WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
faculdade de ilheus







cenoe

Bahia: Segurança de Shopping tenta impedir que cliente pague alimentação para criança carente

Imagem mostra a luta do cliente Kaique Sofredine ( esquerda ) contra a prepotência do  segurança para pagar um almoço a uma criança carente.

Uma cena no mínimo, grotesca e absurda , foi documentada por populares Shopping da Bahia, antigo Iguatemi, localizado na capital baiana nesta segunda-feira (11).

Ao tentar pagar um almoço para uma criança, um cliente identificado como Kaique Sofridine foi veementemente repreendido por um segurança do local, que afirmava que ali a criança não poderia comer.

Quando questionado pelo homem, o segurança não deu nenhuma resposta pertinente sobre a proibição do garoto comer na praça de alimentação do shopping.

O segurança chega a mandar que a atendente do restaurante não fizesse o prato, e é questionado pelo cliente e pessoas em volta sobre o seu comportamento desumano. Sem nenhuma justificativa plausível, tentou tirar a criança à força e foi impedido pelo cliente.

Durante a ação, outros seguranças foram chamados para tentar retirar o menino do local e proibir o homem de pagar, por livre e espontânea vontade, o almoço do garoto.

Um ato escancarado de preconceito contra uma criança que queria apenas matar sua fome.

O vídeo foi publicado na rede social do cliente e viralizou, gerando revolta e questionamentos sobre a conduta do segurança.

Confira o vídeo abaixo :

Estou muito revoltado com isso que aconteceu hoje, fui pagar um almoço pra uma criança e o segurança disse que ele não iria comer , foi uma longa discussão até Chamar o supervisor dele e por fim o supervisor deixar o menino comer no shopping

Publicado por Kaique Sofredine em Segunda, 11 de junho de 2018

5 respostas para “Bahia: Segurança de Shopping tenta impedir que cliente pague alimentação para criança carente”

  • Alba says:

    Que absurdo foi esse???? Qual a justificativa??? Cadê a manifestação dos direitos humanos??? Juizado da infância? Ahhh lembrei, não era ninguem, era só uma criança de rua….

  • Alba says:

    Cada dia mais o ser humano vai esquecendo sua humanidade!!!!

  • Guilherme says:

    Acredito que o Shopping da Bahia tenha cometido alguns crimes:

    CRIME CONTRA A INFÂNCIA (LEI 8069/90)

    O Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8069/90) criminaliza conduta discriminatória de submeter criança ou adolescente a vexame ou constrangimento.

    CRIME DE RACISMO (LEI 7716/89):
    Art. 5º Recusar ou impedir acesso a estabelecimento comercial, negando-se a servir, atender ou receber cliente ou comprador.

    Pena: reclusão de um a três anos.

    Art. 8º Impedir o acesso ou recusar atendimento em restaurantes, bares, confeitarias, ou locais semelhantes abertos ao público.

    Pena: reclusão de um a três anos

    Sabemos que o segurança agiu erroneamente, mas também que ele é um trabalhador que apenas cumpre as vergonhosas ordens recebidas.

  • SERGIO SANTOS says:

    O Sr. Kaique está de Parabéns, pessoas assim como você que faz esse mundo valer a pena, esse segurança merecia uns POW…….

  • Manoel Henrique Cardoso Pereira Lima says:

    Os únicos crimes pelos quais pessoas jurídicas respondem são crimes ambientais. No caso, quem cometeu os crimes foi o segurança. Ordem errada não se cumpre. Se não era escusável, que explique isso em sua defesa e o shopping, certamente, responderá civilmente e/ou administrativamente pelo ocorrido.

Deixe seu comentário

faculdade madre thais

junho 2018
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia