WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom


:: 10/dez/2016 . 19:54

Ilhéus: Polícia Civil realiza operação padrão contra a reforma da previdência

Novos Vereadores ilheenses participam de Seminário em Itabuna

Vereadores eleitos Paulo Carqueija, Fabricio Nascimento, Lukas Paiva, Nin Valverde, Pastor Matos e Markisi.

Vereadores eleitos Paulo Carqueija, Fabrício Nascimento, Lukas Paiva, Nino Valverde, Pastor Matos e Markisi.

Nesta sexta- feira (09) ocorreu no município de Itabuna, o 1º Seminário Ação Parlamentar “os desafios de ser um vereador”, e teve a presença de inúmeros vereadores eleitos e reeleitos de Ilhéus.

Estiveram no evento Paulo Carqueija, Pastor Matos ambos do PSD, além dos três vereadores do PSB, Lukas Paiva, Fabricio Nascimento, Nino Valverde e o petista Makrisi Angeli.

Aproveitando o ensejo, o candidato à presidência da câmara, Lukas Paiva, dialogou com os futuros colegas e ouviu sugestões para aproximar a câmara, do povo.

Paiva vem recebendo apoios espontâneos dos futuros vereadores, despontado como favorito para comandar o legislativo ilheense no biênio 2017/2018.

Ilhéus: quatro praias em estado impróprio para banho

Praia do Norte apresenta boa balneabilidade. Foto Jamesson Araújo.

Praia do Norte apresenta boa balneabilidade. Foto Jamesson Araújo.

Das praias avaliadas pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) na Costa do Cacau, Litoral Sul – BA, quatro se encontram em estado impróprio para banho neste fim de semana.

O Inema recomenda que os banhistas evitem as praias de Barra de São Miguel (em frente à rua de acesso a praia), Marciano (próximo ao Bar Litrão), Malhado(próximo à escultura da sereia), Avenida (próximo à lanchonete Subway) e Cristo (próximo a Barraca Point Conde Badaró),

O material é analisado e os exames bacteriológicos confirmam as praias impróprias para o banho. A praia é considerada própria quando houver no máximo em 80% das amostras, 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou ainda 100 enterococos por 100 mL de água. Ainda que nas análises anteriores a qualidade da água esteja dentro dos parâmetros considerados próprios para banho, se o valor obtido na última amostragem for superior a 2500 coliformes termotolerantes ou 2000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mL de água, a praia é considerada imprópria. Esses critérios foram estabelecidos pela resolução 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

No período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas através das galerias pluviais, podendo causar doenças. Além disso, é desaconselhável, ainda em dias de sol, o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

Incertezas e especulações marcam formação do novo governo

Alguns prefeitos eleitos do sul da Bahia já anunciaram seus secretariados, para antecipar planejamento de cada área. Em Ilhéus, o prefeito eleito Mário Alexandre (PSD) vem retardando o anúncio gerando especulações e desgastes políticos.

Com os nomes especulados e alguns até fechados, dão conta que o governo não será tão novo assim. Nas rodas políticas, em tom de sacarmos, muitos afirmam que o governo de Mário será uma mescla de nomes dos Governos Newton Lima e Valderico Reis, que marcaram a história ilheense como fruto de caos administrativo e fortes intrigas políticas.

Dos nomes especulados, um em especial vem gerando uma grande polêmica devido a um conflito de interesses, entre o público e o privado na área da saúde.

Dupla esperteza

Otto Alencar

Otto Alencar

Preocupado com o voo independente do senador Otto Alencar (PSD), o Palácio de Ondina ofereceu ao aliado o comando da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). Desde que ele, e não um indicado, assumisse o cargo.  O plano é deixá-lo completamente atrelado ao governo Rui Costa para 2018. Otto, que de bobo nada tem, recusou. No momento, quer manter a liberdade. ( Satélite/Correio)

Audiência pública sobre a nova ponte Ilhéus/Pontal será nesta segunda (12), na Câmara de Vereadores

img-20161123-wa0011

A audiência pública sobre a nova ponte Ilhéus/Pontal acontece na próxima segunda-feira (12), às 14h, no Plenário da Câmara de Vereadores de Ilhéus. Será uma oportunidade da população tirar dúvidas sobre o projeto que interligará o centro da cidade à zona sul e integra a BA-001, saber como irá melhorar a qualidade de vida da população, como promoverá mais mobilidade e menos tráfego com escoamento adequado, acessibilidade, ciclovias, estacionamentos, e como impactará diretamente nos moradores da cidade, principalmente os que terão suas casas atingidas pela obra – e que tem se organizado em movimento capitaneado pelo morador Edgard Freitas. Técnicos também deverão apresentar os Estudos de Impacto Ambiental e suas condicionantes.

A realização desta audiência foi recomendada pelo Ministério Público ao Governo do Estado, por meio da Superintendência de Infraestrutura do Estado da Bahia (SIT), após representação enviada pelo Instituto Nossa Ilhéus. Enquanto instituição da sociedade civil organizada, que atua também com monitoramento social, o Instituto enviou representação ao MP a fim de contribuir para que os gestores não ajam de forma equivocada, solicitando providências e tornando o processo da obra, que tem levantado muitos questionamentos por parte da população, o mais transparente possível para a população.

Uma reunião pública, proposta pelo vereador, Ivo Evangelista, aconteceu no dia 01 deste mês, quando foi possível que os presentes formulassem perguntas para apresentarem na audiência de segunda-feira, quando serão seguidos os trâmites referentes a uma audiência desta natureza, com prévia e ampla divulgação, presença de técnicos para falarem sobre o projeto, apresentação dos estudos de impacto ambiental, inscrições de perguntas da população para serem respondidas pela mesa, os encaminhamentos registrados em relatório e a apresentação das conclusões.

*Informações do Instituto Nossa Ilhéus

Delação da Odebrecht atinge em cheio Dilma e Temer

aecio_defende_que_tse_investigue_pagamentos_a_marqueteiro_de_dilma_no_exterior.-jornal-a-gazeta_large

A delação premiada de executivos da Odebrecht é vista como um risco para o presidente Michel Temer no processo que corre no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e investiga irregularidades na campanha presidencial de 2014. Há um temor no Planalto de que os executivos da empreiteira levantem novas suspeitas sobre a origem das doações feitas à campanha, fortalecendo a acusação de que houve abuso de poder econômico.

O ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Cláudio Melo Filho afirmou, em anexo entregue ao Ministério Público Federal, que o presidente Michel Temer pediu “apoio financeiro” para as campanhas do PMDB em 2014 a Marcelo Odebrecht, que se comprometeu com um pagamento de R$ 10 milhões.

A pedido de Dilma, Odebrecht pagou R$ 4 milhões a Gleisi

Nos próximos dias, em mais uma de suas inúmeras revelações bombásticas, muitas delas capazes de colocar a República de ponta cabeça, o empresário irá envolver a ex-ministra da Casa Civil, senadora Gleisi Hoffmann (PT), numa trama nada republicana. Nas preliminares do depoimento, Marcelo Odebrecht já informou aos procuradores que detalhará como repassou a Gleisi mais de R$ 4 milhões não declarados para saldar dívidas de sua campanha ao governo do Paraná em 2014. O dinheiro saiu do setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, conhecido como o “departamento de propina”. Conforme apurou ISTOÉ junto aos investigadores, a transferência do montante ocorreu a mando da então presidente da República, Dilma Rousseff.

mega turbonet

dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Aguarde as próximas enquetes...


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia