Investigadores da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Ilhéus, cumpriram na útima na quinta-feira (8), o mandado de busca e apreensão expedidos contra Lucas Gama da Silva, de 18 anos, apontado como um dos integrantes da quadrilha envolvida no sequestro e assassinato do cigano Iranildo Gama Queiroz, ocorrido em agosto de 2017.

Lucas tinha 17 anos e 11 meses quando se envolveu no sequestro, e logo após completar a maioridade, foi acusado de participar de uma tentativa de latrocínio, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, em novembro do ano passado.

O criminoso estava escondido em Salvador e após o cumprimento de mandado foi encaminhado ao Complexo Penitenciário da Mata Escura, onde aguardará transferência para Ilhéus, onde a Vara da Infância e da Juventude local cuida do caso referente ao sequestro.