WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




:: 24/jun/2018 . 19:11

Esquema de segurança e serviços ampliados garantem retorno da população neste São João

Foto ilustrativa.

Com um efetivo de 18 mil policias militares, além de 700 agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Operação São João segue monitorando e fiscalizando as estradas baianas, ampliando a segurança no retorno para casa. Também fazem parte da operação 350 funcionários do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), que tem como expectativa reduzir o número de acidentes em 50% em relação ao ano passado.

No esquema de segurança, um drone está sendo usado no controle do fluxo do tráfego nas vias. Helicópteros da PM e da PRF fazem sobrevoos nas vias, e tecnologias como o OCR, equipamento que faz a leitura das placas à distância, e outros aparelhos dão mais agilidade aos trabalhos.

BA-093 e 099

As concessionárias Bahia Norte (CBNorte) e Litoral Norte (CLN) realizam operações especiais até segunda-feira (25). O reforço de inspetores de tráfego nas duas rodovias auxilia o pagamento da tarifa de pedágio, para dar mais celeridade ao atendimento dos condutores. A rotina de fiscalização nas rodovias do sistema BA-093, operado pela CBNorte, está intensificada e conta com apoio de viaturas de atendimento 24h, caminhão para retirada de animais de grande porte das vias, além de guinchos leves e pesados. Na Linha Verde, operada pela CLN, a estimativa é de fluxo intenso, com cerca de 80 mil veículos circulando pela rodovia BA-099 neste período junino.

O usuário que trafegar pelas rodovias tem à disposição as bases de serviço de atendimento 24h que reforçam apoio aos motoristas. Em caso de emergência nas rodovias que compõem o sistema BA-093, o condutor pode solicitar apoio no 0800 600 0093 e, na BA-099, por meio do 0800-071-3233. As ligações são gratuitas e podem ser feitas de telefone celular.

Ferry Boat

No ferry boat, que teve ampliada a quantidade de vagas do serviço de Hora Marcada, a operação 24 horas também está garantida no retorno a Salvador, com vagas extras para este domingo (24) e segunda (25), e serviço ininterrupto. O serviço Hora Marcada atende exclusivamente aos viajantes com veículos e a compra é feita somente pela internet, por meio do site da Internacional Travessias.

Ministro da Segurança Pública defende distinção entre traficante e usuário de drogas

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, defende a distinção entre usuário e traficante, bem como a descriminalização do porte de drogas para reduzir o número de mortes violentas de jovens no país e desafogar o sistema penitenciário brasileiro. A Lei Antidrogas prevê tratamento diferenciado para usuários e traficantes, mas não estabelece a quantidade de droga que caracterizaria o porte. “A lei diz que usuário, desde que tenha bons antecedentes, é um caso de saúde e assistência social, não de reclusão. Só que, ao não estabelecer o limite entre um e outro, permite a interpretação, dada majoritariamente pela primeira instância da Justiça, do encarceramento”, explica o ministro.

O assunto está sob análise do Supremo Tribunal Federal (STF). Enquanto a decisão não sai, jovens continuam alimentando as estatísticas de violência no país. Segundo o Atlas da Violência 2018, 33.590 jovens foram assassinados em 2016, sendo 94,6% do sexo masculino. O estudo desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com base em dados de mortalidade do Ministério da Saúde, mostra que os homicídios respondem por 56,5% das mortes de brasileiros entre 15 e 19 anos. :: LEIA MAIS »

Roubos a bancos na Bahia caem 17,5% entre janeiro e maio

Material apreendido com quadrilha do Mato Grosso que atuava em todo o Brasil.Foto: Alberto Maraux.

O índice de ataques contra instituições financeiras, incluindo terminais de autoatendimento e carros-fortes, caiu 17,5% em todo o estado entre janeiro e maio de 2018, comparando com o mesmo período do ano passado. Foram 33 casos neste ano, contra 40 em 2017.

 O trabalho integrado das polícias Militar e Civil resultou em 67 criminosos presos e 11 mortos em confrontos. Com os oito bandos desmontados foram apreendidas 29 armas de fogo, sendo cinco fuzis, e localizada pouco mais de uma tonelada de explosivos. Entre as quadrilhas, no mês de maio, uma do Mato Grosso, que praticava furtos e roubos em todo o Brasil, acabou capturada, após tentativa contra uma agência, na Pituba.

 Pelo terceiro ano consecutivo o índice apresenta redução. “Criamos as Cipes e Bavan em cidades estratégicas do interior inibindo as tentativas. O Draco também teve sua atuação expandida, com apoio das Coorpins, solucionando os casos com mais rapidez”, destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

 Lembrou que em 2013 a Bahia tinha média de 22 roubos por mês e, neste ano, entre janeiro e maio, ficou em seis. “Investimos em tecnologia, no combate repressivo e nas ações de inteligência. Recentemente sentamos com o Sindicato dos Bancários para ampliarmos as ações, ouvindo todas as partes. Continuamos buscando maior aproximação com os bancos”, concluiu.

PETO 70 prende mulher com duas armas em Ilhéus

Foto divulgação Polícia Militar.

A Polícia Militar, por intermédio da PETO 70 – Pelotão de Emprego Tático e Operacional da 70 CIPM, prendeu por volta das 17 horas, na tarde do sábado (23), uma mulher identificada como Lhais Feitosa Cerqueira.

Lhais foi flagranteada durante abordagem na Av. Itabuna, em posse de dois revólveres.

Participaram da ação os policiais militares Soldados Valdir, Matheus, Neves e Everaldo Brandão.

Todo o material apreendido foi apresentado, juntamente com a meliante na Delegacia de Policia de Ilhéus.

PETO 68 recupera moto roubada em Ilhéus

Foto divulgação Policia Militar.

Por volta das 10 horas do sábado (23), uma guarnição da PETO 68 – Pelotão de Emprego Tático e Operacional da 68 CIPM, conseguiu recuperar uma moto tomada de assalto no dia 16 deste mês na av. Litorânea Norte.

A Motocicleta Honda/ NXR 160 Broz, de cor vermelha, estava escondida no Alto da Tapera com placa adulterada com fita isolante. Dois indivíduos foram conduzidos, sendo que um deles estava em posse da motocicleta.

A motocicleta, bem como os indivíduos foram apresentados na 7ª Coorpin.

Aluno denuncia fraude em cotas de Medicina na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)

A suspeita veio logo que saiu a lista de aprovados para o curso de Medicina. Na época, dezembro do ano passado, o estudante de Direito Moises Sant’Ana, 27 anos, estranhou o perfil de parte dos chamados para cursar a primeira turma dessa graduação na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que tem campi em Porto Seguro, Teixeira de Freitas e Itabuna.

Na instituição, os cursos são divididos entre primeiro e segundo ciclos – Bacharelados (BIs) e Licenciaturas Interdisciplinares (LIs) seriam do primeiro, e cursos tradicionais, chamados lá de ‘profissionalizantes’ (como Medicina, Direito e Engenharias), do segundo ciclo. Para chegar aos profissionalizantes, obrigatoriamente, os estudantes precisariam ter passado pelo primeiro ciclo.

E foi nessa transição de um ciclo para o outro que Moises percebeu algo estranho: ele suspeitou que tinha gente que não deveria estar ali. Ao ver os nomes, acreditou que gente que não é negra estaria ocupando espaço reservado aos alunos que são. Era o início de uma denúncia de fraude nas cotas que chegou a envolver até o alto escalão administrativo da universidade e um processo por danos morais em R$ 10 mil.

Ao final, em janeiro, ele conseguiu detectar 15 pessoas que teriam entrado pelas cotas para negros mas que não teriam perfil para a reserva de vagas. A fraude estaria em duas categorias: candidatos negros e indígenas com renda per capita menor que 1,5 salário mínimo e candidatos negros e indígenas independente da renda. No Brasil, a lei de cotas leva em conta o mesmo critério que o IBGE para considerar que alguém é negro – se a pessoa se autodeclarou preta ou parda.

Clique aqui e leia a matéria completa no Jornal Correio da Bahia.

Câmara abre caminho para CPI da Lava Jato, diz coluna

De acordo com a Coluna do Estadão, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, teria pedido um estudo da assessoria técnica da Casa para avaliar a criação de CPIs. O resultado deve abrir caminho para a instalação da CPI da Lava Jato, apresentada pelo PT sob o pretexto de investigar suspeitas de que escritórios de advocacia direcionaram depoimentos de delatores. Desde que foi protocolada, Maia já arquivou 5 dos 10 pedidos que estão à frente. Como existe uma fila que não pode ser furada e só cinco CPIs funcionam ao mesmo tempo, para viabilizá-la ele precisa se livrar de outras três. Atualmente, a Câmara tem três CPIs autorizadas a funcionar. Por isso, sobram apenas duas vagas. Maia deu aval para investigar a indústria das multas, o crime organizado no Brasil e o vazamento de mineração em Barcarena. A justificativa para indeferir os cinco pedidos de CPI foi a mesma: não têm fato determinado. No caso da CPI da Lava Jato, considerada o “troco” do Congresso na operação, o entendimento é de que o pedido está fundamentado.

Estadão

Seis apostas levam a Quina de São João; confira as dezenas sorteadas

Seis apostas acertaram o prêmio principal da Quina Especial de São João, concurso 4.706, sorteado na noite de ontem (23) em Campina Grande (PB). O prêmio estava estimado em R$ 130 milhões. Confira as dezenas sorteadas: 03 -29 – 33- 53 -69.

Os bilhetes premiados foram de Brasília, São Paulo, Belém, Porto Alegre, Vila Velha (ES) e Rondonópolis (MT). Cada um leva um prêmio de R$ 20.843.799,43.

Mais de 1,7 mil apostas acertaram a quadra e levam um prêmio de R$ 4.989,26. Já o terno, quando o apostador acerta três dezenas, saiu para 128.851 bilhetes, com um prêmio de R$ 100,38 cada. Já os mais de 3 milhões de apostas que acertaram dois números (duque), levam R$ 2,30.



junho 2018
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia