WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

secom

transporte ilegal e crime

banner-publicitario-v-passeio-ciclistico

outdoor_palazzo_2016 (1) (1)

Clique no Banner e conheça a melhor morada de Ilhéus.

 

blog_agravo

Mais de 5 mil pessoas na caminhada de Bebeto mostram a verdadeira pesquisa

7-640x451 img_3881-640x426

Uma multidão invadiu as principais ruas e avenidas do centro de Ilhéus na manhã desta sexta-feira, 30, para confirmar que Bebeto (PSB) é o favorito na corrida eleitoral deste ano. Foram mais de duas horas de caminhada, com passagem pelos calçadões da Jorge Amado, D. Pedro II, Marquês de Paranaguá e avenidas 2 de Julho e Soares Lopes. O encerramento foi aos pés da Catedral, na Praça Dom Eduardo. Durante o percurso acompanhado de mais de cinco mil pessoas e ao lado do vice Luiz Uaquim, o candidato do PSB ficou ainda mais confiante da vitória nas urnas neste domingo, 2.

Bebeto ficou muito emocionado ao receber o carinho de trabalhadores e comerciantes no principal centro comercial de Ilhéus. Na Avenida Soares Lopes, ele foi carregado pelo povo que entoava a canção “sou mais 40, de coração…” e recebeu acenos de moradores e funcionários de prédios. Da sacada, muitos gritavam: “não tem jeito, Bebeto é o prefeito”.

A passagem de Bebeto pela Marquês de Paranaguá causou euforia nas comerciárias Andreia de Oliveira Soares e Viviane Costa de Souza. “A verdadeira pesquisa está aqui hoje. Essa multidão que invadiu o nosso centro. Estou triste porque não tive como me juntar à caravana e acompanhar o próximo prefeito de Ilhéus. Mas estou feliz porque Bebeto vai vencer e fará uma grande administração”, Viviane Costa.

Aposentado

Já o aposentado Carlos Aberto Rodrigues, 71 anos, fez questão de destacar que vai votar no próximo domingo, mesmo não sendo obrigado. “Eu quero o melhor para Ilhéus. Por isso, vou escolher um prefeito preparado para executar as políticas públicas que o ilheense tanto precisa”, disse.

A caminhada da vitória foi encerrada com discurso em que Bebeto agradeceu o apoio que tem recebido em todos os cantos da cidade, nos altos, morros, vilas e povoados e distritos.  “É nessa pesquisa que eu acredito. Quem votar nas nossas propostas de governo não vai se decepcionar, pois me preparei para fazer o melhor governo da história de Ilhéus”, disse.   

*Matéria da Assessoria de Comunicação da coligação Ilhéus, nosso maior compromisso

PF investiga compra de votos e candidato que “amaldiçoava” eleitores na Bahia

image

A Polícia Federal (PF) cumpriu hoje (30) 17 mandados contra crimes eleitorais. Foi durante a operação Simão, em Feira de Santana, na Bahia. O Ministério Público Eleitoral (MPE) havia solicitado a investigação de compra de votos por parte de um pastor evangélico, candidato a vereador.

“O grupo do pastor estava formando listas para oração da família, em troca de dados eleitorais dos fiéis da igreja. Nesta lista, eles ofereciam a benção dos fiéis ou amaldiçoavam o eleitor em caso de negativa no fornecimento de dados eleitorais”, disse o delegado Fábio Araújo Marques, chefe da Polícia Federal em Feira de Santana. Um dos locais onde a PF cumpriu os mandados de busca e apreensão foi a Igreja do Evangelho Quadrangular, onde o pastor é um dos líderes e teria coagido os fiéis.

Cerca de 40 policiais federais realizaram a operação, cujo objetivo foi coibir a prática do crime, com a proximidade do dia da eleição. Nove pessoas foram conduzidas coercitivamente à polícia e oito mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Ninguém foi preso.

Alimentos

Além do cadastramento dos eleitores fiéis, a PF constatou que alimentos eram doados a comunidades carentes e um esquema de favorecimento na marcação de exames e consultas médicas pelo Sistema Único de Saúde era montado para aqueles que prometiam votar no candidato. Um vereador também foi investigado pela polícia, que constatou a compra de votos, por meio de uma liderança comunitária local. Ela oferecia terrenos como moeda de troca.

“Fatos dessa natureza são iniciados a partir da população que faz as denúncias. Os responsáveis a serem punidos não são apenas os candidatos, mas qualquer pessoa envolvida nas condutas criminais.  Com o apoio da PF, estamos apurando e aprofundando as investigações para desenhar a teia criminosa”, disse o Promotor de Justiça do MPE, Aldo da Silva Rodrigues.

De acordo com a PF, os investigados devem responder pelos crimes relacionados à compra de votos. As penas previstas são multa e cassação dos registros de candidatura. O nome da Operação Simão refere-se ao codinome dado pela Polícia Federal a um dos candidatos. Simão era, no cristianismo, um dos apóstolos de Jesus.

Bebeto visita bairros Barra e São Miguel e se reúne com empresários

img_2016-09-30_12-42-25-640x632

Na reta final da campanha para prefeito de Ilhéus, Bebeto (PSB/40) teve agenda movimentada na quinta-feira, 29. O candidato a prefeito, junto com o vice Luiz Uaquim (PMDB), visitou os bairros da Barra e do São Miguel, na zona norte da cidade e, à noite, reuniram-se com empresários na Rua 7 de Setembro, no Centro. “Apresentamos nosso projeto com diversos setores da sociedade, priorizando sempre pelo diálogo. Vamos assumir a gestão e trabalhar pelo desenvolvimento”, disse Bebeto.

No bairro da Barra, Bebeto e Luiz Uaquim iniciaram a caminhada na Rua Guanabara. Eles estiveram nas comunidades do Cominho e do Corante, que não contam com saneamento básico, limpeza ou projetos sociais. A moradora Maria Luíza Silva mostrou aos candidatos parte do seu drama, um esgoto que há anos vem invadindo sua casa e, mesmo com inúmeras denúncias e queixas, o poder público não faz nada. “Ilhéus tem que mudar. Bebeto ganhou para deputado e será nosso prefeito”, disse a moradora da Rua do Corante.

São Miguel

Os candidatos da coligação “Ilhéus, nosso maior compromisso” também atravessaram a pé até o bairro São Miguel, que convive com o drama do avanço do mar, consequência da construção do Porto de Ilhéus, na década de 1970. “Vamos acionar o Ministério dos Portos e a Codeba para ressarcir os prejuízos dos moradores”, adiantou Bebeto. A moradora Saionara Santos levou os candidatos até a Rua Santa Luzia, que tem uma amendoeira centenária, cujas raízes estão apodrecendo. “Além do risco de cair, meu tio precisou trocar o telhado de sua casa duas vezes por causa dos galhos”.

Ainda na tradicional comunidade do São Miguel, que comemorou o dia de seu padroeiro nessa quinta-feira, Bebeto e Luiz Uaquim se depararam com os problemas rotineiros dos moradores e comerciantes: ruas lamacentas e sem pavimentação, falta de esgotamento sanitário, iluminação pública deficiente.

Os moradores do bairro convivem com falta de atendimento médico e escola. O aposentado José Carlos Nascimento, morador da Rua Luiz Nery, garantiu que vai dar seu voto de confiança a Bebeto. “Temos que mudar e sei que ele pode fazer muito pelo povo”, declarou.

Em seguida, na noite, na Rua 7 de Setembro, no centro de Ilhéus, os candidatos Bebeto e Luiz Uaquim apresentaram o plano de governo para comerciantes, com destaque para áreas do turismo, comércio, educação, saúde e infraestrutura. Entre as prioridades do próximo prefeito está requalificação da Central de Abastecimento do Malhado. Bebeto também reafirmou vai fazer uma reestruturação administrativa, com diminuição dos cargos comissionados e valorização dos servidores do quadro efetivo.

Assessoria de Comunicação da coligação Ilhéus, nosso maior compromisso

Essa tal pesquisa, definitivamente não passou por aqui”, ironizou Cacá

whatsapp-image-2016-09-29-at-19-42-56-1

“Esta tal pesquisa que estão alardeando pela cidade, definitivamente não passou por aqui”. A declaração irônica é do candidato a prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões, ao participar ontem (29) da caminhada que reuniu milhares de pessoas no bairro Nossa Senhora da Vitória, zona sul do município. Cacá se refere à pesquisa divulgada por um dos candidatos a prefeito que vem sendo questionada por todos os outros nove candidatos por apresentar fortes suspeitas de equívocos na sua metodologia. “Os números frios deles, escritos em um pedaço de papel, a gente responde assim, com gente na rua. Ilhéus vai vencer”, reforçou Ana Maria Santiago, moradora do bairro.

A manifestação popular passou pelas localidades de Nossa Senhora da Vitória, Barreira, Santo Antônio de Pádua, Hernani Sá e Nelson Costa. A Onda Azul parou todos os bairros. Pessoas abraçavam e declaravam apoio ao futuro prefeito de Ilhéus. “Sentir a energia do povo é algo extraordinário e nenhuma pesquisa é capaz de contrariar o que Ilhéus realmente quer”, repetiu o candidato que, durante a caminhada lembrou que o instituto responsável pelo levantamento já “errou feio” em outras eleições de Ilhéus. “Vai errar de novo”, sentenciou. Railana Brandão, que acompanhou a caminhada também declarou seu voto a Cacá. “A gente precisa de gente nova, de sangue novo, por isso vou votar nele”.

No Programa de Governo de Cacá e Rodrigo vários projetos estão previstos para a zona sul de Ilhéus. Um deles é a construção de um hospital que atenda todos os bairros da região e a requalificação e construção de novos postos de saúde. Além disso, a região já conta com praças reurbanizadas, a exemplo da Santo Antônio de Pádua, a reforma da Central da Urbis e asfaltamento do trecho que liga o Nossa Senhora Vitória ao Couto.

Avenida Lótus – Ainda ontem (29), Cacá se reuniu com Guardas Civis Municipais. Em seguida, participou de um bate-papo com moradores da Urbis, na Rua 14, onde apresentou suas propostas para a geração de emprego e renda para a juventude.

*Matéria da assessoria do candidato Cacá Colchões.

Mais de 27 mil policiais militares farão segurança nas eleições municipais

Eleições-2016

A Polícia Militar da Bahia montou um esquema especial de policiamento com 27.547 policiais militares para as Eleições 2016 em todo estado. O objetivo é proporcionar mais segurança aos eleitores dos 417 municípios baianos e garantir o exercício da democracia, bem como cumprimento da legislação constitucional no pleito que definirá os próximos prefeitos e vereadores. A Operação Eleições 2016, que envolve quatro fases, teve início há 30 dias com o início das campanhas eleitorais, comícios e eventos realizados pelos candidatos e seguirá até a próxima segunda-feira (3).

No processo eleitoral, o trabalho da PM consistirá na escolta das urnas até as seções eleitorais e manutenção da guarda nos locais de votação para impedir a violação dos equipamentos. O policiamento no dia da votação – domingo (2) – será montado a partir das 6h, em uma distância de 100 metros de cada seção eleitoral. Após o encerramento, às 17h, os discos com a totalização de cada urna serão escoltados até o local de apuração e transmissão, onde o policiamento permanecerá até o término dos trabalhos, última fase da operação.

Serão prevenidos e fiscalizados crimes eleitorais como propaganda de boca de urna (partidos políticos e candidatos), transporte clandestino de eleitores, desordem que prejudique os trabalhos eleitorais, consumo de bebida alcoólica (Lei Seca) nas zonas eleitorais onde os juízes definirem pela adoção da medida, entre outros crimes. Em casos de flagrante, a PM encaminhará os acusados para a delegacia, além do contato constante com o juiz eleitoral.

TSE identifica quase R$ 300 milhões de doações suspeitas para candidatos

tse

Levantamento divulgado hoje (29) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) identificou quase R$ 300 milhões de doações nestas eleições consideradas suspeitas. Essas doações foram feitas, por exemplo, por beneficiários do Bolsa Família  e desempregados.

De acordo com os dados, foram identificados 23.844 doadores que não têm renda compatível com o valor doado. Nesse caso, as doações somam cerca de R$ 227.471milhões. Foram identificados também 22.367 casos de doação de beneficiários do Bolsa Família, somando mais de R$ 21,132 milhões. Foram registradas também doações de 46.694 desempregados que superam o valor de R$ 51.963 milhões.

O cruzamento de dados é feito entre as prestações de contas de candidatos às eleições deste ano e outras bases de dados. O cruzamento é feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU) entre diferentes bancos de dados e o sistema de prestação de contas do TSE. Os dados se referem até o dia 26 deste mês.

No balanço, foram identificados 143 casos de doadores com registro de óbito. As doações ultrapassam R$ 272 mil.

Gurita chega forte na reta final com uma grande caminhada

img_2016-09-29_20-18-08-640x632

Sensacional, essa é a exata definição da caminhada realizada pelo PSC e seu candidato à prefeito, o Professor Gurita, realizada na tarde desta quinta feira percorrendo desde a Rua 31 de Março na Av. Itabuna até o centro comercial e histórico da cidade.

Um número de pessoas considerável agregou se ao prefeiturável, e “todos voluntários”, como gosta de enfatizar, tremulando bandeiras, apitando, buzinando e bradando palavras de ordem como “Não tem jeito, Gurita é o prefeito!” e, “É 20, é 20, é 20!”, chamando a atenção de todos por onde passava com muita alegria e confiança da vitória nas urnas.

Candidatos a vereador, diretório, o vice Rosan Falcão, e sua esposa Leninha, o acompanharam durante o trajeto feito com muitas manifestações de apoio e saudações positivas das pessoas nas lojas, carros, ônibus, pontos de ônibus, apartamentos, em fim, uma festa digna para se encerrar o quesito caminhadas, numa campanha feita com muita fé e ritmo crescente durante o período.

Em seu discurso final, no terminal urbano,  Gurita alertou a todos quanto às pesquisas feitas “no desespero”…”está aqui a verdadeira pesquisa, o povo na rua, declarando o seu voto, seu voto no 20, seu voto na mudança, em novos tempos…uma nova Ilhéus para todos os ilheenses!” …Após oração do presidente do PSC, encerrou o evento convidando a todos para a carreata de sábado, último ato de campanha.

*Matéria da assessoria de comunicação do candidato Gurita

Rui anuncia que a Bahia não vai adotar o horário de verão

Horário-de-verão

Ao anunciar que a Bahia não vai adotar o horário de verão em 2016, o governador Rui Costa disse que tomou como base a opinião da maioria da população do Estado, que é contrária à mudança. Outro fator determinante é a baixa economia de energia elétrica, que não justificaria o desconforto das pessoas acordarem mais cedo, em meio ainda a escuridão, para trabalhar ou fazer outras atividades.

O governador ressaltou que recebeu muitas demandas do meio empresarial e que respeita a opinião do segmento, porém a prioridade é garantir o bem estar dos trabalhadores e do cidadão, que quer preservar sua rotina, além de assegurar o desejo da maioria. “Não faz nenhum sentido um governador ir contra a opinião de 80% de seu povo que não quer mudança de horário”, enfatizou Rui.

Campanha para atualizar caderneta de vacinação termina amanhã

Vacinação continua sendo oferecida nos postos de Ilhéus. Foto Gidelzo Silva/ Secom Ilheus

Vacinação continua sendo oferecida nos postos de Ilhéus. Foto Gidelzo Silva/ Secom Ilheus

A Campanha Nacional de Multivacinação, que tem como objetivo atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes, termina amanhã (30) em todo o país. O público-alvo inclui crianças menores de 5 anos e crianças e adolescentes de 9 anos a 15 anos incompletos.

De acordo com o Ministério da Saúde, foram enviadas a todas as unidades da Federação 26,8 milhões de doses – incluindo 7,6 milhões para a vacinação de rotina de setembro e 19,2 milhões de doses extras para a campanha.A

inda segundo a pasta, o objetivo da ação é combater a ocorrência de doenças imunopreveníveis no país e reduzir os índices de abandono à vacinação – sobretudo entre adolescentes. Ao todo, 350 mil profissionais participam da campanha.

Em Ilhéus, prefeito autoriza projeto de lei que adia aumento do IPTU e reduz taxas municipais

Prefeito Jabes Ribeiro durante coletiva.

Prefeito Jabes Ribeiro durante coletiva.

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, autorizou a elaboração um Projeto de Lei (PL) a ser enviado à Câmara, que promove uma flexibilização tributária dos impostos municipais. A proposta prorroga o aumento do IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano – de 2017 para 2019 e reduz a alíquota de taxas e outros impostos. Segundo o prefeito, as medidas levam em consideração as perspectivas de crescimento da economia no País a partir de 2017 e iniciativas semelhantes em outros municípios.

Ribeiro falou sobre os projetos em encontro com profissionais de imprensa, na manhã desta quinta-feira, no Centro Administrativo do Município. Para ele, o Município necessita da adoção de medidas, de acordo com a conjuntura econômica, que incentive a retomada do crescimento e a atração de investimentos.

Nesse sentido, o projeto de lei adia a incidência do aumento do IPTU de 2017 para 2019, reduz em 50% a alíquota do Imposto sobre a Transmissão de Bens Intervivos (ITIV), concede desconto de 50% na Taxa de Licença e Localização (TLL) e da Taxa de Fiscalização e Funcionamento (TFF) para Microempresa (ME), e reduz para R$ 5 o valor do metro quadrado para construção acima de 70m² de área construída.

O prefeito de Ilhéus determinou à Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz) a conclusão dos estudos para fundamentação do Projeto de Lei. O gerente de Tributos da Prefeitura, Fernando Fernandes, participou da reunião com a imprensa e destacou que a finalidade da proposta é melhorar o ambiente de negócios, recuperar os níveis de produtividade, gerar emprego e renda e incentivar a com fiança dos agentes econômicos para alavancar investimentos no município.

Também participaram do encontro os secretários de Planejamento e de Infraestrutura, Joaquim Bastos e Derneval Furtunato, e a diretora de Licenciamento de Obras Particulares (LOP) da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo, Fabíola Secchin. Na oportunidade, o prefeito Jabes Ribeiro salientou que as medidas visam beneficiar o conjunto da sociedade e construir caminhos melhores para a população.

“Temos que criar condições para a cidade avançar. Nós adotamos, anteriormente, outras medidas necessárias, como o Ajuste Fiscal, e se não tivéssemos feito isso, agora teríamos ainda mais dificuldades. Se estamos pagando os salários dos servidores em dia é porque tivemos a responsabilidade de sanear as contas do município em meio ao descalabro em que recebemos a Prefeitura”, afirmou Ribeiro.

O prefeito lembrou que o Código Tributário do Município é dinâmico “No primeiro momento da gestão, precisamos estimular a arrecadação, devido às dificuldades, mas as medidas adotadas priorizaram a justiça social. Isentamos 15 mil famílias do IPTU, antes eram apenas duas mil proprietários isentos. Essas medidas que indicamos agora também servem para aumentar a arrecadação do município. Muitos contribuintes vão aproveitar para legalizar os seus imóveis. Vamos estimular a atividade econômica. O governo municipal tem a obrigação de preparar a cidade para o futuro”, concluiu.

Bebeto se reúne com sindicatos e faz mais uma caminhada no malhado

img_2016-09-29_11-34-20-640x632

Com uma campanha marcada pela escuta social e depois de participar de duas caminhadas no Malhado durante o dia, Bebeto (PSB/40) se reuniu com guardas civis municipais e taxistas na noite de quarta-feira, 28. “Participamos de diversas rodadas de conversas, ouvindo as reivindicações específicas de cada categoria. O nosso compromisso é manter o diálogo permanente para que, gradualmente, a administração municipal se adeque e atenda às demandas”, declarou o candidato a prefeito.

A reunião com os guardas municipais aconteceu na sede do comitê de campanha de Bebeto, na Avenida Itabuna. Durante o encontro, os servidores municipais apresentaram dados que compõem o mapa da violência, onde Ilhéus ocupa a 14ª posição na Bahia. “A comunidade sabe o papel da guarda, mas não temos condições de trabalho, nem plano de carreira”, disse o presidente do Sindguarda, Pedro Oliveira.

Entre os tópicos apresentados, o guarda municipal Andresson Cláudio apontou que a falta de efetivo é um dos problemas enfrentados pela categoria. Dos 547 funcionários necessários, há apenas 211 em serviço, atendendo somente em 10 bairros, deixando as demais localidades e a zona rural descobertas.

A conversa com os taxistas de Ilhéus aconteceu na sede do Sinditaxi. Lá, Bebeto falou de seu plano de governo e informou que entre as prioridades estão a revisão do código tributário, políticas públicas voltadas ao turismo, com elaboração de Plano Diretor Turístico, acesso dos taxistas ao Porto de Ilhéus durante a temporada de transatlânticos.

Agenda extensa

Bebeto e o seu vice-candidato Luiz Uaquim estão cumprindo uma extensa agenda de atividades políticas nesta reta final de campanha. Somente na quarta-feira participaram de duas caminhadas no Malhado, uma pela manhã e outra pela tarde. Os dois eventos arrastaram os moradores para uma grande festa.

Os moradores do Malhado demonstraram confiança na vitória de Bebeto e disseram porque o candidato do PSB é o mais preparado. Para o empresário Orlando Pereira, Bebeto é o nome certo para que o município volte a se desenvolver. “Eu quero renovação, quero uma pessoa que trabalhe pelo povo. A aposentada Maria de Lurdes Ramos afirmou que conhece a trajetória de Bebeto e acredita que os investimentos que Ilhéus precisa virão com ele.

A cabeleireira Márcia Domingos Bispo diz que apoia o candidato pelo conhecimento administrativo e capacidade de articulação política que ele possui. “Eu votei em Bebeto para deputado federal e agora vou votar para prefeito. Bebeto é o mais preparado para administrar Ilhéus. Ele tem vivência política e, com certeza, vamos ganhar muito com isso”, declarou.

O candidato a prefeito Bebeto reforçou que não basta apenas eleger um bom prefeito, mas que é preciso escolher bem os representantes da população ilheense na Câmara. “Não estamos fazendo promessas, mas assumindo compromissos. Ilhéus enxerga a esperança de mudança no nosso projeto de governo, que prevê obra de contenção de encostas, investimentos na educação, saúde, turismo e infraestrutura”.

*Assessoria de Comunicação da coligação Ilhéus, nosso maior compromisso.

Voto nulo não invalida eleição, diz cientista político

eleições2016

Uma das principais dúvidas que aparecem na época das eleições diz respeito aos votos nulos. Muitos eleitores acreditam que se mais de 50% dos eleitores votarem nulo a eleição é invalidada e, embora a afirmação não seja verdadeira, é recorrente a cada eleição, aparecendo em publicações de redes sociais e conversas com amigos, causando confusão.

“Isso de que se mais de 50% do eleitorado votar nulo a eleição será anulada é puro folclore”, explica o cientista político e professor da Universidade de Brasília (UnB) Flávio Britto.

Na verdade, tanto os votos nulos quanto os votos brancos não são levados em conta na apuração que dá o resultado da eleição. Por isso, mesmo que haja mais de 50% de votos nulos, o pleito não será anulado, uma vez que os votos considerados válidos serão somente os recebidos pelos candidatos e os chamados votos de legenda.

“Esse tipo de voto [branco e nulo] não é considerado no cômputo geral da eleição, ou seja, no cômputo geral, eles não são considerados válidos”, disse o professor à Agência Brasil.

Segundo Britto, mesmo que haja 99% de votos nulos a eleição não será anulada, pois o resultado será definido através do 1% que é válido. “Se hipoteticamente pensarmos em uma cidade que só tenha um candidato a prefeito e que a cidade inteira achou por bem não votar no candidato, votando nulo como protesto. Se só o candidato votar em si próprio, por exemplo, somente o voto dele será considerado válido e ele seria eleito com 100% dos votos válidos”, disse.

Nulidade do pleito :: LEIA MAIS »

Greve dos bancários continua após reunião com Fenaban terminar sem acordo

Foto arquivo Blog Agravo.

Terminou sem acordo a reunião entre a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e o Comando Nacional dos Bancários hoje (28), em São Paulo, informou o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. Com o fracasso da negociação, a greve dos bancários continua. Essa é décima rodada de negociação, que começou com a entrega da pauta de reivindicações dos trabalhadores no dia 9.

O Comando Nacional rejeitou a proposta dos bancos e convocou assembleia para segunda-feira (3), às 17h, na quadra dos bancários. Mesmo assim, o Comando diz que vai se manter de plantão em São Paulo caso a Fenaban queira fazer uma nova proposta.

Ilhéus: Marão lidera pesquisa com 27,3 %

marao

Médico Mário Alexandre lidera a corrida ao Palácio Paranaguá.

A empresa Gasparetto Pesquisas e Estatísticas Ltda, uma das mais respeitadas do setor, fez um levantamento sobre a corrida eleitoral de Ilhéus. Os dados foram registrados no Tribunal Superior Eleitoral com número BA-00135/2016.

Segundo a pesquisa estimulada, Marão (PSD) está na frente com 27,3% das intenções de voto. O candidato Cacá Colchões (PP), está atrás com 11,1 %.

 Bebeto (PSB) tem 10,8%, Cosme Araujo (PDT) 8,5%, Augusto Júnior 2,8% (PPS), Gurita (PSC) 2,6%, Carmelita (PT) 2,5%, Jorge Luiz (PSOL) 1,1%, Professor Reinaldo (PRTB) 0,8% e Andréa Dickie (PHS) 0,7%.

pesquisa

Na pesquisa espontânea, 40,6% do eleitorado ainda não sabe em quem vai votar. Já quando a pesquisa é estimulada, o número cai para 20% de indeciso.

Os pesquisadores entrevistaram 1154 pessoas nos dias 25 e 26 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos a mais ou a menos. O nível de confiança chega a 95%.

Clique aqui e baixe a pesquisa em PDF.

setembro 2016
D S T Q Q S S
« ago    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia