O traficante Tierre Gonçalves Vasconcelos da Silva, o “Tutu”, confessou o envolvimento em diversos homicídios e tentativas ocorridas na cidade de Itabuna, nos últimos meses, após ser preso na noite de segunda-feira (14). Ele havia sido baleado por criminosos de uma quadrilha rival, quando foi localizado por policiais militares da cidade.

Tierre foi encaminhado para um hospital de Itabuna, onde, após passar por procedimentos médicos, foi conduzido para a Delegacia de Homicídios. “Os militares identificaram que ele possuía um mandado em aberto e nos comunicaram. Com o criminoso havia uma pistola 380, que nos foi apresentada pelos militares”, explicou a titular da DH/Itabuna, delegada Magda Sueli Figueiredo.

Já na especializada, Tierre acabou confessando crimes ocorridos no distrito de Barro Preto e outros pelo qual ele já estava sendo investigado, como o homicídio de Lucas dos Santos Silva, o Playboy, ocorrido em 20 de março, e a tentativa de assassinato de Jaildo de Jesus, ocorrida em 1º de abril, em Nova Itabuna.

“Ele é integrante de uma quadrilha de traficantes da região e os crimes cometidos por ele estão relacionados a disputa por pontos de tráfico de drogas”, relatou Magda Sueli. A pistola apreendida com Tierre foi apresentada ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passará por perícia, apesar do criminoso ter confessado que a utilizou para cometer os crimes. Tierre já está à disposição da Justiça.