Pai e filho foram assassinados

Adeilton Cardoso dos Santos era conhecido e Alan Oliveira Santos, pai e filho,  foram surpreendidos em casa, na madrugada desta quinta-feira, 13, no bairro Daniel Gomes, em Itabuna, e executados com vários tiros. “Cudeu”, como Adeilton era conhecido, 38 anos, tinha ligações com o crime; Alan, 15 anos, era estudante e não tinha ligações criminosas segundo familiares.

Pai e filho, segundo a polícia, dormiam (um no quarto e outro na sala) quando os criminosos chegaram atirando. Fizeram mais de 10 disparos. Vítima de tentativa de homicídio, anos atrás, por conta da guerra do tráfico, “Cudeu” se tornou cadeirante em função dos tiros que levou na ocasião.

A Polícia Civil faz investigações em busca de pistas para esclarecer o caso. O corpos foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica.

*Informações do Site Plantão Itabuna.