Foto divulgação.

A Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Agricultura e Pesca, e o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável promoveram nesta quarta-feira, na Câmara de Vereadores, uma reunião com representantes de associações rurais e com o gerente do Banco do Brasil de Itacaré, Leandro Mansur, para discutir sobre a liberação de linhas de créditos do Pronaf. Os recursos do programa serão direcionados para os produtores rurais para que seja utilizados no fomento e desenvolvimento da produção de alimentos da agricultora familiar.

De acordo com o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, a agricultura familiar é de extrema importância não somente por garantir grande parte da produção, como também movimenta a economia do município, da Bahia e do Brasil. Mas para isso é preciso garantir mais linhas de créditos e investimentos para que os produtores possam aumentar a produção e gerar mais empregos e renda.

A linha de crédito apresentada pelo Banco do Brasil será para investimento e custeio com taxa de juros de 1,5 a até 2%, dependendo do valor aprimorado do projeto. Esses financiamentos serão para projetos voltados para agroindústrias como casa de farinhas, fábricas de chocolates ou polpas de frutas, linhas de custeio para compra de matérias e insumos para produtor produzir com qualidade e quantidade, fortalecendo a agricultura.

Os projetos já podem ser elaborados e levados ao banco para análise técnica. O gerente do Banco do Brasil fará a visita técnico para verificação da implantação do projeto. O BB também se propõe a ajudar no que for possível para atender a todos os projetos que forem destinados para análise. O objetivo é ajudar no avanço da agricultura em Itacaré.

O encontro contou com a participação do secretário municipal de Agricultura, Humberto Matos, técnicos da prefeitura, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, Assentamento Pancada Grande, Associação dos Produtores do Orojó, Associação Quilombo do Porto de Trás, Associação Quilombo do Fojo, Associação Quilombo do Santo Amaro, Associação Quilombo do Oitizeiro e Associação Quilombo do João Rodrigues.