Em cerimônia realizada na manhã desta terça-feira (10), o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre Sousa, prestigiou o Dia Nacional da Guarda Civil Municipal (GCM). O ato comemorativo aconteceu no Centro Administrativo, no bairro da Conquista, e contou com a presença do vice-prefeito e secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal Pacheco Soub; da deputada estadual, Ângela Sousa e do Capitão de Corveta da Marinha do Brasil, Paulo César. Após hasteamento do Pavilhão Nacional, os presentes ouviram os discursos das autoridades que, em seguida, condecoraram o grupamento feminino composto por 15 guardas, com um símbolo da prevenção do câncer de mama, lembrado durante o mês de outubro. 
 
O prefeito Mário Alexandre ressaltou a importância da Guarda Civil no cenário administrativo municipal, sobretudo em salvaguardar a vida humana. “Nossos servidores acompanham de forma ostensiva, juntamente com a Polícia Militar, com o intuito de ser verdadeiros cuidadores de vidas humanas. O dia é deles, mas o presente é nosso. Vamos cuidar da nossa guarda, profissionalizando, equipando, cuidando da sua saúde, afinal, a GCM é um dos grandes patrimônios de nossa cidade”, assegurou. 
 
“Este dia é mais um ato de reconhecimento para com os Guardas Civis Municipais, merecedores, sobretudo pelo serviço prestado a sociedade ilheense, afinal, são homens e mulheres comprometidos com o município na defesa do patrimônio e do bem maior que é o cidadão”, destacou a deputada estadual, Ângela Sousa. 

 
Valorização – Para o Comandante da GCM, Leonardo Bandeira, desde que a corporação foi fundada há 37 anos, nunca houve nenhum evento que agraciasse a categoria. “A GCM presta um serviço de extrema relevância para a população. Pela primeira vez estamos realizando um evento que valorize o nosso pessoal. Somos solicitados em eventos, em colégios, no patrulhamento e no trânsito. Graças a Deus, a atual gestão está quebrando todos os paradigmas que antes existiam e hoje não existem mais, através do apoio que vem sendo dado a nossa categoria”, afirmou. 
 
Homenagens – “É muito gratificante ser homenageada por ser Guarda Civil Municipal e por ser mulher. Este símbolo que acabei de receber, representa a luta do câncer de mama que é o tipo que mais possui cura, mas também o que mais mata, segundo as pesquisas”, opinou a guarda civil, Denivalda Moreira.
 
Com 30 anos de atuação na categoria, o presidente do Sindicato dos Guardas Civis Municipais, (SindiGuardas-BA), Pedro de Oliveira Santos, diz estar muito gratificado ao presenciar a atual gestão atuar, na prática, ao defender servidores e assegurar direitos. “Acreditamos que o prefeito Mário Alexandre vai, mesmo diante de todas as dificuldades encontradas, fazer investimentos e realizar projetos para buscar recursos no Fundo Nacional de Segurança Pública, para que a GCM possa executar um trabalho de prevenção, de maneira que se cumpra a Lei 13.022/2014, onde os guardas são inseridos na Segurança Pública”, frisou.
 
A guarda civil municipal é a denominação utilizada no Brasil para designar a instituição do controle social ostensivo para proteger os bens, serviços e instalações dos municípios. As corporações apresentam-se como uma alternativa à segurança pública no Brasil. As atividades do guarda civil estão ligadas aos cidadãos e não têm caráter militar ou investigativo.
 
Estiveram presentes oficiais militares da Marinha; do Exército; da Polícia Militar; do Corpo de Bombeiros da PM; o subprocurador geral do município, Jeferson Domingues Santos; secretários municipais de Relações Institucionais, Sérgio Souza; de Indústria e Comércio, Paulo Sérgio; de Governo, Alisson Mendonça; de Administração, Bento José Lima; e o presidente da Câmara de Vereadores, Lukas Paiva.