Foto divulgação UESC.

Os cursos de Engenharia Civil (bacharelado) e Geografia (licenciatura) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) atingiram o conceito 5, nota máxima na escala de avaliação do Enade, que vai de 1 a 5, e se destacaram entre similares na Região Nordeste.

Os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 foram apresentados pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em coletiva de imprensa, terça-feira, 9 de outubro, em Brasília (DF), juntamente com um perfil dos participantes da edição.

Na UESC, além dos destaques de Engenharia Civil e Geografia outros cursos também alcançaram boa avaliação, a exemplo de Física, Ciência da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Química, (bacharelados) e Química, Pedagogia, Educação Física, Ciências Sociais (licenciaturas) ficaram com o conceito 4. Ciências Biológicas (bacharelado e licenciatura), juntamente com História (licenciatura), Geografia, Engenharia Mecânica e Engenharia da Produção (bacharelados) obtiveram conceito 3. Com o conceito 2 estão os cursos de Filosofia, Física, (licenciatura) e Química (bacharelado). Matemática (bacharelado) obteve conceito 1.

O Conceito Enade e o IDD são dois dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior calculados anualmente pelo Inep, a partir da combinação do resultado do Exame com outras bases de dados. Enquanto o Conceito Enade é um indicador calculado a partir dos desempenhos dos estudantes concluintes dos cursos de graduação, o IDD busca mensurar o valor agregado pelo curso ao desenvolvimento dos estudantes concluintes, considerando seus desempenhos no Enade e no Enem.

De acordo com a reitora da UESC, o bom desempenho alcançado pelos cursos avaliados em 2017 decorre de políticas institucionais e de gestão da Universidade; da competência e compromisso do corpo funcional, docentes e técnicos, e da dedicação e protagonismo dos estudantes, resultando em processos formativos de qualidade.