WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hospital sao jose prefeitura ilheus transporte ilegal
Aguarde as próximas enquetes...

:: 12/fev/2017 . 15:43

Horário de verão termina daqui a uma semana

O horário de verão acaba no próximo domingo (19), a partir da 0h, quando os relógios devem ser atrasados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A medida, em vigor desde outubro, tem como objetivo aproveitar melhor a luz solar durante o período do verão, além de estimular o uso consciente da energia elétrica.

A mudança de horário é adotada no Brasil desde 1931, e visa proporcionar uma economia de energia para o país, com um menor consumo no horário de pico (das 18h às 21h), pelo aproveitamento maior da luminosidade natural. Com isso, o uso de energia gerada por termelétricas pode ser evitado, reduzindo o custo da geração de eletricidade.

A previsão do governo é que o Horário de Verão deste ano resulte em uma economia de R$ 147,5 milhões, por causa da redução do uso de energia de termelétricas. Na edição anterior (2015/2016), a adoção do horário de verão possibilitou uma economia de R$ 162 milhões.

Baralho do Crime da SSP recebe primeira atualização de 2017

Foto: Divulgação SSP

O ‘Baralho do Crime’, ferramenta criada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) para estimular a participação dos baianos na busca e captura de procurados, ganhou neste sábado (11), a primeira atualização de 2017. Na revisão, que ocorreu nos quatro naipes, oito novos rostos foram inseridos.

Terceira criminosa a ser fixada na ferramenta, Jasiane Silva Teixeira, também conhecida como “Dona Maria”, é a Dama de Copas. A traficante é também homicida de fama em Vitória da Conquista, localizada a 509 quilômetros da capital. Dona Maria entra no lugar de Averaldo Ferreira da Silva Filho, o Averaldinho, cujo mandado de prisão foi revogado pela justiça.

O Três de Ouros passa a estampar o rosto de Venício Bacellar Costa, o “Fofão” ou “Doido”, procurado por tráfico de drogas e homicídio atuante na região de Abrantes. O Dois e Ouros agora apresenta Ricardo Martins Batista Santos ou “Bocão”, que entrou no lugar de José Orlando da Anunciação Santos, “Nando”, já preso. Atuante Fazenda Coutos, Bocão é procurado por homicídio.

Ainda em Copas, a carta Oito passa a apresentar o homicida Adelson dos Santos Moreira Ramo, atuante em Pau da Lima, em substituição a Ramiro Nascimento Lopes preso este ano, após ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Paus, naipe mais modificado, teve três cartas (“Valete”, “Oito” e “Três”) alteradas. Capturado por homicídio e tráfico de drogas Alexsandro Sales Santos, o “Leque”, deu lugar para o traficante Allan Keyson Regis de Souza, apelidado de “Jegue”, que se tornou Valete de Paus. Jegue desenvolve suas atividades criminosas nos bairros de Cidade Nova, Pau Miúdo, Iapi e Liberdade.

O novo Oito de Paus Rafael Almeida de Jesus, conhecido como “Rafinha” é investigado por homicídio e tráfico de drogas. Rafinha age na região de São Cristóvão e retira Moisés Fernando Couto.

De Valéria e Lagoa da Paixão surgiram o Três de Paus, Leonardo Fernando dos Santos, “Léo Barata” e Yuri Carlson Santana Santos, “ET” ou “Cabeça de Repolho”, atual Quatro de Paus. Ambos são procurados por homicídio, porém ET também é traficante. :: LEIA MAIS »

A blitz contra o bom senso

Editorial

Gigantescos engarrafamentos e muita reclamação, esse é o saldo de várias blitze.

Um dos grandes males que assola o país, é a falta de fiscalização, e o não cumprimento das leis constituídas. Isso é fato.

Por causa disso, a corrupção, em todas as instâncias, se tornou prática corriqueira e chegou a atual situação. A crença na impunidade, e a certeza de que eles, os corruptos, jamais seriam descobertos, causou (e causa) gigantescos prejuízos aos cofres públicos.

Mas, para tudo nessa vida, o bom senso nunca deve sair de campo. Caso contrário, situações que tinham tudo para esbanjarem saldos positivo, acabam gerando transtornos, ofuscando as benesses que supostamente acarretariam.

Um bom exemplo para ilustrar isso, são as blitze que aconteceram em Ilhéus na sexta (10) e neste sábado (11). Ninguém questiona a imprescindibilidade de realiza-las, até porque, milhares de vidas são colocadas diariamente em risco, à mercê de irresponsáveis e criminosos em potencial, cujos veículos se convertem em verdadeiras armas. Para percebermos a dimensão disso, basta consultarmos as estatísticas de mortes no trânsito, devido à combinação: Bebida alcóolica + volante.

Mas, como nos ensinam os mais velhos, para tudo nessa vida deve haver ordem e decência. E são justamente essas duas palavras chaves, que notadamente foram retiradas do vocabulário dos idealizadores e realizadores das referidas blitze. Ou seja, o governo do Estado, através do Detran. Segundo informações, o alvo principal é pegar os automóveis com IPVA atrasado, além de flagrar condutores sob efeito de álcool.

Vejamos alguns absurdos cometidos. Na sexta, a operação começou no início da tarde, e perdurou até as 21h. Na operação, os condutores de veículos foram forçados a passar em frente ao estádio Mário Pessoa, onde a blitz foi realizada. Para isso, todas as vias foram bloqueadas, a exemplo da subida para o viaduto Catalão, e os acessos para as avenidas Soares Lopes e Canavieiras. Tal situação, consequentemente, em uma cidade com gravíssimos problemas de mobilidade urbana, contribuiu para que o trânsito ficasse travado, revoltando cidadãos de bem, que, geralmente apoiam esse tipo de fiscalização, mas que se mostraram totalmente revoltados como a forma irresponsável que tal foi conduzida.

Hoje, uma nova blitz foi realizada, dessa vez na avenida Lomanto Júnior, na altura do Muro do Aeroporto, para quem ia em direção a Olivença, e nas proximidades da curva do aeroporto, para quem vinha da zona sul. Mais uma vez, algumas vias foram obstruídas, colaborando para que o já conturbado fluxo de veículos na localidade, se tornasse um tormento de proporções infernais.

A frase de autoria do ex-governador Octavio Mangabeira, “Pense num absurdo, na Bahia tem precedente”, volta à tona com as Blitze em Ilhéus.

Uma coisa chamou a atenção nas operações: A presença de um estranho guincho, com placa do Rio de Janeiro, que conseqüentemente não é contribuinte baiano.

Perante essa situação, algumas perguntas pairam no ar: Até que ponto a realização de uma blitz (essenciais, desde que realizadas com sabedoria), pode interferir no nosso direito constitucional de ir e vir?

Onde estão os nossos representantes políticos, eleitos democraticamente para nos representar, e interceder pelo bem estar da população? Será que eles, deputados e o nosso prefeito, concordam com a forma que essas blitze estão sendo tocadas? E se discordam, continuarão de braços cruzados?

A população ilheense exige que nossos políticos se manifestem ante tal descalabro, e, obviamente, façam jus aos seus mandatos, tendo como companheiro o bom senso, e busquem soluções para esse problema.

É o que todos esperam!

Ilhéus: Acidente em frente ao condomínio Sol e Mar

Fotos enviadas por um leitor.

Um acidente envolvendo três veículos, um Gol, um Ford Ka e um Celta, aconteceu na noite deste sábado (11), nas proximidades do condomínio Sol e Mar, na estrada para o distrito do Couto.

Segundo informações, não houve vítimas fatais, e os envolvidos tiveram apenas ferimentos leves. A equipe do Samu e o corpo de bombeiro estiveram no local, e prestaram os primeiros socorros.

Até o momento não sabemos os nomes dos envolvidos. De acordo com relatos de populares, havia indício de consumo de bebida alcoólica entre as vítimas do acidente.

Vídeo:

fevereiro 2017
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia