Raimundo Borges, presidente do Colo-Colo

Na noite desta terça-feira (08) a rádio Sociedade da Bahia divulgou um áudio comprometedor contra o presidente do Colo Colo, Raimundo Borges.

No áudio, Raimundo aparece negociando valores por fora do contrato com uma pessoa identificada como Ketelyn.

A empresa CVL Alpha Sports, que investiria mais de 1 milhão de reais, chegou em Ilhéus como uma grande saída para levantar o futebol do Colo Colo. Mas o acordo acabou gerando prejuízos incalculáveis ao clube, salários dos jogadores não foram pagos, e até a manutenção da concentração do time foi afetado com falta de alimentação para os atletas.

Raimundo Borges, segundo os promotores responsáveis pela Operação Citrus, deflagrada em março deste ano, quando atuou na Secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus, entre 2013 e 2016, teria participado do esquema de fraude a licitações.

Ouça os áudios: