Nas redes Sociais, os ilheense publicaram varias fotos com os radares empacotado com lona plastica.

Nas redes sociais, inúmeros ilheenses publicaram fotos dos radares, que nas últimas 48 horas,  estão sem funcionar. Alguns estão envelopados por sacos plásticos e a situação foi protagonizada por falta de pagamento junto a empresa responsável por sinais e radares, a GCT .

Mais a prefeitura por meio de nota a imprensa, nega o débito. De acordo com o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Hermano Fahning, estava prevista, para o próximo mês, uma atualização do software de monitoramento do tráfego. O serviço sob a responsabilidade da empresa contratada foi, no entanto, antecipado sem o aviso prévio à Prefeitura, o que já resultou em uma notificação à gestora dos equipamentos.

Durante o período sem funcionamento, o município solicitou que não fossem geradas imagens durante a atualização, até porque há um impedimento legal de se emitir notificação nesta circunstância. A atualização tem a duração de 72 horas, segundo Hermano. A Seintra informa que durante o procedimento não será gerado nenhum tipo de notificação aos motoristas. Nesse período – assegura – os agentes de transito estarão nos cruzamentos mais movimentados da cidade fazendo as devidas orientações. A partir de amanhã as notificações voltam a funcionar normalmente.

Hermano Fahning solicitou a colaboração dos motoristas para que continuem com o habito de reduzir a velocidade nestes cruzamentos. Sobre a grande quantidade de semáforos que apresentam falhas de funcionamento ou estão desligados, o secretário prevê o reparo até a próxima semana. O contrato com a empresa gestora está em vigor até o dia 23 de julho, mas a Seintra já está em fase final de abertura do edital de concorrência de licitação para a execução de um novo contrato.