muitas pessoas circulando por aqui. Aproveitei a oportunidade e convidei os chocolateiros franceses para visitar Ilhéus e ver de perto a nossa produção”.

Rui participou do evento a convite dos expositores brasileiros. Trata-se de uma oportunidade para que a Bahia, principal referência para a produção de cacau do Brasil, possa apresentar todo seu potencial para fabricação de produtos da cadeia do chocolate. Em 2012, Salvador sediou uma edição do evento que é promovido em diferentes países e continentes. :: LEIA MAIS »

Una: Ministério do Meio Ambiente garante convênios para reforçar governo de Tiago

img-20161022-wa0004

Fortalecimento econômico do município com responsabilidade sustentável. Esse foi o foco da audiência que o prefeito eleito Tiago de Dejair teve em Brasília com o ministro interino do Meio Ambiente, Edson Duarte, e com o jornalista Gusmão Neto, assessor parlamentar do deputado federal Bebeto Galvão.

Na audiência, os unenses relataram ao ministro sobre o potencial da biodiversidade do município e já solicitaram a assinatura de convênios para a execução de projetos em parceria entre a prefeitura de Una e o Governo Federal. E a primeira boa notícia é que o ministro interino se comprometeu em assinar, já no início do mandato de Tiago, um Termo de Cooperação Técnica para garantir a implantação do programa de Educação Ambiental da Mata Atlântica, que irá capacitar profissionalmente membros da sociedade unense para desenvolver um trabalho de conscientização da população sobre a necessidade de proteger a biodiversidade. Desse trabalho será possível iniciar a instalação do Viveiro Municipal de Árvores Nativas, que fará doação de mudas e sementes. “A ideia é unir consciência ambiental e geração de emprego e renda. É possível sim buscar o fortalecimento econômico com responsabilidade sustentável”, declara Tiago. Além disso, o prefeito solicitou uma parceria com o Ministério para que seja possível buscar condições de reabrir o Ecoparque de Una. Para esse tema o prefeito eleito já designou sua equipe para dialogar com empresa proprietária da reserva e elaborar um projeto de parceria tripartite, envolvendo Governo Federal, Prefeitura e iniciativa privada, para tentar viabilizar a abertura do EcoParque.

O assessor parlamentar Gusmão Neto parabenizou a desenvoltura do prefeito eleito Tiago de Dejair em Brasília e disse ter certeza que o Município de Una conseguirá dar a volta por cima das dificuldades que enfrenta atualmente. “Tiago obteve importantes conquistas aqui em Brasília, logo na sua primeira visita. Sua habilidade política é o demonstrativo de que ele conseguirá alternativas para enfrentar a crise financeira e consertar a má situação administrativa que encontrará em janeiro quando assumir a prefeitura. Está de parabéns. Nosso mandato em Brasília e toda nossa relação na Esplanada dos Ministérios continuam à inteira disposição do município, e agora com o governo de Tiago certamente a cidade conseguirá aproveitar melhor os recursos federais”, finaliza Gusmão.

Emendas

Além das boas notícias no Ministério do Meio Ambiente, o prefeito eleito Tiago de Dejair também conseguiu emendas parlamentares de três deputados federais: Bebeto Galvão, Mario Negromonte Júnior e Cacá Leão. As emendas servirão para realizar uma expressiva obra de reforma no Hospital Municipal Frei Silvério, além de construção de praças, pavimentação e calçamento.

Produção global de alimentos precisaria aumentar 60% para garantir equilíbrio

lavoura_agricultura_familiar

Na data em que se comemora o Dia Mundial da Alimentação (16), a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) destaca que, com as mudanças climáticas, o desafio de alimentar uma crescente população mundial aumenta. Segundo o representante da entidade no Brasil, Alan Bojanic, a seca fez com que o Nordeste do Brasil perdesse 50% de sua produção nos últimos cinco anos, se comparado com os cinco anteriores.

Com o tema “O clima está mudando. A alimentação e a agricultura também devem mudar” como destaque da data em 2016, a FAO estima que o número mundial de habitantes vai superar os 9 bilhões em 2050. Segundo o órgão internacional, a produção mundial de alimentos precisaria aumentar em 60% para assegurar o equilíbrio da segurança alimentar.

“Precisamos ver resposta para esse problema. Precisamos de uma agricultura mais adaptativa, diferente, que seja sustentável, ambientalmente amigável e essa agricultura precisa de muita pesquisa. Precisamos de mais variedades de alimentos que aguentem as variações de precipitação, de calor, de frio, problemas de enchente. Uma agricultura adaptativa a essas mudanças climáticas”, ressalta Bojanic.

Segundo a FAO, cultivar alimentos de forma sustentável significa adotar práticas que produzam mais com menos insumos na mesma área e usem recursos naturais com sabedoria. Significa, também, reduzir o desperdício, com melhor colheita, armazenagem, embalagem, transporte, infraestrutura e comércio.

Mesmo com uma produção eficiente, o representante da FAO defende políticas públicas que facilitem o acesso dos mais pobres ao alimento. “Você pode produzir na quantidade suficiente, mas pode não ter acesso, ou seja, pode não ter segurança alimentar para todos. É importante ter equilíbrio entre acesso e produção no contexto nas mudanças climáticas”, destaca Bojanic.

Brasil

No Brasil, cerca de 3% da população vive em situação de vulnerabilidade alimentar. “O Brasil saiu do mapa da fome em 2014 por causa de políticas públicas que facilitaram o acesso aos alimentos, principalmente alimentação escolar, que é uma chave para acesso, mas também transferência de renda, fortalecimento da agricultura familiar, o apoio à população da região semiárida com cisternas e carros-pipa”, acrescenta Bojanic.

*Informações da Agência Brasil.

Ministério da Integração reconhece Situação de Emergência em mais quatro municípios baianos

crise-agua_itabuna

A estiagem enfrentada pelos baianos tem provocado problemas no abastecimento de água potável, além de prejuízos na agricultura e na pecuária em algumas regiões da Bahia, principalmente no Semiárido e, como ‘um ponto fora da curva, os municípios das regiões sul e extremo sul também foram afetados por estiagem em 2015/2016.

Nesta sexta-feira (7), o Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria Nacional de Defesa Civil, reconheceu os decretos municipais de Situação de Emergência de Iraquara (Chapada Diamantina), Livramento de Nossa Senhora (Sertão Produtivo), Poções (Vitória da Conquista) e Santa Maria da Vitória (Bacia do Rio Corrente). A Portaria de n° 181, que contempla esses municípios, foi assinada pelo Secretário Nacional de Defesa Civil, Renato Newton Ramlow, e publicada no Diário Oficial da União (DOU).

:: LEIA MAIS »

Prefeitura de Canavieiras convoca agricultores para entregar Certificados de Imóvel Rural

prefeitura-convoca-agricultores-para-entregar-certificados-de-imovel-rural-foto-walmir-rosario-640x360

A Prefeitura de Canavieiras, por meio da Secretaria da Agricultura, está convocando os pequenos agricultores que fizeram o cadastro junto à Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), para medição de terras, pedindo que compareçam à sua sede, no horário das 8 às 12 horas. O objetivo do chamado é que eles possam pegar o Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR).

Segundo o secretário municipal interino da Agricultura, Josemar (Paco) Brasil, os agricultores familiares que se cadastraram para realizar a medição de suas terras e ainda não pegaram o CCIR, poderão fazê-lo agora. A grande questão, segundo Paco Brasil, é que os números dos celulares cadastrados não estão atendendo às ligações, problema ocasionado pela falta de sinal na área rural. :: LEIA MAIS »

Agricultores do Litoral Sul comercializam produtos orgânicos pela internet

feira-municipal-da-agricultura-familiar-de-grc3a3o-parc3a1

A população dos municípios de Itabuna e Ilhéus já podem adquirir alimentos saudáveis certificados por meio da internet. O serviço, que teve início neste mês de setembro, é oferecido pela Estação Orgânica Grapiúna, uma iniciativa da Rede Agroecológica Povos da Mata Atlântica do Sul da Bahia de Certificação Participativa – Selo Brasil Orgânico. O objetivo é envolver consumidores para a comercialização de produtos orgânicos, de forma organizada e contínua, garantindo preço justo e estabelecendo uma relação harmoniosa entre agricultor e consumidor.

A ação é apoiada pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio das unidades territoriais da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), instaladas no Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar (Setaf) do Litoral Sul, no município de Itabuna. :: LEIA MAIS »

Com pior cenário em 85 anos, maior reservatório do NE tem nível de 12%

Sobradinho, na região norte da Bahia, está com cerca de 12% do volume útil (Foto: Reprodução/ TV São Francisco)

Sobradinho, na região norte da Bahia, está com cerca de 12% do volume útil (Foto: Reprodução/ TV São Francisco)

O principal reservatório de água do Nordeste, localizado na região norte da Bahia, tem, atualmente, o pior cenário registrado em 85 anos na bacia do Rio São Francisco, que abastece o equipamento. O reservatório é o principal gerador de energia elétrica da região. Conforme o diretor de operações da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), João Henrique Franklin, que administra o sistema, a situação ocorre por conta da falta de chuva nos últimos nove meses.

“Essa é a grande caixa d’água que tem no Nordeste”, assim resume a importância do reservatório, que tem previsão de chegar a zero o volume útil até o final de 2016. Atualmente, este índice está em torno de 12%.

Ainda assim, Franklin afirma que não há risco de desabastecimento de energia elétrica, já que os estados do Nordeste dispõem de outras fontes de energia: eólica, térmica, além das linhas de transmissão, que “carregam” a energia produzida em outras regiões.

Apesar da destacada importância de Sobradinho, sua capacidade de geração de energia elétrica está em aproximadamente um sexto da capacidade total. Isso porque no reservatório existem seis unidades geradoras, cada uma com capacidade de 175 megawats, o que totaliza 1.050. No entanto, 170 megawats é o que está sendo gerado de energia no Sobradinho atualmente, aponta o diretor de operações.

Antes do agravamento este ano, desde 2013, a seca já era considerada muito severa na Bacia do São Francisco. Ainda para 2016, há a esperança de que a partir do mês de novembro, até maio, conhecido como “período úmido”, traga mais chuva e a melhora no nível do Sobradinho. Entretanto, ao lado do otimismo mora o temor de que a chuva não chegue. Atualmente, a quantidade de chuva é de aproximadamente “um terço da normalidade”, aponta Franklin.

Diante do cenário de esvaziamento, o governo encaminhou à Casa Civil, para análise, um pedido da Chesf para reduzir a vazão de água de 800 metros cúbicos por segundo para 700 metros cúbicos por segundo. “É uma medida de guardar mais água no reservatório”, explica.

O pedido de redução, no entanto, enfrenta resistência de órgãos ambientais como o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), e de companhias estaduais de água.

João Henrique Franklin explica que a diminuição progressiva do nível do Sobradinho ocorre porque a vazão de saída (800 metros cúbicos por segundo), é a metade da água que chega, cujo volume é de 400 metros cúbicos. Sobre a previsão do nível chamado de “volume morto”, detalha que quando a situação ocorre ainda há água no reservatório, mas em um nível mínimo para a geração de energia.

*Informações do G1/Bahia

janeiro 2017
D S T Q Q S S
« dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia