Parceria entre Alphabeto e Instituto Ronald McDonald beneficiará centenas de crianças da região

No próximo dia 13 de agosto, segunda-feira, a campanha Aproximando Sorrisos – uma parceria da marca Alphabeto e Instituto Ronald McDonalds, fará uma nova entrega, dessa vez na cidade de Itabuna, no sul da Bahia. O Grupo de Apoio à Criança com Câncer – GACC Sul Bahia -, que atende crianças e adolescentes com câncer e suas famílias, foi a Instituição escolhida para receber as 1.179 peças de roupas que serão doadas pelas empresas, ajudando a aproximar as famílias da cura do câncer.

A campanha, que tem como mecânica a venda de camisetas temáticas Alphabeto, nos tamanhos de 0 a 10 anos, por R$ 49,95 , reverte parte da verba arrecada mensalmente para o Instituto Ronald McDonald. Além disso, a cada peça vendida, três outras novas são doadas para a causa.

“A Alphabeto acredita na alegria e na delicadeza da infância e, por isso, a marca assume a missão de contribuir com causas sociais que façam a diferença na vida dessas crianças. Para nós é um enorme orgulho poder contribuir com uma causa tão nobre”, comenta a gerente de marketing da rede, Cecília Maia.

A gerente geral do Instituto Ronald McDonald, Helen Pedroso, também acredita no poder transformador da união do terceiro setor e iniciativa privada. “O Instituto Ronald McDonald acredita que juntos, setor privado e terceiro setor, podem realizar uma grande transformação social e beneficiar milhares de crianças e adolescentes e suas famílias em todo país”.

Recursos de campanhas como a “Aproximando Sorrisos” permite que o Instituto possa proporcionar a cada ano cerca de 50.000 atendimentos a crianças e seus familiares através dos mais de 80 projetos de 60 instituições pelo país.

As camisetas estão à venda em todas as unidades da rede, inclusive no site www.alphabeto.com. A expectativa é comercializar aproximadamente 5.500 camisetas temáticas e ajudar milhões de crianças e adolescentes ao longo deste ano.

Esta é a quarta entrega de roupas da campanha, que acontece nacionalmente. As primeiras doações aconteceram nas cidades de Campinas, no interior de São Paulo, em Brasília, no Distrito Federal e em Londrina, no Paraná.