Ex-governador Sérgio Cabral.

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral e a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo seguem na manhã de hoje (27) para Curitiba, no Paraná, onde prestam depoimentos ao juiz Sérgio Moro sobre as investigações da Operação Lava Jato.

O avião da Polícia Federal (PF) que transportaria o ex-governador e sua mulher teve problemas técnicos não revelados pela PF na tarde de ontem (26), e não decolou para Curitiba.

O ex-governador que encontra-se preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste da cidade, foi levado para a sede da Polícia Federal, no Centro do Rio, onde passou a noite. Adriana Ancelmo permaneceu em sua residência no Leblon, na zona sul da cidade em prisão domiciliar.

Adriana deixou a residência na zona sul da cidade para a Base Aérea do Galeão por volta das 5h30 da manhã de hoje. O ex-governador seguiu para o terminal aeroportuário para  embarque às 7h.

Em Curitiba, a partir das 14h desta quinta-feira, eles prestam depoimentos ao juiz da 13ª Vara Federal do estado sobre as investigações da Operação Lava Jato, referentes aos desvios de dinheiro das obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).