PRF/BA.

Na tarde desta quinta-feira (11), Policiais Rodoviários Federais em ações da Operação Nossa Senhora Aparecida, realizaram um comando de alcoolemia no município de Simões Filho. As atividades, foram iniciadas por volta das 14h, e contaram com novidade adquirida pela Instituição na Bahia, o bafômetro passivo.

Este equipamento, capta a presença de álcool dentro do carro abordado e, em seguida, indica se o condutor deve realizar o teste tradicional, assoprando o bafômetro. Caso não seja constatada a presença de álcool, o aparelho acende uma luz verde e o policial libera o motorista. Se existir algum indício, ainda que mínimo, aparece uma luz amarela. Já a luz vermelha indica que, no local, há muito álcool, o que significa que o condutor, realmente, tem que ser parado e submetido ao teste de alcoolemia pelo bafômetro tradicional.

O processo realizado pelo etilômetro passivo chega a ser cinco vezes mais rápido que os equipamentos que eram utilizados nas operações anteriores. A ferramenta é uma maneira mais eficaz de prevenção a acidentes no trânsito causados pelo álcool.

O motorista que recusar o teste do bafômetro recebe uma multa no valor de R$2.934, além da suspensão da carteira de motorista por 12 meses.